GT 5822, a impressora sem cartucho de tinta da HP

Ter uma impressora é ter um problema. Os modelos tradicionais podem ser bem acessíveis hoje mas como todo mundo descobre depois, o ouro é a tinta. Não há nenhum outro elemento tão caro na face da Terra quanto tinta de impressora, e por isso mesmo impressão é um problema tanto para quem usa muito e não tem dinheiro infinito, quanto para quem usa pouco e é obrigado a lidar com o desperdício, porque tinta eventualmente seca.

A solução encontrada pelos usuários foi adaptar, na base da gambiarra tanques de tinta aos cartuchos de impressão. Acabou uma determinada cor você só compra o refil correspondente e abastece, o que se reflete em uma tremenda economia no fim do mês. A Epson, ao perceber que não podia competir com tal engenhosidade adotou o esquema e agora foi a vez da HP, com a Deskjet multifuncional GT 5822.

A ideia dessa nova impressora é a mesma da linha EcoTank da concorrente: fornecer um equipamento para quem imprime um alto volume de páginas por mês mas sabe o quanto tinta é cara mas gostaria de economizar no orçamento. Ela possui resolução de 4.800 × 1.200 dpi por página colorida e imprime até 16 ppm em modo P&B; em cores, 8 ppm. Digitalização? Até 1.200 dpi.

A parte mais legal no entanto está no abastecimento de tinta. A HP desenvolveu frascos seguros que não vazam mesmo se abertos e virados de ponta-cabeça, e a tinta só escoa quando acoplados diretamente nos bicos do tanque da GT 5822. Uma vez abastecidos a tinta para de fluir, evitando assim qualquer lambança que desastrados em geral poderia vir a fazer.

A impressora também pode ser operada livremente por dispositivos móveis, é compatível com o AirPrint da Apple e imprime documentos e fotos diretamente armazenados no seu iPhone. O app dedicado HP All-in-One Printer Remote (iOS, Android, Windows 10) adiciona mais funções, como digitalização de documentos e impressão via e-mail (o uso do app é obrigatório para demais usuários de dispositivos móveis).

Embora os R$ 1.099,00 da GT 5822 seja um preço um pouco mais elevado do que as jato de tinta convencionais, a longo prazo o custo pode vir a compensar: cada frasco de tinta custa R$ 59,90; os coloridos com 80 ml. e o preto com 90 ml. Cada recarga completa garante 5.000 páginas em P&B (R$ 0,01198 por página) ou 8.000 coloridas (R$ 0,0224625/página), bem longe daquela mixaria dos antigos cartuchos de tinta. As duas cabeças de impressão são substituíveis (dispensando manutenção especializada), mas seu preço ainda não foi fixado pela HP; sua autonomia no entanto é de 15 mil páginas.

É possível ser feliz assim, principalmente quem imprime em grandes quantidades e não quer fazer uma sangria no bolso todo mês.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Weuller Faria

    Se for pra não usar gambiarra dos bulks de fundo de quintal, vou de Epson, que é 400 dinheiros mais em conta.

    • Daniel Belini

      Mas a cabeça das Epson da problema muito fácil e uma nova custa mais caro que uma impressora.

      • @cheesepaulo

        tem umas 4 aqui no meu trabalho da L555. 2 anos de uso, só precisei encher o refil 2x nesse tempo zero de problemas com cabeça de impressão. Praticamente extinguiu os custos com suprimentos. Detalhe, só entra tinta original. Boa parte dos problemas com cabeça de impressão vem de tintas de má qualidade.

        • Daniel Belini

          A que eu tinha era aquele primeiro modelo de tanque, sempre colocamos tinta original mas não durou muito não.
          Além do problema nas cabeças, ela parou de puxar papel e desalinhou o scanner.
          Acho que as novas devem ser mais duráveis.

      • Felipe Braz

        Eu gostava da qualidade de impressão das epson, mas os problemas nas cabeças de impressão me fizeram trocar de marca.

    • Careca Voador

      Até profissionais especializados (como eu) abandonaram a Epson por causa das cabeças de impressão. Ainda não deu pra largar de vez, mas aos poucos vai…

    • Corvo

      Aonde? As Epson EcoTank estão nesta mesma média de preço, pelo menos na internet.

    • O (ex)Datilógrafo da AEB

      Epson dá muito problema, um amigo que é técnico não me recomenda por nada a epson, chega umas 5 por dia na loja dele. https://uploads.disquscdn.com/images/8eda911c36c48a8c2bfabab672cf9be6683647ed43a0dbc954156c2bc1183322.jpg

      • Alvaro

        Tenho uma l220 (a primeira com tanque da epson) e o único problema que tive com ela foi a porcaria da almofada de Descartes que encheu (um contador no software marca o uso) que eu mesmo no espírito DIY limpei, e resetei o software… passo meses sem usar e 2 limpezas do cabeçote no modo maximo seguidas são o suficiente para ela voltar!!! Nunca usei tinta paralela e a danada não quebra (queria a desculpa para uma nova com Wi-Fi)

        • Harlley Sathler

          Tenho uma L355 e nas duas vezes em que tive problema foi só executar essa limpeza (escoamento de tinta das mangueiras). Vi uma adaptação para eliminar a almofada e direcionar a tinta residual para um frasco externo. Daí é só resetar o contador. No mais, a qualidade de impressão dela bate as HPs (cabeça piezo elétrica x bubble jet) e para alguns tipos de trabalho, tipo sublimação, são as únicas impressoras domésticas que atendem.

      • David Kwast

        Na empresa tem 5 e nenhuma delas deu problema até agora. Uma delas já chegou na kilometragem de vida útil de laser. Somente precisando limpar a almofada e resetar.

      • Weuller Faria

        Não discordo. Tinha uma Epson aqui em casa, que eu mesmo enchia os cartuchos de tinta. Um mês que praticamente não usei e rodei na impressora.

      • Uma imagem que vale mais que mil palavras (impressas ou não…) =P

        • titanio

          kkk

      • Boa é olivete né? xD

      • lordtux

        Que visão do inferno.

      • titanio

        omg kkk

    • carlitus

      Olha, eu paguei perto de milzinho numa L355. Gasto mais papel e tinta alinhando a porra do cabeçote de impressão, que desalinha se eu olhar torto pra ela, do que imprimindo documentos. Se essa HP aí custasse 400 paus mais caro e não me desse esse tipo de dor de cabeça, pagaria fácil.

  • Realmente é uma impressora sem cartucho de tinta, formidável.

    • Leo Souza

      Rapaz, eu também me equivoquei com o título, entrei no post pensando: “Caramba, como a HP fez isso, impressora sem cartucho.” Agora que li o post estou me achando idiota por pensar isso. Kkkk

      • Leonam Ramos Folí

        ja tem! inclusive a muito tempo, se chama impressora térmica!

        • Leo Souza

          Eu sei, mas essa precisa de papel especial, o que eu pensei foi que a HP tinha dado uma de Apple e feito Mágica™. Impressão sem cartucho em papel normal.

          • Mas existe em estudo essa impressão térmica, mas a laser e nãocilindro tipo de toner… por queima no papel… até estudo de reaproveitamento de papel… mas tudo ainda em estudo… mas diferente desta MERDA de papel com química que é utilizado pelo comércio e que se apaga se exposto ao calor ou umidade …

          • Leo Souza

            Essa eu não conhecia, pesquisarei sobre, conhecimento sempre é bom. Obrigado pela informação.

          • Este papel apaga até se vc pegar um resfriado!

          • Leonam Ramos Folí

            kkkkkk a Apple quando lançar uma impressora será sem tinta, a Mágica™ será que eles vão vender com nome diferente, vão chamar de iColor será iColor CYMK

      • Eu até pensei, por um breve momento de doce ilusão, que estavam disponibilizando ao público algo que ainda é experimental, aquela tecnologia de impressão por “queima a laser” no papel… ledo engano, nunca que a HP iria parar de vender tonner e tinta … NUNCA, JAMAIS… tem pegadinha…

        começo a ler, hááááá.. ali a pegadinha… recarregável …

    • Também enganado com sucesso. kkkkkk

  • Jean Franco

    Valeu por lançar a tendência, Epson!

    • George Schildth

      Não foi a Epson quem lançou a tendência, foram os especialistas em “adaptações técnicas”, ela apenas se viu forçada a isto.

      • Leonam Ramos Folí

        mas adaptou bem, e fez um ótimo trabalho, tenho uma L455 que se pagou no primeiro mês e a tinta durou 1 ano!

        • lordtux

          É boa essa? To procurando uma porque a minha officejet pro 8620 foi pro saco. A quanto tempo você tem essa ai?

          • Leonam Ramos Folí

            vou te explicar o mini mundo onde ela “se pagou”
            minha irmã ia fazer 15 anos, precisava fazer os convites, fomos orçar eles e cobraram 3000 reais, eu achei um absurdo e disse q iria fazer, mas precisava de material, paguei na época 1000 reais nela, fiz todos os convites+artes impressas do aniversário, com qualidade profissional, saindo por uns 2200 reais e a impressora durou até hoje, ela tem 1 ano, a tinta (black e Magenta) acabaram em setembro, mesmo depois de ter impresso tudo!

          • Leonam Ramos Folí

            há 1 ano e 4 meses, pra necessidade que eu tive, ela ja se pagou em 1 mês, adorei a velocidade e a qualidade da impressão, fica muito bem fino o trabalho e a tinta dura muito!

      • E agora a HP se “rendeu” ao mesmo, pra não perder mais mercado…

        A HP e EPSON não vem perdendo apenas em cima da venda de cartuchos de tinta (com abastecimento ridículo e pífio com valores absurdos), mas vem perdendo venda de impressoras, pois ao mesmo tempo que o povo tem buscado o Bulk Ink, também tem buscado impressoras de outras marcas que não fazem tanta putaria quanto as duas, de enfiar até chip de verificação e validação de originalidade e contagem de impressão (que conta como impresso inclusive quando dá erro, sobrando tinta em cartucho sem poder usar, ou ainda parando e inutilizando a impressora pela contagem limite alcançada como nas epson). E inclusive, impressoras cujo Bulk Ink não faça lambança cheio de mangueiras e gambiarra.

        Um grande exemplo são as impressoras Brother que muitos passaram a gostar, cujo cartucho de bulk ink era apenas a versão do original transparente e maior pra ter maior capacidade, dispensando instalação de mangueiras e outras variações de gambiarra pra bulk ink, além de não ter chip nos cartuchos. Coisa que nas hp´s só era possível comprando as versões mais caras e usando CHIP…

        A Epson com essa tentativa, além de passar a vender mais desse modelo que as demais, passou a “vender mais tinta”, mas barateando o custo, já que agora não há cartuchos, apenas a tinta para abastecer, mas ainda assim com valor caro, em comparação com as tintas “genéricas/compativeis” para recarga. Hp seguirá pelo mesmo caminho, mas não pelos mesmos preços…

    • Humberto Machado

      Tenho um Cliente que tem uma Samsung 1610 que funciona tem uns 9 anos. Só intervi na mesma umas 3 vezes… todas elas por pick-up roller.

  • Antes tarde do que nunca né HP.
    Só esse preço que precisa melhorar. Por um lado isso será bom, a Epson pode reduzir o preço das EcoTank (e deve!).
    Tenho uma L210 a mais de 2 anos, nunca tive problemas com cabeça de impressão.
    Thanks Epson!

  • Felipe Braz

    O problema também é a inflação do preço dos cartuchos que quase obriga a comprar impressora nova. Quando comprei a minha impressora (a uns 4 anos) o preço do cartucho preto original HP60 era 35 na saraiva, hoje na mesma loja é 90!

  • David Kwast

    Agora sim HP!!! Obrigado Epson!!!

  • Emílio B. Pedrollo

    Ter uma impressora é ter um problema.
    -Gogoni, 2017

  • Careca Voador

    Faz pelo menos uns dez anos que eu não tenho mais nenhum tipo de impressora em casa, felizmente.

  • Corvo

    Pra quem imprime pouco sai muito mais barato pagar para imprimir.
    Só quem já torrou dinheiro com impressora e cartuchos sabe o quanto R$1,00/folha é barato para pagar numa lan house.

    • andrezosa

      financeiramente vc tem razão, mas as vezes compartilhar doctos com estranhos eh muito ruim. se imprime pouco va na impressora mais barata ou se bobear pegue uma usada.

      • Corvo

        Bom mas vai cair no mesmo problema, uma impressora mais barata ou uma boa usada quando o cara for precisar dela novamente os cartuchos vão ter entupido por ter ficado muito tempo parada, e muitas vezes só trocando o cartucho.

    • Concordo. Usuários residenciais não precisam/deveriam possuir impressora.

  • Tenho uma HP p1102w P&B à laser há anos e só recarreguei ate hoje duas vezes. kkkkkkkkkkkkkkkk prefiro a minha, que a proposito custou 399

  • Claudio Torres

    Eu tô com uma Samsung a laser a uns 3 anos, cara ela é ninja. Funciona até quando estou com pressa. Com toners de 30 reais do ML? Funciona também. Só é P&B.

    • tuneman

      pra quem precisa apenas de impressão PB as lasers ainda são mais vantajosas.

    • The xD

      Impressora à laser é a melhor coisa que há!

      Faz uns 5 anos que tenho uma HP de impressão à laser, ela continua firme e forte, cada toner dura até 2 anos aqui em casa, contra uns 3 meses dos cartuchos de impressoras à jato de tinta. O único inconveniente mesmo é para quem precisa de impressões coloridas, o que não é o meu caso…xD

      • SiouxBR

        Tenho em casa uma multifuncional laser da Brother comprada a 5 anos e que até agora não precisei trocar o toner. Foi o melhor investimento que fiz em TI

        • Leonam Ramos Folí

          bom saber disso, to com uma DCP-1602 aqui no trabalho agora, fiquei desconfiado, porque foi a primeira vez que vi essa marca

          • SiouxBR

            A minha é a DCP-8070D. Só tenho elogios à marca e ao modelo. Na época da compra fiz pesquisa e descobri que é a mais econômica que existia…

          • Leonam Ramos Folí

            deve ser mesmo porque o tamanhozinho que é o tonner dela, achei que não duraria nada, em falar nisso, gostei do contraste dela!

          • Leonam Ramos Folí

            isso me deixa mais relaxado ainda em relação a ela, porque é repartição publica, vc deve imaginar o quanto deve demorar pra conseguir suprimentos depois que acabar…

        • E o cilindro térmico é separado do tonner, que é RECARREGAVEL, além dos compatíveis dela terem um ótimo custo benefício. Mesmo a troca das peças e unidade de impressão compensam e MUITO.

          BROTHER é uma ótima multifuncional pra impressão e cópia, seja a laser, seja a jato de tinta colorida*.

          *Que inclusive aceita Bulk Ink.

  • Isaias Freitas

    Essa Epson pelo que ja vi tem q ta usando direto senão da problema, a cabeça de impressão eh um roubo, ate na autorizada da própria epson.

    • EXATO, eles tem que reverter as perdas na venda de cartuchos de algum lugar…

      • Isaias Freitas

        Sacanagem. Faz ER h queimar o filme, pq pega a fama.

  • Leonardo Ribeiro

    Tinta para impressora? Mais barato comprar plutônio…

  • Fabiano

    Comprei recentemente uma Canon G3100 que vem com os reservatórios embutidos dentro da impressora ao invés de estarem fixados na lateral ocupando muito espaço. Gostei muito da qualidade de impressão e o fato de poder conectá-la diretamente no roteador wi-fi e não precisa usar cabo USB. Vamos ver ao longo do tempo se não dá nenhum problema.

  • Carlos Ferreira

    Temos que agradecer ao discípulos de Mcgyver. Eu Imprimo fotos, e pra imprimir uma página inteira em impressora de cartuchos dava uma dor no bolso. Hoje em dia vai na epsom e tome foto no papel(pra mim só é foto se for no papel).

  • PP CarvalhoF

    E eu aqui pensando que é uma pena as impressoras à jato de cera não ser tão comum. A qualidade é muito boa e não tem o inconveniente da tinta que seca…

  • HP (Hipster Printer?) 680c já tinha cartucho de 90mL antes de ser moda

    • Weuller Faria

      Cartucho reciclado copão de suco edition

  • Bulk que o pariu!

  • Gogoni, ali você não menciona, mas fizeram o mesmo esquema da EPSON?

    *(de usar código nos frascos de recarga de tinta pra liberar nas configurações do driver…)

    • Leonam Ramos Folí

      pode explicar esse “liberar”? eu tenho uma EPSON e não tive problemas com isso

      • Então, o software e driver da epson, ao informar sobre a falta de tinta, pede um código presente no frasco de cada cor a ser reposta, pra atestar originalidade… mas já burlaram isso.

        Como lidei pouco com essa epson, não pude ver muito a respeito, se após burlarem removeram ou não a exigência do código.

        E seria bom saber se a hp não vai aprontar nisso, como aprontava nos chips dos cartuchos.

        • Leonam Ramos Folí

          bom, a minha L455 não pede nada disso, pelo contrário, eu posso resetar os niveis de tinta por cada cor, direto da mini tela dela!, sorte a minha

        • Leonam Ramos Folí

          estranho, aqui eu zero manualmente direto nela, sem código algum…

  • leoncral

    A cabeça de impressão tem autonomia de 15 mil paginas ou a impressora? Pq a da epson dizem que quando ela conta 18 mil, ela mesmo queima em uma espécie de auto destruição programada.

    • Tinham Multifuncionais jato de tinta da EPSON que paravam de funcionar após o limite ser gravado dentro das configurações dela (do hardware, não dos drivers), ai tinha que usar um programinha a parte pra zerar e burlar o contador…

      Mas “não boto a mão no fogo” por empresa alguma, (olhe lá boto a mão num note 7 se vier refurbichado com nova bateria e preço justo =P) podem muito bem colocar algo pra inutilizar a cabeça após a contagem terminar. Podem ter aprendido… =X

    • Creio que seja só a cabeça de impressão e seu ciclo mensal. A daqui (OfficeJet 8620) tem cerca de 30 Mil/mês, mas funcionou muito mais que isso antes de dar problema.

      • lordtux

        Tenho essa tambem, aqui nem precisou chegar nisso pra ir pro saco.

  • Detalhe.. a HP fala da forma fantástica sobre os “frascos seguros que não vazam mesmo se abertos e virados de
    ponta-cabeça, e a tinta só escoa quando acoplados diretamente nos bicos
    do tanque” …

    NUNCA DUVIDE DO CERUMANO E SUA CAPACIDADE.. NUNCA…

    Errou feio nisso HP… aguardemos resultados… xD

  • Curti a idéia (de copiar a Epson e os bulk-ink paralelos), mas espero que não seja mais uma roubada de OfficeJet Pro 86×0, que temos na empresa. Sua autonomia fica em 32 mil folhas, mas a cabeça sai por $900. Já os cartuchos originais: quando implantamos a impressora era $90N e $120XL cada cor. Agora, uma verdadeira facada… $120N e $180XL. CADA. Enquanto os compatíveis saem por $60… impraticável utilizar originais.

    Se a cabeça queimar então… joga fora e compra uma nova, que sai mais barato e já vem com 4 cartuchos cheios…

  • lordtux

    Deu vontade de comprar mas depois que a minha officejet pro 8620 foi pro saco depois de dois anos de uso e nem vale a pena mandar pra assistencia to com um pe atras pra pegar impressora nova, porque toda que vou olhar eu pego reclamação de defeito e descaso no reclame aqui.

    • titanio

      Ah tenho uma dessa. Deve estar programada então, com 2 anos a minha também “morreu”.
      E ninguém descobre o erro “Papel atolado’. Já foi sensor, carro, quando chegou na cabeça da impressão, ah desisto… tô quase desistindo da HP também.

      • lordtux

        A minha ta aqui ainda, parada, sinceramente da um desanimo procurar impressora pra comprar.

  • Diego Berlezi Ramos

    Chegou tarde HP. Aposentei a minha C4680 em prol de uma L355 há três anos, após encher três sacolas de mercado com cartuchos de tinta HP!

  • Sidney Dalvi

    HP GT 5822 com sistema continuo R$ 1099 x HP 3636 com cartuchos normais R$ 328. Diferença de R$ 771.

    Dai eu pergunto, preciso imprimir quantas paginas para igualar o investimento? Já que R$ 771 de cartuchos originais é muito cartucho, se for recarga de qualidade então que custa na faixa de R$ 20 o preto XL, é possível fazer 38 recargas e imprimir 18.504 paginas. Pouco provável que para uso domestico será uma vantagem.

    Certo que para alguns pode ser um bom investimento. Mas para aqueles que não fazem conta. Seria o mesmo que pagar mais caro em um veiculo a Diesel (Combustível mais barato, mais eficiente, mais econômico) e depois vender o carro antes de recuperar o investimento. No caso da impressora não seria vender, mas gastar com manutenção, etc.
    Modificar mensagem

    E ainda tem a questão do cartucho/cabeça de impressão da GT 5822 ter previsão de rendimento para 15.000 paginas, depois disso se precisar comprar, quanto vai custar?

  • Carlos Isola

    Comprei a nova HP Deskejet 5822 já apresentou problemas na impressão com um mês de uso, com menos de 400 páginas de impressão outro problema foi nas autorizadas da HP no estado do Maranhão em São Luis……ela esta com problema na tinta preta,amarelo e a impressora não sinaliza defeito, estou desconfiado da cabeça de impressão preta e colorida……resumindo não gostei desse novo produto e de baixa qualidade só a propaganda da HP é bonita?????……espero uma posição da HP em Relação a autorizada em São Luis como disse um mês de uso, e esta na garantia, email [email protected]

  • Chimera Chimera

    Gostaria de saber se acabar a tinta interna, que estão no cabeçote, as tintas externas do tanque, não funcionarão? Tem que ter as tintas do tanque e os cartuchos internos?

  • Monica Silva

    Gostaria que me tirasse uma dúvidas
    Se ficar um tempo sem usar a impressora a tinta resseca

    • Djjad

      O cartucho em si não, mas os resíduos na cabeça de impressão do cartucho ou da impressora (dependendo do modelo) podem ressecar no dispositivo sim, por ficarem em meio externo.

      O fato de usar a impressora a faz executar uma auto-manutenção (que consiste, dependendo do modelo, limpar a cabeça destes resíduos) para que não ocorra entupimentos.

  • Joao Carvalho

    Problema: não existe a cabeça de impressão no mercado dessa Hp gt 5822.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis