Evento Apple — iPhone 7 mata o velho conector de fone de ouvido

laguna_apple_iphone_7_plus

Esta tarde tivemos o tão aguardado anúncio do novo smartphone da Apple. Após tantos vazamentos e rumores, o iPhone 7 (e 7 Plus) é oficial.

O astro do evento de hoje sofreu mudanças sutis no formato em comparação com a geração anterior, embora suas dimensões externas permaneçam exatamente as mesmas do iPhone 6S e 6S Plus.

Laguna_Apple_iPhone_7_outros

Olhando de perto, notamos que o formato das antenas mudou e o conector de fone de ouvido desapareceu. Isso mesmo, a Apple matou o velho conector de áudio analógico.

Motivo? Vender adaptadores (o P2 para Lightning vem incluso no pacote com os iPhone 7 e 7 Plus, por enquanto) e os belos AirPods, fones de ouvido sem fio nada baratos, mesmo na civilização.

Lá custam US$ 159. Aqui?

laguna_apple_airpods

Se serve de consolo, cada novo aparelho vai vir acompanhado de fones de ouvido EarPods Lightning.

Voltando aos iPhones 7, como o Jony Ive não mexeu nas dimensões, a bateria pôde aumentar um pouco graças à retirada do conector de áudio. Phil Schiller diz que a autonomia do iPhone 7 e 7 Plus é a maior dentre todos os smartphones da Apple já lançados, tendo o iPhone 7 em geral duas horas de autonomia a mais que o 6S.

Mesmo assim, é bom levar bateria extra caso você vá jogar. Pokémon GO que o diga.

laguna_iphone_7_battery

Além da bateria, desempenho é o que não falta no iPhone 7 e 7 Plus: o novo SoC Apple A10 Fusion possui CPU quadcore e GPU hexacore, totalizando mais de 3 bilhões de transistores. No caso da CPU, temos dois núcleos “apenas” 40% mais potentes que o Apple A9 e outros dois núcleos para tarefas mais simples, normalmente em segundo plano, poupando bateria quando apenas se navega na internet e redes sociais.

Desempenho não falta mas o botão Home sim.

laguna_iphone_7_taptic_engine

Para tornar o iPhone 7 resistente à água (IP67), a Apple retirou o icônico botão mecânico e em seu lugar temos uma versão estática sensível à pressão e às digitais (Touch ID). E que dá resposta vibratória, com o Taptic Engine. Se os desenvolvedores colaborarem, cada aplicativo em teoria dará sua própria resposta dependendo do contexto.

Voltando ao exterior do aparelho, a mudança mais visível no corpo é o calombo da câmera que ficou mais acentuado. Isso no iPhone 7. No iPhone 7 Plus, temos a estreia de um conjunto duplo de câmeras, lado a lado.

laguna_iphone_7_plus_camera

Câmera dupla não chega a ser novidade, que o diga o Nintendo 3DS e o HTC One M8, mas a ideia da Apple no iPhone 7 Plus é o de prover a melhor possível: além do Flash LED quádruplo e da câmera de 12 Mp ƒ/1,8 com estabilização óptica também presente no iPhone 7, temos outra câmera de 12 megapixels ƒ/2,8 dedicada ao foco de objetos distantes. iSight Duo: junte as duas, e alguns truques de software, e temos zoom óptico de 2× no 7 Plus (10× com o zoom digital de 5×).


Apple – Introducing iPhone 7

Outra dupla muito bem-vinda, em ambos os aparelhos, é o som estéreo: o alto-falante para chamadas nos iPhones 7 e 7 Plus também serve como canal direito para o caso de assistir filmes ou ouvir músicas sem o fone de ouvido. Finalmente, Apple.

Disponíveis em cinco cores, com destaque para a Jet Black (leia-se Black Piano), o lançamento dos novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus será dia 16 de setembro, com pré-venda começando dia 9. Essas datas na civilização, Brasil sem perspectiva mas deve chegar antes das festas de fim de ano.

Preço?

laguna_iphone_7_capacity

O mesmo de sempre: morre o iPhone 6, fica o iPhone 6S no lugar. Desta vez, a Apple decidiu turbinar a capacidade oferecendo modelos de 32 e 128 GB dos velhos iPhone 6S e iPhone 6S Plus. As linhas antigas vão ficar assim (preços sem contrato com operadora):

  • iPhone SE com 16 GB — US$ 399 ou R$ 2.499;
  • iPhone SE com 64 GB — US$ 449 ou R$ 2.699;
  • iPhone 6S com 32 GB — US$ 549 ou R$ 2.999;
  • iPhone 6S com 128 GB — US$ 649 ou R$ 3.399;
  • iPhone 6S Plus com 32 GB — US$ 649 ou R$ 3.599;
  • iPhone 6S Plus com 128 GB — US$ 749 ou R$ 3.999.

É, a Apple Brasil baixou os preços dos aparelhos antigos. Já a nova linha, indisponível no Brasil por enquanto, terá os seguintes preços sem contrato:

  • iPhone 7 com 32 GB — US$ 649;
  • iPhone 7 com 128 GB — US$ 749;
  • iPhone 7 com 256 GB — US$ 849;
  • iPhone 7 Plus com 32 GB — US$ 769;
  • iPhone 7 Plus com 128 GB — US$ 869;
  • iPhone 7 Plus com 256 GB — US$ 969.

Notaram alguma diferença? Bom, a versão Plus ficou 20 dólares mais cara. Muito provavelmente por causa da câmera extra.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis