ad

Qual a hora de trocar de câmera?

equipamento-fotografico

Vocês conhecem o Armando Vernaglia Jr.? Se não conhecem e gostam, ou estão aprendendo fotografia, então eu aconselho a dar uma olhadinha no canal do fotógrafo no YouTube. Papo reto, sem firulas ou efeitos, apenas muita informação bacana. Semana passada, em um vídeo de poucos minutos, ele tocou em um assunto delicado: quando devemos trocar de equipamento. Pois bem, vejam o vídeo abaixo.


Armando VernagliaJr — Quando devemos trocar de câmera?

Faz quase 10 anos que ministro aulas de fotografia aqui na região. Fui responsável pela formação de muita gente e boa parte dos profissionais da cidade passaram por minhas mãos em seu início da caminhada nessa nobre atividade. E, infelizmente, muitos estão acometidos pela impressão que que câmera melhor é indicação de fotografia melhor. E eu entendo isso. A câmera é um grande brinquedo e, como crianças crescidas, sempre queremos mais. Mas, para a qualidade da fotografia que produzimos o mais importante é o conhecimento, e não o equipamento.

Então, aquela pergunta básica que todo iniciante faz sobre qual equipamento devo comprar, deveria ser qual livro devo ler? Qual curso devo fazer? Quais fotógrafos devo estudar? E depois se preocupar com o equipamento. Digo sempre que a câmera é apenas uma ferramenta. É o meu martelo e formão para esculpir com a luz. Elas estão lá para ser um meio, e não o fim.

Exemplos de como as prioridades estão invertidas? Tenho ex-alunos que no espaço de 2 anos trocaram de câmera 6 vezes, mas que não investiram 1 centavo em conhecimento. Pessoas, de meu círculo interno, que acreditam que apenas uma Full Frame pode trazer qualidade para suas imagens. E, o exemplo mais absurdo, uma fotógrafa famosa que só ministra cursos para alunos que tenham uma câmera full frame e uma lista de 3  lentes top que ela decidiu que são o ideal para o tipo de fotografia que ela faz.

Seguindo o conselho do Vernaglia, fui até o Flickr e visitei o grupo dedicado à câmera Canon EOS 30D. A câmera foi lançada em 2006, ou seja, possui 10 anos de idade. Eu tive uma até 2 meses atrás, funcionando perfeitamente e que utilizava ainda profissionalmente. Existem 5 mil pessoas no grupo que compartilham os mais diferentes tipos de fotografia. Você que acredita que a câmera faz o fotógrafo, é só dar uma olhada no que essa galera está produzindo com uma câmera que, para os padrões digitais, é considerada antiga.

A melhor câmera é aquela que cabe em seu bolso. Claro que equipamentos mais modernos (e caros) vão entregar vários confortos para você, mas eles não são o objetivo principal de sua fotografia. Conhecimento de como utilizar a ferramenta é muito mais importante.

Relacionados: , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Wender

    Aproveitando que vc tocou no assunto. Qual livro vc indica pra quem está começando agora com fotografia? Uma pessoa que está começando a entender um pouco assistindo suas aulas no meiobit. Obrigado.

  • Christian Oliveira

    Trocar só quando a manutenção é cara e se torna muito constante.

    Igual avião: equipamento no chão em manutenção é tempo de menos para faturar e tempo demais para gastar.

    • Nem point and shot dessas vagabundas vale a manutenção… As grandes e profissionais ao menos tem chance de reparo que valha a pena.

      • Christian Oliveira

        Nem pensei na linha consumidor ou prosumer.

        Na questão de durabilidade as linhas Pro estão num nível muito acima.

        • Uma point and shot vagabunda da sony, tomou um banho, no fim restou uma mancha pelo lado de dentro da lente e só… acha que autorizada fazia algo além de cobrar quase o preço de outra no conjunto de lente e manutenção? Eu mesmo teria feito se não me tivessem furtado a mesma…

          • tuneman

            eu tenho uma point and shot da sony, já meio velha, mas na epoca estragou o flash e o custo era muito alto.
            a mesma coisa ocorreu com uma camera da minha sogra.

  • Seven Tron

    Fungos enraizaram dentro do sensor da minha câmera. Não tenho mais como limpar. Todas as fotos ficam carimbadas. Tive que trocar. 😛

  • Sergio Rainor

    Eu tenho uma Sony a6000 que gosto muito. Porém adquiri uma Canon G7X mk II apenas pela portabilidade. Não curto andar com a câmera pendurada no pescoço. A a6000 é superior em baixa luminosidade, mas a G7X não me desaponta neste aspecto e posso colocá-la no bolso da calça.

  • tuneman

    cara. que texto lindo.
    me identifico por que cai como uma luva em relação a músicos e seus instrumentos.
    eu vejo uns por ai torrando dinheiro em equipamento caro, mas esquecendo de estudar.

  • Marcvs Antonivs

    Sei não viu, mas eu acho que o momento certo de trocar sua câmera é quando você tem grana suficiente pra comprar a que você quer kkk Eu, por exemplo, to de olho na Sony A7R II. Talvez em setembro do proximo ano eu já tenha juntado toda a grana necessária. Por falar nisso. Alguém quer comprar uma Lumix GH4 mais duas lentes? Preferencia pra Brasília.

  • Ivanney Pessôa Moreira Martins

    Sou um diletante na area, mas jah vi muito esta predilecao pelo equipamento esquecendo a imagem, uma historia que gosto eh a do David Drew Zingg, que (assim ele contou em uma entrevista) foi fazer um trabalho no Alaska e suas objetivas profissionais ficaram com as engrenagens congeladas, ele sem muita opcao tirou tds as fotos numa point and shot e enviou os rolos de filme, (sim a historia eh velhinha hahaha).
    as Fotos foram publicadas, admiradas e premiadas, e ele so contou com q maquina tirou qdo viu uma discussao de quais objetivas ele teve de levar para fazer tal trabalho. 🙂

    Ha tbm uma historia apocrifa de um famoso fotografo que teria ido a um jantar e o anfitriao derrete-se em elogios aos trabalho dele, mas sempre citando as maravilhas do equipamento, ate uma hora em q o Fotografo jah pelas tampas saca ” Nossa que jantar maravilhoso, suas panelas devem ser excelentes, de ultima geracao” hahahahaha

    P.S.: se alguem souber a origem/veracidade desta historia Por Favor compartilhe 😛

  • Carlos Ferreira

    Já vi fotos espetaculares de fotógrafos experientes usando câmeras de entrada como d3200 e t5. Algumas até mesmo usando a 18-55mm do kit. Então se não consigo atingir um patamar parecido com minha d3300, concluo que não estou tirando o máximo do equipamento. Portanto não é o equipamento que precisa melhorar e sim o fotógrafo(no caso eu). Só pretendo trocar de câmera quando eu sentir que tirei tudo que a minha tem a oferecer.Ou se ela se desgastar demais.

  • Ramona Katcheika Paloschi

    Sempre extraí o máximo da minha “canhão” 50D com suas objetivas de kit, câmera velhinha mas que me ensinou muito. Só que ela começou a incomodar, não, ela não estragou, mas comecei a achar um saco carregar aquele peso todo pra cá e pra lá e ainda lutar bastante no lightroom e no ps para deixar as fotos supimpas. Pensei bastante sobre abandoná-la ou não, exatamente por esse ponto de que “quem faz a foto é o fotógrafo e não a câmera”, mas o conforto falou mais alto. Agora estou com uma Pen-f e vejo o quanto a tecnologia pode transformar as imagens, além de ser uma coisinha pequena e leve, gera umas baitas imagens que vão me poupar uma imensidão de tempo de edição. Tecnologia, sua linda s2

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis