Anatel não vai impedir operadoras de limitarem o acesso à banda larga fixa

internet

<vozdeveludo>E a sua novela menos favorita “O Direito de Conectar” continua…</vozdeveludo>

Francamente, o que a Anatel fala não se escreve. Depois de determinar que as operadoras de telefonia fixa ficavam impedidas por tempo indeterminado de colocar em prática qualquer tipo de limitação nos planos de banda larga fixa por tempo indeterminado, o presidente da agência João Rezende novamente veio à público para promover nova celeuma: segundo ele a Anatel não irá impor qualquer tipo de restriçaõ, limite ou controle às operadoras que desejarem podar o acesso de seus usuários, alegando mais uma vez que tal prática é benéfica ao setor.

Tudo começou quando a Vivo anunciou no início do ano que passaria a impor um limite na banda larga fixa, com a Anatel observando de perto e dando a bênção. Rezende o outros representantes da Anatel fizeram uma série de declarações alegando que a prática seria vantajosa não só para as empresas como também para o consumidor, utilizando-se de uma série de falácias como “quem consome mais prejudica quem consome menos” ou que os gamers eram os principais culpados pelo alto tráfego “por ficarem jogando online o tempo inteiro“, como se a internet fosse uma coisa finita.

Pois bem, a tal lorota da vantagem para quem consome menos não se sustentou, já que não só a Vivo não tinha planos de lançar planos mais baratos como já analisava desde o início a criação de pacotes novos ilimitados que obviamente serão mais caros do que os atuais, que passarão a ser limitados. No fim das contas a Anatel, para não ficar muito feio impôs um bloqueio de 90 dias (depois disso, estaria tudo liberado) e só depois, por sofrer pressão de todas as direções (inclusive do Senadoinstaurou a proibição por tempo indeterminado.

facebook

Só que como somos vacinados para esse tipo de coisa sabíamos que não ficaria só nisso. Pois bem: durante o 8º ISP, um evento realizado pela Abrint (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações) nesta semana em São Paulo, Rezende mais uma vez veio em defesa das operadoras puxando o tapete dos usuários, ao dizer que a Anatel descartou qualquer tipo de regulamentação, limite ou controle sobre os planos das operadoras para a banda larga fixa. O presidente da agência citou a legislação vigente, e que como ela não prevê nenhum tipo de empecilho do tipo, “interferir nos modelos de negócio seria um desincentivo à expansão de rede”, segundo o próprio.

Já o secretário de inclusão digital e internet do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) Maximiliano Martinhão ficou em cima do muro. Ele diz que a decisão da Vivo em silenciosamente mudar os planos de banda larga fixa foi “uma falha de comunicação muito grande”, fazendo com que a polêmica se alastrasse “como rastilho de pólvora”:

Os usuários viram a possibilidade de o contrato ser alterado, sem que pudessem opinar ou entender o verdadeiro impacto e quando se toca em algo essencial, é natural que as pessoas se posicionem do jeito que fizeram.

Ao mesmo tempo Martinhão diz que o formato de hoje não é ideal porque não favorece investimentos, e que toda a situação foi benéfica para se criar um impasse e um cenário que fomente a negociação em busca de um modelo que agrade a todos:

O fundamental é que o consumidor não seja prejudicado nesse processo — abusos não serão tolerados — mas é preciso entender que o setor tem que ser rentável para que os investimentos possam ocorrer.

Eu discoro principalmente por um motivo: as operadoras já lucram horrores pela falta de concorrência e não investiram nos últimos 20 anos no setor por ganância, a fim de maximizar os ganhos; agora que o gargalo se estreitou estão jogando a culpa nas costas dos consumidores, obrigando-os a pagar por pacotes de dados caros e com franquias ridículas. E vale lembrar que o Brasil é o país com a pior relação custo/benefício em internet do mundo principalmente pela oferta ridícula de operadoras, sem falar na Anatel bancando a babá quando ela trai sua missão primordial de defender os interesses do consumidor, e não os das companhias.

O que fazer?

Sei que estou me repetindo mas lá vai: o único método que funciona é pressionar quem está no poder. Encontrar os contatos de deputados e senadores é até bem fácil e com o Senado meio fulo com Rezende, o momento é ideal. Mandem e-mails, liguem, escrevam mensagens no WhatsApp, Twitter, Facebook, mas encham o saco mesmo mas sem xingar, sem panelaço, sem protesto e sem abaixo-assinado no Avaaz, pois nada disso adianta.

Vale mencionar também que o Senado está veiculando uma enquete pública para saber a opinião do consumidor. São só cinco perguntinhas simples, é rapidinho, respondam e compartilhem.

E novamente, estas são as operadoras que por enquanto estão jogando do lado do consumidor:

Fontes: Convergência Digital e Valor Econômico.

Relacionados: , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Que saco é viver num país de 18o mundo 🙁

  • Maom

    Ainda bem… Deus me livre ter que me preocupar onde investir os 300 reais a mais que vai me custar a internet “melhorada” e limitada do futuro que a anatel está defendendo, à pedido das pobres operadoras que estão assustadas pela Netflix que está fazendo seus planos de tv por assinatura, infestados de propaganda, que custam 400 reais serem varridos do mapa.
    Não vejo a hora de pagar uns 400 reais de internet fixa em casa pra poder fazer a minha parte e mandar dinheiro para a Espanha, México e demais países que são acionistas das operadoras de internet e tv aqui no Brasil. VIVA!!!

    • Salles Magalhaes

      VIVA!!! –> VIVO!!!

      • Super Suporte

        ou seja, comprovado ILLUMINATI!

    • Jack Silsan

      E ainda reclamam que o Netflix causa evasão de divisas. Caras de pau! #CancelaJá!

  • jairo

    Passou da hora da PF efetuar uma bela de uma “auditoria” no conselho da Anatel , a (falta de ) atuação deste órgão é muito suspeita.

    • Kagarro

      tenho a leve impressão de que o patrimônio dessa galerinha não condiz com o salário ¬¬

      • Eita… Kagarro na “honestidade” e “credibilidade” dessa galerinha “idônea” que está comandando a safada e ordinária da ANA(L)tel…

    • Daniel

      Só de inicio Se a anatel é um órgão o presidente dela é um câncer que já fez metástase pelo país todo…

      • jairo

        Não , é aquele órgão que bota na bunda de todo mundo.

    • DiMais

      tá quase fechando as portas porque tá sem dinheiro (R$14,00 em caixa, segundo li em outro site por aí)

    • Tiago Morais

      Taí um bom número pra grampear rsrsrs
      #PolíciaFederal

    • Há alguns anos cogitaram abrir uma CPI da Anatel. Inclusive tinha (não sei se ainda tem) uma lista de discussão do Yahoo sobre o tema.

      Mas se bem que CPI e nada são as mesmas coisas.

  • Minatonami

    já que ele é tão contra regulação, que lute pra que seja tirada a tonelada de burocracia que impede concorrentes de entrar no mercado ¬¬

    • nerddiaries

      Esse é o ponto! Não precisamos de uma Anatel “mãezona”, que vai impedir as operadoras de serem malvadas. Por outro lado, precisamos que outras empresas tenham chance de oferecer algo melhor do que esse serviço porco que nos é prestado hoje.

      • Ivan

        Com Anatel “mãezona” das operadoras fica dificil.

  • Bruno

    Anatel sendo Anatel, a eterna protetora do direito das operadoras.

  • Evandro

    Aqui em Montenegro-RS assino a GTC Telecom que também não limitará a banda.

    • Marcogro®

      E as grandes vão ficar assistindo? Demora muito vai ser absorvida…

  • fenixcload

    a solução e simples limitou cancela

    • Daniel

      Cancela e fica com o que? a novela da globo?

      • Junior Capitanio

        games single player, não nos vemos a uns 10 anos, estou voltando amigos.

        • Daniel

          Isso eu tenho que concordar, eu também tenho alguns que gostaria de jogar, mas insisto não é tão simples assim. Se fosse apenas por entretenimento daria, mas estar on-line é necessário para muitas partes da vida hoje em dia. No meu caso particular, além de toda forma de entretenimento (música, jogos, filmes, blogs) tem a parte financeira, tem a questão dos estudos, do trabalho. São poucos os dias que não acesso a rede, e em TODOS os cenários imagináveis para mim, a franquia vai ser PÉSSIMA, no melhor dos casos vou ter que pagar mais para ter o que tenho hoje e pago caro, e não acredito que para outras pessoas também seja muito simples ficar off-line por digamos 3 meses.

    • Não se tem “concorrência decente” ou mesmo concorrência em muitos lugares… ou seja, não temos opção nem pra onde correr se fizerem isso…

    • Isso….
      No trampo terá de ser ilimitada, baixo o que precisar de lá…. vivemos tanto tempo sem Internet… o que é voltar pra Idade das Trevas de novo? Frescura!

  • ochateador

    Daqui a pouco as reclamações contra operadoras aumentam 50x e a quantidade de processos aumenta 20x.
    Quero ver como vai ficar para as operadoras.

    É um ótimo momento para procurar consultorias jurídicas para saber como meter porrada nas operadoras para elas aprenderem a fornecer um serviço de qualidade.

    • Daniel

      Da mesma forma que agora, isso é algo ao qual elas já estão acostumadas e sabem lidar muito bem (reclamações e processos), o que mudaria algo é o povo fechando as ruas contra essa decisão. Nada que uns protestos no país inteiro não resolvam…

      • DanielBastos

        Acho que vão ignorar da mesma forma. Teria que ser uma parada tipo greve geral.

    • Wilter Monteiro

      Já processei a claro, e agora estou processando a net, pois mudei pra Tim.
      A realidade: essas empresas contratam escritórios de advogados de quinta categoria para se defender do seu processo, que aliás, é julgado por um juiz leigo (que não é magistrado).
      Cada um desses imbecis decide uma coisa diferente e no máximo tu vai ganhar uns R$ 2000. Troco de pinga da operadora. A decisão aind varia de vara pra vara. Meu advogado, que já está acostumado com esses processos, já sabe qual vara é boa e qual é ruim, em termos de pagamento.
      Concluindo, temos uma justiça sem juízes que chegam a conclusões arbitrárias, só dependendo da vara.
      Ou em vez de ir para pequenas causas, você pode deixar uma herança pro seu filho entrando no tribunal civil.
      Será mesmo que “ir pra justiça” adianta?

      • ochateador

        Vixi, mas é tão ruim assim ?

        • Wilter Monteiro

          Sim, é ruim e pior do que eu disse. É que resumi… Rsrs RS…

          Nos EUA tu fuma a vida inteira, pega câncer, processa e ganha um dinheirão.

          No Brasil, você contrata uma operadora, que não te entrega o prometido, você fica 6 meses com o problema, precisando do serviço, pagando e sendo enganado.

          Aí resolve processar e ganha 2 conto com sorte.

  • Wilter Monteiro

    Concordo em tudo escrito no texto e lamento que a forma de lutarmos contra seja somente contando com “as autoridades”
    A melhor solução é boicote, mas considerando a desunião do povo brasileiro, temos que nos contentar em mendigar providência dos nossos empregados: os políticos.

    • Diego Tietz

      Boicote só funciona em setores de livre concorrência, onde você tem opções.

      • Salles Magalhaes

        Poderiam boicotar a VIVO (que comecou isso tudo). Acho que o boicote poderia valer inclusive para quem tem celulares dessa empresa (se nao der para boicotar a internet por falta de opcao, boicote o celular ja que ha varias opcoes).

      • Wilter Monteiro

        Exatamente! Boicotar uma delas, não todas, atitudes inteligentes. Eu cancelei tudo da vivo depois do ocorrido. E olha que eu já tinha internet live Tim. E como eu disse no meu comentário, boicote não funciona, mas não por causa desse termo “livre mercado” que está na moda, e sim pela desunião intrínseca do povo.

        • Eu já boicoto a sem vergonha e sacana da CLARO (em telefonia celular, de planos simples a empresariais), boicotei a Oi/Telemar (Velox) após a chegada da GVT, desaconselho a NET há muito tempo (telefone voip, e traffic shapping descarado? não dá) mesmo antes de a CLARO tomar conta.

          Pelo menos aqui no ES, Holy Crap, digo, Holy Ghost (o EStado ESquecido), com a Vivo comendo a GVT, ficamos sem muita opção.

        • Diego Tietz

          Essa é uma das vantagens do livre mercado: você não precisar de “união popular” toda vez que algumas empresas resolverem tripudiar.

          • Wilter Monteiro

            Aham…na falta do comunismo pra defender porque já está mais do que provado que deu errado, criaram um substituto: O LIVREEEEEE MERCAAADDOOOOOO!
            Tenta ir na praia onde a cerveja custa 10 e vender por 9 pra ver se tu não toma porrada de quem já se estabeleceu (não tem Estado interferindo).
            Tenta entrar num trem do Rio e vender alguma coisa pra tu ver se não toma porrada de quem já vende lá (também é livre, sem Estado).
            Usei esses exemplos simples pra demonstrar que até mesmo em um sistema simples as entidades se alinham e controlam as condições do mercado.
            Então, esse termo “livre mercado” que é um pouco menos retardado que anarco capitalismo, pra mim não diz nada.

            Pra terminar: cite um exemplo de livre mercado que deu certo e/ou funciona atualmente.

          • Diego Tietz

            “Livre mercado” não significa “terra sem lei”. A lei, mesmo se atendo ao mínimo necessário (conforme, por exemplo, tratado por Bastiat no seu livro “A Lei”), já proibiria todos os casos que você citou.
            Há uma baita distância entre “não pode bater em quem vier vender cerveja na praia” para “o estado deve autorizar a venda”.
            E pra responder a tua pergunta, mais fácil é fazer o contrário: apontar o livre mercado NÃO deu certo. Procura por um ranking de liberdade econômica dos países (do Fraser Institute ou da Heritage Foundation, por exemplo) e aponta pra gente onde está dando errado…

          • Wilter Monteiro

            Não respondeu minha pergunta… Cite um exemplo. E você me mandou procurar um ranking. Daí, obviamente vou encontrar países da Europa, como Suécia nos primeiros da lista. Só que, a Europa é extremamente controladora e protecionista.

            Ainda estou esperando um exemplo prático de livre mercado. Eu citei dois exemplos de livre mercado, sem Estado.

            Quais você tem pra citar? Qual deu certo. Me aponte um apenas. Resposta simples sem ranking.

            E não sou tão burro a ponto de confundir livre mercado com liberdade econômica.

          • Diego Tietz

            De novo: você está confundindo “livre mercado” com “terra sem lei”.
            Livre mercado é o Estado ditando o menos possível o que e como as pessoas devem comprar e vender.
            Ou seja, o Estado, em um livre mercado, vai fazer valer os contratos – a boa-fé, em si.
            Se não gostou dos exemplos de institutos que dei, escolha o ranking de liberdade econômica que você prefererir.
            Meu argumento é que quanto mais liberdade econômica houver, melhor a qualidade de vida no lugar – e daí precisamos de um ranking para comparação.

          • Ivan

            Já foi em uma feira, dessas que tem fazem nas ruas de bairros? não vejo ninguem matando ninguem, ninguem quebrando banca dos outros, mercado se regulou e todos vendem la, não gostou não vai simples assim.

            Agora um lugar que vc tem que pagar taxas pro governo, pedir autorização pra operar, pedir alvará, dai o produto fica caro é culpa do empresario opressor.

          • Wilter Monteiro

            Já fui nessas feiras. As do Rio [SÃO CONTROLADAS PELA PREFEITURA] e tu tem que ter autorização pra vender lá. Na feira que frequento aqui no Rio, todas as barracas de banana cobram o mesmo preço pela banana. Que coisa… eles combinaram? É a mágica do livre mercado.
            Fora isso tem a feira de Acari. É uma feira legal, um ótimo exemplo de livre mercado.

            Em todos os lugares você paga impostos e tem regulação, tem alvará e tem que pedir autorização pra operar.

            Em telecom então, onde as frequências são bem controladas e divididas, sem contar toda a burocracia até internacional é complicado…

            Já tentou comprar um link dedicado? Já comprou um domínio de site?

            Se sim, tu sabe que até isso é regulado. E o mercado de domínios, que aparentemente não tem regulação, já está tomado por compradores de domínios profissionais. E sim, é regulado pela ICCAN.

          • Ivan

            Sim e esse excesso de regulação piora o serviço, quem quer empreender em um pais com muita regulamentação? Excesso de normas?

            Só ver um exemplo do uber x taxista, um muito regulado com serviço ruim outro sem regulamentação com serviço melhor.

          • Erik Morelli

            This

          • Erik Morelli

            Engraçado como quem teima com livre mercado sempre encontra tudo pelo mesmo preço. Não moro no Rio, mas nunca vi em São Paulo uma feira onde as frutas tinham o mesmo preço em todas as barracas.

            Entenda que se todos vendem por R$10 e você vende por R$5, você vai vender mais.

            Daí tu usou o exemplo da porrada, esse é OUTRO problema, não tem nada a ver com livre mercado, é desonesto comparar, veja UBER; Taxistas batem em motoristas do UBER e até confundem famílias e macaqueiam a porra toda. Quanto mais isso acontece, mais gente se torna a favor do UBER. É um problema de segurança pública, não de livre mercado.

            Outra coisa, você está completamente enganado achando que a Europa é livre em liberdade econômica, países asiáticos são muito mais liberais e demonstram como funciona muito bem. Trabalhei em Bangkok por um mês e a solução do Jack Ma é sensacional, nem gera custos pro empreendedor, impossível isso aqui pois seria regulamentado.

            Outra coisa que você não consegue colocar na cabeça e que estão falando a várias respostas pra você é que: Livre mercado não é ausência de estado, livre mercado é qualquer um poder investir/abrir em uma empresa sem burocracia para os preços se regularem, mas com tanta burocracia, taxas e impostos, nós pairamos sobre essa situação onde temos 4~5 operadoras que controlam o mercado inteiro.

          • Ivan

            Parabens pela explicação.

          • Wilter Monteiro

            Opa, já vi que tu entende do assunto.
            Não viu dizer que tu não sabe interpretar porque seria meio ridículo.
            Mas digo que você está de má vontade em relação ao meu texto.
            Então, vou por tópicos para facilitar:
            1) sei perfeitamente que livre mercado não é ausência de estado, e reafirmou isso em meus comentários anteriores. O que não seria necessário, pois, já deixo evidente que tenho conhecimento disso quando falo do anarco capitalismo.
            2) Meus exemplos, tanto da praia, quanto do trem quanto da feira, reforçam isso. Principalmente o da feira, quando digo que a prefeitura regula.
            3) “Você está completamente enganado…”: fica por sua conta.
            4) sério que você acha que UBER é um exemplo de tentativa de livre mercado? Poxa, O UBER é tão bonzinho, tem práticas tão honestas…

            Na falta de bons e simples argumentos.. Vamos usar a falácia do espantalho dizendo que ele acha que livre mercado tem ausência de estado.

            Talvez ele esqueça que não demos um exemplo prático.
            E mais um que não dá exemplo prático…

            Também acho lindo mercado lindo… Pena que não existe…

            Daqui pra frente só respondo se der exemplo…

          • Ivan

            Claro o governo regulamentando é o certo, igual aconteceu em uma praia que só poderia vender cerveja de uma marca, mais Estado por favor.

            Livre mercado funciona onde se tem concorrencia e governo não regula tanto a ponto de ninguem querer ir empreender em tal lugar, maioria dos paises ricos é assim, pesquise sobre ranking de liberdade economica.

          • Wilter Monteiro

            Aham, me dê um exemplo de livre mercado onde tem concorrência e isso fez o preço cair.

            E, acho que tu não me entendeu. Não quero mais controle do Governo, pelo contrário, inclusive é isso que estou falando na minha postagem original antes de aparecerem os chatos do livre mercado.

            Teu colega não me respondeu, então segue pra ti a questão: cite exemplos práticos.

            E, por favor, não cometa o mesmo erro que ele de confundir livre mercado com liberdade econômica.

          • Lui Spin

            Cara, ao invés de ficar falando “tu não me entendeu”, não é melhor você se fazer entender?

          • Wilter Monteiro

            Anão tenho culpa do analfabetismo funcional alheio.

            E no mais, já tem um exemplo?

          • Ivan

            E outra cara vc confunde livre mercado com falta de leis, o governo não vai interferir no mercado não quer dizer que não vai existir leis, se alguem for te espancar por vc vender mais barato ainda terá leis pra te proteger(em teoria na huelandia)

          • Wilter Monteiro

            Não, não confundi não. Você quem quis ler assim. Inclusive está bem claro que não confundo quando falo do anarco capitalismo.

            Você é que levou meu exemplo ao pé da letra no caso da praia e do trem.

          • Ivan

            Usando o seu exemplo ao pé da letra mesmo, para acabar com a briga dos vendedores de cerveja o Estado cria uma agencia reguladora, ANVC, Agencia Nacional de Venda de Cerveja, regula que todos os vendendores terão que usar camiseta azul com amarelo, usar chinelo especial, caixas termicas de 1x1x0,5m na cor azul, com tampa amarela com plastico envolta, não pode ser com fita adesiva, oque vc acha que aconteceria se isso fosse implantado?

          • Lui Spin

            Exatamente. O estado tem que se preocupar com o básico, educação básica, saúde e segurança. Nesses casos que vc citou, o estado deve entrar com a segurança, e o livre mercado com o resto.

          • Wilter Monteiro

            Exemplo?

          • ttusertt

            Exemplo de livre mercado e o consumidor se dando bem?
            Browsers de Internet. Netscape (hoje o Mozilla) era pago. Hoje você precisa pagar por algum navegador de internet?

            Serviço de email, antes só existiam emails de provedores, depois surgiu os webmails como o hotmail com espaço bem limitado. E hoje você tem bom serviços com um bom espaço de armazenamento e tudo de “graça” (no fundo você paga com sua privacidade).

          • Wilter Monteiro

            Sim, depois de a Microsoft tomar um processo de 30 bilhões nas costas pela Europa. Mas aí o estrago já estava feito. 90% do mercado usando o pior browser que existia e o Netscape sumindo. Hoje em dia, um dos browsers que mais traz inovação é o Opera, e ninguém usa. Então, teve sim uma intervenção do Estado, no passado.
            Vamos para o presente. Quantos browsers existem e compartilham o mercado? Você ainda “paga com sua privacidade”. Mas o mercado é livre, porque ninguém consegue lançar navegadores de sucesso? Seria porque o mercado já está saturado e monopolizado pelo chrome?
            O internet explorer não caiu pelo livre mercado. Caiu por incompetência própria. E mesmo assim, demorou anos (ainda hoje tem) para nos livrarmos do IE 6.
            Na verdade, você deu um exemplo do que acontece em um mercado sem regulação alguma: Vem uma empresa e usa de meios escusos para dominar o mercado. E isso o Google usa hoje. Como a Mozzila já usou. E por aí vai.
            Temos um browser livre, identico ao chrome, na verdade o chrome é cópia dele. Se chama Chromium. Se ele é identico (na verdade melhor, porque as atualizações e novidades vêm antes nele). Porque estão usando o do Chrome.
            Livre Mercado? Acho que não.

          • ttusertt

            Quem vai querer usar um navegador que era pago quando passou a existir um de graça? E mais, hoje em dia quem usa o Internet Explorer ou Edge? Todo mundo baixa ou o Firefox ou o Chrome.

            E sim graças ao livre mercado ninguém mais PAGA por um navegador.

            Agora se o Opera ou o Chromium são melhores ou não eu não sei. Todos são de graça e eu uso aquele que eu estou mais acostumado com a interface e os plugins, o Firefox.

          • Wilter Monteiro

            Quando que houve navegador pago? Internet explorer sempre veio com Windows de graça.

          • ttusertt

            Netscape já foi pago. Só em 1998 ele se tornou de graça.

          • Wilter Monteiro

            Ah sim, não sabia. Já peguei a fase grátis.

          • ttusertt

            Outro exemplo é o de Midia Players.

            No inicio existiam os pagos como Real Media Player.
            Hoje você vê quantos ai que são pagos?

            E mesmo com o windows media player vindo junto com o windows. O que eu vejo é todo mundo usando o VLC ou o MPC-HC.

            E não adianta vir falar da a multa que a microsoft tomou na União Europeia por conta dos media players. Foi só um protecionismo em cima dos caras que faziam o Real Media Player, que era um lixo pago, e quando saiu versão de graça depois tava cheio de adware.

            Não mudou o fato que a melhor solução surgiu da liberdade e total falta de regulamentação: VLC e MPC-HC. Duas soluções open source e de graça.

            Imagine se existissem regulamentações dizendo como deveriam ser os media players ou quem poderia ter a autorização pra fazer um media players?

          • Wilter Monteiro

            Primeiro, quero agradecê-lo, pois você foi o único que leu meus comentários para depois rebatê-los, e como resultado está me apresentando exemplos.

            Beamer é um exemplo de player pago. Eu uso porque é o único que funciona pra transmitir direito do Mac pra AppleTv. Na área de mobile então, tem uma porrada de pagos, porquê? Porque é bem mais complicado fazer um player pra mobile do que pra desktop.

            É muito fácil fazer um player, eu mesmo já fiz o meu próprio em Java. Agora, pergunta se fiz o Codec.

            O que quero dizer é que o mercado de players não é competitivo a ponto de termos pessoas tentando dominá-lo. É um produto trivial.

            Por outro lado temos o GIMP e o Photoshop. E os profissionais continuam pagando caro pelo Photoshop. Onde estão os outros programas para competir com o Photoshop, a ponto de fazer com que ele seja grátis? Nesse caso, edição de imagem não é algo trivial. Logo, a Adobe domina o mercado tornando-o não livre. Você pode fazer um programa de edição de imagens que, ou estará bem atrás do Photoshop, ou se você for um gênio e fizer algo diferente, a Adobe te compra.

            Falta de regulamentação não significa livre mercado. Ou o mercado é extremamente controlado ou monopolizado, a menos que não gere muito lucro (caso dos players).

            Regulamentação é algo bom e visa a competição justa. Não confunda com leis caducas feitas por políticos interesseiros comprados por empresas que estão no poder para continuarem no poder através da força da lei.

            Com relação a regulamentação, a web é toda regulamentada. Órgãos como w3c e ICCAN são uns dos que regulam. Existem outros.

            No caso dos players, eles devem seguir os codecs. O MP4 foi desenvolvido pela ISO, por exemplo.

          • ttusertt

            Só continuando…

            Não vejo problema algum com regulamentação, desde que ela seja voluntária e não forçada pelo estado.

            Regulamentação estatal nunca é boa. Pois nada mais é do que um produto que os políticos podem vender.

            Vão existir empresas boas e ruins no mercado. Alguns vão tentar competir com produtos cada vez melhores, e outros vão tentar comprar políticos pra conseguir vantagens através de regulamentações.

            A longo prazo, consegue imaginar quem vai sobreviver e quem vai falir?

            Do outro lado os políticos, vão existir aqueles que não se venderão pras grandes empresas e vão existir aqueles que se venderão pras grandes empresas. Considerando que eles precisam de recursos financeiros pra se reeleger.
            Consegue imaginar a longo prazo, quem vai conseguir ser eleito e quem não vai?

            Por isso o governo deve ter pouco poder pra regulamentar as coisas.

            Fora ANATEL!

          • Wilter Monteiro

            Ou seja, eu e você convergimos para a mesma coisa.
            Eu não sou contra o livre mercado. Disse isso em uma das muitas respostas aí em cima… tá ficando longa essa discussão, rsrs…
            Sou contra o fator “bala de prata”. A solução mágica, e isso não existe.
            Quanto às empresas boas e ruins, ficam as que impõem seus produtos através de um conjunto de ações (marketing, qualidade, penetração, distribuição, lobby…)
            Não necessariamente as que sobrevivem são as melhores, é como biologia. Vai sobreviver quem se adapta melhor, não interessa o meio que usou para conseguir.
            No caso dos políticos… pelo menos no Brasil têm sobrevivido os piores (Sarney, Color, Cunha, todos). Até Enéas que era tido como salvação e um exemplo que deveríamos seguir, já houveram irregularidades relacionadas a ele.
            Em outros países, evoluídos, realmente os corruptos caem (quando pegos).
            Ou seja, nota-se um padrão. Em um país corrupto (Brasil por exemplo), não adianta aplicar conceitos de livre mercado que a corrupção se adaptará a ela.
            Acredito que o que ocorre em outros países, como Nova Zelândia, é uma harmonia entre livre mercado e Estado. O Estado regula o mínimo possível e o mercado atua à sua moda. Se houver exagero que prejudique a população, o Estado atua (ou não, rsrs).

            Agora, olha que curioso. A Anatel disse que não vai impedir a limitação de banda pois cabe a cada empresa decidir o plano de negócios. Isso não seria uma não intervenção do Estado, da Anatel, no caso?
            Então os defensores do livre mercado não podem reclamar da Anatel. Ela simplesmente não está regulando as empresas que estão se alinhando para aplicar a franquia de dados. Se a Anatel proibir, será o Estado intervindo.

            A máxima que sigo, é a que o Izzi Nobre também segue. Tento não me prender a nenhuma ideologia, pois uma hora ou outra ela cai em contradição. Acho que devemos sempre analisar caso a caso, sem aplicar uma regra geral pra problemas distintos. Ou seja: “Não é porque o martelo prega muito bem pregos, que vou utiliza-lo com parafusos”.

          • ttusertt

            Sim, é ótimo que a Anatel não impeça a limitação da banda, cada empresa deve escolher como fazer seus planos de assinatura.
            Da mesma forma que seria ótimo se a Anatel não existisse e qualquer um que tivesse vontade de fornecer e distribuir internet pudesse fazer isso sem necessitar de autorização estatal. Sem precisar pagar as taxas pra Anatel.

          • Wilter Monteiro

            Então você concorda com a franquia? Porque quase todas as empresas vão implementar isso.
            E, a Anatel tem que existir. Não da forma que é, mas telecomunicação segue especificações técnicas. Uma das responsabilidades dela é controlar o espectro eletromagnético. Se não houver controle vai ter gente transmitindo em frequência de aviação, gente transmitindo am onde deve ser fm, e etc. Procura aí: “Mapa de frequências Anatel”
            Outra coisa. Não é só culpa da Anatel que temos poucos players no mercado de telecomunicações. Falei isso em um comentário passado. Tenta pendurar alguma coisa no poste ou cavar um buraco pra passar fibra. Você vai esbarra com a prefeitura do Rio. Tenta comprar equipamentos decentes para montar uma empresa de internet.. boa sorte com os preços. Tenta contratar técnicos especializados para colocar isso tudo pra funcionar.
            Todas as empresas de Telecom trazem gente de fora. Profissional Cisco, ou muito bom em TI/Telecom é mosca branca. Montar uma empresa de internet não é a mesma coisa de montar uma pizzaria.
            No Rio, a Live Tim pega emprestado a infra-estrutura da Oi. E estamos falando da Tim.

            E com relação a franquia, se as empresas implementarem, e não der certo, cair as vendas, elas voltarão atrás. Isso mesmo com regulação inadequada. O nome disso é mercado, e não livre mercado.

          • Luiz

            Tem estado inferindo, tu não pode ter segurança armado para se defender e vender por 9…

          • Wilter Monteiro

            Eu não sou a favor da interferência do Estado, que aqui no Brasil é grande. O ponto é que também não existe mercado totalmente livre. Se for totalmente livre, as próprias empresas se alinham e dominam o mercado, fazendo, caindo num efeito parecido com o que tinha antes do Estado: o consumidor se dando mal.

        • советский медведь

          Na minha casa tem Net ou Vivo, boicoto as duas e fico sem internet? E tem lugar que só tem uma opção , e aí? Precisa haver um livre mercado para surgirem novas empresas sim. Senão não resolve.

          • Wilter Monteiro

            Boicota uma, se tu não tem opção, não boicote. Pois, logicamente você não vai se privar de um serviço.
            A questão não é um pessoa, porque cada caso é um caso. Mas, a sociedade tem o poder de fazer apelo popular a ponto de aprovarem a fosfoetalonamina e não tem força pra se organizar e defender um direito básico, foi o que disse no primeiro comentário.

        • raphs

          Nesse caso acho que funciona indo para as empresas que não estão aderindo pelo menos de inicio a essa palhaçada.

        • Ivan

          Não funciona por causa do “livre mercado” pq não temos “livre mercado” aqui, só por isso.

      • Daniel Silva

        único boicote que funciona, acabou sua franquia, vai para a rua destruir a infraestrutura da empresa em questão, não vou ganhar, mas quero ter certeza que ela perderá também.

        • Luiz

          Eu tenho uma vontade de destruir a infraestrutura da vivo na minha cidade. A net tem fibra otica toda pronta desde o mes 10 do ano passado e cade o serviço? estes filhos da puta da vivo estão bloqueando algo juridicamente, malditas concessões. O negocio é quebrar tudo mesmo de quem limitar e deixar quem não limita trabalhar.

          • Daniel Silva

            pó de alumínio, pó de carvão, gasolina, e sabão ipê vc mistura tudo e da uma massa, vc coloca ou joga, vai fritar circuito, derreter fio, furar chapa, e etc, isto é boicote o resto é balela.

          • Luiz

            finalmente alguem que me entende

    • A única solução é o povo se unir pra exigir e derrubar essa galerinha da ANATEL, e fazer processos em separado contra as operadoras a respeito da alteração de plano e inclusão de franquia, e Traffic Shapping que as operadoras fazem.

      • DanielBastos

        A parte difícil é juntar gente pra isso.

    • Haadok

      Boicote em monopólio?
      Eu queria boicotar a empresa de água (Copasa) e energia (Cemig).
      Em telefonia e internet é a mesma coisa: duas empresas dominam o mercado é você será roubado por elas com tarifas exorbitantes. As empresas governamentais de regulamentação destes setores deviam proteger a população, mas não é isto o que acontece. Agora com um governo que prega o “livre mercado” isto será pior. Pode prepara o bolso para tarifas mais elevadas.

      • DanielBastos

        Então temos um impasse:

        Um mercado historicamente bosta regulado pelo governo ou a possibilidade(Não é implementado aqui, então é uma possibilidade) de um mercado bosta controlado pelas empresas.

        Em casos como esse, sou mais adepto a arriscar um erro desconhecido do que ficar em um erro conhecido.

  • Marcogro®

    A AnalTeu™, enfim, disse pro que foi criada.
    Bela Parceria Público Privado.

  • Aqui no Ceará tem uma tal de Brisanet que está propagandeando que não vai colocar limite.

    Parece uma opção interessante.

    • Felipe Braz

      Adiciona o provedor no catálogo então =)
      http:// internetsemlimites . github . io (só tirar os espaços)

  • 640k is enough

    Também, com R$14,00 na conta corrente da Anatel (notícia divulgada hoje pela Exame), e devendo principalmente para as operadoras que prestam serviço a ela (e ironicamente regulamentadas), podem preparar os cancelamentos da netflix e exterminar o YouTube de suas vidas.

    • DanielBastos

      Eu lí o titulo “Com R$ 14 em caixa, a Anatel está perto de parar” e quase pulei de alegria, mas ai vi que o primeiro serviço cortado vai ser o call center de clientes insatisfeitos com as operadoras. É a unica forma da Oi fazer uma parte do que ela deveria fazer normalmente.

      • 640k is enough

        Mais fácil falar com o Papa do que resolver algo com a Oi(?).

  • Renato Oliveira

    Deixem as operadoras em paz. A Anatel é eficaz em sua área atuante.

  • achsanos

    Uma coisa que pouco se comenta, mas que é de uma desonestidade atroz, é todo esse negócio de “um monte de coisa sem descontar da franquia” e tal, que quem entende minimamente da coisa sabe que é uma espertissima maneira de continuarem não investindo em infraestrutura.

  • Munn Rá : O de Vida Eterna

    A Vivo deveria ser ” assassinada mercadológicamente ” e se tornar operadora Morta para alegria de todos brasileiros

  • Haadok

    “Anatel … trai sua missão primordial de defender os interesses do consumidor”.
    A Anatel está fazendo justamente o que o governo interino manda: atender às empresas que apoiaram o impeachment.

    • DanielBastos

      Deus …. é sério que vc pensa que a anatel foi aparelhada pra beneficiar o Temer em, sei lá, 20 dias de governo?

      Cê sabe que essa polemica começou Dilma ainda se debatia eduardocunhamente pra são ser chutada do cargo né?

      Daqui a pouco fala que tudo isso não passa dum golpe da elite burguesa capitalista que não gosta de pobre em avião.

      • Haadok

        1- A Dilma tinha vetado a proposta.
        2- A Anatel era e continua aparelhada pelo PMDB.
        3- Fato: a elite burguesa não gosta de pobre em avião.

        • DanielBastos

          1 – Possível decreto se não me engano(Que não sei se foi pra frente, e hoje não faz diferença). Fazia até parte daquele conjunto de ações de fim de festa. Teve tempo pra fazer antes. Nem se preocupou. Acho que pegou uma onda na polêmica pra se promover como defensora do povo.

          2 – Da forma que vc fala, a culpa é do aparelhamento do PMDB, mas aparelhamento nunca é bom. Ta ai a petrobras que não me deixa mentir.

          3 – A zelite burguesa nem sabe o que é avião normal, muito menos quem entra la. Usa jatinho.
          Além de que, pobre não pode andar de avião pq não tem dinheiro. Quem fala que pobre anda de avião é retardando que não faz idéia que o critério pra ser pobre, desde 2012, assinado pela dilma, e disponivel no site da secretaria de assustos estrategicos, define que pobre ganha uns 200 e poucos reais por mes. Acima disso é classe média. Aquela classe golpista elitista coxinha que não gosta de pobre em avião(E tb não anda pq mal tem dinheiro pra comer).

          • Theuer

            11 MILHÕES de desempregados e ainda há defensores do governo responsável por isso.
            As vezes tenho vontade de ser egoísta e torcer para termos mais 10 anos de governo assim para chegarmos na escala “Venezuela” de desenvolvimento. Quem sabe assim os grandes nacionalistas anti-golpismo começassem a sentir fome também.
            Obrigado por responder para o sonhador aí de cima, eu já estou cansando.
            Abraço.

          • Acho que nem assim. Na Venezuela ainda tem manifestações pró-governo (se são espontâneas, aí eu não sei).

            Eu não sou radical, dizer que PT só ferrou com o país e tal, mas pra mim é simples: o desemprego tá absurdamente alto e a inflação só não tá mais alta justamente pela falta de grana circulando. O PT errou muito na área econômica, principalmente no governo Dilma, mas não admite e acha que tá no caminho certo.

  • heber28

    pra que serve a Anatel? melhor fechar que dá na mesma

    • DanielBastos

      Da não. Melhora.

  • Pedro
    • Igor Embromation

      Dá frio na espinha esse vídeo.

  • Douglas

    Esse post com operadoras que nao limitam só adianta se separar em duas partes, empresas que atendem capitais e grandes áreas e demais empresas que atendem cidades do interior e etc, essa lista enorme, fica parecendo que existem dezenas de opções de internet… e nao é verdade.

  • Carlos Wagner

    Já vou preparar o meu MS…

  • Andreson

    Isso cheira a pagamento de propina para esse povo da Anatel pelas operadoras, o Brasil andando na contra mão, não deixa outras operadoras decentes entrar no mercado e ainda esfola os coitados dos consumidores (nós).

  • Jose Antonio

    Reclamar uns com os outros nao adianta,
    entao,
    google
    fale com o presidente…
    fale com o deputado… no caso Fernando Franshiscni, por ai o nome..
    fale com o senador…
    fale…
    eu ja mandei os meus…vamos la..entupir as caixas de email…

  • comentador

    Isso é uma filha da putice :/

  • Joca

    A missão de qualquer agência reguladora nunca é proteger o consumidor, é inocência acreditar nisso. A Anatel em sua página coloca o seguinte como missão:” Regular o setor de telecomunicações para contribuir com o desenvolvimento do Brasil.” Onde é que está a parte que diz que é para nos proteger? O que nos protegeria seria a concorrência num livre mercado. Infelizmente vivemos num país fechado!

  • Alvaro Carneiro

    É terrível ter franquia de dados? É.

    Não defendo nenhuma destas empresas, pois todas são desonestas.

    MAS é preciso ter um mercado livre. A livre concorrencia deve prevalecer sempre, das mesma forma que os consumidores são livres para escolher, as empresas são livres para ofertar.

    Não havendo cartel, então é deixar o mercado se regular.

    E no caso da franquia de dados, as operadoras iriam sentir no bolso e repensar os planos.

    O pior para um país é obrigar o privado a fazer isso e aquilo, isso não cria segurança e afasta investidores – menos empresas, menos dinheiro, menos negocios, menos empregos.

    Podem me xingar a vontade, mas isso não vai alterar a realidade.

    • Erick Terto

      O problema é que não existe um real livre comércio no Brasil.

    • Ivan

      Bem, vc estaria certo se aqui tivesse livre mercado, graças a Anatel não temos……

    • Junior Capitanio

      se a burocracia pra se investir na area nao fosse tão grande ja haveriam dezenas de outras empresas menores se instalando e com certeza o mercado daria conta deste problema, no entanto a ANATEL regula isso, e a meia duzi que fica faz como bem entende.

  • Meninão Bobo

    Nome é LIVE TIM corrija pq TIM Live fica com uma sonância estranho

  • Jack Vagner

    FILHOS DA PUTA! É SÓ ISSO QUE ESSES LIXOS POLÍTICOS SABEM FAZER. AQUI SOMOS ESCRAVOS DELES, DAS EMPRESAS; AQUI AS EMPRESAS FAZEM O QUE QUER E FICA POR ISSO MESMO. ENGRAÇADO É QUE O PLANO MÁXIMO QUE VÃO COLOCAR É DE 250 GB. NEM NO CHILE É ISSO. LÁ SEGUNDO VI NUMA REPORTAGEM É DE 500 GB. NOS EUA É DE 700 GB A 900 GB. LIXO DE PAÍS! ESSES FILHOS DA PUTA SÓ PENSAM EM DINHEIRO, AÍ FICA FÁCIL ESSES EMPRESÁRIOS DESGRAÇADOS DÁ UM DINHEIRO PARA TER APROVADOS SEUS DESEJOS. É IGUAL A LUZ. PAGAMOS UM PREÇO ABSURDO, E O ANIMAL DO MINISTRO JÁ DISSE QUE VAI TER AUMENTAR PARA A GENTE PAGAR POR AQUELES QUE NÃO PAGAM, OS TAIS GATOS. OU SEJA, ESTAMOS NUM SISTEMA FINANCEIRO DE NOME CAPITALISMO, MAS NA VERDADE É UMA ESPÉCIA DE COMUNISMO DISFARÇADO. VAI CHEGAR UMA HORA QUE NINGUÉM VAI PAGAR MAIS PORRA NENHUMA. O CARA GANHA 900 POR MÊS E SÓ DE LUZ ELE PAGA 300. COMO PODE ISSO? SOMA-SE A ISTO O PREÇO DO TELEFONE FIXO, INTERNET E OS ALIMENTOS E FUDEU A PORRA TODA. SE ELE QUISER POUPAR A MERRECA QUE GANHA, ELE TEM QUE VIVER SEM LUZ, INTERNET, TELEFONE E VIVER COMPRANDO FUBÁ. É ASSIM MESMO QUE O GOVERNO QUER. PRIVATIZAR TUDO? PRA QUE, SE É JUSTAMENTE ESSAS EMPRESAS PRIVADAS QUE COMETEM ESSAS ATROCIDADES. ESTATIZAR TUDO? AÍ FUDEU A PORRA TODA. O PROBLEMA É QUE AQUI NÃO TEM LEIS SEVERAS, NEM CONTRA POLÍTICOS, NEM CONTRA EMPRESÁRIOS E AS EMPRESAS. O DIA QUE MELHORAR UM POUCO PRA MIM EU SAIO DESSE LIXO DE PAÍS.

    • juliop

      Calma.

    • Ivan

      escreve novamente sem caps, fica ruim de ler.

  • Vamos resolver isso democraticamente, para quem precisamos pagar propina para a Anatel ser fechada?

    • Junior Capitanio

      interessante, podemos fazer uma vaquinha de 10 pilas cada e pagar uma propina pro cara da anatel que carimba essas paradas, acho que rola.

  • Lui Spin

    A Anatel nem deveria existir.

    Libera geral para quem quiser entrar no mercado brasileiro.

  • Sandro Lous

    é claro que num país de altíssima corrupção, tá na cara que esse vagabundo João Resende está ganhando dinheiro pra favorecer as 4 grandes empresas de telefonia móvel, tv e internet no brasil. tá na hora de Sergio Mouro invadir os emails, whatsapp, telefone desse vagabundo que vai achar muita merda dele com as 4 grandes que são a VIVO, CLARO, e a OI essa ultima está devendo bilhões pra Anatel e a Anatel nunca cobrou. tem que ter a policia federal na cola desse presidente da Anatel que de vez ficar do lado do povo está do lado dessas 4 grandes empresas e por ser um país de zona ele deve está ganhando uma merreca por fora pra favorecer as 4 grandes e o povo não vai aceitar sessa safadeza com o povo não.

  • Monstro Medieval

    Foi só a Dilma sair… Temer já havia dito que era a favor disso.

    • Ivan

      Claro até pq antes a Anatel não tinha falado que iria deixar as operadoras limitarem……….

      • Cocainum

        Falou. E teve que voltar atrás porque o governo anterior barrou. Agora liberou geral de novo…

        • Ivan

          Entre falar que vai fazer e fazer tem uma grande diferença, ainda mais vindo da Dilma que não consegue manter a palavra.

          • Cocainum

            Kkkk. Palavra boa é do Temer. Se vale por mais de duas horas, é lucro…

          • Ivan

            Realmente tbm não vale muita coisa hauehaue, mas que da Dilma tbm não era de se levar em conta não era.

    • Flávio Pedroza

      O atual presidente da ANATEL foi reconduzido por Dilma ao cargo, e ficará lá até o final do mandato (do João Resende)

  • Jack Silsan

    #InternetJusta #ForaRezende #CancelaJÁ!!!!!!!!!!

  • Dirriba

    O nosso estimado presidente interino tenho notado o seguinte ele fica em cima do muro…propõe e acompanha as mudança e vai caindo para o lado que percebe fica melhor (um medo dano de perder força e ir sentar no banquinho da disciplina com a presidenta afastada). Então como nas medidas de acabar com o Ministério da Cultura e torna-lo pasta, de cortar cargos públicos e algumas outras coisinhas, só basta o povo fazer uma pressão que ele resolve ocaso

    • Ivan

      Esse Temer não tem pulso nenhum, só falarem mais alto que ele cede a pressão.

    • Cássio Amaral

      Isso é verdade, é um frouxo mesmo. Basta uma pressãozinha e ele já libera geral. Ele tem que parar de ficar cedendo à pressão dos mortadelas, que sob orientação do PT, inventam qualquer desculpa pra protestar, e ter pulso mais firme, sob o risco de perder apoio de quem é a favor do impeachment definitivo.

  • rodrigo

    Agradeçam aos coxinhas, tipo o Cardoso.

    • Ivan

      hum?

  • Luiz

    Eu queria que o Rezende pegasse fogo e morrer sem querer, seria otimo, mas não resolveria o problema. Quem sabe com molotovs?

  • Felipe Braz

    Apesar de ser um dos mantenedores do projeto “internet sem limites” no github, eu não estou dando muita importância pra esta questão de franquia. Na minha opinião o congresso/senado logo vão se mexer, afinal quem for o autor de um projeto de lei que proíbe as operadoras de aplicar franquias, tem re-eleição garantida forever.
    Além do fato que não sou totalmente contra a franquia, mas ela deveria ser justa, algo como 500GB ou 1TB que seria satisfatório pra 90% ou mais dos usuários (eu mesmo assisto netflix, baixo torrents, jogo online e o máximo que trafeguei foi uns 400gb) dai a coisa só ficaria feia mesmo pra esses “provedores” de fundo de quintal que usam conexão residencial.

  • Jose X.

    não se preocupem, o temer dá um jeito nisso…certo ?

  • Pedro Jorge

    Se limitar minha internet, cancelo o contrato, ponto final.

  • Julio Verner

    Como se o GatoNet da vida fossem ser caçados. Como se a Infra fosse ter algum investimento… Brasil sendo brazil. Esse cara tem uns laranjas bons, nunca vai cair, assim como seu chefe de nove dedos.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis