Samsung não alterou design interno do Galaxy S8+ em relação ao Note7

galaxy-s8-plus-001

Os Galaxy S8 e S8+ já chegaram ao mercado brasileiro, o lançamento oficial nas lojas será no dia 12 de maio mas lá fora, alguns poucos sortudos já estão recebendo seus dispositivos entes da chegada ao varejo nesta sexta-feira. A Samsung tem agora a dura missão de superar o fiasco do Note7 e suas baterias explosivas, que causaram graves danos tanto na imagem quanto no caixa da companhia, com seu market share despencando de 31% para abaixo de um por cento no 3º trimestre.

Ainda assim, a Samsung segue confiante que seu design de dispositivos não precisa de revisões drásticas para garantir a segurança de seus consumidores. Ao menos é o que o já tradicional desmonte de ambos os gadgets realizados pelo iFixit revelou.

Em primeiro lugar sejamos francos: a Samsung fez besteira com o Note7. Em prol de garantir que o foblet superasse o iPhone 7 em todos os quesitos os executivos da companhia pressionaram prazos, pularam etapas e acabaram com uma bomba-relógio nas mãos, que causou um estrago gigantesco em suas finanças. Some-se a isso situações de bad karma como sua fábrica de baterias pegando fogo, visto que erros tanto em sua confecção como no pouco espaço do gadget para que elas se expandissem causaram as explosões só pioraram as coisas.

Por isso acreditava-se que a Samsung mudaria tudo com o Galaxy S8 e S8+ até para garantir uma maior segurança, mas dado o curto espaço de tempo (oito meses) tal movimento era pouco provável. A companhia se limitou a garantir que um novo processo de qualidade garantiria a segurança das mesmas de agora em diante e afirmou que a linha 2017 dos Galaxies A5 e A7 já saiam de linha sob a nova política e pensando assim, era de se esperar que o S8 e o S8+ fossem semelhantes a seus antecessores diretos por dentro.

galaxy-s8-plus-002

O desmanche do S8+ realizado pelo iFixit (você acompanha o do S8 aqui) revelou que apesar dos componentes internos serem modulares, o que facilita a substituição em caso de danos a bateria interna é basicamente a mesma presente no Note7, fixada com MUITA cola. A disposição (e aparentemente o espaço interno) são essencialmente os mesmos, o que dá a entender que a Samsung acredita que o atual design de componentes de seus dispositivos móveis é suficientemente seguro e eficiente.

O cuidado para evitar que seus novos gadgets explodam como o Note7 se concentraria unicamente na confecção das baterias, embora fique evidente que se o processo se repetir os danos seriam tão extensos quanto foram em seu foblet anterior, visto a dificuldade para realizar reparos: o iFixit deu uma nota 4/10 para ambos os modelos, onde 10 é mais fácil para consertar.

Em suma, a Samsung está confiante de que desta vez os Galaxies S8 e S8+ vão bombar só em vendas, e esperamos o mesmo. Outro erro crasso envolvendo as baterias poderia ser mortal para a divisão mobile.

Fonte: iFixit.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis