PlayStation 4 atinge a marca de 50 milhões de consoles vendidos

laguna_ps4_pro_and_ps4_slim

Podemos dizer que a oitava geração de consoles é composta pelo PlayStation 4 e outros dois consoles. Por melhores esforços que a Microsoft (leia-se Phil Spencer) tenha feito para manter a plataforma Xbox One competitiva, o console da Sony agora possui uma base instalada global superior à soma dos concorrentes, incluindo também o fracassado Nintendo Wii U.

Desde o dia 15 de novembro de 2013 até o dia 6 de dezembro de 2016, foram vendidas 50 milhões de unidades do PlayStation 4 no mundo. A conta inclui os novos PS4 slim e PS4 Pro. Aparentemente a Sony vendeu muitos consoles durante a verdadeira Black Friday na civilização, talvez quebrando a seqüência de vitórias do Xbox One S nos EUA.

Até maio, a plataforma PlayStation 4 havia vendido 40 milhões de consoles, portanto temos aproximadamente dez milhões de unidades vendidas por semestre. E sim, a japonesa espera mesmo vender mais 10 milhões de consoles PS4 (slim e Pro) até o final do ano fiscal de 2016, em março de 2017. Não duvido que consiga.

No primeiro trimestre fiscal de 2016 (Q1 FY 2016, abril a junho) a divisão PlayStation foi responsável por nada menos que 78% dos lucros da Sony. Infelizmente no segundo trimestre fiscal (Q2 FY 2016, julho a setembro) a queda do iene e a deficitária Sony Mobile puxaram os lucros da empresa bem para baixo e não teve PlayStation que desse jeito.

O povo pode até reclamar de o console ser um “Requentation” com tantos remasters, mas ao menos o PS4 está aí tão firme e talvez até mais forte do que o PlayStation 2 o foi na sexta geração. E como bom arrimo de família, ele está conseguindo pagar as contas da Sony. Além das “festas” na divisão mobile. Podia ser ainda melhor, se o acessório PS VR não passasse de um caro brinquedo. Ou se Don Mattrick continuasse a sabotar o Xbox One.

Fonte: PlayStation Blog JP.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Wii manda lembranças ! 😛

    • Ivan

      E o Wii u?

    • infinite power of the cloud

      PS2 que o diga.

    • Othermind

      O wii levou 3 anos para atingir a marca de 50,39 milhões de unidades vendidas… O PS4 esta completando seus 3 anos tb… Acho que tá quase pau a pau…

      • Não sei, eu tava bebum quando escrevi aquilo! Kkk

        Só sei que o Wii vendeu muito.

  • Paulo de Tarcio Santos Freiri

    Essa do Don Mattrick é de 2013, ainda tem relevância isso? O cara nem está mais na MS e até o Ballmer não está mais no cargo.

    • Phil Spencer teve que desfazer um bocado das decisões do Don Mattrick para popularizar o Xbox One. Infelizmente não pôde reverter todas e isso afetou o lançamento do console e sua imagem perante o público.

      • Yskar

        Se a MS não inventasse de empurrar a exigência de o UWP e Windows 10 para o play anywhere eles talvez até estivessem numa situação melhor.

        • infinite power of the cloud

          não sei até que ponto o play anywhere é relevante, as vezes parece mais a empresa querendo dizer “olha, ninguém quer isso, mas vamos lançar para parecer que estamos fazendo algo diferente”.

          Eu não consigo entender qual a necessidade de ter dois hardwares para rodarem o mesmo software da mesma forma…. teve um caixista retarda que falava que jogava no notebook quando ia trabalhar e no xone em casa, pois então era so ligar o notebook na HDMI da TV e plugar o controle do xone em casa, que o proprio xone iria ficar inutil.

          a cultura da MS é não inovar, e não criar nada novo util… a empresa nasceu e cresceu comprando e revendendo software, ou copiando e fazendo dumping…. nenhuma dessas estrategias da certo contra outras empresas grandes (WP x IOS, Bing x Google, Xbox x Playstation)

          Pode até não parecer, mas o xbox primeiro e o x360 foram dumping em cima da Sony.

          xbox primeiro deu prejuizo de vários bilhões.

          x360 tb, principalmente com o desespero para chegar 1 ano antes no mercado e por causa disso vir com falha de projeto.

          • Marcelo

            E qual o problema em dar opção pro cara usar da forma que quer?
            Me parece ser mais retardo alguém gostar de não ter opção…sei lá…

            Não vejo onde isso é um problema…

          • infinite power of the cloud

            calma amiguinho.
            algum dia a MS vai criar alguma coisa nova e que seja relevante.

          • Yskar

            No caso desse cara não tem problemas, para toda a comunidade de jogadores de PC é como se a MS nos chamasse a todos de otários “é isso aí ou foda-se”.
            Respondemos com: -então para mim esse jogo não existe, se dane.

            Se o Xone tivesse MUITOS jogos que me interessassem eu preferiria comprar um XONE do que jogar no Windows 10 por metade do preço, e olha que tenho um bom PC.

          • Yskar

            O erro grosseiro que eu vejo no play anywhere é não entender a comunidade de jogadores de PC, é bem óbvio que essa porcaria imensamente restrita não ia interessar jogadores de PC que tem computadores potentes o suficiente para rodar os jogos que rodam no Xbox, restrito demais, bugado demais e só funcionam no windows 10, que ainda está longe de ser um sistema estável.

            Se em vez de tentar empurrar uma loja que ninguém quer eles vendessem os jogos no Steam venderiam bastante! Que se dane o que eles querem, o que importa é o que nós consumidores queremos, no caso é preço baixo, só ter uma plataforma de download de jogos e poder ter mods instalados com um click do mouse.

            Com esse programa a MS só deu um tiro no pé, não agradou quem tem Xbox One, não trouxe ninguém para o windows 10 por causa dele (e consequentemente para a Windows store, que basicamente ninguém usa) e ainda conseguiu ofender os jogadores de PC (que odeiam restrições idiotas).

      • Paulo de Tarcio Santos Freiri

        Isso é, mas as coisas mudaram bastante, ano que vem pode ser até melhor.

  • Marcos Paulo Betinardi

    Pior Play Ever. Único que não tive vontade de comprar. Poucos jogos.

  • Julio Verner

    Só de sucata aqui empilhado já são uns 30… Então como no Xbox 360 eles contam com o primeiro lote, beta for bestas. Agora (dezembro de 2016) que montei um Frank(stein) pra jogar Last of Us a 60 fps… 😛

    • Othermind

      hein? Vc tem loja de manutencao?

      • Julio Verner

        Sim. Assistência técnica para uma Rede de 10 lojas… Se ver a pilha de sucata de xbox 360 e ps3 chora… Mas to sempre montando uns Frank e vendendo, da pra tirar um extra legal! 😀

        • Othermind

          Eu tive o primeiro x360 que dava as 3RL… vc que trabalha com isso.. Voce ja viu algum X360 da “primeira geração” que nunca deu aquelas luzes? kk Tenho raiva da MS até hoje por causa dessa cagada,,,

          • Julio Verner

            Tenho um de 2005(Xenon) ainda vivo aqui… Mas sem HDMI não serve pra porra nenhuma! hahahha
            Mas depois desse veio o Zephyr(2007), basicamente a mesma coisa mas com HDMI.
            Depois ainda veio o Falcon(2008), já com nanometros menores nos processadores, e depois ainda a Jasper(2009), essa sim, infalível e poucos morreram desde o lançamento. Foram diminuídos mais ainda os nanometros dos processadores, não aquecendo mais a ponto de morrer. Existe um meio termo que é o Falcon v2, nanometro igual do Falcon original mas com componentes do Jasper… É um rolo fudido!!! hahaha
            E os Slims, só os depois de 2011(Trinity 2010, Corona depois) ainda são confiáveis, os primeiros modelos já estão empilhando aqui: APU simplesmente para de reconhecer discos.

          • Othermind

            Vixi Maria… heheh que bomba que foi esse 360…

          • Julio Verner

            Sim! E o PS3 também! Saiam de fábrica estragando, não tem UM modelo Fat funcionando bem até hoje, pode caçar! hahaha
            Foi uma geração que ainda estava engatinhando na tecnologia BGA e ainda sem o Chumbo a liga ficou aquela bela bomba… Aqui no trampo sempre que precisamos trabalhar BGA trocamos a solda por estanho chumbado, e foda-se os ecochatos. 😀

          • ricms

            trabalho com equipamentos eletronicos dedicados e é a mesma coisa. durabilidade de 10 anos e pau na solda. Legal por compartilhar tuas experiências. Uma coisa que sempre me deu medo desdes os PS1 era dos leitores darem pau. Isso é comum?

          • Julio Verner

            Tamo ae pra isso! 😀

            No caso do PS1(e basicamente somente ele), queimavam as bobinas do olho optico, e não fazia mais o movimento de aproximação do feixe laser… Colocava-se de cabeça pra baixo, bobina sempre “ativa”… hehehe

            O que aconteceu de lá pra cá, tipo no PS2 e Xbox’s, foi a soma dos fatores… Mau uso(nenhuma limpeza nunca), discos de má qualidade(marca diabo), discos engordurados e por fim insistência em discos riscados.
            Troco MUTO leitor, de qualquer aparelho com mídia optica, porém PS2 e Xbox 360 são os campeões e com certeza mais de 90% dos casos são mau uso/cuidado.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis