Hasselblad True Zoom — para a linha Moto Z

null

E estamos aqui mais uma vez falando da questão da qualidade da fotografia mobile. Já é uma verdade aceita que os celulares mataram as câmeras fotográficas compactas point and shot, mas mesmo assim a  maioria dos smartphones peca pela falta de alguns recursos. Na verdade, o smartphone não matou as câmeras compactas por conta de sua qualidade, mas sim em razão de sua comodidade. Carregar dois equipamentos era desconfortável. E o celular faz um monte de coisas, enquanto a câmera apenas fotografia.

Por isso que de tempos em tempos aparecem Smartphones com características de câmeras fotográficas (como o zoom ótico) ou acessórios que tentam levar para os telefones as comodidades de fotografar com uma câmera fotográfica de verdade. Temos que ser sinceros que nenhuma destas vertentes foi de grande sucesso entre o público. Mas, a Hasselblad entrou agora nessa briga e com a Motorola como parceira.

null

Eles acabam de anunciar (oficialmente, pois esse rumor já estava correndo pela internet nas últimas semanas) o Hasselblad True Zoom. Estamos falando de um pequeno acessório que é conectado a celulares da linha Moto Z. Na verdade, o True Zoom foi lançado para ser o companheiro do novo Moto Z Play.

E o que o acessório oferece para o consumidor? Coisas bem bacanas. É só acoplar o True Zoom na parte traseira do celular e as configurações de fotografia serão atualizadas. Você vai ganhar a ergonomia de uma câmera fotográfica, botão disparador e anel de acionamento de zoom. A câmera é equipada com um sensor CMOS (2,3 polegadas) com 12 megapixels de resolução máxima e vai trazer ao consumidora a capacidade de fazer fotos em RAW (que será editada no próprio aparelho e já ficará pronta para compartilhamento). O destaque aqui é o zoom ótico de 10x (equivalente a uma 25-250 mm) com abertura de diafragma em f/3,5-6,5. Fora isso também temos a possibilidade de gravação de vídeos em full HD, sensibilidade ISO de 100 a 3.200 e entrada para dois microfones externos (galera Youtuber vai gostar).

null

Embora pareça uma boa pedida para quem quer ter um pouco mais de capricho na sua fotografia (só o fato de não depender de zoom digital já vale a pena) o nome Hasselblad envolvido disparou todos os alarmes. A empresa não é conhecida por fazer acessórios ou câmeras acessíveis (do ponto de vista monetário) ao grande público. Mas, até que a coisa está em um patamar aceitável. O True Zoom vai chegar ao consumidor pelo valor de US$ 299,00. Um valor até interessante (levando em conta o histórico de preços da empresa) visto que o Moto Z Play vai custar US$ 408,00.

Vale a pena investir? Se você está procurando uma fotografia mais caprichada e com mais qualidade e possibilidades, então é um aparelho interessante, por um valor abaixo das compactas avançadas. Se vai cair nas graças do público essa já é uma outra história.

Fonte: Petapixel.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams “Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio”.

Compartilhar
  • Sem contar os impostos, lucro brasil, 299 dollares, hoje da 956 reais. Com 949 reais eu compro uma Canon Powershot SX520HS nas casa bahia, zoom 42x, 16MP, video full HD. Então acho que compensa mais aguentar carregar dois dispositivos do que pagar isso tudo em um acessórios para ter umas fotos melhores. Fora que para fotos casuais, acho que a câmera da maioria dos celulares modernos esta de bom tamanho, pra trabalho melhor ter uma câmera separada, ainda é um melhor custo beneficio.

    • Zalla

      por 1500 reais eu comprei uma D3100…DSLR..isso é camera..o resto…é resto…e se procurar uma usadinha…acha por uns milão…mais outro dispositivo que vai vender pouco e depois parar de ser fabricado sem muito alarde da imprensa

  • Bem, a única coisa interessante aí foi a entrada pra microfone (leia-se: H1) e olhe lá…. o preço é bem salgadinho, e os Hasselbladders hipsters irão vibrar… mas não irão usar seus iPhongs….

    A Sony já tentou fazer essa estripulia, apesar da Hassel ter ficado legal pra burro no celular, e não vingou por muito tempo não (apesar de ser um tumor enorme no celular). Mas, quem sabe ninguém apareça com algum genérico – vai que cola.

  • Ah detalhes, suculentos detalhes… grato Gilson…

    mas repito o que acabei de dizer…

    esse Moto Snap da Hasselblad…

    Como eu queria que esse Moto Snap de câmera não custasse mais que uma câmera normal… =(

    • Prefiro carregar dois dispositivos, uma compacta point to shot geralmente é do mesmo tamanho de um celular, cabe no bolso, apesar se eu preferir andar com a DSLR mesmo quando tenho certeza que vou querer fotografar algo,…kkk

  • RôShrek

    A maior maldição do avanço da tecnologia em celulares é a câmera. Minha mulher tira foto de tudo, é um saco. E não tem mais aonde colocar foto. Vive dizendo que vai fazer seleção de fotos para imprimir mas é simplesmente impossível, já que a quantidade de fotos cresce exponencialmente! ARGH!

    • Gilson Lorenti Fotografia

      o mundo não precisa de mais fotógrafos, mas precisamos de mais curadores de imagens 🙂

      • RôShrek

        Ah, sim, claro que fotógrafos profissionais são sempre bem-vindos. Inclusive eu adoro ver exposição de fotos. Agora, pro usuário comum é um saco. Igual pais que tiram foto até dos floquinhos de neve defecando. Ugh! E nem vou entrar no no mérito dos celulares nos shows atrapalhando a visão. Já arrumei briga em dois shows por causa disso. UGH!

        • Daniel

          Bem dessa forma você imagina como deve ser fazer backup dessas coisas, quando chega o cliente e diz, pegou vírus, tem que formatar mas quero que salve todas as fotos… (eu ficava pensando, as 50, 500 ou 5000, alguns ainda tinham a decência de jogar tudo dentro de uma pasta, outros deixavam imagens por todo lado/partição/usuário… Havia casos que cobrar 50 reais por backup era um abuso com cliente, em outros era um abuso com o técnico… isso a alguns anos atrás.

          • Gilson Lorenti Fotografia

            Pessoa que colocam imagens perdidas em todo o computador. Tenho alunos assim. A imagem está importada no lightroom, mas os arquivos estão todos espalhados.

      • OlCal

        Mas você está misturando as coisas… Fotógrafo profissional o mundo precisa e muito, o que não precisa e de imagens amadoras que são apenas jogadas em uma rede social qualquer.

        • Gilson Lorenti Fotografia

          mas, são todos fotógrafos 🙂 concorda? Alguns ganham dinheiro com isso, outros fazem por amor. Eu não gosto de usar a palavra amador pejorativamente. A palavra Amador significa alguém que faz algo por amor. Nesse entendimento, tem muito fotógrafo amador que manda muito melhor do que os ditos profissionais. Quem fotografa sem conhecimento e compulsivamente não chega a ser nem fotógrafo 🙂

          • OlCal

            Tudo bem, você tem sua visão, respeito. Mas as vezes eu vejo tanto trabalho ruim que me impressiona. Eu já vi alguns álbuns de casamento que fiquei com pena da pessoa que contratou o serviço :/

            Mas sim, eu entro no flickr e fico impressionado com as fotografias “amadoras”, algumas sensacionais.

    • Gilson Lorenti Fotografia

      Falando nisso, nessa semana fiz a limpa. Deletei 150 GB de books e ensaios de nu e sensual. Separei um total de 150 fotos que foram para a pasta portfólio. O resto lixo. 4 anos de trabalhos que não renderiam mais nada com os clientes.

  • Salles Magalhaes

    Por 299 dolares da para comprar umas 3 cameras compactas point-and-shot ou uma DSLR de entrada com lente basica.

  • Fernando Ferreira

    PQ não lançar logo esse moto snap com tela e função de celular? Uma peça só.
    Aí valeria a pena. Funcdia os dois, tirava a câmera do celular botava um processador melhor e pá.
    Tava lá um Top de linha mais interessante que os MOTO Z com moeda atrás.

    • Diego Marco Trindade

      Já teve Samsung, Nokia e Sony nesse formato, mas não lembro do nome deles. Acho que porque não fizeram sucesso mesmo.

      • @cheesepaulo

        Galaxy zoom.

  • Diego Marco Trindade

    Gilson, esses dias vocês fez a comparação de qualidade entre lentes de preços diferentes. E entre celulares (Sony), Iphones e cameras, tem matéria de comparação?

    • Alberto Prado

      Isso seria algo legal para o Gilson fazer. Comparativo só das câmeras dos celulares.

    • Gilson Lorenti Fotografia

      isso vai muito da percepção. O DxOMark tem um ranking de qualidade de câmeras de celulares (https://www.dxomark.com/Mobiles) mas, são testes de laboratório onde é medido o rendimento do sensor. Do ponto de vista da percepção, provavelmente, os primeiros colocados teriam a mesma qualidade.

      • Diego Marco Trindade

        Hum, mas em questão de teste cego, qualidade percebida da imagem, tem alguma coisa comparando?

        • Gilson Lorenti Fotografia

          Teste cego ninguém fez ainda, que eu tenha conhecimento 🙂

  • Theuer

    Gilson, tem certeza que o sensor tem mais de duas polegadas? 2,3!
    Pelas fotos parece impossível um sensor ser coberto sem distorções por lentes tão pequenas e próximas.

    • Gilson Lorenti Fotografia

      erro de digitação. o certo é 1/2,3 polegadas (6.16 x 4.62mm)

  • Theuer

    Sei que sou chato com isso, mas não consigo entender esse eterno 8 ou 80 dos fabricantes.
    Ou temos essas câmeras espremidas que atualmente fazem “calombos” nos aparelhos, ou um acessório limitado, caro e gigante com 458mm de zoom!
    Qual a dificuldade em algum fabricante fazer um aparelho Top, de 5″ de tela e no lugar de um corpo de 3 nanômetros de espessura, uns 12~15mm para dobrar a capacidade da bateria e colocar um sensor maior com um belo conjunto de lentes? Tipo aquela linha de cybershot da Sony que tinha as lentes embutidas no canto superior da câmera.

    Tenho duas DSLR mais uma médio formato no armário e quando estou na rua tenho que fotografar com a velha câmera do S4 porque é o que está sempre comigo.

    • Zaaboo

      Foram vagos exemplos nessa linha. Meu finado Motorola ZN5, com lentes da Kodak, era exatamente assim. Um excelente aparelho pra época com um preço ótimo. Mas vendeu pouco.
      Aí mais recentemente tivemos o 1020, que por seus “n” motivos micou também. Ou micaram com ele e essa é outra discussão.

  • makotokinomura

    Os reviews estão desqualificando a qualidade das fotos. Ele faria fotos piores que a câmera do moto z.

  • Matheus Cunha

    O problema é que o celular é “descartável”, tem validade de uns 02 anos, em regra. Não que não existam usuários que ficam bastante tempo com um celular (principalmente agora, que os avanços de um modelo a outro são menos significativos), mas sabemos que em 2017 será lançado outro, 2018 outro, 2019 idem etc. E o mercado, aliado à fragmentação do Android, acaba fazendo com que usuários troquem o celular em um tempo relativamente pequeno.
    Daí lançar um acessório caro (75% do valor do celular), que só vai funcionar para ele (afinal, nem capinhas comuns são intercambiáveis entre modelos, quanto mais uma câmera complexa), faz com que pouca gente queira gastar tanto assim num acessório como esse.
    Outra coisa. Acho que esse acessório fica num limbo de mercado. Quem tem um celular como principal ferramente fotográfica não se preocupa com as fotos ficarem em alta qualidade e alto poder de edição. Querem registrar os momentos, fazer selfies e postar no Insta/Face.
    Quem quer alto poder de edição e se dedica à fotografia (amadora ou profissional), vai preferir usar uma câmera dedicada (ainda que uma DSLR de entrada), que tem mais opções de ajustes e maior qualidade ótica.
    Resumindo: por mais lascivante que seja, não vejo mercado para um acessório como esse.

  • Sergisley Matias

    Abertura meia boca, sensor equivalente ao do celular… tá mais pra perfumaria. Flash xenon em celular é bom pacas (eu tive um c905… sdds sony ericsson s2 ) mas os flash led atuais melhoraram bastante e o flash de xenon direto na cara da pessoa faz parecer que ela lambuzou manteiga no rosto antes da foto. Estabilização óptica boa e zoom é que é a grande vantagem desse gadget. Qualidade da imagem? tirar fotos melhores no escuro? Nope. Podiam ter investido em um sensor melhor. Faltou isso para ficar interessante para mim.

  • Pingback: Câmeras poderosas nos celulares - f1ponto8s()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis