Galaxy A5 e A7: tela AMOLED, bom desempenho e materiais nobres, com preço de high-end

samsung_galaxy_a_1

Fomos conhecer na quinta passada em São Paulo os novos Galaxy A5 e o Galaxy A7 da Samsung, que são uma grande aposta no mercado, já que apesar de serem uma linha mid-range, contam com especificações de um high-end, e preço idem (R$ 2.199 para o A5 e R$ 2.499 para o A7).

Além do aumento do dólar, os materiais usados no Galaxy A são um dos fatores do seu preço, já que a Samsung não poupou despesas: o aparelho tem case de metal e é coberto por vidro Gorilla Glass 4 dos dois lados, na frente e trás, para dar uma maior proteção contra os tão comuns acidentes.

Por dentro, os novos smartphones da linha A contam com 16 GB de capacidade e 2 GB (A5) ou 3 GB (A7) de RAM, com processador octa-core de 1,6 GHz. O A5 tem tela AMOLED de 5,2″; enquanto o A7 tem tela de 5,7″; ambos com resolução Full HD e densidade de 424 pontos por polegada no Galaxy A5 e 401 no Galaxy A7.

samsung_galaxy_a_3

A pegada dos aparelhos também é bem interessante, com um design que lembra bastante o Galaxy S6, com a mesma borda arredondada. Tanto o Galaxy A5 quanto o A7 contam com NFC, e a Samsung diz que já está pronto para o Samsung Pay, que deve ser lançado no Brasil ainda este ano, ou seja, em breve será possível fazer pagamentos móveis seguros com o leitor de impressões digitais dos smartphones.

As lentes das câmeras traseira e frontal contam com abertura ƒ/1,9; deixando entrar até 60% mais de luz, o que é bom para ambientes de baixa luminosidade. A câmera traseira tem 13 megapixels, estabilização óptica de imagens e foco automático. A câmera frontal tem 5 megapixels, e recursos como tirar fotos selfie esticando a palma da mão para a câmera, além de selfie panorâmica e embelezamento (“limpar pele, afinar o rosto e aumentar os olhos”), uma função que (no meu caso) tem alto potencial de transformação em um alienígena, dependendo das configurações.

A duração da bateria não deve ser um problema: o A5 tem uma de 2.900 mAh e o A7 tem generosos 3.300 mAh. O dual-SIM é opcional, pois o segundo SIM ocupa o mesmo espaço do cartão micro-SD, que aliás é compatível com cartões de até 128 GB. Nosso velho conhecido TouchWiz roda em cima do Android Lollipop, mas a Samsung promete que vai atualizar para a última versão, em uma data a ser definida. Algo interessante é que usando o MyKnox, dá para ter duas contas do Instagram ou do WhatsApp, uma para a empresa e a outra pessoal, resolvendo um grande pesadelo dos produtores de conteúdo, postar na conta errada (quem nunca?). É claro que ao sair da empresa, o chefe vai pode apagar tudo o que foi colocado no aparelho, mas pelo menos vai deixar seus aplicativos e dados pessoais intactos.

samsung_galaxy_a_4

Pra concluir, o objetivo da Samsung posicionar a linha A como uma alternativa intermediária “ma non troppo” entre o Galaxy S7, S7 Edge e S7 Plus que estão vindo por aí (com preços que certamente serão bem salgados) e a linha J, com aparelhos mais acessíveis que também será renovada nos próximos meses. Ainda não testamos os novos Galaxy A, mas devo confessar que gostei muito do A7, e para quem está disposto a pagar acima de R$ 2 mil por um smartphone, a tela e a bateria compensam a diferença de R$ 300 no preço dos dois, na minha humilde opinião.

Gostou do Galaxy S5 ou do Galaxy S7? São três cores, preto, rosa e dourado, compre o seu Galaxy A5 ou A7 no Submarino (com desconto de R$ 100 válido para hoje).

Saiba mais na Samsung Brasil.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Nick Ellis

Nick Ellis é autor do Meio Bit, Digital Drops e Blog de Brinquedo.

Compartilhar
  • Islan Oliveira

    S7 Plus? Samsung tá querendo copiar o iPhone? :v

    • Taichou12

      Até onde eu sei Samsung sempre lançou aparelhos com o plus no nome.

      • Islan Oliveira

        Agora de cabeça não lembro se teve algum da linha S com nome Plus, se teve, reconheço minha falha.

  • Minion

    Agora posso tirar foto e não sair tão feio…
    🙂

  • DiMais

    celular topo de linha está impraticável, bom ter opções mais perto da casa dos R$2000,00.. na família Samsung essa linha A está ficando mais interessante que S e Edge.. talvez o suposto iPhone 5se venha nessa mesma proposta (agora até o Tim Cook admitiu que iPhone é caro)

  • Por esse preço da pra comprar um S6 Edge, a Samsung perdeu a noção de vez?

  • Raphael Ribeiro Silva™

    E lá vamos nós a mais um capítulo dessa série (infinita)!

    ______ temporada 56, episódio A5,A7

  • jairo

    Aguardar uns 3 meses e o preço despenca uns 30% , mesmo assim não.compraria , OS defasado , bloatwares….no thanks

    • ELY

      Bloatwares tem solução sem ter acesso a root.

      • jairo

        Mas continuam a ocupar espaço , preocupante na linha A para quem quer usar como dual SIM , aí o SD já era.

        • ELY

          É possível remover os diretórios com o conteúdo desses bloatwares meio que “a força”.

          • Julio Verner

            Mas ainda é um samsung. rs

  • Pedro_SS

    Alguém sabe se realmente tem diferença notável de desempenho entre um desses A7 e um S7? Será que vale a diferenca de preço?

    Eu tenho um Moto X de segunda geração e tirando a câmera, o celular é sensacional. oObicho voa, não da quase nenhum lag, deixo vários aplicativos abertos e alterno entre eles de forma muito rápida.

    Então me pergunto se para o uso no dia-a-dia já não chegamos a um ponto que em poder de processamento a mais uma diferença que justifique o investimento.

    • duhehe

      Também tenho um Moto X 2014, estou precisando trocar já, bateria pedindo arrego, saco cheio dessa ”tekpix” que colocaram nele, e o couro da traseira esta nojento.
      Mas as opções estão péssimas, unico que parece valer a pena é o Nexus 6P.

    • Diego Medeiros

      Aqui também. Desativei boa parte dos aplicativos que não uso (aqueles do Google) e instalo só o básico. O bicho realmente voa. Minha esperança é que a Motorola tenha pena de nós brasileiros que não trocaremos de smartphone e o atualize no final do ano.

    • Arnoud Arnoud Rodrigues

      Meu Moto X 2ª gen, continua muito rápido. Já recebeu 4 atualizações do Android, a bateria dura o dia todo e a função OTG passou a funcionar com o software da Sandisk. Ou seja, fora a câmera, está ainda melhor do que quando comprei.

      O melhor investimento em informática que já fiz. Ainda mais considerando que paguei 1350 reais por ele.

      Enfim, um aparelho que tem cerca de 15 meses ainda bota no chinelo essa nova linha da Samsung.

  • Taichou12

    Bom aparelho esse A7, mas ainda vale a pena pegar o s6 que tá custando menos, e vale lembrar que esses aparelhos não vem com led de notificação, em pleno 2016 pow Samsung.

  • Luís Eduardo

    Eles já vêm com o SamsuLag₢ e TravTouch₢. Besteira, tive Samsung pra nunca mais…

  • Adriano Garcez

    Só lamento para os desavisados que irão comprar por esse preço. Daqui a menos de seis meses vai cair para menos de 1500 e talvez compense a compra.

  • No último parágrafo rola a pergunta se gostamos do S5 ou S7, acho que seria A5 e A7, correto?

  • Mirai Densetsu

    2 mil por um aparelho mid? Ainda com o travawiz?

    Eles devem estar zoando. O A5 nunca que vale 2 mil. Eles são mid-end com preço de top.

    • Julio Verner

      Se te pago pra falar bem de merda, tu vai falar mal? É assim que funciona…

  • Vin Diesel

    E um dia você saberá que essa “guerrinha” entre Samsung e Apple fazia parte do negócio.

  • Antonio José Esteves Amorim

    Quem comprar será agraciado com o certificado de otário do ano . Não tem nada neste engodo que valha 2.500,00.
    Por menos, muito menos, tem diversas opções no mercado.

  • Luciano Rocha

    É… Ser pobre já foi mais fácil…

    • Soltei essa mesma frase na padaria, depois do último aumento que teve no preço do pão, da farinha…

  • Lupa Branches

    Fiz arte sexta o que acabou culminando com a perda do meu Galaxy A5 2015. Como não poderia ficar sem celular fui atrás de outro nas lojas aqui da cidade. Entre os que me chamaram atenção estava, pra minha surpresa, o galaxy A5 2016 à venda. Acabei comprando-o.
    Posso dizer que a Samsung fez um ótimo trabalho, o aparelho é muito bonito. De cara notei que ele está um pouco mais pesado que seu antecessor, mas nada que prejudique seu manuseio.
    A tela é muito linda, tem ótimo brilho e definição.
    Gostei da câmera. Tirei boas fotos no escuro.
    O fingerprint é um recurso bem vindo fazendo com que o desbloqueio seja muito rápido, facilita muito a vida.
    A capacidade de memória poderia ser de 32 GB pelo menos, mas não chega a atrapalhar porque já usava um cartão de 64 GB no outro A5. A capacidade real da memória é de quase 11 GB o que já é uma ajuda, já que no A5 anterior eu tinha menos de 10 GB livre.
    A TW no A5 anterior rodava muito bem e não é diferente no A5 2016, tudo flui perfeitamente, sem engasgos, sem travamentos.

    O preço do aparelho poderia ser um pouco menor, sem dúvida.

    Só pra registrar, ele já sobreviveu à primeira queda algumas horas depois de comprado. xD

  • ElGloriosoRangerRojo™

    Acho que é só impressão minha. Mas mesmo sabendo que o celular é de metal, ele continua parecendo de plástico fajuto…

  • Porra Samsung, com esses preços eu compro um Notebook pra andar comigo. E não, também NÃO será da sua marca.

  • Julio Verner

    Parei de ler no primeiro parágrafo. Quem chama telefone de R$2.000,00 de Mid-End deve ta ganhando muito bem e nem precisa de tanto jabá assim.

    Parabéns a Samsung, finalmente conseguiu preço Premium em porcaria de sorvete seco.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis