OMS anuncia vacina contra Ebola com 100% de eficácia

full_328303487926050654

O Ebola é uma daquelas terríveis doenças que habitam as profundezas das selvas, e vêm à tona com a expansão das comunidades humanas. É uma febre hemorrágica, identificada pela primeira vez no Congo em 1976. Começa com dor no corpo, febre, cansaço e em pouco tempo, muito pouco tempo você está sangrando por todos os orifícios, incluindo os olhos.

No melhor hospital do mundo, com Gregory House e Leonard McCoy atendendo você tem 50% de chances de morrer. Na África essa chance chega a 90%.

A (nossa) sorte é que o Ebola é bom demais no que faz, ele mata tão rápido que não consegue se espalhar, mas a melhoria nos meios de transporte fez com que o Ebola saísse da África, e isso foi ótimo. Motivo? Dinheiro.

Ciência é movida a dinheiro, você precisa de dinheiro até para estudar jirombas nos banheiros de Recife, imagine para pesquisar virologia. Em seu livro Ordens do Executivo, onde Tom Clancy narra um ataque biológico fictício com uma variante do Ebola o Presidente Ryan questiona o motivo de ainda existir uma doença assim, e fala que viu o filme Epidemia, de 1995, sobre o tema.

ebola

O cientista então responde a Jack Ryan que o orçamento do filme foi maior do que toda a verba investida naquele ano em pesquisa de doenças tropicais. MATEMATICAMENTE faz sentido, afinal Ebola até hoje matou 1.600 pessoas, há doenças que matam muito mais e precisam mais do dinheiro, mas pessoas não funcionam com matemática.

Com o susto da última epidemia de Ebola, a sociedade como um todo exigiu que algo fosse feito. Pois bem, algo foi feito. E bem feito. Uma pesquisa publicada na Lancet relata os resultados de um teste feita na Guiné, com voluntários.

Foram monitorados 11.841 habitantes, durante um ano. Desses 5.837 receberam a vacina contra o Ebola-Zaire, a variante mais comum do vírus. No final do período ocorreram 23 casos de Ebola. Entre os vacinados, ZERO. Foi usada a técnica de vacinação por anel, onde após a confirmação de um caso de Ebola, os familiares e vizinhos próximos são imediatamente vacinados, contendo a epidemia.

A vacina ainda não protege contra as variedades do Ebola, e os efeitos não são de longo prazo, mas a perspectiva mudou totalmente, é possível conter uma epidemia e salvar muita gente. A Gavi, uma ONG criada pela Fundação Bill e Melinda Gates  que investe em vacinação alocou US$ 390 milhões para pesquisas contra o Ebola, e mandou produzir 300 mil doses da vacina, por US$ 5 milhões. Dado o custo emergencial e o prazo corrido, US$ 16,60 por dose é um valor bem razoável.

Agora é correr atrás de vacinas mais eficazes ainda, e dar um jeito daquela vaca da Jenny McCarthy não começar a fazer campanha contra dizendo que as vacinas vão causar autismo nas criancinhas africanas.

Fonte: The New York Times.

Leia também:

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis