Framerate do The Last Guardian no PS4 é inferior ao do Pro. Por quê?

laguna_the_last_guardian_peq

Hoje foi lançado o jogo mais adiado dos consoles Sony: enfim está disponível no mercado o The Last Guardian. O jogo dirigido por Fumito Ueda esteve em desenvolvimento desde 2007, foi anunciado na E3 2009 e é um sucessor espiritual de ICO e Shadow of the Colossus.

The Last Guardian foi desenvolvido primariamente para o PS3, mas sua produção teve que ser migrada para o PS4 Pro. Sim, PS4 Pro.

O pessoal do DigitalFoundry testou o desempenho do jogo de três formas: no PlayStation 4 original, no PS4 Pro em Full HD e no PS4 Pro naquele “4K” maroto. Confiram abaixo o vídeo.


DigitalFoundry — [4K] The Last Guardian PS4 vs PS4 Pro Graphics Comparison + Frame-Rate Test

A conclusão do vídeo é a de que The Last Guardian atinge um framerate variável no PS4 original, algo entre 20 a 30 fps dependendo da cena. Isso enquanto consegue estáveis 30 fps no PS4 em Full HD e não tão estáveis 30 fps na resolução sub-4K nativa deste título específico (3360 × 1890 pixels).

Traduzindo: quer jogar The Last Guardian em toda a sua glória? Compre um PS4 Pro.

A Sony está tentando empurrar o PS4 Pro goela abaixo nos fãs do Team ICO? Talvez, mas o tio Laguna precisa dar uma de advogado do diabo aqui. Acompanhem meu raciocínio.

The Last Guardian foi desenvolvido primariamente para o PS3 e, à exemplo do Shadow of the Colossus no PS2, utilizaria todo o desempenho bruto que seria possível no PlayStation 3. Só que temos um problema ao migrar o desenvolvimento de um jogo do PS3 para o PS4: a CPU deste é mais fraca que o Cell do PS3, possuindo menor desempenho bruto que a do console anterior.

É por causa disso que tecnicamente jamais veremos jogos do PS3 rodando via retrocompatibilidade no PS4 ou mesmo no PS4 Pro. Do ponto de vista de mercado, a Sony prefere empurrar oferecer a opção de jogar títulos velhos no PlayStation Now, via streaming.

Se The Last Guardian necessita de uma CPU com desempenho de PS3, só vai encontrá-lo no PS4 Pro. E olhe lá.

A genDESIGN e a SIE Japan Studio já perderam quase uma década desenvolvendo o jogo. Seria perda de tempo otimizar o The Last Guardian para o PS4 normal. E a Sony não parece preocupada em otimizar um jogo de nicho, mesmo quando há mais de 40 milhões de consumidores em potencial.

De qualquer forma, enquanto o The Last Guardian tem um bom motivo para ter desempenho menor no PS4 original outros jogos não o teriam. Exceto talvez se a Sony quiser mesmo forçar os jogadores a comprar o PS4 Pro, uma versão mais nova do console, para jogar os novos títulos.

O tio Laguna espera que The Last Guardian seja um caso isolado, afinal isso seria péssimo para quem acaba de comprar um PS4. Mesmo considerando que o PS4 Pro vá demorar a chegar aqui no Brasil.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • KappaKeepo

    isso ae é a sony fazendo o consumidor de cuck

  • Nenhuma surpresa, já esparrava que isso iria acontecer mais cedo ou mais tarde. Vai ter muito choro, brigas e mimimi, mas no final quem chorou vai sangrar a carteira no final se quiser continuar jogando os exclusivos da Sony, que como qualquer empresa, está pouco se fufu.
    E a MS está indo pelo mesmo caminho.
    Eu já tenho meu PS4 Fat a um bom tempo, e talvez, só vou comprar o Pro quando sair o (quem sabe) “PS4 Ultimate”

  • Agora que The Last of Us 2 deixou de ser apenas uma possibilidade, eu vou precisar comprar um PS4. Como vai levar uns 5 anos pra ele ser lançado, o preço do PS4 Pro vai ter diminuído, então não chega a ser um problema precisar ter um para jogar The Last Guardian decentemente. Simples. 😁

    • RôShrek

      A simplicidade é a sofisticação máxima. Vale para sofisticação do pensar também. 😀

    • Cocainum

      Apenas “The Last of Us” que estiver vivo quando o jogo for lançado é que vai poder jogar, hehehe.

  • Rafael Gil

    Foi um dos motivos de eu migrar pro PC nessa geração (antes mesmo de anunciarem o PS pro e o scorpio).
    Vc compra uma máquina só para jogos, com a idéia de sentar no sofá e jogar, mas não é isso que leva pra casa hoje em dia.
    É atualização, é bug, é problema de resolução e etc. Ou seja, os mesmos problemas do PC.
    Tudo isso pra no fim vc jogar um jogo (que deveria ser otimizado!) a míseros 30fps com quedas pra 20!
    É bizarro!
    Tinha que ser igual os jogos da nintendo. Ou é 60fps constante ou 30 constante.

    Se é pra não ter uma experiência perfeita, ports ruins e baixo desempenho eu prefiro comprar o jogo mais barato no PC. Lá pelo menos eu posso tentar deixar a experiência mais agradável e não tenho (muito) problema com retrocompatibilidade.

    • Luiz

      Não tenho nenhum problema de resolução, só usar equipamento decente.
      Bug não tem nada a ver com a arquitetura da maquina, mas sim com o tempo de desenvolvimento de jogos, não é mais possivel fazer jogos em 3 anos, eles simplesmente ficaram muito complexos, mas quem controla as vendas não aceita isto, pode esperar por mais e mais jogos bugados. (podiam jogar o Mythical Man Month na cabeça de alguns diretores)
      Consoles realmente são PCs ruins atualmente, porque é mesmo que temos? ah é, titulos exclusivos.

      • Rafael Gil

        Isso é o que vc pensa! Se ver os vídeos do DF vai ver que muitos jogos não rodam na resolução que deveriam rodar.
        Fora que o que eu quis dizer como problema independe do seu equipamento. Acho que não deixei muito claro no comentário, rsrs.

    • infinite power of the cloud

      sim, ai quando um jogo não roda no teu PC, vc não espera um patch de correção, faz upgrade.

      • Yskar

        Ou tuna os arquivos do jogo para deixar mais leve.

    • Yskar

      Sou jogador de PC mas discordo um pouco do que você disse, eu estou mais na plataforma por causa dos indies e exclusivos que o PC tem, não tanto pelos gráficos (apesar de ter um SSD, I7 com 16 GB de RAM, falta só uma GPU melhor para ficar perfeito), isso sem falar dos preços menores dos jogos.

      Framerate nunca foram um ponto muito importante em consoles que não sejam da Nintendo, se lembre que eles jogam em TVs e nós em monitores geralmente com baixo tempo de resposta e isso faz uma diferença infernal para nós, mas não tanto para eles exatamente por causa disso.

      Upgrade no meio da geração foi totalmente retardado, eles buscaram aumentar a resolução em vez do framerate, puta que pariu! Ao menos deveríamos ter opção sempre de jogar em 1080p/60 ou sub-4K/30 CRAVADOS.

      Mas voltando: o melhor do PC nem são os gráficos, são a imensa cartela de jogos em quantidade e variedade, isso sem nem falar dos EMULADORES. Os gráficos são bons, mas nem são o foco principal do PC como plataforma de jogos, mas atualmente considero o ideal ter AMBOS, PC + console ligados a um bom monitor (no meu caso um Benq RL2240HE), muitas vezes a galera dos consoles se esquece que tem como ligar PC na TV facilmente hoje em dia e até consoles em monitores…

      • Rafael Gil

        Framerate é importante na TV sim! Qualquer TV funciona a 60Hz e quedas de frame são muito perceptíveis! (Eu mesmo só jogo na TV)
        Quando o desenvolvedor é bom vc não percebe muito pequenas variações (tipo, fica em câmera lenta), mas nesse caso do The Last guardian o stutter é visível no PS4. Terrível!

        E concordo com vc, nessa “meia” geração nova eles deveriam dar a opção de jogar em 1080p60.

        • Yskar

          Claro que é importante, só não é TÃO perceptível na TV como é em um BOM monitor com 1ms de resposta.

          • Rafael Gil

            Sei lá, eu percebo bastante na minha TV de plasma, rsrs. Inclusive quando usei o X-Ray no Mortal Kombat X eu percebi na hora que o framerate tinha caído. Fui até pesquisar na net pra ver se era do jogo mesmo (e infelizmente é assim mesmo até nos consoles). Eu nem precisei monitorar pra perceber que tinha caído pra 30fps.

          • Yskar

            Por isso que você percebe, TVs de plasma tem tempo de resposta de 2ms, enquanto de LCD tem 5ms, meu monitor tem 1ms.
            A maioria que joga em consoles tem TVs de LCD e não de plasma.

          • Luiz

            Voce sabe que estas medidas ignoram a latencia do circuito, não sabe? provavelmente TVs de plasma sao mais rapidas pois o circuito é bem simples, não tem as firulas “modernas” de smartTV.

          • Yskar

            Não tinha pensado nisso, mas faz todo sentido.

          • Luiz

            TV tem 100ms de latencia, se travar em 30fps tu nem percebe direito, droga, tá ai outro problema dos consoles, fora o baixo FPS, a latencia dos controles.

    • O detalhe é que a Nintendo é igual a Apple, controla tudo desde o inicio até o fim em seu hardware, e com jogos idem. É a lógica mão de ferro da BigN contra a Sony e MS que só perseguem a Master Race.
      Eu tenho um PC Gamer e o PS4, não me arrependo de ter investido nos 2, os emuladores e os jogos multiplataforma ficam no PC, os exclusivos da Sony deixo para o PS4.

    • Ed. Blake

      “Tudo isso pra no fim vc jogar um jogo (que deveria ser otimizado!) a míseros 30fps com quedas pra 20!” – e que custa, às vezes, o triplo do mesmo game para PC.

    • Rafael Gil

      25fps Stutterfest… Poor peasants…

    • SignaPoenae

      Claro, veja um The last guardian pra mim rodar no PC. Também quero uma pre-order de The last of Us 2.

    • Marcoscs

      SIIIIMMMMM, vamos jogar The Last Guardian em todo seu esplendor e glória no PC e…
      não, pera…

      • Yskar

        Algum dia pode ter certeza que iremos.
        A emulação do PS3 já está quase perfeita, a propósito, quem tá com pressa que compre o console.

        No caso tanto do Xone quanto do PS4 vai ser até mais rápido, pois não vão ter que emular todas as instruções por que ambos são x86_64 customizados rodando Windows e OpenBSD respectivamente.

        • Cristiano Viana Alves

          Algum dia…

          • Yskar

            Emulação é uma diversão em si mesma, o objetivo não é rodar jogos da plataforma alvo em curto tempo (isso é impraticável atualmente, exceto para consoles da Nintendo, e ainda assim demoram razoavelmente), quem quer jogar o jogo em menos de 5~7 anos DEVE comprar o console (inclusive um desbloqueio deve vir até antes disso).
            O objetivo da emulação é preservar os jogos da plataforma para sempre, e até aperfeiçoa-los.

            Também serve para estudo de arquitetura de hardware/software e criptografia, então emulação é bem mais que rodar os joguinhos para quem não quer pagar.

        • Paulo de Tarcio Santos Freiri

          Só lembrar do PSnow no PC, daqui alguns anos esse jogo chega lá.

          • Yskar

            Sim, tem o PSnow também, inclusive acredito que chegue mais rápido no PC por aí que por emulação.

        • Cocainum

          Como PCs e os novos consoles usam CPUs com os mesmos conjuntos de instruções (x86), não é necessária uma emulação. Basta uma VM (Máquina Virtual), como da VMWare ou Hyper-V, então, teoricamente, podemos ter uma performance bem superior a de uma emulação completa. O que pega mesmo é o fato das CPUs dos consoles serem relativamente recentes e poderosas, então mesmo em uma VM, para termos o mesmo desempenho vamos precisar de uma CPU no host com, no mínimo, a mesma capacidade, tanto em velocidade quanto em número de cores. CPUs de 8 ou mais núcleos físicos ainda não são assim tão comuns.

          • Yskar

            Sim, mas para burlar isso talvez precisemos de multi GPU e torcer para ter como converter as instruções gráficas para Vulkan.

          • Rafael Gil

            Sim, e foi dessa forma q a Microsoft conseguiu rodar os jogos do 360 no ONE: usando virtualização. Como ela é a dona do SO e das APIs ela só fez uma VM que traduz tudo para a arquitetura x86.
            Você só está equivocado quanto a “potência” do hardware dos consoles. Tanto a CPU quando a GPU deles são bem fracos (A GPU nem tanto, mas CPU…).
            Apesar da CPU ter 8 núcleos são núcleos muito fracos, que foram originalmente feitos para notebooks de baixíssimo consumo.
            Hoje se a Microsoft nem precisaria fazer uma VM pra rodar jogo de Xbox no PC, já que tudo roda no Windows 10 de qq jeito.

          • Cocainum

            Só um detalhe: a VM não “traduz” para x86. Todos os jogos de 360 que rodam no One tiveram seus binários convertidos pela MS, da arquitetura PowerPC do Xbox 360 para a x86. É por isso que precisamos baixar o jogo inteiro da Live, mesmo que tenhamos aquele jogo em DVD. Basicamente, a MS tem uma VM com o sistema operacional do Xbox 360 convertido para x86 rodando em uma VM e todos os jogos que instalamos ficam nessa VM, mas são baixados com o binário convertido para x86.

            Quanto a potência das CPUs dos consoles, eu sei que não é muito grande, mas não creio que seja possível simular corretamente uma CPU de 8 cores em uma VM quando o host tem só, por exemplo, 4 núcleos físicos. Então, mesmo que os núcleos sejam fracos, precisaremos pelo menos do mesmo número de cores no host para rodar a VM adequadamente.

        • Marcoscs

          só espero que não seja no mesmo dia do Ano do Linux.
          Será muito evento pra um dia só.

          • Yskar

            Com a MS entrando para a Linux Foundation o sagrado e mítico “Anno Linux” chegará com a MS fazendo a distro dela para desktops, heuheuheuhe

            Curiosamente se o DRM do PS4 fosse quebrado, o primeiro lugar em que veríamos seus jogos rodando seria justamente o Linux (ou algum BSD), já que os produtos da Sony usam BSD.

          • Marcoscs

            uhauahahaahua, bicho, do jeito que o mundo está de pernas pro ar, não duvido disso.
            E sim, seria engraçado ver uma máquina que não roda jogos que usam directX rodando jogos de PS4

          • Yskar

            Mas o PS4 não usa DirectX também uai, isso facilita (já jogos de XONE seriam mais fáceis de serem rodados no Windows 10 mesmo, se bem que nem precisa pelo play anywhere, mas UWP é um lixo, pode ser que até prefiram emulação menos restrita), e me parece mais provável o Vulkan dominar totalmente o mercado de jogos, só falta a Sony aderir para acabar de jogar o DX para a vala, pois a Nintendo já adotou.

          • Marcoscs

            sim, eu sei, o que eu disse é que seria engraçado no sentido bizarro da coisa uma máquina que não roda jogos DirectX (que são a grande maioria dos jogos atuais) mas conseguiria rodar jogos da Sony.
            Seria uma situação do tipo: “tenho Ubuntu, não consigo jogar Battlefield 1 mas jogo The Last Guardian”
            Pensando nesse cenário eu achei bizarro.

          • Yskar

            Ahhh sim, agora entendi.
            PORÉM atualmente Linux roda qualquer jogo que use Dx 9c (não oficialmente, óbvio), isso é basicamente todos os jogos que também saíram para Xbox 360.

        • Metalmacumba

          Nego fala de emular no pc mas eu To esperando um emulador de Saturn decente até hoje.

          • Yskar

            O problema é que Saturn não é tão atraente quanto um PS2/PS3 para os devs de emuladores.
            Falta interesse na plataforma, não teve tanto impacto quanto os outros consoles.

            Mas testei ontem e está bom o suficiente até.

        • Moon Knight

          “A emulação do PS3 tá quase perfeita” quer dizer, quase 10 anos depois do lançamento a emulação tá QUASE PERFEITA, vai aí mais uns 5 anos em média pra deixar a emulação perfeita. O 3DS lançado em 2011 ainda não consegue ser emulado com framerates aceitáveis sem um PC com configurações obscenas, ou seja, você precisa de um PUTA PC caro pra emular um 3DS que tem hardware inferior a de um PC médio.

          Você realmente acha que pelo menos até 2025 vocês vão ter uma emulação aceitável do PS4? Cara, é melhor sentar e esperar.

          • Yskar

            Quanto mais complexo, mais tempo, o problema do PS3 é o chip CELL ter arquitetura diferente demais do X86 e ser potente, no PS4 não vamos precisar EMULAR nada, mas TRADUZIR calls da API gráfica que o PS4 usa para Vulkan.

            Eu vou comprar um PS4, mas quando for emulado, será, ninguém ESPERA um emulador, simplesmente aproveita quando sai.

            Sem falar que o PS4 não precisaria ser EMULADO, e sim ter instruções traduzidas para outras API (ou fazerem um driver livre da API para rodar diretamente), isso facilita todo o serviço.

            Só não estamos rodando jogos do PS4 no PC hoje mesmo mais por causa do DRM do PS4 do que qualquer outra coisa, quando o DRM cair vai ser bem rapidinho.

    • Aham, quando tiver os exclusivos da Sony para PC sem lag, sem frame drop e com gráficos 4k a 60fps e as vendas voltarem a subir, com certeza. O Half-Life 3 pode até sair esse dia!

      • Rafael Gil

        Exclusivos tem dos dois lados. E se esse jogo saísse pra PC seria a mesma bosta em termos de performance. A diferença é que no PC dá pra usar força bruta, rsrs.

        • Claro, quantas GPUs dá para combinar, quanto de RAM. Quantos “k” de resolução e quantos monitores, dá para fazer um monstro!
          E isso que preocupa a Sony e a MS em combinar o “melhor” hardware de PC no console a um “preço camarada”

      • Othermind

        Vamos comparar TODOS os exclusivos de PC com TODOS os exclusivos de PS4? Qual vc acha que ganha?

      • Julio Verner

        4k 60fps? Num console que tem jogos travados a 30fps mesmo depois de 10 anos de desenvolvimento? Tá.

    • Jorge Dondeo

      PC master cheater!

    • Thiago

      Deixa de ser pobre e tenha um PC decente, um X1 e um PS4. Ponto final.

      • Yskar

        É a melhor alternativa, mas só uma meia dúzia de loucos teriam PC + X1, não compensa.

  • Anderson Oliveira

    a grande vantagem dos consoles em relação aos PC,sempre foi a uniformidade e padrão das plataformas, com essa agora de Ps4 pro, One S daqui uns anos é capaz de vir o PS4 Pro Slim, depois Ps4 Uber pro Slim Duos, Xbox One S Ultimate, com hardwares diferentes e quando formos comprar um jogo teremos que ver os requisitos dele… oh esse Fifa aqui só roda no Xbox One S Ultimate Pro 4….

  • Tatsumak

    Eu simplesmente acho isso natural. Com hardware mais parrudo, ele se mantém mais estável. Claro que o PS4 deveria manter o minimo jogável, mas não vejo preferencias entre um ou outro nesse caso.

  • Vinicius Santos

    ainda na dúvida se invisto nesse jogo, se o controle da câmera for tão ruim quanto o Shadow of the Colossus (e pelo que li dos reviews tá bem pior), desanima. E ainda agora com essa queda de fps, acho melhor esperar saírem aquelas atualizações básicas de correção.

    • Zé Carioca

      Não tem como ser pior que Super Mario 64

  • Carlos Santos

    Será que só eu que ligo para jogos bons, independente de gráficos perfeitos? Palhaçada isso… vejam o grafico de mgs phantom pain no ps3. Não perdia nada para o ps4… agora vem dizer que nem o ps4 original tem capacidade de processamento e precisa lançar o pro? Qdo colocam pessoas competentes para desenvolvimento, não precisa ficar se escondendo por trás de “apenas gráficos AAA”.

    • RôShrek

      Você não está sozinho, jovem padawan.

  • Luiz

    Faz diferença? todos jogos em consoles são inferiores em frame rate.

    • Rafael Gil

      De 20 pra 30 fps tem uma diferença monstra! A versão do PS4 normal tá com Vsync e por isso fica um festival de stutter. Não sei como o desenvolvedor tem coragem de lançar algo desse jeito…

      • Yskar

        Depende da cena, o Shadow of the Colossus do PS2 os framedrops inclusive adicionavam tensão aos combates, caíam de 30 para 16.

        • Rafael Gil

          Sim, continue dizendo isso pra vc mesmo! kkkkkkk
          É cinemático!

          • Yskar

            Não é o ideal, claro, mas é o menos problemático se acontecer em certos momentos onde não se tem interação.

      • Flávio Pedroza

        Prefiro rodar em 720p no low do que jogar com 20fps.

      • Luiz

        Ah sim, eu esqueço que a percepção humana é logaritimica e não linear.
        O que eu quis dizer é que ambos são ruins, mas 30 FPS é obviamente 10 vezes melhor que 20 FPS, não apenas 2 vezes.
        Mas continua sendo ruim, kek.

  • Ricardo

    Tem gente que prefere pagar cerca de 4.500 reais para jogar no PC Gamer com hacks, mods, cheaters etc
    do que pagar 2.500 reais para jogar em um console na boa!

    Comprar PC Gamer para ficar jogando campanha ou modo história ? KKKKKKKKK

    • Flávio Pedroza

      Os jogos são mais baratos (geralmente menos da metade) nos PCs (isso quando compram, pois muito pirateiam mesmo), aí no longo prazo compensa. Sem falar em quem já tem um PC com um fonte boa, aí por 1.500,00 dá pra fazer um upgrade legal.

      • infinite power of the cloud

        os jogos são mais baratos, sem revenda ou troca.

        eu já joguei jogo com 3 meses de lançamento de graça, bastou comprar usado zerar e revender pelo mesmo preço de usado.

        • Flávio Pedroza

          Falei de modo geral. A sua situação é muito específica. Tem que ter paciência de esperar aparecer na sua região ou lugar com frete em conta aquele jogo que vc quer jogar. E se quiser jogar novamente? Eu mesmo tenho uns jogos que sempre retorno a jogar…

    • Alvaro Carneiro

      depende do que você quer né champ?

      tenho PS3, PS4 e PC.

      no meu PC tenho monitor 4K de 32″ e uma GTX1080.

      nao vem tentar me convencer que o BF1 fica melhor no PS4 porque não tem como.

      então depende né mano?

    • Sinceridade

      Nunca vencerá o glorious pc master race com um argumento desses KKKKKKKKK

  • Christian Oliveira

    Ou em outras palavras: tiveram que desenvolver um console entre-gerações para não fazer tão feio num dos títulos mais esperados para a plataforma.

    Esse era o segredo mais mal guardado pela Sony.

    Acho que outros títulos terão a mesma conclusão.

    Mas acho essa coisa de gráfico e frame rate a pior bobagem, nada disso impede que o título seja uma obra de arte.

    • Alvaro Carneiro

      taí o tetris que não te deixa mentir.

      • Rafael Gil

        O tetris tem framerate constante!
        Aliás não só ele, mas acho que verdadeiras obras de arte também precisam ser boas tecnicamente.
        O Mário e o Zelda do Wii U, por ex., rodam a 60fps cravados. Faz parte de uma boa jogabilidade ter um bom framerate.
        E se o dev é bom, o jogo roda bem. Se não roda é pq não fizeram direito.

        • Rafel Brito

          Cara o shadow of the colossus, que é o antessesor espiritual do the last guardian, rodava a sofriveis 20 fps no ps2, em muitos trechos ficava praticamente em camera lenta, o pessoal jogava se divertia e praticamente não se importava, ae ficam falando hoje que os jogos antigos eram melhor otimizados, pelo contrario, o pessoal que era menos chato, os muitos trechos em 20fps de shadow of the colossus não o impediu de se tornar um classico, agora fica esse pessoal reclamando dizendo que não dá para jogar a menos de 30fps cravados. deve ser bem novinho e começou a jogar video game no fim do ps3, que geração chata.

          • Rafael Gil

            Que da pra jogar dá, mas no caso atual fica dando “travadinhas” (stutter) se vc não tem o PS4 PRO. Isso é muito ruim e quebra a imersão.
            Em tempo, eu jogo videogame desde o Atari, rsrs.

          • Rafel Brito

            Ah legal, então deve saber que nem sempre os jogos foram bem otimizados, tinham alguns que eram e outros que não, mas o pessoal jogava sem se importar com isso, o desempenho nem sempre acompanhava, no fim das contas se paramos para prestar muita atenção nesses detalhes acabamos deixando ótimos jogos passarem.

          • Parabéns Rafel Brito. Resumiu o mesmo que eu penso. Essa geração de contadores de pixels e frames é chata pra cacete.

          • Jaffy

            Mais ou menos amigo. A queda de frames me incomodava no SoC e no Megaman X, MAS eu sempre tive pc meia boca então estou acostumada com isso uhauha

        • Luiz

          Se não me engano, o tetris tem 300fps ou mais, pois é eletronica pura, pelo menos o original era.

      • Luiz

        O TETRIS! ele tem 300FPS praticamente.

  • Nilton Pedrett Neto

    não é que o processador do PS4 seja mais fraco que o CELL… o CELL é que era um monstro feito com tecnologia alienígena trocada por japinhas.

  • infinite power of the cloud

    “Só que temos um problema ao migrar o desenvolvimento de um jogo do PS3 para o PS4: a CPU deste é mais fraca que o Cell do PS3, possuindo menor desempenho bruto que a do console anterior.”

    “Laguna sonysta!”

    Se tivesse feito uma matéria disso, e botado um titulo assim iria vir a meia duzia de caixistas fanáticos bostejando aqui.

    Aproveitando, deixo aqui um slide da GDC mostrando o poder da CPU do PS3 contra a CPU do PS4.

    https://uploads.disquscdn.com/images/15fe840425dcc15652e93a917cd77fb52f9af057a0d7d2dce8e18e402d4d0119.jpg

    • Sou Sonysta sim, por isso tento defender a Sony mesmo achando que a Microsoft está a fazer um trabalho melhor!

      • infinite power of the cloud

        não é não… é que tem uns caras que tem o brico em chamas se vc citar a realidade, que em geral é favorável a Sony, e ai eles te chamam de hater da MS ou fanboy da Sony.

        quando eu dizia que o kinect era inutil e o processamento na nuvem era fake, diziam que eu era sonysta ou hater da MS e agora veja a realidade.

        ah, ao que e parece que o PS4 depois do lançamento do slim e pro, em um mês vendeu mais que o acumulado do xbox one nos ultimos 4 meses.

        devia ter gente esperando o PRO, inclusive gente que acabou pegando o SLIM mesmo com o PRO lançado… sujeito estava esperando para ver se valia a pena pegar o PRO, saiu e ele acabou preferindo o slim.

        milagre que quando eu citei isso, não me chamaram de sonysta.

        • Luiz

          Sim, tecnicamente favoravel PS4 vs XONE, 15% de diferença. O dois são porcarias de computadores que custam $99 para serem fabricados, um PC de $200 dolares (com uma margem de sequer 3%) faz muito mais computação.

          A unica coisa que importa são os titulos exclusivos, nada importa, quem se importa que o PS4 é 15% mais rapido, é a mesma bosta, alias, eles são PCs bem bostinha por sinal, a geração anterior era computacionalmente boa, a geração atual não passa de um PC fuleiro.
          Duvido que venderiam tanto se os titulos exclusivos saissem no PC.

      • Luiz

        Podia usar um argumento melhor.
        Como por ex, os fabricantes de GPU para PC entrando no mercado de videogames e matando o Cell, que alias era bom. E fodam-se os programadores, vamo ver se tu é bom mesmo, programa esta merda, ou vira desenvolvedor web, pede para sair.

  • Zé Carioca

    Pessoal aqui tá confundindo qualidade gráfica com estabilidade do framerate…

  • Germano

    Não acho que a maioria dos estudios vá achar interessantes lançar exclusivos para o “Pro” por um motivo: base instalada. Claro que a Sony Interactive Entertainment pode ter la outras ideias com seus motivos muito pessoais, mas os outros estudios que lucram so com jogos e não com consoles vão ter outra visão. Claro, isso e uma previsão minha, o tempo pode acabar dizendo que estou errado.
    E quanto ao mimimi aí embaixo sobre Xbox X Playstation X PC… de novo? Bah! 🙂

  • Magus Diablo

    Engraçado que notei você malhando a Nintendo por fazer a mesma coisa com o New 3DS…

  • Cristiano Viana Alves

    No último NPD divulgado aqui no MeioBit a venda de jogos era distribuída assim: 95% consoles 5% PC. O mercado de jogos para PC é irrelevante.

    • Depende. Cada pesquisa fala uma coisa. Se não me engano, a pesquisa postada aqui (que era bem estranha) era apenas do mercado americano. Nessa outra aqui, o PC aparece até na frente. http://fm.cnbc.com/applications/cnbc.com/resources/files/2016/04/22/Newzoo%20games%20market%20segments.png

    • Inquisidor

      geralmente eles nunca calculam as vendas digitais, só fisicas, pc é raro alguém comprar a mídia mesmo, é só steam, é igual aquelas pesquisas que falam que a venda de pcs está caindo, mas nunca falam que a venda de hardware está quebrando recordes.

    • Rodolfo Oliveira

      PC domina o mercado chinês, que é o maior mercado de jogos do mundo.

    • Yskar

      É nisso que os vendedores de grandes redes querem que vocês acreditem, por isso que não calculam as vendas digitais e só as físicas (e quando calculam as vendas digitais colocam tablets e celulares no meio).
      Jogos físicos nos PCs basicamente não existem mais.

  • Cocainum

    Nem bem saiu o PS4 Pro e a Sony já está sacaneando seus consumidores. Uma coisa é o jogo rodar com maior resolução, mais efeitos gráficos, etc, no console mais novo. Outra coisa é ter um desempenho terrível no console mais antigo, obrigando as pessoas a comprarem a versão Pro se quiserem jogar sem passar raiva.

    • Yskar

      É bem foda, mas a única solução é ou não comprar ou não se importar, não tem muito o que se fazer.
      Eu não compraria um console me preocupando com gráficos (apesar de eu torcer a cara para framedrop), consoles são computadores fracos de propósito específico, e pela complexidade dos jogos e velocidade de desenvolvimento cada vez mais bugados e menos otimizados.

      Eventualmente vai chegar num nível que vai ficar insustentável, então quase todos vão fazer jogos com gráficos mais simples ou MUITO mais simples (tipo indie simplezão) e focarem no gameplay, o que vou adorar.

      Gráficos impressionantes hoje em dia é uma coisa que eu não me importo mais, prefiro framerate e jogabilidade legal, se não for linear é um PLUS.

      • Germano

        Exato, tenho um PS4 mas vou fazer exatamente isso: nao compro e não me importo. Tem muitos outros pra jogar, nao vai fazer falta.

  • Adriano Martins

    Olha Laguna, eu acho que a migração do desenvolvimento não é justificativa boa o suficiente… Seria o mesmo que aceitar o Zelda Breath of the Wild rodando instável no Switch só porque é um jogo que foi desenvolvido nos kits de Wii U. E do jeito que ser hater da Nintendo é modinha, o povo já teria tacado mil pedras na Nintendo antes dela conseguir explicar que nariz de porco não é tomada…

    • Exato, se bem que no caso do Zelda temos a mesma situação do Twilight Princess (GC/Wii) e The Last of Us (PS3/PS4): são first-party desenvolvidos como multiplataforma transicional, tendo o console anterior e o posterior em mente.

  • Othermind

    Otimização mal feita.. só isso…

    • Germano

      Otimização desotimizada.

  • Jefferson Viana

    Lamentável, não tem desculpa, pelo tempo que esse jogo tava em produção era possível refazer do zero, e temos TLoU Remaster pra provar que é possível fazer o jogo melhor e muito, mesmo sendo criado para PS3.

    • The Last of Us não foi criado exclusivamente para PS3: foi um jogo feito para o PS4 desde metade de seu desenvolvimento.

      • Jefferson Viana

        Humm, não soube disso, mas ainda assim, dava pra ter zerado o desenvolvimento do TLG e feito do zero para ps4, o jogo não tem nada demais pra não rodar liso, e em 60 fps.

  • Cristiano Viana Alves

    PC Master torrent

  • Metalmacumba

    Povo reclama de framerate mas ama um bullet time.

    • Problema é quando o bullet time é no jogo todo. 🙂 😀

      • Metalmacumba

        eu sei, é que eu precisava dar uma trolladinha básica 😛

  • Rodolfo Oliveira

    A parte mais interessante dessa noticia é que o Cell é mais poderoso que a CPU do PS4. Tudo bem que se considerar o conjunto gpu/CPU o ps4 leva uma enorme vantagem, mas isso só mostra como o ps3 era monstro pra época dele e o ps4 fraquinho pro lançamento, tanto é que tiveram que dar uma de Sega e lançar uma atualização de meio de geração pro console não ficar defasado demais.

    Era pro Pro ter sido o ps4 de lançamento.

  • Bruno Costa

    Pra mim esse é um jogo que vai nascer vencido, ultrapassado e com aquela cara de “geração passada”, não só em gráficos, mas em jogabilidade e mecânicas. Muitos vão olhar e pensar “dez anos pra isso???”

    • Yskar

      Rapaz, acho que quem realmente vai comprar esse jogo não se importa com essas coisas, nem com queda de framerate, só querem uma continuação do Shadow of the Colossus (e infelizmente não vão ter, pois esse jogo tá mais com cara de ICO que SotC).

  • Julio Verner

    10 anos pra usar cpu velha e travado a 30fps… Jogo velho lançado agora, como a maioria da biblioteca Requentation.

  • André Luis Rebechi

    Yeap and Sony lie for us AGAIN… they will force you to buy the ps4 pro very soon.

  • Eric japa

    Como é o CPU do PS4 é pior q do PS3 então vamos a variavel a sony entregou um produto pior, não pera o uncharted 4 roda liso, ja o TLG não ou seja é incompetencia da empresa.. RETRO do X360 pro Xbox one é sucesso porque sera…
    Alem de não cumprirem a promessa de trazer essa aberração pro PS3 ainda trouxeram mau portado pro PS4.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis