Antes da hora: o primeiro player de Blu-ray 4K já está a venda… na civilização

Laguna_The_Martian_UBD_peq

Perdido em Marte será um dos primeiros filmes disponíveis no formato UHD-BD… em março (crédito: Blu-ray.com)

O tio Laguna é colecionador ocasional de filmes em mídia física: tenho uma razoável coleção de DVDs e Blu-rays que fui comprando com as promoções e descontos que apareciam. Eu até comprava os discos antes de comprar os aparelhos.

Os early-adopters que moram lá nos Estados Unidos, neste início de 2016, talvez façam o contrário: poderão comprar os players Blu-ray 4K bem antes de os discos chegarem ao mercado.

Laguna_Samsung_UBD-K8500

Samsung UBD-K8500 será o primeiro aparelho de Blu-ray 4K disponível nos EUA (crédito: The Verge)

Enquanto a primeira leva confirmada de discos Blu-ray 4K chegará dia 1º de março (thanks FOX), algumas lojas lá na civilização já começarão a entregar os aparelhos amanhã, dia 10 de fevereiro. Mais especificamente o Samsung UBD-K8500, o UHD-BD player apresentado na IFA 2015.

Não se sabe o motivo da pressa em vender os aparelhos duas semanas antes da chegada dos primeiros discos: o único conteúdo em 4K disponível para o aparelho no momento são serviços de streaming como a Netflix e Amazon Prime Video. Se bem que tal recurso já está presente em algumas Smart TVs 4K.

Gastar 399 dólares por um player de Blu-ray 4K no momento é pra quem quer um aparelho novo que rode os velhos BDs, Blu-rays 3D, DVDs e CDs. O tio Laguna só recomenda importar no caso de você ter dinheiro sobrando e não ligar para o fato de o aparelho ser um reprodutor de DVDs região 1.

Sim, o Blu-ray 4K não tem a palhaçada de regiões dos formatos antecessores, mas é bom lembrar que felizmente estamos na região A do Blu-ray (engloba todo o continente americano) e infelizmente na região 4 do DVD (com o restante da América Latina). Quem tiver boa coleção de DVDs que se prepare para passá-la para frente.

Laguna_BD_Orange

Piada de mau gosto: disco Blu-ray com quatro episódios de Orange is the New Black é vendido por uma fortuna no Brasil (crédito: Judão)

Ou não. Enquanto 2016 será o ano do UHD-BD na civilização, no Brasil 2016 será o ano do DVD.

Não, você não leu errado: algumas distribuidoras estão desistindo do velho formato Blu-ray no Brasil. Pirataria, grande oferta de streaming (inclusive pirata), o tradicional desrespeito ao mercado colecionador e alta do dólar fizeram com que Universal e Disney ou diminuíssem a qualidade dos lançamentos em Blu-ray ou só oferecessem no mercado de home video brasileiro a versão DVD de determinados títulos, títulos estes cujo BD tem legendas e/ou dublagem em português noutros mercados.

Alguns desses BDs com nosso idioma como opção foram autorados como region-free ou mesmo região A, o jeito quase sempre foi importar. Boa parte do meu acervo de Blu-ray foi importada.

Problema: cada UHD-BD custará inicialmente de 30 a 40 dólares. Converta para real e chore. Se no velho Blu-ray as distribuidoras no Brasil já faziam um trabalho de porco a medíocre, vão preferir desistir mesmo. Nicho.

Fonte: Engadget.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • jairo

    Realmente , com a nossa 3o mundista desvalorização cambial este segmento (também) passou a ser de nicho.

  • Mario Junior ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Todo dia é um 7×1 diferente. Avante, Brasil!

  • Gilson Lorenti Fotografia

    O brasileiro nunca foi respeitado pelas distribuidoras nacionais. Ano passado até rolou um boicote dos colecionadores para com a Disney, que apresenta um produto pobre e caro no Brasil (para se ter ideia, até hoje o BD de Capitão América 2 e Thor 2 estão com preços de lançamento e não possuem disco extra e nenhum outro mimo). O brasileiro ainda não adotou o Blu-ray como mídia. Ninguém da minha família ainda comprou o aparelho e o povo que trabalha comigo também nunca viu.

    Causas? Pirataria, falta de conhecimento sobre a qualidade do formato e preço altíssimo. Eu comprei um dos primeiros DVDs (aparelhos) lançados no Brasil. Paguei uma fortuna. Mesma coisa com o BD que me custou os tubos. Infelizmente o 4K vai ter que esperar. Não tenho a TV (e nem uma sala grande para colocar ela) e, por enquanto, vou sonhando com a minha futura TV de plasma. 🙂

    • Gaius Baltar

      Embora seja a tecnologia mais antiga, eu ainda gosto muito da qualidade do plasma, mas será difícil você encontrar hoje em dia para vender, Gilson. Vá para o LED que é mais garantido.

      • Otávio Leite Cardoso

        4 letras: OLED
        Pode comprar sem medo. Adquiri uma recentemente e agora não consigo nem ligar minha LCD, relativamente nova aliás. LCD só com NanoCristais e olhe lá!! No futuro parto para uma OLED 4K.
        PS.: Estou longe de ser rico. O preço das OLED vem caindo rapidamente. Paguei 7000,00 em uma FullHD 55′ curva LG, em 12x. As 4K ainda estão muito caras e como o PS4 não é UltraHD não vi necessidade tbm (não confio em upscalling em tempo real por software da própria TV).

    • Luiz

      Brasileiro não respeita, fica pirateando tudo, dai tem que aguentar ser ignorado.

    • Uso Blu-rays apenas pra backup no trabalho, e brevemente, em casa também. Pombo.

      4K? Só pra editar mesmo e renderizar em 1080p…

      • Otávio Leite Cardoso

        Cara, aproveitando seu comentário, já vi alguns discos com a descrição masterizado em 4K, mesmo sendo FullHD. Isso faz alguma diferença no resultado final realmente?
        Abraço!!

        • O material fora editado em 4k, mas fizeram um downscaling pra 1080….
          Creio que a diferença seja mínima.

          • Otávio Leite Cardoso

            Show

        • Luciano Rocha

          Não. Nenhuma diferença para o consumidor final.

          • Otávio Leite Cardoso

            Só propaganda mesmo então!!

  • Player de DVD? O que é isso?

  • Gaius Baltar

    Ultra-HD é o primeiro formato que não me fará comprar um aparelho dedicado de reprodução. Comprei videocassete, DVD player e Blu-ray player, mas com os conteúdos digitais isso não será atraente para mim. A chegada de Star Wars e Mad Max em 4K será o impulso que falta para que eu adquira uma tv com a tecnologia. Ou aparecer antes uma promoção como essa abaixo.

    • Islan Oliveira

      Com a atual cotação do euro, fica bem salgada, não?

      • Gaius Baltar

        Para quem ganha em euro não fica. 😉

        • Islan Oliveira

          É.

          • Batata.

          • Islan Oliveira

            Batata tem 3 sílabas.

          • Não é lugar pra discutir minhas paranóias….

            A propósito, estou levando à sério as batatas como forma de arte, um meio de expressar a psiquê torturada do homem moderno preso à falsas convicções capitalistas.

          • Islan Oliveira

            Eu tinha visto no clube do Marquinho.

      • Franklin Tinoco

        Com a cotação do euro e os impostos, esta TV ficaria acima dos R$ 8000.

  • Felipe Torrezini

    Depois do LP e do K7, por que não a volta o VHS?

  • Raphael Ribeiro Silva™

    Mais um ano (e provavelmente os próximos 10), nada de adquirir um Box set do Breaking Bad (que desde o final de 2013, está custando uma Brastemp)!

    ______ “Brasil….meu Brasil brasileiro…”

  • Vin Diesel

    E a locadora 2001 na Avenida Paulista resistindo. Logo chegam os UHD-BD para o povo locar.

  • Vin Diesel

    4k é um internauta comedido. kkkk.

  • Othermind

    Vixi… comprei minha led (full hd) a 2 anos… vai demorar muito pra entrar uma 4k aqui em casa…. teoricamente só quando ela pifar… rs

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Sacanagem dessas distribuidoras. No entanto, não vai mudar muita coisa para mim, pois boa parte de minha coleção de Blu-rays é importada mesmo. Mas, com o Dólar a 4 Dilmas, está complicado manter esse hábito. De qualquer forma, sempre tem Netflix e torrents para compensar essa “dificuldade” para comprar BDs 😛 !

  • 640k is enough

    Com a debandada das produtoras, não duvido que tenhamos a aprender inglês ou espanhol pra ver os filmes no futuro.

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Tomara que sim, porque pelo menos no cinema tá cada vez mais difícil achar um filme legendado pra assistir.

      • so se for na sua cidade porque na minha ta cheia de sessão legenda

  • Le Zuero

    Cada vez mais me convenço que ser brasileiro é algo que ninguém deveria fazer.

    • Vin Diesel

      Nas clínicas da região do Ibirapuera dezenas de mulher ricas torram furtunas para terem filhos diferenciados aqui, enquanto na cracolândia as mulheres tem um filho atrás do outro sem um real no bolso.

    • Luiz

      Onde que opera para nao ser mais brasileiro?

      • Le Zuero

        Dizem q no aeroporto tem um instrumento chamado avião que ajuda.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Se não me engano, o PS4 e o Xbox One já têm capacidade de hardware para rodar discos UHD-BD. Alguém poderia confirmar isso? Se for isso mesmo, bastam a Sony e a Microsoft lançarem atualizações de software para adicionar o suporte a UHD-BDs.

    • Tem que ser uma atualização de firmware bem específica e não acho tão possível não.

    • Otávio Leite Cardoso

      Cara, para rodar Blu-ray pode até ser, mas jogos em 4K é outra coisa!! Quanto ao Blu-ray, teria que atualizar a saída HDMI; não sei se basta uma atualização pars isso ou se tem que mudar o hardware. Agora, se os caras esconderam determinadas funções nos aparelhos aí a coisa muda de figura (lembrando que o PS4 não rodava Blu-ray 3D no lançamento, sendo lançado algum tempo depous um novo firmware com a função). O que pode rolar tbm é o lançamento de kits de atualização no melhir estilo SEGA 32X (o que acho improvável) ou lançar aparelhos atualizados com capacidade 4K, mas neste caso apenas para filmes, piis a base instalada para jogos já é muito grande. De qualquer forma, dizem por aí, 2020 chega a “nova” nova geração de consoles. Será?!

      • tuneman

        HDMI 1.4 já suporta 4K e 24fps, o que é bom para filmes, mas o leitor deles não lê os discos.
        se bem que numa proxima atualização de hardware podem incluir o leitor e HDMI 2.0 e isso poderá trazer jogos (Indies) em 4K e 60fps.

      • Manoel Jorge Ribeiro Neto

        Como tuneman já disse, o padrão HDMI 1.4 usado por esses dois consoles já suporta 4K a 24 fps, que já é suficiente para filmes. Com relação ao hardware, tanto o PS4 quanto o XOne já conseguem rodar vídeos 4K (para jogos, a resolução máxima é 1080p mesmo). No entanto, falta o suporte dos leitores de Blu-Ray, que tanto a Sony quanto a Microsoft não divulgaram se conseguirão rodar UHD-BDs. O meu “chute” é que o leitores conseguem sim, bastando uma atualização de firmware/software para ativar o suporte. Mas, como os leitores foram projetados para BDs de duas camadas, talvez eles nunca ativem o suporte a BDs de 3 camadas. O motivo: estabilidade e compatibilidade. Se algo desse errado na atualização e os leitores ficassem sem ler os discos direito, é quase certo que eles iriam levar uma chuva de processos por causa disso. Então, o mais provável é que somente os consoles da próxima geração terão suporte a UHD-BDs.

    • tuneman

      Pelo que eu já li ainda não, pois o leitor precisa ser compativel, ou seja, upgrade de hardware.

      • Manoel Jorge Ribeiro Neto

        Mas e se só bastar uma atualização da firmware do leitor de Blu-Ray? Os UHD-BDs serão simplesmente BDs com 3 camadas, com capacidade máxima de armazenamento de 100 GB. Logo, acredito eu que bastaria uma atualização de firmware para mudar a fórmula de leitura para poder ler a camada adicional (visto que os jogos de PS4 e XOne usam BDs de duas camadas). Talvez (um grande talvez, claro), os leitores desses consoles já consigam ler BDs de 3 camadas, bastando alguma atualização de firmware/software para adicionar o suporte a UHD-BDs.

        • tuneman

          realmente não duvido. lembrando que o PS3 e xbox360 tambem passaram a suportar 3D apenas com atualização de software.

  • Burnerman_X

    Com DVD custando 30 reais, Blu-ray custando 60, Blu-ray 3D custando 80 reais, por mim que nem venha o BD 4k.

    É tudo mídia prensada, não tem desculpa essa discrepância nos preços. Depois choram que o BD não vende tanto quanto DVD. 8 anos de Blu-ray e os preços continuam extorsivos.

    E existe SIM muita ganância por parte das distribuidoras. Digo isso como filho de ex dono de locadora de filmes

    • Leonardo

      Me desculpa, mas já cansei de comprar BD por menos de 20 reais, outro dia comprei um por R$12 (claro que não era lançamento).

      • Burnerman_X

        Esses dias passei numa loja casualmente vendo alguns BD, e vi o BD do Divertidamente em 3d. Bateu vontade de comprar, seria legal mais um filme para experimentar na minha tv 3d recém comprada, fui ver o preço: 80 reais. A vontade de comprar passou.

        Enquanto isso o BD normal custava 60 reais e o dvd 30 reais. Agora me pergunto, os 2 discos passam pelo mesmo processo de fabricação, porque a diferença de preço entre os 2 discos é quase o preço de um dvd? Não faz sentido.

        Depois choram porque o bd e o 3d não deram certo.

        E eu mesmo já comprei vários filmes em bd em promoções similares, mas é questão de oportunidade, não é algo rotineiro. E eu não tenho o menor interesse em comprar filmes em bd pelo simples motivo de ser caro. Não vejo razões para um BD não ser vendido pelo mesmo preço do dvd ou streaming, fora que essa política falha de preços só bota pregos no caixão do bd.

        • Leonardo

          Realmente o preço muitas vezes é abusivo, mas bem menos do que o DVD já foi, lembro de ver DVD custando mais de 60 reais a coisa de 10~13 anos atrás, corrigindo com a inflação certamente seriam mais de R$ 100.
          Até acho justo custar um pouco a mais pela maior qualidade do conteúdo e do trabalho de reescanear o filme no caso dos mais antigos, mas o dobro do preço não justifica mesmo.
          Continuo comprando titulos um pouco mais antigos quando acho em promoção, afinal nunca fui ancioso para assistir lançamentos.

  • Alvaro Carneiro

    – “o jeito quase sempre foi importar”

    Eu importo quase todos os dias, importo uma pá de torrents para minha seedbox.

  • Gil Azevedo

    Infeliz chamar os EUA de civilização. Não importa o ódio que os senhores tenham do Brasil, os países da Europa e os próprios EUA não concordam, e investem pesado no Brasil. Mesmo nos EUA, o Blu-ray ainda não substituiu o DVD, como qualquer pessoa que tenha contato real com os EUA pode afirmar.

    • Civilização SIM. Perceba uma coisa: todos esses títulos são produzidos nos EUA… Estamos aqui querendo ver séries, filmes e shows produzidos nos EUA e na Europa… O Brasil produz pouco, e produz mal… Infelizmente essa é a realidade.

      Dizer que eles “investem” no Brasil é um erro enorme… Eles gastam os dólares deles para produzir conteúdo para eles próprios… Vendem por lá enquanto podem, e quando terminam de vender por lá, trazem para cá para vender aqui… O custo da produção já foi totalmente amortizado “localmente”. Quando o conteúdo chega no Brasil, o único custo deles é com localização (legendas/dublagem) e com distribuição… E isso não representa nem 5% do custo total da obra.

  • Kirk

    Complicado ser colecionador, aqui ou em qualquer outro lugar.
    Você faz um set fantástico mas baseado em tecnologias que não conseguira utilizar para reprodução em 10, 20 anos.
    Seria legal se pudêssemos comprar filmes em MKV/AVI/MP4 originais… podemos ?

  • As pessoas parecem esquecer da teoria econômica chamada Braso-Capitalismo.

    No Braso-Capitalismo, se um produto vende pouco, aumenta-se o preço para tirar a diferença para não ter prejuízo (algo abaixo de margem de lucro abaixo dos 70%)

    Entretanto, se um produto vende muito, o que o Braso-Capitalismo faz? Aproveita-se a onda e aumenta o preço, para poder lucrar mais enquanto pode.

    Isso vale desde produtos de tecnologia de informação até produção de alimentos.

    • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      E nego ainda culpa impostos, não que sejam baixos, longe disso, mas pior que o governo é a ganância e a falta de concorrência (ou os cartéis) por aqui. Enquanto os empresários (brasileiros e estrangeiros) preferirem subir preço e vender pouco no terceiro mundo a baixar preço e produzir/vender mais, nós vamos sofrer. É o famoso “vou ter menos trabalho vendendo 10 por 100 do que 100 por 10”.

      • as empresas multinacionais descobriram algo magnífico: brasileiro é otário e paga qualquer valor. DUVIDO que cobrassem 1000 dólares um iPhone lá fora que ele venderia tanto assim.

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Exato.

  • Saulo Benigno

    4K é o novo 3D.

    Quem aqui concorda?

    • N U N C A.

      Tenho uma TV 4k de 55″ na sala e uma 1080p de 42″ no quarto. Ambas estão na mesma distância de mim, cerca de 2m. A diferença na qualidade de imagem entre as duas é BEM visível. Fica ainda mais gritante quando estou vendo alguma coisa na TV Full HD e imediatamente resolvo trocar para a Ultra HD. Mesmo o conteúdo que não é em 4k, a TV faz o upscalling e fica melhor. Até minha esposa que não manja mt dos paranauê comenta como é melhor a imagem da TV 4k.

      Bem diferente da inutilidade do 3D, que além de não servir pra nada, ainda atrapalha.

    • Gabriel Bonfim

      Tu falou merda

    • não……

  • KappaKeepo

    ja to vendo o dia que as locadoras vão voltar dos mortos

    • Fabio Dias

      Com certeza!!! Estava conversando isso com o dono de uma locadora proxima de casa…… Com o Ultra Bluray, eles talvez terão uma nova chance…. Tirando ainda o fato de começarem a limitar a internet banda fixa, ou seja quem baixa filmes hj, e quiser baixar em 4K vai dançar…..

  • Mauro

    eu quero ver rips de bluray 4k quando sair meu pc vai engasgar pelo visto x265 e 4k q9550 nao ta conta a nao ser que cosiga gtx 950 q decodifica x265 por gpu, cpu pra decodifica x265 em 4k sem engasgar minimo i7 2600k?

  • Muito provavelmente esse player, assim como inúmeros outros, terá um código escondido ativável através do controle remoto que abre um menu de serviço que muda a sua região. Ou um código cujo último dígito indica qual a região estará valendo dali em diante 😉

  • Carlos Frederico

    Pergunta pro Laguna: o que você acha da tendência das mídias ópticas?

    Fiz essa pergunta porque tenho a seguinte visão sobre as mídias ópticas: são todas um verdadeiro lixo, onde somente o custo é que compensa QUANDO adotado em larga escala. E isso ainda não me convence muito. Sou mais velho que o “tio” Laguna e passei pelos CDs, DVDs, HDDVD (quem se lembra dele? kkkkk!) e eu sempre tive a seguinte visão: praticidade e centralização, além de segurança. Nisso as mídias óticas falham miseravelmente. Eu cheguei a ter mais de 300 DVDs de anime e foi um alívio total quando os HDs de 1 TB se tornaram viáveis. O fato de ter passado 300 DVDs para um HD e mantendo uma cópia dele em outro HD, é claro, deu-me uma visão completamente diferente. A mídia óptica, embora ela seja baratíssima em questão de custo por byte, ela peca com maestria em todos os outros aspectos. Vocês já chegaram a comparar a velocidade de acesso aleatório dela com um HD? 300 ms contra 7 ms. E com os SSDs / pendrives ??? 300 ms contra 0,1 ms!!! É uma diferença absurda. E isso é só um dos aspectos falhos da mídia ótica.

    Então, eu, sinceramente, não torço para mídia ótica nenhuma. Por mim que todas vão pro espaço literalmente e comecem a investir cada vez mais em ROM, RAM, NAND, o que for. Para agradar os colecionadores, o que acho uma tarefa muito bacana do ponto de vista histórico, poderiam criar um pendrive especial do tipo ROM. Seria muito mais chamativo, exclusivo e especial do que uma porcaria de disco de BD que pode riscar fácil e estragar com o tempo, mesmo que cuidado com vigor.

    • Leonardo

      Concordo com o senhor, a única ressalva é quanto a durabilidade do disco Blu Ray, eles são bem mais resistentes a riscos que os dvds e cds, em uso normal é muito improvavel você perder um disco desta forma.
      Dito isto, tenho algumas dezenas de blu-rays aqui, ainda gosto de ter a capinha, mas não chego ao ponto de gastar uma fortuna em edições especiais e etc.

  • Pacheco

    Sim, eu alugava filmes em blu-ray até antes das locadoras acabarem.

    • Fabio Dias

      Nem todas acabaram!! Hj mesmo aluguei 4 blurays para passar o final de semana!!! Alugo sempre em bluray, pois é a unica forma de poder usar minha TV + meu home na maxima definição de video e audio…… Não suporto alugar filmes no NOW com qualidade deprimente e muitas vezes com audio Estereo (ridiculo)…. e vez em qdo assisto netflix, mas ainda assim, a qualiadade tá bem longe do bluray, principalmente no audio…..

  • João

    Em uma TV 55” OLED 4K, com um home theater de qualidade, poltrona reclinável confortável, ar condicionado split aos 18 graus Celsius um blu ray 4k seria totalmente viável. Infelizmente a realidade é outra, torrent sai na frente, mídia física é uma merda, risca toda e tem durabilidade zero, não me adaptei aos blu rays e não vou me adaptar aos blu rays 4k tão cedo.

    • Fabio Dias

      Quem tem equipamento de qualidade, não usa torrent, desculpa……. Midia fisica é outra coisa…. Outra qualidade… Midias Ultra Bluray 4K, possuem HDR, audio Dolby ATMOS, ou seja, quem tem equipamento pra reproduzir isso vai ficar baixando torrent?? Esquece…. Eu pelo menos, nem perco meu tempo..

  • OverlordBR

    4K?

    Que coisa atrasada…

  • André Silvestre

    Meu Deus! Por mim o DVD já teria morrido há anos. Ô encosto!

  • Rafael de Moura

    Tenho um Ps3 a uns 5 anos, nunca coloquei um filme Blu ray nele. e na epoca que frequentava locadouras ainda era DVD.

  • Moabi Silva

    Mídia óptica está com os dias contados, o Netflix já começou a disponibilizar conteúdo em 4K e essa é tendência a partir de agora.

    • Lucas Rocha

      Pena que o stream pratica uma compressão muito grande pra justamente rodar videos em boa qualidade necessitando de pouca banda. Ao contrário das midias fisicas que podem entregar uma EXCELENTE qualidade com taxas de bitrate muito mais elevadas.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis