Mininova e o Analfabeto Político Digital

Primeiro eles vieram atrás do Gnutella.

E eu não protestei, pois nao usava o Gnutella.

Depois vieram pelos criadores de legendas

e eu nada disse, pois não usava legendas.

Mais tarde, eles vieram atrás dos usuários de Linux

e eu me calei pois não era usuário Linux

Então, foi a vez do Pirate Bay

E eu permaneci em silêncio porque não usava o Pirate Bay

Finalmente, escolhi uma música para baixar.

E já não havia aonde procurar.

(com as devidas desculpas a Martin Niemöller)

Ou, para quem não entendeu: MiniNova recebe ordem da Justiça Dinamarquesa e tem 30 dias para remover todos os links para material protegido por copyright.

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Pois é. Fui atrás de umas coisinhas lá e… não achei mais nada. Mesma coisa no IsoHunt. Puff, sumiu tudo “de bom” que havia por lá 😛

    • dnunesbr

      Isohunt?… “tudo de bom”? Meu conteúdo educativo então foi brejo!! :jawdrop:

      Puts… eles estão mesmo fechando o cerco, só fico imaginando quando eles começarem a aplicar essas mesmas medidas com os servers gratuitos da moda (Rapidshare, 4Shared, etc).

      Vai ser o apocalipse da NET.
      ————————-
      Tenho um Macleod dos consoles em casa. O último membro do clã dos Mcleods.

      • Viu? Agora vc poderá se relacionar com seres de carne e osso. }:)

        _______________________________

        Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

        Ceticismo.net

  • mitcha

    e eu to pouco me lixando tb, eu uso Newsgroups!

    • Beautiful Woman 8) :jawdrop:
      __________________________________________________________

      “Geek um Estilo de Vida”

      • Vc não sabia que isso existia?

        _______________________________

        Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

        Ceticismo.net

        • nwolf

          A coitada da “isso” andava meio sumida :p

          ____________________________
          “Better to understand a little than to misunderstand a lot”

        • Tirando a Fabiane que outras aqui no Meio-bit usam no Avatar a própia foto? 😉

          E sim eu entendi o lado de você querendo me sacanear 🙁
          __________________________________________________________

          “Geek um Estilo de Vida”

          • ovtbqr

            Eu.

          • Desculpe, mas não tenho interese em fazer sacanagem com nenhum de seus lados. Tente o Bigode. 😉

            _______________________________

            Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

            Ceticismo.net

    • ursulogomes

      esse artigo eh uma bosta, mas vc eh linda… sua foto foi a unica coisa que valeu a pena nesse post

      ah…tb to pouco me lixando…

  • O cerco tá fechando 🙁
    No fim, nunca vão parar o “movimento”. Mas enche o saco..

    _________________________________________________
    Meu twitter * Segunda Opinião 😀

    • Leo_Koester

      Você quer dizer “ladroagem”.
      Mas não custa tentar.
      _____
      Savy?

  • imhoteep

    Eu ainda consigo achar coisas úteis no isohunt
    ______________________________________________________________
    Lutem pelos seus direitos, exijam o que é certo, vamos construir um país melhor.

  • Eu “me pergunto-me a mim mesmo” [ui] se eles realmente acham que conseguem eliminar todo conteúdo ilegal que existe na internet…

  • fmb

    Ainda bem que o Demonoid está lá firme e forte. 😀

    • CiA

      Não cita nomes, senão a MAFIAA daqui a pouco manda uma daquelas cartas “Cease and Desist” pro Demonoid tb

    • Leo_Koester

      Aposto que vai ser o próximo.
      _____
      Savy?

  • Diavolul

    eu pensei que esse poema fosse de Bertold Brecht.

    to com preguiça de procurar mas acho que era mais ou menos assim:

    um dia vieram buscar meu vizinho comunista. Como não sou comunista, não me incomodei.
    Outro dia vieram buscar meu outro vizinho judeu. Como não sou judeu, não me incomodei.
    No terceiro dia levaram meu vizinho católico. Como não sou católico, também não me incomodei.
    No quarto dia me levaram.
    Mas não havia mais ninguem para reclamar.

    abcs

    _______________________________________________

    nada a declarar

    • ovtbqr

      No sétimo dia ele descansou.

      • Ioca100

        Pra você, aqui ó.

        She’s cool…
        Girl…

  • ricardo.neponoceno

    É a lei Azeredo tomando proporções inimágináveis. (sic)

  • carituS

    Tracker privado + seedbox FTW.

    No final é o mais do mesmo, some um serviço e aparece outro.

  • maiconfaria

    Músicas ?
    Sugiro http://magnatune.com/ !!
    Ou rapidshare 🙂

    http://blogdocalouro.blogspot.com/

    • Eu me sinto falando para as paredes.

      Por hoje já deu.


      Contraditorium.com

      • RodrigoCantarino

        Não são paredes, pior, são salsas. }:)

    • dnunesbr

      Huahuahauahauhauahauh.

      P.S.: Será mesmo que o Hamster não entendeu o pq do tópico do Cardoso?
      ————————-
      Tenho um Macleod dos consoles em casa. O último membro do clã dos Mcleods.

  • Vejo em alguns comentários uma postura que vi muito nos últimos anos: uma confiança exagerada, pra não dizer presunção, de que a pirataria sempre encontraria um caminho novo pra driblar as proibições e represálias.

    PS3 bloqueado, Napster no saco faz tempo, os sites mais populares de torrents também. Será mesmo que é tão impossível assim coibir a pirataria como um dia imaginamos??

    Ainda existem N maneiras de conseguir conteúdo pirata, mas quase sempre é gueto e gueto não machuca, penso eu, tanto os bolsos da indústria assim.

    Boa parte do conformismo vem dessa segurança de “logo aparece outro”

    Será mesmo?
    ____________________________________________
    O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

    Me siga no Twitter

    • Eu deixo uma pergunta para você Alex:

      Eles conseguem monitorar TODA a internet?

      __________________________________________________________

      “Geek um Estilo de Vida”

      • Não, não conseguem e isso é indiscutível.

        Mas será que eles precisam mesmo monitorar tudo? O usuário comum (e nem vou chamar de salsinha ou algo assim) usa serviços populares e matar apenas esses serviços pode ser suficiente.

        Se eu estivesse pensando em criar um “indexador de torrents” estaria, nesse momento, bastante preocupado e essa histeria também pode ser suficiente.

        O grande lance é a confiança na pirataria. Quando o PS3 foi lançado o que nós ouvíamos? O destravamento é questão de tempo. O tempo tá passando…

        A RIAA não precisa matar a pirataria, ferir a maldita pode bastar. E acho que eles sabem bem disso…
        ____________________________________________
        O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

        Me siga no Twitter

        • Você tocou num ponto interessante, eles estão amtando os populares, para Usuarios isso vai ser baita dor de cabeça para eles mas para quem é mais entendido não demora muito para achar outros meios, Pirataria sempre existiu sempre vai existir a diferença é que o público que antes a consumia vai diminuir consideravelmente depois dessas medidas
          __________________________________________________________

          “Geek um Estilo de Vida”

        • guicpv

          Mesmo que eles consigam ferir os “grandes” e “populares”, sempre existe algum “pequeno” e “oculto” capaz de ser difundido. Mesmo que diminua a pirataria Free, sempre tem alguem disposto a cobrar mais barato. O fato é que a medida real que acaba com a pirataria é diminuir o lucro que se tem por distribuir uma coisa que na real pode ser distribuído de graça.
          Quem realmente vai lucrar vai ser quem tiver boas idéias de como usar algo tão pratico a seu favor e ganhar dinheiro com isso…
          … propaganda e divulgação me vem a cabeça…

          • Sim, mas o “pequeno” e “oculto” dá pouco prejuízo.

            Nessa altura do campeonato a RIAA não quer recuperar todo o mercado que perdeu, mas digamos que ela recupere… sei lá! 20%? Quanto isso representa em dinheiro? Com certeza bastante…

            ____________________________________________
            O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

            Me siga no Twitter

          • o pequeno e oculto é pequeno e oculto porque já tem um grande e popular..

            sem esse é a vez do pequeno e oculto crescer..

            além disso, isso acaba fazendo o usuário ficar um pouco mais esperto porque ele tem que se virar pra achar outro jeito (ou o amigo mais esperto dele ensina).
            Vide o próprio torrent que é mais complexo que os “kaaza” da vida, mas mt gente hoje já sabe usar..

            eu ainda não faço idéia no que esse loop “bloqueia um -> surge outro” vai dar..

          • Zezinho

            Pelo menos na minha opinião, o objetivo é o mesmo daquele processo contra a Jammie Thomas. Eles não querem processar todo mundo que compatilha arquivos, e sim mostrar o que pode acontecer se compartilhar.

            No caso dos serviços de download, a situação é a mesma. Cada vez que um grande sai, vai ficando mais difícil aparecerem novos – vão sendo abertos precedentes para impedir que se use uma mesma tática. Uma hora o cerco estará tão grande que só os mais geeks vão conhecer os meios de baixar arquivos.

        • dnunesbr

          Concordo quase em totalidade. Só que na minha opinião essa medida tem efeito temporal.

          Eles fecham o PirateBay, MiniOva e outro popular qualquer, e tão logo o grandes tenham caído, pouco a pouco o foco vai migrando com os pequenos que irão ganhar mais destaque e será questão de tempo até que nasça um novo “PirateBay”.

          Ainda assim, a medida funciona como desinscentivo.
          ————————-
          Tenho um Macleod dos consoles em casa. O último membro do clã dos Mcleods.

        • [quote=Alex_popst]O grande lance é a confiança na pirataria. Quando o PS3 foi lançado o que nós ouvíamos? O destravamento é questão de tempo. O tempo tá passando…[/quote]

          Rs, e isto me impede de comprar um PS3… os jogos são tão proibitivamente caros que ele se torna um peso-de-papel em black piano… 😕

          Vou me virando com meu velho PS2 enquanto isto! 🙁

          • Zezinho

            Peso de papel, nada. Ele tem vários usos, como:
            1 – Rodar jogos do PS2
            2 – Assistir filmes em Blu-Ray

            😛

          • Leo_Koester

            PS3 não roda jogos de PS2.

            E você esqueceu:
            3 – Aquecedor de ar
            _____
            Savy?

          • Amigo, isso não me impediu de comprar meu PS3, e eu não tenho dinheiro pra ficar comprando jogo. O que eu faço? Faço exatamente o que eu fazia na época do meu megadrive. Compro apenas jogos com replay value infinito (Pro evolution soccer e street fighter 4). E alugo os demais jogos.
            Mas aí você vais dizer… mas é muito difícil achar locadoras, só tem nas capitais e cidades maiores. Mas foi exatamente a pirataria playstation que acabou com as locadoras, pois na era 16 bits tinha locadora em todo canto.

            _____________________________________
            Dodge this!

  • Mininova e os apedeutas.

  • Curioso que todo mundo acha que pirataria de software é ruim, mas mesmo assim acham um absurdo quando fecham o cerco contra conteúdo com direitos autoriais distribuídos a torto e a direito.

    Vamos pensar: E se fossem os SEUS trabalhos? Vocês ficariam felizes de vê-los sendo distribuídos livremente, levando em conta que são através desses trabalhos que vocês tiram os seus ganha-pão?

    _______________________________

    Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

    Ceticismo.net

    • Nada a ver, Tio!

      Os caras que fazem o Photoshop ganham dinheiro fazendo shows!
      ____________________________________________
      O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

      Me siga no Twitter

      • Haha…. boa.

        É sempre essa a desculpa do pessoal.

        _____

        David!

      • Melhor comentário sobre pirataria até hoje no meiobit.
        _____________________________________
        Dodge this!

    • CiA

      Se o meu trabalho fosse de uso profissional, e fosse distribuido em massa visando atingir “usuários domésticos curiosos” que futuramente trabalhariam em empresas, COM TODA CERTEZA DO MUNDO SIM! }:)

      Afinal, esses “usuários” criariam uma necessidade de mercado pelo meu software e adivinha de quem eu iria cobrar licença? De quem tem dinheiro e quer ganhar mais dinheiro oras. da Empresa 😛

      • Se o seu trabalho fosse de uso profissional, você teria o direito de fazer com ele o que bem quer.

        Mas quando o trabalho de uso profissional é feito por outra empresa, você não tem direito de decidir por ela o modelo de distribuição.

        ___________________________________________
        O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

        Me siga no Twitter

        • Touché!

          _______________________________

          Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

          Ceticismo.net

        • CiA

          Meu comentário foi uma sátira ao “modelo Microsoft” de combater a pirataria.

          No eles batem o pé que são contra, gritam e falam um monte, mas no fundo, muitas empresas que dizem que são contra, fazem vista grossa quando o assunto se trata de usuários domésticos.

          Olha a publicidade gratuíta que essas empresas ganham fazendo esse barulho todo. Custo investimento.

          • Leo_Koester

            Segundo seu raciocínio, a MS se beneficia da pirataria dos produtos que ela desenvolve? Quer dizer então que, para ela, é bom ter gente pirateando seu Windows? É isso?
            _____
            Savy?

          • CiA

            Em partes? Sim :O

            A pirataria fez o Windows se tornar um sistema operacional “de refencia” quando falamos de “usuários domésticos” (também chamados de salsa). Os mesmo usuários que operam computadores em empresas.

            Na época do Windows 95/98 onde não existia WGA, ativação, e essas coisas, o Windows era pirateado a torto direito, o que fez milhões de usuários se familiarizarem com ele.

            Onde a Microsoft ganha? Vendendo uma versão Business desse mesmo sistema operacional para a empresa. Quase qualquer usuário de computador já operou um computador com Windows.

            O que sai mais barato? treinar cada usuário que a empresa tem para usar *nix (Tipo Solaris – usando CDE ou Java Desktop) ou pagar $500 pro tio Bill e instalar um sistema na qual o usuário está familiarizado? E se esse funcionário é demitido? O conhecimento de um curso *nix ele leva embora, e lá vai a empresa pagar +1 curso de *nix pro próximo contratado. A longo prazo o Windows sai mais barato.

            Claro, o WGA foi uma tentativa da Microsoft em convencer usuários salsas que não tinham capacidade de burlar a trava a comprar uma cópia do Windows. Funcionou? Em partes, garanto que pelo menos o valor investido na pesquisa dessa tecnologia foi recuperado.

            Lembrem-se que nem todas as pessoas “gostam” de computadores. Algumas usam porque precisam, e se o ícone do IE some da área de trabalho, já é motivo para chamar o “tio técnico” da esquina porque desinstalaram a internet 🙂

          • Leo_Koester

            Entendo que a dependência gerada pelo passado, de alguma forma, beneficia a Microsoft atualmente. Afinal, muita gente deixa de comprar um notebook/netbook com Linux, por exemplo, justamente por este ser “incompatível” com os programas que elas usam.

            Não vou dizer que não há há fundamento algum no que você disse, mas não é vantagem para a MS receber de 350 a 450 reais por 1 versão business e deixar de receber de 300 a 650 reais por 10 licenças de home users.
            _____
            Savy?

          • CiA

            A Microsoft não perde. Alguem sempre paga a conta. }:)

            Quem paga a conta?

            * As grandes empresas, que usam a Versão business e versões Server.
            * O desenvolvedor que compra o pacote Visual Studio e/ou assina a MSDN.
            * O Estudante que quer se firmar no mercado e compra o kit de certificação.
            * Toda e qualquer instituição (Universidades e empresas) que possui parceria com a Microsoft, pagando a “taxa de manutenção” para o aluguel das licenças, tendo direito a upgrades futuros gratuítos, e todas “aquelas regalias”. 😛

            Depois o brasileiro pirateiro acha que é esperto. 😉

            Vai uma dica pra quem tem software tapa-zoio em casa e não quer tirar grana do bolso pra legalizar.

            Opção 1: Participar do projeto ImagineCup. 🙂
            Inscreve um projeto (descente) lá e se você for pra segunda fase, você fatura licenças do Windows (XP/Vista/Seven/2003 e 2008), do Office e do Visual Studio 2005/2008

            Opção 2: Se você for estudante de computação cadastrado no CIEE é só se inscrever no projeto DreamSpark. Se inscreveu, ganhou. }:)

          • Leo_Koester

            Todos esses pagam, mas não quer dizer que a empresa não deixa de ganhar muita grana. E é ótimo que ela passe a ganhar cada vez mais, senão poderemos ser condenados a usar “aquele” sistema do pinguim. Aí, ninguém merece… }:)
            _____
            Savy?

          • CiA

            Sistema do Pinguim + Internet do Skavurska

            Isso que é gostar de estar numa fria }:)

  • Alguem usa Soulseek para músicas, creio que ele parece inabalável desde que surgiu…

    GuilhermeSchmidt

    http://morosidade.blogspot.com

  • diegohermes

    Aguardando qual será a nova onda. Quando o suprnova foi extinto foi pânico geral, ai veio mininova, depois pirate bay, hoje tem rapidshare, 4share, megaupload etc..

    Sempre surgem novas alternativas, senão quem precisa de banda larga?

    • CiA

      MeioBit tracker?

      Só não vale transmitir os arquivos pela metade }:)

    • [quote=diegohermes]Sempre surgem novas alternativas, senão quem precisa de banda larga?[/quote]

      Eu, pq uso para trabalhar.

      _______________________________

      Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

      Ceticismo.net

  • Storm

    E o rapidshare deve tá ganhando vários usuários… eu logo serei um…

  • rphlfmf

    Dinamarquesa? Não é holandesa, não?

  • Eu até tempo atras ficaria revoltado pois não teria como baixar o photohop sempre que necessário. De uns tempos pra ca eu fui radical com relação à software pirata, comprei um notebook e tenho windows original, no desktop montado eu to usando linux (problema de quem não gostar, se quiser windows aqui em casa que comprem). Openoffice na veia, estou namorando uma licença do Office. Dei fim no photohop, gosto muito de fazer montagens, solução? Gimp!

    Acho que sem a pirataria poucos fuçariam tanto em programas tão legais como photoshop, flash, 3ds max e afins. Já usei todos esse piratas, mas hoje conheço alternativas free para quase todos (flash não tem como gente…).

    O colega diegohermes questionou o uso de banda larga ai em cima, existe um produto da Microsoft chamado action pack. Você paga uma pequena contia e eles lhe fornecem uma infinidade de licenças dos produtos deles para você testar e até usar em sua empresa (se você for parceiro deles). Por módicos US$200,00 você recebe tudo isso em DVDs num casa bonitinho, ou pode fazer download dos produtos e economizar essa fortuninha, pagando apenas a assinatura (não me recordo o valor). São mais de 40 DVDs (40x 3.7GB = +148GB), ou seja, ta explicado pra que serve banda larga? Não apenas a Microsoft, mas Adobe e Symantec também fornecem software pago via download.

    ______________________________________________________________
    I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

    • Pois é, esse pessoal fica pensando que todos usam ADSL para o mau.

      Eu adoro deixar o torrent ligado baixando as mais diferentes versões de linux.

      .
      .
      .

      • Falou versões e não distribuições? Tu ta é baixando conteúdo educativo, isso sim! Você não tem dó das moças de família que literalmente fazem tudo pra ganhar dinheiro e todos ficamos baixando conteúdo sem pagar nada pra elas?

        Além disso, existem aqueles coitados dos atores, que são obrigados a traçar moças horríveis, nas posições mais cabalísticas do mundo e ainda ganham pra isso!

        ______________________________________________________________
        I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

        • Sexo: Enquanto alguns vêem, outros fazem. }:)

          _______________________________

          Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

          Ceticismo.net

    • [quote=moi.robles]Acho que sem a pirataria poucos fuçariam tanto em programas tão legais como photoshop, flash, 3ds max e afins. Já usei todos esse piratas, mas hoje conheço alternativas free para quase todos (flash não tem como gente…). [/quote]

      Eu gostaria de dirigir um BMW. Vou roubar um? Eu gosto de ter dinheiro; acho que farei algumas notas de 100 no meu quintal…

      _______________________________

      Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

      Ceticismo.net

      • ovtbqr

        Isso pq vc é futil vc tem que andar de patinetes movidos a flatulência mágica totalmente ecokosher.

        Quanto a imprimir sua moeda, não tem problema algum, se você imprimir ela com a tua cara e panz. Sinta-se feliz com seus pokedolares.

      • Eu roubei muitas BMW antes de ter dinheiro para comprar a minha.

        A minha Ferrari eu uso pouco… A prateleira em que ela está é muito alta.
        ____________________________________________
        O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

        Me siga no Twitter

        • Ixe, seu comentário me fez contar minhas Ferraris… são 17, da Berlinetta à FXX… obrigado, Shell!!!! 🙂

          • 17? Fiquei com inveja agora!

            Pra me consolar vou tirar o pó das minhas 34 camisas de futebol!

            ____________________________________________
            O futebol tabelando com o lirismo: Lá & Cá

            Me siga no Twitter

      • Eu fuço muito em diversos tipos de programas, sou o tipo de que testa e se gostar compra, só que eu nunca compro, eu procuro uma alternativa free!

        Mas é interessante a ideia das BMW ou do dinheiro, se precisar de ajuda, manda uma MP }:)
        ______________________________________________________________
        I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

      • gopher

        Copiar programas, piratear, etc, não é igual a roubar. Roubar pressupõe que o legítimo dono tenha seu bem subtraído, o que não ocorre na pirataria. O que ocorre sim é o lucro que o possuidor do material deixa de ter vendendo ou fazendo o que quiser com o material que lhe pertence de direito, mas aí já temos nova categoria de crime, não roubo. Categoria essa, aliás, que deixo para quem ”lê” aquelas leis todos os dias, caso contrário estaria incorrendo fatalmente em erro.

        e: aliás, roubo é com violência, furto é que é subtrair, e sem violência.
        Capítulo II

        Do Roubo e da Extorsão

        Roubo

        Art. 157 – Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

        http://www.dji.com.br/penal/furto.htm
        Art. 155 – Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:

        Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.

        • Duplicado.

          _______________________________

          Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

          Ceticismo.net

        • Acho que vou copiar todos os textos do Meiobit e montar um Blog só pra mim.

          Afinal, nenhum dos autores perdeu o artigo, ele apenas foi copiado, de forma que eu pudesse testar.

          _______________________________

          Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

          Ceticismo.net

          • Leo_Koester

            Isso tem um nome. Não é nada bonito.
            _____
            Savy?

          • Por isso que eu destesto comida árabe.

            _______________________________

            Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

            Ceticismo.net

          • gopher

            E não perdeu mesmo. Apenas teve seus direitos autorais, ou seja, sobre a forma como quer algo de sua autoria seja veiculado, violados. E isso não significa que não seja crime, apenas que não é o mesmo tipo de crime que é, por exemplo, roubar uma bmw.

          • Estão regidos dentro dos mesmos valores morais. Se quiser, posso pedir pro Fabião fazer um desenho explicativo.

            _______________________________

            Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

            Ceticismo.net

  • A pirataria está e sempre estará disponível. O problema é o caminho para chegar até ela.

    Mininova é um Shopping Center.

  • Nanz

    Simples:
    http://www.nowtorrents.com
    E você tem uma busca em todos os sites de torrents em tempo real.

  • eu uso o Google ^~

  • A lógica de alguns aqui é a seguinte:

    Notícia: Todas as macieiras do mundo foram cortadas.

    Comentário: Não tem problema, eu compro Del Valle. }:)

    .
    .
    .

    • Epic Win pra você.

      É, to indo na ondinha
      Twitter

    • gopher

      Yes, sir.
      O problema é não só terem fechado o mininova, e sim o que isso representa em um contexto geral.

    • ovtbqr

      Nada contra você, tio.

      [quote=”Asimov”]É como o personagem da história, que, quando surpreendido por uma chuva, corre para um grupo de árvores e abriga-se embaixo de uma. Ele não se preocupa porque quando uma árvore fica molhada demais, simplesmente vai para baixo de outra.[/quote]

    • Mas foi esse o significado que o Cardoso quis dar quando parafraseou o poema.

      _______________________________

      Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

      Ceticismo.net

  • Não se preocupe os EUA vão nos salvar.

  • caiado

    Ainda bem que só baixo distribuições linux e programas sharewares.
    Quando eu quero usar o windows, uso os labs do technet.

  • caiado

    Esse Gnutella não foi de um cara que se matou?
    Teve um desses aí que não aguentou a pressão e foi pro saco.

    O Shawn do Napster acho que o pai dele apareceu depois de anos.

    Tem tanto tempo isso, me corrijam se estiver errado ou com informação incompleta.

  • jjsjunior

    Como já falaram acima…
    Se fosse um trabalho teu, do qual dependesse teu sustento, que estivesse sendo compartilhado livremente por ai?
    Sei que vão dizer tá mas a MS a Apple, a Adobe são bilionárias, as gravadoras tem muito dinheiro…

    Mas pensem um pouco… qual a diferença entre um fulano que entre em um supermercado, esconde um DVD de baixo do casaco e sai de fininho sem pagar (roubo) e outro indivíduo que no conforto de sua cadeira baixa o mesmo DVD sem pagar por ele?
    Não estou acusando, nem posso, mas é algo no qual a comecei a pensar mais após o fechamento do piratebay e outros eventos.

    • A diferença é que o João Comprou o DVD e resolveu emprestar pra Mariazinha. Claro que na verdade não passa de uma frívola desculpa pra atrair ela pro AP, tomar alguma coisa…

      Essa é a versão dos piratas. Não que eu concorde com elas, mas para tirar conclusões tem que se conhecer os 16³ lados.

      É, to indo na ondinha
      Twitter

      • Leo_Koester

        Muletas…
        _____
        Savy?

    • O supermercado vai ficar sem o DVD para vender para outra pessoa, essa é a diferença. Não querendo legitimar a pirataria, mas apenas acho que não se pode compará-la a roubo (ou furto, que é o mais correto nesse caso).

      __________
      Marcus Danillo
      danillonunes.net

      • jjsjunior

        Então está é minha grande dúvida?
        Pode ou não pode ser comparado? Qual a diferença?
        Estou baixando uma cópia de DVD que algm comprou e resolveu compartilhar… Isso é uma coisa, tem mal nisso? Outra coisa seria um software que além de baixar o instalador, estou fazendo uso de crack que é para burlar travas.

        Bom, chega por hoje heheheh

    • donattelo

      Não dá pra acreditar que as pessoas ainda façam esse tipo de comparação, no mínimo, idiota.
      Uma coisa é subtrair algo, deixa a outra pessoa sem esse bem, e outra coisa BEM diferente é copiar, clonar algo. Ninguém vai ficar sem esse bem. O máximo que vai acontecer é a produtora do DVD ficar com uma venda a menos. Isto é, SE a pessoa que fez a cópia comprasse o produto, caso não pudesse fazer essa cópia. O que eu duvido muito. Já baixei alguns produtos que tive vontade de ligar pro produtor e reclamar, de tão ruim que eram!!! :sick:

      • jjsjunior

        Com certeza seria uma comparação idiota se não existissem leis que proibissem o copiar e clonar.
        Roubar é contra lei, copiar e clonar idem. Assim não vejo pq ser uma comparação idiota.

        Eu trabalho com desenvolvimento de softwares, não gostaria de perder meu belo emprego com salário de 5 digitos por que a empresa para qual presto serviços faliu porque não consegue mais vender seu produtos, por eles estarem a venda por 9,99 na barraquinha da esquina.

        • Leo_Koester

          Prepare-se para começar a ser sacaneado.
          Afinal, cobrar pelo seu trabalho é um absurdo para essa gente.
          _____
          Savy?

          • jjsjunior

            Já percebi…
            Aliás, acho que são todos candidatos a uma vaga em Brasília… }:)

      • Leo_Koester

        Copiando/clonando o que quer que seja você está negando o direito do produtor de cobrar por algo que ele criou. Chama-se direito intelectual. Cópia pirata não deixa de ser de um tipo de furto.

        “Não dá pra acreditar que as pessoas ainda façam esse tipo de comparação, no mínimo, idiota.”
        _____
        Savy?

        • Uma vez um certo Conselho Regional de Química de um determinado estado colocou um artigo MEU no site deles sem pedir permissão. Aliás, eu descobri por mero acaso. Eu escrevi pra eles dizendo que eles até poderiam reproduzir o artigo DESDE QUE dessem os devidos créditos, com link pro site que eu mantinha na época. Aconteceu algo, no mínimo, hilário.

          O webmaster me respondeu o email dizendo que eles gostaram muito do meu artigo, já que meu site na época tinha boa cotação entre eles (sei, tô sabendo…). O presidente do referido CRQ me mandou um email dizendo que não, não pegaram nenhum artigo meu e, em outras palavras, me deu um esporro dizendo que eu não podia acusar o Conselho disso.

          Eu fiquei indignado com essa resposta. Fui de novo no site deles e, OH!, o artigo sumira. Só que eles não contavam com o cache do Google. 😉

          Mandei uma cópia do email enviado webmaster, provando que realmente o artigo estivera lá (afinal, eu era muito bem cotado entre eles), mandei um print screen da tela do cache e até o link do site. Disse que achava uma pouca vergonha uma entidade que deveria zelar pela ética profissional ter uma atitude dessas e EXIGIA uma retratação.

          Obviamente, não veio retratação nenhuma. Não tem problema, meu advogado adorou isso (mas acho que o que aconteceu em seguida não deixou o pessoal de lá muito feliz 😛 )

          No Brasil há esta torpe filosofia “se não fica sem, não é ilegal”. Será assim que muitos aqui fazem seus trabalhos de faculdade? Copiando direto da Internet? A resposta é mais que óbvia.

          _______________________________

          Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

          Ceticismo.net

          • DSousa

            E o que aconteceu em seguida?

          • Também quero saber. Ja fui até buscar a pipoca pra comer vendo o desenrolar da historia e termina assim.
            Pryderi ficou foi rico e não quer contar! 😛

          • Não fiquei rico, mas pude comprar um capacitor de fluxo.

            _______________________________

            Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

            Ceticismo.net

          • Leo_Koester

            Provavelmente. Ontem a noite, eu estava conversando com minha noiva justamente sobre como o Brasil é o país do “jeitinho” e da incompetência médica.

            Cheguei a tocar no assunto sobre cópias de trabalhos de faculdade e sobre como nossos médicos estão cada vez mais burros e incompetentes, obviamente causado pela massificação do ensino e pela facilidade em se receber um CRM.
            Existem até “empresas” ( :sick: ) que desenvolvem o TCC para os alunos!

            É essa mentalidade débil que está tornando nossos jovens em usurpadores amorais.
            _____
            Savy?

  • Eu estou enganado ou se eles subirem o conteúdo em um outro provedor, de outro país e alterarem o IP no servidor de DNS, eles escapam da ordem judicial e a mudança fica transparente para os usuários?

    Assim poderia passar anos e anos até que os países entrassem todos em consenso para emitir uma ordem judicial simultânea para proibir o conteúdo protegido por copyright. Se é que isso é possível porque o copyright não é consenso no mundo todo, existem disputas judiciais, contestações, países sem uma legislação clara sobre o assunto, etc.

    Estamos falando dos arquivos de torrents, os arquivos em sí estão nos computadores de bilhões de usuários espalhados pelo mundo todo, ach muito possível que se possa inventar uma forma para se localizar esses os torrents em um lugar e baixá-los de outro, dificultando ainda mais uma forma de coibir a atividade.

    O Napster foi barrado, mas a troca de arquivos não. Podem barrar um ou outro site de torrents, mas a troca de arquivos em sí é impossível de impedir. Imagine se comerçarem a ser formados grupos de amigos para troca de arquivos onde cada um aluga um DVD, ripa-o e torna-se um seeder e passa o arquivo torrent para os demais, recebendo dez ou vinte arquivos de torrent de retorno

    Em resumo, eu acho que é impossível deter a tecnologia. Os estúdios e gravadoras irão logo se dar conta disso.

    O que é importante é discutir qual é o modelo de negócio que vai proteger a remuneração de autores, artistas, etc, de modo a permitir que o conteúdo continue sendo produzido. Esse modelo é possível, o que não é possível é manter os lucros altíssimos e injustificáveis dos grandes estúdios e gravadoras, baseado no monopólio da distribuição e do marketing.
    —————————–
    ruyacquaviva.com

  • Um monte de gente aqui ou é sínica ou burra. 😕

    Pirataria é saúde, pratique diariamente.

    • mano_lima

      O que sei é que um monte de gente aqui sabe escrever cínico e o que prevejo é que você está prestes a receber uma insígnia de um grande roedor. }:)

    • Diavolul

      pra escrever cínico com “s” já percebi a qual categoria voce pertence.
      😉
      _______________________________________________

      nada a declarar

    • Pior são os burros que não sabem como se escreve cínico

      _______________________________

      Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

      Ceticismo.net

      • Pior sou eu que fui tirar uma com o cara e não destaquei o “cínico”
        ______________________________________________________________
        I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

        • Ioca100

          Certa vez fui avisar um erro de um cara, ele ficou bravo e mandou mp cheia de mimimi, depois disso, vida que segue.Penso que deveria haver uma insígnia para os malvados com a última flor.

          She’s cool…
          Girl…

          • A insígnia de troll deveria ser uma ferradura e esse burrinho cinza deveria ser pra marcarmos quem faz os melhores comentários. Com muito sínismo. Sem ser cínico viu. 😉

            ______________________________________________________________
            I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

    • Tem uns burros e sínicos?!
      ______________________________________________________________
      I Wanna Rock N’ Roll All Night And Party Every Day!

      • donattelo

        Como diria a Popis: Que “burro”, dá zero pra ele!!! 😀

        • DSousa

          É “Ai, que burro. Dá zero pra ele!”. E essa fala é do Chaves, não da Popis.

      • Acho que ele é um cínico que se faz de burro… Há! Te desmascarei, Hein! 😛 😛 😛

    • Leo_Koester

      Verdade. Saúde para os vagabundos.
      _____
      Savy?

    • DSousa

      Realmente. É de um cinismo (ou sinismo) sem tamanho defender que as pessoas sejam pagas pelo seu trabalho.

      Malditos imbecis de QI baixo que pagam por algo que os gênios podem ter de grátis.

  • mano_lima

    Caramba, banquei o profeta. No post sobre o Pirate Bay, eu mencionei o Mininova andava já nas coxas.

    Citam aqui que outros e outros serviços vão surgindo. Olha, não é bem assim, tem que se levar em conta que, nos países democráticos, forma-se Legislação Sobre o Tema. Por exemplo, vai ser bem difícil alguém lançar outro serviço como o Pirate Bay na Suécia. Lá já não dá… E assim o cerco vai se fechando.

    Na minha opinião, esse tipo de serviço pirata acabará exilado na Rússia.

    • Mininova já andava mal das pernas desde o começo do julgamento do TPB, agora foi só o “golpe de misericórdia”

      Animes, mangás e games: http://epicfailureblog.wordpress.com/

      • donattelo

        É o famoso golpe: Chutando o cachorro morto…
        Logo agora que assinei o POWER GVT. Meus 10mb agora serão exclusivos para o Meio Bit. Que honra hein???

        • Invejo sua conexão à internê… Se eu tivesse uma conexão tão boa quanto os seus 10 Megabits por segundo, eu poderia tentar melhorar meus textos, além de eu arriscar a escrever mais. 🙁

          Esta semana tem sido infernal para mim neste quesito, pois minha lenta conexão me faz perder bastante tempo e isso tem me desmotivado bastante. Perdôem o meu OFF, mas parece até que voltei para a discada.

          🙁
          _ _ _ _ _ _ _
          Linke para mim. Mas linke direito. E o esquerdo, também, cara!

  • Jnr

    Parabéns, belíssima adaptação. É ótimo ler e relembrar trechos de Niemöller.

    Quanto a pirataria, acredito que ela terá um fim. Mas não agora, nem ano que vem.

    Talvez meus netos assistam o julgamento do último sistema de compartilhamento/p2p/http/qualquer-site-de-arquivos via streaming, logo após terem assistido um filme comprado legalmente na internet por um preço irrisório…

    Ou não.

  • v1r3d

    Puxa, mas um site de “downloads de ISO do linux” vai fechar :/ agora onde eu vou poder ficar de seeder para minha centena de “isos do linux” ? 🙁

    • Camelô. 😉

      _______________________________

      Eu assinaria aqui, mas sou analfabeto.

      Ceticismo.net

      • robson_franca

        Você “zoou”, mas tem (ou tinha) um camelô na Sta. Ifigênia que vendia distros Linux em CD. Alguns originais e outros alternativos 😛

        Abraços

    • Proxeneta

      Tem esse. }:)

      “Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar”

      • Pelo amor da minha calcinha, diz que você sabe reconhecer ironia.

        • Proxeneta

          Somente se me mandar uma foto sua usando a calcinha. }:) }:) }:)

          “Um passo à frente e você não está mais no mesmo lugar”

          • Deite e espere. Embaixo de sete palmos de terra.

  • renrutal

    Sempre que bloqueia um serviço de P2P, alguém faz um serviço mais difícil de bloquear.

    Qual o próximo nível?

    • A não ser que Peter Sunde e cia. usem um computador quãntico com criptografia de 32Mbit, não há próximo nível.

  • gopher

    A intenção da riaa e congeneres não é e (acho) nunca foi acabar de vez com toda a pirataria, é tentar tampar o sol com a peneira, literalmente. O que importa é acabar com os grandes, e assim deixar o usuário comum, aka salsa, sem noção de onde procurar material pirateado. Isso é o tanto quanto basta para essas associações.

  • Simiano

    Eles estão acabando com os sites de torrent mais populares, eu realmente estou impressionado, e não estou sendo sarcástico. :O

  • bond

    Já deve ter quase 2 meses que não baixo um torrent, e pelo andar da carroagem quando decidir baixar algo ja vai ser tarde dimais…

    ___________________________________________________________________
    “Talento é quando um atirador atinge um alvo que os outros não conseguem. Gênio é quando um atirador atinge um alvo que os outros nao vêem.”

    • Ioca100

      Vai perder o bond-e da história, rsrs.

      She’s cool…
      Girl…

  • ProTonS

    Fiquei pensando aqui, eles tem 30 dias para remover os links, os torrent, certo?! Pois bem, o pessoal ja tava usando aquela estratégia de colocar um txt dentro do torrent com o endereço do tracker onde existia o torrent, ou seja, o link(torrent) do link(endereço do tracker). Como será que fica agora? Provavelmente também terão que ser retirados, so queria saber baseado em quê?!
    Porque sendo assim sites que fazem indexação de torrents a partir de outros sites também possuem o link do link, se a idéia pega nem quero ver…

    A um tempo atrás o mininova tava perdendo vários links, tinha até parado de entrar lá atrás de novidades, já que diminuíam cada dia mais. Quando quero alguma coisa eu procuro no google: “torrent nome_do_filme” o primeiro site que acho eu entro e baixo o torrent, acabo nem usando um tracker predileto, pq ele pode acabar igual ao super nova, piratebay ou mininova, vc se acostuma, dai chega os cara de terno e gravata, fecham o site e te deixam na mão, sem site preferido. T_T

  • Meu deus o que será de mim!

    ps. este post tem o selo de linkagem max_laguna.

    Mine blog || Follow me the goods

    • Selo Max_Laguna de Linkação Boa

      Com certeza, mas o presente post é do Cardoso, então já pressupõe-se que tenha o selo Sith, aquele de sarcasmo letal ao cérebro das salsinhas.

      😉
      _ _ _ _ _ _ _
      Linke para mim. Mas linke direito. E o esquerdo, também, cara!

  • donattelo


    Ora meus caros, vejam o lado bom dessa história toda: Agora que estão reduzindo a pirataria, os lucros da RIAA irão aumentar exponencialmente. Então, visão o bem de todos, eles irão reduzir os preços de seus produtos, e todos iremos lucrar com isso. Imaginem, teremos lançamentos de DVD a míseros dez reais, BluRay por, no máximo, vinte reais. CD então nem se fala, se custar cinco reais é muito.
    Abaixo o torrent!!!! Viva a RIAA!!!!

    Ninguém conhece um tracker ali do Paraguai? Nossos hermanos moram numa terra sem lei, onde os torrents NUNCA serão extintos.

    • Zezinho

      utopia mode on perfeito. 😀

    • [quote=donattelo]
      Ninguém conhece um tracker ali do Paraguai? Nossos hermanos moram numa terra sem lei, onde os torrents NUNCA serão extintos.[/quote]

      Justamente por ser uma poçilga que um tracker paraguaio não duraria muito. Em dois tempos um EF-18E da marinha americana a mando do RIAA jogaria uma bomba Paveway no predio e ficava por isso mesmo. }:)

  • Ronaldo

    Que o Soulseek permaneça na penumbra, intocado, operando discretamente como o melhor recurso de compartilhamento de música e som, até que se cumpra a profecia do fim da informação.

    —————————————
    http://www.ronaldocamacho.com.br

  • well, sinal do fim dos tempos?

    e, não, não quis me referir à Skynet…

    *-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*
    CGU/2008 – Descortinando os bastidores da vitória

    #Fp 4.13#

  • Rodrigo8

    alguem ai afim de montar servidores nas ilhas Caiman ? garanto q lá é liberado ou na Africa no meio do Congo tb ta valendo…

  • Ahhhh, vamos fechar a internet por 5 anos? Talvés assim a pirataria diminui. =P
    ___
    Blog do Keaton

  • Ao meu ver, o maior problema com o fim do TPB não foi a queda do portal em si…

    Mas si o fato de um precedente ter sido criado.

    Not good.

  • 1berto

    Bom, em princípio todos sabem que o grosso
    do tráfego destes sites viola licenças de
    uso, sem dúvida.
    Ainda assim essa situação de caçar o site
    e não os usuários que disponibilizam (ou
    até que baixam) o conteúdo me deixa com várias
    pulgas atrás da orelha… A rigor um site
    de torrent não tem TANTA diferença assim do
    google, muita gente acha links para baixar
    albuns e filmes em blogs e fóruns a partir
    do google…
    Perceba que no caso do google não há motivo
    para acreditar que o grosso da pesquisa
    ‘promova a pirataria’, além do que o google
    tem como se defender, mas reparem no
    precedente, para mim este jeito de as
    empresas que vivem de conteúdo (e o
    judiciário) estão indo longe demais.

    • DSousa

      Essa comparação volta e meia aparece pra justificar a existência desses sites. Mas existe uma diferença básica entre o Google (e afins) e sites de torrent. O Google remove o link se requisitado. O Youtube remove o conteúdo irregular. O Orkut remove as fotos e perfis de pedofilia. O TPB não remove nada disso. Quando requisitados pra remoção, eles postavam piadianhas ridicularizando os detentores dos direitos autorias.

      Um exemplo disso são as cartas da Microsoft postadas na página do TPB. A Microsoft especificava os torrents que queria removidos e eram ridicularizados e ofendidos pelos mantenedores do site. O TPB claramente, pelas cartas publicadas e palestras de seu fundador, defende e suporta a pirataria.

      O protocolo torrent é legítimo e não vai deixar de existir. Se existe conteúdo ilegal, ele deve ser removido. Assim como sites de hospedagem de vídeo são legítimos e devem remover (como já acontece) o conteúdo ilegal, quando requisitados. Da mesmíssima maneira que serviços de hospedagem devem remover conteúdo ligado a pedofilia quando requisitados.

  • robertoamv

    Acabei de acessar o PirateBay. Está vivo e forte.

  • agaelebe

    Poderia ter mencionado o Napster, Kazaa (e morpheus), Sharereactor e suprnova.org… 🙂

  • Modo esquizofrênico:
    Estão me cercando! Estão tirando tudo de mim!
    Nem o SSH vai me proteger.

  • rzzbr

    mimimimi…

    Ei.. aonde posso apostar qual o próximo?

    Talvez o ISOHunt me renda um trocado. 😉

  • kharstagir

    Cardoso diz que acha que fala com as paredes. Então, tem uma vaga idéia do que é dar aulas para o ensino médio, hoje em dia. E eles vão para a faculdade com essa mesma postura.

    Pryderi perguntou se eles copiam os trabalhos da internet. Te digo que se você questionar isso, vai perceber que eles não vão entender onde é que está o problema!!!

    Quando meu irmão mais velho começou a navegar na internet, encontrou um mundo maravilhoso, onde podia baixar todas as músicas, filmes e softwares de que gostava. Quando eu disse que ele estava fazendo pirataria e que isso era comparável ao furto, ele me olhou como se não estivesse entendendo, ou como se eu estivesse falando uma grande besteira e falou:

    – Ué, mas se os cara colocam lá, é pra gente pegar!!!

    Na cabeça dele, extremamente novato no mundo virtual, não estava fazendo absolutamente nada de errado!

    Nós não somos educados, ou, a nossa educação ética é extremamente flexível. Nossa ética funciona até o momento que se torna um limitador da realização de nossos apetites. Quando isso acontece, qualquer desculpa esfarrapada parece perfeitamente lógica e racional para justificar que façamos o que queremos.

    Mas essa moeda tem, como todas as moedas, três lados…

    Como fica o consumidor, que comprou seu DVD, original, legalmente, pedindo nota fiscal, e não pode reproduzi-lo no seu computador por que a RIAA não deixa? Isso não é ficção, a alguns anos atrás, li uma reportagem em que um consumidor escrevia para a gravadora, reclamando que seu CD não tocava em seu computador, única opção que ele tinha. O sujeito recebeu uma resposta extremamente agressiva, da RIAA e da gravadora, onde era acusado de estar fazendo pirataria, de roubo de direitos autorais.

    E copiar filmes da TV, não é pirataria? Se não for, baixar séries também não deveria ser. Os seus back-ups são um direito seu ou é pirataria? Se é direito, por que você não pode fazer cópias de segurança de seus conteúdos de música e filmes?
    Emprestar é pirataria? Se for, bibliotecas promovem a pirataria?

    Entendam, não sou a favor da pirataria, mas acredito que na luta contra essa prática, muitos abusos contra o direito são tolerados. É preciso que se faça uma boa reflexão sobre esse assunto para se dar uma opinião isenta e racional.

  • robson_franca

    Hehehe, pelo visto vamos ter que voltar aos tempos dos BBS’s…

    Mataram o TPB, e eu não dei bola porque já tinha baixado “tudo” que eu queria. Agora fecham o Mininova. Qual será o próximo?

    Daqui a pouco vão criar um mecanismo de troca de arquivos P2P baseado no Opera Unite. Aí o browser que “ninguém” usa vai virar moda e os órgãos anti-pirataria vão cair matando.

    Será que estamos indo para o fim da sociedade alternativa?

    Abraços

  • Será difícil “acabar” com os trackers. Vejam:

    http://wille.blog.br/2009/08/a-volta-por-cima-do-pirate-bay/

  • Helder_Zero

    O problema é que sempre vai ter uma pessoa seguindo a Lei de Gérson, não importa em qual das pontas, se é a indústria audiovisual/software ou o internauta que faz o “download”.

    Ambos tem culpa no cartório. O primeiro por seus preços nada “justos” e o segundo por ser um “bom vizinho” por compartilhar sua biblioteca de mídia com todo o planeta.

    As mega-corporações devem entender que a tecnologia evolui, assim como o mercado e o cliente. A mídia física encontra-se cada vez mais no passado.

    Uma solução para ambas as pontas é o serviço de streaming, que vem crescendo muito nos últimos anos.

    Então ficadica para a RIAA.

  • Hawk

    Todos os meus piratebays tracker estão off.
    O Mininova está funcionando.
    Agora terei que baixar usando o Rapidshare, Soulseek, Emule, Google, etc.

  • Pingback: P2P: LimeWire até lutou por ele, mas, em troca, levou um belo chute da RIAA « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples