Sony guarda os melhores sensores para suas próprias câmeras (finjam surpresa)

A Sony entrou no mercado de câmeras digitais quando a tecnologia ainda engatinhava e as câmeras eram mais uma curiosidade (e muito caras) do que um equipamento viável. Eu fui o feliz proprietário de uma Mavica que armazenava imagens em disquete (cabiam 10 imagens por disquete). Na época era uma coisa incrível, mas a usabilidade do arquivo era quase nula. Até uma impressão em tamanho 10 × 15 cm ficava horrível. Só que as coisas evoluíram. Várias compactas e ultrazooms apareceram e até algumas prosumers bem interessantes. Mas, a Sony só pegou pesado no mercado depois de comprar a Minolta e toda sua tecnologia de produção de câmeras reflex.

Embora as câmeras sejam excelentes a empresa nunca conseguiu dominar uma fatia considerável do mercado. Porém, existe um setor da fotografia digital onde ela é líder: a fabricação de sensores fotográficos. Provavelmente você deve ter algum equipamento em sua casa com um sensor Sony. Seja um celular, tablet ou uma câmera fotográfica. Vários fabricantes se valem dos sensores produzidos pela empresa. Já em 2014 sabíamos que 40% dos sensores utilizados pelo mercado eram de fabricação da Sony. O negócio estava indo tão bem que foi criada a Sony Semiconductor Solutions em 2016 apenas para cuidar da fabricação de sensores.

Entretanto, como é gerenciado o que fica com a Sony e o que é vendido para o mercado? Em 2014 Shigeki Ishizuka, diretor global do negócio de imagem da Sony, disse em uma entrevista ao Dpreview que a fabricação de sensores da Sony é dividida em 3 categorias. Sensores de primeira categoria são os direcionados exclusivamente às câmeras da Sony. São tecnologia de ponta como o sensor da A7R II. Porém, com o passar do tempo e com o desenvolvimento da tecnologia, esses sensores podem cair para a segunda categoria. Nesse caso eles podem ser comercializados para outras empresas já que a Sony já explorou por muito tempo o seu potencial. E existem os sensores de terceira categoria que são produzidos para algumas câmeras da Sony e para o mercado em geral.

Porém, a Imaging Resource publicou recentemente uma entrevista com Kenji Tanaka, gerente geral sênior do Grupo de Imagem Digital da Sony, onde ele afirma categoricamente que a tecnologia mais importante dos produtos Sony, que conferem o seu diferencial, é a arquitetura de fabricação dos sensores. E que esses sensores superiores são de uso exclusivo das câmeras topo de linha da Sony. Ou seja, existem tecnologias de sensores que não são repassadas para outras empresas, mesmo que sejam antigas. A notícia causou espanto nos editores da Imaging Resource. Infelizmente, de forma inesperada, a matéria foi retirada do ar pouco tempo depois de publicada.

Sinceramente, eu não entendo essa surpresa. Se você é bom em alguma coisa e torna seu produto exclusivo, então qual a lógica de compartilhar? Só lembrando que, segundo o DxOMark, a Sony A7RII ainda possui o melhor sensor fotográfico entre as câmeras fotográficas e que a segunda colocada, a Nikon D810, também trabalha com um sensor produzido pela Sony.

Fonte: Petapixel

Relacionados: , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis