ad

Microsoft não estaria explorando a franquia Halo o suficiente

halo

Com o Halo já tendo recebido cinco capítulos na série principal, vários remakes e diversos spin-offs, dizer que a Microsoft não sabe aproveitar a sua principal franquia pode parecer absurdo, mas quando se trata de produtos fora do mundo dos games, é exatamente isso o que estaria acontecendo.

Pelo menos é o que defende Lutz Muller, um especialista na indústria de brinquedos que afirmou que, o US$ 1,5 bilhão gerado pela franquia com produtos licenciados desde 2001 é uma quantia minúscula se comparada com outras marcas do entretenimento. Isso fica mais evidente se olharmos para os mais de US$ 13 bilhões faturados pelo Star Wars, e isso só no ano passado!

Na opinião de Muller, se a Microsoft quiser ganhar mais dinheiro com brinquedos baseados no Halo, uma solução seria a produção de um filme, algo que alguns lembrarão que a empresa cogitou fazer com Peter Jackson, mas o projeto acabou sendo abandonado. Quem também mostrou interesse em trabalhar em algo assim foi Neill Blomkamp, diretor dos filmes Distrito 9 e Elysium, mas em 2014 a Gigante de Redmond disse que isso não aconteceria e depois revelou que Steven Spielberg estava envolvido na produção de uma série.

Algo que também pode estar pesando nesse insucesso, se é que podemos chamar assim, é a falta de jogos voltados para um público mais jovem, o que a responsável pela 343 Industries, Bonnie Ross, disse que não está sendo feito, mas que a ideia não está descartada.

Se vamos ou não fazer um jogo, acho que precisamos deliberar sobre o jogo correto, porque não podemos alienar nosso público principal. Posso dizer que quando começamos a franquia, o pensamento de fazer algo como um Lego Halo era algo que os nossos fãs não achavam interessante, ao passo que agora temos recebido pedidos para isso.

Está aí. Mesmo estando um pouco enjoado dos títulos que a TT Games tem feito, acho que um Lego ambientado no universo Halo poderia ser bem interessante e tal jogo certamente serviria como uma enorme porta de entrada para a molecada.

Mas independentemente se algo assim um dia será feito, o fato é que a Microsoft precisa encontrar uma maneira de faturar mais com a franquia e gostaria muito de saber se o mesmo problema tem acontecido lá pelos lados da Sony com marcas como Uncharted, God of War e Ratchet & Clank.

Fonte: The Fast Company.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Well Dias

    Tentar comparar Halo com Star Wars é forçar a barra.

    • Muito.

    • Metalmacumba

      Não que eu discorde ou concorde contigo, mas já que começou, faz textão, faz?

      • Well Dias

        Textão não dá pra fazer, mas respondi melhor ali em cima.

    • Anderson Fraga

      Quanto aos valores que poderiam ser faturados, é sim. Mas acho a comparação válida quanto ao uso da imagem para o marketing.
      Star Wars aproveita muito bem disso

      • Metalmacumba

        se assistir spaceballs vai entender tudo sobre marketing em cima da franquia star wars (btw minha carteira é do star wars e agora mesmo estou usando uma camiseta “may the schwartz be with you”). Star Wars aproveita bem demais, eles enxugam cada centavo possível.

      • Well Dias

        Quando o entrevistado compara o faturamento de Halo com Star Wars, nas entre linhas ele está afirmando que Halo tem o mesmo potencial de Star Wars e se não fatura 13bi é por não explorarem direito. Coisa que não existe.
        Star Wars é elemento cultural pop, está aí desde 1977, são várias gerações que curtem e compram coisas da franquia. Qualquer um sabe quem é Darth Vader só de olhar a mascara estampada na camisa. Halo está apenas no seu mundo isolado dos Xboxs. Tem um grande público é verdade, mas mínimo comparado ao Star Wars.
        É neste sentido que disse que estão forçando a barra.

        • Cara, o Star Wars faturou 13 bi SÓ no ano passado e o ponto levantado é justamente o fato do jogo estar isolado no mundo dos games, é isso o que o cara critica. Enquanto o Star Wars virou parte da cultura pop, o Halo poderia fazer o mesmo. Veja por exemplo o Mario.
          A comparação aqui não é sobre qual marca é mais ou menos conhecida, mas como fazer a cosia do jeito certo ou não.

          • Well Dias

            “Enquanto o Star Wars virou parte da cultura pop, o Halo poderia fazer o mesmo”. Estou tentando dizer exatamente que isso não é possível. É disso que estou falando.
            Halo tem um grande público, e acho que ele poderia ter mais se, por exemplo, fosse multiplataforma. Só que, quando usam Star Wars para indicar indiretamente que Halo seria tipo um “Star Wars” mal explorado, estão exagerando.

          • Vejo por outro lado, não acho que a ideia foi dizer que o Halo pode se tornar um Star Wars, foi usar um caso de sucesso para mostrar como pode ser feito. Só isso.
            É evidente que pouquíssimas coisas no mundo conseguiram chegar no nível de um Star Wars, mas veja por exemplo a quantidade de produtos que existem (e vendem) sobre Minecraft e Angry Birds e fica claro que a franquia Halo tem sido muito mal explorada (assim como muitas outras de games, vale dizer) e quando digo isso, não é desmerecendo a franquia, mas o que a Microsoft tem feito..

          • Paulo de Tarcio Santos Freiri

            Isolado nos games eles não são, pois tem livros e filmes (curtos mas tem), o que falta mesmo é propaganda para divulgar esse material, e chegar aqui no Brasil também, muitos livros não tem na nossa língua.

          • gbitte

            Mas é muita comparação laranja com maçã, 13 foi só com brinquedo(colecionáveis etc)? por que os 1,5 como esta escrito parece que sim. Então se comparam valores de datas diferentes, de produtos diferentes em franchise s de níveis diferentes.

          • Sim, os valores levam em conta apenas o faturamento com licenciamento (brinquedos, livros, roupas, etc) e para que fique claro, enquanto o Halo rendeu 1,5 bilhão em 15 anos (portanto desde o surgimento da franquia), o Star Wars rendeu 13 bilhões apenas em 2015.
            Não tem comparação de laranja com maçãs, é bem fácil de entender.

    • Anônimo, seu amigo no XXX

      Pensei exatamente isso: Halo é uma excelente franquia, mas se comparar com Star Wars é complicado né.

    • rbsouto

      Mass Effect é ainda mais desperdício.

      É a franquia que merecia ser tratada como Star Wars, mas está sob a gestão e incompetência da EA.

      • Well Dias

        Também acho que MAss Effect tem potencial de ser muito mais que é.

      • Erick

        Mass Effect é uma obra prima, ao lado de Metal Gear Solid, é o melhor jogo que eu já joguei

  • Germano

    Tem um Lego “alternativo”, chamado Mega Blocks, que licenciou (acho) a franquia Halo para seus brinquedos:

    https://uploads.disquscdn.com/images/e5b7b2d92ab36ec893a9743f03b558ce75665197aaa4885ab150ec328f8abfe3.jpg

    E se não esotu enganado tem um filme em home video tambem, que lembro de ter visto inclusive no acervo do Netflix.

    O que talvez a Microsoft precise e escolher parceiros de mais visibilidade para tais empreitadas.

    • Cocainum

      O “Lego” a que se refere a matéria seria um jogo, estilo Lego Star Wars, Lego Lord of The Rings, Lego Batman e semelhantes.

      • Manoel Guedes

        Um jogo de Lego baseado em um jogo…

        • Cocainum

          Lego: Inception.

      • Diego Marco Trindade

        Lego até seria legal, mas eu não considero os jogos Lego “fáceis”. Exige acho que pelo menos a criança ter uns 12 anos para conseguir se desenvolver nas histórias.

  • Rafael

    Mas existe um filme baseado em HALO, não?

    • Cocainum

      Halo 4: Forward Unto Dawn é uma web série que depois teve todos os episódios lançados em um formato de filme Blu-ray. Está disponível na Netflix.

      • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

        É boa? Passei por ela umas 15 vezes no catálogo, mas nunca parei pra assistir.

        • Cocainum

          Eu sou fã de Halo, então me considero suspeito, hehehe.

          Até uns 2/3 do filme, é uma história mais pessoal, de um cadete na academia da UNSC, tentando se afirmar e enfrentando o fantasma da morte do irmão, que era um soldado tido como exemplar.

          Mais perto do final, a coisa esquenta com a invasão do planeta pelos aliens (Covenants) e com o Master Chief aparecendo.

        • Zaaboo

          É divertido. E o Master Chief é badass igual ao jogo.

        • Eu acho um bom filme, tudo depende do que vc esta esperando!
          Quando vc pensa em um jogo HALO, pensa em um titulo AAA+, se vc não usar esse mesmo criterio para criar expectativa no filme, vai gostar, se vc espera um filme com investimento nivel “vingadores” vai se decepcionar!
          Acho legal o suficiente para ter continuação!

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Não joguei Halo (tenho PS) mas pelo que me contaram a história é bem legal, por isso me interessei pelo filme. Problema é que SEMPRE tenho o pé atrás com filmes de jogos.

          • Filme médio, se vc não jogou e não tem carinho pela franquia… vai dar “mé”! HAHAHHAHAH

  • Diego Marco Trindade

    Me pergunto o que Halo tem a ver com crianças. E se deveria ser portado para crianças. O que mais deveria ser portado, Gears of War? Uncharted? Half Life para crianças?

    Quanto a mídia, claro que poderia ser mais explorada, assim como de todos estes títulos, mas o maior problema é fazer isso com qualidade e para a mídia certa. Fazer outros jogos de puzzle, terror, adventure, plataforma acho que é muito melhor!

    • Islan Oliveira

      Mal posso esperar pelo GTA versão Lego…

  • Metalmacumba

    Vai, faz mais um HALO 5, faz.
    deturparam toda a história, eu fiquei com um ódio gigante quando joguei. foi o primeiro jogo da série que eu me forcei a terminar, e olha que eu terminei até o ODST.

    Primeiro faça um jogo decente com uma história boa, o melhor de tudo foi ver o Roland não tomando uma sova e enfiando a nave em 300 saltos.

    Halo tem um universo expandido e uma história fenomenal, só precisam parar de enfiar metal gear no jogo e fazer a história central boa de novo.

  • Maom

    Que absurdo falar que a MS não sabe aproveitar alguma coisa. A empresa que deteve o monopólio de sistema operacional por décadas e migrou magistralmente para a plataforma mobile no tempo certo. A empresa que comprou a Nokia e soube aproveitar o seu nome para vender como água pelo mundo todo. A empresa que tinha o messenger que todo o mundo usava e soube criar uma rede social em volta do aplicativo fazendo um grande sucesso e não dando espaço para concorrentes no ramo como whatsapp e facebook. A empresa que oferece aplicativos mais bem polidos, atualizados e mais completos nos sistemas operacionais mobile próprio do que no dos concorrentes.

  • Nuvem Mágica

    a MS não consegue nem aproveitar o proprio jogo dentro do xbox, vide a tosquisse do Halo 5 que até marketing picareta teve ter, para mostrar algum conteudo, imagine aproveitar em outros lugares?

  • Dan_Marx

    O engraçado foi imaginar um GOW LEGO, não acho que foi isso que o texto quis dizer mas foi inevitável fazer essa relação hehe.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis