Audi e a magia da fotografia publicitária

audi

Você só vai entender a magnitude da frase “A fotografia não representa a realidade” quando trabalhar, ou acompanhar alguém, em fotografia publicitária. O trabalho do fotógrafo nesse segmento é vender sonhos e mostrar um produto muito mais bonito e atrativo do que ele é na realidade. Fotografia de alimentos é a expressão máxima dessa verdade. Hoje existe um movimento de que a fotografia de alimentos deve expressar o que o prato é na realidade. Por isso que temos vários fotógrafos que vão até o estabelecimento comercial e fazem as imagens do prato verdadeiro, mas a fotografia “raiz” de alimentos ainda existe, principalmente em fast food e grandes redes de restaurantes.

Entretanto, não é apenas em alimentos que a fotografia publicitária cria mundos inexistentes. Embora a maioria dos comerciais de carros sejam grandes produções, a Audi contratou o fotógrafo Felix Hernandez (especialista em fotografia de miniaturas) para produzir as fotos publicitárias do novo Audi Q2. Felix aponta que esse trabalho foi um grande desafio, pois foi a primeira vez que teve que trabalhar com modelos na escala de 1/43.

Eu trabalho normalmente com modelos de escala 1/18. Mas, para o lançamento do Q2, fui encomendado para fazer uma série de fotografias usando um modelo de escala 1/43. Esta foi a minha primeira vez fazendo este tipo de fotografia com um modelo tão pequeno”.

Trabalhar com uma escala tão pequena exige que os cenários sejam ainda mais realistas e com detalhes muitos pequenos. Todas as paisagens foram criadas em estúdio (inclusive um deserto com dunas) e uma parte generosa do orçamento da Audi foi gasta com uma viagem a Dubai para fotografar paisagens da cidade e utilizar como fundo de uma das montagens. Com um pouco de pó fino, água, LEDs, papelão, Photoshop e muita criatividade, uma peça completa de publicidade automobilística foi feita quase que exclusivamente dentro de um pequeno estúdio.

Vejam abaixo no vídeo explicativo.


Hernandez Dreamphography — Audi Middle East Behind the Scenes

Relacionados: , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • jairo

    Muito bom , realmente criatividade + Photoshop produzem excelentes resultados

  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    O duro é imaginar que um fotógrafo ainda tem que ter todo esse talento de modelagem, cenário, pintura, artes, e tudo mais… me parece que sai muito do que seria a responsabilidade inicial dele…

    • Gilson Lorenti Fotografia

      percebeu que ele estava junto ao modelo quando os flashes estavam disparando? Isso acontece muito na fotografia publicitária. O fotógrafo controla tudo e alguém aperta o botão disparador na câmera. Sempre jogo essa para meus alunos. De quem é a foto? Da pessoa que planejou tudo ou do assistente que está operando a câmera? 🙂

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        ou usou um temporizador ou disparador remoto hehehe

    • No need to say more:
      https://www.youtube.com/watch?v=g-l0iji9ccg

      • Gilson Lorenti Fotografia

        pessoal que trabalha com esse tipo de fotografia tem uma cozinha completa dentro do estúdio 🙂

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Saudades de vc, velha viada

    • SacoCheio

      É a lição essencial da fotografia:

      a diferença abissal entre “tirar uma foto” e FAZER uma foto.

      Trabalho incrível, que fica ainda mais valorizado ao assistirmos o making of.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Concordo, mas uma coisa é saber montar uma cena, iluminação e outros tantos pontos relacionados à foto em sim, outra coisa é ser bom em “serviços manuais” pra fazer uma montanha, uma rua, etc, etc, acredito que nem 1% dos fotógrafos profissionais saiba fazer ou faça o que esse cara fez, acredito que há pessoas especializadas nisso nas agências.

        • Gilson Lorenti Fotografia

          a gente acaba se especializando nas atividades paralelas daquilo que mais fotografamos. Fotógrafos de culinária acabam aprendendo a cozinhar para melhor entender o seu produto. Eu mesmo como trabalho com mulheres em quase 100% dos casos sei muito de maquiagem. É a vida 🙂

    • Luiz

      Verdadeiros profissionais não se restringem a “responsabilidade” ou areas, não existe isto, isto é coisa de peão, peão pensa assim.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Hahahhahaha, você deve ser o tipo “pato”, tem mil utilidades mas não faz nada direito… a especialização é uma arte amigo…

        • Luiz

          Porque obviamente se tu é especialista em algo não pode aprender o basico de mais nada, só dá para ser especialista em 1 coisa na vida, igual naqueles jogos de RPG que tu não pode redividir os pontos de habilidades, colocou tudo em uma só, se fodeu para o resto da vida.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Vou contratar um cara que sabe um pouco de cada linguagem de programação, e qdo eu tiver um problema bem foda pra ele resolver ele não vai conseguir, ou vai fazer cagada… vc pode saber outras coisas, é muito bom saber, mas não dá pra ser responsável por tudo…bom em tudo, aí vc se torna o cara mediano… que não vale muito…que sabe tudo e nada ao mesmo tempo

  • ElGloriosoRangerRojo™

    Hoje em dia tudo o que você compra dá um desânimo depois. Na propaganda parecia ser tão bonito, acabamento perfeito, mas quando você pega na mão dá uma decepção…

  • Sander Manzoli

    Ansel “Deaf” Adams

  • Apenas UMA coisa me incomodou, e que poderia ter sido resolvida com tinta preta diluída: os recortes das portas.

  • paulokdvc

    Mal tiro fotos do celular, mas não dá pra dizer que isso ai não é bonito de se ver.

    Trabalheira hein!

  • Achei top o trabalho dele. Já por parte da audi achei porquice.

    Se vendesse carros populares eu até concordava em fazer essa propaganda de baixo orçamento.

    Mas vender carro acima de 100 mil pra botar carrinho de brinquedo, com defeito visual. Ai tem limites, ne?!

    Mas fazer o que, parabéns pela criatividade..

    • Gilson Lorenti Fotografia

      se você procurar pelo modelo do carro no Google vai perceber que existem centenas de fotos publicitárias do carro em situações reais. Mas, apostando nesse trabalho diferenciado a marca conseguiu aparecer em centenas de sites de notícias (de grátis). O vídeo foi postado há 3 dias e já tem 65 mil visualizações. Então veja bem, eles investiram pouco e tiveram uma visibilidade muito maior do que das fotos tradicionais do carro,

      • Bruno

        A questão é: será que nesse caso o aumento de visibilidade vai melhorar as vendas ?

        Mas que o trabalho do cara é bom, é.

        • Theuer

          A dupla de feias que se acham bonitas cantando uma música que fala “blá blá blá zap zap pra mim” vestidas de azul, vendem mais planos TIM para alguém?
          “Marcas” precisam ficar em evidência, seu valor depende disso.
          Quantos “Ferraristas” você conhece que já compraram uma Ferrari?
          Entendi o que você diz, até concordo. Não sei dizer se já comprei algo pela propaganda, acho que não, mas a sociedade é assim.
          Abraço, boa tarde cara.

          • Bruno

            Bom ponto. Realmente, visibilidade é importante independente do número de vendas.
            PS: ganhei paz de espirito ao não saber quem são as duas que cantam a música, dessa eu consegui escapar ! 😀

          • Theuer

            …e eu agradeço pela compreensão de não me cobrar o nome dessas duas aí. Também não sei quem são e servem apenas para ter que apertar o “mute” no controle remoto.

          • Gilson Lorenti Fotografia

            acho que a questão, além de tentar convencer, é realmente ser visto e conhecido. Eu não gosto de carros. Não dirijo, não entendo nada de modelos e outros paranauês. Mas, agora eu sei que a Audi tem um modelo chamado Q2. Como meu interesse é fotografia essa informação vai ficar gravada em minha memória por conta dessa brincadeira. Eu nunca vejo uma propaganda no Youtube, mas sei que tem uma empresa que faz sites chamada Wix. Alguma valia deve ter essas propagandas 🙂

          • Na realidade quem quer o carro (tem poder aquisitivo) ao menos no Rio não se leva por comercial.

            Tirando aqueles que compram por status no carnê, quem tem bala e vai atrás do que quer pesquisa, cara.

            Procura concorrência. Não se deixa influenciar por comercial, e pego como exemplo minha família, família dos meus amigos e conhecidos de faculdade.

            Na minha opinião essas propagandas são pra fazer um sonho pra quem vai comprar A1, A3 de entrada ficarem babando, isso é marketing. Mas claro que não pode generalizar, mtos assistem e isso influencia.

            Como aquela propaganda da ford que o garotinho gira varinha no banco de trás e o focus estaciona com o park assist..

      • Lucas Ambrosio

        Sem contar que quem assiste sabe que a propaganda é em miniatura, e caso se interesse vai COM CERTEZA procurar imagens em tamanho real antes de desembolsar a fortuna.

    • Theuer

      Não viaja cara, dependendo do artista ali(não conheço sobre o cara), o trabalho é muito mais caro do que meter um carro na estrada.
      Isso é sobre conceito, arte… coisas que talvez precise de pensamento menos raso para entender.

      • Quem tá viajando eh você que não entende do assunto e tá ai pagando vergonha! Hahahahaha

        Quem te falou que montadoras usam carros de verdade na estrada? Eles usam balckbirds que são uma fortuna, muito mas muito mais do que um artista fotográfico, ou plástico ou o que for.

        • Theuer

          AHAHAHAHAHAHA
          Não sei se eu adoro ou odeio quando um Pera com Leite comenta bobagens por aqui.

          Glommer, eu sou diretor de fotografia, é meu ganha pão! Trabalho com isso TODOS os dias!
          Trabalhei com Volks, Ford, MWM, Troller(antes de ser Ford) e outras marcas conhecidas de tudo que é coisa como muitos outros profissionais da área fazem diariamente. O @gilsonlorentifotografia:disqus é um deles, o cara não é um simples “achista” blogueiro.

          “Eles usam balckbirds que são uma fortuna” NÃO! NÃO USAMOS!
          Uma, porque não existem “blackbirdS” é O Blackbird, “THE BLACKBIRD™” como chama a The Mill, sua proprietária.
          A The Mill ganhou prêmio de inovação em Cannes com plataforma Blackbird gerando todo um “Buzz” em cima disso. Ela realmente é muito bacana, mas precisa de um CGI em cima que fica no limite entre fazer sentido ou não usa-la.

          Não acredita? Então vamos aos fatos, até agora a marca que usou o The Blackbird™ foi a GM e… bem, só a GM! Alguns profissionais da área disseram que foi mais para aproveitar o “Hype” do momento do que pela eficácia em si.
          Como você falou que “são uma fortuna” mas tenho certeza absoluta que não possui a menor ideia dos valores, só o seguro inicial exigido para a locação da plataforma pela The Mill, começa com uma apólice de U$1Mi.

          Veio cantar de galo no terreiro errado jovem.
          ps: deixe eu adivinhar, apesar de eu não ter usado nenhuma palavra ofensiva, agora você vai se transformar no comentarista anônimo UOL/G1 e encher de xingamentos aqui.

          • Ou vai pedir pra cagar e sair de fininho…

          • Theuer

            Bingo!
            Sua visão além do alcance mandou bem. 🙂

    • Luiz

      Não é baixo orçamento, o orçamento é o que menos importa. Provavelmente fizeram pela arte e para ser diferente. Tirar foto do carro real qualquer um faz.

  • Lucas Ambrosio

    Daí chega o zézinho do bairro, compra uma câmera de 5 pila, pindura no pescoço, faz usn cartõeszinhos, sai “fodrografando” e se acha “O FOTÓGRAFO”.

  • Muito legal mas só pra fazer graça, 90% das imagens de carros são CGI, o controle do resultado final é muito maior.

  • Well Dias

    O que antes era mera técnica, hoje é arte.

  • Well Dias

    Nenhum carro foi maltratado durante as filmagens desse vídeo.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis