Google pagou US$ 3,6 bilhões menos impostos em 2015 com esquema nas Bermudas

google-money

Como eu disse anteriormente, não é só a Apple que utiliza artimanhas para pagar menos impostos. O Google também possui uma estratégia para reduzir seus custos com o fisco e ele não é nenhuma novidade, embora em 2015 o montante economizado por Mountain View tenha sido bem maior em relação ao ano anterior.

Semelhante à maracutaia que a Apple utiliza para não pagar os impostos devidos na Europa, o Google utiliza um esquema global que desvia todo o montante de suas operações externas através de desvios pela Holanda e Irlanda, mas com o destino final no paraíso fiscal das Ilhas Bermudas. A operação é conhecida desde 2010 (paywall) e os descaminhos foram apelidados de “Double Irish” e “Dutch Sandwich”, com o intuito de evitar que o dinheiro arrecadado com suas operações financeiras seja devidamente taxado nos Estados Unidos, para onde deveria ser repatriado em primeiro lugar.

De acordo com documentos enviados pelo Google à Câmara de Comércio Holandesa, no ano passado a companhia encaminhou através de sua subsidiária no país (que conta com zero funcionários) cerca de € 14,9 bilhões (US$ 15,5 bilhões), um aumento de 40% em relação em 2014. Desse total € 12 bilhões vieram da Google Ireland Limited, a principal responsável por coletar a maior parte de sua receita publicitária fora do território norte-americano. O restante foi coletado por outra subsidiária, esta localizada em Cingapura e que possui o mesmo propósito.

A partir daí a divisão holandesa repassa a grana para a Google Ireland Holdings Unlimited, sediada nas Bermudas e responsável por licenciar toda a propriedade intelectual de Mountain View no exterior (os nomes “Double Irish” e “Dutch Sandwich” vêm daí, com as duas companhias irlandesas como o “pão” e a holandesa como o “recheio” do esquema). Como o território britânico não cobra impostos sobre os ganhos das corporações, o Google teria economizado um montante que em 2015 chegou a US$ 58,3 bilhões, contabilizados desde o início da operação do plano.

Veja bem, embora seja uma tramoia muito bem executada para evitar o recolhimento de impostos, até então ela não era considerada ilegal porque os governos irlandês e holandês não viam problemas quanto a isso (são brechas legais datadas de antes da UE), mas as coisas estão mudando: pressões da Comissão Europeia acabaram por fazer com que a Irlanda fechasse o buraco, impedindo o estabelecimento de novos esquemas mas permitindo que os já estabelecidos continuem operando até 2020. A mesma comissão está de olho não só no Google (e na Apple) como também em outras empresas como Microsoft, Dell e etc. que utilizam maracutaias semelhantes, e no entendimento dos políticos (principalmente da comissária Margrethe Vestager) é processar e multar todo mundo, obrigando as companhias a pagarem tudo o que devem à União Europeia. A Apple foi a primeira a dançar e há grandes chances de Mountain View ser a próxima.

Ao mesmo tempo, o presidente eleito dos EUA Donald Trump estuda medidas para repatriar essa grana desviada, concedendo um acordo em que as companhias pagariam uma taxa única de 10% sobre tudo o que desviaram. Ainda não seria muito diferente de uma multa, mas a partir daí manter o dinheiro no território norte-americano pode se tornar mais vantajoso do que expatria-lo. De qualquer forma, essa novela ainda está longe de terminar.

Fonte: Bloomberg.

Relacionados: , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Julio da Gaita ✔

    e tem nego que pensa que essa malandragem é exclusiva dos BR’s, mesmo não sendo inocente, não sabe de nada…rs, os negos do velho mundo “dibrando” impostos desde …

  • Entendendo superficialmente, embora moralmente errado, eles não estão legalmente incorretos no que fazem.

    • “Moralmente errado” é ter que pagar impostos.
      Sonegar é belo e moral.

      • Alam Martins

        heheheheheh
        Só uma pergunta, você vai na padaria, pede meia duzia de brioches, e considera imoral ter que pagar por eles?

        • Alexandre

          Se o brioche estiver estragado, ou com insetos, ou qualquer coisa que inviabilize o uso, podemos entender que é imoral pagar por eles sim. No caso dos impostos, o produto que voce esta “comprando” está muito estragado.

          • Alam Martins

            Concordo contigo. No entanto, o que devo fazer ?

            1) Comer brichoes estragados?
            2) Brigar para ter meu dinheiro de volta e exigir uma melhora no serviço ?

          • Ivan

            3) não pagar pelos brioches e poder comprar onde quiser.

            Será que é tão dificil pensar nisso?

          • DennisFranck

            Enfiem seus brioches nos seus respectivos…estômagos logo antes que outro o faça.

        • É claro que não considero imoral pagar por produtos que eu decidi comprar.
Diferente de impostos… Que eu sou obrigado a pagar, tendo ou não algo em troca (algo que eu obviamente não decidi ter).

          • Ivan

            Realmente não faz sentido fazer a comparação, um é forçado outro é livre escolha.

          • Alam Martins

            Não Ivan, você não é forçado a pagar impostos.
            Você é forçado a paga-los se você escolher viver como um cidadão do seu pais, da sua cidade, que proverá serviços basicos em troca de tributos.
            Ainda é livre escolha, embora não pareça.

          • Ivan

            KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

            Claro, ou pago imposto ou vou preso, grande liberdade que tenho….

          • Petrus Augusto

            Você pode não pagar imposto mas também não pode viver nessa sociedade. Desse modo, você deveria sair dela e ao se excluir, você não vai mais pagar imposto (e nem pode ser preso por isso, pois, você não vive nessa sociedade).

            O ponto é: Para qual ir? Pois, a única que é assim (que eu saiba, de cabeça) é a indígena, e bem, você está disposta de abrir mão de tudo que tem, do luxo, de tudo, para viver no mato com eles?

            Lembrando, no momento que você entra em uma cidade, está usufruindo do serviço dela (asfalto, sinalização, segurança, etc), até quando você compra um feijão, você está usufruindo de algum recurso provido pelo estado (por meio de impostos)… :/

            Por isso que: Sonegar é o mesmo que roubar, você está usufruindo de recursos sem pagar por eles, é você ir no cinema sem pagar a entrada, por assim dizer. Esse papo de ‘imposto é roubo’ é relativo, sim, o excesso de imposto pela a qualidade do serviço que recebemos é foda e um puta roubo, mas, não paga-las enquanto usufrui de qualquer coisa dentro de uma sociedade também é roubo. A diferença é que o estado pode lhe cobrar de modo bem, “convincente”, mas você não pode fazer o mesmo com ele.

            Mas, como foi dito, você pode escolher não pagar impostos, mas, você realmente quer não usar nada? Tem certeza que você não usa nada vindo de impostos?

            Concordo que deveria ter o direito de abdicar de alguns, como saúde, em pró de um abatimento, na verdade, eu acho que já temos isso quando deduzimos o IR (se eu estiver enganado, me corrigem), escola também, entre outros…

            Por isso que sou a favor de menos estado ditando a vida das pessoas (e as mesmas, pagando pelas suas escolhas). Mas, estranhamento, o “candidato” que “representa” esse pensamento, é um estadista (as pessoas o chamam de mito, não sei pq, mas, cada um tem seus ídolos)

          • Alam Martins

            Perfeito Petrus.

          • Ivan

            Pq não posso? Pq não quero pagar saude estatal tenho que sair do pais? Se não quero pagar sus e uso me mandem um boleto, simples não acha?

            Cidades tem estacionamentos publicos que o municipio cobra, pela sua logica deveria ser de graça ou o municipio não cobrar?

            Me cobrem pelo que uso é tão dificil entender isso?

            Bolsonaro não é tão liberal assim, mas digamos é o mais liberal que temos, Agora vamos ver se o Justos vai se candidatar ele se posicionou bem libera.

          • Petrus Augusto

            Cara, acredita que eu também torço pelo Justos!? Vejo gente torcendo nariz, mas porra, nem viram as supostas ideias/propostas do cara! O nome disso para mim é preconceito/ignorância. E acredito que ele seria uma boa sim!!!

            Sobre não pagar imposto específicos, como falei, isso até tem, na hora da dedução do IR, mas, é algo bemmmm capenga, só uma ‘enrolação’ qualquer. Isso deveria ser repensado. Dar aquilo que as pessoas querem (e que pagam).

          • Ivan

            Povo falando mal dele mas viram quem são os politicos de sempre? Lula, Aécio, Alckim, Marina, porra vai colocar sempre as mesmas merdas?

          • bruno torrente

            Desculpe se separar dessa sociedade forcada também é crime 😉 , auto secessão ou secessão regional são crimes graves contra a constituição ( poder vem do povo para o povo menos quando ele quer se separar rsrsr )

            Sei que parece uma questão absurda, mas pare para pensar, desde que nasceu vc não tem liberdade nenhuma de escolha, e quando deixa de concordar com algo e nega-se a colaborar vc é preso ou morto ( acha exagero tente se negar a sair do carro ou de sua casa em apreensão por falta de pagamento do Impostos para vc ver ).
            OBS: Escolher outro para te representar também é errado pois ele também tem as mesmas limitações jurídicas estatais que vc .

          • Petrus Augusto

            Desculpe, se separar dessa sociedade forcada também é crime
            Essa não sabia… Mais um na lista de absurdos do Brasil.

            -> Não posso me matar, se eu fizer, é crime (sim, é proibido se matar), então, se eu ficar vivo posso ser processado, mas, não procederia pois eu não morri, logo, eu não me matei… É uma loucura absurda.

            -> Tenho um carro, mas não é meu, é alugado, pois, se eu não pagar o licenciamento, o estado o toma de mim além de me multar mais e/ou me fazer passar por um processo por sonegação (algo nessa linha, que faria mais sentindo que tomar um bem privado de valor mais alto que o imposto não pago/sonegado)

            -> Tenho o direito de votar, mas não tenho o direito de não querer sair de casa para não votar, pois, é um direito meu que sou obrigado a exercer, se não, perco direitos…

            Tipo, como falei, entendo o motivo do imposto, sei que deve ser cobrado e não concordo com o jargão ‘imposto é roubo'(por inteiro, até faz sentido no contexto de quanto é arrecado e quanto é retornado). Mas, isso não isenta de observarmos como o estado Brasileiro é incoerente, burro e mal formado!!

            Como falei antes, precisamos de uma reforma geral nesse merda!!

          • bruno torrente

            Se quiser rir um pouco pode seguir o Stalinismo Anarco no face

            Todos são obrigados a ter liberdade mesmo que se negue a tal …

            https://www.facebook.com/StalinismoAncap/

          • Petrus Augusto

            Acreditamos no Estado totalitário provedor da liberdade, para que seja atingido o capitalismo pleno por meio do socialismo.
            Já gostei da descrição!! hahahaha

            Capaz de eu começar a usar isso quando o pessoal me chamar de coxinha ou de ptralha (sim, sou chamado dos dois)… Vou dizer que sou um anarcocapitalista-stalinista!!! hahahahaha

          • Daniel

            Eu concordo com você Petrus, em quase tudo, mas cheguei a conclusão que o problema não é o estado, são as pessoas, os “cidadãos”, esse é o real problema, se as pessoas fossem bem resolvidas, em uma, duas noites de calamidade tomavam o estado, matavam os corruptos e tudo estava melhor, e a caminho de ser resolvido, e não creio que resolver dessa forma seja utópico ou impossível, utópico e impossível é o povão querer isso, eu há muito tempo abandonei essas questões maiores (na medida do possível) e venho me dedicando ao entorno apenas, e mesmo isso é extremamente difícil, resolver os problemas de casa, do quintal, do trabalho, isso já é incrivelmente complexo e trabalhoso, toma várias horas do dia (ainda que dê bons resultados), mas ai você começa a reparar, no povo que vem em casa e espalha lixo, que faz festas e vai embora, e a limpeza fica por contra dos anfitriões… que te dá presentes de 150 reais mas uma semana depois está te pedindo 10 reais porque não tem dinheiro para pegar o ônibus, que defende a igualdade e sociabilidade, mas põe os filhos em escola particular (mesmo sem ter dinheiro), que vai na igreja toda semana, mas tem uma masmorra no quintal (cachorros acorrentados no quintal 24/7, onde o bicho come faz as necessidades e vive em menos de 2 mt²)… que quer mudar o mundo indo no seu portão domingo de manhã levar a palavra de deus(que é o caminho certo para todos, sem exceções), que joga lixo para todo lado e nem é por pirraça é porque em casa faz assim também, que acha bonito não saber ler/escrever/compreender e tudo se resume em “é nóis!!!” e por ai vai a lista, fora os meus erros que alguns são impublicáveis. E quando você começa a prestar atenção nesse tipo de coisa o estado e suas leis não são problemas tão grandes e próximos como esses que cito. Sabe não sou ateu por completo, mas gostaria muito que no Brasil Jesus parasse um pouco de tocar o coração das pessoas e começasse a tocar o cérebro… dava até para começar a acreditar em milagres… Agora voltando ao foco e focando em impostos, não é tão difícil para de pagar, basta ter estômago para se tornar político, nesse país é o melhor meio de roubar sem ser preso, de sonegar sem nenhum problema e de fazer qualquer barbaridade que bem entender, ninguém te cobra, ninguém se lembra… Roubar diferente disso é burrice pura e simples, Mas se não gostar de competição, se achar muito trabalhoso tentar se eleger, então sugiro o caminho da fé, só dar uma procurada no google de 5 minutos sobre fundações de igrejas, cultos, não há nada igual, é simples, prático, tem poucas exigências, garantia de dar certo e muita MUITA sonegação garantida por LEI. Afinal se o problema do pessoal é a constituição isso resolveria tudo dentro da lei. Se alguém quiser fundar uma pode me mandar invite que dependendo dos termos eu aceito…

          • Petrus Augusto

            Caramba!!! Resumiu tudo, e falou tudo que eu penso, tento esquecer mas de tempos em tempos, a realidade bate e lembro sabe!! Que o problema não é bem o ‘estado’ (como figura) e sim as pessoas (que são as que compõem o estado), e isso me inclui junto.

            Tento todo dia mudar, me policiar, melhorar como pessoa.. Mas, tem momento que, parece que só eu sou o único ser humano na terra que tenta fazer isso (procurar melhorar como indivíduo, como ser humano).

          • Vai pro mato, você não paga nada

          • Ivan

            Claro que pago, só se sonegar.

          • Ivan

            E se eu não quiser ir pro mato quiser viver na cidade e pagar somente pelo que uso? É errado?

          • Alam Martins

            Exato.
            Na dúvida, é só ler Walden e perguntar ao Thoreau se ele teve que pagar impostos.

          • Alam Martins

            Perfeito Daniel.
            Porém quando você escolhe morar em uma cidade que tem coleta de lixo na sua porta, asfalto sob seus pés e um sistema de saude que te atenda, você escolheu esses serviços juntos.
            Você tem a oportunidade de viver em uma caverna no pé de uma montanha e não ter nenhum dos beneficios que , direta ou indiretamente, seus impostos lhe trazem.

            Diferente de um prestador de serviços, o estado vive dos seus impostos e, em troca, ele deveria prover bons serviços basicos que são a base para que a tal padaria ou mesmo google existam, e não seja eles a te esfolarem.

            OU seja, não é imoral pagar impostos já que, bem ou mal, você consome serviços relacionados a eles. O que é imporal é o estado nos esfolar e ao invés de prestar bons serviços aos contribuintes, transforam esses tributos em lucro para poucos corruptos.

          • Ivan

            Não cara, ninguem escolheu, ninguem assinou nada, ninguem tem o direito de te forçar a pagar por algo que não aceitou, pq não pode ser cobrado coleta de lixo? Não vejo pq não pagar separado, sistema de saude vc deve ta zuando né? ou paga um particular ou morre.

            Simplesmente vc pode pagar por serviços privados de melhor qualidade e mais baratos pq não teria o governo intermediando.

            Quero ver onde assinei ou qualquer pessoa assinou um contrato social que diz que vc aceitou pagar impostos e usar tais serviços.

          • Alam Martins

            Talvez você não tenha tido matérias suficientes no periodo escolar, ou não se lembre de algumas aulas. Mas se você pesquisar, você verá que, como membro de uma sociedade regulada por um estado, você possui Direitos e Deveres.
            Quando você faz o seu documento que é seu reconhecimento de que você está incluido naquela sociedade, você aceitou todos esses direitos e deveres.

            O Fato de você não ter lido o contrato, não se lembrar dele ou mesmo ele não ter sido apresentado por você, não significa que você não fez uma escolha. Você pode faze-la agora e mudar imediatamente para a republica do Hamburguer, que está aceitando novos moradores.

            O importante aqui é que, Existe um negócio chamado Estado, que infelizmente te dá muito menos do que deveria e esse é o modelo aceito no mundo, e por você também. Só que quando você decide pagar um sistema privado de saude ao invés de brigar pelo sistema publico, você está abrindo mão do direito que você tem, já foi pago e você, pouco preocupado com seu dinheiro, da as costas a ele em pró de ter uma suposta qualidade imediata no sistema privado
            Neste caso, me parece ser um mau negócio termos que pagar duas (ou mais vezes) por algo que já pagamos “sem escolha” como você citou, ao invés de brigar por aquilo que já pago, não ?

          • Ivan

            Cade a escolha? Cade o contrato? Me apresenta como posso deixar de pagar por serviços que não quero, se conseguir ai vou concordar com vc que tenho direito de escolha.

            Eu quero deixar de pagar o SUS como faz?

          • A Escolha envolve aceitar Direitos e Deveres… Se você não que pagar imposto (Dever), beleza, sonegue pra caralho… Agora, quando um malaco te enviar um cano na cara e levar tudo o que você tem, ou quando você precisar de socorro urgente quando for atropelado por um carro, não reclame da falta de SUS ou de Polícia

          • Ivan

            Por isso tem serviços privados de saude e segurança.

          • Alam Martins

            Exato !. É simples assim.

          • Não não não… ai é que você se engana.
            Eu não “decidi” nada disso. Alguém decidiu por mim. Quando eu ganhei alguma consciência política e moral, eu já tinha um RG, um CPF, uma carteira de trabalho, uma conta bancária, e já morava aqui na cidade. Só depois de muito tempo é que fui perceber que nada disso é algo que eu realmente teria se eu não fosse levado a esta situação.

            Se o lixeiro passa aqui na frente, não fui eu quem contratei. Eu pago para o governo mas poderia pagar para um particular se houvesse esta opção. Eu não uso a saúde publica, mas pago por ela. O serviço de saúde que eu uso é privado e eu decidi pagar por ele.

            Você também se engana sobre a forma de financiamento do estado… Ele não vive apenas dos impostos. Ele vive também do lucro das empresas estatais (que – veja só – são monopólios instituídos pelo estado), e também vive da inflação gerada pela emissão de divida pública (basicamente eles imprimem dinheiro, e isso gera inflação, ou seja, faz o dinheiro das pessoas valer menos).

            É imoral pagar impostos na mesma medida em que eu sou “obrigado” a pagar. Não vejo como isso pode ser diferente de extorsão.

          • Alam Martins

            Mais ou menos meu caro. Você decidiu fazer parte da sociedade. Isso significa imediata inclusão de direitos e deveres, correto?

            Você pode abdicar disso tudo no momento em que quiser.
            Em relação a você pagar o particular ou não , é sua escolha. No entanto, se você escolheu viver na sociedade X que já inclui o tributo do sistema de Saude, você não deveria reclamar e exigir isso?

            Em relação a alguem ter decidido por você, concordo que você sozinho não decide nada, mas dúvido que mais de 10% dos leitores do blog saibam falar quais foram os ultimos 5 deputados que escolheram. E se fizeram pressão nesses caras quando eles decidiram passar a mão na bunda de quem os elegeu.
            Isso implica você deixar de exercer o seu direito, que o teu imposto lhe garantiu. Mas é mais facil eu deixar passarem a mão na minha bunda e comprar saude privada né?

            Em relação as formas de financiamento do estado, não precisamos entrar nos detalhes do que foge ao tema dos impostos, pois a discussão acabará ficando imensa. Mas concordo contigo que há fontes secundárias que não aparecem no “impostômetro”.

          • bruno torrente

            Cara entenda, não escolhemos isso, isso nos foi imposto, sem qualquer tipo de escolha, e é proibido por lei fugir desse sistema ( ex construir um ancapistão ou algum tipo de condomínio mais libertário ) mesmo para aqueles que aceitam pagar por eventuais valores investidos ( tipo uma multa sabe ).
            Vc pode repetir centenas de vezes que documentos são contratos e tal, mas não são, se cadastrar em um site de compras não te obriga compras seus produtos e somente seus produtos e ser proibido de se descadastrar.

            Agora se vc deseja insistir nessa linha de pensamento,ok, mas onde esta a parte de revogar contratos e fazer um novo seguindo aquilo que eu desejo ? ou possibilidade de não continuar com esse contrato ?

          • Alam Martins

            A essa dúvida já te respondi em outro post seu.
            E é obvio que se você quiser construir algo libertário dentro dos limites de um pais , regido por leis, constituição, etc, você ainda está escolhendo fazer parte dele.
            A questão é que, um camarada acima inicou uma série de questionamentos se sequer entender a constituição, e acha que é dono de toda a razão.

            Os documentos não são contratos Bruno. “Contrato” ( ou apenas como referencia de facil entendimento ) é o que a constituição do pais que você escolheu permanecer coloca como direitos e deveres. Os seus documentos são apenas uma comprovação de que você faz parte de uma determinada sociedade e, como tal, aceita os direitos e deveres da mesma. E a forma de mudar o que não concorda não é xilicando nos foruns, e sim unir pessoas descontentes para brigar por aquilo que você acha certo.

            Nós não temos espaço para isso ?

            EDIT >>>
            Peço desculpas, acabei deixando algo importante que você perguntou sem resposta.

            Você não pode Bruno, refazer o seu contrato com a união.
            O contrato existente é ( ou deveria ser ) único. Você aceita ou não.
            O mesmo é feito quando você assina qualquer serviço da iniciativa privada, embora é claro, tenha que respeitar as devidas proporções de aceitar uma constituição e um contrato de prestação de serviço da iniciativa privada.

          • Ivan

            Então não tem como não aceitar a não pagar o sus por exemplo né?

          • Alam Martins

            Sua questão já foi respondida em ao menos 4 situações.
            Se ainda não entendeu, tenha um ótimo dia =)

          • Ivan

            Não respondeu, só falou que dava, nenhum momento deu uma resposta condizente, falar pra sair do pais não é resposta.

          • bruno torrente

            Não estou no País por que quero e sim por que sou obrigado, eu sei que para vc constituição deve ser algo muito importante, mas ela tira direitos básicos das pessoas ( ex escolha de não fazer parte ) além de ser esquizofrênica (poder emana do povo menos quando eles querem se separar).

            Por mim tudo bem vc querer seguir com suas leis e contratos imaginários, só quero ter o poder de separar disso ( auto secessão ou secessão regional ).

          • Alam Martins

            Bruno, a constituição não é importante para mim, mas quando você entra no assunto que essa discussão tomou, ela é a base.
            Não há qualquer discussão que fuja a isso.
            E da mesma forma que você cita que ela tira direitos, ela te garante direitos, certo?
            No caso da sua separação, o que te impede de juntar um grupo de pessoas, iniciar um plebiscito e ter seu direito garantido? o que te impede de fazer uma pressão para que sejam incluidas ou retiradas obrigações ou direitos ?

            Como criança, você é obrigado a ficar no pais onde seus pais ou resposáveis estão.
            Como homem, você não tem obrigação nenhuma de ficar em um local que você considera opressor e que você não deseja fazer esforço para iniciar uma mudança.

            Agora se você quer reclamar e fazer nada, e ainda ter todos os seus desejos atendidos, me avise quando achar esse lugar pois também gostaria de viver nessa utopia.

          • Ivan

            A constituição te obriga, vc não pode simplesmente falar “Agora sou um Estado independente”.

            Não quero sair daqui, só não quero pagar certas coisas, não é dificil entender isso.

            Claro reclamar aqui não resolve nada mas estamos comentando que querimos isso e vc comentando que não da.

            A questão central é ter liberdade de querer pagar pelo que usa e não pagar pelo o que não usa, não é simplesmente não querer pagar nada e usufruir.

            Isso de falar que se não gosta sai é bem infantil.

          • Alam Martins

            Sim, claro
            Sinal de maturidade é uma pessoa que nunca leu a constituição querer discutir acerca de liberdade privada por ela.

            Eu concordo com seu desejdo de “liberdade”. Só que você é brincalhão demais para ter um papo válido contigo.
            Abraços Ivan,

          • bruno torrente

            Primeiro, direitos que ela se propõe a dar são errados, bastaria PNA e propriedade privada ( seu corpo também e propriedade privada ) o resto e encher linguiça.
            Como falei antes essa mesma constituição proíbe secessão ou auto secessão ,quanto a juntar alguns e fazer plebiscito ? esqueceu democracia é ditadura da maioria, vc pode pedir o quiser, desde que todo o resto concorde, e convenhamos 99,9 % dos brasileiros não sabe nada a respeito ou tem preconceito com tais ideias, logo meu querer individual ou grupo e vetado sobe pena de prisão.

            E sim ja temos muitos que pensão assim, muitos ja organizam em lugares menos piores, ex migração com fim especifico e dominação politica de municípios pequenos.

            Ancapistões ja surgem mesmo no brasil, ou em alguns casos projetos de condomínios ou regiões com ideias mais libertarias.

            Ainda estaremos dentro do estado mandão, mas no que for possível esquivar ou desobedecer sera feito.

            Em alguns casos ja a brigas por áreas não reinvidicadas por estados ( que por sinal eles impedem de acessar mesmo não sendo deles )

          • Alam Martins

            Direitos serem errados é um ponto de vista, correto?
            A simples negação disso já daria o poder de alguem que discorde do seu pensamento de executa-lo sem maiores penas, já que você tem o direito de manifestar o seu pensamento garantido por essa mesma constituição, ou é exagero meu pensar assim? Alias, seria exagero tb dizer que este espaço só existe devido a um direito garantido ?
            Democracia é direito da maioria.;; hmmmmmm, penso e penso muito sobre isso e não enxergo mal algum nisso, inclusive pediria para você discursar mais sobre o tema pois isso entender esse ponto de vista seria bastante importante para mim.
            Mas voltando ao caso. O que te impede de convencer a maioria de que uma mudança seria bom para eles, bem como para você.
            Alias, o que te impede de propor mudanças que não sejam uteis somente a você, e que isso tenha alcance a todos.
            Alias, perdoe minha ignorança, mas o povo não fica puto da vida por não ter a segurança, ou beneficios que alguns poderosos do nosso pais possuem , as custas do dinhero desse mesmo povo ( inicio da discussão sobre pagar impostos e cobrar pelo retorno deles )

            Você vive em um lugar com regras definidas. Embora nem sempre elas sejam seguidas, eu acho que deveriam SIM ser seguidas e, em caso de necessidade de melhoria, os mesmos individuos que reclamam e não querem sair, briguem para que o seu direito adquirido seja para todos. Mas claro, isso é o que eu acho e que, por coicidencia ou não, é a forma mais comum aceita e quebrada por quem mais deveria segui-la.

            O simples pensamento de Ancapistões desconectados dos direitos e deveres garantidos pelo local onde estão localizados já dão liberade a qualquer grupo de individuoes entrar, pilhar, e massacrar quem eles quiserem ou conseguirem ali. afinal, por que seguir regras em um lugar reconhecido justamente por desejar sair das regras? E ai vemos a história, como a chinesa, européia ou outras, nos ensinando sobre o que acontece com o modelo no longo prazo.

            Embora sua linha de pensamento tenha algumas questões históricamente falhas, acho esse assunto interessante e adoraria participar de foruns onde você aborda esse tema. Desde já, agradeço por colocar esses pontos em discussão.

          • bruno torrente

            Obrigado pelos pontos colocados.
            Então para quem não conhece as ideias por traz e comum pensar em algo como pilhar roubar regiões assim, mas esquece que quando falamos em não usar os serviços obrigatórios do estado estamos por logica sugerindo usar uma versão privada do mesmo, esse sim acordado, contratado e com concorrência, muitos ancaps até acreditam me pequenos municipios socialistas/comunistas livres, desde que não imputem suas leis e bravatas aos demais ta perdoado ( sim absurdo concorrência livre entre pequenos municípios para ver quem atende melhor seus moradores )

            Ja devo ter apontado isso, existe um mínimo ético ( ex PNA ) comum a todos no mundo ( ex propriedade privada individual ou seja seu corpo ), procure um pouco sobre direitos negativos ( ainda no contexto do mínimo ético libertario ou como alguns conhecem direitos de 1° geração ).

            Voltando ao tema impostos, por mim mudava para não obrigatório e por consequência contratação de alternativas ao fornecido pelo estado e já estava bom, tipo uma ZEDE da vida, mas isso também foi proibido no Brasil, mesmo apos inúmeras tentativas de alteração.

          • Alam Martins

            Captei Bruno. Novamente, obrigado pela explicação e pelas indicações.
            Vou dar uma lida sim e, apenas mais um comentário, Embora tenhamos iniciado um ponto aparentemente conflitante, concordo com o que você comentou sobre os impostos. O Estado de fato deveria ser eficiente e menor. Minha discussão anterior com um colega era basicamente a alternativa que o mesmo estava dando, mas no fim das contas, todos buscamos o mesmo resultado.

            ótima contribuição meu caro.
            Abs

        • Ivan

          Deixa eu te perguntar, se você vai na padaria paga por 10 brioches e recebe 5, é moral?

          • A pergunta deveria ser.
            “Você está de boas em casa e aparece alguém na porta com brioches, dizendo que você tem que pagar por eles. Mas você não pediu os brioches. É moral pagar por eles?”

          • Ivan

            Se eu não pedi não pago e não pego.

          • Pois é… Com impostos você não pode “não pagar e não pegar”. Eles te obrigam a pagar, ainda que você não pegue.

          • Ivan

            Sim, é vc pagar por brioche pra outro comer, não sei como acham isso justo belo e moral…

          • Alam Martins

            Se você escolheu consumi-los sim. A iniciativa privada vive disso =)
            O que estou tentando explicar a você, é que você fez a escolha, só não entendeu isso ainda. Abdique dos seus direitos e deveres como cidadão e você não será cobrado por isso. Só não espere manter seus direitos caso você não cumpra seus deveres.

          • Ivan

            Como me abdico? onde posso ler o contrato? até agora vc falou que tenho escolha, tenho direito de não usar não querer mas cade?

          • Alam Martins

            Já mandei um link para você,
            Ao invés de agir como moleque birrento, da uma lida no link e procura mais informação a partir de lá que encontrará suas respostas.
            Boa sorte Ivan.

          • Ivan

            Não apareceu o link

            Coloque entre

          • Alam Martins

            https://uploads.disquscdn.com/images/4826212f2143b3863876a42b0b7eb1677d1b9d9fbdec18ce8fe00efc70aa94f9.jpg

            Aguardando liberação do meiobit.
            =)

            De qualquer forma, procure… certeza que você não encontrará dificuldade em achar.

          • Ivan

            Então tenho que me abster de tudo e não de algumas coisas? Nossa que grande liberdade que tenho.

          • Ivan

            Nesse link ensina como deixar de ter cidadania?

          • Alam Martins

            Nope. Isso você aprende em varios momentos da sua vida, a começar pelo ensino primário.

          • Ivan

            Que escola que vc estudou?

            Imagino vc na primeira serie chega a professora e fala, hj vou ensinar como deixar de ser cidadão brasileiros peguem seus cadernos que irei passar no quadro as leis e como preencher os formularios.

          • Alam Martins

            “E.E.P.S.G – “Di Cavalcanti”

            Imagina errado.
            Onde estudei me ensinaram as regras, e como eu devia aprende-las se quisesse, em algum momento da minha vida, muda-las.

          • Ivan

            Ensinaram a não pagar pelo sus se quisesse?

          • Ivan

            De novo cara enqunto vc ficar com esse papo que a vida te ensina e não mostrar como irei ficar perguntando.

          • Davi Leichsenring

            Pra você deixar de ser brasileiro é necessário ser cidadão de outro país e não morar no Brasil. Impossível virar apátrida.

          • use para links

            (sem espaços)

          • Alam Martins

            Obrigado Le Mário
            Na verdade eu estava com preguiça de fazer isso para um preguiçoso, mas sua indicação já valeu o trabalho.

            www.brasil.gov.br/governo/2009/11/direitos-e-deveres-do-cidadao-andam-juntos

          • Ivan

            De novo não fiz escolha fui forçado, FORÇADO.

          • bruno torrente

            OK, pliz tutorial de como abdicar desses “direitos”, pois anarco capitalistas estão a anos correndo atrás e não descobriram uma forma definitiva ainda, mas nos de uma luz sobre esse conhecimento, seria de grande valia 😉

          • Ivan

            é só sair do pais kkkkkkkkkk

          • bruno torrente

            Ser expulso ou sair , no final ira para outro estado que faz o mesmo.

          • Alam Martins

            Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que:

            I. tiver cancelada a sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao interesse nacional;

            II. adquirir outra nacionalidade, salvo nos casos:

            a) de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira;

            b) de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro residente em Estado estrangeiro, como condição para permanência em seu território ou para o exercício de direitos civis.”

            O artigo supramencionado deixa claro que o brasileiro perderá sua nacionalidade caso adquira outra, entretanto, o brasileiro não perderá sua nacionalidade nos casos citados nas alíneas “a” e “b”. De acordo com a alínea “a”, a pessoa propriamente não adquiriu, de forma voluntária, a nacionalidade estrangeira, ela a tem por força da lei estrangeira, independentemente de sua vontade, de modo que, no máximo, o que ocorre é o reconhecimento de que a possui.

            Você também pode rasgar seus documentos, abrir mão dos seus bens e ir morar no meio da amazonia, consumindo o que produz e não dependendo de nada do pais.
            =)

          • Ivan

            Nasci aqui e não sou estrangeiro claro… como faz pra perder a nacionalidade?

          • bruno torrente

            Ótima alternativa eim, me expulsa ou espera que eu saia, pois nunca vai concordar que o que faz esta errado, realmente uma logica bem interessante ;).

            Percebo que e bem apegado a leis, constituição e contratos imaginários, mas serio alguma vez parou para pensar nas incoerências do que fala, não que vá mudar de ideia, mas já parou para pensar nas coisas que outros como eu apontam, seus argumentos todos são baseados em contratos imaginários, leis e regras enfiadas goela abaixo ou imputadas por força ou morte, e não vê nada de errado nisso ?, desde cedo vc não tem escolha, e quando confrontado sugere expulsão ou abdicar e ir para outro estado que faz o mesmo 🙂 .

            Depois se perguntam por que libertários tem tanto sonho de conseguir um lugar fora dessa loucura.

          • Alam Martins

            Claro que já Bruno.
            Em nenhum momento eu disse que tais regras são sagradas e imutaveis.
            O que eu disse , em todas as ocasiões, é que existem regras definidas no papel e disponíveis para todo mundo que aqui vive e que, se você não concorda com elas, ou você trabalha para altera-las, ou você da as costas por achar que é um caso perdido e vai cuidade da sua vida, como individuo, em um lugar que te valorize.

            O que eu não aceito, é alguem que simplesmente as ignora vir me dizer que isso é o certo, pois é o mesmo que você vir, no final do meu dia de trabalho, me apontar uma arma e levar o meu dinheiro e minha vida simplesmente por que você não concorda em eu ser um trabalhador e pagador de impostos.

            Você tem toda a liberdade do mundo para escolher e brigar por aquilo que acha que é certo, Mas até que você mude as regras, siga-as e trabalhe pesado para acabar com as incoerencias e injustiças.Nao fique sentado reclamando que não pode isso ou aquilo e nao faça nada para mudar, pois voce sabe que é assim desde o inicio da sua vida. Ou deveria,

          • bruno torrente

            OBS: Seu exemplo um tanto infeliz, anarcos e afins seguem um minimo etico chamado PNA, nunca em nossa concepção roubar outro por não concordar seria aceito, estou ferindo sua propriedade privada ( seu corpo ).
            Ao contrario do que se pensa anarco capitalismo e afins e fim do estado sim, mas não fim de viver sem etica e leis, so muda quem as cria e a possibilidade de se abster desde que não esteja ferindo o PNA.

            Sugiro um canal no youtube, ANCAP.SU que tem um foco mais nessa questão jurídica sem ser chato ou massante ( nada de mimimi apresenta a ideia e esclarece alguns pontos de duvida comum )

            Novamente pressupõem que por eu escrever na internet não faço nada, equivoco, mas compreensível, ativistas de sofa existem aos montes me confundir com mais um é perdoável rsrs.

            Sim lutar pelo que acredito, mas entenda o tamanho do problema, o básico constituição é contra quase tudo que acredito e proíbe sob pena de prisão ou morte ir contrario, uma ditadura da maioria impede eventuais pequenas alterações, e ao contrario de revolucionários e todynhos da vida não queremos imputar nossas ideias a quem não as considera, apenas desejamos que sejam respeitadas nossas liberdades individuais de não seguir as existentes.

            Sugiro ler ou assistir algo sobre o tema, e entenda um pouco o lado contrario …

          • Alam Martins

            Obrigado pelas indicações Bruno.
            Vou dar uma estudada sim no material que você citou, e peço desculpas se fiz tal relação que não condiza com sua realidade.

            Mas voltando a discussão, estou ciente do conceito apresentado pela PNA, e não entenda o que vou dizer a seguir como defendendo uma constituição em detrimento a PNA.

            A PNA é, em essencia, o seu dever de cumprir as leis ( uma em especifico ) e o seu dever de Respeitar os direitos sociais do próximo.

            Tendo dito isso, como o colega Mário citou, é pura utopia imaginar que uma PNA previne situções contrárias, assim como a Constinuição, leis e aplicação de penas também(constituição) também não previnem.
            O problema da subversão de leis e conceitos encontra-se no individuo que, pelo motivo a, b ou c ( como o colega ivan) acorda inspirado em um determinado dia e determinado a conquistar um direito que tais conceitos não lhe deram ainda. A PNA, e qualquer outro ponto apresentado serve de Norte, não garantia.
            Do contrário, não veriamos as falhas na constituição, Nao veriamos os conflitos Religiosos, Não veriamos o conflito entre paises, ou mesmo entre cidades.

            Então finalizando , vou procurar o material que você sugeriu sim, mas é importante tomarmos muito cuidado, independente da vertente ideologia, pois nenhuma ( nem mesmo a mais aceita ) consegue resolver todos os problemas do individuo ao ponto que a subversão seja uma opção descartada.

          • bruno torrente

            Concordo em parte sim, mas reitero libertarianismo, anarco capitalismo etc se propõe a isso mesmo, mostrar que existe um mínimo ético e o restante parte dai, que podemos respeitando limites chamar de moral, esses movimentos não apontam solução para tudo ( nem é essa a ideia primordial ) e sim mostrar que de todos os formatos políticos/ legislativos/ estamos longe de algo aceitável, muitos consideram democracia o menos pior dos formatos, e é compreensível quando não se conhece alternativas, mais modernas e ponderadas, mas ao contrario do que era 500 anos atrás, hoje criar um lugar assim é extremamente complicado, e quem segue essa linha esta ciente.

            Até la, iniciamos por abrir os olhos de muitos sobre incoerências do sistema atual, aos poucos mostrar que tem alternativas, abrir sua mente e alocar mais um membro, mesmo que não seja plenamente de inicio. Trabalho de formiga eu sei, mas melhor do que sair matando e imputando nossas ideias a outros.

          • Alam Martins

            Cara já virei teu fã… kkkkk
            Brincadeiras a parte, muito bem colocado seus pontos e tenha certeza que o objetivo que você deseja alcançar é o mesmo que o meu, embora tenhamos iniciado com algum “ruido” dada as relações que acabei fazendo para o outro colega, Mesmo eu tentando dizer ao sujeito para levantar a bunda a iniciar o processo de mudança que ele desejava.
            Seu caminho é arduo sim, mas é o correto. Mas se não for assim, voltamos a nossa origem animal.
            Novamente, obrigado pela paciência e pelas indicações de conteúdo.
            Abs Bruno.

          • bruno torrente

            E tranquilo quanto ao exemplo, ja estou acostumado, conhecemos com apelo ao absurdo, assim como o argumento dos unicórnios tem que se acostumar rsrsrsrs…

          • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Os anarco vivem em uma utopia, assim como os socialistas/comunista.

            Também não podemos esquecer dos liberais, que acham que o mercado irá regular tudo, que tudo virará um mundo de unicórnios.

            Não que eu seja contra a ideia deles, mas sim a forma com que eles pregam. Parecem bispos da Universal.

          • Ivan

            Claro o que da certo é o governo controlando tudo….

          • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Você por acaso leu o que eu falei no final?

          • Alam Martins

            Ihhhh Mario, ignora.
            passou de 64 caracteres o resto do conteudo é ignorado.
            Sua colocação foi clara o suficiente até para uma criança.

          • Existe o meio termo, governo criando regulações para proteger os consumidores e evitar carteis e monopólios para manter a livre concorrência. Mas pra isso existir teríamos que ter políticos imparciais, e não políticos que recebem propina de empresas como a Odebreche para votar leis que os favorecem.

          • Ivan

            Mesmo com politicos imparciais ainda não teriamos livre concorrencia, sempre dariam um jeito de fuder a economia mesmo que fosse de boa vontade.

          • Empresários também fazem cagadas e depois correm pro governo pedir ajuda (Oi estou apontando o dedo pra você ), ninguém é perfeito, mas se não houvesse corrupção com certeza a interferência no mercado seria muito menor.

          • Alam Martins

            Com certeza, é só ver o que aconteceu na crise de 2008.
            Não acho que o modelo em si seja o culpado dos erros, mas como você aponta, a corrupção e impunidade de tais individuos.

          • Ivan

            Sou contra essas ajudas que o governo dão, se bem que o caso da oi é bem estranho, não é apenas cagada e ajuda do governo é mais esquemas e corrupção mesmo.

          • Também sou contra, mas o numero de empregos diretos e indiretos perdidos gerariam um problema muito grande para o país caso uma empresa do tamanho da Oi fechasse, ou mesmo os bancos que pediram ajuda tanto no brasil quanto nos USA em caso de crise. Acho que a empresa que deve tanto o governo deveria ser tomada pelo governo para o pagamento da divida que a venderia logo em seguida, sem as dividas com o governo para outro grupo que soubesse administrar melhor.

          • Alexandre

            Mas essa é a definição de capitalismo de compadres, que é a causa de muitos dos nossos problemas.

          • Com certeza esse capitalismo aonde os mega empresários tem peso maior que toda a população é péssimo, por isso precisa ter regulação do estado para tornar tais atos ilegais. Mas ao mesmo tempo precisamos de legisladores sem ideias de gerico, que toda vez que querem criar um programa novo e não tem verba, ao invés de cortar nos seus benefícios , ou tentar tornar o sistema mais eficiente, para conseguir verba, criam um novo imposto.

          • bruno torrente

            Anarco Capitalistas são muito mas pé no chão do que vc imagina, a questão que pessoas como vc confundem apontar incoerências de ideias com a militância esquizofrênica de social-democratas/socialistas/comunistas, mas é perdoável palavra anarco tem tom pejorativo hoje em dia, e poucos muitos poucos fazem questão de se aprofundar nessas ideias e conhecer os argumentos a fundo ou no mínimo saber o que é PNA, direitos negativos , diagrama de nolan etc.

            É fácil apontar que é utopia, unicórnios e bla bla bla, mas quando apontamos que as ideias contrarias sim esperam um mundo utopico onde pessoas fazem o melhor pelos outros, políticos são bons, impostos são usados de forma correta, reserva fracionaria não existe, compra e venda de leis não existe e liberdades individuais são sempre respeitadas fora que completamente todos os envolvidos nisso são santos, e nos que somos loucos.

            Simplificando, entenda melhor os pontos contrários ( libertários tem tendencia a ler e aprendem muito mais sobre ideias contrarias que o s próprios propagadores, justamente para apontar incoerências ou pontos sem tratamento ), não discrimine uma ideia que vc não conhece.

          • Você fala com se a secessão fosse possível. Não é. Informe-se. Para abdicar da cidadania de um estado, você deve tornar-se cidadão de outro. Tudo o que uma pessoa pode fazer é escolher qual o estado que vai lhes extorquir (e torcer para ser aceita). Não há saída.

          • Alam Martins

            Exato, falo em escolher a cidadania que mais lhe cabe, caso você não tenha disposição para batalhar pelas mudanças que deseja.
            Mas aqui cabe um comentário ( do qual todos (e me incluo nisso) estamos incluidos) que é a ignorância e o passivismo. Vemos diariamente exemplos de que somos roubados, mas ao invés de pedir o dinheiro de volta e exigir nosso direito, vamos pela alternativa mais simples que é comprar do vizinho algo que esta incluso no imposto. Não seria a hora de acordarmos e exigirmos nosso direito?
            A secessão no termo em que você encontra não é possível,
            Mas veja o exemplo da familia Schürmann. Veja a experiência de Henry David Thoreau retratada em Walden.

            Existem formas de faze-lo sem que você se torne contra mim, por eu escolher pagar os meus impostos em dia.

          • – Você não “escolheu” pagar seus impostos. Esta é uma imposição (por isso o nome é “imposto”). Você paga porque é obrigado.

            – Eu prefiro não ter que pagar a ter que ficar implorando por bons serviços. Se eu entro em uma loja e sou mal-atendido, eu simplesmente vou embora… Eu não fico gastando saliva para exigir um bom atendimento. Com o estado é a mesma coisa: Não quero gastar tempo para “melhorar” o estado… eu quero que o estado se dane na verdade. Só quero que ele pare de me roubar.

          • Alam Martins

            Essa é a definição de imposto e está certo. Sempre haverá imposto quando você está em qualquer regime atualmente conhecido no planeta.
            Talvez não em alguns lugares como Lunda, mas vai por mim, você não gostaria de morar lá…rs
            Eu te entendo, e estou de acordo com você.
            Mas existe uma grande diferença de estado e iniciativa privada. Você sabe disso pelas respostas que me deu, e sabe que seu desejo não se realizará se não se esforçar para mudar tal realidade.

            Portanto, é louvavel seu desejo, mas vamos lá, Se tentar fazer valer seus direitos é tão complicado assim, tem passagem baratinha hj em dia. Só escolher o destino que recomeçar. O que nao dá é esperar a pipoca cair do céu, já salgada ao ponto e acompanhada de garrafinhas de guaraná, certo ?

          • TheGuy

            Exatamente.

          • Alam Martins

            Ivan, você está repetindo exatamente o que já expliquei antes.
            A questão não está no pagamento, e sim no que você recebe quando paga.
            Se você pagou por 10, brigue para receber os 10. Não aceite menos, e simples , obvio, e já foi dito nesta thread.

          • Ivan

            Eu não quero a merda dos brioches não quero lutar por brioche melhor, é dificil entender?

          • Alam Martins

            Não .. não é….
            Dificil é você entender que você já “assinou” o contrato, mas pelo visto você não vai entender por preguiça o seu papel onde você assinou. Então infelizmente não posso te ajudar nessa discussão.

          • Ivan

            Onde assinei, onde concordei? Perguntei varias vezes e vc sempre repete sem explicar.

            Nascer não é assinar nada nem concordar.

          • Alam Martins

            Olha seu CPF, seu RG, seu Titulo de Eleitor , sua reservista, sua carteira de motorista, sua carteira de trabalho,
            Você nasceu com algum desses documentos? Alias, você sabe o significado de tirar esses documentos?
            Me manda foto deles e te mostro onde você assinou.

          • Ivan

            E onde posso parar de pagar, já que vc falou que tenho opção?

          • Alam Martins

            Ivan, com todo respeito, se estiver realmente disposto a saber , vai lá fazer a lição de casa.
            Certeza que você vai entender rapidinho
            =)

          • Ivan

            Peço que coloque o link com por causa da proteção sem isso não aparece.

          • Flávio Pedroza

            É só não trabalhar (ou trabalhar sem carteira assinada – clandestino). Sem renda, sem imposto.

          • Ivan

            Dai o governo te acha e te processa.

        • Ivan

          Outra pergunta, é moral vc receber um boleto da vivo cobrando internet que vc não usou e ela da a justificativa que vc está pagando pra outras pessoas usarem internet?

    • Eerrr, basear coisas em morais como se fossem absolutas para mim é um belo engano.
      Por nisso vermos tanta gente problematizando: todos querendo julgar algo moralmente, sendo quem isso pode variar de pessoa pra pessoa.

      • Alam Martins

        Tem meu voto !

  • советский медведь

    elisão =! evasão

  • Alexandre

    Ha uma diferenca de metodo, mas no final, a diferença entre os casos é que uma e acusada de sonegar nos EUA a outra na Europa.

  • Pancho, solo Pancho

    Como o esquema é no primeiro mundo todo mundo pensa “Caracas! Que contadores fodas!”
    Se fosse no Brasil “Contador filho da fruta! Não fez o trabalho direito!”

  • Jorge

    Gosto do Giz porque ele julga. Enquanto a comissão analisa o caso.

  • Neto

    Sonegou foi pouco. 💛

    • Mirai Densetsu

      Depois reclama de corrupção. ¬¬

      • Ivan

        Roubar dinheiro publico é igual vc deixar de pagar por meios legais?

        • Mirai Densetsu

          Parte do roubo de dinheiro público envolve o não pagamento de impostos devidos.

      • TheGuy

        Corrupção é quando vc pega dinheiro dos outros e usa para fins privados.
        O que o Google fez é não deixar roubarem o dinheiro que eles ganharam, ao menos parte dele.

        • Exato…

        • Mirai Densetsu

          E quando você desvia dinheiro que os seus clientes estão pagando em impostos para seus fins pessoais? É roubo?

          • Henrique Crivelli

            se você tirar dinheiro de seus consumidores, sem o consentimento dos próprios, é roubo sim. Se você não deixar pessoas (ou entidades) alheias se apropriarem do dinheiro que o seu trabalho (ou os seus produtos) te renderam, aí já não é roubo, é outra coisa chamada defesa de patrimônio.

          • Mirai Densetsu

            Só que a parcela do valor do produto destinada ao pagamento dos impostos não pertence ao empresário. Pertence ainda ao consumidor que está pagando o imposto.

            Ao sonegar, o comerciante está se apropriando do dinheiro que não é dele sem o devido consentimento. Ou seja, ele está roubando o consumidor.

            E como ainda tem moral de reclamar da corrupção se você apoia o roubo quando cometido por empresários?

          • Henrique Crivelli

            Se apoiar uma pessoa a ficar com o dinheiro que é fruto do trabalho dela for apoiar o roubo, então sim, eu apoio o “roubo” por empresários, por cidadão comuns, por comerciantes, por bancários, por pedreiros, por todas as pessoas.

            Agora se vc acredita que arrancar uma porcentagem absurda do seu dinheiro sob o pretexto de imposto é algo normal, e que combater isso é apoiar roubo, já que o dinheiro pertence ao consumidor, então boa sorte tentando reaver o seu dinheiro que foi cobrado (muito) a mais sob o nome de imposto.

          • Mirai Densetsu

            E você quer combater “roubo”… Roubando? É isso mesmo?

            Sabia que é essa mentalidade de marginal que faz com que os impostos fiquem ainda mais altos? Sabia que, com o que empresários roubaram, dava para cobrir com muita folga o rombo na previdência E nas contas do governo? Sabia que mais de 500 bilhões de reais são roubados anualmente por bandidos empresários que pensam como você?

            Se os empresários não roubassem o dinheiro que seria destinado aos impostos, o governo poderia reduzir os impostos em pelo menos 20% sem reduzir um centavo sequer da arrecadação. Mas nããããããããããããão! O pessoal apoia a bandidagem que está falindo o país só porque são empresários. E depois o corrupto é petista. ¬¬

    • Planejamento fiscal não é sonegação.

      Fikdik

      • Juliano Teichmann

        Exato!

        As empresas [sérias] nacionais trabalham arduamente para conseguirem a maior redução de imposto dentro dos limites da lei. E sim, existem milhões de brechas e furos nas mais diversas leis que são confusas justamente para que estas brechas existam, e quem aprende com isso ganha mais dinheiro.

        O que é mais fácil, você ter um imposto único (como no Paraguai) e seu sistema de crédito ser todo baseado nisso, ou você ter diversos impostos diferentes (PIS/COFINS/IPI/ICMS/II/ITBI/ITCMD/CSLL/IRPJ/CSLL/INSS/FGTS/RAT/FAT/FUNRURAL), com legislações diferentes, que são específicas para certos produtos ou regiões e ainda assim com entendimentos diferentes de fiscais e juízes? Tudo gera brecha pra planejamento, para roubo e para corrupção.

        Qual é mais fácil fiscalizar? Qual é mais simples de julgar? E por que o Brasil insiste nesta palfúrdia de impostos? Quanto a fiscalização custa à União e aos Estados? Pense nisso.

        • Alam Martins

          Ahhh , mas se fosse simples assim, como poderiam roubar seu dinheiro e ainda vir pedir seu voto na cara dura?

          Brincadeiras a parte, estás corretíssimo.

        • Ivan

          Quanto mais impostos mais vc pode comprar um politico pra ele te dar isenção

      • Alam Martins

        Sem dúvida, o comentário mais importante da materia !
        Ainda não foi sonegação !

      • João Franco

        Tomara que estejam sonegando muito

  • jairo

    Por enquanto nenhuma empresa pode ser acusada de sonegação , já que utilizaram de métodos legais para o pseudo não recolhimento , acho que a UE não pode multar as empresas pois não cometeram nenhum ato ilicito

    • Mirai Densetsu

      Bom, é para isso que contratam contadores, né?

      • Ivan

        Sim, se ta na regra ta valendo não é?

        • Mirai Densetsu

          Sim, se ta na regra ta valendo não é?

          Sim.

          Mas será que a regra foi cumprida à risca? Será que eles não “esqueceram” de pagar alguma coisa? Se não fosse isso, a corte não teria dado ganho de causa para o governo.

    • Caso da Apple e Irlanda e os 13bi de libras, está sendo analisado sujeito as regras da UE que a Irlanda deixou de cumprir seguindo acordos a parte, logo Google e outros vão pelo mesmo caminho, só o caso da Apple correr favorável a UE.

      E com essa “negativa de colaboração” com Trump naquela reunião, é mais um ponto que o Trump pode estudar pra dar aquela forçada de barra nas empresas.

      • jairo

        Bem , se foi a Irlanda que deixou de cumprir ela que pague (os contribuintes irão adorar-) )

        • Allan Pereira

          mas são os contribuintes que NÃO querem receber esse dinheiro inclusive fazendo pressão para que o governo NÃO pague. Devido a esse desvio foram instaladas VÁRIAS fabricas lá em regiões agrárias levando desenvolvimento e produção a um local que vivia de plantação. A renda per capita do local aumento em mais de 500% inclusive mantendo os jovens nas cidades de origem ao invés de manda-los para os grandes centros de produção e capitais.

  • Petrobras e Odebrecht curtiram essa notícia.

    • Ivan

      Ali foi roubo mesmo.

      • Furto qualificado, estelionato, corrupção, máfia, formação de quadrilha…

        • Ivan

          sem esquecer dos presentes de amigos.

  • tuneman

    uma vez eu li que até os Rolling Stones fazem isso.

  • A boa e velha Elisão Fiscal. Trump se elegeu dizendo que não pagava IR por ser esperto. ¯_(ツ)_/¯

  • Rodrigo Ovchinnikov

    Sonegou foi pouco! Imposto é roubo!

  • Bicows

    Kkk tinha empresa brasileira que ia (eu disse ia) mudar a sede pra Irlanda… Acho q não vai mais kkkkkk

    • Alberto Prado

      Acho que o Cade (?!) negou o pedido antes mesmo desse acontecimento todo. Tomou na jabiraca.

  • Claudio Roberto Cussuol

    Uma pergunta sincera:
    Sabemos que essas grandes corporações movimentam mais grana do que o PIB de muitos paisecos pequenos.
    Não seria interessante para uma Google (ou Apple, Microsoft….) comprar uma ilhota no Pacífico e fundar uma Googlelândia, com leis próprias?
    Quem não reconhecer o “país” como soberano ficaria sem os serviços da empresa. (ou sem comprar iPhone no caso da Apple)

    • Alam Martins

      Interessante seria sim, mas não podemos esquecer que o google opera no mundo, não só na sua “groelandia”.
      Isso traz diversas implicações que podem, de um jeito ou de outro, não dar certo se um determinado pais decidir mudar as regras do jogo e não aceitar o google.

    • Gaius Baltar

      Simplesmente porque as empresas precisam mais dos mercados que o contrário. Não são bens insubstituíveis. Petróleo, por exemplo, ainda é fundamental para o funcionamento da economia, por isso um boicote do Irã ou da Arábia Saudita é algo que tem relevância mundial. Um boicote da Apple só prejudicaria a própria empresa.

  • s3ph1r

    [Spoiler] Qualquer post que fala de imposto inegavelmente existirão esses comentários:

    1- Imposto é roubo
    2- Ser anarcocapitalista/libertário/unicórnio é a salvação
    3- Fora Estado.

    [/Spoiler]

    Apesar de ser uma brincadeira que fiz, aparenta sérios riscos de ser verdade na grande maioria dos casos… auhauahuha

    • Ivan

      Dai sempre aparece os adoradores do Estado, defensores de estatais e que todo empresario é malvadão.

  • Flávio Faive

    Parabéns Google! IMPOSTO É ROUBO.

  • Julio Verner

    Se imposto é roubo, desviá-lo é fugir do ladrão.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis