Adeus Popular Photography Magazine

Antes da internet se popularizar, uma boa fonte de informação e conhecimento sobre fotografia eram as revistas especializadas no assunto. Eram fonte de informação sobre lançamentos, exposições, livros publicados e projetos artísticos dos principais fotógrafos do mundo. Existiam algumas no Brasil, mas as melhores, e mais difíceis de achar, eram as revistas americanas. Aqui no interior eram impossíveis de serem encontradas. Mas, conseguia algumas toda vez que viajava até São Paulo, principalmente em sebos.

Com a internet tudo mudou. A informação está disponível imediatamente e sem custo. Vários fotógrafos ministram cursos on-line gratuitos (são todos malucos) e vários textos, desde os introdutórios até os mais técnicos, são encontrados em blogs e sites. As novidades estão disponíveis em todos os blogs voltados para a divulgação de equipamentos, cursos e técnicas. Revistas impressas precisaram se adaptar, mudar parte de seu conteúdo para internet, ou seja, o mesmo caminho tortuoso que a imprensa tradicional teve que percorrer.

Porém, muitas ficaram pelo caminho e desapareceram nos últimos 20 anos. Só os mais fortes sobraram? Talvez nem eles sobrevivam. No dia de hoje, Eric Zinczenko, CEO da Bonnier (empresa responsável pela publicação da revista Popular Photography) mandou um e-mail para todos os funcionários da empresa anunciando que a publicação estava chegando ao fim. A edição de março/abril será a última a chegar às bancas americanas. O site PopPhoto.com será atualizado até o dia 10 de março (sexta-feira) e depois ficará um tempo no ar até ser desativado totalmente. A  American Photo Magazine, que também pertence a Bonnier, e que nos últimos dois anos só tinha uma versão web, também vai parar de ser atualizada na sexta feira.

A Popular Photography teve sua primeira edição publicada em maio de 1937 e foi uma revista mensal até 6 meses atrás, quando virou bimestral. Quase 80 anos de história que agora chegam ao fim. Talvez reflexo dos rumos da produção de conteúdo em tempos de internet.

Fonte: Dpreview

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams “Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio”.

Compartilhar
  • Monkey

    Receio é pelo fim das linhas de produção de máquinas Reflex. Deverá acontecer algum dia… 🙁

  • Droga, agora falta dizer que minha lambe-lambe está obsoleta….

    • Cocainum

      Rick: Dou US$ 10,00 por ela! O mercado está ruim e vai ficar ocupando espaço até conseguir vender!

  • SacoCheio

    Sinal dos tempos… E pensar que há alguns anos considerei seriamente comprar uma banca de revistas. Tudo vendido em consignação (não vendeu, devolve pra editora), margem de 30%… O que poderia dar errado? 🙁

    Tomara que tenham a generosidade de publicar o acervo gratuitamente, deve ter um material histórico fabuloso.

  • Theuer

    É meio maluco isso tudo…
    Tantas coisas funcionando gratuitamente hoje em dia por contribuições de conteúdo e tal, será que “marcas” como estas não são capazes de se adequar e continuar ao menos on-line?

    • Juaum

      Uma hora os contribuidores irão acordar e perceber que trabalhar de graça não dá futuro.

      • Theuer

        Até entendo, mas por experiência digo que já aprendi mais em certos blogs/foruns onde todos são contribuidores do que em alguns cursos pagos que cheguei ao ponto de me arrepender de ter ido em busca de fazer.

        • Gilson Lorenti Fotografia

          acho que todos nós já nos arrependemos de cursos que pagamos para fazer 🙂

  • Ivanney Pessôa Moreira Martins

    Putz, Noticia triste, apesar de estar afastado da Fotografia a alguns anos ainda acompanhava bissextamente as materias de lah, comparativos de lentes/objetivas, equipamentos, mercado, etc.

    Aquela pagina que tinha da bicicleta e roda gigante cansei de usar para demonstrar as diferencas da mesma foto com distancias focais diferentes.
    Em materia de reportagens admito que nao era das minhas preferidas (Outdoor photographer, Airone ainda existem??), mas de qualquer maneira uma Referencia fisica a menos q teremos.

  • Odilon Costa Neto

    Vou ficar um pouco triste quando as bancas de jornais deixarem de existir, mas é a vida né… :/

  • Sinceridade

    Desconheço

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis