Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Final Fantasy XIII, o divisor de águas

Por em 31 de março de 2009
emIndústria Microsoft Sony
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

    Ainda acho que as versões sairão equilibradas, em termos gráficos, com leve e pouco perceptível vantagem ao PS3, devido à melhor familiaridade com o inusitado Cell, um processador central data-parallel, contra o já consagrado Xenon, uma CPU task-parallel, do XBox 360. ;)

    Agora o detalhe dos múltiplos discos no XBox 360 me lembra o PS1, quando todos os três Final Fantasies foram lançados com quatro discos. }:)

    Eu não achava ruim isso, pois até poupa o manuseio deles e seus possíveis acidentes. Se bem que esse tipo de divisão só me parece vantajosa quando o jogo é linear, já que, por exemplo, em Legend of Dragoon me lembro que tinha que colocar o disco tal quando chegava a tal cidade… Até para emprestar era difícil.

    :) :D
    ___________________________________________________
    The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

    • Lesnik

      Mas o Final Fantasy VII tinha 3cd’s não era???

      Abraços.

      :::::::::: Leandro Lesnik ::

      • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

        Você está a falar da versão original ou da versão norte-americana?

        }:)

        Dá uma boa lida em meu outro comentário e entenderás a grande diferença.

        ;)
        ___________________________________________________
        The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

        • Lesnik

          Estava falando da versão Americana, mas o jogo em sí usa apenas 3 cd’s não é mesmo? ou o cd com extras também conta para o jogo?

          Abraços :)
          :::::::::: Leandro Lesnik ::

          • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

            Não sou nem um pouco fã desse jogo, mas se eu o fosse, não deixaria isso barato. }:)

            Afinal, os extras são melhores que o próprio jogo, podes crer.

            ;) :) :D
            ___________________________________________________
            The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

          • Lesnik

            Isso com certeza! uma vez procurei feito loco a ISO desse 4º cd mas não achei… =(, mas disse isso pelo fato da versão americana não ter ele. Ainda é um dos meus favoritos, adorava ficar combinando as matérias, até chegar num nível que nem precisava lutar, já entravam batendo e contra-atacando hauahuahua. Estou jogando o FFX novamente no PC, acho ele ótimo também. Abraços! :)

            :::::::::: Leandro Lesnik ::

  • Melagrião

    Legend of Dragoon, ótimo jogo!
    Quem é que não se matava pra executar o movimento GUST OF WIND DANCE

    Mas fala sério. O PS3 já ter um jogo que exija a sua capacidade máxima? Acho que a era OnLive está muito muito próxima…

    • _S4MUR4I_

      [quote=Melagrião]Legend of Dragoon, ótimo jogo!
      Quem é que não se matava pra executar o movimento GUST OF WIND DANCE

      Mas fala sério. O PS3 já ter um jogo que exija a sua capacidade máxima? Acho que a era OnLive está muito muito próxima…[/quote]

      Legend of Dragoon = Power Rangers Força Animal

      …mas foi o jogo que perdeu apenas para Chrono Cross, em questão de CG’s.
      _______________________________________________________________
      É isso aí rapaziada!

  • robson_franca

    Será vergonhoso se o jogo vir em 2 ou 3 DVD’s (20 a 30 GB) na versão 360, e 1 Blu-ray (50 GB) na versão PS3. Aliás esse papo de que “tal jogo usará 100% da capacidade do console” já encheu. Aí vem outro jogo do Kojima, outro da Guerilla Games, outro do David Jaffe, e todos vão dizer que estão usando 100% do console.

    Max, por mais que os 8 DSP’s do PS3 sejam ótimos para processamento paralelo de dados, os três cores do 360 podem ser utilizados para quase tudo: IA, Física, etc. O PS3 ficou muito próximo do 360 por causa do núcleo, que é praticamente o mesmo, e por conta do processador gráfico.

    Claro que o PS3 pode superar o 360, e há alguns jogos que mostram isso, como Killzone 2. Mas pelos vídeos que mostram um pouco da gameplay do FFXIII, não acho que o 360 irá fazer muito feio.

    Abraços

    • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

      O processador gráfico do XBox 360, o Xenos da ATi, é o mais poderoso já colocado num console. ;)

      Se a nVidia tivesse feito um melhor trabalho com o RSX do PS3, o PS3 seria, de longe, o melhor hardware e não “parecendo ser os melhores gráficos” em apenas um ou outro raro título.

      }:)
      ___________________________________________________
      The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

  • Vinicius_games

    Interessante notar que todas as comparações feitas entre o Xbox360 e o Playstation 3 com o mesmo jogo a vantagem em termos gráficos no xbox ficou clara, seria a api gráfica do xbox superior ou o console da microsoft é mais fácil de se programar?

  • http://www.wallck.com.br/ wallck
  • Rickd

    X360 receberá apenas um port, provavelmente vindo em 4 discos.

  • http://www.nbrtec.com.br manuelB

    Imagina o susto que eu levei jogando metal gear solid 4, quando o jogo pediu pra colocar o disco 2!!!
    Eu acho que essa limitação do dvd pode prejudicar o XBOX no futuro. Quanto a suposta superioridade do PS3… acho que só vai aperecer quando escovarem muito os bits dele, porque o xbox tem aquela vantagem de ter arquitetura muito parecida com PC que é onde todos os desenvolvedores aprender a fazer jogo.
    _____________________________________
    Dodge this!

  • andrezaosta

    Final Fantasy sempre foi um divisor de aguas, em se falando de gráfico. Agora vamos saber que vai fazer vender mais console no Xbox ou PS3.
    Mais eu não tenho duvida que FF vai ter belos gráficos.
    —— — —
    Os Deuses da Bola nem sempre a justos com todos.
    TRICOLOR 3HEXA!!! CYBORGES, O EXTERMINADOR!!!

    • http://www.arapaduradura.blogspot.com Igorqueiroz

      [quote=andrezaosta] Final Fantasy sempre foi um divisor de aguas, em se falando de gráfico. Agora vamos saber que vai fazer vender mais console no Xbox ou PS3.
      Mais eu não tenho duvida que FF vai ter belos gráficos.
      [/quote]

      O grande problema dos últimos FF’s (era 128 bits), é justamente se
      preocupar quase que unicamente com isso…
      Hoje em dia eu prefiro a série DQ a FF pelo simples fato de
      Dragon Quest fazer oque promete, ser divertidão. FF que prezava
      por um enredo caprichado, perdeu essa característica faz tempo :P

      ————–

      Um sonho, não é nada mais que o primeiro passo para a realização

      Projeto: Desenvolvimento de Jogos – CE
      http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=46145544

      • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

        Há controvérsias… }:)

        Dragon Quest é muito bom, joguei o VII e o VIII e, ainda, não finalizei nenhum deles, então não posso avaliá-los, nem muito menos a franquia Dragon Quest como um todo. ;)

        Mas Final Fantasy, para mim, foi melhorando justamente no enredo, já que o fraco da obra-prima, o décimo, é justamente a parte gráfica. Já o décimo-segundo ainda estou a analisar… ;)

        O Final Fantasy de melhor estilo gráfico, na minha opinião, ainda é o nono.

        :) :D
        ___________________________________________________
        The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

        • http://www.arapaduradura.blogspot.com Igorqueiroz

          Sinto discordar com você, jovem Laguna, mas o X não só não
          é considerado uma obra prima, como está na minha lista negra
          como um dos piores FF’s de todos os tempos, perdendo somente para
          a sua continuação (FF X-2) e o antigo Mystic Quest.
          E quando eu digo não é considerado, é porque na crítica em
          geral ele está abaixo da média dos demais, ganhando apenas do
          seu sucessor (FF XII)no Metacritcs na opinião dos jogadores (que
          ao meu ver, é a opinião que realmente conta, alheia a “forças maiores”).
          E se engana em dizer que o fraco dele seria os gráficos, não foi,
          na época em que foi lançado, os gráficos eram belos sim.
          O que incomoda na nova geração, eu até já comentei em outro tópico
          aqui, é que com a evolução da tecnologia, os jogos têm que evoluir
          de simples diversão desprentensiosa, a algo mais próximo da 7ª arte.
          Antes interpretávamos os gestos dos “bonequinhos” SD da era 16 bits,
          continuamos fazendo isso até mesmo na chegada aos 32 bits, com os
          personagens do FF VII com poucos polígonos, ou para os mais íntimos,
          os “Cube-Men”. A partir do FF VIII, com a aproximação de algo mais
          próximo ao real, foi sendo necessário menos interpretação e melhor
          trabalho da parte técnica dos desenvolvedores e artitas.
          Chegando na era 128 bits, adicionaram dublagens, o que aumentaria
          mais ainda o risco de sair um fiasco, e adivinhem, no caso da
          dublagem americana, foi realmente um fiasco.
          No mais, apesar de eu ainda ter muito carinho pela lembrança que
          essa série me proporciona, eu sou fã mesmo é do que deveria ser
          o carro chefe de todos os RPG’s e que por infelicidade ou
          complexidade do storyline não o tornou um grande sucesso:
          The Masterpiece of ERPG’s: XENOGEARS.

          ————–

          Um sonho, não é nada mais que o primeiro passo para a realização

          Projeto: Desenvolvimento de Jogos – CE
          http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=46145544

          • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

            Nobre Igorqueiroz, concordo com boa parte do que você, caro colega de MeioBit, escreveu e nem comentarei o restante, a não ser…

            [quote="Igorqueiroz"](…parte do texto em que discordo plenamente, mas não vou discutir…)

            O que incomoda na nova geração, eu até já comentei em outro tópico aqui, é que com a evolução da tecnologia, os jogos têm que evoluir de simples diversão desprentensiosa, a algo mais próximo da 7ª arte.

            Antes interpretávamos os gestos dos “bonequinhos” SD da era 16 bits, continuamos fazendo isso até mesmo na chegada aos 32 bits, com os personagens do FF VII com poucos polígonos, ou para os mais íntimos, os “Cube-Men”.

            A partir do FF VIII, com a aproximação de algo mais próximo ao real, foi sendo necessário menos interpretação e melhor trabalho da parte técnica dos desenvolvedores e artitas.

            (…discordo parcialmente, mas também não vou discutir…)

            No mais, apesar de eu ainda ter muito carinho pela lembrança que essa série me proporciona, eu sou fã mesmo é do que deveria ser o carro chefe de todos os RPG’s e que por infelicidade ou complexidade do storyline não o tornou um grande sucesso: The Masterpiece of ERPG’s: XENOGEARS.[/quote]
            Haveria como você fazer uns parágrafos em seus textos, caro conterrâneo?

            Facilitaria muito a leitura; não só a minha, como dos demais!

            ;)
            ___________________________________________________
            The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

          • http://www.arapaduradura.blogspot.com Igorqueiroz

            Peço desculpas pela falta de parágrafos Laguna, infelizmente
            na hora da resposta estava dividindo a minha atenção entre
            o texto e uma classe Java lá no trampo.

            De qualquer forma, agradeço a dica. ^^

            ————–

            Um sonho, não é nada mais que o primeiro passo para a realização

            Projeto: Desenvolvimento de Jogos – CE
            http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=46145544

          • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

            Bom, tenta fazer os elaborados textos nas horas de folga…

            8)
            ___________________________________________________
            The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

  • http://www.nbrtec.com.br manuelB

    Só eu que sinto falta do clima de fantasia medieval dos FF anteriores ao 7????
    _____________________________________
    Dodge this!

    • andrezaosta

      Eu tbm prefiro os medievais, a este futuristas…

      —— — —
      Os Deuses da Bola nem sempre a justos com todos.
      TRICOLOR 3HEXA!!! CYBORGES, O EXTERMINADOR!!!

      • http://twitter.com/max_laguna Max_Laguna

        Vocês já jogaram Final Fantasy IX?

        Na minha opinião, o nono FF teve o melhor estilo gráfico de todos os Final Fantasies: medieval e com caravelas voadoras…

        ;)
        ___________________________________________________
        The one-eyed in the Fortress at the World’s End, Siará.

        • andrezaosta

          Para o FF IX e o segundo melhor Final Fantasy perdendo só para o insuperável FF VII.
          FF IX chegou no máximo que o PSone aguenta, as cinematica do game era simplesmente fantástico e enredo ótimo.
          Agora estou jogando o FF X que esta sendo muito bom, a única coisa ruim nele e que por ter sido lançado na começo do PS2 seus gráficos não era tão amadurecidos.

          —— — —
          Os Deuses da Bola nem sempre a justos com todos.
          TRICOLOR 3HEXA!!! CYBORGES, O EXTERMINADOR!!!

        • http://magno-naval.blogspot.com magno

          Excelente e com poucos furos de enredo. Ainda não joguei todo, mas até onde eu joguei é ótimo.

          • andrezaosta

            FF IX foi lançado para PSP com melhorias, ou e só uma recompilação pirata???
            ________________________________________________
            Os Deuses da Bola nem sempre a justos com todos.
            TRICOLOR 3HEXA!!! CYBORGES, O EXTERMINADOR!!!

    • http://www.arapaduradura.blogspot.com Igorqueiroz

      Na verdade, então seriam anteriores ao VI, pois o VI tem um
      universo bem próximo ao do VII, aquele clima meio Cyber-Punk,
      só chega a ser mais medieval pela existência de reinos e tals.
      Mas depois do mesmo, como já citaram, o IX é bem saudosista nesse
      quesito, com reinos, princesas e o escambal, e o FF XII fez um
      Mix de medieval com futurista, dando um clima bem próximo a um
      Star Wars da vida, todos sabemos que a série sempre fez referência
      a obra do George Lucas, mas esse em especial, veio cheio delas.
      Quem não comparou o Balthier com o Han Solo e a Fran com o Chewee
      levante o braço. :P

      ————–

      Um sonho, não é nada mais que o primeiro passo para a realização

      Projeto: Desenvolvimento de Jogos – CE
      http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=46145544