Ubisoft volta atrás, e For Honor exigirá conexão constante à internet

for-honor

Você se lembra quando os games da Ubisoft possuíam um DRM horroroso que só não podia ser chamado de câncer porque o segundo evolui? Um sistema draconiano que exigia que os títulos estivessem conectados à internet o tempo todo para funcionarem, e que para completar estavam abrindo brechas nos computadores dos gamers? Você se lembra que a Ubisoft anunciou em 2012 que havia desistido da DRM, porque ela fazia mais mal do que bem e não impedia a pirataria?

Pois bem, corta para 2016: demonstrando que a empresa não aprende com seus erros a Ubisoft confirmou que For Honor, seu multiplayer que colocará viking, cavaleiros medievais e samurais numa grande contenda exigirá conexão constante à internet, mesmo no modo single player. E isso porque antes ela disse exatamente o contrário.

Antes de tudo sejamos justos numa coisa: a ideia por trás de For Honor é ser um game multiplayer, onde você enfrenta ou se alia a seus amigos em grandes batalhas campais controlando combatentes das três ordens de guerreiros. No entanto ela pensou também em quem não gosta de jogar online, preferindo curtir uma grande campanha single-player offline de forma sossegada e sem pressa.

Em setembro o diretor criativo do game Jason VandenBerghe disse com todas as letras que o modo single-player de For Honor seria offline, “voltado para quem comprou o game para jogar sozinho” e que esses consumidores não teriam que se preocupar com a conexão à rede, o que é uma coisa boa.

No entanto a conversa mudou.

for-honor-always-online

 

Através do fórum da Ubisoft um representante afirmou que For Honor exigirá conexão constante à internet para funcionar, mesmo no modo single-player. A desculpara para tal é o compartilhamento de informações entre os modos, alguns que a campanha utilizaria dependem de dados armazenados na nuvem da empresa. Pouco tempo depois da postagem a Ubisoft confirmou oficialmente a característica “always online” do game, para não deixar nenhuma dúvida.

A Ubisoft está voltando aos poucos aos tempos do DRM (inclusive com a possibilidade de coletar metadados), outra vez apelando para a conexão constante para que seus games funcionem. Steep, embora tenha uma proposta totalmente online e ligada às redes sociais também foi criticado por não contar com um modo single-player, que dirá offline. Tirando aos consoles, que hoje em dia ficam conectados o tempo todo de qualquer forma jogadores de PC não são alheios a dependerem da internet para jogarem títulos com campanhas para um jogador apenas, mais para evitar ser chutado para fora em casos de queda de conexão.

A Ubisoft parece estar tomando novas medidas para tentar diminuir a pirataria nos PCs, algo que a Nintendo também fez com Super Mario Run: de modo a conter os clientes da Locadora (o que nunca dá certo), no entanto acabam por tomar decisões que prejudicam o consumidor legítimo, que só quer curtir a campanha de For Honor em paz.

Por essas e outras que muitos querem mesmo ver a Ubisoft nas mãos da Vivendi.

Fonte: NeoGAF.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Lucas Ambrosio

    Cara, vendo gameplay, o jogo é só espada machado e lança mesmo? Não existirá possibilidade de ser arqueiro, cavalaria, nada disso?

    • Lucas Ambrosio

      Ou todo gameplay que eu vi deu coincidencia de não aparecer nada diferente de melee? kkk

    • Julio da Gaita ✔

      acho q você tá querendo algo meio chivalry medieval warfare neah? joguei esse no pc, se é bom nos consoles não sei…

      • Lucas Ambrosio

        É bem isso que pensei, só que com gráficos melhores. KKKKKKKKKKKKKKK

        • Julio da Gaita ✔

          nem me fale, eu jogava no meu pc contra os bot’s na versão SKIDROW…koskaoskaos, será que vale a pena nos consoles? medo de server ta vazio.. ./

    • Zaaboo

      DLC?

  • Cocainum

    Eu achei muito legal a Ubisoft lançar um jogo em homenagem a um querido (e falecido) personagem de Game of Thrones…

  • Pedron

    Se for verdade que alguns elementos do single player dependem da nuvem pra mim não tem problema algum… Desde que funcione corretamente tá ótimo…

    • Julio da Gaita ✔

      aí que você se engana amigo, se não me engano o AC Unity tinha uns “recursos” na nuvem te obrigando a logar pra jogar o jogo, e na primeira semana teve tanto acesso que ninguem conseguia iniciar o jogo, 1 semana depois ela corrigiu e retirou essa necessidade de logar primeiro antes de “iniciar” o jogo, a diferença? os servidores dela não vão ter tanto aceso assim…a galera não ta caindo no hype mais… whatchdogs 2 e far cry primal provam isso..

      • Pedron

        Tu leu minha última frase? Se não leu vou repetir: “Desde que funcione corretamente tá ótimo”

        • Julio da Gaita ✔

          ta aí o erro na sua frase, “funcione corretamente” referente a um jogo da ubisoft… você deve ser bem divertido em festas…

          • Pedron

            Tu tá generalizando, eles tem ótimos jogos, mas também tem jogos ruins, fazer o que, por isso repito: desde que funcione tá ótimo…
            Tu também deve ser super divertido em festas…

          • Julio da Gaita ✔

            acertô mizeraviii…rs relaxa cara, mas falando sério agora, a qualidade dos jogos da ubisoft vem caindo, a ultima produção da ubi que teve notas melhores tanto de critica quando do povo em geral foi Tom Clancy’s Rainbow 6 Siege, o resto….

  • … confirmou que For Honor, seu multiplayer que colocará viking, cavaleiros medievais e samurais numa grande contenda exigirá conexão constante à internet, mesmo no modo single player.

    O jogo é um maldito multiplayer online que CONTÉM um singleplayer como bônus/cala-boca. O fato de ser 100% online não muda nada pra quem já ia comprar.

    Tempestade em copo d’água, isso sim.

    • rbsouto

      Solução para a tempestade: não comprar o jogo!

      E a pessoa se verá livre da maligna conexão com a internet.

    • André Lima

      Exato… aliás, Destiny faz a mesma coisa (multiplayer online com um “single player”) e ninguém reclama
      DRM é ridículo, mas nesse caso, não creio que seja esse o ponto do “always online”, mesmo vindo da ubisoft

  • Germano

    Nintendo tambem usara o modo so online naquele Mario run. E o so online parece estar virando padrao para muitas coisas: hoje de manha, na academia, nao conseguia nem usar o Play Music nem o Google Fit, simplesmente nao mostrava as minhas musicas (que tenho baixadas) e se recusava a dar inicio ao registro do treino. Demorei a entender que a causa de ambos os problemas estava na falta de conexao de dados.

  • Eles não aprenderam com o desastre que foi o Simcity 5 e outros jogos que não vão dar conta do acesso como sempre?! De novo essa história? Será que um dia eu vou poder jogar BF3, 4 e afins sem precisar abrir um navegador? Aqui não é a civilização pra se darem a esse luxo sem maiores problemas

    • Lucas Ambrosio

      Pelo preço do jogo só vai comprá-lo quem também tem dinheiro pra ter internet kkkkkkk

    • Yskar

      Por isso que não comprei BF4 no PC (e me arrependi de ter comprado o BF3), é idiota ter de abrir um navegador para poder jogar, a EA devia ter embutido um navegador dentro do jogo, isso é trivial de se fazer.

  • samhk222

    Não gostou não compre. Precisa de “textao” no blog?

  • André Pessimista

    O problema mesmo é quando Temer liberar(rs) a internet limitada……

  • doorspaulo

    The Witcher mandou um abraço.

  • Pedron

    Quanto ódio no coração contra a Ubisoft… Mas saiu uma notícia interessante, liberaram uma porção de jogos de graça aí pra pegar até dia 18… Será que nem assim eles se redimem contigo?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis