Pesquisa descobre: a Geração Internet é inútil quando sai da frente do teclado

cssjkv2uyae3fik

Que a geração atual é mimada, adora procurar coisas pra se ofender e está arriscando o futuro ao de pirraça votar em Trump para não eleger Hillary Clinton, pois queriam Sanders, não é novidade, mas parece que pela primeira vez na História surgiu uma geração genuinamente incapaz.

A culpa é da internet, a molecada está se habituando a pedir tudo online, mas o que era comodidade virou necessidade. Ninguém faz pão em casa, por causa do trabalho, mas de vez em quando é divertido. Comprar uma estante e montar é mais prático e barato do que esperar o montador da loja, mas isso está se tornando uma arte perdida.

Antigamente todo homem se orgulhava de sua caixa de ferramentas, hoje a maior familiaridade que a geração mais nova tem é com o canal da Prensa Hidráulica.

Não estou repetindo papo de velho nem cobrando que você gabarite os vídeos do Primitive Technology, mas pelamordedeus, 25% dos jovens “millennials”, entre 24 e 34 anos entrevistados em uma pesquisa não sabem cozinhar um ovo.

  • 1 em 20 tentaram cozinhar o ovo no microondas, e explodiram o coitado;
  • 1 em 10 QUEBROU O OVO NA CHALEIRA para cozinhar;
  • 1 em 4 confessaram não ter idéia de como cozinhar o ovo;
  • 2 em 10 disseram que o ovo cozido leva 2 minutos para ficar pronto;
  • 8 em 10 não sabiam que ovo de gema mole leva de 3 a 4 minutos.

Assustador? Calma que piora.

homer

  • 7 em 10 jovens não sabiam trocar uma tomada;
  • 8 em 10 chamariam um encanador para consertar uma torneira pingando pois não sabem nem por onde começar;
  • 1 em 3 não tinham idéia de como trocar uma lâmpada ou pendurar um quadro na parede;
  • metade das mulheres dependia do pai para completar a água do limpador de pára brisa;
  • 1 terço dos homens dependia da mãe para passar suas camisas.

Não estou tirando onda de Grande Caçador Pardo, eu não sobreviveria 10 minutos nos programas de vida no Alaska que gosto de assistir, mas pombas, você vive na era de maior fartura da História da Humanidade, custa colaborar e não ser um parasita inútil?

Trabalho manual não faz cair a mão, consertar as coisas pode ser divertido e gratificante. Cozinhar é mais arte do que ciência, e igualmente gratificante. A menos que você seja MUITO descuidado com facas, seu pinto não vai cair se você aprender a fazer um risoto.

Autossuficiência hoje em dia é bem mais simples, é preciso apenas que você saiba usar além do botão PIPOCA do microondas. Não há mérito nenhum em não saber algo. Desprezar atividades manuais é um elitismo autodestrutivo, mas ao menos temos o consolo de saber que essa geração tem a firme ilusão de que sobreviveriam mais de 20 s a um Apocalipse Zumbi, afinal assistem Walking Dead.

Fonte: Mirror.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Daniel Silva

    rapaz é hilario, com o advento china, o preço das ferramentas, e materiais cai, e o numero de pessoas capazes de operar tais equipamentos em vez de aumentar cai, um belo dia foi eu e a galera do hospital para um sitio, em 3 carros carros, eu era o ultimo, o cara que estava na minha frente furou o pneu, esperaram 15 minutos até eu alcançar eles, se vc observar bem esta coisa está pior, o motivo de em uma construção a mão de obra ser metade do valor da obra, é que o numero de pessoas precisando de moradia aumenta, e as pessoas dispostas a construir cai ai o preço da mão de obra cai, infelizmente no futuro, precisaremos da sknet, para manter os babões desta geração, eu vou guardar este link para esfregar na cara de uns zé roela por aqui.

  • Othermind

    Meu pai construiu quase a casa toda, eu faço essas coisas que vc diz no texto mas nao sei fazer um reboco, meu filho não fará reboco nem as coisas citadas do texto, e assim vai…..
    Envelhecemos e fantasiamos que na “nossa época” era diferente, homens de verdade faziam a barba com navalha, nada de barbeador elétrico.. Se a gente queria um jogo tinha que programar….coisas do tipo… rs
    A culpa não é da internet.. heheheh

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Eu ainda faço barba com navalha. Mais por causa do preço da lâmina de barbear, que pra mim é o versão de banheiro do cartucho de impressora.

      • Navalha eu tenho cagaço, mas a hora que achar um desse vou comprar pelo mesmo motivo https://uploads.disquscdn.com/images/7e5a3f6acdead4712fdf3cf9c633ef8405c82e99a7872aa03bcdd4179b465f6a.jpg

        • kleber peters

          Eu tenho um destes… R$ 3,50 a caixinha com 4 lâminas… fora o prazer de se barbear com água quente… Mas também tenho um HP DeskJet Sensor 3 da Gilette. 😀

        • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

          Qualquer supermercado tem. Da última vez que cogitei comprar um desses (antes de adquirir a navalha) tava por 5 reais.

          • Nos que frequento nunca vi. Talvez num mais tradicional ache. Uma hora topo com ele.
            Até lá, prestobarba

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Aqui geralmente fica naqueles expositores junto dos caixas, quando você vai pagar a conta. Tem que ficar esperto pq não tem em todo caixa, então é fácil mesmo de passar batido. Uma coisa que sempre achei estranho é que realmente eles não ficam perto dos outros produtos de barbear.

          • Não sei aí mas aqui no nordeste, na feira, sempre tem uma barraca que vende panelas e ferragens em que você encontra um desses.

            Usei por um tempo, mas comigo, depois de uns sete meses começavam a aparecer sinais de ferrugem e eu precisava trocar a “maquininha”. Depois do terceiro parei de comprar por não achar que realmente valia o custo/benefício.

          • Boa dica!

      • Petrus Augusto

        Porra, estava pensando nisso seriamente… Tipo, 10 reais (com sorte) por carga… Absurdo bixo!!
        De fato, nunca tinha visto essa analogia… versão de banheiro do cartucho de impressora. Perfeito! kkkkkkk

      • Junior Capitanio

        por isso so faço a barba a cada 15 dias, um descartavel e ainda uso duas vezes, dai o preço não sai tão salgado.

      • Você faz a barba? Pra quê??????????

        • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

          Pra deixar o cavanhaque oras. Já viu representação do diabo sem um?

  • Ivan

    Não sei quanto tempo leva pra cozinhar um ovo por isso sempre deixo bastante tempo.

    Não sei passar roupa, nem trocar uma torneira que pinga mas pra isso tem youtube.

    • Petrus Augusto

      Deixo até a água ferver (ferver mesmo, e não, borbulhar um pouco)… E bem, até hoje deu certo. ^_^
      Do mais, eu faço tudo na minha casa… Hidráulica, Elétrica, e até, umas bobagens com partes antigas de skate (que, eu deveria andar m,ais regulamento, faz meses que não ando)… Bem, não morro de fome por assim dizer! xD

      • Ivan

        Eu gosto de montar desmontar coisas, por isso faço esses pequenos reparos, pelo menos não morrerei de fome nem contratarei alguem pra fazer um reparo facil.

    • Willian Topa

      Concordo, se você não saber algo é só pesquisar, acho que o problema é querer tudo mastigado mesmo.

  • Narciso

    Estou inclinado a acreditar que as porcentagens que falaram que sabiam como fazer ficaram com vergonha de admitir que não sabia de fato realizar as atividades, aqui no Brasil um dos maiores canais do youtube tem exatamente esse tipo de coisa como tema o ”manual do mundo” se (quando)o tecido social ruir, o Ibere vai ser como aquele holograma do filme maquina do tempo https://uploads.disquscdn.com/images/f3ce7ead2f721608b31a5a3457c5879529d85c62a87759fd3ac1a78089133fd7.jpg

    • Ivan

      Só que manual do mundo ensina mais é curiosidades

      • Narciso

        Depende da fase não acompanho mais mais antes tinha videos dele concertando maçanetas, trocado fechaduras, fazendo vários tipos de concertos.

        • Ivan

          fiquei um tempo sem ver, devo ter perdido essa epoca, assistia bem no começo e voltei a ver uns agora.

          • Daniel

            Procura quando der Paloma Cipriano, eu fiquei de cara, achei um video por acaso, não que ela faça tudo certo mas se for comparar meu irmão mais novo, ele passa vergonha forte perto dela.

  • Alvaro Carneiro

    a vida muda, os tempos mudam tudo.

    parte da humanidade nao precisa mais cozinhar um ovo, nem trocar uma tomada.

    chegaram em tal ponto que há alguém que faça isso por eles ou eles simplesmente nao querem um ovo cozido. se querem, compram pronto. – e é verdade, aqui na europa os mercados vendem ovos cozidos, embalados, não é produção manual – é nivel industrial.

    trocar pneu? esquece. raro eu ver aqui alguem trocando pneu. O cara liga para o reboque, para o cara do reboque trocar. E como funciona tudo bem, o reboque normalmente chega em 15-30 minutos no máximo, em muitos casos 10 minutos se for em área urbana. para que se esfolar trocando pneu? tá tudo incluido no valor do seguro mesmo.

    e por aí vai Cardoso.

    como disse os outros comentaristas, na epoca do meu TK85 e TK90X eu tinha que comprar revista e digitar o código todo sem errar uma virgula, para ter um programa ou jogo funcionando – o tempo mudou – é só fazer download.

    • Ivan

      Mas pelo menos tem que saber como trocar nem que seja na teoria pra quando precisar se estiver viajando.

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Não é? Meu seguro tem esse negócio de mandar um cara pra trocar meu pneu, mas confesso que nunca nem lembrei que esse recurso existe, garanto que até o cara chegar eu já troquei o pneu e fui embora faz tempo.

        • Cocainum

          Outro dia foi engraçado. Minha enteada havia saído com o carro dela e o namorado. O pneu furou e me ligaram em casa para ir trocar. Imagine o quanto eu zoei com o cara.

          • Tejobr

            Um cunhado acionou o seguro para trocar o pneu na frente de casa.

          • Diego Marco Trindade

            Acho que teu cunhado precisa de um macho.

          • Tejobr

            Isso não é assunto de “macho”. Me parece mais questão de comodismos e falta de interesse.
            Quando eu era criança a minha mãe resolvia essas coisas em casa. Também conheço um blogueiro, “não macho”, que faz bonito com ferramentas, enquanto a maioria “macha” não troca uma lâmpada.

          • Diego Marco Trindade

            Às vezes ser macho não é questão de sexualidade, mas de atitude, de ter culhão e vontade de fazer as coisas.

          • Marcogro®

            Será que ele não sabia trocar mesmo? Essa geração também se prevalece da lei do menor esforço… Tendo alguém que faça por eles, não fazem mesmo que saibam.

          • Cocainum

            Ele nunca teve carro, então até faz algum sentido. Mas não escapou da zoação.

          • Marcogro®

            Imagino…

          • Eu nunca tive carro, nunca havia trocado um pneu, quando precisei ajudar alguém fiz tudo de primeira que nem a jumenta dona do carro tinha muita noção do que fazer… Ou seja, já tinha toda teoria e tudo que era possível pra fazer… e faço o mesmo seja na cozinha, seja consertando algo… procuro saber formas e ferramentas das mais variadas pra facilitar o trabalho…

            Meu sonho de consumo atual é um detector de metal e encanamento de água, pra parar de ter que quebrar paredes pra remendar canos furados… xD

          • Daniel

            E pode-se dizer que é um sonho de consumo mesmo dtec 150 já vi por mais de 3k.

          • Por isso continua como sonho… Bosh por aqui é mais de 2, mas fiquei tentado naquela.

          • Daniel

            Eu estou querendo comprar um da Stanley com visor digital, vi por 200 temers, no ml, acho que não serve para pvc e para hidráulica, mas serve para eletrica e metal (pregos escondidos na madeira) que detonam as laminas da plaina. Essa seria a função principal, e por detectar cabos já valeria bem os 200.

          • Sim, os caros são os que detectam pvc com água…

          • PugOfWar

            parece que na auto escola ensinam isso agora.

          • Inclusive, não ter carro é uma opção muito comum nessa faixa etária. Falo por mim e por grande parte de meus amigos e colegas.

          • Dan_Marx

            Essa é ”a pergunta”, já passei cada presepada na vida (tempos de vaca magra e juventude) e sempre me virei, hoje não me importo de pagar por alguns consertos que eu mesmo faria; pena que esses jovens nem vão tentar solucionar seus problemas antes de pedir socorro.

        • Ivan

          E se for no meio do mato? ou parte sem sinal de uma estrada? Se tiver sinal vai esperar 2 horas pro guincho chegar?

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Daí ficarei mais feliz ainda.

          • Jean

            Ô, e como é legal quebrar em estrada sem ter ajuda.
            Uma vez quase virei a noite na beira da estrada, eu e meu cunhado inventamos moda de ir para Pedro Juan, no PY, de moto, dá +- 400km daqui. E assim, tem dois caminhos, um é movimentado, de modo que se você quebrar tem socorro, no outro caminho quase não tem movimento. O esperto aqui escolheu a segunda opção, e na volta, uns 30 km depois do distrito de Vista Alegre o pneu estoura. De boa, montei no tanque, falei para o meu cunhado esperar e continuei, mais um pouco chegava em Maracaju. Andei 1KM e a roda travou e quando olhei era raio quebrado para todo lado, o aro todo torto, enfim, travou tudo e não tinha nem como empurrar.
            Tive que caminhar mais um pouco para pegar sinal, ligar pro papai e falar quase chorando “pai, vem me buscar, pelo amor de Deus” kkkkk, voltei pra moto, tive que jogar ela para o mato porque na merda da estrada nem acostamento tinha, deitei, dormi e como se já não estivesse lascado o suficiente, acordei com formiga até nos ovos. Meu pai foi chegar lá era mais de meia noite, eu tava tão cansado que a gente quase não deu conta de jogar a moto na Fiorino…enfim, nunca mais viajo de moto só com uma moto!

            Outra vez, e dessa foi a serviço, a gente estava indo para Corumbá ( no Pantanal ) fazer um trampo, e não sei se você conhece aqui, mas indo para lá tem um trecho de mais ou menos 200km depois de Miranda, que você passa no Pantanal e não tem uma porra de socorro, celular não pega, nada. E como eu disse, é no Pantanal, então tem Jacaré, onça, mosquito até dizer chega, etc. Pah, estamos nesse trecho nojento, na boca da noite e atropela uma capivara. Quebra o eixo do carro, e ainda quase cai no alagado. Rapaz, e para esperar socorro naquela estrada? Um bando de macho dentro de um Uno, calor desgraçado. Se abria o vidro entrava aquela nuvem de pernilongo, se fechava não aguentava o calor. Um bando de cagão, saia do carro e já voltada rapidinho com qualquer barulho de movimento na agua hahaha. Ficamos ali umas 3 horas até uma pessoa que passava ter avisado o seguro para ir socorrer a gente, mas pensa num tempo interminável?

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Complicado, já passei por isso de ficar isolado sem socorro várias vezes, como trabalho com floresta, 90% do meu tempo de campo é em lugar que nem os nokias 1100 da vida pegam sinal.

            Mas conhenhamos, ligar pra alguém só vir trocar o pneu do seu carro é o fim.

      • O problema é o povo mais novo sequer viaja. E quando viaja, não é por conta própria, seja indo com alguém, ou indo com viagem planejada, desde a transporte até alimentação. É tudo pronto, preparado por terceiros.

    • Jorge Dondeo

      As pessoas mudam, mas nem sempre é pra melhor.

    • Tejobr

      Se ocorrer voltando do trabalho (já ocorreu), em 30 minutos já estou em casa tomando banho.

    • major505

      Ai o cara fura pneu em um lugar que celular não tem sinal, ou tá sem bateria no telefone, tem que ficar ilhado porque não sabe trocar um pneu? é meio ridiculo isso. Sem contar que ninguém precisou me ensinar a trocar pneu porque é a coisa mais óbvia do mundo, e na pior das hipóteses tem no manaul do carro.

  • Paulo #

    Confesso que ainda não precisei trocar o mecanismo de torneira e não sei como faz (para regular) mas já troquei torneiras inteiras.

    • Junior Capitanio

      se começa a pingar eu troco a torneira inteira sempre, troço mais barato que torneira acho que não tem, ja desmontei umas mas fica vazando igual dai desisti.

      • Depende, torneira de banheiro, aquelas mais bonitas são caras, as vezes uns 200 reais, mas torneiras simples de tanque são uns 20 reais e não tem bucha, que é aonde da defeito.

        • As malditas carrapetas, que quando racham começam a deixar água vazar (daí a goteira). Pior é que nem toda torneira é fácil deduzir como abrir para trocar a bendita 😛

          • Como são feitas de plastico e borracha com certeza e sempre questão de tempo até racharem. Por isso sempre que possível compro torneiras sem bucha

        • Junior Capitanio

          é que eu sou pobre, então as torneiras da minha casa é tudo coisa de até 30 pilas hehhe.

          • Eu te entendo, também não gasto muito com acabamento, só quando tem uma grande promoção, tipo 80 reais uma torneira com filtro.

        • ochateador

          200 ?
          Minha mãe resolveu reformar o banheiro da casa. Meu pai inocente deixou ela escolher do piso até as torneiras.
          Na hora que ele viu minha mãe escolhendo uma torneira de 800 reais….

  • Tom

    Puts cardoso levei um encarada do meu chefe por culpa do gif do Homer, kkkkk

  • Giuliano

    Na boa, o cara anda de carro e não sabe trocar um pneu. É quase a mesma coisa do cara que usa um notebook e não sabe colocar para carregar. Existem coisas que são básicas. Básicas na sua essência, no seu funcionamento. Eu tenho mais de 35, e quando fiz 8 ou 9 anos, minha mãe chegou para mim e disse: “Vem aqui que vou te ensinar a cozinhar, não quero um filho que fique dependendo dos outros para comer ou que não saiba ao menos fritar um ovo”
    A mamãe ainda limpa a bundinha desses millennials metidos a besta?

    Serio, tenho dois filhos novos (5 anos e outro de 7 meses). O mais velho ja curte arrumar as coisas comigo, ja sabe o que é uma chave de fenda, philips, alicate e até uma chave allen ele ja sabe para que serve. São coisas simples que realmente não matam ninguém. Pode-se viver sem saber essas coisa? Pode, tem gente que faz isso para ti.

    Mas garanto que a tua mulher não vai chamar o Mr. Casa para trocar uma lampada, se tu (ou até mesmo ela) sabe fazer isso.

    • A Lhama Fantasma

      Cara, aí tu falou um negócio que faz a diferença “…tenho dois filhos…”. Ou seja, você é pai dos seus filhos. Aí, ao meu ver, está o “grande segredo”. Uma geração que foi majoritariamente criada pelas mães, como a minha, realmente não vai saber nada disso que está no post. Porque afinal mãe é mãe e nem todo homem curte futricar as coisas pra aprender na base da curiosidade.

      Eu só aprendi no sufoco, a primeira roda que troquei do carro foi quando justamente peguei um buraco na estrada e me obriguei a aprender, no meio do nada, a minha sorte foi ter pesquisado algum dia no youtube como trocar, do contrário não saberia que antes de erguer o carro teria que afrouxar os parafusos. Troquei meu chuveiro quando estragou, fui no youtube, vi como ligar os fios e pimba, funcionou. Mas até então me sentia totalmente inseguro pra fazer alguma dessas coisas, e se eu botar meio errado e a roda cair? E se eu ligar errado os fios e botar fogo na casa?

      Meu ponto é, desde que os humanos andam com as duas patas, existia a figura paterna pra ensinar a sobreviver. Os pais ensinavam a caçar, pegar mulher e usar a natureza a seu favor, ou seja, recheavam o cinto de utilidades do Batman de seus filhos. Hoje não, os pais são omissos, quando não estão no bar enchendo a cara, são cagões demais pra assumir os compromissos de pai com os seus filhos, isto inclui mas não está limitado a: levar pra jogar bola, se arranhar no mato, pisar em bosta de vaca, fugir de quero-quero, conhecer de onde sai o leite e os ovos, ensinar um pouco de mecânica e elétrica básica, ensinar a plantar uma árvore e a dirigir antes de tirar a carteira :p. Basicamente ensinar o básico da “sobrevivência” e responsabilidade masculina e do mundo. Mas não, somos uma geração criada por mulheres que são donas de casa, guerreiras, mulheres fortes sem dúvida, mas ainda assim são mães e querem fazer tudo por seus filhos, a figura do pai, que deveria cobrar e tirar a gurizada do “bem bom” está entrando em extinção.

      • Junior Capitanio

        isso e verdade, filho homeme tem que acompanhar o pai na vida diaria, até por isso eu observo que filhos de agricultores em geral tendem a ser mais independentes, embora muitas vezes sofram bulling justamente por não terem tanto contato com a tecnologia e serem mais dsiciplinados, não se ve as criancas da roça de choradeira por aí, pois qunado não estão na escola ou estudando em casa, normalmente estão trabalhando com os pais nas mais variadas tarefas, que muitas vezes envolvem atividades de mecanica marcenaria ou contrução, para a galera urbana os pais normalmente são assalariados e não levam os filhos junto, ou fica em creche ou fica em casa ocioso e normalmente não tem senso de responsabilidade.

      • o primeiro pneu que troquei devia ter uns 8 ou 9 anos. peguei o opala do meu pai, tirei a calota, afrouxei os parafusos, macaqueei ele, tirei os parafusos e tirei a roda. fiz o processo inverso e chamei ele para ver se estava tudo certo. so para ver se conseguia. na época so fiquei com um pouco de medo do carro cair do macaco e quebrar algo.

        • Rojedo

          Nunca tinha trocado um pneu até comprar um Celta. Furava tanto que já me imaginava num pit-stop. Meu recorde é 2,3 minutos.

      • Theuer

        São casos e casos né…
        Aqui em casa meu pai e mãe trabalhavam fora o dia todo, as brigas eram justamente para eu parar de pegar as ferramentas do meu pai.
        Lendo depoimentos como o teu, ME faz pensar que o problema pode ser pior que pensamos. Você diz que nunca soube nada de manutenção e quando precisou, aprendeu na marra e por conta.
        Parece que os esquisitos de hoje não aprendem. Eles ficam sem Playstation se o cabo hdmi der mau contato!
        Abraço.

      • Rapaz, como comentaram aqui isso não é sempre verdade.

        Meus pais eram separados e cresci com a minha mãe. Essa aí fez questão de me ensinar a cozinhar, como trocar pneu, furar parede para colocar quadro e prateleira. Me puxava pelo braço para mostrar como se troca uma resistência queimada de chuveiro, como substituir um plug quebrado, consertar torneira pingando, desentupir vaso sanitário/ralo no braço etc. .

        Agora ela fez -melhor, TENTOU- fazer o mesmo com a minha irmã que nunca ligou para nada. Resultado: só no 4 carro que ela comprou que ela foi trocar pneu pela primeira vez (e não conseguiu e me chamou para trocar). O meu irmão mais novo ela também tenta ensinar, mas ele não está muito afim.

        Tudo vai depender do interesse/vontade de cada uma das pessoas. Não dá para generalizar por sexo…

      • Unfear

        Meu pai faleceu quando tinha 4 anos, minha mãe é que me criou e isso não foi problema, ela mesmo sabia fazer muita coisa e me ensinou tudo, desde as pequenas gambiarras, a trocar a fiação quando mudava as paredes de lugar.

      • Rojedo

        Cara, fui criado praticamente só pela minha mãe e tive que aprender a me virar. Herdei a caixa de ferramentas do meu pai e passei a fazer as coisas sozinho. Quebrei muito a cara (lógico) mas aprendi muito. E hoje em dia não tem desculpa. O que mais tem no YouTube é vídeos do tipo “faça vc mesmo”.

      • O fantástico senhor raposo

        Isso é verdade. Sabe quando meu pai me chamou pra me ensinar alguma coisa no carro dele? Nunca. aprender a dirigir? na autoescola. Meu primeiro chuveiro trocado também foi a base de youtube. MInha moto eu não toco mais do que o necessário pra não dar merda. E por ai vai.

    • Diego Marco Trindade

      Quando chegar um maridão de aluguel na casa desses caras acho que não será para trocar lâmpadas.

      • Giuliano

        Ele vai é trocar o oleo, lavar a louça, levar para jantar, e quando o abobado chegar só vai achar a casa vazia..

      • PugOfWar

        acho que vai ser inclusive trocar as lâmpadas.

      • Diego Marco Trindade
        • Daniel

          Kkk aqui em casa só se a minha se interessar por um que não faz nada, ai não tem como competir. Agora falando sério, nem é só essa questão, hoje em dia como as coisas estão não me agrada gente desconhecida fazendo serviço dentro de casa. Onde moro dependendo do serviço ou não existe mão de obra ou não há $$$ para pagar, então ou faço ou fica sem fazer. O lado bom é que quase ninguém vem em casa e com isso os riscos são menores, assalto, roubo, etc.

    • James McBryan

      #parenting_win

  • Wallacy

    Trocar tomada não precisa de um eletricista? Não entendi muito.

    Mas tirando isso faço de tudo em casa, minha esposa que briga comigo (pela bagunça). Principalmente quando recuperou equipamentos a partir de outros.

    As vezes entro em círculos e acabo estragando mais que arrumando. Mas no geral tenho sucesso.

    De qualquer forma, achei que as porcentagens eram maiores.

    • Jorge Dondeo

      Precisa não, é bem simples.

      • Wallacy

        Mas o que diabos é trocar tomadas? Mudar de lugar? Tomadas da parade? As minhas nunca deram problemas, daí nunca pensei a respeito. Estão falando de trocar os fusíveis?

        Ou está falando de mudar a moldura da tomada? De fato não entendi 😉

        Agora instalar chuveiro lâmpadas e coisas assim, fico impressionado que as pessoas ficam chamando os outros até pra trocar a resistência.

        • Jorge Dondeo

          Chuveiro eu troco, mas confesso que tenho um certo cagasso.

          • Eu odeio, ODEIO levar choque, então comprei umas Luvas de Manusear Note 7 só pra trocar resistência de chuveiro. Com disjuntor desligado mas mesmo assim.

            Problema resolvido.

          • Wallacy

            Acho que me falta bom senso então… Eu desligo a energia e só… Meto a mão na bagaca. (Mas me lembro dos calçados)

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Somos dois, dependendo nem desligo o padrão, só o disjuntor do banheiro e pronto.

          • alvaro lordelo

            Luvas de manusear note 7, para sua alegria a linha foi cancelada pela samsung.

          • Marcogro®

            Faz bem pro coração…

          • Eu também não fico nada feliz em tomar choque, por isso sempre desligo o disjuntor antes de trabalhar, mas se não tivesse essa opção iria trabalhar de luvas e botas de borracha.

          • André K

            Basta ter um pouco de cuidado e pensar no isolamento – usar tênis com sola de borracha, não colocar uma mão em cada fio descascado, etc…

          • Jean

            Já tomei tanto choque que acabei acostumando hahahah brincadeira de peão era segurar uma fase e encostar em quem tivesse perto kkkkkk

            Para fazer pequenos reparos em 127V, trocar tomada, chuveiro, etc eu nunca desligava o disjuntor, ia ligado mesmo, de vez enquanto tomava um choque quando encostava na fase e neutro ao mesmo tempo, mas 127 é de boa. Agora 220V ou mais eu sempre desligava, mas já trabalhei com um doidão que não tava nem ai não, e ainda brincava, pelo choque ele sabia qual era a tensão hahahaha. As vezes eu testava circuito tomando choque. Você ta dentro de um forro, calor do kct, suando, sujo, vai descer para pegar o multimetro que esqueceu ou dar uma desencapada na emenda e colocar o dedo de leve? rs

          • Junior Capitanio

            pra esse eu desligo a chave geral da casa e só faço de dia, tenho o coeficiente de cagasso la em cima quando o assunto é eletricidade

        • André Melo

          Eu troquei as do meu apartamento por causa da mudança do padrão para 3 pinos. Cansei de ficar procurando adaptadores. Já tive que trocar também em função de curto circuito.

        • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

          Reparos eventuais acontecem, quando me mudei pro escritório novo dei de cara com duas tomadas que não funcionam. Jeito foi trocar.

          Mês passado de novo, cheguei pra visitar meu cunhado com a patroa em outro estado e o chuveiro não funcionava. O cunhado pra fazer bonito correu e comprou um novo, que também não funcionou. Primeira coisa que me ocorreu foi verificar a tomada, que estava realmente quebrada.

          • Wallacy

            Entendi, achei que era mudar fisicamente a tomada de lugar. Da um certo trabalho sabe? Daí deixo pra alguém fazer.

            Tirando isso, se algo não está funcionando só chamo alguém depois que eu piorar a situação 😉

          • Cocainum

            Teve a mudança de padrão, que exigiu trocar várias tomadas no meu apartamento. As vezes você quer uma tomada dupla em algum lugar, para não precisar usar os famosos “T”, então pode ser necessário fazer a substituição. É muito raro, mas tomadas e interruptores podem estragar, exigindo a substituição e por aí vai.

            Os plugues e cabos de equipamentos elétricos que são manuseados com frequência (aspiradores de pó, por exemplo), acabam exigindo conserto. Claro, você pode levar em uma assistência e pagar 10X mais, mas além de ser mais econômico fazer em casa, sempre dá aquela satisfação de você mesmo ter resolvido.

            Outro caso comum é a troca da resistência do chuveiro.

          • Junior Capitanio

            piorar a situação tipo pegar fogo? kkkk

          • Marks William

            Fui fazer uma pequena obra em casa, construir mais dois cômodos, contratei um pedreiro que mais voava do que trabalhava. Então, mandei ele passear, juntei com meu irmão e padrasto para concluir a obra, foi ralado mas ficou bom. Só precisei pagar um cara para colocar as cerâmicas, já que isso requer mais habilidade.

          • Aqui em casa teve algo parecido, mas às avessas. Há um tempo atrás fiz sozinho a reforma no meu quarto, cortei as paredes com Makita para passar dutos para fiação das tomadas novas, raspei, emassei, lixei e pintei, além de ter trocado a porta e os batentes, fazia quando voltava do trabalho.

            Só contratei uma pessoa para cimentar a parte da parede que tive que passar os dutos, pois não tinha a expertise.

            Engraçado que uns meses depois meus pais resolveram contratar essa mesma pessoa para fazer o quarto deles e a sala (coisa que eu disse que faria) e o cara ensebava horrores, gastava mais tempo falando altas paradas esotéricas, pseudociências e carro que levitava.

          • Marcogro®

            Disjuntor, no quadro de luz… Mas chuveiro existe uma manha da bitola do fio e disjuntor de acordo com a tensão/potência do chuveiro. Não saco dessa manha tão bem assim, mas fio errado pega fogo…

    • Não. Nunca precisou.

      • O povo pensou que trocar tomada era trocar de lugar… heheheh… sistema X… lembra ? Da época que o desktop ganhou força e montávamos “uma mesa de computador” puxando uma tomada com sistema X para servir “o computador da casa”.

        • Jean

          Sistema X, odiava mexer com isso. Nunca conseguia deixar as canaletas retas ou fazer acabamento nos cantos.
          Para deixar reto eu colocava, batia um nível de mão, furava, parafusava….e ficava torto. Acabamento dos cantos eu ficava um tempão riscando com esquadro, cortando na serra para ter mais controle, e ficava a mesma bosta de cortar com a esmirilhadeira de qualquer jeito.

      • André K

        Por enquanto. Deixa o MSE (Movimentos dos Sem Eletricistas) saber disso…

    • Tejobr

      Sério?

    • Cara, na casa que morei há alguns anos eu mesmo puxei uma fiação nova direto do relógio para o computador, depois de cansar de vê-lo reiniciando todas vez que alguém ia tomar banho (chuveiro elétrico) ou ligava o ar (um trambolho de N-ésima mão que mais fazia barulho do que gelar alguma coisa :P). Depois disso, trocar uma tomada defeituosa é pinto 😀

    • Diego Marco Trindade

      A nova tomada de três pinos…

      • Junior Capitanio

        nova? instalei uma dessas em 2000 pra botar o estabilizador sem precisar adaptador, não sei de onde isso é novo hahahha

    • ochateador

      Pode ser trocar do padrão antigo para o padrão novo.

  • Jorge Dondeo

    Eu me orgulho e muito da minha caixa de ferramenta, mas sempre falta alguma coisa.

    • Wallacy

      E essa uma coisa vem e outro kit com 99 das coisas que você tem, e uma nova ferramenta, inesperada, muito boa mas que falta X para justificar o uso… Porém o que falta está em um novo kit que….

      • Jorge Dondeo

        pior kkkkkkkk

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Mas que você acaba comprando porque precisa desesperadamente da nova ferramenta. Mesmo que ela seja usada uma vez a cada dois anos.

        • Rodrigo Primon Savazzi

          E o prazer praticamente inenarrável de você, dois anos depois, precisar por algum motivo de uma ferramenta XYZ ultra-específica por algum motivo e tê-la na caixa?

          • kleber peters

            …ou não lembrar que tem ela e comprar para comprar outro kit de ferramentas???

          • Daniel

            Eu gastei 1k, em um vacuómetro digital e uma bomba de vácuo, para 1 serviço de instalação de ar condicionado split, e estou esperando esse prazer inenarrável, de ter as ferramentas quando instalar o daqui de casa, agora falta só o ar condicionado =/ Vamo ver se até dezembro sobra $$

        • Daniel

          Tenho uma coleção assim, alicate de crimpar cabo coaxial de tv via satéllite, Chave torx para os parafusos de homocinéticas, sacador de magneto da moto, fora várias outras q fiz para uso específico e depois ficou lá =/

    • Tejobr

      Esse é o espírito…

    • Rodrigo Primon Savazzi

      Eu credito piamente que nenhum homem pode se considerar homem de verdade até ter uma caixa de ferramentas de respeito. E uma caixa de ferramentas pra mim só pode ser assim chamada se tiver entre seus itens, no mínimo, um jogo de chaves allen.

      • Zaaboo

        No mínimo. Embora eu particularmente prefira os Torx.

        • Daniel

          Parafuso torx soberbo é vida, com a parafusadeira ele quebra antes de espanar o encaixe da chave.

      • Junior Capitanio

        a minha caixa só tem um alicate um amrtelo uma marret meio kg uma talhadeira e duas chaves de fenda, um facão e um rolinho de arame, muito mais do que isso é frescura.

        • Junior Capitanio

          , a proposito a minha caixa não é uma caixa, é um balde de pedreiro, mas pensando bem tem mais coisa que é ferramenta e não e da caixa, tem trena, tem serra de aço, tem motossera, tem pote de soda caustica, meu deus eu to virado numa bicha mesmo, ja comecei a encher minha caixa de frescuras. agora so quero ver se compro uma maquina de solda eletrodo e dai to feito.

        • Theuer

          Tome aqui a sua barba! 🙂

        • André K

          Não assisti todos os episódios mas creio que em nenhum deles o McGiver tinha as ferramentas minimamente necessárias. Nesse contexto, a sua está até que bem completa. E, ele não tinha barba…

          • Junior Capitanio

            macgyver é outro level, não é para humanos

        • Eder Brizolla

          Pelo que me consta com metade dessas ferramentas voce pode arrumar qualquer problema de um fusca, inclusive refazer o motor!

          • Basta somente o alicate e o rolinho de arame! 😛

        • Jean

          Meu kit era parecido, mas comprei um kit da Bosch esses dias e só pensei PQP PORQUE NÃO COMPREI ISSO ANTES. É sério, não tem coisa melhor que ter a ferramenta certa. Até contei esses dias aqui, fui trocar o rolamento de um soprador da Stihl e a poha tinha parafuso em forma de triângulo. Lá foi eu brigar com o parafuso, tentando abrir com uma fenda. Nisso você perde tempo, acaba com a ferramenta, espana a cabeça do parafuso, fora a raiva.

          E de ferramenta elétrica tenho uns brinquedo legal aqui também, quer ver um troço útil é a tal da esmerilhadeira. Com isso gambiarra não tem limite. Precisa cortar metal? Opa, mete o disco de metal e faz a festa. Cortar madeira, MDF? Disco de madeira e já era. Concreto? Discão de vigia na guerreira e pode ir pra galera. E isso porque sou enjoado, gosto de usar as coisas certas. Meu pai tem uma Makita e um disco de vigia, e o velho não ta nem aí, usa o disco para cortar qualquer coisa, pode ser ferro, madeira rs

      • Ramon de Assis

        Eu tenho um! Kkkkk

      • ²He

        Dois jogos né, um em mm e um em polegada, nunca se sabe o que a vida vai te dar pra desparafusar/parafusar.

    • Me orgulho das minhas 4 caixas de ferramentas sem contar com a caixa da dremel…
      E ainda assim estou beeeem atrás das do meu pai.

    • A minha caixa com centenas de opções de brocas, pontas de philips, fenda, torx, o escambou… enferrujou tudo em menos de um ano ¬¬

      E sim, sempre falta algo 😀

      • ²He

        compra um WD40 e da uma leve borrifada por cima das ferramentas, evita isso.
        Parece bruxaria, na estante da loja elas n enferrujam, assim que vc aperta o primeiro parafuso a caixa inteira enferruja, mesmo ferramentas em que você nunca nem tocou.

    • Diego Marco Trindade
      • Ramon de Assis

        Meu também!

      • PugOfWar

        queria ter uma garagem

      • Junior Capitanio

        meu sonho nem e ter uma oficina dessas, é ter a capacidade de manter uma organizada assim.

        • jacob

          Exatamente, tenho cerca de 1/4 dessas ferramentas aí e cada uma fica em um canto da casa praticamente.

          • Rodrigo Neves

            Comprei uma chave 10 combinada em 2010, pra trocar a bateria do carro que me deixou na mão. Em 2012 aconteceu o mesmo, com outro carro, e comprei outra. Acreditei ter vendido o antigo com a chave. No terceiro carro, precisei também trocar a bateria e comprei outra chave. No final das contas, encontrei as três chaves espalhadas pela casa.

      • Cacio Frigerio

        Cara vc acabou de me dar uma ideia. Não eh difícil montar isso aí não.

        • Diego Marco Trindade

          Não mesmo. É só uma chapa de compensado presa na parede de uma garagem. O que me falta para fazer isso é uma garagem…

      • Harlley Sathler

        Isso tá parecendo o canto do meu pai. Mas, sem exageros, o armário dele (feito por ele) é mais compacto e com mais ferramentas. A bancada, também feita por ele, com certeza é bem mais zoneada. Soltar o velho numa loja de ferramentas é igual a levar criança pra loja de brinquedos! As reações são certamente as mesmas.

        • Diego Marco Trindade

          Acho que a questão destes suportes é exatamente deixar tudo à vista e organizado. Tenho duas prateleiras na lavanderia (apartamento) e tudo sempre fica bagunçado, exatamente porque fica escondido e não acesso tanto.

          Mas para alguém que tenha os seguintes requisitos, acho que uma dessas seria ótima:
          1) Ter uma garagem;
          2) Não ter crianças por perto;
          3) Tem gosto por DIY;
          4) É organizado.

          Se não atender a algum desses requisitos, melhor mesmo manter tudo em caixas de ferramentas num armário fechado.

      • Tá parecendo o set de filmagem do Manual do Mundo.

    • Lucas Timm

      O que é belo e humilhante ao mesmo tempo, minha mãe tinha uma caixa de ferramentas melhor que a minha.

    • Reinaldo Matos

      Sempre faltará uma ferramenta…

  • Cleverson Biora

    Cara tenho 26 anos mas tenho certeza que não faço parte dessa geração não, quando criança construí muito dos meus brinquedos, sempre adorei eletrônica, na minha casa eu conserto o que quebra, até economizei uma grana boa fazendo a parte elétrica da casa, e sim estudei bastante. aprendi os cálculos de tensão e tudo, jamais espero o montador pra montar moveis, e tenho muito orgulho das minhas caixas de ferramentas.

  • Lorein

    Vou fazer um curso de pequenos, abrirei uma empresa e racharei de ganhar dinheiro.

    • Junior Capitanio

      curso para filhote de machos sem tempo?.

  • ricms

    Célebre frase, um Homem não está completo sem uma caixa de ferramentas. Receber um beijo da namorada por trocar a flecha do secador de cabelos dela é tão recompensador quanto trazer uma grande caça para a caverna. A satisfação pessoal de fazer isso é incrível. E nem sempre é pela grana economizada.

    • Jean

      E quando o carro estraga e você da um jeito na rua mesmo? Você se sente o cara mais foda da face da Terra.

      • Rafael Rodrigues

        Eu saco MUITO de mecânica, entre muitas outras coisas. Mas infelizmente hoje em dia manutenção automotiva está ficando cada vez mais dependente de equipamentos e ferramentas muito específicas.

        • Jean

          Concordo. Eu já disse uma vez aqui, gosto de carro velho, gosto de carburador, tive um Del Rey 1984 que vivia dando dor de cabeça, mas gostava demais de ficar mexendo com ele. Sabe como é, ficar testando giclê, mexendo no ponto só para sentir o carro 0,01% mais potente.
          Hoje em dia tenho um celtinha e um fox. Carrinhos bons, não dão dor de cabeça, mas simplesmente não tenho tesão nesses carros. Primeira coisa que não gosto é abrir o capô e só ver a tampa do motor. IE não dá para fuçar ( *eu sei que dá, mas eu não sei mexer ).
          Ainda vou comprar outra barca velha para ficar brincando.

          • ricms

            Tenho um marea, e isso automaticamente me transforma em mecânico amador, de tão amigo que tu se torna deles. Meu maior feito foi ressoldar a centralina do ABS que vivia dando pau. já são 7 anos sem incomodar. Tenho um XR3 93 Le-jetronic, também ressoldei a central de injeção e a caixa de fusíveis. Hj moro em AP e isso limita muito. Meu sonho é uma casa com elevacar. kkkk

      • ricms

        Sim.

  • Germano

    Estou ensinando meu guri a cozinhar desde agora, ele tem 10 anos. Espero que quando ele tiver 20 ja saiba, pelo menos, tudo o que eu consigo fazer – não sou nenhum mestre cuca mas certamente sobrevivo perfeitamente sem microondas se precisar. E eu cozinho cerca da metade das nossas refeiçoes semanais em casa: finais de semana e mais um ou dois dias na semana, pois ai o tempo é mais curto.

  • Paulo Oliveira

    Pensei que era só eu que assistia Vida no Alaska…

  • Marks William

    Eu busco entender como as coisas que eu uso funcionam e tento passar isso pro meu filho desde cedo. Curiosidade de saber como algo funciona e a recompensa de ver aquilo que você consertou ou montou funcionando não tem preço.
    Vejo, com tristeza no olhar, essa geração que pensa que não saber fazer algo simples é ser descolado e penso o quão fudidos estaremos na nossa velhice se dependermos deles.
    Saudades da época que ganhei meu primeiro PC, um 486, que aprendi a desmontar e montar novamente, lógico que com algumas peças danificadas no caminho, somente na base da tentativa, erro e alguns sites que auxiliavam na precoce internet de 1998.

  • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

    Vi no FB essa piadinha, mas não deixa de ser verdade: “Se você tem barba, mas não tem uma caixa de ferramentas, tire imediatamente essa barba.”

    • Diogo

      Só esqueceu de postar a piadinha completa… hahahah

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Preguiça Falta de tempo de ir no FB procurar.

      • Pra tu ver como a geração atual tá realmente perdida… xD

    • PugOfWar

      me orgulho de minha caixa de ferramentas, quase nunca uso, mas tão lá pra qqer eventualidade

      • Meninão Bobo

        A minha tb está la para o apocalipse zumbi!!

    • Legend of Mana

      adoro montar meus moveis, do meu guarda-roupa sobrou uma tabua que não encaixa em lugar nenhum e 3 parafusos, até hoje eu estou tentando achar onde coloca kkkkkkkkkkkkk, a estante da sala tmb, sobrou uma tabua e uns parafusos com umas peças de plastico, não tenho ideia de onde entra aquilo kkkkkkkkkk, mas tanto o guarda-roupas quanto a estante estão muto boas, cozinhar já não é comiigo, fico puto quando cozinho, se fosse um anime ia sair fumaça roxa da minha comida kkkkkkk, cozinho no domingo, ponho tudo em marmitas, e vou comendo conforme passa os dias, cozinhar todo dia deve ser caotico.

      • James McBryan

        Eu gosto de montar os móveis justamente pq sempre sobra peça.
        Daqui a pouco até dá para montar um robozinho.

      • major505

        O importante é funcionar. Se sobrou peça e funciona é porque não era importante.

      • Algumas peças vem a mais para o caso de perder, outras vem para o caso de montar de um jeito diferente e outras vem errado pois eram de outro produto.

        Melhor quando sobra do que quando falta.

      • Alexandre Ribeiro

        alguns ficam meio frouxos, mas a cozinha que montei a 2 meses ta lá , eventualmente precisa de um aperto, mas está funcional.

      • Eu sempre leio o manual para usar ou montar qualquer coisa. Ou melhor, lia. Ultimamente não tenho mais tempo pra isso.

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Tenho barba e minha caixa de ferramentas é uma caixa de munição 7.62.

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        Ganhou meu respeito, tá melhor que eu, minha caixa tem .380 e .22.

  • Tejobr

    Por isso digo aos meus filhos que no apocalipse zumbi tenho mais chances de sobreviver por alguns minutos. Criado no mato, como até formiga.

  • Davi Leichsenring

    Todo humano inferior a 25 anos é culpa dos pais deles serem inúteis.
    Acima dos 25 é culpa do próprio, pois tem já tem maturidade (ou deveria ter) para se tocar que mimados morrem cedo.

    • PugOfWar

      eu só amadureci mesmo quando fui pra faculdade e comecei a trabalhar

  • Sinatra

    Basta ver qual é a visão que o jovem médio possui da própria figura da escola para notar que a curiosidade de mundo, para a grande maioria, é demérito, esquisitice, bobagem. Passam de ano geralmente empurrando as coisas com a barriga, decorando conteúdos de forma protocolar: “nunca mais vou usar isso na minha vida”, dizem certos de si, mas desconhecem que mais do que o objetivo abstrato de uma resolução de equação de segundo grau, ignoram a transmissão de noções dos mecanismos lógicos que regem o mundo.
    Como um professor meu dizia: “a divisão dos estudos em matérias distintas se faz somente por questões didáticas; de fato, todas as ciências estudadas compõe uma coisa só, chamada conhecimento da realidade”. Bom fosse se esta conclusão tivesse espaço nas escolas. Infelizmente parece impossível a eles ver além da divisão didática.
    É por isso que sou favorável a implantação de matérias escolares que envolvam desenvolvimento de habilidades manuais, de raciocínio aplicado, com tanta importância quanto aquela dada às matérias teóricas (oficinas de gastronomia, mecânica, elétrica, marcenaria, etc.). É um modelo inclusive bastante arraigado nos EUA e Canadá. Talvez ver como aquele conteúdo se faz primordial para o jovem “se virar” num contexto prático ajude-o a enxergar a importância de se aprofundar nos mecanismos que fazem a realidade a sua volta ser como é.

    • Diego Marco Trindade

      Mas fazer o que se no Brasil, se quando querem mudar alguma coisa, como tornar opcional matérias que os alunos já odeiam, é demonizada?

    • Marombert Einstein

      Saudade das aulas de PIL (PRÁTICAS INTEGRADAS DO LAR) e PAE (PRÁTICAS AGRÍCOLAS ESCOLARES), tiraram pq disseram que era resquício da ditadura militar…

      • Tiago Ferrari

        Na minha época tinha Educação Moral e Cívica que, apesar de não se enquadrarem no contexto da discussão, também serve de exemplo de conteúdo que faz falta.

    • André K

      “Passam de ano geralmente empurrando as coisas com a barriga, decorando conteúdos de forma protocolar: “nunca mais vou usar isso na minha vida”…”
      Concordo com o conceito mas aí há que se pesar o conteúdo absolutamente idiota do currículo do MEC. Pelo que vejo na TV nos Estados Unidos leciona-se até economia doméstica nas escolas, o que é ótimo.
      Fora a doutrinação de esquerda, mesmo nas escolas particulares…

    • OverlordBR

      É por isso que sou favorável a implantação de matérias escolares que
      envolvam desenvolvimento de habilidades manuais, de raciocínio aplicado,
      com tanta importância quanto aquela dada às matérias teóricas (oficinas
      de gastronomia, mecânica, elétrica, marcenaria, etc.).

      Também sou favorável a isto.
      Deveria ter no currículo básico de qualquer escola brasileira.

      Mas daí também entra o interesse da criançada: ou vai acontecer exatamente a mesma coisa, como tu escrevestes, que acontece com as outras matérias… “empurrar com a barriga”, “nunca mais vou usar isto na vida”…

  • Ai você passa pelo fortão e faz movimento de pinça fechando com o polegar e o indicador. https://uploads.disquscdn.com/images/dcbe503d5b0f06d7e0d5c954adf4d9b89755ccdfc69d10f3ab129c45133cdb93.png

  • Marcogro®

    De um lado é a constatação da geração ‘leite com pera’… Mas por outro lado é a certeza que antigas profissões como bombeiro hidráulico, eletricista, diarista, babá (essa então…), terão emprego por muito mais tempo que as estatísticas previam. Eu me orgulho de fazer serviços domésticos (reparos). Troco chuveiro, instalo ventilador de teto, tomada então é apenas um detalhe. Claro que não sou dessa geração, vejo pelo meu filho que vem recebendo aulas intensivas de culinária (comigo), pois está morando com a namoradinha que é tão boa na cozinha quanto ele… Torcendo aqui para nunca ter que almoçar por lá.

  • Cleverson Biora

    Sim, mencionei a economia como um bônus, a satisfação é muito boa, atualmente o Arduino tem sido meu LEGO hahaha,

  • ted

    Fudeu…não sei fazer quase nada da lista!
    Mas se eu precisar eu procuro no google.

    Eu acho uma coisa ridícula não saber cozinhar, já perdi as contas de quantas vezes comi Junk food por não saber fazer arroz, mas é foda.

    Não sei se é porque hoje é comum os filhos morarem com os pais por mais tempo. Antes fazia 18 e já era expulso de casa, hoje é normal gente com 30+ com os pais.

    • Rodrigo M

      Então, acho que isso de morar com os pais ajuda neste processo. Eu fui morar sozinho depois dos 30, então tive de me virar nas coisas.

      Mas hoje o youtube ajuda muito, cheio de canal que ensina a fazer as coisas.

      • Marcogro®

        Se precisar, até a fazer filho… Aí não é Youtube, né?

        • Junior Capitanio

          esse que ensina isso é outro tube

        • Rodrigo M

          Hahaha

          Acho que o mais importante é pesquisar como NÃO fazer filho haha

          • Marcogro®

            Isso! Bem colocado, sem trocadalho…

      • Daniel Belini

        Eu fiz um nó de gravata graças ao Youtube, na formatura da minha prima.

        • Rodrigo M

          Hahah eu tb fiz isso quando precisei ir num evento do trabalho haha

        • Eu comprei uma pronta, com ziper… =P
          Nunca mais usei… se precisar, comprarei OUTRA. =D

    • Lucas Timm

      Eu fui pro junk food por opção: Optei por não cozinhar.

      Sei me virar em quase tudo. Na cozinha, sei fazer arroz, duzentas variações de omelete, strogonoff, bife e macarrão. Mas perco tanto tempo cortando coisas (sou um dos casos que cortaria o próprio penis num acidente com uma faca) que assumi que não sirvo para operar esse tipo de equipamento.

      • Rodrigo

        Processador de alimentos. Eu não uso, prefiro a forma pré-histórica de cortar coisas, mas mtas pessoas se dão bem com ele.

        • OverlordBR

          Vero.

          Se não tiver tempo ou habilidade: processador de alimentos com as lâminas para fatiar, ralar…

  • Rodrigo M

    O mais engraçado é que temos centenas de videos no youtube ensinando a fazer as coisas!

    “1 terço dos homens dependia da mãe para passar suas camisas.”

    Eu nunca precisei trabalhar de camisa social, então eu não sabia passar camisa social. Então eu assisti uns 2 vídeos no youtube.

    • Junior Capitanio

      eu uso a anos a tcnica do passa no corpo hahah, sem contar que sempre que lavo tomo cuidado pra não amarrotar as roupas dai não fica tão esquisito, uma meia horade corpo e ela ta passada, so passo mesmo se for algum evento social lá de vez em quando.

      • Rodrigo M

        Sei lá, tem uns tecidos tipo microfibra que isso deu certo, mas algodão por exemplo é do satanás hahah

        • Junior Capitanio

          da tambem, só demora mais kkkk

    • Daniel Belini

      Graças a Deus não preciso trabalhar de social.
      E a minha namorada sempre reclama que minhas camisetas ficam amassadas, mas eu nunca me preocupei com isso.

      • Rodrigo M

        Eu não passo nem camiseta e nem camisa polo.

        Eu já vi gente que passa cueca, posso acho que ai já é doença haha

      • ochateador

        Lave a roupa, pendure no cabide e coloque o cabide no sol.
        Seca e passa ao mesmo tempo.

  • Victor Almeida

    Um tempo atrás a moto da minha namorada tava dando problema, e pela descrição dos “sintomas”, consegui descobrir na net o que era e assisti uns videos no youtube mostrando como consertar.
    Deu um trabalho do caralho, e a economia deve ter sido, no máximo, de uns 50 pilas. Mas a satisfação de ver a moto funcionando bonitinho no fim do dia valeu todo o trabalho.
    Ninguém precisa virar o McGayver, mas saber fazer as coisas by yourself é sempre benéfico, inclusive pro ego.

  • Darwin wins…..

  • Diego Marco Trindade

    Não sou o cara mais talentoso, mas sempre faço alguma coisa em casa. Já montei:

    – Armário de lavanderia: Desenhei e projetei as peças, só tive que comprar a chapa de MDF e pedir para a loja cortar as peças nas medidas certas.
    – Armário do banheiro: com as sobras da chapa da lavaderia, fiz balcão e armário do banheiro, cortando com uma Dremel.
    – Mesa dobrável para a sacada: peguei um pallet, desmontei, lixei, montei a mesa e passei stain impregnante, para a madeira não desmanchar no tempo;
    – Troquei quase todas as tomadas ao comprar o apartamento;
    – Troquei todos os rodapés;
    – Troquei chuveiro, torneira elétrica, instalei plafon, lustre, etc.

    Só uma coisa que eu não faço e deixo para a patroa: pintar. Fica sempre um lixo quando faço… uma meleca!

    • Junior Capitanio

      eu ja fiz algumas coisinhas também,
      -casa pro cachorro, vaivem pro cachorro, fechei o resto da cerca do muro(ficou um pouco torta) instalei uns 10 sistemas de comportas de hidreletrica e um conjunto turbinna gerador de 9 MW, precisão de decimos de pentelimetros(mas nesses ultimos eu so faço a parte da medição e confiro se ficou no lugar, quem pucha as talhas, faz as soldas e aperta os parafusos são os especialistas, mas ja aprendi a fazer ajuste fino com marreta de 5 kg com esses caras)

  • Em defesa de alguns dos idiotas entrevistados, tem uma receita de ovo cozido em que você ferve a água, faz um redemoinho nela com uma colher e quebra o ovo ali. O cozimento é bem rápido, você tira a bagaça e fica bem gostoso, com a gema molinha.

    Não colou né? A defesa, digo.

    • Marombert Einstein

      Nunca consegui fazer ovo poche direito…

  • Tejobr

    Faz parte da diversão. Siga a minha fórmula: se eu me machucar ou o trabalho estiver demorando porque não tenho a ferramenta certa, compro. Não tento comprar tudo antes de precisar.

    • Foi exatamente assim que comprei um grifo para apertar torneira de lavatórios e pias, depois de esfarelar meus dedos tentando fazer com a chave inglesa convencional

  • gfg

    Confesso que não vivo sem meu microondas, mas é que não tenho fogão, então café, almoço e janta é tudo no micro.
    A unica coisa que sinto falta é batata frita, de resto tá ótimo, e direto procuro alguma recita nova pra fazer nele.
    Quanto as ferramentas tenho só as básicas, mas já me salvou inúmeras vezes, e realmente é muito gratificante quando termino o serviço.

  • Ah Darwin, seu malandro!

  • Vinicius Zucareli

    Exceto que millenials votam Hillary

    http://thehill.com/blogs/ballot-box/presidential-races/299828-poll-clinton-up-25-on-trump-with-millennials

  • bruno miranda

    Nossa eu to virando hominho, pedi uma caixa de ferramentas de presente de aniversário e ainda por cima decidi construir minha própria churrasqueira.

  • shalom

    Não achei link nenhum infelizmente pra ver tamanho da amostra pra ver se essa pesquisa tem resultados relevantes e não apenas “midiático”.

    E se der um celular com internet na mão de cada uma dessas pessoas? Elas não vão aprender depois de 2min de Google/YouTube? É tão ruim aproveitar dessa “mente coletiva” que é a internet ao invés de ficar armazenando tudo sozinho?

    • Luis

      A questão não é saber, é querer saber.

      • Daniel

        Além de querer saber, é que com o tempo vai ficando mais fácil mesmo para quem só faz “receita de bolo”, há uma diferença grande entre ter noção das coisas e apenas olhar no youtube e fazer… Quem fez uma entrada p2 no Iphone que o diga…

    • Se você tem 30 anos na cara e precisa de uma busca no Google pra cozinhar um ovo é sinal de que há algo muito, muito errado contigo.

  • Luis

    “Não há mérito nenhum em não saber algo”
    Já tinha reparado que existe uma certa cultura de se achar Fofo por não saber fazer nenhum trabalho manual ou até mesmo cozinhar.
    Essa semana um Vloguer famoso trocou as lampadas de casa por LED e os interruptores eram todos tipo Dimmer.
    Serio, eu teria vergonha de compartilhar uma presepada dessa, pelo menos não pelo motivo de “olha como eu sou especial”

    Ter o prazer de consertar sua Lavadora de alta pressão e economizar 200 paus, que sensação boa 🙂

    https://uploads.disquscdn.com/images/2188d3cf41e4fc7bd92ad6a129d5ac94c70a1aefc937d4cb82ae59f20dd88057.jpg https://uploads.disquscdn.com/images/c6dc6487a0bede4a669ec3d6bb6e22d93793304697b6bd2253e3c2af2bfb6f9d.jpg

    • Alvaro Carneiro

      mas qual o problema de ter lampada Led com dimmer? porque existem lampadas led que trabalham muito bem com dimmer.

      aqui em casa tenho lampadas led da philips “dimmable” e com dimmer – funciona igual as lampadas normais de filamento.

      agora se o pateta colocar dimmer com lampada led comum, aí nao tem jeito.

  • Giovane

    Esse é um dos motivos que defendo que no ensino médio se ensine mais “vida adulta” e menos receita de vestibular. Sou matemático, mesmo assim prefiro que o adolescente aprenda a fazer uma refeição básica e conceitos bancários do que regras de inversão de matrizes.

  • leoncral

    Pq eu faria algo se posso pagar pra alguém fazer por mim? Legal seu textão reclamando.

  • Gabriel De Oliveira Rohden

    como parte dessa geração eu diria que somos criados para aprender rápido, usar e esquecer (escolas??), e eventualmente aprender novamente com mais facilidade, é como em programação, eu toda hora que mudo de lang procuro como é a sintaxe do foreach, ou onde está a função random. Tudo bem que essa do ovo já é exagero.. Mas a maioria não ia ter problemas em seguir o tutorial do howtobasic wikihow de como fazer um ovo cozido.

  • Tenho 2 sonhos de consumo atualmente, um é um detector de metal e encanamento de água (são caros…) outro é essa gracinha, que apesar de parecer xingling, tem quase tudo e dá pra carregar por ai…

    https://uploads.disquscdn.com/images/62dab148b93341b9afd5f973eed01204a5494785ea91239a9d4702695159634c.jpg

    https://uploads.disquscdn.com/images/2e12938eed03d195900bf0bb31753a4ebf684c29de5217ca3bfd0f597b658319.jpg

    • RSPeres

      Shut up and take my money!!!

    • André K

      Furadeira “de bancada”! Nice! Quanto custa isso?

    • Daniel

      A primeira realmente é ótima, a segunda eu não confiaria não, a não ser que fosse para serviços esporádicos e leves.

  • PugOfWar

    falando em ovo, fiquei anos fazendo ovo mexido achando que era omelete.Pq ninguém me avisou !!!

    • Junior Capitanio

      e tem diferença? eu quebro uns ovo, taco bacon dentro e ja era, se cham omelete, ovo mechido ou fortaia não muda nada mesmo

      • rjesus993

        Na omelete os ovos tem que ser batidos antes de ir pra frigideira, na frigideira você coloca os temperos, bacon ou o que quiser, ou já joga os ovos por cima dos temperos.
        Ovos mexidos, são ovos que quando estão começando a ficar duros na frigideira, você mexe, ai eles ficam com aquela aparencia de mexido (desculpa, a outra palavra seria esfarelado, mas não sei se faz sentido) mesmo.
        E ainda tem os ovos fritos, lembrando que tanto os mexidos, quando os fritos, podem ser temperados, mas os fritos devem sair, preferencialmente, inteiros da frigideira (sem ficar esfarelado, se é que me entende).
        Pobre e filho de mãe solteira não tem regalia, ou aprende ou passa fome, no caso eu sou um pouco dos dois.

        obs.: omelete, por incrível que pareça, tem um gosto diferente de ovos fritos e ovos mexidos.

    • Se esfarelar são ovos mexidos, se tirar da frigideira inteiro é omelete. Simpris…

  • Meninão Bobo

    Está tudo errado 7 em 10 não sabem trocar tomada e os 3 restantes sabem na teoria o mesmo se aplica pro resto das questões.

    Eu tenho 31 anos e me orgulho da minha caixa de ferramenta, mas entre meus 5 amigos mais próximos sou o único a ter e a me orgulhar..

    Os outros não tem caixa de ferramenta mas tem, tablet, smartphone, relogio e etc… tudo caro…

    • Diego

      Exatamente aqui. Do meu círculo de amizades, eu sou o único que tenho caixa de ferramentas e faço de tudo. Volta e meia alguém vem pedir para eu arrumar alguma coisa, construir algo… até um cama já encomendaram!

  • InsideA14YearOldGirl

    “adora procurar coisas pra se ofender e está arriscando o futuro ao de pirraça votar em Trump para não eleger Hillary Clinton”
    A primeira coisa definitivamente não combina com a segunda. Essa gente fica tão ofendida pelo Trump que sofre um piripaque cada vez que ele fala alguma coisa que ofende seus ouvidos sensíveis de bebezinho.

    • Leia sobre os eleitores do Sanders.

      • InsideA14YearOldGirl

        Filho da puta, eu leio aquela porcaria de Reddit todo dia. Aqueles filhos da mãe se afogam um nos outros para dizer quem é mais politicamente correto e o subreddit de politica está tão infestado de posts anti-Trump e pro-Hillary que chega a dar nojo de como é tendencioso.

  • Theuer

    …putz! Preciso comprar e trocar o sifão da pia da cozinha.
    Obs:
    1- Sifão é palavra que não existe nesse teclado SwiftKey. Isso valida a matéria.
    2- Estou numa fila infinita+1 no banco porque tenho 35 e talvez por isso não consigo resolver “tudo” online.

    Bom feriado para todos.

    • rjesus993

      normal cara, eu tenho 23 e também não consigo resolver tudo online, por mais que eu tente, o banco não deixa

  • Tem uma vizinha minha aqui no prédio que mora no duplex da cobertura. Volta e meia ela me pede alguma coisa (desde saca rolhas a imprimir algo). Eis que recentemente ela provou para mim que ela faz parte dessa geração descrita pelo cardoso:

    1) Pediu para eu ferver água para ela, pois não tinha fogão (fiquei pensando se ela sabe que o micro-ondas faz isso…)
    2) Me perguntou o endereço de uma gráfica rápida que fica a duas quadras daqui. Não entendeu o endereço que eu dei e comentou que ia chamar o uber (foi aí que eu dei o pito que a gráfica ficava há 15 minutos de caminhada…)

    Depois desses dois exemplos, nunca mais irei rir da ex colega de trabalho que lá em 2004 não sabia fazer um miojo…

    • Rodrigo M

      Onde eu trabalhei uma mulher conseguiu a proeza de foder com o microondas fazendo pipoca de micro ondas…

      • E o que ela fez? Deixou metal dentro??? Como é que se estraga um micro-ondas só usando ele???

        • Rodrigo M

          Ela deixou tempo demais a pipoca sem olhar o que estava acontecendo. A pipoca queimou de um jeito que impregnou o microondas (chegou a manchar a pintura), que tudo que colocasse lá ficava com cheiro de queimado.

      • Um conhecido que (além de estar inventando de morar sozinho, só querer saber de droga) não sabia cozinhar inventou de fazer feijão no microondas, com feijão “cru”.

        Só descobri por que resolvi perguntar da pintura preta nova na cozinha dele… em toda a parede acima do microondas.

    • OverlordBR

      Pediu para eu ferver água para ela, pois não tinha fogão (fiquei pensando se ela sabe que o micro-ondas faz isso…)

      Já ferveu água no microondas?
      Tem que tomar um cuidado desgraçado… 😉

      • Já. Por isso que disse que dava para fazer… 😛

  • Super Suporte

    Como assim? O ovo já não sai cozido da galinha?

    • Alvaro Carneiro

      galinha? que galinha? o ovo não sai de uma máquina?

  • Jean Franco

    Uma geração de homens que não sabem trocar um chuveiro queimado…

    Todos devem saber o mínimo de elétrica, hidráulica e mecânica.

  • Reinaldo Matos

    Cara… Quando comecei a namorar minha noiva e queimou a resistência do chuveiro, vi ali a oportunidade de me mostrar como macho alfa e trocar a resistência.

    Disse que iria descer e comprar uma chave de fendas e uma resistência para trocar, quando ela disse o seguinte:

    “Em cima do roupeiro tem uma mala com ferramentas, e no bolso lateral tem uma resistência reserva… Por garantia, desliga o segundo disjuntor do quadro porque a fiação é antiga e não dá pra confiar muito…”

    Foi aí que eu tive certeza que tinha encontrado minha futura esposa…

    Obs: ela tinha 22 anos quando aconteceu esse fato.

    • Rafael Rodrigues

      Minha esposa tem uma boa base de mecânica automotiva. O pai dela, na adolescência ainda, a chamava para a garagem e ensinava, dizendo que “pessoas gostam de enganar mulheres. Saiba fazer sozinha”.

  • Diego Marco Trindade

    Esposa: Amor, vamos sair hoje?
    Marido: Ah amor, to cansado, queria ficar em casa…
    Esposa: Mas eu tava querendo ir na Leroy Merlin…
    Marido: PORRA, VAMO AGORA! POR QUE NÃO FALOU ANTES? https://uploads.disquscdn.com/images/5fd3f817e3cbe0613861b31e12995fd60521022544c9c8e2c02fa9baaca9fc65.png

    • Reinaldo Matos

      Me mudei recentemente, e não satisfeito, tenho a algumas quadras do meu apartamento a Leroy Merlin, Tumeleiro e a Cassol CenterLar.

      É muita coisa legal, e muito pouco dinheiro pra gastar…

    • Daniel

      Ai você chega lá com o pensamento firme em não comprar nada além do que já estava previsto, porque o mês ainda está no começo e…. de repente há algo absurdamente interessante que você precisa muito de um jeito que não dá para esperar…minutos depois https://uploads.disquscdn.com/images/fa03574e2fd2e6db737236669b898cd9e42b8a0187558c9ad166182241c7f305.jpg

      • Diego Marco Trindade

        Ferramentas elétricas ou manuais nunca são demais.

  • André K

    Tenho habilidade e prática para fazer essas coisas, mas aos 47 já não tenho mais a paciência e o capricho de antes. Sempre me virei bem e nos últimos tempos a internet ensina o que for necessário para se fazer o que se quer.
    Dito isso, não exatamente a mesma coisa mas ainda relacionado com o tema, eu teria muita dificuldade em matar um frango para comer… a fome precisaria ser muito grande mesmo. Comer insetos então?!

  • Diego

    E meu sonho é construir minha própria casa, ou melhor, minha cabana. Do zero e com tudo que é necessário.

  • É a geração que vai mudar o mundo.

  • Will Domingues

    “Milennials” não teriam no máximo 16 anos? Pelo menos aqui no Brasil quem tem 30 anos ou mais demoraram muito pra ver e ter internet… eu passei minha infância e adolescência toda sem PC e contato mínimo com internet e sou de 87, tanto que consertei minha caixa-d’água com veda-rosca hahahahaha

  • Rodrigo Neves

    Faço de tudo um pouco em casa, da hidráulica à mecânica, passando pela informática, telefonia, elétrica, TV e CFTV. Menos comida. Vez ou outra um miojo, ou uma lasanha pronta que vá ao microondas. Quando morei por um tempo no Paraná, em 2007, aprendi à cozinhar na marra. O mais próximo que chego da comida é comprá-la e comê-la. Hoje em dia não chego perto do fogão, mas com a internet aprende-se qualquer coisa em minutos.

  • Cacio Frigerio

    Meu maior orgulho é ser multi-tarefas. Me arrisco como eletricista, encanador, mecânico, pedreiro, pintor. Na cozinha não sei fazer um arroz, mas sei fritar ovo, passar um bife, fazer uma omelete, uma salada.. Então não morro de fome, pois também não tenho frescura nenhuma com comida.

    Sempre trabalhei com a cabeça, então faço questão de meter a mão na massa sempre que posso.

    Quer dar um presente pra mim.. Me dê uma ferramenta. Se mulher gosta de sapatos… Bolsa.. Eu gosto de alicate.. Torno.. Furadeira..

  • HomeroGamer-BanidodoMB

    Povo fala de montar coisa, ser DIY mas mal sabe desparafusar a tampa do computador para limpar o cooler.

  • Eric da Silva

    é hilário ver que muitos amigos não tem coragem nem pra matar uma aranha perigosa. um dia na casa de um amigo matei uma na mãosada.
    me sinto um McGiver em meio à uma geração de dondoquinhos e dondoquinhas…

  • Rafael Rodrigues

    Na minha casa não entra prestador de serviço. Instalação de split, rebaixamento de teto, consertos elétricos e hidráulicos, invenções como arduino e outras maluquices. Faço tudo. Fazer coisas é um dos meus hobbies. Lógico que alocar tanta ferramenta e traquitana em um apê de 80m2 gera conflitos com a patroa, mas é gerenciável.

    Toda vez que conhecidos ficam sabendo desse meu lado, sou alçado ao patamar de “animal exótico de zoológico”. Só tem “tanga-frouxa” (como dizia meu finado pai) hoje em dia…

  • Alexandre Salau

    O pior é que TODO este conhecimento está disponível online, praticamente tudo pode ser aprendido perguntando ao google e vendo tutoriais no youtube. Até como carregar a bateria de iPhones no microondas.

  • Marcelo Eiras

    Fico imaginando se alguém conseguisse em uma maquina do tempo e voltasse aos anos 80 e contasse como é o futuro, explicando para um hobbista de eletrônica dos anos 80 que tinha que procurar em livros em bibliotecas e tirar dúvidas mandando cartas para a seção de perguntas e cartas de revistas especializadas.

    Alguém de 2016:
    -Olha, no futuro não precisamos ir a Biblioteca, temos um tal de google que é uma espécie de oráculo que tem todas as respostas, temos wikipedia, forums, grupos de discussões e youtube que tem gente explicando como fazer virtualmente tudo.

    E o cara dos anos 80:
    -Puxa cara, que maneiro! Então no futuro todos serão muito inteligentes e sábios com toda essa facilidade para aprender e com acesso praticamente ilimitado de informações e conhecimento na ponta dos dedos.

    Alguém de 2016
    -Olha, na verdade a maioria ficam tirando gatos, de comida, fazendo selfies fazendo com boca de pato, acessando um site chamado facebook que é basicamente fofocas e futilidades e saindo procurando bichinhos imaginários que só aparecem na tela de celular..

    Cara dos anos 80:
    Desculpe pela sinceridade homem do futuro, mas as pessoas do seu tempo são retardadas.

    Alguém de 2016:
    Puxa cara! Palavras machucam. mimimi

  • OverlordBR

    Ninguém faz pão em casa, por causa do trabalho, mas de vez em quando é divertido.

    Pô, mas é tão fácil fazer pão…
    O floquinho gordo tetudo não precisa nem levantar o traseiro flatulento da poltrona para sovar a massa… é só deixar o tempo fermentar a porquera.

    Seria ótimo se o sistema educacional brasileiro fosse mais avançado e combinasse uma aula de culinária com uma de Química ou Física, por exemplo.

    7 em 10 jovens não sabiam trocar uma tomada;

    Ainda bem, né?
    Porque se fossem os mesmos que não sabem nem cozinhar a porcaria de um ovo, Darwin iria fazer uma limpa via eletrocussão.

  • Eu acho que me enquadro nesse negócio de milenials aí. Acho até que comemorei demais quando consegui trocar uma torneira na segunda feira. Como faço pra consertar a minha situação? Tem site ou tutorial no YouTube ensinado como faz esses breguenaites aí?

  • Quando me mudei instalei:
    – Todas as tomadas e interruptores lá de casa (e me surpreendi com a quantidade de tomadas em um apê de 68m²)
    – Luminárias da cozinha e área de serviço.
    – Torneira monocomando (quente e fria) na cozinha.
    – Cuba e torneira do banheiro.
    – Canos de escoamento nas pias e tanque.
    – Torneira no tanque.
    – Depurador de ar na cozinha.
    – Cooktop e forno de embutir, sendo que fiz uma mega-gambiarra (mas 100% segura) pra fazer uma bifurcação no cano de gás que sai da parede, utilizando conexões de latão (com rosca), mangueiras e braçadeiras.
    – Ventilador de teto no escritório (inclusive fiz funcionar pela cordinha catando o manual na web, sendo que o “técnico” que instalou no apê onde eu morava antes não foi capaz e colocou o comando na parede).
    – Montei os móveis de um quarto de visitas (cama e roupeiro).
    – Cortinas da sala.
    – Persianas no escritório.
    E meu xodó de todos: fiz minha própria mesa de escritório, utilizando uma porta. Segue a foto: https://twitter.com/cgasparetto/status/379368024454594561

    Fiz isso com 29/30 anos. Devo ser um orgulho para a minha geração, heuahuehauehauheuaheuh!

  • E também não tem demérito nenhum em admitir não saber, porém correr atrás pra aprender.

    Eu admito, não sei trocar uma resistência de chuveiro, mas COM CERTEZA tem algum vídeo no YouTube ensinando, caso eu precise. Só correr atrás. O problema é que muita gente nem isso faz

    • Somos dois.

      Aliás, confesso que também não sei fazer um monte de coisas. Mas Internet te ajuda com isso.

  • Como sempre, fiquei com câncer antes mesmo de terminar de ler.
    Não é porque você sempre foi pobre que todo mundo tem que ser pobre…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis