Quer saber como enfurecer seus aliados? Pergunte ao Google [UPDATE]

dr-evil

UPDATE: essa foi rápida. O Google percebeu a hagada que estava fazendo ao prejudicar sua imagem e voltou atrás na decisão. Tanto melhor.

Segue a notícia original.

———

Já mencionamos aqui o causo dos primórdios da internet envolvendo a Paramount, quando ela num ataque de superioridade decidiu que os inúmeros sites de Star Trek divulgando a franquia e mantendo ela viva e relevante na rede era não só prejudicial como infração de copyright, e mandou toneladas de notificações para todos os domínios que compartilhavam imagens e trechos de áudios; No fim das contas o estúdio acordou, percebeu que estava atirando no próprio pé e largou de mão.

Corta para 2016: o Google resolve fazer o mesmo ao acusar um de seus principais aliados de violação de direitos autorais: o site especializado 9to5Google.

O portal 9to5 está no ar há pelo menos cinco anos, dividido em três assuntos distintos: brinquedos, Apple e Google. Os dois últimos são obviamente os mais populares e diferente de alguns sites são administrados por profissionais que sabem separar trabalho de fanboyismo, embora uma ou outra provocação entre eles exista, o que é bom até para manter a brincadeira.

Quem não está muito a fim de brincar entretanto é o próprio Google. Nesta semana a empresa cortou o Adsense do site, o que a princípio foi interpretado como um erro. Ao entrarem em contato entretanto os administradores do site descobriram estarrecidos que a equipe responsável pela publicidade do Google decidiu, por pressão do departamento legal (sempre eles) que o dinheiro dos ads fosse cortado porque o nome 9to5Google constitui ato de violação de copyright, e por causa disso eles serão obrigados a mudá-lo se quiserem continuar fazendo dinheiro com propaganda; isso ou procurar soluções de terceiros. A decisão é final e irrevogável.

john-milton

A cereja do bolo é que o setor de publicidade reconhece os serviços prestados pelo 9to5Google nos últimos cinco anos, incluindo a presença de jornalistas no campus de Mountain View e em outros eventos oficiais, mas a ação tomada agora foi um “it’s not personal, it’s strictly business” atrasado porque o jurídico só percebeu a infração agora.

Nosso departamento legal deve tomar medidas quando descobre violações de direitos autorais, sejam elas encontradas logo ou muito tempo depois.

A equipe do site já decidiu que vai insistir pela manutenção do nome e dos ads, mas sinceramente é uma causa perdida. O Google é dono de seu nome e se ele decide que ninguém alem dele próprio pode usá-lo sem lhe pagar os direitos, não há nada que ninguém pode fazer. Por outro lado esse é um belo exemplo de como uma companhia não deve atuar, pois bater naquele que lhe gera buzz e boa publicidade em troca de míseros caraminguás gerados pela propaganda automática é de uma mesquinhez enorme.

O Google não teceu maiores comentários sobre o ocorrido.

Fonte: 9to5Google.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Flávio Simões

    “Do not evil” – Passar bem!

  • Claudio Roberto Cussuol

    A Sony é outra que adora fazer essas coisas.
    Eu me lembro quando ela lançou um cachorrinho robô, caríssimo. Alguns poucos aficionados lançaram um site para trocar o firmware dando personalidade ao seu mascote.
    Advinha o que ela fez????

  • Anakin

    Acho complicado você usar o nome da empresa no seu próprio site, mas, se for olhar por outro lado, vai ser difícil achar um nome pra mostrar qual os assuntos abordados, tipo, Android Police, qual nome seria? Igual o brasileiro Google Discovery, realmente google está dando mancada…

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Se fosse um site satírico ou que falasse mal até vai, mas um site que faz propaganda de graça é no mínimo amadorismo querer tirar do ar.

  • Mountain View deve ter fumado um lote ruim. Acontece.

  • Homero

    Hahahahaha!

    Que beleza que foi criar a Alphabet, hein? Certeza que foi o jurídico da Alphabet que fez essa hagada e quando jogaram a merda no ventilador veio ordem de cima pra cancelarem tudo.

    • Se for isso, então o jurídico da Alphabet tá querendo concorrência com o setor jurídico da Apple. Perfect.

  • Adriano Francisco dos Santos

    Tudo está normalizado (mesma fonte do post)… Por enquanto.

  • Atirar primeiro, perguntar depois … ahhhh advogados…

    • Islan Oliveira

      Esse é quase o lema do Malcriado. Só que o dele é dar primeiro e dar depois.

  • OverlordBR

    E notemos que o nome é só para indicar que as notícias daquela parte do site são sobre o Google.

    Assim como temos o 9to5Mac, com as notícias sobre a suprema Maçã…

  • Diogo

    A decisão é final e irrevogável.

    Parece que nem tanto…

    • Luiz

      Haha, eles acham que são deuses, o mundo deles é mais virtual que o cyberspace, pelo menos o cyberspace tem um intersecção com o mundo real e depende das regras fisicas das maquinas e precisa no minimo fazer algum sentido logico.

    • Papel Alumínio

      Parece o Ramsés de “Os 10 mandamentos” falando…

      • O Ramsés que vale era mais durão.

        • Papel Alumínio

          É, o da Record não convencia muito…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis