Depois da Fox fora da Netflix, conteúdo da HBO sairá do Amazon Prime Video em 2018

hbo-amazon-prime-video

Quando o streaming chegou para desbancar a farra das operadoras de TV a cabo, que vendiam pacotes de canais diferenciados e exigiam outros planos para liberar o filé, todo mundo viu na Netflix e similares uma opção para assistir suas séries, filmes, documentários e outras atrações num só lugar a um preço camarada.

Só que a realidade é cruel. Os estúdios perceberam que ao invés de licenciar suas produções para os serviços de terceiros é muito melhor elas próprias criarem seus canais, mantendo suas pratas da casa sob seu controle direto, e assim a balcanização da TV migrou para a internet.

Hoje além dos agregadores Netflix, Hulu e Amazon Prime Video os principais estúdios possuem seus canais de distribuição online, que conservam suas produções e de vez em quando negociam as obras com terceiros. A Fox possui um canal só para Os Simpsons e outro, o Fox Now para suas demais produções e que são ligados aos planos de assinatura dos pacotes de TV. A Sony possui na PSN o seu canal de streaming (Powers) e a CBS também tem o seu, que exibirá Star Trek: Discovery (quando estrear, o que ainda não tem data; é complicado); a Microsoft teria o seu serviço com produções próprias, mas desistiu.

A HBO, que possui o Now recentemente desatrelou o serviço da assinatura da TV, e por isso mesmo começou a considerar a possibilidade de trancar suas séries exclusivamente e concorrer com os demais pelo conteúdo exclusivo e de qualidade. O problema: muitas de suas obras estavam disponíveis no Amazon Prime Video, algo que não era lá muito bom para os negócios.

Assim sendo, o CEO da HBO Richard Plepler confirmou em uma reunião com acionistas sobre os resultados financeiros do primeiro trimestre que a partir de maio de 2018, suas séries não mais estarão disponíveis no serviço do agora concorrente Jeff Bezos e permanecerão exclusivas do canal e dos serviços Now e convenientemente, DirecTV Now (a Time Warner, dona da HBO foi adquirida pela AT&T, que também possui o referido canal).

fox-netflix

Esse não é um movimento isolado: a Fox também não renovou contrato com a Netflix e séries como How I Met Your Mother, Prison Break e Sons of Anarchy, entre outras deixarão o serviço de Reed Hastings em breve. Embora o motivo não seja claro em ambas as ocasiões é evidente que os estúdios desejam acima de tudo colocar todos os ovos numa cesta só e promover suas próprias soluções de streaming; em fevereiro o HBO Now atingiu a marca de 800 mil assinantes e olha que ele não é global, já que poder assistir Game of Thrones ou Westworld em qualquer ocasião é algo que muita gente adoraria.

Claro que há exceções: a Disney por exemplo mantém um contrato de exclusividade com a Netflix nos Estados Unidos mas a regra hoje são os serviços de streaming investirem em produções próprias, exatamente para não ficarem sem conteúdo por conta de uma mudança de humor dos parceiros. A Amazon Prime Video possui um excelente catálogo, indo de The Grand Tour a O Homem no Castelo Alto, já a Netflix nem se fala e tanto uma quanto a outra estão investindo pesado em novas séries, filmes, shows e documentários.

O grande problema é que isso não é um cenário ideal para o consumidor. Ao invés de contar com apenas um serviço ele será obrigado a assinar uma série deles para assistir o que quer, vai ter gente pagando o tio Bezos só para assistir os três patetas petrolheads ou à HBO para ver a Dolores, algo não muito diferente de quando pagávamos um extra para a operadora de TV liberar o sinal da Sony ou da só por um outro show.

Em última análise nem todo mundo tem tanto dinheiro assim, e a balcanização ao invés de prestigiar os canais das produtoras acabará levando ao aumento da frequência de visitações à Locadora do Paulo Coelho. Os usuários manterão nas finanças um, no máximo dois serviços e apelarão para fontes alternativas para consumir as atrações dos demais. Pode até ser que a estratégia de trancar tudo até potencialize as assinaturas entre aqueles que não querem as complicações da pirataria, mas que o número de downloads ilegais vai aumentar é certo.

Fonte: Digital Trends.

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Victor

    O futuro vai ser um aplicativo que agrega todas as plataformas diferentes numa só. Ja existe algo do genero?

    • EmuManíaco

      Stremio permite isso.

      • Victor

        o problema é pagar 500 plataformas diferentes… vai entrar no mesmo problema da TV por assinatura.

        • EmuManíaco

          vc não precisa assinar todos todo mes.

          • Victor

            ja faço isso com a HBO, só assino quando passa GoT e Westworld

    • Terra Nova

      Mesmo assim sai mais barato que assinar uma Sky

    • Whirlpool

      Existe, chama-se torrent.

  • EmuManíaco

    “O grande problema é que isso não é um cenário ideal para o consumidor. ”
    Assina netflix em janeiro e assiste tudo que quer e cancela , assina em fevereiro a amazon e assiste tudo que quer e cancela, assina em março a fox e assiste tudo que quer e cancela, assina em abril a HBO e assiste tudo que quer e cancela. Não é o cenario ideal pro consumidor ou não é o cenario ideal pra gente preguiçosa?

    • Julio da Gaita ✔

      na verdade me cansei só de ler teu comentário…rs

    • O problema é que tem gente que trabalha, estuda, tenta ter vida social, dorme… Não dá pra viver só de assistir séries, acredite, eu já tentei.

      • EmuManíaco

        entao pague todos. se é tao importante assim.

      • Ed. Blake

        Exatamente. Não tenho tempo para assistir tudo o que quero em um mês, tenho uma esposa e um PlayStation para dividir o tempo e ambos são ciumentos.

    • Andrey Castro

      Você considera que todo mundo tem tempo de maratonar os seriados em um mês, o que é inviável pra uma grande parcela dos assinantes.

      • Mateus Azevedo

        Se não tem tempo de terminar uma série em um mês, não tem motivo pra manter vários serviços diferentes ao mesmo tempo, já que também não teria tempo pra assistir várias juntas.

        • Andrey Castro

          Discordo da sua lógica. Eu mantenho diversos serviços por conveniência mesmo, tem dias que quero assistir o GT no prime vídeo, tem dias que quero ver algo na Netflix. Se chama conveniência, e era algo que vinha facilitando a vida de quem queria consumir conteúdo via streaming. Se todo mundo começar a fechar o sistema em serviços próprios vai complicar a vida do usuário, a Fox mesmo já faz isso, você assina o canal e precisa desembolsar mais 25 reais para assistir o Fox premium. Acho muito escroto.

    • Preguiçosa ou que tem outras coisas mais importante do que assistir séries?

      Eu mesmo só faço maratona quando estou de férias ou quando em um feriado prolongado minha programação principal deu errado.
      Então, normalmente só assisto três episódios por semana, no máximo, tem semana que nem entro no Netflix.
      Ficar se gerenciando nesse cancela-assina sem fim é inviável além de transformar em trabalho algo série era para ser diversão. Um saco.

      • EmuManíaco

        entao pague o conforto.

    • mr_rune

      Não é o cenário ideal pro consumidor porque as temporadas não acontecem em 1 mês. Daria pra fazer isso com os serviços que disponibilizam tudo de uma vez (só conheço a Netflix, pode ter outros).

      E mesmo assim isso fugiria da comodidade do serviço. Agora eu tenho que ter um prazo pra assistir ? To com O Poderoso Chefão 2 pra assistir desde dezembro, to sem saco pra ver, e agora ?

      Game of Thrones não sai de uma vez, The Walking Dead não sai de uma vez, Breaking Bad não saiu de uma vez, Better Call Saul ta saindo a conta-gotas…isso é preguiça pra você ?

      • EmuManíaco

        Sim. Vc não precisa assistir series semanalmente pode esperar um ano pra temporada acabar. É preguiça e ponto final.

      • Marco Antonio de Oliveira Sant

        Breaking Bad acabou, The Walkind Dead tá mais morto que os zumbis e Better Call Soul… who cares?

        • mr_rune

          Todo mundo que acompanhou e acompanha.

    • Pedro Calumbi

      em casa somos em 3 eu a esposa e minha menina de 8 anos, temos coisas que assistimos juntos e outras que não, eu vejo as series de “terror” sozinho, minha menina todos os desenhos a esposa o grey’s anatomy e afins e outras series assistimos todos juntos conforme o tempo de cada um permite não vejo como preguiça vejo como burocracia idiota e perda de tempo ficar pulando de um provedor para outro. mais facil ter só um no caso o netflix e o que não tem nele ou não assisto ou procuro na biblioteca alternativa.

      • EmuManíaco

        sim tbm é uma opção. A verdade é que as pessoas querem conforto mais não querem pagar por isso.

    • Aqui uma pessoa que é sustentada pelos pais e pode ficar o dia inteiro vendo série.

      • EmuManíaco

        Não. Apenas sou organizado e me planejo. O tempo que vc fica no twitter procrastinando e arrumando conflito com desconhecidos eu me organizo.

        • Tenho certeza que sim

          10h: Vovó acorda com um beijinho e traz ovomaltine com perinha descascada e cortada
          10h01min: Bóra ver série
          13h: Mamãe traz almocinho gostoso, com bifinho cortadinho e suquinho de jabuticaba. Suspira pois queria Big Mac. Bóra ver série
          15h Lembra que tem dever de Geografia. Deixa pra lá, pois acordou muito cedo. Bóra ver série
          17h Vovó traz toddynho. Fica de birra porque a velha não destacou o canudinho e o inseriu na caixa. Velha desgraçada. Ai que ódio! Bóra ver série para acalmar
          19h Jantar. McLanche Feliz? EBAAAA! Bóra ver série
          19h15min Pai chega do trabalho, vê o que tem em casa e vai pro banheiro chorar durante o banho
          20h Bóra ver série
          23h Ih! Amanhã tem prova! Ah, manda mamãe reclamar com o diretor porque não teve tempo de estudar. Bóra ver série

    • Leandro

      Cara eu não tinha pensado nisso… Série bom de ver é tudo de uma vez, isso de uma vez por semana não rola… E pode ficar 3 meses em cada serviço… Uma nova temporada só sai um ano depois mesmo…

      • EmuManíaco

        sim. mas o pessoal precisa ter tudo ao mesmo tempo. acumuladores

  • Atualmente já pago o tio Bezos só para assistir os três patetas petrolheads, quer dizer, também assisto Seinfeld e American Gods e tento assistir The Man in The High Castle, mas comecei a pagar com o intuito de apenas ver The Grand Tour.

    Quanto a HBO, apesar de ser fã de carteirinha de Game of Thrones e gostar muito de Westworld, acho que vou continuar usando a Locadora do Paulo. A menos que a HBO libere o HBO Now GO no Brasil (Se já liberou não sabia) e ofereça GoT no serviço de streaming no mesmo horário da TV.

    • Victor

      Isso ja existe. Se não me engano é o HBO GO. Eu assisti a primeira temporada do westworld la

      • Pelo que eu entendi o HBO GO no Brasil é ou era apenas pra assinantes da HBO na TV a cabo.

        • Victor

          pode ser, pq eu era assinante da NET

      • Young Wolf

        O HBO GO é usado como cortesia pra quem assina HBO. Mas desde o fim do ano passado eles deram mais “liberdade” a essa plataforma , pra assinar o GO você tem que ser cliente de telefone fixo da Oi , e isso nem é no país todo. Realmente um absurdo , quando HBO GO for totalmente independente de qualquer outro serviço eu assino HBO via streaming.

  • Mateus Azevedo

    “Na época” da TV por assinatura, todo mundo reclamava que o valor era caro e os pacotes tinham um monte de canais que não assistiam. Todo mundo sonhava com a possibilidade de pagar apenas pelos canais que realmente assiste.
    A situação atual dos serviços de streaming é exatamente essa, cada canal tem o seu serviço e a pessoa assina apenas o que quer assistir.

    Pessoal provavelmente reclama pois se acostumou mal em ter Netflix “com tudo” e pagando pouco. Mas na real, se a Netflix tivesse produções de todos os canais, certeza que seria bem mais cara para poder bancar os licenciamentos.

    A solução é simples: todos esses serviços permitem o cancelamento da assinatura de forma fácil, então é só ir revezando conforme a séries que estiver assistindo. Vai continuar sendo barato.
    Os canais só precisam parar de vincular o serviço com a assinatura da TV a cabo e liberar para o mundo todo.

    • Bruno

      Pensando que você vai assinar uns 5 serviços, na media de 20 reais, você gasta 100 reais por mês. Isso é muito mais barato do que eu pago em TV por assinatura hoje. Para mim compensa.

    • arnoanderson

      Pra mim não é o preço que pega. É a praticidade. E ficar sempre mudando de aplicação/site quando quero assistir algo diferente não é nada prático.

      • Oh, noes..

        Claro que é prático. Você muda de aplicativo em 5 segundos e escolhe o quer ver quando bem entender. Com essa porcaria de TV paga, você precisa estar na frente da TV na hora que a operadora resolver colocar o programa que você curte. Não conseguiu ligar a TV na hora? Procure na grade de programação o repeteco e veja se consegue assistir da próxima vez.

        O que é mais prático?

        • arnoanderson

          Pro público geral não é nem um pouco prático. Das pessoas que possuem TV por assinatura que eu conheço, poucas são as que usam o serviço de streaming dos próprios canais, que geralmente oferecem aquele filme que você perdeu na grade de programação.

          São poucas pessoas que baixarão 5/6 aplicações pra ficar procurando algo que queiram assistir. Até porquê onde vão assistir? SmartTVs com softwares defasados? Chromecast, Amazon Fire TV ou Apple TV que a maioria da população não conhece? Consoles de penúltima/última geração que poucas pessoas tem?
          Repetindo: estou falando aqui do público geral.

        • nayara

          Voce troca de canal em 2 segundos.

          • Oh, noes..

            E vai ficar eternos 2 segundos trocando de canal porque o que mais passa em TV paga é repeteco e propaganda. Boa sorte pra achar decente passando no horário que você está na frente da TV e tirou um tempinho pra distrair e assistir algo.

            Toda vez que sento na frente da TV acho o que quiser na hora que me der na telha. Não dependo de uma programação engessada onde você assiste um episódio de 1 hora de uma série pra ter que aturar 35 min de propaganda.

    • nayara

      Pois e. Quanto mais o Netflix se aproximava de trabalhar como uma operadora ‘completa’, seu preço tambem foi se aproximando um pouco mais. E a politica de licenciamento adequando-se mostra pra todos que nao existe reinvençao da roda, apenas trocaram a plataforma de lugar.

  • Gradash

    E fazendo isto, eles garantem que a pirataria vai continuar com tudo que tem direito.

    • Germano

      Sempre vai ter quem ache mais facil a pirataria visto que ha quem pirateia ate conteudo do Netflix.

  • Terra Nova

    Cada um no seu quadrado…

    Mesmo que aja essa separação que já era “previsível” no final sai mais barato que assinar uma Sky.

  • José Carvalho

    Prezado Gogoni, a pirataria não tem complicações, ela só facilita tudo. “Assina – Cancela – Assina” ou ter 3 fornecedores de serviços mais a TV à cabo é coisa de quem tem muita grana sobrando e tempo desperdiçado. Eu quero ver uma série, ou fazer uma maratona nas férias, acompanhar uma série que eu gusto muito quando está passando… Já comentei aqui em outros posts falando disso:
    As empresas de mídia e games querem tirar cada centavo trabalhado nosso. Para eles não está bom ganhar, eles querem nos expremer… É triste sermos obrigados a apelar ao Torrent, mas…

    • Bronko

      Pirataria é tranquilo no Brasil que é terra de ninguém, se piratear aqui na Alemanha com torrent, logo vem cartinha de advogado em cobrando multa de 2000€.

      • mr_rune

        Bom, falando de fora eu não vejo muito motivo pra piratear se você mora em um país rico e ganha em euro…

        • José Carvalho

          Há razões sim, não é só morar na Europa e ganhar em Euro que está tudo bem. Estou morando em Portugal e apesar de o governo combater ferrenhamente a pirataria, ela está sempre em voga. A pirataria não é uma questão apenas de “necessidade”, como muitos julgam ser. Questões financeiras estão no cerne da questão, mas não do lado de quem consome, é do lado de quem produz e distribui o conteúdo. A Balcanização da mídia mostra que não se trata mais da venda de um produto, não somos consumidores, não temos voz… Somos estatísticas para investidores… E isso movimenta a pirataria em países ricos, muito mais ricos que Portugal.

      • José Carvalho

        Então os alemães devem ter muitos euros pra gastar, são distribuidores ferrenhos de conteúdo em comunidades de compartilhamento…

      • Eu sempre tive a curiosidade de saber como era a internet na Alemanha e na China.

        Disseram-me que na Alemanha o YouTube é beeeeeem diferente, pois precisa se adequar as leis locais.
        Como que vocês se viram por aí? VPN?

        • Bronko

          Para a locadora a saída é VPN, custa em média 5€ por mês, no youtube até um tempo atrás tudo que é música ou continua música era bloqueado por uma agência chamada “GEMA”, que meio que recebe pagamentos em nome de músicos ou coisa assim, mas agora o Youtube meio que fez um acordo com eles e ta melhor.

  • Germano

    Não é a toa que a Netflix esta investindo em conteúdo próprio. O que começou como um plus talvez se torne essencial a sobrevivência do serviço.

    • Acredito que a facilidade de se assinar a Netflix é o que atrairá a maioria dos clientes. Você não precisa ser assinante de uma tv por assinatura ou operadora telefônica cara poder ser um cliente da Netflix.

      E sem falar que, ao menos no quesito séries, a Netflix investe muito mais pesado do que uma Fox, por exemplo.

      Estes canais precisarão mudar muito a estratégia deles para poder conquistar o cliente da Netflix, que se acostumou com facilidade e dezenas de séries exclusivas novas todos os meses.

      • Germano

        Facilidade de assinar (não precisa esperar um instalador) e cancelar (sem canseiras ao telefone), conteudo sem comerciais e disponível na hora que for mais conveniente para você. Tudo isso foi o que me fez cancelar a TV a cabo e ficar só com o Netflix.

        • mr_rune

          Tudo isso, mas acho que o preço é o diferencial.

        • DiMais

          são esses diferenciais, aliados ao conteúdo original, que vão segurar a base de clientes.. as operadoras tradicionais nunca conseguem entender essa dinâmica das empresas “novatas” e por mais que tenham seus diferenciais acabam sendo exaustivas para o consumidor.

        • radiobrasil

          Também cancelei a tv paga e fiquei só com o Netflix. Gastava quase 200,00/mes na tv paga e assistia muito menos tv do que hj com o netflix a 30,00 em ultrahd.

      • “Você não precisa ser assinante de uma tv por assinatura ou operadora telefônica cara poder ser um cliente da Netflix.”
        — AINDA

      • Kheiron

        Investe pesado e são bem produzidas. Sem contar a penetração do Netflix, que produz séries para mercados locais. A concorrência vai ter que correr muito atrás do prejuízo.

    • Felipe!

      Não acredito que tenha sido um plus.
      Adquirir o conteúdo e, principalmente, manter deve ter sido a maior dor de cabeça deles desde o primeiro dia. E sabiam que não ia dar certo pra sempre, porque isso deixa eles numa posição muito frágil.
      Conteúdo próprio era a solução.

  • Ivan

    Será que vai demorar quanto tempo até ter um serviço de streaming tipo TV por assinatura onde vc assina pacotes de streaming diferentes?

    • Imagino que em breve teremos alguma empresa vendendo pacote “Netflix + Amazon + HBO Por apenas R$59,90!”

  • Não sei como será no resto do mundo, mas aqui no Brasil os canais de tv por assinatura precisarão mudar muito a estratégia para poderem competir com Netflix.

    A cada dia que passa, as pessoas estão desistindo de pacotes de televisão, aí a Fox remove tudo dá Netflix para promover o próprio serviço, mas o próprio serviço é atrelado à um canal de tv, que a cada dia tem menos clientes.

    Não consigo imaginar ninguém assinando um pacote de tv a cabo apenas para poder assistir aos programas da Fox.

    Já o caso dá HBO é o mesmo. A obrigatoriedade de ser cliente de uma operadora de Tv ou telefone só afasta o potencial cliente. (Isso aqui no Brasil, nos EUA é vendido sem essa obrigação.)

    • mr_rune

      Nesses casos eu pirateio com força.

      • nayara

        relaçao perde-perde

    • Othermind

      Tem um jeito facil e uma hora elas conseguem (infelizmente), restringir os dados…. O antigo presidente da Anatel que o diga…

      • Acho difícil. Mesmo que inventem um limite nos dados, ainda assim as pessoas encontrarão um jeito. É só lembrar do começo dos anos 2000, onde assistíamos animes e séries completas, baixadas em internet discada, através do limeware e emule, com qualidade de batata.

      • Alberto Prado

        Se isso acontecer, é só ir no camelô mais próximo e compra o DVD (ou encher um pendrive na sexta-feira com os episódios novos que foram lançados durante a semana) com série completa, assim como fazíamos antes de ter acesso a velocidades maiores ou se quer ter acesso a banda larga no caso de muitas pessoas.

    • Nem precisarão mudar a estratégia. É só falar com a Anatel.

      • Leandro

        Já estão fazendo isso e acho que vão conseguir. Com a limitação da banda fixa o valor para ter netflix e conseguir assistir, fazer download, navegar na internet, youtube e etc vai ficar no valor da tv por assinatura.

    • Ed. Blake

      Sem contar, no caso da Fox, que o app não transmite para o Chromecast ficando limitado​ ao dispositivo móvel.

      Tenho conta no app (por enquanto) mas continuo assistindo The Walking Dead através de download.

    • arnoanderson

      Cancelei minha TV por assinatura faz um tempo, mas sinto falta de assistir South Park. Pagaria de bom grado acesso ao Comedy Central, se não existisse esse vínculo.

      • Mas South Park é disponibilizado de graça no site do Comedy Central, e sem bloqueio de região.

        • arnoanderson

          Só alguns episódios. Para ter acesso a todas as temporadas, tem que entrar com “seu login e senha da sua TV por assinatura”

          • Hum, acho que você deve ter visto no site do CC Brasil. No site americano é tudo liberado.

          • Matheus

            Na-na-ni-na-não… South Park tem bloqueio sim, como qualquer coisa. http://www.cc.com/episodes/dumjvr/south-park-cartman-s-mom-is-a-dirty-slut-season-1-ep-0113

          • Ok, isso é bem estranho. Pois realmente, nesse link que você enviou os episódios​ tem bloqueio. Mas, através do próprio site do South Park (que na verdade pertence ao mesmo domínio que você enviou) eu consigo acessar aos episódios sem bloqueio de região. Desde os mais recentes até aos mais antigos.
            http://southpark.cc.com/full-episodes/s01e13-cartmans-mom-is-a-dirty-slut#source=06bb4aa7-9917-4b6a-ae93-5ed7be79556a:25eeb8de-ed8e-11e0-aca6-0026b9414f30&position

            Mas estou no celular, então não sei se isso bagunça em algo o sistema deles. Pois é estranho bloquearem em uma área do site, mas deixar liberado em outra área.

    • Kheiron

      Fazem isso por que suas controladoras são donas de muitos canais e empresas de transmissão de sinal a cabo.

  • RôShrek

    É, pelo jeito vou ter de renovar minha carteirinha de sócio da locadora do Paul Rabbit. Não tá fácil pra ninguém.

  • …é aquele negócio… o futuro da TV será…. voltar a ser a velha TV….

    • Cocainum

      Aí, quando existirem 100 serviços de streaming diferentes, cada um pertencente a cada empresa de mídia, alguém vai ter a brilhante ideia de reunir vários em pacotes. Teremos o pacote básico, com 30 serviços de streaming, o especial, com 50 serviços de streaming, o plus, com 70 serviços e o super com 100. Humm… Eu já vi isso antes em algum lugar…

      • DiMais

        falei isso lá em cima, então vamos ter que dividir os royalties dessa ideia!
        complementando, uma empresa do porte da Apple, Google ou Microsoft (que já fazem algo parecido) vai acabar lançando seu serviço de TV por streaming (acho que é mais ou menos isso que a Apple tem costurado com os estúdios nos últimos anos) e você paga sua assinatura direto na loja do seu sistema operacional favorito de acordo com o conteúdo que tiver interesse.

    • “ô loco bicho…”

  • Por pior que pareça ser o cenário o cara ainda assim pode assinar apenas os serviços que tenha oque ele quer ver. Diferente da TV a cabo que no pacote basico você pega canal de pesca, você paga por um canal de pesca só pro vendedor te falar que tem 100 canais como desculpa pra te cobrar mais caro, sendo que você assiste apenas 5 ou 6 canais.

    • Maom

      É verdade…. Se eles vendessem só o canal de pesca por uns 50 reais aposto que muito mais gente assinaria. Ninguém que ver o resto. Tudo lixo.

  • Maom

    Enquanto isso nenhuma abandona a plataforma Piratebay. Acho que netflix e amazon devem pagar pouco perto da Piratebay.

  • Pingback: Depois da Fox fora da Netflix, conteúdo da HBO sairá do Amazon Prime Video em 2018 | Notícias Legais()

  • Convidado

    Mesmo que fosse o mesmo preço (o que não é), eu só assino o que quero, consigo assistir quando posso e não vejo propaganda, me poupando 30% do meu tempo para consumir o conteúdo.
    Hoje já tem o HBO, Crunchyroll, Netflix e Amazon Prime, mesmo assim vale muito a pena.

  • Fernando Ferreira

    Esses serviços já andam testando a manha das TV, lançar os capítulos aos poucos. Assim os fãs ficam presos ao canal por meses. Vc pode cagar e andar pra isso e só assistir quando a temporada acaba ou renovar a carteirinha da locadora.
    Pena que a locadora as vezes nos dá um certo trabalho.

  • Jefferson Viana

    A Fox fez uma baita sacanagem com esse fox premium, um monte de coisa que eu acompanhava passou pro premium, sleep hollow, da vince demons, etc…,

  • Vão promover suas soluções de streaming e suas produções que muitas tinham alcance mundial não vão chegar onde chegaram tão cedo nunca…

    Ponto pra Locadora do Paulo Coelho… E PNC da HBO e da FOX…

  • arnoanderson

    Netflix, Amazon, HBO, Hulu, Fox, Warner/DC. Uma provável bolha de serviços de streaming está surgindo.

    • Othermind

      Ta mais para convergência…. Tambem temos varios canais de tv desde decadas atras…

      • arnoanderson

        A diferença é que na TV você muda de canal com um controle e paga por tudo isso numa única fatura.

  • Leandro

    “número de downloads ilegais vai aumentar é certo” Aumentar eu não creio, o pior cenário é hoje com Tv por assinatura onde você é obrigado a contratar um pacote com canais que não possuem nenhum interesse + os pacotes queremos + futebol + etc…

    • Vinícius

      Seria tudo tão mais simples se pudéssemos pagar apenas pelos canais que queremos ver, ao invés desses pacotes infelizes…

    • Ivan

      é foda assinar por 10 canais e no pacote ter 90 que vc nunca vai nem ver.

  • DiMais

    vamos voltar para o século passado quando alguém (tipo Apple, Google ou Microsoft) tiver a brilhante ideia de reunir todos esses serviços numa única ‘loja’ e teremos uma grande novidade chamada TV por assinatura, só que por streaming…
    — voltarei para cobrar os royalties da ideia —

  • Fernando Ferreira

    A unica coisa que falta para a netflix é o jornalismo. Se tivesse jornal eu já tinha chutado a Tv a cabo a muito tempo.

    • radiobrasil

      Impossivel nao é… vai que fecham uma parceria com um canal de noticias ao vivo (bandnews/record news)?

  • Gabones

    E viva o webrip

  • Giuliano

    Eu só tenho tv por assinatura porque não existe venda casada nesse pais. VIU NETVIRTUA !!!
    La em casa, tenho um aparelho da NET que eu nem sei se ele liga ainda… e se ligar, nem deve sincronizar os canais, pois faz muito tempo que ele não é ligado.

  • Thiago Medeiros

    150 temers em 5-6 assinaturas tipo netflix é muito barato (acho que eu não precisaria de tanto), a net fica com 250 todo mês e eu nem assisto a programação chula dela

  • Pirataria agradece.

  • Vinícius Santos

    Pra mim o que conta é a praticidade, e se eu não puder ter todo o conteúdo que gosto de assistir em um ou no máximo dois serviços de streaming, também vou aumentar a frequência das visitas na locadora do Paulo Coelho. Além disso, as “separatistas” precisariam criar apps em diversas plataformas pra simplificar o acesso, hoje em dia app da Netflix tem de bandeja em qualquer plataforma…

  • Carlos Ferreira

    Pura canalhice e olho grande. Vão fragmentar tudo fazendo o povo ter complicação pra assistir o que quer. Se é pra ter trabalho, mais fácil piratear.

  • Sophos Nsm

    Assine um por vez ue. A separação é boa para o consumidor pq incentiva a concorrência

  • Young Wolf

    Pensando no nível de qualidade da coisa , a HBO é o que valerá uma assinatura daqui uns tempos. Porque a Amazon ainda não emplacou. Hulu tá anunciando muita coisa legal nos últimos dias , considero o melhor concorrente da Netflix , apesar de ter seu serviço apenas nos EUA , diferente da Amazon que tem um serviço global. A Netflix em minha opinião tá investindo em muita produção páia nos últimos tempos , os canais e produtoras estão criando barreiras pra licenciar suas produções pra plataforma , ou até mesmo retirando seus produtos , como foi o caso da FOX , sem muitas séries de qualidade que vem através de licenciamento e com boa parte de seus originais fracos no sentido de qualidade (se destacam The Crown , House of Cards etc , que são excelentes) , mas nota-se uma queda na qualidade de muitas produções e com um catálogo de filme muito fraco mostra que ficará difícil se manter no topo.

    Dica pra HBO : Façam um serviço de streaming totalmente independente , e isso em todo o país , porque essa venda casada de precisar se atrelar a uma operadora de telefonia não rola. (Façam antes de GoT voltar e verão o quanto vai ser vantajoso).

    • Kheiron

      HBO nunca fará isso por ela é do grupo Time Warner. Seria jogar contra o time. Uma vez que você assine um pacote de TV a Cabo, metade deles é de alguma subsidiária deles.

  • Kheiron

    Bom, Netflix chegou primeiro, me atende e atende minha família, bem. Fica full time logado aqui em casa. Azar das outras.

  • tuts

    Eu vou assinando um de cada vez, não vejo tanta necessidade assim de ver as séries no lançamento (exceto got), assino Netflix, assisto sens8, e tudo de exclusivo que tem lá, cancelo, vou pra outra e assisto tudo, cancelo, e assim vai.

  • Bernardo Pina

    Espero que a pirataria aumente. Esse tipo de ação só prejudica os usuários, então quero mais é que essas empresas se lasquem. -_-

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis