Empresa quer construir uma estação espacial privada

b5lt

A ISS no momento é nossa única estação espacial permanente, mas isso vai mudar. O primeiro módulo subiu em 1998, a coitada está ficando velhinha, já teve sua vida esticada para 2020, depois 2024 e agora a NASA e os russos dizem que com muito boa vontade conseguem manter funcionando até 2028.

Manter operacionais componentes 30 anos no espaço, expostos a radiação, calor e frio intensos, bombardeio de micrometeoritos, não é fácil. E o pior, embora haja conversas, não há nada concreto para substituir a Estação.

Agora há. Cortesia da Axiom Space, que você nunca ouviu falar mas não é nenhum esquemão picareta tipo Mars One. O CEO e presidente da Axiom é ninguém menos que Michael T. Suffredini, que por dez anos foi gerente da ISS na NASA, há vários astronautas na equipe e um dos bambambãs é Stephen Altemus, que foi Diretor Interino do Johnson Space Center.

20161230_axiom-core-attached-iss_f840-copy

O modelo de negócios deles é ambicioso. Querem ocupar o nicho que a ISS vai deixar, um mercado que entre 2020 e 2030 estaria avaliado em US$ 37 bilhões. Só que eles vão começar cedo. O projeto é acoplar a estação deles na ISS, fazendo um puxadinho, e aí com esse módulo de 9 m × 5 m já começarão a vender serviços de manufatura, pesquisa e hospedagem de astronautas e turistas.

Aos poucos irão montando mais módulos, e quando a ISS se aposentar, eles desacoplam e seguem para outra órbita, pois a estação da Axiom tem propulsão própria.

Isso será em 2020, mas o primeiro vôo de astronauta agenciado por eles para a ISS será em 2019. o treinamento começa agora em 2017.

8d58d8_fa103c2ce62f40bf9e6cfce608da5cd7-mv2

Esse tipo de projeto costuma custar uma fortuna, em 2010 a ISS já tinha acumulado custos de US$ 150 bilhões. O custo homem/dia da ISS é de US$ 7,5 milhões. A expectativa da Axiom é que com iniciativa privada os custos caiam muito, o que costuma acontecer. A SpaceX está desesperando a concorrência e ainda nem começou a voar seus foguetes reutilizáveis.

Dará certo? Tomara. Precisamos ampliar nossas ambições, não dá pra nos tornarmos uma espécie multi-planetária se o número de humanos no espaço é de 6 neste momento e o recorde absoluto foram 13, em 2009.

Fonte: Planetary Society.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Geraldo Dal Berto Jr.

    Estranho o Elon Musk não estar de olho neste mercado em potencial.

    • Vai ver ele é acionista da Axiom Space ou ele é ligeiro que só e tá querendo garantir o meio mais competitivo para se mandar cosias pro espaço, afinal do que adianta ter uma estação espacial competitiva se não há “uma condução” barata para chegar até ela??? 🙂

    • Felipe Teodoro

      Pq a meta do Elon Musk é Marte, e eu tbm li “acho que foi aqui” que a ITS tem mais espaço interno que a iss inteira.

    • SignaPoenae

      Ele está correndo atrás de vender terrenos em marte.

      • Jose X.

        acho engraçado o número de trouxas que acredita no papo marciano do musk

        • Julio Verner

          Maior que o número de trouxas que acreditam no papo elétrico dele? rs

        • SignaPoenae

          Terraformar marte? Hoje em dia mal conseguimos reflorestar algumas áreas!

          Agora o resto, nada que o dinheiro infinito não resolva.

    • Homero

      O Musk reconheceu, quando apresentou o projeto do ITS, que não pode fazer tudo. Construir espaçonaves reutilizáveis já é complexo demais e ele não tem dinheiro nem tempo pra cordenar outros projetos relacionados de forma eficiente, por isso pediu que outras empresas focassem nas outras tarefas. O objetivo dele não é (apenas) ganhar dinheiro, mas viabilizar viagens espaciais.

  • And so it begins

  • Rogério Rizzato

    Mesmo depois de tanto tempo continuo achando a Babylon 5 linda.

    • Felipe A.G. de Souza

      Já eu sou mais a Citadel Station. A IA deles é de matar. *Ba Dum Tss*

  • Hemeterio

    Havia um seriado nos anos 80, cujo mote era um dono de ferro-velho que se achava o Musk. Aí o velhote cismou de montar um foguete com as peças que tinha à mão. Contratou uma equipe de “mercenários”, entre eles, um ex-astronauta da NASA expulsou por causa do goró, eu acho. Um Han Solo pra Bill Pulman nenhum botar defeito. Pois bem, eles conseguiram ir à Lua pra se apossar da sucata que deixaram por lá. Eu adorava aquela merda.

    E sim, eles tinham um programa espacial melhor que o do Brasil. Será que o BNDES vai se meter nessa Estação Espacial?

    • James Ocelot

      Minha orbita minha vida vai gastar 40 bilhões e no fina a gente vai ter um cubículo 3×4 que vai ̶c̶a̶i̶r reentrar na atmosfera em um ano por falta de verbas!

    • Rafael Carvalho

      Ciência sem fronteiras 2.0, mandando pessoas de baixa renda pro espaço pra n fazer nada. (Encontrei um grupo do ciências sem fronteiras uma vez, no aeroporto de Dallas. Cerca de 20. Estavam a 1 ano nos EUA “numa comunidade BR” e foi preciso eu ajudar pra remarcar o voo deles, pois eles “só entendiam, mas não falavam nada”)

      • Luís Eduardo

        Putz…

      • Gesonel o Mestre dos Disfarces

        Devia ser tudo filhinho de papai que nunca bateu prego em barra de sabão. Quando é alguém que teve uma vida mais difícil, tende a valorizar mais a oportunidade.

        • Rafael Carvalho

          Obviamente não posso falar por todos que ajudei, mas os que eu conversei (passamos 1 noite + 1 dia por conta do aeroporto fechado por um tufão), eles eram do interior da Bahia e pareciam ser pessoas humildes. Não acredito que foi algo por má vontade ou má índole deles, eles eram gente boa pra caramba. Acho, apenas, que não adianta jogar pessoas que mau sabem os conceitos básicos de verbos diretos/indiretos, predicados, sujeito, etc em outro país pra ver se em 6 meses/1 ano vão aprender outra língua “na marra”. Tanto é que vários voltaram 6 meses antes do previsto por desistência e diziam que o que mais valeu foi o “passeio”. Literalmente pagamos para eles turistarem, Pelo o que eles disseram, não foi feita qualquer triagem para entrar no programa, apenas entrevistas básicas, comprovação de baixa renda e pronto. O conceito do projeto é bom, porém, pra variar, a execução é péssima e o objetivo se mostrou, mais uma vez, panfletário. Infelizmente.

          • Gesonel o Mestre dos Disfarces

            Poxa, obrigado pelos esclarecimentos. a gente percebe que uma das raízes do problema é uma má formação desde o início dos estudos aliado à medidas sem noção alguma, provavelmente feita só pra garantir a boa imagem de um governo.
            Eu já vi MUITA gente que faz intercâmbio/programa sendo de famílias com boa condição, que simplesmente não se esforçam pra nada. porque nunca precisaram. :/

          • Rafael Carvalho

            Ah claro, sempre ocorrem distorções, principalmente no nosso país. Pra variar, foi apenas mais um programa com um discurso lindo, uma execução péssima e um objetivo diferente da proposta. Esse parece ser o modus operandi dos nossos “líderes”.

          • ElGloriosoRangerRojo™

            Tenho um amigo que ficou 2 anos na Alemanha. Não aprendeu nada, pois a universidade pra onde ele foi estudar era em uma cidade de 30 mil habitantes, e o curso de Eng. Mecânica de lá não se equiparava ao da UFSC, onde ele estuda. Ficou fazendo umas matérias meia-boca só pra não ficar olhando pras paredes…

            Ele ficou 2 anos lá, mal e mal aprendeu o idioma alemão e voltou pro BR. Só foi passear.

    • Ratão do Banhado

      “Operação Resgate”. Também via na Globo.

    • Goodtimes

      No título original: Salvage 1. A nave era a Vulture, essa trosoba aqui:
      https://uploads.disquscdn.com/images/bd0bddd61963e60aa29a26f5de9b953938a9bfbd5bcfa233a34e4097b6b05a12.jpg
      Notem que o sistema de amortecimento de pouso eram 3 pneus velhos…

      • ElGloriosoRangerRojo™

        “Cápsula: Tambor de caminhão de cimento convertido”

        aiueaiueahiuheauiehaiuh

        • Theuer

          Magina a leveza da peça. Hehehe

  • DiGamer80

    Manter alguém por 1 dia na ISS custa mais que me manter a vida inteira na Terra o_O Espero que eles façam grandes descobertas por lá ¬¬

    • Homero

      Descobrir como viver no espaço de forma barata e sem consequências graves pra fisiologia humana para que seus netos e bisnetos possam abandonar essa banheira antes do próximo meteoro dizimar a vida por aqui, conta pra você?

    • Bruno do Acre – (Etevaldo)

      Manter alguém ( extremamente treinado e graduado ) por 1 dia na ISS, custa o mesmo que manter alguém ( normal) em Brasília…

      • Gesonel o Mestre dos Disfarces

        Os legisladores não são normais. rs!

        • Bruno do Acre – (Etevaldo)

          Lidar com tanto crime não é normal mesmo.

      • Mas lá eles que vão pro espaço, aqui é o dinheiro…

        • Bruno do Acre – (Etevaldo)

          Espaço do bolso dos politiCUs

    • ElGloriosoRangerRojo™

      Se o primeiro Homo Sapiens a se levantar e desbravar as regiões que se expandiam além do horizonte dele não tivesse tomado iniciativa, com certeza ainda estaríamos batendo pedra com pedra…

      • DiGamer80

        Em tempo… perceberam que eu estava apenas sendo irônico, né? =]

  • Jônatas

    “o número de humanos no espaço é de 6 neste momento e o recorde absoluto foram 13, em 2009.”

    Diga-se de passagem, órbita baixa da terra (low Earth orbit). Ou seja, ainda brincamos na “varanda de casa”, com exceção das missões Apollo que foram as mais distantes missões tripuladas no espaço.

  • Bem, se vão começar como um puxadinho da ISS, no fim da vida dela capaz até de em vez de jogar fora, acabarem reciclando pelo menos os laboratórios mais novos.

  • Rodolfo
    • Felipe A.G. de Souza

      Sem piloto automático nesse, por favor?

    • Estão planejando desde o começo o mercado obeso americano ué…

  • Felipe A.G. de Souza

    Bem, enquanto isso, ainda podemos jogar e imaginar, né? Só uma perguntinha – Rola IA com sotaque britânico sarcástico?
    https://uploads.disquscdn.com/images/2a406db9f7d504beb65ec96273e5340660d31b3abec3ef1f840a4026a0ef7683.jpg

  • Gesonel o Mestre dos Disfarces

    Matéria legal – é bom ver iniciativas com um foco mais objetivo e que vai demandar um retorno mais imeditado.

  • E como todos só sabem jogar as coisas fora lá em cima, teremos o Japão pra começar, o único povo educado desde cedo, inaugurando o serviço de gari espacial…

    https://uploads.disquscdn.com/images/da90800a7e612e9e27e595d256e91ed9619dd8ac9e0460cd186170ea21146bc4.jpg

  • Pingback: Empresa quer construir uma estação espacial privada – Meio Bit – DEBULHADOR()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis