Turma da Mônica na Terra dos Monstros, do Mega Drive será relançado em cartucho

turma-da-monica-na-terra-dos-monstros

Em evento realizado nesta quinta-feira (04) em São Paulo, a TecToy e a SEGA comemoraram os 30 anos de uma sólida parceria não apenas com o relançamento oficial do Mega Drive no Brasil, mas também com uma pequena surpresa: o game Turma da Mônica na Terra dos Monstros voltará a ser comercializado em mídia física, num cartucho compatível com o “novo” hardware.

O evento foi considerado muito importante para a TecToy, tanto que contou com a presença dos maiores nomes da empresa: o CEO Tomás Diettrich, o presidente do conselho de administração Stefano Arnhold, o diretor de operações Roberto Favero e o gerente de e-commerce e marketing Victor Raful. A Sega Sammy Holdings Inc. igualmente deu muita importância ao relançamento do Mega Drive em solo brasileiro pois foi representada por Naoya Tsurumi, ex-CEO das divisões norte-americana e europeia e hoje SVP da companhia.

mega-drive-001

mega-drive-box

A caixa do console é igualmente inspirada na primeira versão vendida aqui

A estrela da noite, o “novo” Mega Drive é o resultado de um esforço conjunto da TecToy em colocar no mercado um hardware o mais próximo possível da versão original do console, lançada em 1988 no Japão e que desembarcou no Brasil em 1990, após a companhia convencer a matriz SEGA de que uma fabricante de brinquedos poderia dar conta da distribuição de consoles e games após o excelente resultado do Master System (a experiência nos EUA com a local Tonka não foi das melhores, e os japoneses estavam traumatizados).

Aí começam as dificuldades: segundo a TecToy alguns componentes, como o Motorola 68000 que era a CPU do console e o Yamaha YM2612, o chip de som não são mais tão simples de serem encontrados e por conta disso o ritmo de produção não é lá essas coisas: isso posto a meta inicial é atender a demanda daqueles que adquiriram o produto durante os seis meses de pré-venda, estes começarão a recebê-lo em casa já na próxima semana. Em seguida a TecToy honrará o compromisso com aqueles que o comprarem a partir de agora no site oficial, sendo que o preço foi fixado em seu valor normal de R$ 449,00.

Segundo Diettrich, só então a empresa pensará em colocá-lo à venda na rede varejista diretamente, o que acredita-se será feito a partir de junho. Particularmente, com uma cadeia de distribuição tão reduzida não acredito que a TecToy acabe por vendê-lo de outra forma que não online mas é aguardar para ver. O Mega Drive vem com um controle de três botões clássico (há planos para relançar o de seis botões) e além de reconhecer alguns cartuchos, possui uma entrada para cartão micro-SD localizada na parte de trás, ao lado das saídas de vídeo composto (o grande calcanhar de Aquiles do hardware, por não contar com uma porta HDMI que não foi incluída para não elevar os custos e segundo a TecToy, não melhoraria em nada a qualidade de imagem pois o console é analógico). O cartão que acompanha o kit já vem com 22 jogos instalados e embora não tenha admitido, é possível que a TecToy tenha lançado um hardware plenamente compatível com ROMs disponíveis na internet. Stefano Arnhold disse no entanto que apenas “jogos testados” estão qualificados a rodar e que ambas as empresas repudiam a pirataria. Afirmação um tanto confusa, mas necessária.

No entanto a novidade da noite foi o anúncio do relançamento do game Turma da Mônica na Terra dos Monstros, localização nacional do clássico Wonder Boy in Monster World em cartucho. Arnhold comemorou a recuperação das licenças junto à Mauricio de Sousa Produções para os personagens (o nome da franquia pertence hoje à SEGA, e o produtor Ryuichi Nishizawa detém os direitos do design do game e criaturas; isso posto o lançamento de Wonder Boy: The Dragon’s Trap foi até que simples) e por enquanto o projeto ainda reside apenas no papel, embora um protótipo funcional estivesse presente para quem quisesse degustá-lo.

mega-drive-002

Note a etiqueta

A identidade visual do game foi toda modificada para se alinhar ao visual vintage do novo Mega Drive, mas por enquanto não há previsão de quando ele chegará ao mercado e nem do preço. Da mesma forma não há garantias de que outros jogos sejam relançados em mídia física no Brasil, embora a TecToy tenha tentado fazer o mesmo com Ayrton Senna’s Super Monaco GP II; enquanto os direitos do piloto junto à Fundação Ayrton Senna foram simples de garantir, o mesmo não pode ser dito dos copyrights referentes às pistas e mesmo ao uso do nome “Monaco GP”. Por conta disso o projeto foi engavetado.

Em teoria, isso significa que games que pertencem unica e exclusivamente à SEGA como os das franquias Sonic, Streets of Rage, Out RunShinning Force, Hang On, Phantasy Star, Shinobi e outros como Altered BeastAlien Storm, Comix Zone e etc. têm a chance de receber o mesmo tratamento que Turma da Mônica na Terra dos Monstros, dependendo apenas da capacidade da TecToy de fabricar os cartuchos. Porém, a ideia que a empresa passa é que sua capacidade de manufatura não é tão grande assim, logo é bom não contar tanto com isso como uma certeza para o futuro.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Germano

    Tectoy apostando no saudosismo. Não acho isso ruim, embora eu não compraria.

  • Pingback: Turma da Mônica na Terra dos Monstros, do Mega Drive será relançado em cartucho | Notícias Legais()

  • arakawa

    R$ 450? Haja saudosismo…

    • Daniel Belini

      Foi o que pensei.

      • Metalmacumba

        Aquela porra daqueles conectores de vídeo parecem de polystation

        • Bem observado… Esse conector parece muito o do Polystation, que parece muito com o do NES e que parece muito (se assute agora!) com o conector do Mega Drive.

          • Metalmacumba

            gostaria de salientar que infelizmente eu esqueci de citar o fator construção e qualidade.
            Aquela porra parece muito vagabunda.

          • SLCopetti

            Meu mega Drive não tem esses conectores 😀

          • Não é entrada padrão de 9 pinos? @[email protected]

          • SLCopetti

            Sim, e não RCA individual.

          • A foto me enganou xD

          • Metalmacumba

            que aliás parece com a do playstation modelo 1001, com as saídas de audio do sega CD, neo geo cd e alguns outros, mas essas devem ser feitas de maior qualidade, diferentemente dos últimos modelos do mega drive feitos pela tem toy onde a qualidade do estanho era tão vagabunda que não só a soldagem dos conectores de video composto como a dos controles (esta última por ser feita de material mais vagabundo ainda) trincavam e fazia a festa acabar mais cedo.
            Eu não duvido que isso vá acontecer de novo. A tem toy exagerou demais na falta de qualidade. e exagerou demais ao forçar master system forever pra todo mundo, né?

          • De acordo.

          • Os conectores do Mega são iguais aos dos clones do Nintendinho (NES) e Master System, porém não são compatíveis alguns (não funcionam).

          • EmuManíaco

            curioso vc falar isso. Quando coloquei o controle de master no meu turbo game tive experiencias engracas.
            O double dragon 3 ficava pulando de fase e o ninja gaiden o inja andava sem movimentar as pernas.

          • Se você pesquisar acha infos de controles de diversos consoles que são compativeis com outros por causa do conector DB9

          • Metalmacumba

            O cabo de vídeo do mega 1 é o mesmo do pc engine core grafx

          • Metalmacumba

            O controle do mega funcionava no Atari. Era tão mais fácil jogar pitfall

          • mr_rune

            É quase como se fosse *gasp* o padrão da época !

          • O conector do Mega Drive era um DIN, onde havia sinal de vídeo separado por componentes (RGB). Isso é fundamental para obter uma imagem decente. E mais importante que o HDMI.

  • Eu so queria descobrir qual empresa faz a carcaça, para comprar uma baratinho e colocar um raspberry dentro. Pena que comprar console antigo queimado não é mais barato…

    • Metalmacumba

      Nada que tenha “antigo” no nome é barato agora. Da vontade de matar os negocio mercadolivre

      • Daniel Belini

        Ebay?

        • Metalmacumba

          Nem considera o eBay. Imagina um cartucho desses lacrado, mesmo novo? Quantos caboclo envia pra fora? Se um mk3 do master já e raro pra nós, imagina pro cara lá do Tennessee que coleciona videogame?

        • EmuManíaco

          wii é antigo e tu acha por duzentos reais. gamecube uns 25O. Só snes é mega valorizado.

          • Metalmacumba

            Fora que o Wii compensa muito mais por poder injetar as roms de mil consoles nos channels e ainda por cima rodar game cube em 480p sem ter que usar um cabo que custa mais caro que faculdade de medicina.

    • EmuManíaco

      Prefiro comprar um Nes ou famicon mini, alias vou comprar essa semana pois ainda tem uma porrada aqui do lado em ciudad del este. Hoje tu pode rodar sms, snes, arcades , neogeo e colocar bem mais roms de nes apenas trocando o firmware do aparelho.

      • Metalmacumba

        esse nintendinho da Nintendo é um exemplo de make it right do cão.

      • Andre Ribeiro

        Emu, bom dia, tava pesquisando e tá custuando U$ 120 em PY, é isso mesmo ? Abraços

        • EmuManíaco

          O famicon acha a uns 80U$ e o nes uns 95.

  • Davos, o lula europeu!

    Alguém me explica qual o big deal desse jogo da mônica, é um classico?
    E qual a parada em refazer e comprar um console antigo? Além das N maneiras que temos ai pra jogar estes clássicos, de modo licito e ilícito, a experiência que o comprador quer recriar quase sempre não é a mesma da infância!

    • Metalmacumba

      1) só saiu no brasil, mesmo sendo feito em cima de outro jogo, é “nacional”;
      2)por que é um console oficial e proporciona uma experiência mais próxima da real, com um hardware novo que não ficar te dando dor de cabeça bem custa uma fortuna (compra um mega drive 1 na caixa em estado de semi novo pra tu ver);
      3) já jogou um jogo que te deixa nostalgico? Com um amigo? Smash bros no n64 por exemplo? Joga no emulador e vê a diferença. A experiência, caso você tenha um console que jogou antes, vai ser a mesma, a mesma sensação, o mesmo feeling do controle, o cheiro do plástico, o barulho do canhão mexendo, ou do botão power batendo (no SNES esse é clássico) ou a luz do power ligada (a do mega 3 e fantástica), pode não ser a mesma devido à circunstâncias externas, mas o hardware, o momento, está lá.
      Essa é a pegada.

      • EmuManíaco

        2 – Nada disso. A experiencia ta longe de ser proxima da real.

        • SLCopetti

          Cara, como assim longe da real? É exatamente uma experiencia real. Um pouco diferente, mas real, como era para ser em 1990.

          • EmuManíaco

            Ja viu o funcionamento do aparelho? ja viu as falhas que tem em som e slowdown ou supervelocidade fora do lugar?

          • SLCopetti

            Sim, eu vi. Por isso disse um pouco diferente 🙂
            Eu ficarei incomodado com aquele som irritante no Streets of Rage 1, por exemplo, mas tem diversos outros jogos que não me importarei pela quase imperceptível diferença ou até mesmo por nem conhecer determinados jogos que poderei jogar sem emular.
            Entendo seu ponto, só quis dizer que a experiencia de sentar e jogar no console será a mesma.

          • Metalmacumba

            Se for considerar áudio + mega drive só se comprar um modelo de 1989 pra jogar. De resto já perde por que nenhum vem com o ym2612

          • Metalmacumba

            Eu não compraria o mega drive, mas eu compraria os cartuchos com certeza. Se forem feitos com a mesma qualidade de antes (que era a mesma de fora) vai ser ótimo abrir e colocar um no console!

          • Metalmacumba

            Aliás, meu mega drive favorito é o sega cdx. Aquele mesmo com o canhão que só de olhar estraga e o cujo custa mais caro que farol de mercedes.

        • Metalmacumba

          jogar no computador pelo teclado é menos próxima ainda.j

          • EmuManíaco

            Precisa jogar no teclado? Eu não jogo nem game do pc tem mais de vinte anos com teclado e mouse. Mas pelo menos é muito mais proximo que essa nojeira. alias um raspberry com lakka ou retropie é mais proximo ainda.

          • Metalmacumba

            Próximo que essa nojeira com certeza. Eu tento emular através de outros consoles/pc e não consigo ter a mesma satisfação. Pelo pc eu me irrito mais ainda do que pelos consoles. Acho que é pessoal, mas o feeling de ter um device pronto pra aquilo me cativa muito.

          • EmuManíaco

            Um device direito sim. Mas não é o caso do mega drive e o histórico da tectoy já mostra isso.

          • Saulo Benigno

            Exato. Já viu os videos no Youtube mostrando a qualidade porca do som?

      • Davos, o lula europeu!

        Ai você me deixou curioso pra recriar uma experiência destas por completo, será que minhas pernas aguentam ficar na posição de lótus no chão, como na infância? kkk É que realmente só tenho revisto jogos antigos através de emuladores, talvez realmente exista uma magia em replicar todo um cenário pra jogar Mario Bros, por exemplo. Tentarei!

        • Metalmacumba

          Vai firme que eu garanto que a diversão e maior. Eu tento emular games mas não consigo. Por último eu tentei emular vários consoles pelo shield portátil com um controle Bluetooth ótimo e advinha? Encostei de canto e comprei um game &e de pinball 🙂
          Quanto às pernas, sinto lhe dizer mas aí já são outros 500, e se fossem apenas as pernas… meus braços doem ao jogar qualquer jogo de luta!

          • Rodrigo

            Joguei Street Fighter um tempo atrás na casa de uns amigos, no Super Nintendo, com controle original e tudo. Entre 5 e 10 minutos, mesmo, de verdade, eu estava com a pele do dedo descolando hahahahaha…

          • Cadê a manha de jogar enrolando o dedo na camiseta? Seu gamer de araque… xD

          • Rodrigo

            Eu tentei, mas não tinha a mesma destreza usando a camiseta 🙁

          • PugOfWar

            Essa manha eu uso até hj

          • Metalmacumba

            E por que você não colocou o dedo enrolado na camiseta!

        • Julio Verner

          Só vais perder tempo com fios e sentir a frustração de como tudo era ruim no século 20! Esse blablabla de colecionador é papo de velho que fala de como era bom os velhos tempos… Vendi tudo essas quinquilharias século 20 e agora tenho uma sala inteirinha pra dedicar a cerveja artesanal, bem mais divertido!

      • SLCopetti

        “Barulho do canhão mexendo”, ainda mais se for o Dreamcast, que pode ser ouvido até pelos vizinhos.
        Casualmente estou jogando o RE2 novamente no ps1 fat, e estava ontem prestando atenção no ruído. Realmente é sensacional.

        • Metalmacumba

          Porra, você acertou em qual console eu estava pensando quando escrevi!

        • Metalmacumba

          Eu gosto muito do Saturn. Quase não há barulho, mas é um bem suave. O sega cd modelo 2 também tem um barulho suavíssimo. Mas nada ganha daquele led access piscando!

          • SLCopetti

            O meu não tem esse led. Mas comprei consciente, não queria aquela luzinha piscando. E realmente, é bem suave mesmo.

          • Metalmacumba

            O melhor desse sega cd é:
            Defeito comum: queimar o fusível. Não custa nada pra trocar.
            Canhão pifou: kss210a custa menos de 50 paus. E é. Facílimo de dar mão de obra. O que enche o saco é o conectar que as vezes suja que só o diabo, mas álcool isopropílico é o senhor e game não me faltará.

        • Metalmacumba

          Ah cara… você me lembrou que quando eu era adolescente, eu morava num apartamento bem tosco, da cohab e a estante ficava colada com a parede do quarto da minha mãe. Eu nunca consegui jogar meu dreamcast de madrugada. Ela SEMPRE acordava. Eu queria saber por que a sega fez aquele Diabo tão barulhento. Parece que tem um gato transando lá.

    • EmuManíaco

      A experiencia é bem diferente quando vc usa o hardware original. Nem o melhor emulador de genesis é capaz de rodar os game com o mesmo feeling. Isso é voltado a saudosista ms como não é um projeto oficial da sega nem perco meu tempo.

      • Claro, o SVP da SEGA, o número dois da companhia estava presente no evento e “não é um projeto oficial”…

        • EmuManíaco

          Amigo entrando dinheiro a SEGA abana o rabinho. Só ver outras versões terríveis do Mega de baixa qualidade que ela já oficializou. Uma empresa decente jamais deixaria fazer isso com um console dela. vide NES mini e o proprio movimento da SNK retirar do mercado o Neo Geo ue foi relalançado com baixa qualidade. Quem tem passado preserva ele.

      • Mas então o MegaDrive brasileiro de 1990 também não conta ?

        Pra ti só vale um console fabricado na SEGA do Japão pra valer a pena ?

        Putz… me surpreendeu essa ação da TECTOY, eu não levava a mínima fé. Mas por tudo que fizeram, acho que ficou impecável. O preço não é barato, mas 450 reais não é nada hoje em dia. Duas noitadas já gasta mais que isso. O que são duas noitadas a menos no ano pra ter uma belezinha dessas em casa ?

        • EmuManíaco

          Claro que conta. Outra época, outros tempos e a qualidade do produto nacional era basicamente a mesma la fora. hoje são outros tempos nada mais que duas empresas querendo tirar um trocado de trouxa. É melhor um Mega drive velho e queimado que isso aí.

        • Rodrigo

          Serão duas noitadas a menos pra economizar em outras muitas noitadas sem gastar com saídas, só a cerveja e o amendoim da jogatina mesmo, hahaha

        • Julio Verner

          O Mega Drive brasileiro era importado pela Tec Toy… Somente no modelo “3” é que nacionalizaram componentes. Não, não era algo brazuca como os clones de NES e até o Dynacom MegaVision ou algum nome bizarro assim, que inclusive hoje tem mais valor que esse remake de lixo chinês reciclado.

  • Metalmacumba

    1) a Tec toy acertou e muito ao relançar o mega drive;
    2) duvido que seja o 68000 no console, deve ser algo emulando o game;
    3) preço triste;
    4) a qualidade parece meio porcaria;
    5) sem hdmi ou no mínimo componente/e-vídeo força a amizade;
    6) o que vai ter de nego inflacionando o preço no mercado livre e olx não vai ter escrito;
    7) até 100 paus por um jogo na caixa, com manuais e feitos com a mesma qualidade da década de noventa podem ser um ótimo negócio. Eu compraria com prazer sonic 1 e 2, altered beast e golden axe.

    • EmuManíaco

      1- não acertou a qualidade de imagem e principalmente só é um verdadeira JOSTA.
      2- claro que não é. Se bobear tem um zeebo dentro.
      6- impossivel, vai vender em lojas e o unico fornecedor e a tectoy.

      • Metalmacumba

        6) Se a tec toy fizer igual a nintendo fez vai ter algum retardado vendendo por trilhões de dinheiros. sempre tem.

        • EmuManíaco

          da mesma forma que tem quem faça isso, existe quem não faz. Só ver o exemplo do Vita TV

          • Metalmacumba

            O vita tv foi uma sacanagem da Sony no meu ver. O PSP desde a segunda revisão geral já tinha saída de vídeo componente. A Sony sempre faz algo genial no começo e aí melhora e estraga ao mesmo tempo antes de detonar de vez. Se não fosse o problema com a solda no PS3, você concorda que um modelo com compatibilidade por hardware do ps2 é muito mais legal que aquele porta treco que eles lançaram por último?
            O PSP mesmo teve a edição 3000 que não era lá essas coisas e aquela outra e1000 sem mesmo Wi-Fi.
            O bom é que como são coisas que saíram depois de várias revisões, geralmente duram mais.

          • EmuManíaco

            Não acho que foi sacanagem acho que foi para focar e baratear o custo do aparelho. Mas se fosse o modelo clássico de Ps3 ele continuaria bem mais caro, o Ps3 só baixou de preço graças a essas reduções de preço.
            A versão 3000 tem aquela tela horrivel com scanlines, ja a versão 1000 perdeu o wifi mais ganhou uma tela melhor… fora o corte de preço de quase 40 dolares.
            Alias o DS tbm tinha modelos com telas inferiores.

            Eu achei o Vita TV um otimo aparelho, é muito bonito e barato.

          • Metalmacumba

            O primeiro ds (que eu acho muito bonito) comparado com o dslite parece uma brincadeira de mal gosto. O vita tv é um ótimo aparelho sim. Eu gostaria de ter um, mas já tenho o portátil então não faz muito sentido.

          • Ivan

            psp 1000 não é a primeira versão?

          • EmuManíaco

            e1000 ultima versao

          • Ivan

            ah sim…

      • Metalmacumba

        Aliás, já tem retardado vendendo zebro por 500 conto. se tem retardado vendendo por esse valor é por que tem babaca pra comprar, o que não duvido que vá acontecer logo.

        • EmuManíaco

          Se for analisar o Zeebo não esta caro. É um console “raro” e que foi lançado mais ou menos por esse preço anos atras. quanto menos unidades mais caro fica.
          Principalmente hoje em dia com esse monte de macaco destruindo consoles pra usar o case pra colocar raspberry pi.

          • Metalmacumba

            E destruindo o raspberry pi também. Eu acho que o legal do raspberry é a sua modularidade e o do it yourself. Se você quer fazer um, faça. Não é difícil no final das contas e tem mil tutoriais. As pessoas têm muita preguiça de tentar fazer qualquer coisa fora do escopo delas. Eu mesmo detesto cozinhar, mas fritar um ovo e fazer um hambúrguer com alface e tomate eu sei. Fora miojo e brigadeiro 🙂

        • Ivan

          Tem uma “empresa” vendendo raspberry em case de snes com 1000 pila

          • EmuManíaco

            isso tinha que tomar paulada na cabeça

          • Metalmacumba

            Se pelo menos fosse o neo geo consolized que da um trabalho considerável pra fazer e no final acaba “compensando” por causa dos jogos de MVS são mais populares e baratos. Eu prefiro um neo geo xD porem…………………………………………………. demora pra carregar os jogos.

          • Metalmacumba

            Da vontade de fazer caça às bruxas com esses caras.

    • Othermind

      1-Concordo
      2-Ela alega que nao é emulado, se for, processamos e ganhamos uma grana falindo a Tectoy
      3-Achei elevado tb
      4-Parece material (plastico) similar ao original
      5-È analogico, para ter HDMI (digital) teria que fazer conversão e upscale, um bom custa 300 dolares.. e colocar um porcaria não mudaria a imagem, como ela mesmo disse.
      6-Ja tem cara colocando no ebay por 1500 reais
      7-Eu tb

    • 8) Mais um pouco e haverá parceria com a Positivo dada a qualidade…

      • Metalmacumba

        Cara eu trampo com informática e no começo de tudo eu ainda tinha coragem de consertar computador dos outros. Quando eu via que era positivo meu corpo reagia igual tomar novalgina sem água.

  • SLCopetti

    A sacada toda desse mega drive para mim está no everdrive embutido. Eu tenho um megadrive japones (o mais bonito em minha humilde opinião), mas fiquei realmente tentado a comprar essa versão da tectoy por 3 motivos básicos:
    1º Console novo, caixa, tudo bonitinho;
    2º Incentivar mais projetos assim, está cada vez mais difícil encontrar bons itens a preços amigáveis;
    3º O everdrive!

    O grande problema realmente está no preço, um tanto quanto salgado. Mas temos que considerar todo o custo de produção, que não deve ser tão baixo assim.
    A notícia do cartucho da mônica realmente é empolgante, gostaria muito de ver os clássicos da sega relançados. Quem sabe finalmente conseguiria os Streets of Rage 2 e 3 sem precisar vender um rim.

  • radiobrasil

    Tá certo isso : ” …pois o console é
    analógico”!?

    Que eu saiba a unica coisa que seria analógica é a “saída” do MD original…
    Console a partir do momento que processa “bits” é digital… nesse caso o que acontece é um conversor de video e audio para analogico.. em audio se chama “DAC”.

    • Metalmacumba

      Se fosse analógico ia ter um monte de válvula dentro 😛 eletrônica “raíz”

  • Henrik Chaves

    Feliz por ainda ter meu Mega Drive original e funcional.

    Infelizmente meu controle de 6 botões pifou há muitos anos, quando o videogame ainda era bastante usado (nessa época vocês já estavam jogando PlayStation, muito provavelmente). Cheguei a comprar uns genéricos uns 2 anos atrás, mas infelizmente era controle BEM menores que o original. 🙁

  • Flávio Pedroza

    Vou comprar pra jogar Zelda.

    • Tinha um jogo bem parecido, Crusader of Centy https://www.youtube.com/watch?v=dq7fDSYeM84

  • Prefiro o … erh… ah cês sabem…

    • Flávio Pedroza

      O 3DO?

      • Sega saturno… =P

        • Julio Verner

          Se é pra falar de console falido… Virtual Boy! Ou Wii U. hahaha

        • Eu tive um Mega-drive 3 e um Sega CD, todo mundo que eu falo acha que me refiro ao Saturno

        • andrethurler

          Ah…aquele controle de sega saturno japonês…♥

  • Julio Verner

    Cartucho de Mega Drive é aula 1 em eletrônica básica… A Tec Toy conseguirá esse feito? hahaha Com trouxa pagando R$ 450 em prástico reciclado pode ser que sim!

  • 640k is enough

    Jogos do MD relançados, EU QUERO!

  • VaGNaroK Alkimist

    “Turma da Mônica na Terra dos Monstros, do Mega Drive será relançado em cartucho”… Não sério? e eu pensando que seria em BlueRay.

    • SignaPoenae

      Poderia ser lançado em cartão microSD

      • Germano

        Download. Pelo Steam. Ate porque para quem não faz questão dos sprites dos personagens do Mauricio, ou seja quer o jogo original, já tem.

        • VaGNaroK Alkimist

          Ninguém mais sabe o que é sarcasmo não?

          • Germano

            Pos é né 😉

  • Saulo Benigno

    Projeto amador… totalmente amador… sem hdmi, baixa qualidade dos jogos, console enorme!!!

    Certa é a Nintendo, faz um produto de colecionador, igual ao original em tamanho reduzido, perfeição!!

  • Bambino VJ

    Alguém jogava o Puyo Puyo ou Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine como era chamado no ocidente?

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Legal, vou comprar um para jogar Mario 😛 !

  • Bruno Costa

    Não seria melhor ao invés de investir em deixar o hardware parecido com o de duas décadas atrás colocar um Raspberry Pi aí e investir num leitor de cartuchos que fizesse retrocompatibilidade com os antigos? Ia ser saudosista, poderiam lançar novos cartuchos idênticos aos originais e o hardware ficaria MUITO barato e mais potente.

    • Yskar

      Tudo foi decidido via enquete, foi exatamente isso que os fans decidiram, taí o problema.

    • Saulo Benigno

      Não, não ia ser mais barato. Ia ser mais caro com certeza.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis