Com o Live, Facebook aponta seus canhões para o Periscope

facebook-live

O Facebook continua com seus esforços de não deixar que seus usuários sequer cogitem em utilizar serviços de concorrentes, atirando para todos os lados. Depois de oferecer um serviço que bate de frente com o Yelp e o Foursquare chegou a vez de entrar no terreno do streaming de vídeos de conteúdo original: o Live, um serviço que faz a mesma coisa que o Periscope e que estava em fase de testes agora foi liberado para todos os donos de iPhones nos Estados Unidos.

O Periscope é um app stand alone pertencente ao Twitter que só não tem o mérito de ser o primeiro em sua área (o quase esquecido Meerkat detém a medalha). Ele inicia uma transmissão ao vivo para todos os seus seguidores utilizando as câmeras de seu dispositivo portátil, de certa forma sendo uma versão de bolso do saudoso LiveChat. Ele possui algumas ferramentas que permitem o controle da transmissão, assim nem todos os que seguem você poderão ver suas transmissões se assim você desejar. Hoje o app roda em iOS e Android e depende de clientes de terceiros no Windows Phone como o Telescope, para variar.

O Facebook se aproximou do mundinho do streaming ao vivo via mobile quando o Meerkat tentou fazer de tudo para se manter vivo, já que o Twitter havia bloqueado o  acesso à sua API porque o app foi lançado antes do Periscope, e não queria concorrência. O Facebook poderia até ter comprado o suricato e tê-lo incorporado à sua plataforma, mas pelo visto Zuck preferiu trabalhar em uma solução própria e mais, que não exija que o usuário saia do app da rede social.

Siritorn Wongwatanapoolpol — First live video at Facebook HQ Mark Zuckerberg

Claro que a primeira transmissão foi do Zuckerberg.

O Live conta com algumas vantagens em relação ao Periscope: primeiro, não depende de um app acessório. Segundo, não coloca um limite de tempo para a visualização de transmissões passadas: enquanto a ferramenta do Twitter só os disponibiliza por 24 horas o Live os mantém no ar por tempo indefinido, e poderão ser assistidos quantas vezes o usuário quiser.

Para dar início a uma transmissão o processo é o mesmo daa atualização de status: ao invés de entrar com um texto ou link basta selecionar o ícone do Live, definir para quem você quer transmitir (se livre ou para amigos, etc) e começar a falar. Ele foi introduzido em setembro e liberado para testes apenas para alguns poucos felizardos (celebridades de primeiro escalão antes de todos, depois jornalistas e figuras públicas através do Mentions), mas a partir de agora todos nos Estados Unidos que possuem um iPhone poderão curtir a novidade.

Segundo o Facebook a compatibilidade com o Android e a liberação do acesso à novidade em mais países não vão demorar, até porque se pretendem mesmo destronar o Periscope é bom que o Live esteja disponível para o maior número de pessoas logo.

Fonte: Facebook.

Relacionados: , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Islan Oliveira

    Marquinho Sucker-berg não está pra brincadeira pra conseguir os dados do mundo todo…

  • Ynteressante

  • HQ? Facebook deve estar zuando ao chamar isso de High Quality ¬¬”

    Aqui em casa pra ver video no Facebook, só usando aquela qualidade LIXO deles. Se por em HD, fica travando, mesmo na minha internet de 35mbps. Daqui a pouco vão se tornar um Pato Tecnológico. Nada, voa e anda, mas não faz nenhum dos três direito…

    • Henrique Mello

      é de Headquarters, não de High Quality.

    • Manoel Guedes

      HQ é Headquarters que o centro de tomadas de decisão de uma empresa não?

  • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

    Agora a molecada vay xyngar muyto é no Lyve do Facebook.

  • Quem devya apontar canhões era a Microsoft™ praquele barquynho do novo Outlook.

    • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

      Fogo pesado. Pra lá já tem a artylharya do Gmayl.

  • Anakin

    Ta complicado pro facebook, não se contentam com o instagram e whatsapp e tem que querer dominar tudo.

    • zé garruchada

      estão prevendo a queda desses apps. tocar o negócio pra frente.

    • E o pessoal ainda se contenta em continuar a alimentar o monstro.

  • Gustave Dupré

    Está difícil ter um serviço que só exista ele e pronto, até concordo que quanto mais concorrência melhor, mas em alguns casos é completamente desnecessário.

  • Bruno Aveiro

    Ontem (domingo 31/01) o pessoal da ESPN Brasil utilizou o streaming do Facebook para mostrar os bastidores da narração do Probowl. Interessante.
    O único problema é que eles anunciavam que estavam ao vivo pelo Periscope e eram corrigidos toda hora.

  • Zé das Covi

    Facebook é uma maquina de “copiar/comprar” ideias , a todo momento se ouve “facebook mira concorrente X e ira fazer/comprar serviços semelhantes “

  • Facebook? Periscope? Live?

    Em pleno ano de 2016 o pessoal ainda continua usando o facebosta… quer dizer, Facebook?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis