ad

São os 60 milhões de consoles PS4 que sustentam a Sony atualmente

Laguna_Kazuo_Hirai

Kaz Hirai, o atual CEO da Sony (crédito: Venture Beat)

Lá em 2015 o tio Laguna noticiou a estratégia do Kazuo Hirai em torno de Uma Sony, uma nova estratégia onde a empresa japonesa se focaria apenas nos ramos onde o nome Sony é sinônimo de lucro certeiro. Desde então a Sony vem tentando se livrar de todas as divisões e subsidiárias que não estiverem dando lucro, sem dó nem piedade.

Só que antes de se livrar de uma divisão como a Sony Mobile, a empresa precisa reestruturá-la e enxugá-la de forma a ser lucrativa para os novos donos ou, no caso de mantê-la no conglomerado, tornar a divisão saudável para não precisar ser salva por outra subsidiária. Segundo o relatório financeiro do ano fiscal que se encerrou no dia 31 de março último (FY 2016), parece que os esforços da Sony nesse sentido estão obtendo notório êxito.

Um belo exemplo é a divisão Sony Mobile que, apesar de ter tido queda anual 32,7% na receita, indo de ¥ 1,13 trilhão para 759 bilhões de ienes; obteve lucro pela primeira vez em muito tempo: o prejuízo de ¥ 61,4 bilhões no ano fiscal anterior se tornaram lucro de 10,2 bilhões de ienes. Ou seja: de 1º de abril de 2016 a 31 de março de 2017, a divisão mobile da Sony conteve a hemorragia e lucrou o equivalente a US$ 92 milhões. Não é muito, mas é lucro para uma divisão que chegou a sangrar US$ 1,5 bilhão em 2014.

Outra divisão lucrativa no período, apesar de também ter tido queda anual, foi a divisão de sensores de imagem para câmeras: ela teve queda na receita, indo de ¥ 684 bilhões para 580 bilhões de ienes (US$ 5,18 bilhões), enquanto o lucro caiu e ficou em ¥ 47,3 bilhões (US$ 422 milhões). Culpa das variações no câmbio e do terremoto que atingiu Kumamoto em abril de 2016. O setor de cinema e televisão da Sony (Columbia, TriStar e etc) registrou prejuízo de 80,5 bilhões de ienes (US$ 719 milhões) no ano fiscal 2016. Nem podem culpar o Adam Sandler desta vez.

Laguna_PS4_slim

Cortes de custos no PS4 slim e PS4 Pro fizeram a divisão PlayStation ter bastante lucro (crédito: Forbes)

Agora vem o crème de la crème: a divisão PlayStation vendeu 20 milhões de consoles PlayStation 4 no ano fiscal 2016, um número bem maior que os 17,7 milhões de consoles PS4 vendidos no ano fiscal 2015. Com os 20 milhões de aparelhos vendidos, foram 60 milhões de consoles enviados às lojas pelo mundo até o dia 31 de março de 2017. Como a japonesa abandonou o PS Vita, podemos dizer que tudo relacionado ao PS4 contribuiu para a divisão ter receita de ¥ 1,65 trilhão (ou US$ 14,73 bilhões; o que representou 21,7% da arrecadação do conglomerado); um aumento anual de 6,3 por cento. Um lucro de nada menos que US$ 1,1 bilhão de dólares.

A Sony inteira teve receita de ¥ 7,6 trilhões (US$ 67,9 bilhões), uma queda de 6,2% em relação ao ano fiscal 2015. E o lucro total da empresa foi de 288,7 bilhões de ienes (ou US$ 2,6 bilhões), então a divisão PlayStation sozinha foi responsável por mais de 40% dos lucros da Sony. Realmente é o PS4 quem sustenta a empresa. Quem diria, a Sony está virando praticamente uma Nintendo ao ser tão sustentada pelos videogames.

Fonte: Engadget.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Breno

    E o Xbox é só um, dos mais variados produtos oferecidos pela gigante Microsoft.

    • Ivan

      Tirando xbox, office e windows o que ela faz? sem zuera.

      • Surface, Lumia, Skype, Azure, Visual Studio, acessórios (mouse, teclado, webcams, etc), …

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Skype tá um lixo, só usa quem não quer perder os contatos, Lumia morreu….Meu mouse e teclado da linha 5000 (a mais cara) estão derretendo por causa do calor aqui…sem zuera, testei Azure e me custaria 4x o preço da AWS com metade da performance
          O surface realmente é espetacular… mas o resto aí….

          • Só estava listando o que a MS faz. Não disse nada sobre qualidade. 🙂

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            kkkkkk ok

          • Luiz

            A Microsoft devia logo vender o Skype para o FBI logo de vez.

          • Marcos Matias

            Skype é padrão em grandes corporaçoes

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Padrão não significa que é bom…

          • Alvaro Carneiro

            nao velho, Skype uma pá de gente usa porque é só isso que sabem usar. Conheço gente que defende Skype. Sao tios e tias.

          • Metalmacumba

            realment o surface é espetacular. eu o considero o melhor tablet/notebook pra qualquer um que não se importe com jogos.

          • tenho arc mouse touch e nunca foi ruim, excelente

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            O problema da série 5000 é que o acabamento anti derrapante do teclado e mouse começa a “derreter” depois de uns anos e grudar em tudo, inclusive na mão, puta grana que vai pro lixo

          • então tive sorte do arc mouse não sofrer deste mal, tenho só o mouse ja que teclado arc não tem teclado numérico, me sentiria muito estranho sem um lol

        • Ivan

          tinha esquecido desses perifericos e dos lumia e surface….

        • Tom

          Lumia é -1

      • Luiz

        Windows Server, Azure, Visual Studio, SQLServer, HyperV, Exchange.

        • Caio

          E vai além….
          Server (com todos os subprodutos dele), Dynamics, BizTalk, PowerBI, Office365, SharePoint, Project, Visio, DirectX, Jogos (AGEs, HALOs,GEARs,FLIGHTs, etc), Hololens. Fora os Frameworks,APIs,SDKs… Tem coisa pra KARALEO no portifolio deles! (fora os q vc conhece né… office, hotmail, skype, lumia, surface, studio, windows…)

      • Inquisidor

        teclado, mouse, computadores (hardware surface e tal), serviço de emails, a parte de servidores (sistema, ta certo que apanham do linux, mas é bom tmb), a microsoft é um monstro, é tipo a sansung que fabrica até tanque de guerra.

        • Matheus Carvalho

          Quinquilharia de hardware, não deve representar 10% da receita da Microsoft.

      • Alvaro Carneiro

        Bing, Onedrive, tem as patas no Linkedin, uma caralhada de coisas.

        vai em “wikipedia microsoft” e voce verá que realmente é grande.

        • Humberto Jorge

          Bing. Você deve está de zoas, só pode.

      • gbitte

        Soluções para o setor produtivos. Patente pra carai. A google, Apple e Samsung todos os anos assinam cheque na casa de bilhão para a MS.

      • Cortana ✔

        Nossa, cara, sério mesmo que você achava que a Microsoft era só isso?

        • Ivan

          Não, só não sabia o que faziam a mais.

  • “A Sony está virando a Nintendo”

    Too soon?

  • Ivan

    Nem sabia que ela tava tendo tanto preju assim com filmes.

    • Ruan Rodrigo

      o esquema contábil de filmes é muito criativo, os contratos são baseados em lucratividade e se o filme souber esconder os lucros acaba lucrando mais, Stalone processou recentemente a Warner por essas mutretas

  • Pingback: São os 60 milhões de consoles PS4 que sustentam a Sony atualmente | Notícias Legais()

  • Alvaro Carneiro

    O risco é: se der merda com PS4 a sony fecha.

    depender de um produto só é foda.

    • Repito toda hora, dessas grandes revoluções no mercado que reflete direto no usuário, teve o Walkman da Sony e depois só deu Apple com Apple II, Mac, iPod e iPhone pra não citar o resto e dar polêmica.

      Difícil ver alguma outra que revolucionou igual essas duas. E hoje a Sony depende de VG e deu… vixe… A Nintendo revolucionou o mercado de VG com o Wii recentemente… Sony que se cuide.

      • Mario Porfírio Souza

        Recentemente há 10 anos atrás praticamente e esqueceu do discman e do Playstation q tb revolucionou o mercade de videogames.

        • Playstation eu discordo, não teve nada de revolucionário, nenhuma arquitetura nova, nenhum hardware diferenciado, nenhum processador gráfico revolucionário, nenhum joystick do outro mundo. Foi “somente” um VG de fato impecável, muito bem construindo, com bastante potência que caiu no gosto do povo, o Dreamcast tinha tudo isso, mas não caiu no gosto do povo. Na área de VG quem revolucionou foi a ATARI com o Atari 2600 e logo depois a Nintendo com o NES, e o resto, na minha opinião é consequência, aprimoramento. Eu vejo que dos anos 80 até 2006, o VG se resumiu a melhorar potência em cima de potência, e a Nintendo com toda sua bagagem e tradição revolucionou mais uma vez com o Wii, uma loucura com hardware ruim e uma novidade chamada realidade virtual, e ela fez história de novo.

          O Diskman foi a evolução do Walkman, só aprimoraram o tipo de mídia, de fita-cassete para CD. Era algo bem óbvio e previsível. Também acho que o iPod foi um aprimoramento do Walkman e já existiam diversos outros players de MP3 no mercado. O esquema do iPod que revolucionou, foi a sua simplicidade, a interface inovadora e a loja de músicas do iTunes vendendo música a granel que mudou todo caminho da indústria fonográfica. Agora a pouco que veio Spotify revolucionar o modelo de negócio novamente.

          Olha aí… só nesse comentário já incluí ATARI e Spotify na lista de revolucoes do mercado.

          • Rômulo Catão

            A primeira vez que vi o gran turismo rodando no PS1 meu queixo caiu. não revolucionou muito pois já existia pc melhor na época, mas que era bonito era, e muito.

            Revolução mesmo foi o GTA 3, esse sim foi uma revolução em videogame.

          • Concordo, GTA, assim como DOOM, assim como Super Mário e PACMAN, todos foram revoluções inegáveis nos jogos eletrônicos.

          • No mesmo ano de GTA 3 saiu Max Payne com bullet time e Metal Gear Solid 2, que eu acho que deveria ter ganho o prêmio no ano.

          • Metal Gear revolucionário é o primeiro, para MSX. Jogo não datado, vale jogar até hoje. O resto é porcaria na minha opinião, só um monte de gráfico whatever.

          • Jorge Dondeo

            Pra mim o PS foi um choque, e o PS2 então.

          • Rômulo Catão

            Pra mim o 2 ja foi meio meh porque já havia o dreamcast, e o Shemue, Phantasy Star Online, puta jogaços..

          • “só aprimoraram o tipo de mídia”

            Os caras foram principais cocriadores do CD, DVD e o Blu-ray. Isso para mim é ser revolucionário. Criar 3x!! um formato de mídia e popularizá-lo, além de virar padrão no mundo todo.

          • Estas completamente enganado, a Sony não é tudo isso. Todas essas mídias foram criadas por um consórcio de empresas, não existe uma dona, o CD é muito mais Philips do que qualquer outra, o DVD e principalmente o Blu-ray é um consórcio gigante, . A Sony é dona mesmo do BETAMAX, aquela baita revolução no mercado, kkkkk. O negócio da Sony é Walkman, essa é a marca dela na história, uma revolução cultural, da sociedade e da indústria.

      • gbitte

        IBM e MS com PC foi bem mais importante. Fora que Motorola com celular, tv de plasma, google na internet com buscador, youtube e o caraio a 4. Intel e qualcom que são empresa que inventão tecnologia de verdade.

        • Não concordo não. A Apple que foi disruptiva com o APPLE II, antes computador pessoal era sinônimo de kit z80 só para engenheiro montar. Foi a partir do Apple I e II que revolucionou a indústria e Microsoft deslanchou com BASIC, depois DOS, depois Windows e a IBM entrou na onda do PC. E a Apple não deixou a peteca cair e volta rachando com o MAC e a interface gráfica + mouse bem pensados para o usuário, tudo bem explicado e mastigado no “Piratas do Vale do Silício”. Então não colocaria IBM e MS como inovadoras e revolucionárias da indústria, particularmente a Microsoft menos ainda.

          Motorola com celular, concordo, tem que ir pra lista. Motorola foi uma gigante do passado, de fato, processadores 68000 que equiparam Commodore Amiga, Macintosh, até MegaDrive e os celulares. Pena que se vendeu para os chineses e hoje perdeu toda a essência.

          Google, é mais domínio da informação do que qualquer outra coisa, gosta de fazer muita firula com óculos, carros autônomos, internet com balões, mas nada se concretiza, o Facebook é muito mais efetivo que ela. O Google só tem de contribuição o Search Engine e o Android. O Youtube não é dela, o mérito todo é de dois estudantes que criaram, inventaram todo aquele modelo de negócio, eu usei Youtube quando não era do Google, tinha muito vídeo lá, até o Google comprar. É a mesma coisa do Instagram com o Facebook. Compraram e simplesmente seguiu igual. Só mudou de dono.

          Intel e Qualcomm não revolucionaram a sociedade, não reflete diretamente nas pessoas. A Intel é inovadora em nanotecnologia que vai equipada nos equipamentos, mas a revolução do iPhone, do Wii, do Walkman que é o reflexo na sociedade, não é diretamente associada a Intel.

          • gbitte

            A Apple não inventou nem o smartphone nem o tablet e muito menos o computador pessoal, o que ela fez foi fechar um pacote de tecnologias existentes em um produto atraente. Apple 2 não era um pacote atraente nem na epoca nem agora e quem realmente colocou computador nas empresas e na casas das pessoas foi a IBM, Intell e MS. Tanto é verdade que nem ela usa a plataforma dela, ela usa a plataforma que realmente formou o mercado. Plataforma PC.

          • Achei que isto estava claro.

            O que estamos discutindo não é quem inventou, ou quem fez mais sucesso, e sim quem revolucionou.

            É necessário entender, que inovação e invenção não são a mesma coisa.

            A Xerox inventou Mouse, Ethernet, GUI, mas não soube como inovar com esses recursos. O Steve Jobs pagou para fazer uma visita, criou o Macintosh e inovou o mundo. A Microsoft foi lá, fez uma cópia barata e dominou o mundo de 1985 até 2005. O Bob Metcalf, saiu da Xerox, fundou a 3COM e fez a tecnologia Ethernet que ele inventou na Xerox, inovar as redes de Computadores na empresa dele. Microsoft nunca inovou, nunca foi revolucionária.

            Intel é líder em nanotecnologia, mas não sabe o que fazer com isso. Steve Jobs e seu time de engenheiros pegaram uma série de recursos, juntaram num device que era um telefone, um tocador de música e um navegador de Internet. Revolucionaram o mundo e a indústria. Fizeram o Google parar tudo que estava fazendo e rever do zero, todo o projeto do Android. Fizeram a RIM declinar no mercado até o BlackBerry (sinônimo e excelência em smartphone no mercado) se extinguir. Tudo isso aconteceu, por uma inovação (iPhone) disruptiva daquilo que se existia até então, que era os smartphones não muito espertos da Nokia, RIM e Motorola.

            Tablet então… é muito clichê dizer que não foi Apple que inovou… parece piada dizer que aquilo que a Microsoft levou ao mercado em 2002 em parceria com HP podia ser chamado de Tablet. Era um PC com XP e tela touch (eu tive um HP Touch Smart, era uma piada, com mecânica de mouse num device de toque com dedo). O conceito de tablet existe a 40 anos, todo mundo imaginava aquilo, mas ninguém conseguia levar como um produto útil e funcional. Precisou vir a Apple em 2009 trazer o iPad (que era visto como piada, um iphone gigante) pra fazer todo mundo ter um tablet real e funcional. Não acho que seja uma revolução, acho polêmico citar como tal, mas é fato que foi ela que introduziu o tablet pra todo mundo hoje na sociedade digital ter um. A indústria foi toda atrás.

          • gbitte

            A qualidade do produto é subjetivo o que é objetivo é que quem dominou/liderou a revolução do computador pessoal (fez o computador uma ferramenta acessível) foi as empresas que falei e a Apple foi a BlackBerry dos PCs, só voltando a ficar de pé depois dp Mp3 quando tecnologia virou artigo de moda.

          • Quem falou em qualidade ?
            O elemento usado aqui é INOVAÇÃO da Sony e Apple.
            Depois entrasse com INVENÇÃO e DOMINAÇÃO. E agora QUALIDADE 😀

            Não vamos chegar num consenso, deixa pra lá ! 😀

          • gbitte

            1 Quem falou em qualidade ? Você (A Microsoft foi lá, fez uma cópia barata)
            2 (dessas grandes revoluções no mercado que reflete direto no usuário) O Apple 2 não fez a revolução que impactou no mercado, quase ninguém consumiu e ela nem ao menos foi a inventora . Foi a IBM e MS que revolucionou mercado de PC do mesmo modo que Ford revolucionou o mercado de automóveis fazendo eles acessíveis. Sua classificação de quem revolucionou não inclui nem quem inventou (xerox) e nem quem executou a revolução (IBM, Intell e MS)

          • Mas isso é fato. A Microsoft se deu bem com o Windows por causa da pirataria e dos PCs clones. Se o Windows não fosse fácil de piratear e os PCs tivessem ficado só na mão da IBM, seriam tão caros quanto um Macintosh. A dominação da MS iniciou com a pirataria desenfreada do Windows e os clones baratos de IBM PC. O espetacular seriado HALT AND CATCH FIRE mostra isso com de forma sensacional. Pois o System 7 do Macintosh e o Workbench do Amiga era infinitamente superiores ao Windows até 1995.

            Não sei se acompanhasse a época, mas o Apple II foi um tremendo sucesso, levou o computador para as compras de natal. Foi seguido por Commodore 64 e MSX no mundo todo.

          • Theuer

            Pô, procurei o vídeo com a legenda do Hitler sendo informado da specs do iPad no dia em que ele foi lançando, mas não encontrei nada. Ele evaporou.
            Tinha todo esse clichê que você citou. 🙂

            Edit: encontrei videos com trechos exatos das minhas legendas. Ainda procurarei dentro de algum iMac véio que deve ter ficado nos meus pais.

          • Pooooo

          • Sobre o Apple II, concordo com a importância dele, mas vale lembrar que ele sozinho não foi tão revolucionário quanto um iPhone. No mesmo ano do Apple II, saíram e fizeram mto sucesso nos EUA o TRS-80 e o Commodore Pet. E logo depois ainda teve os Ataris. Falando novamente que era a realidade americana. Vide market-share: http://lowendmac.com/wp-content/uploads/pc-sales-1975-1981.png

            Na Europa, o padrão da Sinclair foi dominante, e no Japão foi o MSX, que acabou chegando aqui (não que o Brasil tenha sido relevante nos anos 80).

            E se a MS e IBM não foram “inovadoras” no core da palavra, não dá pra não dizer que elas influenciaram mais que a Apple em escala global em termos de computador pessoal. Se as pessoas não tinham um PC IBM real, era no mínimo genérico padrão IBM com DOS/Windows. A Apple só ficou pop mundialmente de uns 10 anos pra cá. Antes, o alcance dela era bastante limitado aos EUA.

          • Ótimas colocações e muito coerentes.

            O Apple 2 foi um sucesso que teve todos esses nomes de peso concorrendo junto. Ainda acho o Commodore 64 um dos melhores 8 bits dá história junto com o MSX.

            E O COMMODORE AMIGA o melhor 32 bits dá história, dando um laço no Macintosh.

            Ou seja, Apple 2 e Mac chegaram primeiro mas não foram os melhores. A Commodore foi nitidamente melhor.

            Também não foram os mais populares, PC CISC e Microsoft foram mais.

          • Theuer

            Concordo contigo, concordo com o que está acima e ainda com o que o Zanac escreveu abaixo.

            “Uma puta paga.” Diria o Batman.

          • Cortana ✔

            Concordo que foi a Apple quem inovou o PC e Smartphone, mas nunca foi capaz de democratizar tais inovações.

            A Microsoft foi quem colocou um PC em cada mesa, e o Google quem colocou um smartphone em cada bolso.

          • Quem colocou foi a Nokia, com a série 33xx uheuheuhe
            Tijolar!

          • Kheiron

            Motorola ainda é um gigante de comunicação. Só não fabrica mais celulares.

          • Mas a Motorola foi comprada pela Lenovo e está praticamente extinguida.

            A Motorola dos celulares, dos modems de comunicação, dos processadores RISC, não existe mais. Qual nicho ainda figura com força ?

          • Kheiron

            Em telecom … A motorola foi dividida em Motorola Solutions e Motorola Mobility , esta ultima comprada pelo Google e em seguida pela Lenovo. A Solutions ainda opera com Telecom.

        • Nilton Pedrett Neto

          A IBM não foi nem e longe tão importante quanto as pessoas pensam. Se não fosse a COMPAQ forçar a barra e fazer um clone 100% compatível, não haveria padrão PC (e a APPLE provavelmente iria ter dominado o mercado). O grande nome do PC chama-se Bill – the super escroto – Gates.

          • FrankTesl

            tem um documentário muito legal no netflix sobre isso: os cowboys do vale do silício, sobre os fundadores da Compaq, ex engenheiros da Texas Instruments – que hackearam a BIOS do IBM-PC e fizeram clones de PC, inclusive fizeram o primeiro computador “portátil” para a época que foi um sucesso de vendas.

            Até então todas as fabricantes de clones eram duramente reprimidos pela IBM, mas a CompaQ fez um BIOS clone tão bem feito que suas máquinas rodavam melhor que os PC IBM originais.

            A IBM apelou para a velha tática de soterrar com processos de patentes, mas a Compaq mesmo pagando as patentes conseguiu resistir.

            Nem com a IBM lançando um novo padrão PS/2 conseguiu sobrepor, pois os consumidores não queriam jogar tudo fora (hard+soft) para investir tudo de novo em novos padrões que só beneficiariam a IBM em sua luta para se livrar de clones.

            Até a M$ se aliou à Compaq e aos demais fabricantes de clones de PC para manter os padrões que já tinham sido hackeados contra o padrão PS/2.

            No filme não conta, mas deveria ser também, entre outras coisas, porque a MS temia ser chutada para fora no ramo de sistemas operacionais com sua dupla DOS+Win, pois na mesma época a IBM, além de fazer um novo padrão PS/2 para hardware, queria lançar o OS/2 para tirar de cena o Windows…

            aí a IBM deixou de ser fabricante de hardware, a Compaq foi comprada pela HP…

  • Gradash

    Vale lembrar que na real o que sustenta a Sony é o governo japonês que não deixa grandes corporações japas quebrarem, ficam emprestando dinheiro com juros negativos a torto e a direito. Como resultado o Japão está hoje com o que é conhecido na economia como “economia zumbi”, onde um monte de empresas incompetentes e ineficientes continuam no mercado quando elas deveriam quebrar e abrir espaço para novas empresas com novas ideias tomarem o seu lugar.

    A seleção natural funciona perfeitamente na economia, “o mais adaptado sobrevive, e aquele que não se adapta morre”, governos não só do japão mas do mundo querem impedir grandes corporações completamente ineficientes de quebrar e isto ferra com a seleção natural da economia o que gera este ciclo sem fim. E quem paga o pato no caso da Sony? O povo japonês através de impostos, ou melhor traduzindo, roubo legalizado.

    • Mario Porfírio Souza

      Só que sony não é bem uma companhia ineficiente

      • Rijanio

        “Não é muito, mas é lucro para uma divisão que chegou a sangrar US$ 1,5 bilhão em 2014.”

        Uma empresa que perde mais de um bilhão em um ano pode ser taxada de que?

      • Gradash

        Toda empresa grande demais é ineficiente, não existe exceções.

        • Louis

          Claro que existe. Generalizar é absurdo.

          • Gradash

            Quanto maior a empresa, mais cargos são necessários, quanto mais cargos, mais gente mandando, quanto mais gente mandando mais brigas de egos, quanto mais brigas de egos, mais ineficiência. Isto é natural e por isto sempre acontece.

            Este é o motivo de quando a empresa cresce demais ela tende a cada vez ver mais perdas e redução nos lucros, sem contar que quanto maior o montante que a empresa tem, maior a facilidade para corrupção. A não ser que a sua empresa seja comandada por uma máquina que não tem ego, e não tem limites e não tem sentimentos, a empresa vai ser ineficiente com o tempo.

        • gbitte

          Just in time made by toyota discorda.

          • Gradash

            Interessante, Toyota é uma outra empresa considerada zumbi no Japão. Todas as grandes corporações japas são empresas zumbis e o Japão está em uma crise sem parar a décadas.

          • gbitte

            Engraçado, toyota e renault/nissan são as maiores produtores automotivas do mundo e a toyota teve lucro record do trimestre anunciado no começo do ano. Se ela é um zumbi deve ser o menesis. Não é porque várias empresas do Japão são inefetivas que todas são e o maior problesa esta no setor de tecnologia. O de automóvel vai bem.

          • Gradash

            Estas empresas japas costumam vender uma variedade absurda de coisas, normalmente ganham em uma e perdem em outras.

        • igor dourado machado

          Vc se redimiu …parabéns

    • PauloCartase

      Imposto não é roubo

      • Gradash

        Não é roubo? Se você pegar os atos do governo, remove-los do contexto governo e procurar no dicionário o que faz exatamente os mesmos atos você só vai chegar em uma solução que se chama Máfia. E a máfia sem um bando de bandidos que usam da força para controlar e escravizar as pessoas. É a população pobre trabalhando e sendo roubado dia após dia para sustentar um bando de vagabundo parasita que só quer nos roubar.

        • Wubba Lubba dub-dub

          E qual seria a alternativa a esse sistema ? De forma geral imposto (tributo) não é roubo, mas concordo, em partes, se estiver se referindo ao Brasil e sua relação imposto/retorno.

          • Gradash

            Não tenho problema com governos e afins, tenho problemas com coerção. O governo é altamente coercitivo, uma excelente forma é a adotada pelo governo Tcheco. O plano de saúde deles público é opcional. Como funciona?

            Você pode escolher pagar o plano (anualmente) e ter acesso a ser tratado em qualquer hospital da Europa coberto pelo plano do governo para problemas de saúde específicos (normalmente graves que não são causados pela própria pessoa), caso queira um plano mais completo, você pode apelar para os planos privados. Você pode não ter plano algum lá? Sim, no caso você tenha sérios problemas de saúde, pode ainda acabar com alto endividamento, mas claro que é lhe deixado bem avisado que não ter nenhum plano (seja o do governo ou privado) é uma má ideia. Sendo assim é um sistema não coercitivo, você tem a opção de pagar ou não. Se você está bem de saúde e não pode pagar o seu plano por uns 2 meses para se ajeitar, tudo bem. Só para constar não existem hospitais públicos, tudo é feito por hospitais privados. O governo Tcheco apenas oferece um plano de saúde básico para emergências e por isto extremamente barato.

            Diferente do SUS aqui no Brasil que você não tem a opção de não pagar e ainda não terá um serviço prestado. Uma coisa interessante que muitos dos países que ficaram sobre a cortina de ferro da URSS, hoje são países com politicas bem mais libertárias, onde a coerção e imposição das coisas é reduzido ao máximo possível pois eles sentiram na pelo o poder opressor do socialismo / comunismo.

            Uma coisa muito importante sobre os impostos que as pessoas que mais pagam eles são as pessoas de baixa ou média renda. Miseráveis não consomem quase nada e por isto são quase isentos, pessoas ricas normalmente são ricas por serem donas de empresas, e sendo assim eles repassam os custos dos impostos para seus produtos, então sobra a classe média e baixa para bancar tudo. É por isto que impostos empobrecem o país, pois eles atacam exatamente quem não tem condições de paga-los e os força a viver permanentemente na pobreza.

            Uma solução para reduzir os impostos é reduzir o tamanho do estado, quanto menor o estado, menor o gasto, quanto menor o gasto, mais fácil de achar robalheira por exemplo, a corrupção no Brasil não é algo só do PT, desde que o Brasil deu o golpe de estado na monarquia, vivemos com um governo inchado e pesado, e consequentemente com muita corrupção, ao ponto que a primeira coisa a ser feita após o golpe foi um aumento maciço de impostos, na época de Don Pedro II os impostos eram de cerca de 12% e apenas imposto de renda, não haviam impostos embutidos como hoje. O que o PT fez foi só ser mais ganancioso que todos os anteriores e roubar sem qualquer limite, mas a corrupção é comum em estados grandes.

          • Wubba Lubba dub-dub

            Mas nesse caso de dar mais liberdade ao povo em suas escolhas temos o problema “povo brasileiro”. Você acha que o povo iria aceitar “pagar” pelo SUS ? Mesmo que os políticos eleitos quisessem difundir essa ideia e elucidar o pensamento das pessoas seria um trabalho lento e difícil. Nosso Estado é coercitivo porque o povo não tem autonomia e gosta de um Estado que imponha decisões que, caso contrario, o próprio povo teria que tomar.
            Ps: tem alguma boa fonte de material sobre o Império pra recomendar ?

          • Gradash

            Sobre o Império tem bastante material que você consegue em sites ligados a monarquia, coisas oficiais do governo é complicado de achar pois o governo meio que curte “censurar” assuntos da monarquia. Como qualquer governo faz após um golpe, não foi diferente com os militares (que tentaram reescrever a história) ou com qualquer outro, um dos primeiros trabalhos a fazer é dizer que seu antecessor era o capeta incarnado. Se tiver acesso a historiadores ai fica mais fácil de achar infos, mas em livros do MEC é complicado.

            O problema que o governo mente para as pessoas que o SUS é de graça, quando ele é pago e é bem caro na realidade, mais caro que qualquer plano de saúde por ai. Acha que as monarquias caíram todas por que? O sistema que elas usavam de impostos era o de cobrança direta, um cobrador de impostos chegava na sua casa e cobrava o valor. Você VIA o valor que pagava, e assim o povo acaba se irritando e deu no que deu, se hoje no lugar de você pagar todos estes impostos escondidos do governo viesse um boleto no final do mês com a conta garanto que o governo BR caia em menos de 2 meses e se bobear a gente até pegava umas guilhotinas por ai. Hoje o Brasileiro paga de 75 a 80% de impostos, se você é servidor público paga de 80 a 85% de impostos no TOTAL. Pois 50% você tem descontado ao receber o salário, mais 50% de impostos em produtos, mais 30% em impostos de serviços, e todos uma hora pagam por serviços, fora que ainda pode ser cobrado por imposto de renda.

            Imagine você receber 2000 reais no final do mês e vir um boleto de 1600 reais do governo para pagar de impostos? Não acho que o governo ia durar.

          • Wubba Lubba dub-dub

            Sim, concordo que os impostos são absurdos no nível atual, mas não acho que reduzir a somente o imposto de renda seja uma boa opção, acredito que um meio termo seria o ideal junto com um governo que tenha uma plano de médio/longo prazo e não a velha briga do poder pelo poder, mas essa já é uma esperança utópica.
            E em relação ao Estado mínimo, minha convicção é de que, novamente, o meio termo seria o melhor, não é saudável um Estado que tenta atuar diretamente em todas ou quase todas a áreas existentes, mas também não é solução minimizar o Estado ao máximo. Uma que já seria complicado definir esse “minimo” e outra que, no meu ponto de vista, o Estado estimula certas áreas em que o setor privado não tem interesse em um primeiro momento.

            Quanto aos sites relacionados ao assunto monarquia, não consigo tirar um conclusão realista sobre o período imperial brasileiro. Aqueles que defendem o período do império clamam que antes da república tudo era o paraíso e vice e versa em relação aos republicanos, porém eu confesso que possuo um certo favoritismo em relação ao império.

          • Cortana ✔

            Acabar com impostos e o Estado grande são uma Utopia

            Gosto de usar o EUA que é um país enorme para comparar como Brasil. Eles tem um Estado enorme, que ao contrário do que muitos imaginam, cobram muito, mas muito imposto para manter a máquina funcionando. Ao contrário do que muitos imaginam, lá tem muito mais “bolsas” do que no Brasil, o governo distribui muitas toneladas de alimentos para pessoas necessitadas, mas o fazem via igrejas, para parecer caridade e elevar a moral das igrejas, mas na verdade é o governo quem abastece. Quanto à saúde o governo paga o atendimento de muita gente, apesar de não ter um SUS. Sinto muito, mas o Estado é a única forma de corrigir distorções na sociedade.

            Aqui no Brasil falta honestidade e eficiência para elevarmos o nível de desenvolvimento social e nos aproximarmos dos países desenvolvidos. Não podemos usar isso como desculpa para abandonar as pessoas menos favorecidas. Sou defensora de um Estado solidário (Estado de Bem Estar Social).

          • Gradash

            Não sou contra estado, sou contra coerção. Se quiser juntar as pessoas e criar um estado onde todos estão de acordo com pagar impostos pelo “bem” de todos, vai fundo. Só não me obriga a te sustentar.

          • Cortana ✔

            Me avise quando encontrar um país desenvolvido que não cobre imposto pelo bem de todos.

          • Kheiron

            O problema do golpe de estado na monarquia como se deu é que foi necessária muita corrupção para manter todos os envolvidos do mesmo lado. Não foi algo feito pelo ideal de ser uma república. Foi luta por poder pura e simples e desde então, tudo é feito via acordos escusos. Não que a monarquia no Brasil tenha sido um primor de administração. Mas quando mudar um sistema de governo para outro, era a chance de fazer as coisas direito e cagaram …

          • Gradash

            Sim, ao ponto que um dos responsáveis pela Republica viu a merda que deu e virou um dos maiores críticos da republica.

      • Olfrygt

        Às vezes é estupro mesmo…

        A questão é o quanto e como você paga em relação ao “retorno” do Estado. Vamos falar de casa, o Brasil é o país com a maior carga tributária em toda América Latina. Nós pagamos o equivalente a 33,4% do tamanho da economia em taxas e impostos. Temos uma carga tributária comparável a dos países ricos da OCDE – grupo das 34 economias mais desenvolvidas do mundo, onde a média de impostos equivale a 34,4% do PIB.

        Estamos apenas em abril e já chegamos a R$ 755 BILHÕES em arrecadações de tributos e impostos desde o começo do ano, sendo somente em São Paulo R$ 280 BILHOES. Cobrança ao governo por serviços públicos de qualidade sempre existiu, porém, estão longe do nível mínimo aceitável justamente por falta de investimento em estrutura e recursos humanos para áreas fundamentais como saúde, educação e segurança. Fora a tabela do IR que não é atualizada — a defasagem supera os 80%. Quem deveria ser isento paga. E os demais pagam mais do que deveriam.

        Quando se põe na balança a questão tributária administrada pela quadrilha de políticos que governou este país nos últimos anos, verá que a associação de imposto com “roubo” é muito válida, pelo menos por enquanto…

        Fontes:
        • (OCDE) Estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico
        • Associação Comercial de São Paulo (ACSP)
        • Impostômetro ACSP

        • Andre

          R$ 755 BILHÕES dividido por 4 meses = 188,7 BI / mês
          Menos de 1000 reais por mês por habitante…

          A carga tributária é alta mais o dinheiro recolhido é baixo. O Brasil é POBRE. Tirar 33% de pouco é pouco.

          Me diga o que vc faria com esses 1000,00 por mês que elevaria a sua qualidade de vida ao nível norueguês? Mais fácil, americano?

          Pois é…

          No fim, arrecadação per capita é o que importa.

          • Olfrygt

            Que comparação mais sem pé nem cabeça… ou vc nao entendeu o que escrevi ou por favor se informe melhor sobre formação de tributos antes de fazer uma conta de padeiro destas…

            Mas vamos imaginar que a coisa fosse desta forma tão simplista e sem critérios. O Brasil não é pobre !!! Temos recursos e riquezas para ser 1º Mundo… sabe porque não somos? Porque ainda somos pobre é de espirito ! Grande parte do Brasil vive em uma hipocrisia eterna e cultuando o parasitismo social… Se o governo destinasse o que fosse recolhido para o que é devido, teríamos mais investimentos gerando empregos, teríamos mais educação, saúde e segurança…esta é a questão.

            Saiba que, apesar de proporcionalmente o Brasil arrecadar o maior montante em impostos na região, a carga tributária brasileira é desigual entre as diferentes atividades da economia, entre os grandes, o Brasil é o segundo país que menos tem arrecadação com a renda e o lucro. Em média, 20,7% da arrecadação brasileira veio por essa fonte.

            Enquanto obtém proporcionalmente menos com a renda e lucro, o Brasil é o que mais arrecada com contribuições sobre a seguridade social, 26,2% da arrecadação, bem acima da média de 16,9% da região. Some tudo isso a uma década de governo em que uma quadrilha assumiu o pais para saquear os cofres públicos e suas estatais…

            A Noruega e EUA que vc tanto compara são modelos socialistas ou possuem politicas populistas? Não? Então não exija que o Brasil chegue a estes patamares, temos muito que evoluir além de uma simples divisão da participação tributária pela qtde da população…

            Pois é mesmo… cada uma…

          • Andre

            Véio, se você não tem interesse/capacidade/paciência pra entender a “conta de padeiro”, então nem responda. Se não tem educação pra dialogar sem atacar, responda menos ainda.

            O raciocínio é simples, e a conclusão é direta e inescapável.

            Felizmente vai ficar aí na esperança que algum dia, alguma alma iluminada leia e entenda.

          • Olfrygt

            “Véio”, que vc não entende é que usar sua “fórmula” para querer que eu responda o porquê não somos uma Noruega ou EUA que é o problema, e ainda insiste?

            Na boa, enquanto sua a alma iluminada não chega para “entender” e responder sua pergunta, leia um pouco sobre administração e economia que você vai descobrir porquê sua visão sobre a parcela de arrecadação e carga tributária está ingênua e simplista demais para parametrizar nossa economia. Sugiro também o conteúdo o portal do Valor Econômico e do IPEA, são ótimas fontes, OK?

          • Andre

            Devia ter aplicado logo o tratamento padrão anti-troll pré adolescente: block.

          • Olfrygt

            kkk…essas crianças.

      • gbitte

        Claro que não. Mas extorsão com certeza é.

        extorsão
        substantivo feminino
        1.
        ato ou efeito de extorquir.
        2.
        ato de obrigar alguém a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, por meio de ameaça ou violência, com a intenção de obter vantagem, recompensa, lucro.

    • mateuslira

      Contanto q o PS sobreviva, e os estúdios First party da Sony continuem a fazer essas maravilhas q fazem, economia japonesa q se exploda huehue

    • Rogério Dantas

      Não concordo que na economia o mais adaptado sobrevive. O Japão mesmo seria um exemplo de que isso não é verdade. A economia não é algo como um ser independente que funciona e existe por si só, as inúmeras leis e normas a moldam.

    • Andre

      Vixe… O austríaco demente fez mais uma vítima (e não é o Hitler)

  • Tuelho a jato

    Se é assim , então que melhores seus serviços com a plus porque se continuar ruim como está , vai ficar sem clientes pagantes .

  • Othermind

    Isso nos leva a crer que teremos um PS5…. Até pq ela depende disso.. rs

  • Contente de saber que contribuí com umzinho desses… 😉

  • Culpa do marketing de escassez.

  • Bruno Costa

    Apesar da divisão mobile ter dado uma respirada, não parece que no longo prazo se sustenta… A Sony está caminhando pra virar uma empresa de games mesmo, já que as outras divisões estão sendo devoradas pela concorrência.

  • Eduardo Scharf

    Laguna, é melhor manter os valores todos numa moeda só (dólar ou real), o texto fica mais limpo e não ocorrem lapsos como no começo do terceiro parágrafo – que começou com ienes e terminou em dólares.

  • Well Dias

    Dois produtos da Sony que sinto falta: Mp3 Player e Som automotivo. Tive os dois e ambos de excelente qualidade e durabilidade.

  • Rahan Lion

    Gosta de vender TV ou outros produtos aparentando ser TOP de linha com preços caros enquanto a concorrencia vende com o mesmo nivel tecnologico mais barato ou melhor determinado produto por isso esta indo a falencia.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis