ad

Comportamento suspeito faz Luftwaffe interceptar Boeing 777

148a3e00c00e3302

Depois que os terroristas descobriram que é extremamente eficiente sequestrar um veículo de grande porte, apontar pra um alvo e deixar Newton fazer a parte dele, todo mundo ficou esperto. Ninguém quer um 11 de Setembro próprio. Todo comportamento suspeito é levado a sério, e pouca coisa é mais suspeita que um Boeing 777 indiano, indo para Londres e que perde o contato de rádio sobre a Europa.

Foi o vôo 118 da indiana Jet Airways, de Mumbai com destino ao aeroporto de Heathrow. Quando deixaram a jurisdição do controle aéreo da Eslováquia e entraram na área sob responsabilidade da República Checa, fizeram caquinha.

Deveriam mudar para a frequência de 132,890 MHz. Confirmaram a mudança mas digitaram 132,980 MHz. Obviamente o CTA de Praga não conseguia falar com eles, e os manés não estavam monitorando as frequências de emergência, onde a torre tentava desesperadamente restabelecer contato.

Nessas horas pensa-se o pior. Avião no ar, sem contato, terrorismo, só pode. Assim que entraram em espaço aéreo alemão, foram despachados dois Eurofighters Typhoons, com sangue no olho.

Ao mesmo tempo enviaram uma mensagem via ACARS — Aircraft Communications Addressing and Reporting System, que é uma espécie de SMS pra aviões (o @avioesemusicas vai me matar por essa). A mensagem deve ter sido algo na linha liga a porra do rádio, seus comedores de curry dos infernos.

As frequências de emergência foram então monitoradas, eles corrigiram o erro e ficou tudo bem, mas só por desencargo os caças deram uma dura, acompanharam de pertinho para mostrar os mísseis nas asas e deixar os pilotos saberem que tiveram muita, muita sorte.

Agora o melhor de tudo: um avião estava nas proximidades, fazendo a mesma rota e filmou tudo. É lindo o 777-300ER todo feliz e serelepe, soltando chemtrails quando um dos caças chega, emparelha, o outro orbita e no final os dois voam lado a lado do enorme alvo feito em Seatle.


Ahmad Fly — This is when you don’t respond to ATC

Fonte: The Aviation Herald.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis