Na França imagens de pessoas retocadas digitalmente devem possuir selo de aviso

Photoshop, esse vilão mascarado. Claro que existem outros softwares de edição de imagem, mas a ferramenta da Adobe é a mais famosa. Até deu origem ao termo “photoshopar”. No meu caso, 11 em cada 10 clientes pedem para fazer alguma modificação em seus corpos via software. Elas sabem que a imagem resultante é uma mentira, mas não se importam. Mulheres de 70 anos pedem para retirar todas as rugas. O resultado é algo longe da realidade e todos que olharem para a foto vão saber isso, mas esse é o caminho para a felicidade. As vezes nos sentimos mais cirurgiões plásticos do que fotógrafos. Mas, tudo isso é criado pela mídia e pelo padrão de beleza construído socialmente.

Entretanto, o vilão não é o Photoshop. Truques de manipulação de imagem existem desde que a fotografia foi inventada. A maior parte das ferramentas básicas do Photoshop foram inspiradas em coisas que existiam nos laboratórios de revelação de filmes. Truques com maquiagem, luz frontal, desfoque de lente, sempre existiram para deixar nossas modelos mais bonitas (ou simplesmente se encaixarem no que era pedido). Então o problema não são as ferramentas, e sim as pessoas.

Muitos legisladores começaram a apresentar preocupações sobre a forma que essas imagens editadas ao extremo podem impactar na cabeça das pessoas (principalmente adolescentes) e começaram a criar regras. Itália, Espanha e Israel já possuem regulamentação sobre a forma que imagens publicitárias devem aparecer em revistas. Agora foi a vez da França. Começou a valer a lei francesa que vai regulamentar a forma que as pessoas são mostradas em revistas e até a contratação de modelos para campanhas e desfiles.

Agora, a modelo que quiser trabalhar em território francês, vai ter que apresentar um certificado médico atestando sua saúde física, destacando com especial atenção o seu índice de massa corporal (IMC). A primeira versão do projeto era mais rígida. Segundo essa versão prévia seria fixado um IMC mínimo para que a modelo pudesse trabalhar. Só que, depois de alguma pressão da indústria da moda, o IMC pode variar segundo as características físicas de cada modelo. A partir de outubro toda imagem publicada em revistas e sites franceses onde a modelo passar por algum tipo de retoque digital deverá trazer um aviso sobre a aplicação de software de edição.

Segundo Marisol Touraine, ministra francesa de Assuntos Sociais e Saúde, expôr os jovens a imagens normativas e irrealistas dos corpos leva a um sentimento de auto-depreciação e baixa auto-estima que pode afetar o comportamento relacionado à saúde. A anorexia afeta entre 30.000 a 40.000 pessoas na França, 90% das quais são mulheres.

Fonte: BBC

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams “Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio”.

Compartilhar
  • Ivan

    Até onde vão com o photoshop na propaganda e na industria da moda?
    https://www.youtube.com/watch?v=Hnvoz91k8hc

  • Leon Rocha

    mas pq usaram uma foto sem retoque para ilustrar essa matéria?

  • Olfrygt

    “Expôr os jovens a imagens normativas e irrealistas dos corpos leva a um sentimento de auto-depreciação e baixa auto-estima que pode afetar o comportamento relacionado à saúde”

    A que ponto da futilidade chegamos…

    • jairo

      Geração pera com leite

    • Othermind

      Quando eu era adoelscente e via o Conan e Rambo na TV nao ficava deprimido pooo.. rsrs Queria ver a porrada… Agora a geraçao mimimi se sente pra baixo..

      • Theuer

        Eu assisti o Rambo na tela quente ontem e fiquei! 🙂

  • Vagner Da Silva

    Já tô vendo a edição à moda antiga voltando com tudo… aerógrafo, solventes, lápis de cor e estilete, que época de ouro.

    • Se a lei fala de retoque digital ao invés de simplesmente retoque, você achou uma brecha.

      • Danilo

        Boa kkkk

    • Na minha época isso daqui era tudo mato….

  • MJuliani

    Aí todas as fotos vão ter esse aviso e fica tudo na mesma.

    • Claudio Roberto Cussuol

      Exato
      Eu pensei comigo, basta colocar o mesmo aviso em TODAS as fotos (afinal, não existe foto publicitaria sem retoque) que o povo passa a ignorar.
      Mesmo caso do aviso que cigarro faz mal.

      • Bernardo Coelho

        concordo, mais fácil colocar selo nas que não tem photoshop

      • José Carvalho

        O aviso no cigarro funciona (eu não acreditava até chegar em Portugal). O aviso não tem a intenção de prejudicar a propaganda em si, mas de fazer com que o adolescente pare de ter aquilo como modelo de perfeição, afinal… é uma imagem meramente ilustrativa…

  • mr_rune

    “PRE$$ÃO DA INDU$TRIA DA MODA”

  • doorspaulo

    Adoro quando o estado se mete nas coisas.

  • Othermind

    Ou seja.. Se for revista de moda ou nu ja pode colocar o selo na capa da revista “Todas as imagens dessa edição foram retocadas”

  • Cássio Amaral

    Segundo Marisol Touraine, ministra francesa de Assuntos Sociais e Saúde, “Expôr os jovens a imagens normativas e irrealistas dos corpos leva a um sentimento de auto-depreciação e baixa auto-estima que pode afetar o comportamento relacionado à saúde

    Já que os floquinhos perderam o senso crítico, o papai Estado tem que passar a mão na cabeça deles. Essa geração mimimi está perdida!

  • Tesento Avara

    Sugiro proibir também o uso de maquiagem e daquelas cintas que apertam as “banhas” (Polishop vende isso como se fosse algo milagroso).

    Ditado muito antigo: 90% da beleza sai com água e sabão.

    • Danilo

      Acho que o retoque digital vai além! Você pode modificar a estrutura da pessoa de maneiras que nem cirurgia plástica faz.

      Dá pra mudar tudo… dá pra mudar a distância interpupilar (telorismo), o ângulo da mandíbula (rosto quadrado vs rosto redondo), além de alterar a ‘textura’ da pele, tamanho de seio/quadril/cintura/coxa! É apelação!

      • Gilson Lorenti Fotografia

        sim, transforma qualquer rosto em uma proporção matemática perfeita. A primeira vez que vi isso fiquei muito assustado.

  • Jefferson Viana

    Não vejo problema em expor mentiras

  • Leonardo

    po, IMC em mulher sempre da um valor baixo, imagina em modelos… isso deve ser pressão de feminista que o IMC é o mesmo número que o CPF…

  • Deveria ter uma porcentagem de retoque. Assim, quando essa foto da Suzana Vieira fosse divulgada, apareceria uma tarja dizendo “101% retoque – não tente isso em casa” ou talvez “Essa é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência”.

  • Denis Augusto Liossi

    Os burocratas do estado são doentes…l

  • Alexandre Oswald

    Então o governo deveria proibir o uso de avatares, pois estes apresentam uma imagem falsa e idealizada das pessoas.

    • PugOfWar

      o meu não tem nada errado

  • Alexandre Oswald

    Ah! A proibição deve se extender ao uso de maquiagem.

  • Na foto que lustra a matéria não houve muito trabalho com photoshop, houve “transplante de face” e pequenos retoques pra encaixe e cor no corpo de outra modelo. =X

    https://uploads.disquscdn.com/images/780d6dba88e4ced8de29271cc77bc7ac6ef4a473a21c4117196f81ba5f5bcc0a.jpg

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis