A Ascensão e Queda da Theranos e sua fundadora, Elizabeth Holmes

elizabeth-holmes

O ditado “quando a esmola é demais, o santo desconfia” cai como uma luva na Theranos, uma startup fundada em 2003 com a promessa de “revolucionar o mercado de exames de diagnóstico”. Com apenas algumas gotas de sangue a empresa afirmava ser capaz de realizar dezenas de testes (oficialmente seriam 120, mas extraoficialmente dizia que o número podia chegar até 250), de diabetes e colesterol até câncer.

Ainda assim todo mundo comprou a ideia. Elizabeth Holmes, a fundadora e CEO da Theranos se tornou a queridinha do Vale do Silício, foi chamada de “a próxima Steve Jobs” e tudo mais. Só que o tempo passou, os resultados não apareciam e as perguntas foram se acumulando.

Hoje, além de falida Holmes está banida do setor de saúde. O que diabos aconteceu?

Para entender é preciso voltar a 2003. Uma jovem Elizabeth Holmes, à época com 19 anos funda a Real-Time Cures, posteriormente renomeada para Theranos após abandonar a faculdade de engenharia química na Universidade de Stanford (passo errado, eu diria). A proposta da startup era de simplificar o processo de coleta e realização de exames, bastando para isso algumas poucas gotas do paciente e não mais os seis frascos tradicionais. Para isso ela teria desenvolvido uma máquina de diagnósticos própria chamada Edison, um hardware em tese muito à frente das concorrentes disponíveis na época (e hoje) no mercado. A Theranos representava o fim das agulhas, bastava uma pequena picada tal qual a de máquinas para testes de colesterol/glicose e pronto.

blood-5

O curioso nessa história é que mesmo não tendo mostrado muita coisa, Holmes foi em pouco tempo elevada ao status de popstar do Vale do Silício. A Theranos recebeu ao longo dos anos cerca de US$ 700 milhões em fundos de investimentos para bancar a Edison, e foi avaliada pelos analistas em suntuosos US$ 9 bilhões. E por deter 50% das ações da empresa, Elizabeth Holmes se tornou a bilionária mais jovem do mundo fazendo uma fortuna de US$ 4,5 bilhões.

A menina-prodígio foi tratada como uma heroína, incensada e reverenciada por todos os lados. A Fortune a elegeu uma das mulheres mais poderosas do mundo. Holmes chegou inclusive a palestrar no TED:

EcowR Lab —”Lab testing reinvented” Elizabeth Holmes at TEDMED

Só que o caldo começou a desandar com o tempo. Conforme as agências reguladoras pediam mais dados sobre a Edison e a qualidade dos exames realizados, a Theranos ia se enrolando cada vez mais. Efetivamente ninguém nunca viu a tal máquina, uma pesquisa no Google Imagens por “Edison Theranos” não retorna nada. Para todos os efeitos, apesar das então afirmações de Holmes e sua equipe de profissionais o tal equipamento mal teria saído do papel, sendo incapaz de atender às expectativas.

O primeiro laboratório de testes da startup foi lançado em 2013, e as dúvidas começaram a se acumular. De lá para cá a CMS (Centers for Medicare & Medicaid Services), a agência norte-americana para saúde e serviços sequer conseguiu inspecionar a tal máquina, o que levantou sérias suspeitas de que a companhia de Holmes não só estava entregando exames realizados por equipamentos não-homologados, como também fazendo uso de tecnologia dos concorrentes e não a proprietária. Só que o pior (para a executiva) ainda estava por vir.

Elizabeth-Holmes1

A bomba estourou mesmo quando um ex-funcionário da Theranos resolveu jogar tudo no ventilador, revelando que a startup era incapaz de realizar testes precisos com equipamentos próprios, violando as leis federais para exames laboratoriais e mais: a Edison precisa de ao menos três frascos de sangue pequenos para realizar os testes a que se propõe, muito longe de apenas algumas gotas como o prometido. E mesmo assim a máquina só conseguia realizar cerca de 15 exames; o restante dependia de equipamentos de outras fabricantes, como a Siemens por exemplo.

A acusação caiu na mídia como um meteoro: embora a startup tenha rebatido as críticas dizendo que a Edison realizava mais do que 15 testes, ela não esclareceu quantos. Para piorar a situação a Medicare divulgou em janeiro erros nos exames supostamente realizados pela Edison — hardware que novamente, ninguém nunca viu. A Theranos prometeu adequar os exames mas aí já era tarde, a FDA, a procuradoria dos EUA e órgãos estaduais de saúde iniciaram intensos escrutínios na companhia e em seus dados até então apresentados, que eram basicamente vapor.

theranos

O mercado não perdoou. A Forbes reavaliou a Theranos, concluindo que a startup não valeria mais do que US$ 800 milhões de dólares. E como as ações de Holmes não são preferenciais (em caso de falência, os acionistas recebem sua parte antes dela) sua fortuna foi de US$ 4,5 bilhões para zero de um dia para o outro.

A executiva se defendeu como pôde, acusou a mídia e as agências de realizarem uma caça às bruxas contra ela e sua criação, mas a verdade é que ela não havia apresentado resultados concretos desde a fundação da empresa, e já era hora de justificar o investimento que recebera. Ainda sim Elizabeth Holmes acreditava que conseguiria reerguer a empresa, dar a volta por cima e fazer a tal revolução que ela tanto pregava.

Entretanto a CMS não concordou. Na última semana a agência decidiu por banir Holmes do setor de saúde, ela não poderá possui ou administrar laboratório algum pelos próximos dois anos. A decisão se estende aos funcionários da Theranos, a empresa foi multada (o valor no entanto não foi revelado) e a unidade em Newark, Califórnia terá o registro cassado. As sanções entram em vigor em setembro mas o laboratório está proibido de operar desde já, e é muito provável que os quatro laboratórios instalados no estado do Arizona tenham o mesmo destino.

hol0-011

Em comunicado na página oficial, a Theranos diz que assumirá as responsabilidades por seus atos falhos (embora possa recorrer da decisão da CMS, a empresa informa que não irá apelar) e que se compromete a corrigir todas as mancadas. mas não para por aí: as investigações paralelas e os processos individuais movidos contra a companhia prosseguem, e em última análise essa história pode acabar muito mal para Holmes.

No fim das contas, este é um caso que ilustra como o mercado corporativo funciona: Holmes foi canonizada por uma tecnologia que nunca mostrou a que veio, ela basicamente disse que tinha um unicórnio e os investidores acreditaram, fazendo de sua startup uma sensação com nada mais que vapor nas mãos. Por sorte a FDA e a CMS entraram em ação ainda que tardiamente, espertalhões no ramo da saúde podem colocar em risco inúmeras pessoas ao expô-las a situações e procedimentos que ninguém sabe como ou se funcionam.

Quanto à Holmes, só a veremos de novo (se ela assim desejar) em 2018. Boa sorte.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Diego Marco Trindade

    Assisti muito pouco Sylicon Valley, mas o que vi, caramba, como o pessoal joga com milhões em curto espaço de tempo e por idéias mal demonstradas…

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      É que eles presumem que tudo que consiga fazer sucesso lá vai dar muito dinheiro. Mas pelo menos quem deu o dinheiro foi esperto entregou mas podia pegar tudo de volta antes de ir tudo a merda, diferente do pessoal que investe em jogos…

  • Lucas Timm

    Se fosse no Brasil, a startup seria chamada TheranoX 😉

    • Kagarro

      E seria guiada pelos fundamentos precisos da astrologia.

    • Rômulo Catão

      Ou Telexfree.

      • Lucas Timm

        Telexfree, Monavie e amigos são esquemas de pirâmide clássicos. Poderiam ser comparados ao esquema Madoff, por exemplo.

        • tuneman

          Agora tem uma tal de SCI… eu aposto que essa desaba até o final do ano.

          • Kagarro

            Poxa… essa SCI ainda não apareceu por aqui ainda… já estou com saudades dessas pirâmides.

          • AHSOliveira

            Também sinto falta de ver carros com adesivos “Eu amo Telexfree” e outros sui generis, conhecidos chamando para entrar em um negócio sólido, seguro e explicando enésimas razão do porque não era uma pirâmide.

          • Lucas Timm

            “Quer emagrecer? Pergunte-me como”

          • Leonardo Figueiró

            Tava pensando nesse na mesma hora. ahahahahaha

          • Evandro

            E tem o Reici Club tbm, essa surgiu a pouco no interior de SP.

          • tuneman

            to olhando o site deles.
            colchoes magnéticos…., tão anos 90. hahaha

          • Evandro

            Tem a Wolkeb tbm, o video de apresentação deles mais confunde do que explica.
            E ouvi dizer que eles são uma empresa com sede no Panamá mas o site ta hospedado na Kinghost e o dono é de Curitiba, vai entender….

          • Theuer

            Isso é uma das coisa que eu curto no MeioBit, aqui a galera não brinca em serviço! hehehe

          • tuneman

            o panamá é uma cidade que hospeda muitos escritórios, mas ninguem trabalha neles. é quase tudo empresa pra lavagem de dinheiro.

          • Diego Marco Trindade

            Uma história de sucesso! (achei no site deles)

          • Lucas Timm

            pqp..
            Quando o @tuneman falou ali em cima eu não sabia do que se tratava. Agora com essa imagem e esse logotipo da maçã/bunda com SCI, reconheci: Abriu uma “filial” (ou escritório de um associado, ou alguma coisa assim) do lado da minha casa huahauha

            Vou abrir o bolão com o pessoal do prédio pra ver até quando vai.

          • Zé das Covi

            O esquema é ficar pesquisando sobre essas empresas , entrar com uma grana boa , ganhar dinheiro rápido e pular fora antes que de merda …

            porem não acredito que seja ” legal ” .

          • Lui Spin

            Se entrar no começo, dá para enganar bastante otário e ganhar uma graninha legal.

            Mas não seria legal nem moral fazer isso.

          • Só eu que imaginei um determinado “símbolo alemão da época da 2ª guerra” embaixo dessa ave?

            =X

          • Monstro Medieval

            Eu imaginei uma escola de samba do RJ, mas as águias da Portela são mais bonitas.

          • Não. Definitivamente não.

        • Rômulo Catão

          Monavie não conta cara, valorize a produto nacional.

          concordo com você que todos são esquemas clássicos de piramide como BBom ou Avestruz Master, mas a maioria das pessoas que entram não sabe disso, com certeza os investidores do esquema sanguinário também não sabiam.

          E quem é Madoff perto deu um cara que consegue vender um telefone usb de 30 reais por duzentos conto pra um monte de gente que ja estava endividada até o Therano.

          • tuneman

            uma ex colega de trabalho entrou nessa da Monavie…. e se fudeu!

          • Rômulo Catão

            conheço algumas pessoas que se fuderam nessa, apesar dos avisos.

          • Theuer

            O pior é que as pessoas que se ferraram nessas, se esforçaram para isso.
            Investir em um novo negocio qualquer sempre requer dinheiro, mas uma coisa é você gastar 10K em roupas para sua nova lojinha, outra é gastar 10K em cotas virtuais de créditos de sei lá o que desses TelexFree e similares.
            Que nojo dos que fazem dinheiro fácil enganando a galera.

          • tuneman

            aqui ainda ocorre muita fraude do “conto do bilhete”.
            é lamentavel, mas tem gente que só pensa em dinheiro facil.

          • Theuer

            Justo.

          • Lui Spin

            Eu não consigo ter dó não.

          • Carlos Mafort

            Fazendas Boi Gordo?

        • Cássio Amaral

          Exato. Pirâmide, esquema de Ponzi, marketing multinível: tudo modelo de negócio não-sustentável. E as pessoas no Brasil continuam caindo, senão não brotava um novo esquema a cada dia.

      • Lui Spin

        Hinode

    • Carlos Lonardeli

      Só eu que associei o X a outro “conglomerado” empresarial???

      • Lucas Timm

        Era essa a referência, mas né

      • Não entendi a piada. Tão falando da SpaceX? Mas ela não é do Brasil. Expliquem-me, please.

        • Rômulo Catão

          ele esta falando do grupo EBX, do eike batista, que foi financiado a partir da promoção de campos de petróleo improdutivos vendidos como se fossem espetaculares.

          a amaioria entendeu a referencia, mas piramide financeira é algo que da piada melhor.

  • Kagarro

    Incrível essa história… Será que desde o começo ela já sabia que a máquina milagrosa não iria funcionar e ficou apenas enganando todo mundo? Ou será que ela realmente acreditava que tinha conhecimento suficiente para criar uma máquina tão avançada?

    • tuneman

      Eu não duvido que ela tenha criado um “conceito”. Tipo aquelas árvores artificias ou folhas artificiais que já apareceram no gizmoda….
      Aí vieram os investimentos….

    • Kagarro na credibilidade da loirinha…

    • Já dizia Carl Sagan: “alegações extraordinárias exigem provas extraordinárias”.

    • Lui Spin

      Creio que seja um misto dos dois.

      Ela queria enganar o povo e ao mesmo tempo acreditava que podia enrolar todo mundo até a parada der certo. E se não dar, ganhar um bom dinheiro e ser feliz.

  • Loura Má 2?? Apesar da história ser diferente, eu vi um deja vu adulterado

  • Davi

    Acho que essa menina estava lá em Stanford e ao invés de estudar balanços de massa e energia e fenômenos de transporte igual a um fanático do ISIS, como qualquer outro estudante de Engenharia Química (fui um deles e sei do que falo), ela resolveu ler o livro “O X da Questão – A Trajetória do Maior Empreendedor do Brasil” (sic), e resolveu seguir o mesmo modelo de negócio do ex-bilionário-top10-da-Forbes-e-ex-amigo-do-Lula, vendendo fumaça e coletando o dinheiro dos otários que achavam que ela era um gênio.

    Se ela tivesse ao menos terminado a faculdade, e esperado mais uns anos para ver como que o Mr.X iria alcançar sua derrocada, quem sabe hoje ao menos não estivesse a beira de enfrentar uma penca de processos e talvez até ir para a cadeia….

    • Lucas Timm

      E semelhantemente, um monte de idiotas investidores continuaram colocando dinheiro após sucessivos resultados ruins…

      Esperar que o primeiro resultado de uma empresa seja bom é miragem. Mas aí um monte de laudos apontando a inexistência dos produtos (petróleo/máquina Edison) e o caô rolando solto, na boa: Tem mais é que se f()der mesmo. 🙂

      Nunca esquecerei a entrevista do Eike Batista no Manhattan Connection, quando eu ainda tinha TV lá por 2010/2011. O Diogo Mainard destruiu ele, e a manada bucéfala de admiradores do maior empreendedor do Brasil foi chorar muito no twitter, porque onde já se viu falar do Eike Batista? Well… 😛

      • Theuer

        Bem por aí…
        Parece que quanto mais informação se tem sobre as coisas, menos alguns querem acreditar nelas.

      • Rafael Rodrigues

        O caso do Eike é realmente impressionante. As ideias eram excelentes, tanto que muita coisa do desmonte do grupo foi comprada e posta a funcionar.

        Mas fazer tudo junto ao mesmo tempo agora foi um erro enorme. Ser “enganado” e arrematar blocos refugados da Petro foi um erro que à época falei com um colega: “Ou esse cara é um gênio ou só tem tonto na Petrobras”. Tentaram me convencer da ideia estapafúrdia de que ele seria “amigo” do governo e por isso teve acesso aos tais blocos. Balela.

        Realmente, as maiores empresas do grupo, OGX e OSX, eram vapor. Talvez até possa ser dito que foram usadas justamente para puxar o capital, posto que eram de longe as que envolveram as maiores captações de grana pelo mundo.

        • Davi

          O que não gosto é que ele seja chamado de “empreendedor”, pois empreendedor para mim é quem realmente tem o interesse e capacidade de criar empresas que pretendem durar, e gerar empregos.

          Agora se quiser chamar o Eike de “grande especulador” eu concordo, pois o que ele fazia era começar empresas, ou embriões de empresas, ou projetos de empresas, ou só uma bela apresentação de PowerPoint para pegar otário mesmo, e alavancar com grande marketing para conseguir colocar um monte de dinheiro naquela pseudo empresa, e aí vender o mais rápido possível.

          Acontece que ele conseguiu fazer isso bem basicamente com a MMX, pois a MMX de fato TINHA um ativo de valor, que era o mapeamento das reservas brasileiras que um dia foram propriedade intelectual da Vale do Rio Doce quando esta ainda era estatal, e que o papai do Eike carregou debaixo do braço quando saiu da mesma – história essa que não é minha, mas que é bem conhecida no meio de mineração, meio no qual já trabalhei.

          As demais nada mais eram que um esquema de pirâmide por si só, onde a OSX, o Porto do Açu e etc. só existiam porque receberam “contratos” da OGX, que era o carro chefe fictício que puxava todos os demais investimentos. Só que para vender a OGX não era tão fácil, uma vez que ele tinha que mostrar ALGUMA coisa de valor ao menos, nem que fosse apenas o “primeiro óleo” – que como sabemos hoje nunca veio, ele não conseguiu vender, e com isso toda a pirâmide começou a desabar, com as empresas perdendo sua alavancagem e seu valor irreal de mercado de um dia para o outro.

          A derrocada foi quando ficou claro que para conseguir fazer tanta falcatrua tão rápido, ele molhou muito a mão da rapaziada de São Bernardo, e obteve muita informação privilegiada e ajudinhas para suas jogadas na bolsa. Aí os políticos fizeram o que fazem sempre – fingiram que nem o conheciam, e deixaram ele se ferrar sozinho.

          Em resumo, um investidor, um especulador de grande porte, Ok. Empreendedor é o Antônio Ermírio, é o Silvio Santos, era o José de Alencar – caras que ergueram grandes grupos que perduram por muitos anos, e tem isso no sangue de verdade.

          • Rafael Rodrigues

            Uma correção: A derrocada de Eike nada tem a ver com “a rapaziada de São Bernardo”. Dá para termos opinião política sem associar tudo de errado ao PT.

            Já disse ali em cima que quem chorou na mão do Eike foi o Mubadala. Mesmo os milhões (não foram bilhões) que a Caixa lhe emprestou, tiveram como garantidor o Santander, que precisará ajoelhar no milho em algum momento.

            Eike caiu quando cometeu crime na Bovespa. Em 2 semanas vendeu devagarinho milhões em papéis da OGX para ao término desse período liberar Fato Relevante que ele já tinha (e especulou com isso ao vender já sabendo): As reservas de Tubarão Azul simplesmente inexistiam e o relatório da DW, que é uma empresa certificadora de poços foi lido com mais atenção. Descobriu-se então que ele ali vendeu castelo de areia.

            Outro ponto é que ele assinou uma opção de compra de papéis a R$ 6,00 no valor de US$ 1 bi. E o conselho também incorreu em crime contra os acionistas ao não exercer essa opção em caso de necessidade.

            Sobre os projetos, repito: Não são miragens, o tal superporto nem juntou poeira na prateleira no momento de ser vendido. Foi pra mão de gringo e está a todo vapor. Como você bem disse, o mesmo na MMX e Eneva. As reservas no exterior que a CCX possuía também foram negociadas a bom preço.

            Eike foi criminoso. Por muito menos estaria preso se nos EUA estivesse. Não por má gestão ou por vender ilusão. Comprou quem quis, mas o negócio tem regras e a transparência é uma delas. Quando ele recebeu o relatório dizendo que era pó, era obrigação dele libera Fato Relevante no mesmo momento. Não o fez e se aproveito para desovar papel antes da queda. No fim do dia da divulgação da notícia a empresa já valia um terço a menos. E a tendência de queda do papel só acompanhou.

            Outra coisa que não se fala tanto é a participação de corretoras e da mídia na criação do monstro. Quem entrou com a bunda no negócio foi quem comprou ação mas e quem deu como target price da OGX valores fabulosos na casa de vinte reais? E o Bradesco que mandou comprar? E o Deutsche Bank que disse que era recomendação de compra? Ninguém ali lê balanço? Ninguém ali sabia o mínimo de contabilidade para interpretar um BP ou DRE?

          • Davi

            Então… de fato ele caiu por conta da denúncia da CVM com a operação ilegal que fez com ele tivesse lucro de… 80 e poucos milhões! Valor irrisório para ser arriscar, tendo-se bilhões. Isso foi só o “imposto sonegado de Al Capone” dele, o pequeno deslize que a justiça usou para poder pegá-lo.
            A relação dele com a rapaziada de São Bernardo passava é pelo BNDES. Essa relação aparentemente ainda está para ser esclarecida, quando as denúncias da Lava-Jato avançarem sobre o banco. Quem sabe quando sair a denúncia do Marcelo Odebrecht, as jogadas do BNDES começam a ser esclarecidas…

          • Rafael Rodrigues

            Afirmar isso é estar em falta com a verdade. OGX nunca pegou dinheiro com o BNDES. Aliás, perto da relação com fundos privados e bancos privados, mesmo que se some TODAS as empresas do grupo, a exposição dos bancos públicos ao grupo EBX é muito baixa e na maioria das vezes com garantidores privados.

            Eu acho que isso desmonta o surrado argumento de “amgio do Rei” que usam no caso.

      • Cássio Amaral

        Mainard é foda, às vezes assisto o Manhattan Connection só pra ver ele destilar o veneno. Acho que ele escrevia uma coluna na Veja, sempre com críticas interessantes. Aliás, o programa em si é muito bom.

        • Lucas Timm

          oantagonista ponto com 😉

          Em 13 de julho de 2016 15:00, Disqus escreveu:

    • Mas esse amigo do Lula conseguia estocar a fumaça? Se sim era um passo pra tecnologia de estocar vento… =P

      • Bruno Renostro

        É possível estocar vento, ar comprimido nada mais é do que vento(ar) estocado.

        • Davi

          Hummmmmm, não. Vento é ar em movimento, e o que ele tem de importante para a geração de energia é exatamente a energia cinética que ele dispõe quando está em movimento, e transformar essa energia para elétrica (turbinas) ou trabalho (moinhos, por exemplo).

          Ar comprimido até pode carregar energia potencial para se transformar em cinética quando expandido, mas lembre-se que para comprimir o ar você vai gastar mais energia do que a que poderá ser gerada por sua expansão depois…

          …em resumo, por favor, não tente dar sentido para as bobagens que nossa “querida” ex-presidentE falava, porquê isso é tarefa mais que ingrata.

          • Flávio Pedroza

            Mas justamente, ela disse que NÃO era possível estocar vento.

          • Rafael Rodrigues

            A retórica da Dilma é pífia. Óbvio. Mas ouvindo todo o seu pronunciamento percebe-se o sentido do que ela disse.

            E o que ela disse naquele pronunciamento FAZ muito sentido. Mesmo com a oratória péssima que ela tem. E eu inclusive acho imperdoável que ela não tenha feito um coaching sobre isso antes mesmo da primeira eleição.

            Mas eu ainda acho melhor escutar a Dilma falando mal, a ouvir o Temer dizer que “não pretende ser candidado em 2018”. Não pretende porque não pode.

            Ou ouví-lo dizer que “não mexerei na LavaJato” e saber que já temos 2 delegados afastados perigando a própria delegada líder da operação ser removida.

          • Davi

            Tenho dó de quem ainda tem a pureza de acreditar em ideologias politicas nesse país, em uma semana em que quase se viu no Congresso uma coalização PT e PSDB (??), para apoiar a eleição para presidente da Câmara do filho do Cesar Maia (?!?!?), do DEM (?!?!?!?!?!?!?!!!).
            Se depender de mim, TODOS, sem exceção, vão presos, pois não enxergo um sequer que não tenha um esquema para se locupletar do meu suado dinheirinho. O mais bonzinho vende a mãe fácil…

          • Rafael Rodrigues

            Essa foi pra acabar mesmo. Concordo com a ideia de punir todo mundo que erra.

            O que me deixa irritado (de verdade) é existir um viés onde o executivo federal anterior era bandido, o novo, não.

            Isso sem contar os executivos de RJ e SP, onde o descalabro é muito, muito pior…

    • Rafael Rodrigues

      O bancana é que a maior cravada bilionária (em dólares) do Peruca™ foi em cima do fundo Mubadala, que de centro-esquerda não tem nada.

  • Samuel

    Não é só no meio corporativo. Todo dia tem um caso que mostra como perdemos o senso de julgamento. É um hyper atrás do outro. Nossos avós (que gostavam de comprar “uma terrinha” para investir o dinheiro) iriam fazer essa análise toda antes de acreditar no conto de fadas dessa menina. Diriam: “desse mato não sai coelho”.

    • Kagarro

      “nem cachorro”

      • Theuer

        A não ser que a ROTA participe das buscas… 😉

        • Matheus Mauro

          hahahaha essa piada é ótima

          • Theuer

            Nunca envelhece.

        • Rafael Rodrigues

          Conheço a versão carioca com o BOPE, com direito a saco e cabo de vassoura. Igualmente impagável.

          • Theuer

            “Estudante sabe voar?!

      • Daniel

        nem mais dinheiro…

  • Samuel

    Podia ao menos terminar a faculdade e fazer uma especialização

  • Samuel

    Gogoni, vc esqueceu de citar no texto como citar frases de efeito no palco do TED faz os investidores abrirem as pernas…

    • Kagarro

      essas frases são que nem cheats dos jogos… xitando na vida real :S

      • Julio Verner

        Aprendi com Silicon Valley: “Fazer do Mundo um lugar melhor”. 😀

  • paulokdvc

    Na boa, essa é a mesma história que uma vez eu comentei aqui. Como uma empresa patenteia uma ideia sem ter nada, absolutamente nada nas mãos, ou ainda, mostrar?

    Juro, sempre pensei que p/ patentear, você deveria ter uma amostra real, e não uma “ideia”. Acho incrível até mesmo aquela bateria que carrega sei-lá em quantos minutos o celular, tipo uma garota cria e mostra, mas uma outra empresa teve a “idéia” sem nada concreto e resolve pensar em processá-la, já que possui a tal patente.

    • tuneman

      a patente depende da legislação de cada país, inclusive para a validade dela.
      alias, nos USA a justiça é rápida, então aceita-se qualquer porcaria de patente e as empresas que resolvam as disputas nos tribunais.

      • Rafael Rodrigues

        Você está usando a cartinha do “it’s not a bug. it’s a feature”.

        Sério, existem coisas que nos EUA funcionam mal. Funcionam até pior que no BR. Não dói aceitar.

        • tuneman

          isso mesmo.

    • O sistema de patentes americano é a maior piada do mundo. Veja que a Microsoft patenteou o Virtual Desktop usando imagens do Gnome (software criado para Linux)! E sim, a patente foi aceita. Se não me engano um cara já patenteou o teletransporte. O sistema de patentes brasileiro é algo que inacreditavelmente serviria de modelo, pois você precisa mostrar a viabilidade do projeto, através de um protótipo mínimo.

      • Rafael Rodrigues

        Lá nego patenteia até blueprint. Impressionante mesmo. Beira a má-fé.

        • Flávio Pedroza

          Muitas vezes é má-fé mesmo. Tem gente que vive disso, arruma uma patente genérica, às vezes apenas um conceito, e exige pagamento de royalties para quem usar.

    • Zaaboo

      Patentear faz parte, é o movimento mais natural. Aqui no Brasil não é tão simples. Mas o que me surpreende é nego colocar dinheiro pesado em Vaporware. Seque um protótipo funcional havia sido apresentado.

  • Ainda sou mais a Marissa Mayer… coisa linda…

    • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Seria uma pena se não fosse a Marissa Mayer.

      • Não estrague meus sonhos molhados… =P
        Quando procurei achei essa única foto dela não tão comportada, se tava na internet só pode ser verdade… =D

        • Zaaboo

          É loira. Tá valendo.

    • PugOfWar

      pelo menos ela saiu com o dinheiro

    • Daniel

      Salvar imagem como…

    • Le Zuero

      Essa, o cara lambe até o pé da cama.

      • Se tivesse que começar por lá pra chegar nela, começava lambendo lá do corredor…

        • Le Zuero

          Da porta do condomínio…

  • Juaum

    Aqui no na República do “HUEHUE”, o caso mais parecido é o da tal pílula que cura o câncer.

  • achsanos

    “O curioso nessa história é que mesmo não tendo mostrado muita coisa, Holmes foi em pouco tempo elevada ao status de popstar do Vale do Silício.”

    Pra se tornar popstar: um rostinho bonito, uma assessoria absurdamente materialista e uma montanha de dinheiro alheio de gente que confunde forma com conteúdo. Nesse ponto deu tudo é muito certo.

    O curioso não foi ela não ter mostrado nada, curioso foi o Vale do Silicio ter comprado esse nada. E vamo combinar, foram os olhinhos azuis dela que bancaram a capa da Forbes, e mais nada.

    • Diego Turco

      anham… o que mais tem é “startup” lixona que promete maravilhas e entregada merda nenhuma recebendo aportes e mais aportes financeiros. Empresinha que se acha r-e-v-o-l-u-c-i-o-n-á-r-i-a mas que, sem tais aportes têm a saúde financeira de um favelado drogado em dívida com o tráfico.

      • cloverfield

        Tem um episódio de South Park que mostra bem como isso funciona.

  • Diego Turco

    Mais uma história maluca, dessa vez estrelado por uma retardada que só chegou onde chegou pq vivemos numa sociedade bizarra que cultiva esses monges da euforia promovidos pelo secularismo liberal do ocidente. O mais bizarro é ver que ela foi chancelada por uma dezena de publicações supostamente bem reputadas.. Até por aquele projeto de auto-ajuda visual chamado TED cujo 90% dos vídeos não passa de gente idiota como essa maluca ai, que só consegue enganar outros idiotas sem um mínimo de senso crítico, loucos pra aplaudir de pé a “próxima grande coisa”.

    • Erick Carvalho Campos

      Isso que me deixa puto da vida! Uma determinada mídia ou empresa dita especialista em ratings vai lá e constrói um frenesi imenso ao redor de um nada, aí as pessoas compram a ideia.

      Depois vem as mesmas midias e empresas ditas especialistas em rating depois que tudo dá errado desqualificar o que promoveram?

      Será que as pessoas não percebem que o principal problema é o mensageiro do apocalipse da razão? Essa Forbes e a Standard and poor’s tão toda hora repetindo isso e as pessoas continuam dando credibilidade.

      • Vocês são muito pessimistas e falam muita marolinha metida a bom argumento. Já beberam o dolly de hoje??

  • Theuer

    Será que veremos uma interdição do prédio “THERANOS” na abertura da próxima temporada de Silicon Valley?
    Junto com Yahoo!

  • Tem muita gente que ainda compra vaporware, especialmente quando tem um bom marketing e um rostinho bonito. Não seu porque me lembrei do agora do Yahoo! …

  • rodrigo

    Qualquer um de roupa preta e gola rolê é o novo steve jobs agora

    • Diego Marco Trindade

      E óculos redondo.

      Aliás, falei para um cara esses tempos que ele parecia o Steve Jobs, acho que ele pensou no Steve canceroso, pq esse cara era gordo e tava bem magro…

  • JackChanBiPOLAR

    Ela pode fazer sucesso e faturar um belo dindin ainda em uma empresa chamada Brazzers™…

  • PugOfWar

    aqui na banânia temos a fosfoetanolamina.

  • Zaaboo

    E tem gente que fica chateada quando o projeto de jogo do Kickstarter não rola. Imagine quem investiu dinheiro nesse barco. Hahaha.

  • Wilter Monteiro

    Location location location… Carinha bonita + discurso progressista = bilhões nos EUA. Enquanto que no Brasil tu pode ter a melhor ideia com toda a fundamentação técnica que vão cagar pra tu. A menos que tu seja da turminha dos playboys da PUC que investem neles mesmos (entendedores entenderão) ou tu queira um “emperstimo” pra comprar aquele carrão com aquele preço brasileiro, tu tem mais que se fuder com sua ideia empreendedora que ajudará a sociedade. Salvo raríssimas exceções.

    • Claudio Emilio

      vivo dizendo isso… Agora me digam: como , lá nos EUA ainda dão muuuito dinheiro e credibilidade pra esses tipos de Donald´s Trump’s?? Eles inventam qq coisa,falem, não pagam ninguem, depois fazem acordos e continuam a vida como se nada tivesse acontecido??

  • Paulo Lemes

    Que voz feladaputa de feia.

    • Hugo Vinícius

      pqp! vi o video so pra ouvir a voz dela.

      ta louco, que voz feia!

    • Cássio Amaral

      Tá doido, deve ter gogozão ali, só pode! Loirinha dessa com voz grossa kkkk

  • Pedro Henrique

    Lembrei de Silicon Valley… é tudo verdade? Kkkk

  • lordtux

    Rindo muito com essas capas, impressionante quanta gente foi enganada.

  • Jeferson Leite Borges

    E assim surge o próximo supervilão que manipula o sangue.

  • Arnoud Arnoud Rodrigues

    Mas o Mercado não resolve todos os problemas? :-O

    • Rafael Rodrigues

      O leitor do Constantino ou Mises ainda bradará que o Estado está muito inchado, perdendo tempo nesse tipo de fiscalização. “Deixe o mercado se regular sozinho.”

      • Ué? Entrou agência reguladora norte-americana e tudo quanto é porra do Estado para IMPEDIR o andamento do projeto da Holmes e vocês não falam nada! Não vi livre iniciativa nessa história toda. Já pensou se ela votar e mostrar que a porra toda era possível e de verdade? Como os senhores sentirão-se? Julgar é fácil, mas olhar pro próprio julgamento os senhores não querem!

        • Rafael Rodrigues

          Se ela voltar E provar que funciona, OK. Sobre o resto da sua resposta, acho que você deveria ter entendido a ironia.

  • Le Zuero

    Discípula do Eike Batista.

  • rbsouto

    Por isso o Elon Musk é admirável. Ele fala e apresenta resultado.

    • Em parte. Ele enrolou anos para apresentar o Roadster como protótipo final. Porém, como você disse, ele pode enrolar o quanto for possível, mas sempre mostra resultados.

      • rbsouto

        É verdade. Achei um documentário que conta esse período. Ele desperdiçou muito dinheiro mesmo. Tanto que a Tesla quase afundou de vez e ele usou tudo o que tinha. Tipo all in no poker.

        • o investimento de 70 milhões de reais na Tesla evaporou. Depois aplicou centenas de milhões novamente e evaporou. Num golpe de “sorte” conseguiu botar os funcionários da empresa para vender o Model S, aí que veio o milagre.

          • rbsouto

            Mostra como é difícil começar ou revolucionar empresas que necessitam de muito capital para dar certo.

            Imagino que seria o mesmo para começar a fabricar aviões. Software é interessante porque é uma indústria “barata” para começar.

  • Aluísio de Paula

    Belo texto. Sobre a frase “espertalhões no ramo da saúde podem colocar em risco inúmeras pessoas ao expô-las a situações e procedimentos que ninguém sabe como ou se funcionam.”, eu diria que espertalhões nos ramos da autoajuda-me-a-mim-mesmo, da empreendedorice desembestada, do sonhar-acordado-até-4-da-madruga-criando-pitch-pra-falar-no-boteco-ou-nos-grupinhos-de-startup-das-mídias-sociais também colocam em risco a saúde física e emocional das pessoas. Exibição é tudo. Pelo visto, todo mundo adora sem passado pra trás, do coitado que sonha em ser o jóquei do próximo unicórnio aos investidores em busca de mais holofotes e dólares “fáceis”.

  • Julio Verner

    HAHAHAHAHA
    E as revistas? Vão confiscar a grana arrecadada com venda de Propaganda? DUVIDO.
    O mundo continua girando, e continua com 90% de idiotas.

  • “O curioso nessa história é que mesmo não tendo mostrado muita coisa, Holmes foi em pouco tempo elevada ao status de popstar do Vale do Silício”

    Isso não lembra outra pessoa?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis