Tesla diz ter conseguido redução de 35% no custo de produção de baterias

back-to-future-ii-mr-fusion-home-energy-reactor-replica-2

Existem algums problemas reais para a popularização dos carros elétricos. O custo ainda é muito alto, a ansiedade de autonomia preocupa todo mundo e o tempo de carga ainda é longo demais. Quanto a este último, não há solução a vista; mas para preço do carro, capacidade e custo da bateria, a solução é escala.

As baterias são o componente mais caro dos carros elétricos, com vida útil limitada e altos custos de reciclagem, mas elas vêm caindo de preço. Em 2016 o custo era de US$ 227/kWh. A Tesla entrou chutando o pau da barraca e no mesmo ano divulgou que estava trabalhando abaixo dessa média, com um custo de US$ 190/kWh.

960-tesla-motors-inc-gigafactory-interior-steals-the-spotlight

Com a GigaFactory, a mega-power fábrica de baterias que a Tesla está construindo no deserto de Nevada, eles vão produzir 35 GWh de baterias por ano, suficiente para 500 mil carros. E essa é só a primeira das GigaFactories.

Otimização nos processos de produção e aumento de escala fizeram a Tesla baratear mais ainda os custos. Em um vídeo de divulgação agora eles afirmam ter conseguido 35% de redução nos custos, o que significa que estão na faixa de menos de US$ 124/kWh. Para se tornar competitivo em termos de preço um carro elétrico precisa ficar na faixa de US$ 100/kWh.

Elon Musk disse que ficaria muito desapontado se até 2020 não chegarem nesse valor, e não é recomendado desapontar Elon Musk.

Fonte: Electrek.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • leoncral

    Acordo de manhã e leio uma notícia boa dessa, dá até alegria. Ai lembro que moro no brasil.

    • Saul Goodman

      Já o meu problema é lembrar que sou pobre. Sair do Brasil nem é tão difícil assim.

      • AnnoyingOrange

        Ser pobre e morar no Brasil de fato é um combo terrível.

        • Eric da Silva

          é como se fosse o modo expert no Guitar Hero… os super hábeis se saem bem, os demais tem que viver na lambança…

  • советский медведь

    Em um ano Musk consegue produzir o necessário para fazer 28,92 viagens no tempo, o que torna o período de um ano irrelevante.

    • Salles Magalhaes

      Bem mais do que 28,92 viagens no tempo (o Delorean usa 1,21 GW de potencia, não 1,21 GWh ….. o capacitor de fluxo dele provavelmente fica ligado na potencia máxima por alguns segundos 🙂 )

    • Esperarei meu delorean, só pra voltar e curtir isso ontem…

  • Coffinator

    Uma GigaFactory dessas no NE seria mara.

    • Com o Custo-Brasil subiria pra US$ 400/kWh

    • Marcogro®

      Trump não curtiu…

      • Daniel Belini

        Não entendi seu comentário.
        O Trump elogiou a Ford, se não me engano, quando anunciaram que iriam fazer investimentos na fábrica dos EUA ao invés de o fazer na mexicana .
        O Musk está construindo a fábrica nos EUA.

        • Marcogro®

          Me referi ao comentário do @coffinator:disqus, a respeito de uma GigaFactory no NE.

          • Daniel Belini

            Desculpa cara.
            Não tinha reparado que era uma resposta pra ele, pra mim era um comentário sobre a notícia.
            E sim, o Trump não curtiu o comentário do Coffinator mesmo.

          • Marcogro®

            Tranquilo amigo… Eu li seu comentário, o meu é praticamente o mesmo em três palavras… Valeu!!

        • Ivan

          Trump não elogiou a ford, ele coagiu a ford, falou ou instalam a fabrica aqui ou cobrarei 30% de impostos.

    • Saul Goodman

      É mais fácil ele iniciar uma civilização em Marte do que uma filial no Brasil.

      • Thiago Bachi Rehbein

        Iniciar uma civilização em marte E construir uma filial por lá…

    • Algo impraticável….

      Teriam de isentar todas as indústrias vindouras necessárias pra a instalação dessa, e aí só cobrariam após todas estarem funcionando.

      Fechariam em meses com o início das cobranças.

    • Alberto Prado

      Ela pode ir muito bem para o Paraguai. O ambiente de negócios lá está fantástico. Se os investimentos externos mudar o fluxo pra lá, em 20 anos eles passam o Brasil.
      http://circuitomt.com.br/editorias/cidades/103328-indastrias-migram-para-o-paraguai-.html

  • Ele precisa chegar aos US$ 100/kWh, mas não significa que ele vai parar nesse preço. Fico me perguntando qual será o preço final quando as próximas GigaFactories estiverem prontas. É o futuro chegando, e estou vendo acontecer (assistindo da periferia, mas assistindo).

    • Claudio Roberto Cussuol

      Fico pensando que é uma revolução parecida com a do Henry Ford puxando o preço do Modelo T pra baixo com escala de produção.

    • O mesmo valor, quando a Petrobras (energia é o nosso negócio) monopolizar o setor (no Brasil).

  • Sad Elon is sad?

  • E pensar que um malparido tentou fazer essa fábrica num galpão de bambu na Indonésia.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis