Nintendo Switch atropela PS4 e Xbox One sem piedade… nos EUA, em março

Laguna_Nintendo_Switch_docked_off_peq

Normalmente os meses de fevereiro e março são fracos nas vendas de videogames no varejo norte-americano. Mas basta a Nintendo lançar um console (com estoques artificialmente limitados?) que o panorama daquele mercado muda.

Foi assim em fevereiro de 2015 e agora em março de 2017. O culpado da vez é o Nintendo Switch. E também o Zelda: Breath of the Wild.

Antes do NPD sequer comentar, a Nintendo toda arrogante já foi logo divulgando os números de vendas de seu novo console híbrido nos Estados Unidos em março (26 de fevereiro a 1º de abril). Foram vendidos 906 mil unidades do Switch. Tal lançamento é o melhor da história da japonesa, batendo o recorde norte-americano do Game Boy Advance em junho de 2001. Não é o melhor lançamento da história por causa do PS4, que em novembro de 2013 vendeu quase 1,2 milhão de consoles nos EUA.

Em nota, o presidente da Nintendo of America my body is Reggie Fils-Aime disse que o motivo do sucesso do Switch é que A Nintendo sempre tenta oferecer aos consumidores algo divertido, novo e diferente. Aham, Wii U que o diga.

Laguna_Legend_of_Zelda_Breath_of_the_Wild_attack_peq

Resultado melhor teve o Legend of Zelda: Breath of the Wild, que vendeu nada menos que 1,3 milhão de cópias nos EUA em março. Foram 460 mil cópias no Wii U e outras 925 mil cópias no Switch. Não, você não leu errado: o Zelda do Switch vendeu 19 mil unidades a mais que o próprio console. O povo prefere comprar o jogo ao escasso console da Nintendo?

É por aí mesmo: a Nintendo disponibilizou mais jogo que console, sendo que várias das cópias adicionais do Breath of the Wild podem ter saído dos EUA ou mesmo se tratar das edições limitadas, de colecionador, também compradas na pré-venda como item de revenda. É assim que temos os elevados preços no mercado paralelo que a japonesa adora alimentar. Marketing de escassez.

Seja como for, a empresa prevê que até março de 2018 venderá 16 milhões de aparelhos Nintendo Switch globalmente. E provavelmente vai manter baixos os estoques.

A notícia triste vai para a Sony, que teve quebrada a sucessão de vitórias com o PS4. E a Microsoft está ocupada demais com o Project Scorpio para se importar com um tablet japonês genérico.

Fontes: Business Wire, Games Industry, IGN US, The Verge e Venture Beat.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Clésio Etílico

    Acho que o mérito das vendas seja mais do Zelda em si do que das “revolucionarias” features do novo gadget da Big N, e se ela não tirar outro grande coelho dessa cartola (lê se aqui, um Pokemon da vida) acho que não vai conseguir manter o ritmo nas vendas

    • Vinícius

      O único jogo de peso que saiu com o Switch foi o Zelda, os coelhos deles ainda estão todos na cartola. A ideia deles é distribuir os grandes lançamentos pelo ano todo pra dessa forma manter as vendas do console em alta. E é lógico que o mérito das vendas é do Zelda, o que faz um console são seus jogos e não o contrário.

      • Clésio Etílico

        Aí é que tá, vc concorda que o Switch vendeu por causa do Zelda e fala que o que faz um console são os jogos(mas se vc for ver o lançamento de todos os consoles dessa geração vieram com line-up bem pobre) então o pq da dona Big N investir tanto em gimmicks para o console ao invés de lançar jogos. Cara o Switch tem poder de fogo para rodar desde os arcades primitivos do DonkeyKong até os games mais sofisticados do Wii em virtual console, e nem precisa ser os thirds apenas os first party mesmo, e ou então lançar qualquer remaster exemplo Mario Galaxy ou Metroid Prime em Hd só pra tampar buraco já que estamos na geração dos remasters, sei da tática de espalhar os jogos pelo ano pra render mais, porem ela tem vários estúdios e bastante dinheiro pra contratar gente pra trabalhar pra ela, mas ela sabe que de qualquer forma seus súditos vão abraçar a causa.

        • Vinícius

          Mas a Nintendo não deixou de investir em desenvolvimento de jogos pra pôr gimmicks no Switch, não há correlação nisso. Quando muito, esses gimmicks permitem mais possibilidades de gameplay pros estúdios explorarem e um diferencial pro consumidor o escolher ao invés da concorrência. Quando eu falei que os jogos fazem o console, estava falando de qualidade, não de quantidade. Os títulos pro Switch não são mesmo muito numerosos, mas pra esse ano há pelo menos 5 jogos first-parties anunciados, e são esses os verdadeiros “console-sellers”, sem contar os grandes títulos third-party. Pessoalmente, acho que ~10 jogos de peso pra um ano de estreia é mais do que suficiente pra justificar a compra do Switch, mas existem vários outros títulos menores pra tapar buraco se você procurar.

    • Galego da área mindoniense

      Feature? Game?
      Que língua falamos? As formas corretas som “característica” (ou “caraterística”) e “jogo” (ou “videojogo”).

  • Felipe Albrecht

    “Tablet japones generico”

    Um dia ainda vais aprender que o software eh mais importante que o hardware.

    • Inquisidor

      faz um software para um microondas rodar witcher 3. zoeira to ligado que vc está falando de jogos.

      • Luiz

        challenge accepted

      • Julio da Gaita ✔

        wicther 3 não, mas aquele doom antigueira já roda até na calculadora hp, mas é boa idéia você dá uma jogadinha e esquenta o almoço…rs

    • Julio da Gaita ✔

      ainda continua sendo um tablet japonês da nintendo se as Third Parties não trouxerem seus AAA, as vezes parece que a nintendo faz a plataforma pra distribuir seus próprios jogos, não que seja algo ruim.

      Até pelo papel dela de introduzir muitos serzinhos humanos nos games, e fazer floquinho mais velhos choroôezinhos felizes. Mas a line-up de jogos dos consoles é bem limitada e o novo console da Big N tenta ser o 2 console favorito da galera.

      Aqui no BR o choro é pior por causa das politicas de preco e distibuição da Nintendo, mas enfim não tem nenhum problema nisso tudo, ainda é uma faixa de mercado inexplorada e que dá retorno.

      • Leooo

        A Nintendo sempre fez hardware para rodar os seus jogos, vide os “R” e “L” do SNES e o Analógico e o botão “Z” do 64, sempre os hardwares da Nintendo vem para suprir as necessidades do seu software e sempre vai ser assim, para o bem e/ou para o mal.

        • Galego da área mindoniense

          Na Switch parece que pra bem. A ideia de fusionalas consolas de sobremesa coas portáteis é simplesmente genial. Mercaria-a, se nom fosse porque sou mais da Sony e da Play Station. Por isso, vou agardar pola PS5. Mais admito que, atualmente, a Nintendo Switch é a melhor consola do mercado (tanto das de sobremesa coma das portáteis). A única eiva que lhe atopo som os jogos. Nom serve de moito tela melhor consola, se nom tes jogos (perguntade a SEGA). Moito jogo exclusivo da Nintendo (Mario, Zelda…), peró do resto… Eu sou mais do FIFA, Need for Speed, Gran Turismo…

          • Julio da Gaita ✔

            ?! num intendi nada ./

          • Galego da área mindoniense

            Que?

          • Eloy

            O castelã, pola/pela reforma da normativa do 2010, já nom se admite o emprego do til nese/nesse caso como tampouco dos pronomes demostrativos ‘este’, ‘ese’ ou ‘aquel’. Perdoa-me se nom empreguei bem a ortografia.

          • Galego da área mindoniense

            Que nom entendiche?

          • Julio da Gaita ✔

            soy da roça, só hablo brasileiro…

          • Galego da área mindoniense

            Ulo problema, entom?

          • Galego da área mindoniense

            No castelão, é “sólo”. Mais nom fai falha que me fales castelão (mais bem, castrapo). Podes falar-me como falas sempre, que bem te entendo.

    • Mas se for incompatível nas versões seguintes, matando a retrocompatibilidade, é foda…

      (Estou olhando torto pra todas vocês, sony, nintendo…. )

      E Windows é líder de mercado não é a toa (*sem mencionar as práticas desleais e monopolistas)… Se a Apple abdicasse da venda casada e do funcionamento forçado em conjunto colocando o MacOS (antigo OSX) independente do hardware, tal como é o Windows, teria um destino melhor como sistema, em vez de estar atrelado a Hardware propagandeado como a “última maravilha da indústria” cujo custo é de banana mas é vendido a preço de ouro. Tentam lucrar em tudo, criando mais grife que qualidade.

      *SEI que existe Hackintosh, mas depende de hardware específico e gambiarra pra rodar.

      • Flávio Pedroza

        Quero ver se o OSX iria ser tão bom se tivesse que rodar em um número praticamente infinito de combinações de hardware…provavelmente ia dar tanta “tela azul” (ou que quer que seja a tela de erro da apple) que no final o povo só ia usar em equipamento da apple…

        • Julio da Gaita ✔

          Eles iam perder o fator “mágica”…rs

    • Matheus

      Foi uma piada. A Microsoft está fazendo o contrário da Nintendo achando que hardware é mais importante que software.

      • Alguém entendeu! o/

      • Logo a Microsoft, que sempre prevaleceu o software.

        • Tiago Ferrari

          Mas que está apanhando pra Sony que anda caprichando no hardware.

          • Galego da área mindoniense

            Olhade a PS Vita. Eu tenho-a e abofé que tem um potencial incrível. Tem ũus gráficos moi bons, tendo em conta que é ũa portátil. Nom há moitos jogos pra esta consola, mais bem me chegam.

    • ricms

      Seja bem vindo! Aceita um café?

    • Julio da Gaita ✔

      Bons jogos são mais importantes que os dois amigo. Mas vamos lá cite quantos bestsellers da nintendo que não sejam mario, zelda ou pokemon….

      • Galego da área mindoniense

        Por isso, nom merco consolas da Nintendo. Som moi boas, peró nom têm jogos.
        A Nintendo Switch é ũa consola revolucionária, certo, mais nom me interessa jogar apenas a esses três jogos que citache. Prefiro agardar até o lançamento da Play Station 5 (e ũus dous anos, pra que os preços baixem), pra assim poder ter acesso a tôdolos jogos dos que gosto.

        • Julio da Gaita ✔

          Comparto la misma opinión compañero que habla de manera esqquisita

      • Felipe Albrecht

        concordo, vide blizzard, cite o que ela tem de bom alem de Starcraft, warcraft, ou diablo..

      • Haroldo Bessa

        É tipo a DC dos jogos.

        • Haroldo Bessa

          E olha que eu sou DCnalta e Nintendista, mas a verdade é a verdade.

  • TheGuy

    Que post ruim, o videogame foi disponibilizado com relativamente poucas unidades por varios motivos, como vir do maior fracasso da Nintendo, ser lançado em um mês tradicionalmente de baixas vendas, etc.
    E mesmo assim ele foi o melhor lançamento da Nintendo, ou seja, não faz sentido nenhum nada do que vc falou.

    Segundo que aqui na Europa (e sei que em outros países ocorre o mesmo) vc não acha o Switch em lugar nenhum, e por isso eu mesmo cheguei a cogitar comprar o Zelda antes de conseguir comprar o videogame, outras pessoas devem ter feito o mesmo, além das edições limitadas/de colecionador, etc.

    • ricms

      Terceiro. O café já está na mesa.

      • Chegou mais uma lá embaixo, reclamando da “reportagem”.

  • Gaius Baltar

    Por que é arrogância divulgar os próprios números de venda? Sinceramente não entendi a animosidade do post.

    • Fiquei chateado com a Nintendo interrompendo a produção do NES Classic. E a tal arrogância foi porque normalmente o NPD não divulga nenhum número, mas como a Nintendo liderou ela mesmo os divulgou.

      • Matheus

        Mas esses números são da própria NPD. Eles já tinham anunciado e poucos minutos depois a Nintendo comentou com um press release para imprensa. Eu vi na verdade isso acontecer, mas parecia um tipo de “diz que me disse”, onde estavam falando desses números mas ainda não era oficial. Aí a Nintendo enviou as informações completas do grupo. Os números oficiais saíram só dia 27 no relatório fiscal.

        Aliás, vocês irão cobrir o relatório?

      • Galego da área mindoniense

        A interrupçom foi ũa estratégia de mercado. Prá Nintendo (e pra Sony, Microsoft, Sega, Apple…) isto nom é mais ca um negócio. E o que tentas fazer é obtelo máximo benefício.

      • Gaius Baltar

        Entendo a sua chateação, mas esse fator nada teve a ver com as vendas do Switch. Respeito a opinião de quem acha arrogância, mas a verdade não ofende. Quem melhor para divulgar os números corretos do que a empresa que vendeu? “Ah, mas ela só divulgou porque liderou o ranking”. Sim, isso chama-se aproveitar o marketing. ¯_(ツ)_/¯

      • gbitte

        Seria oportunista não arrogância. Mas quando o cara tá fulo é foda.

    • Julio da Gaita ✔

      é facil mostrar os números quando se sai ganhando amigo…

      • Gaius Baltar

        É claro, é assim que funciona o capitalismo. Mostra-se o que é bom e não divulga-se o que é ruim. Na 5ª série era chato ser o sabichão que tirava notas boas, mas no mundo empresarial é ótimo poder divulgar bons resultados

  • MacGaren Pelado

    Esse post esta bem merda hein!!!

    • Julio da Gaita ✔

      pq…

    • tuneman

      E quase chegou ao nível Cardoso de mimimi

    • Qual o motivo, floquinho?

      • Tadinho, ele ainda não deve ter um Nintendo Switch… eu também não tenho e entendo perfeitamente…

        E apesar de ser fã da marca e do personagem…

        Pau no Cu dos acionistas e dirigentes da Nintendo, forçar altos índices de venda (e consequentemente altos preços, pela falsa alta demanda de mercado) com escassez do produto é uma puta falta de sacanagem.

      • ricms

        Kkkkk tive q floodar teu post Laguna. Adoro leitores novos no blog! Kkk

    • ricms

      Quarto. Acho q não vai ter pra todo mundo.

  • yoshi treze

    Esse post é pra você divulgar informações da nintendo ou pra expressar sua raiva por ela?

    • WHY NOT BOTH?

      • Julio da Gaita ✔

        né… as pessoas não aceitam opiniões diferentes mesmo que bem argumentadas, é triste!

        • yoshi treze

          Eu aceito a opinião das pessoas, mas a intenção da pessoa é divulgar notícias ou criar discussões?

          • Não sei se você sabe, mas o MeioBit é um blog. Seja bem-vindo.

            No presente blog opinamos sobre as notícias e estimulamos discussões nos comentários.

          • yoshi treze

            Foi mal, estava desenformado

          • Thiago Alencar

            E agora você tá numa forma?

            Prassódia, OBLITERAR!

          • Galego da área mindoniense

            Na escrita, é “está”.

          • E isso é ótimo.

            ( SIM, Blog certo pra usar esse da forma CORRETA, roubei o bordão… blé =P )

          • Galego da área mindoniense

            Emanuel, apenas um apontamento: no português a forma mais correta é “blogue”.

          • Julio da Gaita ✔

            e você fala tudo no português correto amigo? vai me dizer que você tem um espertofone?! rs, professor pasquale meia boca..rs

          • Julio da Gaita ✔

            e porque não?? mas se você aceita a opinião contrária, pq está discutindo?

          • yoshi treze

            Não tô mais discutindo

          • Galego da área mindoniense

            Será “estou”?

          • Julio da Gaita ✔

            pau no seu cu…rs

          • Galego da área mindoniense

            Um jornal, normalmente, tenta mostralas informações da maneira mais objetiva possível; bardante nos artigos d´opiniom. Um blogue é coma se fosse um artigo d´opiniom dum jornal, é subjetivo. Por isso, no MeioBit se divulgam as notícias; mais tamém se dá a opiniom que têm sobre elas. É algo lógico, este é o seu blogue. Pra divulgar ũas simples informações já estám os jornais. Acô o que se fai é dala opiniom sobre essas informações. Se nom gostas, tens moitos jornais por aí. E ninguém che obriga a discutir.

          • Fernando Silva

            Why not both?

    • ricms

      Mais um. Seja bem vindo e aceite um café!

    • Freddy Fazbear

      o cara que fez a notícia deve ser fanboy de Sony e PlayStation, talvez seja por isso que a notícia fala mal da Nintendo

      • yoshi treze

        Com certeza

  • Evandro

    Comecei a ler o post e pensei “Caraca, o Dori bateu com a cabeça?”. Então vi que não foi o Dori que escreveu.

    Um alívio!

    • Ufa, fico feliz por você. 😛

    • Dori ainda não cantou o tema de DuckTales sem camisa… =P

      • Evandro

        Isso é alguma promessa dele? Vamos encorajar o garoto então!

  • Vinicius Santos

    Que rancor nesse seu coraçãozinho tio Laguna! Calma que logo você consegue comprar um! Também queria um agora mas tem que ter paciência, é até melhor esperar pra comprar pq aí já tem mais jogos e menos problemas que sempre aparecem no lançamento, como a perda de sincronização do joycon, logo você pega um!

    • Julio da Gaita ✔

      esses jovens gafanhotos sem senso de humor ou interpretação de texto.

      • Millennials nunca aprendem.

        • PugOfWar

          Isso me faz ter medo pela próxima geração

          • Galego da área mindoniense

            Medo pola “geraçom Super”?

          • Renan Alves

            Vai ser viado longe com essa maneira de falar seu babaca

        • Julio da Gaita ✔

          haha,, orra tio nem todos, mas assumo a cagada da minha geração, mimi llenials são foda mesmo..rs

          • Manoel Jorge Ribeiro Neto

            A chamada “geração Z” (não, não é a do Dragon Ball) é ainda pior. Mas reconheço que a “geração do milênio” é muito mimizenta.

  • Ivan

    tablet japones generico, melhor descrição possivel do switch.

    • Galego da área mindoniense

      Mais, isso si, é japonês; nom chinês.

      • Ivan

        ????

        • Galego da área mindoniense

          A calidade é superior.
          O que está feito no Japom é de boa calidade, a tecnologia alô está mais avançada. O que está feito na China nom dura nem três dias…

    • Galego da área mindoniense

      E os acentos? Tinhas fame?

  • Igor Alves

    Tire essa mágoa do seu coração, Laguna… 🙂

    • Julio da Gaita ✔

      E mande embora a solidão… ♫♫♫

      É na sola da bota
      É na palma da mão
      É na sola da bota
      É na palma da mão
      Bote um sorriso na cara
      E mande embora a solidão

      ♫♫♫

  • Julio da Gaita ✔

    porra Laguna, os floquinhos nintendistas estão descontrolados, parece que uma critica com pouco de humor ácido fez esse alvoroço todo.

    • Realmente, e olha que eu me considero fã até demais da Nintendo, tendo GBA, DS, o3DSXL, n3DS e Wii U.

      • Julio da Gaita ✔

        também sempre foi meu segundo console favorito, desde a época do Super Nintendo e depois nos emuladores.. na época do SNES era o favorito vai…rs

  • gbitte

    O Zelda também saiu para o Wiiu, o que talvez explique a diferença de vendas.

    • Galego da área mindoniense

      “[…] o Legend of Zelda: Breath of the Wild, que vendeu nada menos que 1,3 milhão de cópias […] Foram 460 mil cópias no Wii U e outras 925 mil cópias no Switch. […]”

  • Germano

    Não fede nem cheira. Meu entusiasmo com a Nintendo esfriou muito depois do Wii. Disse depois, o Wii eu curti, tenho o meu ate hoje.

  • Quiel

    Bloguezinho fãboy do caralho cara

    • Galego da área mindoniense

      Algo mais?

    • Qui él… CTRL+W tá logo ali…

      Ou então vá ler aquele maravilhoso lugar com “Tecnologia para pessoas”, o Gizmodo.

    • “O Switch não é sobre hardware, é sobre um novo jeito de jogar, agora se tu não ta feliz, joga no PS4” — Quiel

      Isso para mim soa mais como ‘fanboy’ que a matéria… escrita com o bom humor discreto do Laguna.

  • F4v3r0

    Tô querendo pegar um pq botei fé no bicho. O problema é essa política do araque da Nintendo. Às vezes eu acho que ela merece uns revés só mercado só pra valorizar mais o seu fã.

  • RôShrek

    Tablet japonês genérico. É bom saber que tem gente na mídia que não tem problema em falar a verdade pura e simples.

    • Magnosama

      Muita gente fica mordida ao chamarem um tablet de tablet, tsc…

  • Rodolfo Oliveira

    Eu acho incrível como muito fa da Nintendo se dói quando chamam o Switch de tablet. É um tablet com hardware generico rodando um OS proprietario, nao passa disso, nao duvido que logo surjam versoes dos jogos dos Switch rodando em tablets Android só fazendo engenharia reversa do codigo.

    • Galego da área mindoniense

      Bom, a Switch tem três modos de jogo: sobremesa, portátil e tablet.

    • Clésio Etílico

      Tecnicamente hoje os únicos que conseguiriam essa façanha seria o Pixel-C da Google e set top box da própria nVidia.

  • Germano

    E serio, por que toda santa materia, topico de forum, ou noticia sobre a Nintendo vira esta guerrinha de defensores vs antagonistas da marca? E nem e so com a Nintendo, podia ser sobre a Sony, a Microsoft, a Apple… kramba são so marcas, cada um escolhe aquela que mais lhe convem e aqueles que nao gostam do que essas empresas fazem que vao para outras opções.
    O Switch pode ser so um tablet, e os outros consoles de mesa atuais mods de PCs… e daí? São só videogames, não se trata da mãe de ninguem.

  • Kheiron

    Engraçado, falam “tablet genérico japonês”, mas nunca vi falarem dos computadores (x86) disfarçados de video game.
    E mais, me parece que a Nintendo está falindo bem, não é ?

  • E a Microsoft está ocupada demais com o Project Scorpio para se importar com um tablet japonês genérico.

    Claro, da mesma forma que ela está ocupada demais com esse Super Videogame© para se importar com o PS4/Pro, desde que lançou o Xbone…

  • Galego da área mindoniense

    “e outras geringonças mobile o futuro da computação.”
    Nom seria “geringonças móveis”?

  • daniel ventura

    Nintendo meu amor volte para o brasil, se tiver suporte tecnico vou comprar um nitendo switch e claro se ficar mais barato

  • Raphael Br

    Achei a reportagem rude e irônica. Provavelmente o objetivo foi esse, muito embora não seja nada nada profissional. Paciência.

    • Reportagem?

      Filho, aqui é um blogue. Noticiamos, damos a nossa opinião e fomentamos discussão nos comentários.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    É impressão minha ou a seção de comentários do MeioBit foi invadida pelos gizmoentos? Notei isso desde o post do Cardoso sobre a iminente guerra na Melhor Coréia :/ .

    • Galego da área mindoniense

      Há que construir um muro…

      • Manoel Jorge Ribeiro Neto

        É uma opção…

  • Artur

    nossa, já vi noticias ruins da MS e Sony aqui… mas disparado o maior numero de comentarios de butthurt é dos nintendistas.

    • Galego da área mindoniense

      Disparado ou disparatado?

      • Daniel Agl

        Galego, aqui no Brasil usamos disparado. Em Portugal não sei qual usam.

        • Galego da área mindoniense

          Isso nom o sabia. Beiçom pola informaçom, é algo novo que aprendo.
          Em Portugal nom che posso dizer cal usam (se há algum leitor português lendo isto, poderia esclarecer); mais na Galiza, nessa oraçom, usaríamos “disparatado”. “Disparado” é pra cando algo sai a moita velocidade (um projétil, um carro…)

          • Daniel Agl

            Sim, aqui também usamos para algo que saiu à alta velocidade. É muito comum usarmos uma palavra para diferentes significados.

  • Rafael Fernando

    Ainda acho que tá hypado! Apenas.

  • Meganegão

    Depois que todo mundo ja tinha seu ps4 ou xone é mole.

  • Fernando Silva

    Faz todo sentido. Eu mesmo comprei a edição especial europeia de Breath of the Wild e a estadunidense, já que os itens contidos eram ligeiramente diferentes.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis