Teria NASA marcado coletiva para anunciar vida extra-terrestre? O triste fim do jornalismo de ciências

ancient-aliens-guy

Aqui no MeioBit temos o péssimo hábito de jogar dinheiro pela janela. Não temos posts de carros voadores, curas miraculosas, meteoros apocalípticos e similares. Também decretamos um banimento branco a notícias envolvendo grafeno e tecnologias de baterias revolucionárias. Não é uma atitude inteligente.

Essas matérias são rápidas, simples, não demandam pesquisa e geram toneladas de cliques. Pombas, só usando o site de Near Earth Objects da NASA, dá pra fazer vários posts de asteróides assassinos por mês.

É o dilema de lidar com notícias de ciências: avanços são importantes mas são graduais, uma variação estatística de 5% em uma pesquisa in vitro, com células em uma placa de petri pode ser importante, mas demanda anos de experimentação. E isso não dá manchete. Como o xkcd diz, a substância X mata células de câncer em uma placa de petri, mas um 38 também.

Agora anunciaram a descoberta de moléculas orgânicas em Ceres. É interessante, mas nada muito surpreendente, visto que há moléculas orgânicas por todo lado no Sistema Solar. O que a mídia faz?

ceres

Isso mesmo. De moléculas orgânicas a coisa virou “matéria orgânica”. Sendo que molécula orgânica significa algo baseado em carbono, não algo relacionado ou produzido por organismos vivos.

Produzir textos de ciência pro MeioBit é trabalhoso pois temos que filtrar todos esses casos, e muitas vezes ler o paper original. O que não é simples, lembre-se: a gente não é cientista, só fingimos ser um nos comentários dos posts.

A bola da vez é esta notícia:

nasa2

UAU, a NASA marcou uma coletiva de imprensa das grandes, para anunciar uma descoberta “além do sistema solar”, e estão sugerindo vida fora da Terra? UAU!

O Independent com essa notícia provavelmente teve mais cliques do que nós a semana inteira, e isso é o que importa, né?

A matéria apenas diz que a tal coletiva será transmitida na NASA TV e farão um AMA no Reddit. Se vire você para achar os links, Grande Mídia pratica a Usura e não joga leitores para a concorrência.

Vamos ver então o release oficial da NASA, que deu origem à notícia.

nasa3

Exato, não falam NADA de “MAJOR PRESS CONFERENCE”, é um release normal, como soltam toda hora, para anunciar pesquisas de rotina.

Infelizmente a pressão por divulgação também ocorre nos centros de pesquisa: é preciso ser trending topic, bombar na internet, ser falado. Para as assessorias de imprensa uma matéria como essa do Independent é uma vitória, conseguiram o espaço, renderam cliques, são relevantes. Mesmo que a mensagem tenha se perdido no meio do caminho.

Pra cada Nerdologia que o Átila leva um mês pra fazer, canais de “divulgação científica” postam 20 vídeos de curas incríveis, plantas medicinais, pés-grandes e “Mistérios Insolúveis”.

Muitos leitores do MeioBit reclamam quando não cobrimos algo que todo mundo está falando, este texto é uma explicação. É complicado promover sem mentir um exoplaneta que não é mais que uma curva em um gráfico de Excel, ou uma pesquisa médica que tem 95% de chance de ser descartada antes de chegar à fase de testes em animais.

Nós amamos ciência, e por isso não achamos que todo esse hype seja benéfico. O Universo é incrível em sua infinita diversidade em infinitas combinações, Ele não precisa que a gente minta para promovê-lo.

O MeioBit por sua vez se beneficiaria muito com todos esses cliques, mas é melhor dormir tranquilo do que anunciar fim do mundo e cura do câncer toda semana, confiando que seu leitor médio é retardado o suficiente para não se lembrar. Aqui não daria certo.

Leia também:

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Daniel

    Nessa hora me faz pesar a consciência usar adblock no MB…

    • Victor

      Só podi tirar esse pop up chato no celular, q fica na frente da materia

      • Por sinal, nas duas vezes que acessei hoje não vi o banner do rodapé da página, e não. não uso adblock… kkk.

        • ochateador

          Vou acreditar em seu comentário e dar um voto de confiança.
          ublock desativado, mas ghostery não desativo nem a pau.

    • Rogerio

      Não usa então, porra! Um bom trabalho merece ser bem pago. Eu não uso, sou o meu próprio adblock. Se o esforço pra chegar num site é recompensado pela qualidade do conteúdo, eu volto, se não, esqueço dele. E sou rancoroso.

      • Tom

        o chato é a propaganda invasiva, usei por um tempo aqui, agora tá desnecessário, já melhoraram isso

        • Bruno

          Tiraram os ads que pulam na cara ? Desativarei o adb então.

          • Tom

            Tem um vídeo agora, experimenta sem, tá “menos pior”

          • Mirai Densetsu

            Vídeo? VÍDEO? Porra, como acessar sem adblock sem estourar a franquia do 4G com a merda de um AD em FODENDO VÍDEO?

          • Tom

            O vídeo tá no desktop, no mobile não deve ter né

        • Felipe Braz

          Eu ja consegui uns produtos com preço bom no adsense aqui do mb, mas ativei de novo quando colocaram aquele banner invasivo… hora de desativar de novo pra testar então.

      • Não! Não, não não e não! Ads JAMAIS. Que cobrem assinatura então. Que vendam merchandising. Que peçam doações ou que se utilizem a lei Gizmonet! Precisamos acabar com essa história de ads tomando conta da internet. Empresa que se sente no direito de enfiar publicidade goela abaixo dos outros, pra mim está no mesmo nível do cliente que enche o peito pra dizer “Tou pagando!!!”.

    • Cocainum

      É um dos poucos sites onde deixo desativado.

    • Gustavo Rotondo

      acabei de desativar depois de ler isso 🙂

      +1 pro 1/2b

    • Unfear

      Havia usado por que estava demais, mas depois dessa desbloqueei por definitivo agora.
      Só clicando já ajuda ou tem que comprar? kkkkk

      • ochateador

        Só de visualizar já ajuda.

    • Julio da Gaita ✔

      eu uso uma extensão no chrome que desativa as imagens, pra poder ler o posts aqui no trampo, se não a porra toda parece um carnaval com a globeleza pelada da década de 90 sambando, mas acho q isso não interfere na questão dos adds…

      • ochateador

        p.s.: o chrome tem uma opção nativa de não carregar imagens. Ou de não carregar javascript 😛

        • Julio da Gaita ✔

          tem sim, mas não é muito facil de usar, mais facil usar o Block Image, que habilita por um botão na barra de endereços..

    • Rafael Rodrigues

      Considerando que eu sofri boa parte de 2016 com o “banner fugitivo”, não te condeno…

    • Mirai Densetsu

      Lembre dos ads invasivos, com o botão de fechar fujão ou minúsculo, que volta e meia aparecem por aqui que o sentimento de culpa passa rapidinho.

      • Daniel

        É exatamente isso que me faz ficar ativando e desativando o ublock, quando um desse me irrita muito eu ativo… passa um tempo desativo e assim vai.

    • Lucas

      Só de ler o primeiro parágrafo da notícia, já tinha desativado.

      Nota 11 pra eles.

      • Daniel

        Eu fico em um limbo de ativa/desativa, depende da semana… ou de algum pop up MUITO grande e chato.

    • Oberaldo Gilmentoo

      De vez em quando, quando estou mais generoso, eu clico nos anúncios todos, sistematicamente. Será que ganham alguns centavos a mais por isso?

    • PugOfWar

      Até que melhoraram essa parte, agora só vejo anúncio pequeno no topo

  • Anderson Fernandes

    Perfeito, in MeioBit we trust

  • Hemeterio

    Fui astrônomo amador no colegio — com desenhos da lua publicados and shit. Fizemos uma feirinha de ciencias, e uma semana ou mais de observacao e palestras sobre o Halley. Me sentia o maximo de jaleco branco mostrando Jupiter pra garotada. eu era garoto tb mas deu pra entender. tudo isso pra dizer que nunca, em tempo algum, recebemos mais atencao que qq coluna sobre astrologia no jornal ou aparicoes da virgem maria no ceara. E houve DUAS nos naos 80 e 90. well well…

    mas seguimos na batalha. lembrando que é uma luta ingloria qnd a gente falha ate mesmo em explicar pra familia conceitos simples — marte nao vai ficar do tamanho da lua cheia. se o convivio filial nao funciona, tentemos o convivio fraterno.

  • Didi Moco Sonrisal Colesterol

    Continuem assim Cardoso e MeioBit, prometo que volto aqui todo dia pra vcs terem mais cliques!!!

  • Garrete Alves Reis

    Não é só a mídia não: a comunidade científica faz de vez em qnd tbm!! Acompanhei o alvoroço da “descoberta” do bóson de Higgs. Ficou evidente o afã dos cientistas (e da mídia, claro) em ratificar a descoberta independente de qualquer coisa. Resultado: logo depois do anúncio, a coisa mudou pra “partícula tipo Higgs” (sic); agora, já falam em “aparente descoberta”. Ainda assim fica evidente uma das coisas mais lindas da ciência: a autocrítica e a autocorreção!

    • Jorge Dondeo

      A ciência é neutra, é uma ferramenta como qualquer outra, mas ferramentas são usadas por seres humanos.

    • Rafael Rodrigues

      O babado do bóson foi causado por um jornalista. O cientista disse que a partícula era “maldita” pq nunca aparecia. O jornalista achou ofensivo e batizou, à revelia dos pesquisadores de “partícula de Deus”. O resto é história…

      • PugOfWar

        Eu tinha lido que foi a editora que de última hora resolveu mudar pra “god particle” para a infelicidade do senhor Higgs.

  • Desde 2013 que não clico no site do grafeno, notícias fracas e funcionários desqualificados. Burgos que fazia a diferença, tragam ele pra colaborar aqui reforçando o time.

    • Desde que não deixem ele botar a mão em matérias envolvendo Apple, também concordo que ele seria uma ótima adição ao MeioBit!

      • Urso Azul

        Nunca, a única coisa que o Burgos fazia era ficar ofendido.

      • Na época a Apple era um diferencial, a inovação do iPhone ainda estava em alta, me parece que tinha coerência a empolgação dele nas matérias sobre iPhone e iPad. Acredito que se ele tive continuado a frente do site, teria equilibrado bastante. O cara era entusiasta, testava equipamentos, fazia videos, podcasts, muita matéria própria, era outro nível.

        • Com certeza esse é um diferencial e tanto. Ele falava com conhecimento de causa nas matérias que escrevia. Só que muitas vezes exagerava e passava do ponto nos comentários. O site começou a cair pra mim depois do ataque histérico de pelanca dele nos comentários da matéria que ele escreveu sobre o Stallman. Mas fora esses deslizes, nessa área técnica acho muito bacana a atuação dele!

          • Não acompanhei este perrengue. Normalmente os editores não são muito participativos nos comentários, aqui que vejo mais o time descer da matéria e agregar nos comentários também.

    • Julio da Gaita ✔

      um minuto de silencio pelo G1z… ./

      • PugOfWar

        Troço tá tão ruim lá que já tirei esse site do meu feedly, a gota d’água foi aquele “com certeza sim e não”

    • doorspaulo

      Nem me fale. Gostava muito de lá e a saída do Burgos matou o site.

      Hoje, restam apenas o MeioBit e o Tecnoblog como redutos do bom senso.

      • Exatamente, são os dois fortes, o Tecnoblog também tem uma gurizada muito boa. Acrescento o MacMagazine, apesar de ser com foco em Apple, o time que faz as matérias é muito bom e também abordam algumas coisas mais gerais. São meus 3 blogs de rotina diária.

        O pior da web Brasil é Giz, TecMundo e Techtudo, nem sei se os nomes são exatamente assim, mas são muito ruins. Praticamente armadilhas pra ganhar clique.

  • Fabrício Cabral

    Parabéns pelo post Cardoso!

    Com essa explosão de sites que geram “Fake News” ou “Notícias Aumentadas”, fica cada vez mais difícil encontrar um site com credibilidade na qual possamos confiar. Como bem disse o @AndersonRPF:disqus : “In MeioBit we trust”.

  • Everton Proença

    Que tem tem né!

  • Alex Alves Iope

    Parabéns pelo post, vocês podem pelo menos ficar com a consciência tranquila sabendo que não se venderam para matérias fáceis e click baits. Vocês não terão mais acessos por exemplo do que a fat*s desc*nhecidos, mas terão um reconhecimento muito maior por parte dos que acessam. Hoje em dia tá complicado, até mesmo o NY times anda postando umas coisas inúteis. Mas de novo… Parabéns, muito boa a atitude. Embora não seja muito inteligente, até me lembra do dia em que recusei trabalhar em uma montadora por que sou contra a indústria automotiva e dos combustíveis lol.

  • jvfroes

    Tem muito mais coisa escrita no release, alguma dessas coisas não poderia ser um indicador que seja uma descoberta ‘maior’ que o normal? por exemplo os participantes serem mais importantes e etc

    • Rafael Fortes

      Li o press release e não tem muito mais coisa não, lá só diz que vão anunciar algo relacionado a exoplanetas, que o que vão anunciar está sob embargo até a apresentação, os nomes dos participantes e que vaõ fazer o AMA, só… Concordo com o Cardoso, devem apresentar novas informações sobre as pesquisas correntes sobre exoplanetas e chuto que talvez tenham descoberto mais algum rochoso em uma gold locks zone, que seria um bom candidato pra ter vida (por isso o evento mais pomposo), mas só. Enquanto não tivermos os telescópios gigantes projetados exclusivamente pra caçar exoplanetas, duvido que teremos anuncios diferentes desses.

  • Rodrigo Almeida

    Você acabou de ganhar um leitor assíduo com esse texto.

  • Pensamento Mais Crítico

    Congrats Folks!
    Ser responsável é muito chato. Não é mesmo?
    Continuem sendo responsáveis e compromissados com o conhecimento.

  • Karine Sales

    Não digo que seja certa essas chamadas caça cliques, mas nas redações hoje em dia são contratados jornalistas que sabem tudo (e nada ao mesmo tempo). Quase não existe mais a definição “jornalista cultural” “jornalista esportivo” e etc. É uma crise no meio jornalístico? Sim. Mas não são só os jornais os culpados.
    No mais, excelente posicionamento do MeioBit. Não sou leitora, mas agora pretendo ser 🙂

    • Isso me lembra do rumo que a Superinteressante tomou. Assinava a uns 20 anos atrás. Era ótimo você abrir, e saber que o Luiz Barco teria algo bacana envolvendo matemática pra contar, ou o Marcelo Gleiser sempre com alguma coisa interessante envolvendo astronomia. Aí começou com esse negócio de remodelar, remanejar, e em especial, começou essa nova leva de jornalistas que sabem tudo sobre nada, e de Superinteressante foi passando a… sei lá. SuperCapricho, algo assim. E infelizmente isso deve ser irreversível no meio jornalístico. Uma pena.

      • Fabrício Cabral

        Eu era assinante da Super Interessante e da Informática Exame (que depois mudou de nome para Info). parei de assinar as duas justamente por conta destas “remodelagens”. Bons tempos quando estas revistas eram boas e traziam conteúdo relevante.

      • Rafael

        Gostava da época que a Super publicava um mapa do céu na página central como se fosse um poster. Ficava dias viajando naqueles mapas das estrelas… Depois começou a ficar exatamente como já citado, parei de assinar para comprar algumas que mais gostava do tema e hoje em dia só vejo a capa nas bancas, mas não tenho mais vontade de comprá-la.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        A abril acabou com as poucas revistas que prestavam deles.

      • Julio da Gaita ✔

        meu pai assinava, a Super fez parte da minha infância, meu pai deixou de assinar lá por 2009/10, quando começaram com matérias de capa sobre cura espiritual, e outras coisas pra chamar atenção do que pra informar, ao menos a parte gráfica foi melhorando com os infográficos e talz, mas o conteúdo ficou bem a desejar, nos consultórios, pego antes a 4 rodas…rs

      • Cássio Amaral

        Nem me fale cara. A Super nos anos 90 chegava quase a ser uma revista de divulgação científica, não era uma Scientific American ou Nature, mas tinha conteúdo de altíssima qualidade. Do começo dos anos 2000 pra cá caiu muito a qualidade, e virou uma revista sobre assuntos banais e pseudociência, focado no público leigo que não gosta de ciência.

        A mesma coisa aconteceu com Discovery Channel, History e NatGeo. De canais de divulgação científica comprometidos com a qualidade do conteúdo transmitido, passaram a canais que se resumem a reality shows. Pioraram o nível da programação pra atrair os espectadores que gostam de entretenimento rasteiro e não se interessam por ciência.

        O History Channel é o pior, basicamente só passa programa sobre Hitler e alienígenas. Não é à toa que é apelidado de “The Hitler Channel” nos EUA.

  • Kirk

    Um post interessante e esclarecedor, me fez repensar como consumo notícias na internet. Obrigado.

  • Cão que chupa manga

    Só vim pelos comentários….

    • Apeser disso ser meio que um jargão chulo de YouTube, aqui no Meio Bit os comentários realmente tem bastante a acrescentar!

      • Cão que chupa manga

        Exatamente!

  • Careca Voador

    Para de chorar, Cardoso. Nós amamos vocês.

  • Thiago Guedes Tomi

    Por esse motivo que parei de seguir a superinteressante. Virou uma bela clickwhore

  • Jorge Dondeo

    Parabéns!

  • Tom

    “Aqui não daria certo.”
    OLOOOOOCOOOO disse que somos melhores que o povo do g1

    já sabia, o Cardoso nos ama

  • Parabéns pela visão lúcida é ser um lugar seguro para lermos as matérias sabendo que nada que estiver escrito errado é de ma fé.

  • Vinícius Santos

    só tenho a agradecer pelo conteúdo que encontro aqui no MeioBit, equipe tá sempre de parabéns. Vou seguir a dica dos colegas aí embaixo e desativar o adblock aqui também hehe

  • Braumeister

    Obrigado pela consideração.
    Por isso voltamos aqui todos os dias.

  • Glauber Silva

    daqui a pouco você vai falar que o planeta Nibiru é uma farsa também

  • Belkar

    Por isso que o MeioBit é o único site que não uso adblock.

  • Gui

    Outro exemplo disso é quando veicularam ano passado a notícia que o SETI havia interceptado um sinal alienígena, quando no próprio site daquele explica que o tal sinal interceptado vinha da direção de uma estrela distante e que por ser muito fraco as chances de ser algo surpreendente eram ínfimas.

    A forma como a mídia cobre assuntos científicos é bem resumida na tira do site smbc-comics, publicada em 30 de agosto de 2009 (leitura da esquerda para a direita):

    https://uploads.disquscdn.com/images/c0144ce416b8ab16d8d16846831cd939f0c0a9c9a7c34ed72263f736c49d6238.jpg

  • Tide “pepe” Hunter

    Fale logo o que você sabe sobre os ayy lmaos e pronto!

  • Unfear

    Toda vez que anunciam sobre um novo meteoro eu vou direto conferir os twits do Cardoso kkkk

  • Helmut

    Rapaz, toda vez eu leio a matéria inteira no Feedly e depois clico pra ver os comentários. AD blog desligado e é isso aí.

  • BassCollection

    SUGIRO fortemente, salvar o link desse post para comentários futuros… Será deveras útil.

  • Pablo Lukan

    A verdade pode até doer, mas ela contina sendo a verdade!

  • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Vocês não cobrem tudo, mas cobrem as coisas que mais valem à pena ler, então tá bom…

  • steelclam

    Parabéns Cardoso. Já tinha escrito aqui que você divulga ciência muito melhor que certos “experts”. Meu adblock está desativado no MeioBit.

  • Maom

    O problema, @ccardoso , é que quando a gente reclama que vcs não estão cobrindo a maior notícia da história da última semana, é justamente pq queremos ver aquele tapa na cara de maneira elegante e classuda nos grandes portais dirigidos a babuínos navegadores da grande rede. A gente vai ver sobre futebol na globo . com (ok, ninguém é de ferro e vai Corinthians) aí somos fisgados por um “cometa semelhante ao que extinguiu dinossauros vai passar raspando pela Terra” do gênero. Evidente que a gente antes de ler sabe já as baboseiras que vão estar escritas e clicamos para ver os comentários e rir muito, afinal tem que aproveitar os últimos suspiros com bom humor antes que o asteroide tire tinta da Lua ao passar a uns 50 milhões de km de nós.
    Aí a gente quer é rir e ver o sarcasmo de sempre dando na cabeça dessas notícias que começam a viralizar e a chegar na nossa time line através das nossas tias e avós que tanto amamos.
    Assim como a gente quer ver o que o “Craque Neto” vai falar da carta da Dona Lúcia para o Felipão, o que o Datena vai falar do motim dos presídios, o que a Veja vai falar da nova condução coercitíva do Lula que foi delatado usando cuspe pra bater figurinhas no pátio do colégio, ou o que a opinião pública tem pra falar do cara que foi pego dando um tapinha no bumbum do cachorrinho que fez xixi onde não deveria…. Enfim, adoramos ver vc bater nos grandes portais em matérias relacionadas a ciência.

  • Julio da Gaita ✔

    porra Cardoso, que vacilo com o G1z de cera heim, mandar um “grafeno” no post….rs, mas… keep the good work!

    • Salles Magalhaes

      So faltou falar dos dirigiveis hehehe

      • wzwellington

        Num “disinterra” esse difunto rapaz, deixa quieto q é melhor

  • Marcel Schorr

    Elogiando o leitor no último parágrafo, Cardoso? Golpe baixo hein! Mas deu certo, taí o meu like.

  • Vitor Reis
    • Gui

      NASA:

      -Asteroide número tal passará perto da Terra.

      Mídia:

      -Asteroide em rota de colisão com a Terra! É o fim do mundo! Corram para as colinas!

      • PugOfWar

        Fora ocultar que o asteróide é do tamanho de fusca

  • Salles Magalhaes

    Parabens ao pessoal do MeioBit!

    Alem de serem super confiaveis e interessantes, o estilo que voces usam para escrever as materias e’ muito descontraido e prende muita a atencao.

  • “Aqui no MeioBit temos o péssimo hábito de jogar dinheiro pela janela…”

    Quando alguém do MeioBit reclamar que não dá pra jogar, lembrem-se que a culpa foi do Cardoso… =P

    https://uploads.disquscdn.com/images/a1caf80697c289fb5ffe8ba4b5e011c6f55133bb678cce95bbba2f5a6f3dcc1d.jpg

  • Manoel Schepp

    Impossível em todo o universo, só o nosso planeta estar abixado!

  • Marcoscs
    • Na verdade a reação deles seria pegar algo pra jogar cobre derretido em cima, mergulhar em alumínio derretido, ou algo sobre pirocas sendo aNULLadas ou virando ciborgues.

  • Indireta para quantos sites de tecnologia ciências?

  • Mirai Densetsu

    Eu imagino que todo esse sensacionalismo seja em qualquer área que é coberta pela imprensa. E isso diz muito sobre o posicionamento do veículo em si.

  • Renato Luiz de Souza

    Aprendi muito com o Carlos e o MeioBit. Volta e meia nos ensina como esses pilantras caça-cliques agem. Concordo plenamente, mesmo que a realidade da ciência esteja distante da ficção e de como esses sites noticiam, ainda é muito legal e tem muita coisa pra nos deslumbrar. Estou sempre por aqui…

  • Gustavo Luizon
  • Felipe Torrezini

    Essa NASA é uma fanfarrona!

  • Cássio Amaral

    Há quase 7 anos leio conteúdo de qualidade e sem pagar nada por isso. Obrigado Cardoso, Gogoni, Dori, Ellis, Laguna, Gilson e todos os outros os outros integrantes do Meio Bit por manter o bastião do jornalismo de qualidade na internet.

    Nunca mude, Meio Bit :’-)

  • Samuel

    E vcs achando que G1 e Gizmodo começarem, ambos, com a letra “G” de grana é coincidência…

  • Marco Gesteira

    Excelente texto Cardoso! Como cético de carteirinha, concordo plenamente! E só pra registrar… eu dei gargalhadas quando li isso: “Como o xkcd diz, a substância X mata células de câncer em uma placa de petri, mas um 38 também.”

  • Saiu o anúncio. Não era “vida extraterrestre”, mas um sistema com três planetas rochosos na zona habitável:
    http://exame.abril.com.br/ciencia/nasa-descobre-sistema-solar-com-7-planetas-parecidos-com-a-terra/

  • ted

    Continuem assim, por favor.
    Sempre quando vejo uma notícia bombástica eu venho aqui ver se vocês postaram.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis