No último trimestre, a Apple teve receita muito maior que uma Petrobras inteira!

Laguna_Apple_Campus_2_fev

Apple Campus 2 (crédito: vídeo ao final do presente texto)

Durante a semana passada, a Maçã de Cupertino divulgou ao público seu relatório financeiro do primeiro trimestre fiscal de 2017 (Q1 FY 2017), que para as pessoas normais corresponde ao último trimestre de 2016 e terminou exatamente dia 31 de dezembro (T4 2016). Os números da Apple continuam gigantes, como de praxe numa companhia saudável.

A Apple teve uma receita recorde de 78,4 bilhões de dólares. O que significa esse número?

Bom, o atual valor de mercado da Petrobras é de aproximadamente R$ 206,05 bilhões. Converta para dólar, e o somatório das ações da petrolífera brasileira dão à ela um valor de mercado estimado em 67,62 bilhões de dólares. Detalhe que estamos a falar da receita global da Apple em um único trimestre.

De onde veio essa receita toda?

US$ 54,4 bilhões vieram das vendas de 78,3 milhões de unidades da linha iPhone, entre outubro e dezembro de 2016 (Q1 FY 2017). Foi um aumento de 5% no número de aparelhos vendidos em relação ao ano passado, assim como a arrecadação também aumentou 5%.

US$ 7,2 bilhões (+ 7% em relação a Q1 FY 2016) foram arrecadados pelas vendas de 5,4 milhões de unidades da linha Mac (+ 1%).

Outros US$ 7,2 bilhões vieram de serviços como o Apple Music (alta de 18% em relação a Q1 FY 2016).

A linha iPad respondeu por uma receita de “apenas” US$ 5,5 bilhões; correspondente à venda de 13 milhões de unidades. Aqui temos uma queda anual de 22% na receita e queda de 19% em relação às vendas. Realmente o ciclo de vendas não é anual como o dos smartphones, e o povo ou está satisfeito com o tablet atual ou tem evitado comprar Apple.

Por fim, outros produtos (incluindo a linha iPod) responderam pelos 4 bilhões restantes da receita global da Apple no último trimestre de 2016. Queda anual de 8% na arrecadação.

Se somando tudo a receita foi recorde, o lucro total infelizmente nem tanto: no período equivalente ano passado, a Apple lucrou 18,4 bilhões de dólares. Agora, no último trimestre de 2016, o lucro foi de “apenas” US$ 17,9 bilhões. Queda anual de 2,7% nos lucros.

A empresa deve ficar triste com tal queda nos lucros?

Não, aparentemente a Maçã de Cupertino está cada vez gastando mais em pesquisa e desenvolvimento (P&D). A Apple gastou nada menos que US$ 2,8 bilhões em P&D no último trimestre (Q1 FY 2017). No último trimestre de 2015, o valor era de US$ 2,4 bilhões. No ano passado inteiro (2016) a empresa investiu 10,39 bilhões de dólares em P&D, o maior gasto da empresa até o momento.

Vamos ver o que sairá de novo do Apple Campus 2 em 2017. Aliás, ele já está bem próximo de ser inaugurado. Como atesta o vídeo abaixo.


Matthew Roberts — Apple Campus 2 February 2017 Construction Update 4K

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Comparar com a Petrobras não quer dizer nada, hehehe, a empresa foi trucidada pela corrupção rotineira da nossa gente.

    Mas a Apple lucra mais que as maiores petrolíferas americanas e russas, vale mais que a Samsung que fábrica de Navios até headphones, mais que a Boeing… E apenas vendendo meia dúzia de produtos, não tendo a complexidade de controlar megas plantas de obras, indústrias, sem prédios no mundo todo. É impressionante como Facebook, Apple, Microsoft e Alphabet (esse mais diversificado) abocanharam o dinheiro do mundo direcionado para TI.

    • nayara

      Petrobras devagarzinho está recuperando o valor de mercado. Empresa brasileira está sujeita a muita especulação, e se for estatal então…

  • Gercino Júnior

    Caramba! Que coisa linda de se ver essas instalações!

    • Alvaro Carneiro

      Deixa o pessoal do senado federal ver… vão querer igual.

  • gfg

    2 bilhões em pesquisa e desenvolvimento pra retirar o conector P2, apple é a nova gilette?
    E novamente o Smartphone que todo mundo odeia vendeu igual água,
    3,2,1 pra alguém vir falar que foi medida a quantidade de otário no mundo.

    • Alvaro Carneiro

      2 bilhoes em pesquisa para ela lucrar muito.

      E bater recordes e recordes de faturação, e de vendas de iPhone, onde cada modelo vende mais que o anterior.

      Olha se a Apple está no caminho errado que continue assim, os acionistas agradecem.

      • Ivan

        na verdade teve queda nas vendas.

    • Odilon Costa Neto

      Deve ser pesquisa na área de marketing claro.

    • Todo dia um otário e um esperto saem de casa, e a Apple Store é o ponto de encontro preferido deles.

  • OverlordBR

    OMG! TÁ FALINDO!

  • Ivan

    Essa é a diferença de uma empresa privada pra uma estatal.

  • André Luiz

    Estevão Trabalhos sorri no inferno.

    Os caras só vendem frescura poser com sobrepreço.

    E com o bônus da mão de obra escrava, choro de criança e pele humana pra fazer as embalagens.

    Tá, a última parte é zoeira

  • Se a Petrobrás vendesse o petróleo cru por 4 mil reais o kg/lt (não sei a unidade), também seria uma empresa bilionária.
    Isso sem contar que ela foi estuprada pelos corruptos né.

    • Ivan

      não precisa vender a 4mil reais, é só não fazer merda que vc tem uma petroleira de sucesso, e vamos falar serio pra afundar uma empresa petrolifera tem que ser muito bom pra conseguir essa façanha.

      • SignaPoenae

        O brasil deve ser o único país no mundo aonde conseguem quebrar até uma empresa que detém o monopólio do mercado.

        • jacob

          Não só uma, como duas: os Correios também estão nesse barco.

        • nayara

          Não quebrou, tinha muita especulação em cima e houve correção em cima de patrimonio super valorizado, sem falar a queda abrupta no preço do petroleo.

          Agora que normalizou e ficou ‘só a roubalheira’ ela já recuperou boa parte do valor.

  • Samuel

    Fazer esse tipo de comparação com a Petrobrás é como chutar cachorro morto. Quero ver comparar com As Casas Bahia

  • K9s10

    …¬¬ “TRABALHO ESCRAVO” gerando lucro fácil!!!

    • Christian Oliveira

      Também, mas como 11 de cada 10 empresas de tecnologia usam desse artifício, diria que os 10bi de pesquisas fazem muita diferença.

  • jairo

    Competência , mais nada

  • Pablo Lukan

    Nada mais que justo! E que ganhe cada vez mais…

  • Só de pensar que é bem provável que o Tim Cook vai chorar para não pagar o imposto desse palácio fica mais lindo ainda.
    Comparar a Apple hoje com a Petrobrás é covardia, quero ver comparar com a B2W Digital, Casas Bahia, Magazine Luiza, Silvio Santos…

  • Gaius Baltar

    Só um pequeno reparo na análise, Laguna: Embora a venda e a receita dos iPads tenham diminuído a Apple continua líder do segmento e até aumentou a vantagem para a Samsung. Tablet é um produto complicado, pois a maioria utiliza para consumo de conteúdo e para isso um iPad de 2011 ou um de 2016 pouca diferença terão. Até mesmo computadores são trocados com maior frequência que tablets. Vejo isso no meu caso, tenho iPhone 5s e um iPad Air comprados na mesma época; enquanto o tablet é altamente satisfatório tanto para lazer quanto para trabalho o smartphone já pede substituto, mais pelo tamanho da tela que por causa do desempenho em si.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis