Acredite, seu smartphone (iOS ou Android) pode arruinar suas chances de um segundo encontro

Imagine a situação: a garota  marca um encontro e conhece um cara que tem potencial para ser o par perfeito: bonito, divertido, gosta das mesmas coisa que ela, em teoria um match perfeito. No entanto uma coisa, um único fator a faz dispensar o pretendente: seu smartphone de escolha.

Absurdo? Pois é o que revela uma pesquisa conduzida pelo site de encontros Match.com, em parceria com a empresa de análise Research Now. E sem muita surpresa donos de iGadgets são muito mais propensos a dispensar um crush dono de Android do que o contrário, embora o fenômeno também ocorra.

De acordo com os dados apurados (onde 5.500 norte americanos de diversas idades, gêneros, etnias e classes sociais foram ouvidos) portadores de iPhones são 21 vezes mais inclinados a rejeitarem um possível pretendente pelo simples fato deste ser dono de um Android, e nenhum outro motivo. E enquanto você pensa “isso não acontece com quem tem Android”, sinto informa-lo mas a recíproca é verdadeira. A única diferença é que a repulsa acontece em um número consideravelmente menor (15 vezes mais chances), mas ainda alto.

Agora imagine o que donos de iPhones e Android pensam de quem chega ao encontro com um Windows Phone ou pior, ou BlackBerry.

O sistema móvel de escolha não é o único elemento que pode ser considerado negativo em uma paquera: segundo a pesquisa 75% dos solteiros entrevistados dão pontos negativos para quem checa seu smartphone durante o encontro (mas 29% acham sexy que o fato de parceiro em potencial receber ligações, ainda que não necessariamente no 1º encontro), 66% desaprovam o ato de enviar mensagens e 58% não querem nem ver o smartphone com a tela para cima sobre a mesa. Da mesma forma, 45% das pessoas dão pontos positivos para quem desliga o gadget e o mantém longe dos olhos, seja no bolso ou na bolsa e se foque na pessoa que está em sua frente.

Mesmo desligado a aparência do aparelho também conta: Baby Boomers e representantes da Geração X são mais propensos a julgar o parceiro negativamente do que os Millennials por conta de um display quebrado, mas 86% das mulheres em geral não querem nem saber de um trincadinho sequer na tela do gadget do crush.

Sobre redes sociais, 26% dos solteiros dão preferência a quem possua presença online, mas metade dos entrevistados não querem que o pretendente fique verificando notificações de Twitter e Facebook durante o encontro. Da mesma forma a qualidade das postagens também conta na hora da azaração: 42% avaliam o parceiro pelos posts, porcentagem idêntica àqueles que levam suas fotos em consideração; 39% dão importância à gramática, 37% se atentam ao sorriso e aos dentes (tá escovando direitinho?) e 35% irão julgá-lo por suas roupas. Como sempre apresentação é muito importante, mesmo nas redes sociais.

Portanto fica a dica para quem procura um parceiro na internet: saiba se apresentar, se comporte durante o encontro e mantenha seu smartphone impecável. Já quanto à compatibilidade de sistemas móveis, não há muito o que fazer.

Fonte: Match.com.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples