ad

No último trimestre, a Apple teve receita muito maior que uma Petrobras inteira!

Laguna_Apple_Campus_2_fev

Apple Campus 2 (crédito: vídeo ao final do presente texto)

Durante a semana passada, a Maçã de Cupertino divulgou ao público seu relatório financeiro do primeiro trimestre fiscal de 2017 (Q1 FY 2017), que para as pessoas normais corresponde ao último trimestre de 2016 e terminou exatamente dia 31 de dezembro (T4 2016). Os números da Apple continuam gigantes, como de praxe numa companhia saudável.

A Apple teve uma receita recorde de 78,4 bilhões de dólares. O que significa esse número?

Bom, o atual valor de mercado da Petrobras é de aproximadamente R$ 206,05 bilhões. Converta para dólar, e o somatório das ações da petrolífera brasileira dão à ela um valor de mercado estimado em 67,62 bilhões de dólares. Detalhe que estamos a falar da receita global da Apple em um único trimestre.

De onde veio essa receita toda?

US$ 54,4 bilhões vieram das vendas de 78,3 milhões de unidades da linha iPhone, entre outubro e dezembro de 2016 (Q1 FY 2017). Foi um aumento de 5% no número de aparelhos vendidos em relação ao ano passado, assim como a arrecadação também aumentou 5%.

US$ 7,2 bilhões (+ 7% em relação a Q1 FY 2016) foram arrecadados pelas vendas de 5,4 milhões de unidades da linha Mac (+ 1%).

Outros US$ 7,2 bilhões vieram de serviços como o Apple Music (alta de 18% em relação a Q1 FY 2016).

A linha iPad respondeu por uma receita de “apenas” US$ 5,5 bilhões; correspondente à venda de 13 milhões de unidades. Aqui temos uma queda anual de 22% na receita e queda de 19% em relação às vendas. Realmente o ciclo de vendas não é anual como o dos smartphones, e o povo ou está satisfeito com o tablet atual ou tem evitado comprar Apple.

Por fim, outros produtos (incluindo a linha iPod) responderam pelos 4 bilhões restantes da receita global da Apple no último trimestre de 2016. Queda anual de 8% na arrecadação.

Se somando tudo a receita foi recorde, o lucro total infelizmente nem tanto: no período equivalente ano passado, a Apple lucrou 18,4 bilhões de dólares. Agora, no último trimestre de 2016, o lucro foi de “apenas” US$ 17,9 bilhões. Queda anual de 2,7% nos lucros.

A empresa deve ficar triste com tal queda nos lucros?

Não, aparentemente a Maçã de Cupertino está cada vez gastando mais em pesquisa e desenvolvimento (P&D). A Apple gastou nada menos que US$ 2,8 bilhões em P&D no último trimestre (Q1 FY 2017). No último trimestre de 2015, o valor era de US$ 2,4 bilhões. No ano passado inteiro (2016) a empresa investiu 10,39 bilhões de dólares em P&D, o maior gasto da empresa até o momento.

Vamos ver o que sairá de novo do Apple Campus 2 em 2017. Aliás, ele já está bem próximo de ser inaugurado. Como atesta o vídeo abaixo.


Matthew Roberts — Apple Campus 2 February 2017 Construction Update 4K

Relacionados: , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis