Ghost Recon Wildlands e o horrível DLC Narco Road

Essa semana aqueles que possuem o season pass do Ghost Recon Wildlands ganharam acesso ao primeiro DLC do jogo e como eu estava bastante curioso para ver como a Ubisoft havia ampliado a campanha, ontem resolvi dar uma olhada no Narco Road.

Já de início achei estranho o mapa de chefões do tráfico não ter sido atualizado com os novos inimigos, então dei uma fuçada na internet e descobri uma série de reclamações em relação a maneira como a empresa havia implementado o conteúdo adicional.

Para começar, o DLC deve ser acessado a partir de uma opção específica no menu principal, fazendo com que ele funcione como uma expansão separada do jogo e de acordo com a Ubi, permitindo assim que a experiência encontrada no Narco Road seja bem diferente do que temos no Wildlands. Mas o que isso representa na prática? Para entender melhor, dê uma olhada na lista abaixo, que foi criada pelo site PVP Live e baseada nas reclamações dos jogadores:

  • Você será forçado a criar um personagem novo, que começará no nível 20.
  • Você não terá acesso às configurações de armas montadas no jogo principal.
  • As novas armas prometidas para o Narco Road são apenas as antigas com nomes diferentes e não são customizáveis.
  • Habilidades desbloqueadas anteriormente no jogo base serão apagadas.
  • O DLC aproveita o mesmo mapa do original, mas dá acesso a apenas uma pequena parte dele (são apenas quatro regiões).

Além disso, há ainda críticas a maneira como a jogabilidade dos aviões passou a funcionar, ao fato de não termos a companhia de personagens controlados pelo computador quando jogamos sozinhos e até a bugs que nos impedem de concluir certas missões.

Tudo isso certamente torna o DLC digno de reclamações, mas uma coisa que me deixou profundamente irritado no Narco Road foi a mudança de atmosfera. Eu explico. Se antes a Ubisoft havia nos dado um jogo com temática militar, a sensação que tive ao entrar na expansão foi de estar num Velozes e Furiosos Bolivian Edition, com carros tunados espalhados por todos os lados, monster trucks voando por rampas posicionadas pelo mapa e até mesmo com helicópteros extremamente coloridos estando à disposição.

Para piorar, o DLC adota uma mecânica onde temos que nos infiltrar no Santa Blanca, fazendo com que agora o grupo esteja do nosso lado. Para atingir este objetivo teremos que impressionar os traficantes fazendo manobras ousadas e todo tipo de coisa ridícula. Para ilustrar, pense num Saints Row 3 — que é um jogo que declaradamente nunca se levou a sério — e agora tente encaixar isso no Ghost Recon Wildlands. Pois é o que o Narco Roads faz.

Para ser sincero, eu não consegui avançar muito na expansão e acho que jamais conseguirei, mas a impressão que ela me deixou (e devido as muitas reclamações) é que a sua compra não vale a pena. Já para aqueles que possuem o season pass, resta lamentar e torcer para que o próximo DLC siga por um caminho bem diferente desse.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples