Foxconn oferece mais de R$ 21 bilhões para adquirir a Sharp

sharp-foxconn

Enquanto a Foxconn aperta o cinto por aqui, lá fora o cenário é bem diferente. A companhia taiwanesa e uma das principais montadoras de eletrônicos do mundo ofereceu a gorda soma de 600 bilhões de ienes (em torno de US$ 5,13 bilhões ou R$ 21,32 bilhões) para adquirir a japonesa Sharp, outrora uma das grandes fabricantes de eletrônicos e que ainda detém excelência na hora de produzir displays LCD, o motivo pela oferta.

E caso o negócio seja fechado a Apple pode vir a ser uma das mais beneficiadas.

A Foxconn vem cortejando a Sharp não é de hoje. Desde setembro último a montadora tenta sem sucesso passar a mão na companhia nipônica por um simples motivo: as telas que ela produz são de qualidade ímpar. Hoje a Sharp não é nem sombra do que foi outrora, mas ainda fabrica TVs (algumas bem interessantes… e caras) e displays para fora. Muitas fabricantes de dispositivos móveis utilizam seus produtos, uma delas sendo a maçã.

Sendo a Apple uma das poucas fabricantes que ainda não migrou para displays OLED, o display LCD ainda é o componente mais caro de seus iPhones. Como a Foxconn não fabrica telas, apenas as compra de fora é um custo um tanto alto para se manter, tendo em vista que produzir uma tela do tipo é algo caro.

Comprar a Sharp seria uma forma da Foxconn reduzir seus próprios custos de produção na hora de montar os diversos dispositivos para seus parceiros, que não são poucos. Porém a Apple se beneficiaria do negócio de mais de uma forma: uma delas seria deixar de adquirir telas da LG e Samsung, que embora sejam de qualidade excelente esbarram no fato de Cupertino manter acordos com rivais, especialmente a Samsung (de quem ela não consegue se livrar no que diz respeito aos chips AX). Por outro lado ela pode conseguir uma redução de preço dos componentes, o que significaria uma redução no preço de custo final do iPhone, e por fim maiores lucros. Já a Foxconn poderá ganhar mais dinheiro com os pedidos pois deixará de comprar peças fora.

Por enquanto nada foi confirmado, é possível que a Sharp se esquive novamente como vem fazendo nos últimos meses, embora a empresa não esteja indo muito bem das pernas. Em última análise especialistas locais mostraram preocupação em deixar uma das companhias de tecnologia mais tradicionais do país cair nas mãos de controladores estrangeiros.

Fonte: Wall Street Journal.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Proposta afiada.

    • Danchio

      Toma 2 joias. um pra vc e outro se vc perder o anterior.

  • Tenho uma LCD Sharp que é nostalgia pura anos 80 quando ela bombava no Brasil.

    E esse valor? Um app de bate papo feito no quarto de uns pivetes, conhecido por whatsapp vale 10 Sharps com todo seu parque industrial, plantas no mundo todo e milhares de funcionários.

    • ElGloriosoRangerRojo™

      Só pra você ver como patrimônio e know-how valem pouco hoje em dia.

      Sharp com certeza deve ter processos de produção quase em estado de arte, pra conseguir fazer displays com tanta qualidade, mas a marca deles está esquecida, apagada…

      Enquanto isso, WhatsApp é uma das marcas mais conhecidas no mundo, mas tem um produto muito simples.

    • Juaum

      Mais uma bolha prestes a estourar. E dessa vez, os estragos serão imensos…

      • Pior que não vejo eminência nenhuma de estourar, o mundo, o mercado, tudo mudou muito de 2000 para cá e os conceitos tem mudado muito mais rapidamente, 5 anos é uma eternidade. Acho que esse fenômeno do mercado atual não é bolha, é pura realidade concreta e madura.

        • Juaum

          Deixa só os investidores se tocarem que essas empresas não estão dando o retorno prometido.

        • Lui Spin

          Esse mercado já está maduro. Não vive mais como uma bolha como a dos anos 2000.

          A própria bolha dos anos 2000 só foi bolha porque se precipitaram em bolhetizar ela. Dava pra segurar também.

    • blacktea

      Esse valor nem é pelo app em si, mas sim pela sua base de usuários; usuários são muito mais cobiçados que patrimônio e know how, como citou o colega, pelo fato de a empresa ter um ganho direto com vendas e até propagandas; mas para os conspiracy de plantão, é só mais um modo de ter controle/conhecimento sobre a massa, assim como faz o Sr. Google Now que sabe até onde eu trabalho, moro e ainda tem a cara de pau de perguntar que lugar é esse que eu costumo ir tanto quanto minha casa, também conhecido como casa da minha namorada. FYI, não sou conspiracy boy, just saying. Ok, acho que tomei muito café.

  • Sou burro ou a Foxconn quer comprar a Sharp para deter a produção de uma tecnologia que está sendo substituída na indústria e logo se tornará obsoleta?

    • Luiz H. P. Godinho

      Isso mesmo, mas como a Apple ainda usa e ela vende bastante, eles compram todo um parque de indústrias pronto e ainda consegue ganhar uma boa grana por algum tempo, mesmo se a tecnologia mudar, creio que atualizar o parque industrial seja mais barato que fazer um do zero, penso ser isso.

      • DiMais

        a Apple anda preocupada em ter que abrir mão do LCD caso LG e Samsung abandonem a tecnologia em benefício do OLED, já que a Sharp dificilmente teria condições de atender a demanda por iPhones.. com certeza essa proposta da Foxconn tem um dedinho de Cupertino movendo os interesses..

        • Luiz H. P. Godinho

          Faz sentindo, entretanto, fica a perguinta, porque a maçã não muda logo pra OLED?

          • DiMais

            Gostam tanto de exclusividade que logo vai ser tecnologia proprietária dela.

          • Alberto Prado

            Acho que posso ter respondido logo mais a cima.

          • ElGloriosoRangerRojo™

            Porque LCD custa bem menos e estão conseguindo entregar um resultado satisfatório com ele ainda. A Apple consegue faturar e lucrar tanto pelo simples fato de espremer tudo até a última gota. Reduzem os custos ao máximo possível e pedem pra dar uma revisada porque dá pra reduzir mais ainda… =P

    • Guilherme

      Pensei o mesmo. A Apple quer continuar com o LCD por muito mais tempo?

      • Com certeza, pois lucram horrores com a quebra dos displays.

        Não que os iProdutos tenham problema, pelo contrário, são perfeitos, a culpa é do usuário.

      • Alberto Prado

        LCD ainda é mais barato que o OLED e como a Sharp produz ótimos LCDs que não devem muito em qualidade em relação aos OLEDS, a Apple prefere eles para continuar a manter a gorda margem de lucro.
        Afinal eles vendem hardware “defasado” com algumas característica proprietária dela que faz casar extremamente bem com o software otimizado.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples