ad

EUA: a Netflix se torna a nova casa da Disney

disney-moana

Moana, o longa animado da Disney que chegará ao Brasil em janeiro de 2017

A Netflix e a Disney mantém uma amizade colorida desde 2012, mas pelo visto ela finalmente evoluiu para uma união estável. A partir de setembro inicialmente apenas nos Estados Unidos, o serviço de streaming se tornará a casa oficial das produções para TV e cinema da casa do Mickey, bem como de suas produtoras Pixar, Marvel e LucasFilm.

A relação da Netflix com a Disney já vem de longa data, pelo menos desde as primeiras conversas sobre a produção das séries da Marvel pelo canal de streaming. Como o retorno de Demolidor e Jessica Jones foi além do esperado (que renderam não-planejadas segundas temporadas e um spin-off do Justiceiro) a Disney enfim decidiu que é hora de deixar a Netflix cuidar de todo o seu espólio de cinema e televisão no que tange à distribuição por streaming, excluindo aí contratos com canais de televisão que permanecem como estão hoje.

A partir de setembro, a Netflix será o único serviço online a contar com todo o catálogo de filmes e séries da Casa do Mickey a partir de 2016, incluindo aí produções recentes como Zootopia, Procurando Dory, Mogli, O Menino Lobo e Capitão América: Guerra Civil, sem falar nos futuros Alice Através do Espelho, Doutor EstranhoRogue One: Uma História Star Wars e Moana, uma animação original que estreia em janeiro de 2017 por aqui e desde já parece ser muito interessante, ao abordar a cultura polinésia.

rogue-one-a-star-wars-story

Rogue One na Netflix no dia do lançamento em Home Video? EU QUERO!

Séries como a futura Manto e Adaga e outras produções da Disney, Pixar, LucasFilm e Marvel Entertainment serão normalmente comercializadas entre canais de TV mas streaming, só Netflix. Alguém lembrou dos planos de produções de TV baseadas no universo de Star Wars, para fazer companhia à Rebels? Pois é.

Infelizmente o acordo não é retroativo, tudo o que foi lançado pela Disney e suas subsidiárias até 2015 não entram no pacote e poderão ser distribuídas entre outros serviços, mas é muito bom saber que a Netflix está se esforçando para centralizar o acervo em um só lugar a fortalecer seu próprio portfólio. Resta saber se o acordo será posto em prática em outros países, pois seria muito bom ter Rogue One disponível no serviço de streaming junto com o lançamento em Home Video.

Só sei de uma coisa: o CEO da Netflix Reed Hastings deve estar rindo à toa neste momento.

Fonte: Netflix.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis