EUA: a Netflix se torna a nova casa da Disney

disney-moana

Moana, o longa animado da Disney que chegará ao Brasil em janeiro de 2017

A Netflix e a Disney mantém uma amizade colorida desde 2012, mas pelo visto ela finalmente evoluiu para uma união estável. A partir de setembro inicialmente apenas nos Estados Unidos, o serviço de streaming se tornará a casa oficial das produções para TV e cinema da casa do Mickey, bem como de suas produtoras Pixar, Marvel e LucasFilm.

A relação da Netflix com a Disney já vem de longa data, pelo menos desde as primeiras conversas sobre a produção das séries da Marvel pelo canal de streaming. Como o retorno de Demolidor e Jessica Jones foi além do esperado (que renderam não-planejadas segundas temporadas e um spin-off do Justiceiro) a Disney enfim decidiu que é hora de deixar a Netflix cuidar de todo o seu espólio de cinema e televisão no que tange à distribuição por streaming, excluindo aí contratos com canais de televisão que permanecem como estão hoje.

A partir de setembro, a Netflix será o único serviço online a contar com todo o catálogo de filmes e séries da Casa do Mickey a partir de 2016, incluindo aí produções recentes como Zootopia, Procurando Dory, Mogli, O Menino Lobo e Capitão América: Guerra Civil, sem falar nos futuros Alice Através do Espelho, Doutor EstranhoRogue One: Uma História Star Wars e Moana, uma animação original que estreia em janeiro de 2017 por aqui e desde já parece ser muito interessante, ao abordar a cultura polinésia.

rogue-one-a-star-wars-story

Rogue One na Netflix no dia do lançamento em Home Video? EU QUERO!

Séries como a futura Manto e Adaga e outras produções da Disney, Pixar, LucasFilm e Marvel Entertainment serão normalmente comercializadas entre canais de TV mas streaming, só Netflix. Alguém lembrou dos planos de produções de TV baseadas no universo de Star Wars, para fazer companhia à Rebels? Pois é.

Infelizmente o acordo não é retroativo, tudo o que foi lançado pela Disney e suas subsidiárias até 2015 não entram no pacote e poderão ser distribuídas entre outros serviços, mas é muito bom saber que a Netflix está se esforçando para centralizar o acervo em um só lugar a fortalecer seu próprio portfólio. Resta saber se o acordo será posto em prática em outros países, pois seria muito bom ter Rogue One disponível no serviço de streaming junto com o lançamento em Home Video.

Só sei de uma coisa: o CEO da Netflix Reed Hastings deve estar rindo à toa neste momento.

Fonte: Netflix.

Relacionados: , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Estão rindo, né? Deixem eu estragar o dia de vocês com duas palavras: Traffic shaping

    • Doomed

      E eu com mais três: franquia de dados.

    • nayara

      Pra mim o estrago tem outro nome: fim da concorrência. O meracdo de streaming já nasce padecendo do mesmo mal do mercado de telefonia paga.

  • Hugo Marinho

    Mano, é nessas horas que a gente fica triste tanto por ser brasileiro quando saber que a VPN não ta mais funfando pra usar o netflix americano . T.T
    O lance é que se quiserem fazer esse tipo de coisa aqui, as operadoras (revoltadas) irão usar de Trafic Shaping (que por sinal é ilegal, mas a ANATEL tá pouco se fudendo pro consumidor mesmo) pra tentar invalidar o serviço por aqui, enquanto isso tentando reangariar os clientes para as TV’s por assinatura (Aquela escravidão ao painel de programas disfarçada de serviço exclusivo.) Enfim, fiquemos na esperança da netflix nos agraciar com essa coisa boa que é essa parceria.

    • Luiz Claudio Eudes Corrêa

      A VPN do “My Data manager” (ela fica meio escondida ➡ geral, conectar a servidor seguro) no iOS ainda funciona, tinha deixado de funcionar mas devem ter contornado de alguma forma 😉

      • Hugo Marinho

        Eu usava aquele Hotspot Shield pro Android, carrega o portóflio americano, mas não carrega os vídeos. rsrs.

  • 2020: Disney compra a Netflix.

    • Se bobear, compram no ano que vem ou com a receita do próximo filme dos Vingadores

    • Acredito no contrário.

      • HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA. Eu também. E em elfos e em duendes.

  • A NET não curtiu essa notícia e vai Cholar Mais™ pedindo uma lei de proteção. As operadoras todas vão fazer apoiar e em breve aprovarão 9999% de imposto sobre a Netflix.

    • nayara

      Assim que quebrarem todas, a Netflix vai poder cobrar o que quiser dos consumidores, já que terá um monopólio de conteúdo.

  • Ah, mas Demolidor e Jessica Jones já tinham segundas temporadas planejadas, apenas não confirmadas. Só precisavam da confirmação de que cairiam no gosto popular para isso, o que (felizmente) aconteceu.
    O Justiceiro, sim, foi surpresa pra geral.

  • Legal ver como essas empresas de Internet vão enterrar esses dinossauros.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis