ad

Seagate — HD portátil de 5 TB

seagate_backup_plus

Eu falo muito sobre tecnologia de armazenamento por aqui. O fato é que realmente me preocupo com o assunto por estar muito presente em meu dia a dia. Ontem mesmo, uma amiga de minha esposa estava desesperada por ter perdido todas as suas fotos em um HD com defeito. Por outro lado, os vídeos que gravo para o canal do MeioBit ficam com quase 4 GB. Ou seja, precisamos de armazenamento de qualidade e, acima de tudo, muito mais espaço. Toda vez que falo aqui sobre backup e armazenamento, muitos me indicam soluções presentes na Nuvem. Porém esse conceito ainda não é viável para mim, principalmente por conta da velocidade de conexão com a internet. Um problema muito presente no interior dos Estados.

Para quem ainda está em uma ilha de internet lenta a melhor solução ainda são os HDs. Muitos HDs. Para pessoas que dependem desta solução, o novo lançamento da Seagate parece ser bem interessante. A empresa está colocando no mercado o primeiro HD externo compacto com 5 TB de espaço de armazenamento. Eu fiquei feliz com isso, é o tipo de equipamento que me garante (levando meu caso como exemplo) cerca de 12 meses de tranquilidade em backup e armazenamento (se tiver duas unidades, é claro).

seagate_backup_plus3

A propaganda da empresa é justamente essa. Câmeras fotográficas estão cada vez produzindo arquivos maiores (a Nikon D7100, por exemplo, grava cerca de 500 fotos em RAW em um cartão de 32 GB), e agora todo mundo também está se aventurando nas filmagens em full hd e, logo, em 4K. Mais e mais espaço é necessário para guardar tudo isso. E essa não é uma preocupação apenas do profissional, pois o público doméstico também necessita de espaço de armazenamento.

seagate_backup_plus2

O novo Backup Plus Portable tem 5 TB de espaço de armazenamento com dimensões de 4,5 × 3 × 0,8 polegadas (11,4 × 7,6 × 2 cm), 250 g de peso e revestimento de alumínio. Dentro temos um disco de 2,5 polegadas com a tecnologia Platter Barracuda. A unidade é compatível com Windows e Mac e a transferência de dados é feita através de uma conexão USB 3,0.

Eu achei bem interessante. Principalmente por ser algo mais compacto e que não necessita ser ligado na tomada. O Seagate Backup Plus vai estar disponível já em novembro para o consumidor em quatro cores e o valor de venda é de US$ 190,00 (fico imaginando o preço no Brasil).

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Com SSD de 10~60 TB sendo anunciado, continuam espremendo bits nos Hard Disks. Incrível.

    • Gilson Lorenti Fotografia

      Qual o valor de um SSD com a mesma capacidade de armazenamento?

      • Arnoud Arnoud Rodrigues

        USD$ 7.000,00

      • Algo inviável pro meu humilde bolso. =(

        • Arnoud Arnoud Rodrigues

          Mas se você quer pagar em reais em vez de dinheiro de verdade tem uma opção de 4 TB PCI-E num grande site brasileiro por R$ 99.999,89. E eles dividem em 3 vezes.

          Não, não é brincadeira!

          • Sinceridade

            É melhor voces correrem pois comprei 3 desse, já caiu na fatura do luciano hulk

          • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            E quem é o demente que vai pagar os 99 mil reais que eles estão cobrando? Aqueles caras são sem noção demais! kkk

    • OverlordBR

      Você é ryca, então pode comprar SSD de grande capacidade.

      • Não é por que sai moedinha de tijolo que eu consigo juntar pra pagar um SSD… xD

    • @cheesepaulo

      Agora já tem ssd de 480gb por 500 reais nas interwebs. 1 ano atrás esse era o valor pra um ssd de 240gb.
      Meu “HD” externo é um case de HD com um ssd de 480gb dentro. Tenho certeza que posso derrubar no chão, meter o bicudo, soltar o cotovelo em cima enquanto ta ligado que não vai matar a unidade de armazenamento. Nem vai morrer sem dar avisos após alguns anos. Capaz de eu morrer primeiro que a merda desse SSD até o fim da vida útil.

  • Leonardo Carneiro

    Ninguém precisa me falar que é tão absurdo de caro que é impraticável, mas tive oportunidade de usar 3 Samsung 850 EVO 4 TB como HD externo para uma migração de sistemas onde não era viável o uso de link. Me senti um deus.

  • Alvaro Carneiro

    Gilson, se você tem conexão lenta experimenta procurar por “backblaze speedtest” que vai dar na página do serviço online de backup, e ele testa a sua conexão e diz quantos bytes você conseguiria fazer upload.

    Veja se não é viável para você, afinal sao apenas 5 trumps por mes para um suposto espaço infinito.

    Na minha conexão (fora do Reino de Banânia) deu:

    77931 MB in a day

    • Gilson Lorenti Fotografia

      18330 MB in a day

      • Alvaro Carneiro

        já é alguma coisa né? dependendo do tamanho da sua “fazenda” talvez seja viável, o primeiro backup pode levar dias ou semanas, mas uma hora acaba e depois é só subir as atualizações.

        • Gilson Lorenti Fotografia

          aqui é assim. O estúdio gera em torno de 50 GB por semana. E no fim de semana, eu sozinho, uso 60 ou 70 GB, dependendo do evento. De backup deve ter uns 10 TB.

          • Alvaro Carneiro

            Por semana entao voce tem uns 120 GB de dados novos, e sua conexao conseguiria subir 10 a 15 GB por dia na média — entao lascou, nem ficando 24 horas fazendo upload voce conseguiria backup online — exceto se fosse um provedor próximo da sua região para tentar uma velocidade maior.

            Complicado.

    • @cheesepaulo

      Vocês tão é bem, eu upo meus backups do pc do trampo.
      Em casa 9872mb/day no trampo 3x esse valor.

  • Seagate? Não, obrigado. Morro de medo.

    • Willian Topa

      Por que? É tão queimada assim na praça?

      • Queima à toa…. perdemos mais de 5 desde o ano passado…

        • Gilson Lorenti Fotografia

          Rapaz, todos os HDs aqui do estúdio são Seagate. Nunca tive problema. Tem uns com 5 anos de idade que uso só para música, filmes e outras porcarias.

          • De uns 4 anos pra cá começaram a morrer em vários computadores (várias embalagens e sabores), tenho dois mais antigos rodando ainda…. e o Touro (da maravilhosa Philco!), que trocamos três vezes na garantia….

          • Lucas Timm

            Não é energia, não?

          • Tudo em no break…. externos ou não…. e em duas localidades beeeem distantes….

          • Poeira, talvez? HD é um bicho fresco da porra, e qualquer sujeirinha já emperra. Já tivemos uns 4 HD pifados por causa de gesso. Pensa num cara puto…

          • Então, pode ser, em partes…. meu PC sempre foi limpo mensalmente com o compressor…… e TODOS os HDs travavam mecanicamente, e parece que dávamos o lindo azar de TODOS não terem recuperação (uns dois antigos de 320GB e um de 1TB da Samsung tiveram conserto).

            Ou seja: Seagate, nunca mais!

            Tenho um Seagate IDE de 80GB que ainda funciona…. de 2004….

          • Tenho um Maxtor dessa época que também está firme e forte. Ah, bons tempos…

          • O Maxtor tá rodando Mint no meu Core2Quad que comprei no lançamento, e que funciona muito bem ainda…

        • Alvaro Carneiro

          O problema é que não tem muito para onde correr né?

          Comprei em 2015 e 2016 mais de 10 discos de 3 TB e 4 TB da Western Digital, variando de gree, blue, purple e 1 black.

          3 discos foram para o saco em menos de 1 ano. Um deles chegou morto.

          O que chegou morto a porra da WD (Europa…) trocou por um disco REFURBISHED que pifou exatamente 3 meses depois da garantia acabar.

          Eu apostei tudo na WD e me lasquei — entao agora nao tem marca queridinha não, é o que tiver mais barato e foda-se.

          • Samsung tá segurando, mas como todos esses também são, fodeu mesmo…..

          • Theuer

            Exato! Vai a mais barata para poder pegar duas.

            A conta é simples, se não existe marca de HDD com 0% de falhas nas listas dessas empresas, então você SEMPRE poderá ter justamente a HDD do 1% das que falham.
            Abraço, boa noite.

        • Willian Topa

          Nossa, que merda cara. Hoje em dia qual seria uma marca boa de HD?

          • Uma foi comprando a outra, e a Samsung comprou as que compravam…. ou seja: f****….

          • Willian Topa

            Ai fodeu tudo, Samsung ultimamente anda pior que câncer.

      • Sim, são HDs muito fracos. O desempenho não chega a ser ruim, mas se for deixar trabalhando 7/24, difícil passar de 4 anos.

        • Willian Topa

          Nossa, sempre achei que fosse uma marca boa, com uma resistência exemplar. Hoje em dia em qual marca posso confiar no quesito durabilidade?

          • Já foi, e muito. Os modelos mais atuais, de 6 a 7 anos, é que estão nesse estágio.
            Eu sempre procuro por WD Black ou Green, dependendo da função. Nunca tivemos quaisquer problemas com eles que não fosse por fatores externos (maldita reforma…), então eu sempre recomendo. Já li críticas muito boas sobre os HGST, mas na região onde aconteço é praticamente impossível acha-los.

        • Pior que sempre fico curioso com isso. Normalmente o pessoal queima a marca por más experiências, e vai ver, era uma linha/lote específico. (Mas justificável, afinal, informação armazenada é importante e precisa de confiabilidade). Aqui por exemplo eu tinha um NAS 4x 2TB. 3 HDs deram problema com dois anos de uso. HDs Seagate. Fui ver… eles usavam uma firmware específica, e não conseguia atualizar e nem trocar pra outra. Acabei largando mão, mas vi na net que essa linha era problemática. Por outro lado, tenho máquinas aqui rodando a 8/10 anos 24×7 com o mesmo HD Seagate original. 4 deles já passaram de 100.000 horas de funcionamento. O ideal seria o pessoal pesquisar por histórico dos modelos antes da compra, mas nem todo mundo faz isso. Mas enfim… realmente no quesito confiabilidade HGST tá bem na frente da concorrência atualmente, embora os que passaram por aqui tiveram vida curta.

        • Eu tenho um WD Blue, ele é confiável? Comprei em 01/2014..

          • Talvez. Você comprou de um vendedor confiável? Tem muito cara colocando HD velho pra vender como se fosse zero: formatou, tá novo (só que não).

          • Comprei no Kabum!, que é super confiável

          • É, a Kabum! não é uma empresinha de fundo de quintal mesmo.

    • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      HD é HGST e ponto final!

      • Só conheço o mito mesmo. É muito difícil conseguir um disco desses, na net, de vendedores “confiáveis”. Em lojas físicas, então, impossível – pelo menos, aqui no mato (Florianópolis). Num geral, é Seagate e Samsung que se acha, e não consigo dizer qual deles é pior.

        O jeito é quebrar o galho com os WD Blue e torcer pra encontrar algum Black mesmo.

        • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          É só jogar na pesquisa do Google shopping, que você encontrará vários, inclusive em loja confiável.

        • jacob

          Peguei um Black e me arrependo, o bicho parecia um trator e começou a dar bad block com menos de 2 anos de uso. Enquanto isso tenho um de 1,5TB de uma série problemática da Seagate e tá rodando tranquilo por 5 anos em regime 24/7. Não adianta, HD é loteria.

          Prefiro continuar com a Seagate porque é mais barato, se der problema, azar, pelo menos não gastei tanto num HD que era pra ser “mais confiável” (o que não é o caso dos Black, que você compra só por desempenho, porque em confiabilidade é a mesma coisa que um comum, senão até pior).

          • Acho que, nesse caso, depende mais do conhecimento no assunto: existem MUITOS vendedores empurrando HD recondicionados/reutilizados no mercado, e a maioria esmagadora da população não sabe como diferenciar um novo de um velho. Vai saber se o seu não era um desses? Eu mesmo já tive que brigar com um cara que me empurrou um WD Black 750GB com mais de 3,5 anos de uso.

      • Theuer

        Cara, desde as primeiras listas em 2013 que sempre planejamos aumentar o número de HGST rodando no lugar das Seagate, mas quando vem a realidade, SEMPRE acabamos com mais Seagates pela metade do preço!
        Não adianta, a linha PRO das HGST e Toshiba custam muito acima das Seagate. Como mídia precisa de redundância, melhor garantir duas Seagates com espaço folgado que se apertar em uma dessas “melhores”.

    • jacob
      • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Eu tô pra comprar um novo HD, mas não será Seagate nem WD, muito menos Samsung. Já estou com um Hitachi (HGST) em vista.

        Ou HGST ou Toshiba.

  • Fred

    Seagate, e portátil ainda por cima? Literalmente nem de graça, pois não confiaria nem pra backup de nada meu nisso aí

  • Samuel

    Quem for usar, favor encriptar. Pior que perder 5 TB, e ter 5 TB usado de forma indevida

    • Lucas Timm

      Meu HD externo costumava ser criptografado.
      Por questão de segurança, uso senhas diferentes pra tudo.

      Esqueci a senha do HD externo. D:

      • Kabrok ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Um colega meu tinha 2TB de “memórias íntimas” da ex-namorada. Também perdeu a senha. Aí veio me perguntar se tinha como “quebrar a criptografia”.. kkkkkkk

        • Islan Oliveira

          2 TB? Ele gravava as fodas em 4K?

          • Sinceridade

            A versão diretor da filmagem devia incluir a ida no banheiro, obviamente deitado na privada, e dormida

          • Samuel

            O amigo dele tem 70 anos, começou a gravar com 9. Amigo do interior

          • HUSAHUASUHUAHSUHASUHASUHASUH

  • Smartfox

    As vezes eu tenho a impressão de que HD nunca vai sair de moda. Rsrs

  • Cássio Amaral

    Eu acho muito é arriscado usar um HD de 5 TB como único armazenamento de backup. Acho que seria mais prudente 5 HDs de 1 TB, ou 2 de 2×2 TB + 1×1 TB. Infelizmente, HDDs ainda não são tão confiáveis quanto SSDs. E HDD da Seagate, é bom comprar outro junto, porque eu não tive um bom histórico de confiabilidade com os HDDs da fabricante.

    • Alvaro Carneiro

      excelente idéia. entre colocar tudo em um único disco, melhor dividir.

    • Alexandre Salau

      Eu pensei exatamente a mesma coisa quando comprei um HD de 320Gb em 2004, era um absurdo ter tanta coisa em um lugar só.

  • Eu gostaria de ter um desses, pena que quando chegar por aqui provavelmente será peli simbólico valor de 1.990,00 Temers.

  • Felipe Braz

    A merda é fazer backup num negócios desses e ele queimar, ainda prefiro hds internos em raid1 (se tivesse dinheiro pra isso UHauAH)

    Em tempo: nuvem é só um apelido para “o computador de outra pessoa/empresa” que é sujeito aos mesmos problemas que nós meros mortais possuímos, veja por exemplo o incêndio no datacenter da equinix que aconteceu esse ano, quem não tinha “backup da nuvem” se fu….

    • Hugo Vinícius

      Em vez de RAID, prefiro dois HDs espelhados usando o sistema de arquivos ReFS* e o Storage Spaces do Windows 10 (ou para quem tem NAS, usando o ZFS ou o btrfs).

      O ReFS te dá a opção de fazer checksumming de todos os arquivos e metadados. Daí, quando é encontrado um erro em algum arquivo em um dos HDs, o Storage Spaces verifica esse mesmo arquivo no outro HD do arranjo. Se o arquivo estiver todo correto, o arquivo com erro é substituído automaticamente.

      Eu nunca tinha me preocupado com bit rot. Aliás, só ouvi falar de bit rot quando comecei a ler sobre o ZFS* e o btrfs* a uns anos atrás. Aí, esses dias atrás eu percebi que eu um arquivo meu no HD externo estava com problema e eu não tinha feito nada nele. Sorte que eu tenho backup e aí mandei checar todos os arquivos byte por byte.

      * ReFS, ZFS e btrfs, desde que configurados corretamente, oferecem medidas contra o bit rot. O RAID 1 eu creio que não. Agora, os RAID 5 e 6, sim.

      • Felipe Braz

        Sei lá, eu prefiro alguma solução baseada em hardware, não curto usar recursos de cpu pra algo desse tipo, já pensei num raid 50 inclusive, mas “me falta-me” grana =P

        • Hugo Vinícius

          Sim, realmente ter um hardware dedicado diminui a sobrecarga na CPU. Não sou tão entendido de hardware assim, mas parece que se você montar um arranjo usando uma placa da Adaptec, ele não serve se plugar ligá-lo numa placa da LSI e coisa assim. Não sei se isso é tão grave, mas tem feito gente preferir software RAID.

          • Felipe Braz

            Teve uma concorrente da empresa que eu trabalho (não posso falar nomes) que optou por softraid pra dados críticos de clientes… resultado: dados corrompidos, muitos processinhos, gerente de TI demitido, troca da solução por hardware.
            Aqui sempre usamos raid por hardware pra dados de quase 70k clientes sem maiores problemas, no máximo trocar um disco do cluster em caso de falha.

          • Hugo Vinícius

            Putz, se o meu tivesse na reta, eu sempre escolheria o mais seguro. Tipo aquele ditado bem antigo: “quem escolhe IBM nunca erra”.

            Não sei confiabilidade de software RAID, discos dinâmicos, Storage Spaces + ReFS ou FreeNAS + ZFS em um ambiente empresarial, mas acho para o meu uso eu acabaria indo para algum dos dois últimos se eu pudesse/precisasse.

          • Felipe Braz

            Ah sim, pro meu uso eu iria também na solução mais barata pode ter certeza… o problema é quando se paga uma solução cara e da problema, aqui tivemos muitos problemas com blade da hp, era menos caro mas acabamos voltando pra dell em função dos inúmeros problemas que apresentou.

      • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        Meu conhecimento acerca de sistemas de arquivos é quase zero (digo de conhecer profundamente as especificações, etc de cada um.)

        Mas eu não usaria o BTRFS em um sistema de backup, não a essa altura do campeonato.

        https://btrfs.wiki.kernel.org/index.php/Status

        Com toda certeza eu iria para o ZFS, devido ao mais logo tempo no mercado e a estabilidade já adquirida. Lembrando que recomendam o uso de 1GB de RAM por TB. E outra coisa também é que o pessoal costuma usar memórias com correção de erros (ECC) nesse tipo de finalidade.

        • Hugo Vinícius

          Realmente, o btrfs e o ReFS têm esse problema de não ter todas as ferramentas necessárias para uma eventual recuperação de desastre. Um exemplo disso é que fsck para o btrfs não parece ser completo. Por outro lado, a Microsoft diz que não é necessário um chkdsk no ReFS. Além de ferramentas básicas do SO, é capaz que há pouca ou nenhuma ferramenta de terceiros que suportam esses tipos de volume.

          Se eu montasse um NAS usando um PC velho, eu com certeza iria para um FreeNAS + ZFS justamente pelo fato do ZFS ser mais antigo e estável, como você falou. Agora, há duas coisas que eu entendi nas minhas leituras informais sobre o ZFS:

          * um dos projetistas do ZFS falou que não há nada de especial no nesse sistema que o faça exigir ECC RAM mais do que NTFS ou ext, por exemplo. Isso parece que veio de um usuário do fórum do FreeNAS falando sobre um possível bit flip na memória durante um o processo de checagem do volume que poderia colocar todo o arranjo a perder. Uma boa leitura está neste link: http://jrs-s.net/2015/02/03/will-zfs-and-non-ecc-ram-kill-your-data/

          * O ZFS não precisa de 1 GB de RAM para cada 1 TB de disco, mas parece que há controvérsias quanto a isso. Tem gente que fala que precisa, tem gente que fala que não precisa, caso você não use a desduplicação de dados. No entanto, há um consenso de que o mínimo absoluto é 4 GB de RAM, mas o mínimo recomendado é 8 GB. O ZFS usa muita RAM se comparado a outros sistemas de arquivos, mas num ambiente doméstico, você pode dar uma esticada na regra 1 GB/1 TB, com pequena perda de desempenho. Agora, se você resolver usar a desduplicação aí ferrou, você vai precisar de uma quantidade imensa de RAM para manter um bom desempenho, cerca de 5 a 10 GB de RAM para cada TB de armazenamento.

  • Pancho, solo Pancho

    Só tem um problema, eu uso 4 HDs externos de 5 TB para backups (por opção, é mais barato!)

    Mas se foram minhas 4 entradas USB 3.0

  • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    >seagate

    Nops!

  • Para quem está a fim de ver para onde as coisas estão indo, sites como o Wish vendem pen drives de até 2TB por preços irrisórios comparados com os outros de HDs.
    Não estou discutindo confiabilidade, mas comprei um de 1TB e até agora não deu problema.
    Comecei a testar há pouco tempo, veremos como se comporta e se realmente entrega todo esse armazenamento.

  • Gravo apresentações semanais de 1 hora e 15 mais ou menos.
    4 meses e tenho 235GB. 1TB por ano, se não aumentar a qualidade.
    Não tá fácil…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis