E o Watson salvou uma vida

pawlik22n-1-web

Talvez por ser da IBM, o Watson ainda está um passo atrás do HAL. Ele não é IA Forte, ele não pensa, sequer pensa que pensa. Não tem consciência, mas é um primor em IA Fraca, executando uma tarefa específica muito bem.

Essa tarefa no caso é compreensão de linguagem e conceitos abstratos, correlacionando informação. É algo que nosso cérebro é excelente, mas estamos afogados em dados. O melhor profissional do mundo em qualquer área só absorve uma fração de 1% de tudo que é produzido diariamente naquela área.

Por isso o tratamento de uma senhora de 60 anos no Japão não estava dando certo. Diagnosticada com leucemia mielóide aguda, ela não reagia ao tratamento, e o tempo estava se acabando. Os médicos então resolveram usar o Watson para tentar achar um padrão, um modelo por mais obscuro que seja, que indicasse um diagnóstico.

Ele foi alimentado com os dados da paciente, incluindo sequenciamento genético. Junto a isso adicionaram uma base de dados com 20 milhões de estudos científicos de casos clínicos de oncologia.

Watson começou a ruminar os dados, criando modelos internos, comparando resultados, falsos-positivos, modelando árvores de algoritmos genéticos aprimorando a precisão do diagnóstico, até que 10 minutos depois, ele apresentou o resultado: a única possibilidade viável era um tipo raríssimo de leucemia, com um protocolo de tratamento completamente diferente.

108024371-jpg-crop-cq5dam_web_1280_1280_jpeg

O tratamento correto foi aplicado, e a paciente se recuperou completamente.

Note que isso ainda é um caso isolado, no futuro sistemas especialistas assim serão comuns, por enquanto não é possível confiar 100% no Watson ou em qualquer outro sistema. O único infalível é o Sistema de Diagnóstico do Google, que conseguimos com exclusividade o código-fonte:

10 PRINT "descreva seus sintomas"

20 INPUT A$

30 PRINT "É câncer"

40 END

Fonte: NDTV.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples