DARPA testando cabos submarinos temporários

Na Segunda Guerra se você se deparasse com um cabo passando por entre as árvores em território inimigo, havia duas possibilidades: poderia cortar, e atrapalhar as comunicações do Fritz, ou seguir até achar o posto de comando e metralhar todo mundo.

Isso nem era incomum, rádios eram grandes e pesados, mais usados para comunicações de longa distância. Imensas redes telefônicas informais eram instaladas, operadas e reparadas em tempo de guerra. Mais adiante, no Vietnã e similares esse hábito se manteve. É péssimo para a saúde ficar transmitindo via rádio, só para o inimigo detectar, triangular e concentrar a artilharia em você.

Uma doutrina adotada tanto pela OTAN quanto pelo Pacto de Varsóvia era instalar transmissores e antenas a alguns km do posto de comando, puxar cabos e deixar que os generais se comunicassem com menos medo de um ataque oportunista.

Comunicações são essenciais, mas e usando o sistema de satélites não está disponível, ou está deficiente por causa de interferência? E se você estiver no mar, não dá pra puxar cabo no oceano, certo?

Errado. O DARPA trabalho em cima disso e criou um conceito genialmente simples, chamado de TUNA — Tactical Undersea Network Architecture. É mais ou menos isto:

Você puxa uma quantidade secreta de cabo, assim aeronaves e navios podem se comunicar sem usar transmissões de rádio potentes, permanecendo em virtual silêncio eletrônico, por estratégia ou para compensar falta de satélites.

O sistema TUNA são duas unidades semi-submersas ligadas por um cabo de fibra óptica de flutuabilidade neutra, assim ele não forma barriga e não aproxima as bóias. O cabo em si é este aqui:

O sistema é tão bem-pensado que a energia para alimentar os retransmissores vem das ondas do mar.


DARPAtv — Tactical Undersea Network Architecture (TUNA) – Phase 1 Completed

O TUNA é projetado para funcionar por 30 dias, ou até sofrer o mesmo destino do primeiro cabo atravessando o Canal da Mancha, que funcionou por algumas horas, se enroscou na rede de um pescador, que achou que era algum monstro marinho e cortou com um machado.

Fonte: DARPA.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Atrollando Natuacara

    A última foto com o cabo que parece mais uma linha de pesca e clips (para fazer anzol) deve ser o que é necessário para pescar ATUM sem que os ecochatos da Greenpeace encha o saco. E a DARPA tentando disfarçar com codinome TUNA…

    McGyver approves…

    https://uploads.disquscdn.com/images/5bd9e83baeca34ad86f5caa35f250506e7cccaa16226fe62ba5359f845e019f3.jpg

    • Atum > Salmão

      • Thiago Cururu

        Mil vezes

      • cquintela

        Congro melhor que todos! TODOS!

        • Sinistro, to na linha do Atum que pode ser assado ou cru, já essa enguia é outro esquema 😀

      • Picanha. Dsclp, eu sei que eu não lhes dei chance de defesa. Apesar da crueldade da guerra, quero que suas famílias saibam que morreram com honra.

        • Covardia… Mas discordo do amigo

          Costela > Entrecot > Vazio > Cordeiro > Picanha

          • Aprecio todos, exceto cordeiro, vou deixá-lo viver, por isso.

          • Whirlpool

            Picanha é churrasco de quem mora no Sudeste.

            Costela >>> Picanha

          • Marcogro®

            Mulher>>>>Costela>>>>>>Picanha
            Crua. Mas fica assada…

          • Pois é, nada supera costela em tira na grelha, vazio no espeto e uma peça de Entrecot.

          • Bruno do Acre – (Etevaldo)

            Bacon>SuaMaeTM

          • Theuer

            “Costela > Entrecot > Vazio > Cordeiro > Picanha”
            Triangulação completada! Conterrâneo gaúcho detectado. 🙂

            Aqui em SP, churrasco virou grelha e picanha.
            Costela>Entrecot>Costela Suína>Cordeiro>Maminha>Miolo de alcatra>>>Picanha

        • Mirai Densetsu

          Xuleta > Maminha > todas as coisas > picanha

          • Você não tem honra. Chamar bisteca de xuleta pra fazer trocadilho infame é tiozão demais pra merecer uma morte digna.

          • Mirai Densetsu

            Pelo menos o meu currículo foi enviado para a iniciativa da praça é nossa. Só não sei se vão aceitar. =)

            Talvez eu tente novamente no zorra total.

      • Vinícius

        Bacalhau > Atum

    • Clip mais poderoso que uma caneta.

      • Se achar um chiclete faz uma bomba. Se achar uns pedaços de madeira e elástico, faz um foguete.

  • jairo

    Bom para aumentar ainda mais a poluição nos mares , mas é uma ideia simples e brilhante

  • cloverfield

    Se não me engano teve uma cena com caras tentando consertar cabos de comunicação no filme Círculo de fogo (o que não tem robôs) e sendo alvejados por snipers.

    • Sim, foi a primeira coisa que pensei quando estava lendo o primeiro parágrafo.

      • cloverfield

        E aliás, que belo Head Shot que o alemão tomou do Vassily.

      • gfg

        2
        E no CoD 2(best cod ever) tinha uma fase que se jogava com o Vassily que era exatamente isso.

  • gfg

    Uma empresa de desenvolvimento de tecnologia militar americana com um canal no youtube…
    Ou é ridiculamente fácil hackear o pentágono e afins e não vale a pena o gasto em segurança ou custo de manter espiões ficou muito caro e os países estão pagando uma mensalidade pros USA mostrar suas pesquisas. Porque a 30 anos atrás nego ia pra cadeira elétrica se vazassem um esboço disso.

    • Inquisidor

      de duas uma : ou eles mostram coisas que são simples e meio que foda-se pq o inimigo deve ter algo no mesmo nivel , ou eles mostram desinformação, fazendo o inimigo tentar copiar algo que não existe só para perder tempo e dinheiro.

      • Mirai Densetsu

        Ou eles estão mostrando uma tecnologia altamente defasada, usada pouco depois da segunda guerra mundial e que hoje em dia ninguém mais usa isso.

    • Dandalo Gabrielli

      É outra mentalidade, simples assim. Nos anos 80 e se bobear até hoje, se você fosse visto tirando fotos dos navios da Marinha, tinha uma grande chance de ser enquadrado em algo relativo a segurança nacional. Lá em cima você não tinha problema algum em tirar fotos nas bases. Nessa mesma época tinha uma explosão de livros de militares mostrando tudo, sobre aviões e táticas de tropas militares. Vai ver se alguém conseguiu publicar algo sobre o tucano ou AMX…

  • Reinaldo Matos

    Uma doutrina adotada tanto pela OTAN quanto pelo Pacto de Varsóvia era
    instalar transmissores e antenas a alguns km do posto de comando, puxar
    cabos e deixar que os generais se comunicassem com menos medo de um
    ataque oportunista.

    Quer dizer que a região escolhida para “sediar” a guerra tinha que fornecer a infraestrutura? Ou eram os próprios participantes que montavam essa infra???

    • tudo puxado por eles, isso vale pra PCs no meio do deserto.

    • Luiz

      claro, ta pensando que ‘e o brazil

  • tenfelipe

    Olha… Não sei não viu, mas isso me parece com aqueles projetos que são muito bonitos no papel, mas na prática… Como será que eles resolveram o problema do arrasto das correntes marítimas sobre os cabos?

  • Leiner Vitor

    Desculpe minha noobisse, mas o cabo de comunicação desta rede é aquele único cabo demonstrado na imagem do diâmetro de um clips de papel?

    https://uploads.disquscdn.com/images/8d64d1f7e1e03330c9c891df9bff6606bd73620218074ea5139f91ab21abce92.jpg

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis