FTC vai barrar ads de influenciadores maquiados como posts espontâneos

waynes-world-product-placement

Créditos: MovieClips

A farra dos “testemunhos espontâneos” na internet acabou, ao menos nos EUA. A Federal Trade Association (FTC) havia imposto regras pesadas anos atrás a sites e blogs que publicam reviews e análises de produtos quanto suas relações comerciais com as empresas (em resumo, eles são obrigados a informar quando o post foi pago, seja com dinheiro ou brindes), e na ocasião já mirava também em celebridades ou influenciadores em geral, mas até o momento estes podiam continuar fazendo posts em redes sociais e vídeos dizendo o quão incríveis são os produtos que usam, sem deixarem claros se receberam algo em troca para fazê-lo ou não.

Bem, não mais.

A prática é bem comum, influenciadores com alto potencial de viralização, em sua maioria celebridades e YouTubers famosos são procurados por empresas para veiculares testemunhos sobre seus produtos, entretanto o acordo prevê que o material (seja um tweet, um post no Facebook, um vídeo, uma foto no Instagram, etc.) não possa em momento algum indicar ao espectador que ele é um ad, um publieditorial que foi produzido mediante remuneração. Não importa se com grana ou brindes, o importante é que houve uma troca que prejudica a opinião do formador de opinião.

Este não é um fenômeno muito recente. Embora todos saibamos que a Ellen não usa smartphones Samsung há casos em que uma celebridade promovendo um determinado item, da forma como for veiculado pode confundir aqueles que vêem a postagem, dando a entender que o ad se trata de um depoimento autêntico. A verdade é que no mercado publieditorial pouco ou quase nada é espontâneo, mesmo vídeos. Tudo segue um roteiro, um script e parecer autêntico e imparcial no mercado de publicidade é essencial. Um bom exemplo é o programa Top Gear, que ao menos no tempo dos três patetas seguia um script rigoroso para dar ao show um ar de informalidade. E funcionava.

No caso dos ads, é normal vermos postagens em diversas redes sociais de atores, cantores, YouTubers e outros influenciadores destacando diversos produtos e os maquiando como posts autênticos, sem a menor indicação de propaganda paga. A FTC nunca viu isso com bons olhos, só que o caso envolvendo a Warner Bros. e diversos YouTubers, PewDiePie incluso foi a gota d’água.

A partir de agora a FTC vai cair matando em influenciadores que veicularem ads sem identificação. Posts em redes sociais deverão deixar claro o tempo todo que a publicação é um publieditorial, com uso de hashtags como #ad, #sp, #sponsored e similares. Atrações do YouTube deverão incluir um disclaimer alto e claro, não mais apenas na descrição (que não é acessível em todas as plataformas) e serão forçados a informar o espectador que aquele vídeo é um publi. Quem não cumprir as regras será visitado pelo processinho.

Enquanto empresas e formadores de opinião possam e irão reclamar, não há muito o que fazer. Influenciar a percepção dos seguidores com vídeos e postagens que se apresentam como opiniões isentas mas na verdade são ads pode ser o truque mais velho do mundo, mas a FTC não quer saber e irá brigar com quem for de modo a estes passarem a veicular notas altas e claras de quando foram remunerados para produzir suas mensagens. Ao consumidor é bom, pois saberão todas as vezes quando aquele produto endossado pela Katy Perry ou um game avaliado pelo PewDiePie são bons de verdade, ou quando estes foram pagos para fazer tal afirmação.

Fonte: Bloomberg.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • PugOfWar

    como south park ensinou, vc nunca se livra de ads, ele sempre evoluem

  • Pancho, solo Pancho

    Comedores de nuggets estão com calafrio depois dessa matéria.

    • Alvaro Carneiro

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Mas só se for daquele que é 100% peito de frango, todos os outros estão liberados.

    • Reinaldo Matos

      Legal mesmo foi a Angélica que diz ser vegetariana, mas não resistiu a uma “Salsicha Perdidão™”

  • Rodrigo M

    Maldita UE!!! Oh wait…

  • Lui Spin

    O papai estado ajudando pessoas com QI abaixo de dois dígitos, a diferenciar o que é propaganda do que é “autêntico”.

    • Ivan

      Tem vez que fica dificil distinguir uma publicação real de uma propaganda, blogs e sites até que vai mais facil do que videos.

    • Christian Oliveira

      bobinho, papai estado, kkkkk

      Isso é algum lobista da mídia comum querendo de volta o que já era deles, vc já viu alguma lei parecida para ads de TV?

      • Lui Spin

        Na TV até onde eu sei, as propagandas “disfarçadas” durante a atuação, são mencionadas no final, quando sobe os créditos.

        Exatamente como era até então, com o Youtube, onde quem publica os vídeos coloca na descrição do mesmo.

  • Cocainum

    Muito boa essa matéria do Meio Bit, que eu acessei usando meu notebook Dell, através de uma conexão da Vivo, enquanto comia um Big Mac e tomava uma Coca-Cola….

    • Alvaro Carneiro

      Cara, essa Coca-Cola que você estava bebendo é boa? Combina bem com o Big Mac? Estou pensando em comprar uma, você aprovou?

      • Cocainum

        Olha. Até que é boa. Mas fique de olho na hora de comprar. Se no rótulo estiver escrito “zero” ou “diet”, não compre. Não é o mesmo sabor e deixa um gosto residual na boca.

        • Reinaldo Matos

          Coca Cola de Stevia

    • Ivan

      E comendo niuggets 100% peito de frango, não pera site de tecnolgia errado.

    • Flávio Pedroza

      Estava pensando em comprar um notebook e ouvindo seu relato honesto e imparcial, decidi que será da Dell.

    • Reinaldo Matos

      Apesar de muito bom teu comentário imparcial sobre os maravilhosos notes da Dell, quem realmente me fez comprar um note Dell, foi o Rui Carlos Ostermann

      https://www.youtube.com/watch?v=IeDt8ixFJAQ

      • Quem me fez querer um Dell, que ainda ei de comprar se papai do céu e meu bolso deixarem, foram 2 casos que eu vi. Um dentista que tinha um desktop Dell que a Dell BR não resolvia, que ligou pra matriz americana e teve o problema solucionado, trocaram o desktop na mesma semana.

        Outro foi um amigo com um note recente, parrudo (o note) e com extras, dentro da garantia, que ele deixou cair da cama ao chão, amassou um pouco a carcaça na parte da tela touch e só, ainda funcionava de boa, quando técnico veio não parou pra ficar fazendo teste, TROCOU o display com tampa e tudo, sem discutir nem cobrar nada.

        A garantia da Dell é o que eu vi de melhor até agora.

        • Alberto Prado

          Eu ouvi fala que a garantia da Avell é nesse estilo também. E são bons. Vale a pena a pesquisa.

        • Alexandre

          Já faz tempo que a política aqui na empresa é: Precisa trocar máquina? Dell e não discute.
          O motivo? A garantia.

        • Alex J.

          Eu compraria outro Dell simplesmente porque comprei um Inspiron 15R há alguns anos e funciona lindamente até hoje.

    • Alberto Prado

      Por fala nisso. Foi só impressão minha ou tinha vários atletas de várias delegações tirando foto na abertura das olimpíadas com o que parecia ser um Samsung Galaxy S7?! Em muitos, os aparelhos tinha até uma espécie de etiqueta colada. Deu a impressão foram dados a eles recentemente. Pouquíssimos estavam com iPhone em mãos.

      • Christian Oliveira

        S7 olímpic edition, estão vendendo no site da Samsung, “corram” pq é umma edição limitada com pouquíssimas unidades sendo vendidas com um pequeno sobrepreço.

      • Diego Marco Trindade

        A Samsung deu celulares para todos os atletas, segundo uma notícia que li. Acho que a fonte é Arial, mas não tenho certeza. Como não da pra colocar link aqui, só googlando msm.

      • Schnitzel Stone

        A Samsung era patrocinadora oficial do evento. Fim de caso.

  • Alvaro Carneiro

    Nada que a mídia impressa não faça a anos… Um caso de 14 ou 15 anos atrás:

    Uma empresa nacional de tecnologia NUNCA havia anunciado na revista Época (nem sei se existe ainda).

    Então um belo dia abro a revista e tem uma reportagem sobre o tipo de serviço que esta empresa prestava, e do nada a matéria tem um quadro colorido dizendo “testamos a empresa tal, muito boa legal, veja nossa experiencia”.

    E aí 5 páginas depois tem um anuncio desta empresa, pagina inteira, um anuncio pago, normal. E depois disso o anuncio se repetiu por mais algumas edições.

    Para mim foi óbvio ululante que trocaram um pacote de anuncios por um insert em uma matéria pré-escrita.

    Na época eu tinha um amigo que era um funcionário graduado da revista Época, comentei com ele por EMAIL e ele disse “impossível, foi só coincidência, isso não ocorre, etc etc” – mas depois na hora do chopp, perguntei de novo e ele ficou dando aquele risinho no canto da boca. No email ele nunca iria assumir, pois se vaza é demissão.

    O que fazem hoje nos sites é a mesma bagaça, e isso nunca vai acabar. Sempre vão dar um jeito.

    • Flávio Pedroza

      Vi um caso parecido com a revista VEJA, na época do boom dos PCs, saiu uma matéria metendo pau nos PCs “Frankenstein”, sem marca, que eram montados pela próprias lojas, com peças de qualidade duvidosa, segundo a matéria. E na página seguinte, uma propaganda de PCs de pagina inteira da HP ou DELL, não lembro a marca.

  • Queria falar sobre meu celular que tem uma câmera incrível que comprei com o melhor cartão de crédito do mundo.

    • …e que agora deve pra uma das maiores empresas de restrição de crédito da Terra.

      • Cocainum

        … e isso é ótimo! Não, pera…

        • Não pera, isso é ótimo, pois o cartão é dele e não meu. =P

          • Paulo Ricardo Schwind

            Checou teu extrato só para ter certeza que não é o seu cartão que ele usou?

          • O meu eu tenho certeza… tá na mão da princesa… T^T

  • Vinícius Silva

    Será que vão proibir o Cardoso de falar bem da SpaceX? Todos sabem que ele recebe um por fora pra fazer a cabeça dos leitores.

    • Ou isso ou tá preparando um currículo pra poder embarcar no próximo voo pra Marte.

    • Cássio Amaral

      Vish,verdade. O Elon Musk manda um cheque todo mês pro Cardoso pra falar bem da Tesla, e eu crente que os elogios eram genuínos. #cardosovendido

  • Sério que as pessoas mentem na Internet? Nossa estou chocado!
    Primeiro falaram que não podia mais acreditar na Globo e agora descubro que também não posso acreditar em tudo que está escrito na Internet!!!! :-}

    • PugOfWar

      “people lie”
      Cardoso
      Doctor House

  • kenji

    Off: nada contra os textos, mas a tradução anda um pouco estranha para alguns termos. Neste post, “testimonials”; em um dos anteriores, criminosos “convictos”. Just sayan.

  • Jorge Dondeo

    Quanta frescura. Deixa o cara anunciar a as pessoas decidirem se presta ou não. Se o produto é um lixo e o review foi bom, eu passo a não mais acreditar no cara, simples assim.

    • Alberto Prado

      Acho que dada a época que vivemos, muitas pessoas não vão questionar o fato como vc faz e vão acreditar cegamente da ‘celebridade’. O meme “Se está na internet, então é verdade” é de fato uma realidade.

  • Lucas Ambrosio

    Apoio.

  • Mr House

    Quero ver no mercado de jogos, que tem um certa empresa que lança jogos no console dela e no PC, e misteriosamente as notas do jogo do console, onde ela faz ‘marketing’ são sempre muito melhores que da versão PC onde ela não faz ‘marketing/publicidade’

  • Edgard Diniz

    Lembrei agora daquelas capas da Veja com novela (e outros programas) da Globo. E olha que naquela época a revista ainda não estava tão decadente quanto hoje.

  • Christian Oliveira

    Miriam Leitão é bom aplicar nos fundos de renda fixa? Mas responda depois dos comerciais!

    Santander e vc tudo a ver!

    Então continuando o assunto, sim é bom, mas apenas nos bancos de varejo e privados.

  • RôShrek

    Então quer dizer que eles mentiam para mim o tempo todo? Ainda bem que para as horas de depressão sempre tenho a companhia mais que verdadeira do Prozac!

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Saber que esse povo usa ads disfarçados me deu até dor de cabeça. Ainda bem que há Tylenol para resolver isso 🙂 .

  • Bruno Aveiro

    Só sei de uma coisa… essa imagem abaixo é uma declaração real que essa famosa apresentadora de TV utiliza esse renomado produto. Não se trata de uma propaganda.
    Hue

  • O Omelete Group vai falir…..

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis