F/stop × T/stop — explicação rápida

f-stop

Se você está começando a estudar fotografia a sério agora, então entender a abertura do diafragma é um dos seus desafios. A regulagem do dispositivo é dada por números estranhos (f/2; f/2,8; f/4; f/5,6) onde cada número acima indica que temos o dobro de luz e cada número abaixo indica que temos a metade da luz. Ser um número com uma proporção inversa também não ajuda. Quanto menor o número, mais luz está entrando. Quanto maior o número, menor a quantidade de luz.

O f/stop vem de uma conta simples. F/stop é igual à distância focal (mm) dividido pelo diâmetro da abertura do diafragma (mm). Porém, o que se deve ter em mente é que esse número é apenas teórico. Toda lente, independente da distância focal, que estiverem na mesma abertura de diafragma, deve (em teoria) deixar chegar até o sensor a mesma quantidade de luz. Mas, sabemos que isso não acontece, pois o F/stop não leva em conta a qualidade do cristal que está dentro dessa lente. Cristais melhores deixam passar mais luz, cristais ruins deixam passar menos luz.

Para saber a realidade temos um outro número, o T/stop. Esse T/stop mede a transmissão de luz de uma lente. Então ele seria o real, enquanto o f/stop é o teórico. Para a fotografia, saber o t/stop de cada lente não é essencial. O fotômetro da câmera tenta compensar essa diferença e o processo de pós-processamento da foto pode acertar a falta de luz. Porém, no vídeo isso não é tão fácil assim. Filmar com uma DSLR e utilizar várias lentes em um mesmo ambiente pode causar uma diferença de iluminação nas sequências filmadas que pode ser uma pequena dor de cabeça ao unir tudo na hora da edição.

Por isso que as lentes prime feitas especificamente para cinema (e que custam uma fortuna) trazem o t/stop e não o f/stop. Assim o cineasta pode ter a certeza de que está filmando com a mesma quantidade de luz, independente de uma abertura teórica da lente.

O YouTuber Wolfcrow colocou no ar no dia 25 de dezembro um pequeno vídeo explicando a diferença básica entre F/stop e T/stop. Vale a pena dar uma olhadinha. Mesmo sendo em inglês é fácil de compreender.


wolfcrow — T-Stops vs F-Stops: When to pick which

Quer aprender mais sobre diafragma, f/stop e t/stop? Então é só dar uma olhadinha em nosso canal no YouTube.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Christiano Nascimento Amorim

    HAMMERTIME

  • Christiano Nascimento Amorim

    COLLABORATE AND LISTEN

  • Christiano Nascimento Amorim

    ok parei

  • Mirai Densetsu

    Taí uma boa discussão sobre um dado técnico de câmera onde eu ficava boiando. Mesmo quando falava sobre câmera de celular.

  • Carlos Ferreira

    Isso é realmente visível. Usando a lente do kit (18-55) em 50 mm ƒ/5,6; e a 50 mm em ƒ/5,6; que em teoria deveriam ficar com a mesma luminosidade, já da pra notar uma pequena diferença.

    Mesmo que a minha 50 seja a ƒ/1,8 (portanto a mais baratinha) já tem uma construção melhor que a do kit.

  • Theuer

    Isso me lembrou quando a Rokinon/Samyang lançou a linha Cine Lens com T1.5 a preço de banana!
    Começamos juntar moedas e quebrar cofrinhos para finalmente ter lentes Prime “T” com engrenagem no foco.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis