EUA voltam atrás e cancelam em definitivo aposentadoria do A-10

a-10-thunderbolt-ii_011

O A-10 é um avião feio. Muito feio, daqueles que só a mãe consegue olhar e achar bonito, mas o danado é eficiente! Criado para ser um matador de tanques soviéticos, com o fim da Guerra Fria ele foi marcado para aposentadoria, mas a Guerra do Golfo o chamou de volta. 

Quando a Maior Batalha de Tanques desde a Segunda Guerra Mundial durou 20 minutos com o extermínio da guarda republicana de Saddam, chamada exageradamente de Os Imortais, os A-10 ficaram sem ter o que fazer. Começaram a ser usados em apoio de tropas, e meninos e meninas, eles são bons nisso.

Principalmente por causa do canhão GAU-8 Avenger, e por Avenger, estamos falando de Hulk, não Hawkeye.

General Electric GAU-8/A displayed next to a Volkswagen Beetle for size comparison. (U.S. Air Force photo)

Esse monstro dispara 4.200 tiros por minuto. A força do recuo é tão grande que momentaneamente é maior que a potência das duas turbinas GE TF34. Se a munição fosse infinita o A-10 acabaria voando de ré.

Cada tiro desses lança uma bala de 30 mm composta de urânio empobrecido, três vezes mais pesada, duas vezes mais rápida e com o dobro do alcance de qualquer outro canhão embarcado em aviões semelhantes. Se você definitivamente absolutamente completamente quer acabar com o dia de alguém, esse é o caminho:

A10Ammo

Funciona mais ou menos assim: como a munição é supersônica, você só sente o tiro quando ele estiver entrando delicadamente por sua calota craniana. Em seguida o barulho das balas atingindo tudo a seu redor. O barulho dos disparos você só escuta quando já estiver escolhendo suas virgens.


FUNKER530 – Veteran Community & Combat Footage — A-10 Warthog Gunrun With Apache and Kiowa Rocket Strike

Com tudo isso o Pentágono ainda assim odeia o A-10. Ele é empecilho para o projeto do F-35, o maior buraco negro de dinheiro da História dos EUA. Ele é projetado para fazer de tudo um pouco, sem ser excelente em nada e no caso do A-10 é o sucessor de algo que funciona perfeitamente.

De tempos em tempos tentam aposentar o A-10 para justificar a compra de mais F-35, mas agora que o cinto está apertado está complicado fazer funcionar a lógica de que é preciso comprar um avião de US$ 100 milhões para substituir um de US$ 18 milhões que funciona perfeitamente.

Tão complicado que parece que desistiram de vez. No próximo orçamento de defesa vão sair verbas para renovação e manutenção da frota de A-10, que permanecerão voando por muitos e muitos anos, para alegria dos soldados e desespero do Achmed.


Ash Sert — Afghanistan: The 30 mm GAU-8/A Avenger and the Hand of God

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Theuer

    Esse canhão é ridículo!!! No bom sentido é claro.

  • Oliver Wilson

    Tenho a coleção dos anos 80-90 do “Aviões de Guerra”. É citado: “…o A-10 foi projetado e construído em trono do canhão GAU-8/A Avenger e o piloto tem que usá-lo com cautela, pois ao acioná-lo por um período mais longo, pode causar o estol da aeronave…” o.O . Adoro esse bicho…=)

    • Hugo Sequeira

      Não seria “Stall”?

      • Marcio Nascimento

        Em inglês, stall… Em português, estol…

        • estol chocado

          • Lucas Timm

            Piora. Há pilotos que falam “estolou” a aeronave. E não foi uma explosão causada pelo Cebolinha.

          • Lui Spin

            estol rindo da sua piada ruim

    • Hannah Werlang Becker

      Oi…então vc sabe das coisas! …manter o “bicho” voando enquanto ele despeja sua carga de 30 mm é um proeza do piloto!

  • Silvio Soares da Silveira

    O A-10 é coisa feia mais linda que já vi em toda minha vida.
    Apache AH-64 também.

    • Bruno Santos

      Esse barulho que ele faz é música..

    • achsanos

      Nunca consegui ver toda essa feiura alardeada. Eu pegava fácil.

      Aliás, a opinião do pessoal em campo também foi considerada na construção de tal mito?

  • CARLOS EDUARDO

    ISTO DE FATO , É O TERROR ALADO , PARA QUALQUER INIMIGO ! … DEUS ABENÇÕE AMÉRICA , E SEUS CIENTISTAS POR MAIS ESTA INVENÇÃO !… O MELHOR NÃO É GUERREAR ; O MELHOR, É SEMPRE SE ESTAR PREPARADO PARA UMA GUERRA ! ….

    • Hugo Sequeira

      O preço da Paz é a eterna vigilância…

      • RickRatinho

        Em Pt é estol mesmo. Lugar errado, mas pra pessoa certa, como não tem mais como apagar o comentário ….. fica aqui mesmo….

        • Hugo Sequeira

          Sempre ouvi “Stall” referenciado como “Em perda”…

    • Marcio Nascimento

      si vis pacem para bellum…

  • Cocainum

    A-10 I kill you!

    Achmed

  • Geraldo Dal Berto Jr.

    Porque usam urânio empobrecido para o projétil? Qual característica que faz ele ser usado no lugar de outros materiais? Fiquei curioso…

    • Ruan Rodrigo

      peso, o mesmo argumento para o chumbo só que bem melhor

    • também não tem muita coisa pra se fazer com o uranio não radioativo

      • Luiz

        Até porque não existe uranio não radioativo.

    • Felipe Torrezini

      O urânio empobrecido é quase 70% mais denso que o chumbo e portanto, mais “duro”. Um projétil de urânio empobrecido equivalente a um de chumbo é bem mais pesado, tendo assim um efeito destrutivo muito maior.

      • Marombert Einstein

        Essa é a resposta técnica e politicamente correta, a verdade é que é um bom modo de se desfazer do refugo da atividade atômica militar e civil, que custaria milhões de dólares e anos quase infinitos para se estocar até decair para um (quase) inofensivo chumbo. A síndrome dos Marines que usavam essa munição (síndrome da Guerra do Golfo) é bem conhecida, mas nunca reconhecida. Mas desde que caiam no lado dos inimigos, tá até de bom tamanho…

        • Fala a verdade, você achou isso no Infowars né?

          • Marombert Einstein

            Alex Jones? ¡Yo no lo conozco señor!

          • Felipe Torrezini

            Teorias da conspiração à parte, a parada é sinistra:
            “Existe uma controvérsia sobre se as armas à base de urânio empobrecido deveriam ser proibidas pelas convenções internacionais, dado que o urânio se pulveriza durante a explosão, formando nuvens de partículas ligeiramente radioativas, capazes de contaminar extensas áreas. Em 2001 a ONU verificou que, contrariamente ao que se pensava anteriormente, a munição de urânio empobrecido norte-americano contém plutônio e provém, portanto, de usinas de reprocessamento, não de enriquecimento, razão pela qual sua radioatividade é mais alta do que se imaginava.”
            Wikipedia

          • Sim, tem esse efeito colateral, mas só depois que a munição cumpre seu objetivo de polpificar tanques.

          • Hannah Werlang Becker

            Oi…e portanto altamente contaminante ao meio-ambiente!

          • Luiz

            Verdade, por isto que deveriamos usar agentes biologicos que só afetam seres humanos, deixando o resto intacto.

          • Geraldo Lopes

            .

            O dia que tal munição (urânio empobrecido) estiver acessível a países pobres, a ONU vai proibir com certeza, como as minas terrestres e armas químicas.

            .

          • Jonatas

            Que tal em santa Quitéria no Ceará, maior jazida de urânio da América latina. O coitados dos meus conterrâneos constroem suas casas com urânio e nem sabem por que o contador gueiger fica doido quando algum técnico de Angra vai lá.

          • Geraldo Lopes

            É mesmo? Deve ser que o material é tão abundante que é usado na construção civil, igual a minha cidade natal, Itabira (MG), onde usavam pedras de minério de ferro para fazer calçamentos de vias públicas. Se davam o luxo de usar pedras da mais pura hematita, porque o material estava em abundância na natureza local.

          • Ruy Acquaviva

            Se puder escolher vou preferir a calçada e hematita à de urânio.

          • Luiz

            Claro, ninguem iria jogar fora combustivel.

          • Lucas Timm

            É uma guerra, who the fuckin’ cares?

        • Luiz

          Não demora anos infinitos para decair, não é necessario esperar o uranio ficar menos radioativo que uma banana, até porque existe radiação de fundo em tudo, se voce for esperar ter 0 de radiação, vai esperar infinitamente mesmo.
          Uranium-234 (245000) -> Thorium-230 (75400) -> Radium-226 (1600) -> Lead (chumbo é seguro e estavel)
          Sao só 322000 anos, para de exagerar. (tecnicamente se tem U235 e U238 no uranio depletado, não apenas U234, but whatever).
          Claro que é estupido fazer este processo, tu bota o uranium no reator nuclear e depois transforma ele em Plutonium.

          • Marombert Einstein

            Sim, você está certo, mesmo assim é tempo demais, acho que a humanidade nem existirá nesse meio tempo… E o mais: que é uma boa forma de dar fim em coisa perigosa para se ter em seu território e de “groja” ferir o inimigo a longo prazo, meu colega, isso não tenha dúvida!

      • Hannah Werlang Becker

        Oi…o uranio embobrecido gera uma caloria medonha que fundi a couraça dos blindados com blindagem tipo reativa…isto é…repelente de onda radar do missil e do atirador!

    • André Rocha

      Podiam usar com Urânio enriquecido. Melhor que jogar sal na terra do inimigo.

      • Hannah Werlang Becker

        Oi…antes jogavam agente laranja e ai os próprios militares morrem de cancer e o local do ataque fica esteril por anos!

      • Johnny Walker Junior

        Então é melhor usar uma bomba de neutrons, limpo, limpo.
        Não existe guerra limpa.

    • Maior eficiência contra blindagens de tanques.

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Densidade de Chumbo, rigidez do aço. Simples assim.

    • Quanto custa cada bala daquelas?

    • É duro.

    • Ariel Souza Rossi

      Porque é mais denso… perfura basicamente qualquer blindagem.

  • Carlos Silva

    Foi desenvolvido, também, para acabar com os malditos tanques soviéticos!!
    E hoje ainda vale muito para acabar com os malditos tanques da FALIDA e ex,ex,ex potencia sovietica!

    • Hannah Werlang Becker

      Oi…mas tem missil de ombro que derruba o A-10 facil…os russos tem o antidoto pro A-10!

      • Drailton Lima de Andrade

        …sem dizer que muitas das armas dessa EX, são extremamente superiores a tecnologia americana, mesmo ainda hoje…

      • Carlos Silva

        Que derruba nada!! Antes disso o maravilhoso A-10 acaba com esses malditos russos! Incompetentes!

        • Hannah Werlang Becker

          tá bom! …muito ja foram derrubados…e agora ja se percebeu que mantr a logistica dos F-35 tá muito caro!!!! mas os EUA e o contribuinte pagam…

  • Hemeterio

    Na arquitetura, basicamente trabalha-se com os parâmetros de forma e função.

    Se o arquiteto tem um conceito na cabeça pre estabelecido, primeiro ele faz a casca
    do prédio e depois algum subordinado se preocupa com detalhes internos.
    Vide Niemeyer e os outros starchitects.

    Em outros casos, a função à qual a obra se destina acaba criando, organicamente,
    sua forma. Mais ou menos a arquitetura sem estrelato, como nos projetos cerebrais
    de hospitais, quarteis, escolas, etc. Coisas uteis, que nao palacios.

    Claramente esse projeto do A10 se enquadra na segunda categoria, caso fosse um
    projeto de arquitetura e nao engenharia. Aqui temos um canhao, e envelopando esse
    artefato, temos um aviao, que é o mal necessario para que o bicho voe.

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Por isso que o A10 funciona, é serviço de engenheiro e não de arquiteto.

      • Cocainum

        Humm. Será que tem arquitetos envolvidos no F-35?

        • DiMais

          designer de interiores

          • Tiago Morais

            e de capacetes, estes fizeram até um estágio no filme MIB. rsr
            Aquele capacete alien.. rsr

          • Darkness

            Designers de SAPATOS, pergunte ao @ccardoso:disqus

        • Hannah Werlang Becker

          O projeto do F-35 é baseado em racionalização da mobilidade da aviação embarcada e logistica facilitada frente das despesas de manter-se varios vetores aéreos embarcados na marinha dos EUA! …mas os pilotos de caça não gostaram do F-35…o consideram inferior em dogfight do que o F-16 e lento em relação ao combate supersônico! …mas o F-35 foi idealizado para uso diversificado de ataque ar-ar e ar-solo pontual! …o A-10 Warthog é maquina de guerra ar-solo para calar o efetivo mecanizado e bem defendido do inimigo! …ate mesmo o A-6 Intruder, um computador voador especializado para ataque de precisão foi aposentado!

          • Car’s Fan

            É nessa que deve entrar o F-22, ele é o vetor aéreo que deve ser o caça de superioridade aérea absoluta (e ele o é – não outro avião mais moderno e inteligente do que ele hoje, haja vista que os caças russo são potentes, rápidos, mas extremamente não confiáveis).
            Tecnicamente o Pentágono quer dois vetores: F-35 e F-22, faz sentido… Mas os custos de desenvolvimento estão proibitivos…

        • Luiz

          sim, arquitetos de software ainda por cima, pior, javeiros.

          • Tiago Morais

            corrigindo.. Arquitetos de Software não. Designers

          • Cinza1

            Foi o pessoal de humanas que projetou, entre uma miçanga e outra.

      • gbitte

        Na minha universidade tinha prédios que tinham escada improvisadas por fora do prédio, janelas que acompanhavam a direção do vento ao qual infelizmente não faziam a curva para nôs refrescar e não existia grau negativo no chão banheiro para o ralo, o que causava que a água saísse pela porta quando as meninas o lavavam. Posso garantir que esse prédio nunca vai cair e que era assim um trabalho de engenheiros mas funcionalidade nem sempre é o forte de engenheiro.

        • Jorge Dondeo

          Sempre tem essa galera que gosta de generalizar. E por mais incrível que pareça, quanto mais perto das exatas o cara vai (os cabaços claro), mais cego fica. Impressionante.

          • Jean

            Só posso dizer o que eu vi, ok?
            Aula de introdução a psicologia, professora entra na sala e solta essa:
            “Psicologia é como se fosse um oceano, com várias ilhas. cada ilha representa uma vertente de pensamento, certa a sua maneira” ( mais ou menos isso ). Eu pensei, “kct, nem ela sabe o que é certo”.
            No prédio Multiuso, na UFMS, misturaram alunos de vários cursos, e eu lembro do pessoal de Filosofia. Sujeito fumava um na beirada do prédio, o cheiro subia nos 3 andares. ( nada contra, mas, na faculdade? ) Aí você passava em frente a sala e escutava a aula deles, SÓ LADAINHA.
            Minha esposa é pedagoga, quantas vezes eu discuti com ela…tipo “coitadinhos, as crianças tem vários níveis de desenvolvimento, e algumas param em algum nível. Nós devemos ajudar essas crianças”. E eu pensava “Uns tapas bem dados resolviam isso rapidinho antigamente…”

            Quanto a Arquitetura eu não sei, a única coisa que digo é que ouvi muito a piada: “Arquiteto, nem muito macho para ser engenheiro, nem muito viado para ser decorador”. haha

          • Jorge Dondeo

            Você acabou de “provar” meu argumento.

          • Jean

            E eu não discordei de você, só disse o porquê. Sei que é uma generalização, mas é difícil fugir disso as vezes.

          • LeandroR

            Seu argumento não tem fundamento…

        • HomeroGamer-BanidodoMB

          Aposto que isso foi trabalho de decorador e não de engenheiro. Pensou nas escadas externas para fazer caramanchões, não colocou inclinação no banheiro pra não causar estresse em pessoas com TOC e as janelas voltadas ao paraíso dos unicórnios.

          • gbitte

            Se não tivesse a certeza era capaz de acreditar.

        • LeandroR

          Bem pelo contrario… O engenheiro se preocupa principalmente funcionalidade, o arquiteto que prefere encher de detalhezinhos e fru, fru pra deixar bonitinho…

          • Jorge Dondeo

            Seu argumento não tem fundamento…

        • Taitaro

          Jovem, não é o engenheiro que vai fazer o caimento pro ralo. Isso é com o Zé, o pedreiro que fez o piso. A escada improvisada, depende de quando foi feito o prédio. No centro do Rio o que mais se vê são prédios sem escada de emergência, devido à projetos muito antigos. E janela quem define é arquiteto.

          • gbitte

            Pois é não tinha arquiteto, provavelmente não tinha nem mestre de obra que é quem de fato vai falar do caimento para os piões de obra. O que tinha era um bocado de engenheiro em um universidade. Isso não foi um ataque aos engenheiros não mas a visão alguns que pensam: Se deu certo nôs acertamos e seu errado a culpa e deles. E deixar claro que não são os engenheiros quem define a funcionalidade de um projeto, no caso quem vai saber oque faz um bom avião é um piloto, o mecânico aeronáutico , que faz a estratégia e quem toma conta do orçamento.

        • Danilo Gamarros

          Universidade Positivo?

      • LeandroR

        Kkkkkk… Isso é uma grande Verdade!!!!

    • Luís Eduardo

      “depois algum subordinado se preocupa com detalhes internos”… só eu que achei que o arquiteto estava se referindo ao engenheiro???

      • Hemeterio

        Nem tanto. Um starchitect tem um enorme escritorio pra isso, e esses detalhes a equipe resolve. Com relação a questoes estruturais, é dever da engenharia se virar pra que as ideias do arquiteto funcionem. So assim a ciencia evolui. Se a gente deixasse tudo na mao de engenheiro so ia ter cubos nas ruas.

        Arquitetura Vogon, basicamente.

        • Gauss

          Concordo. Mas tem muito arquiteto que vive no mundo na lua e é encorajado/treinado a isso. Tem muitas coisas projetadas ai que são totalmente anti-econômicas e geram vários problemas. Às vezes os cubos são extremamente eficientes, porque engenheiros são eficientes e devem ser assim para resolver os problemas. Nem sempre estética pode ser critério, até porque na arquitetura séria isso é aprendido.

          • Marombert Einstein

            Tenho um cubo com rodas (FIAT MILLE) que o pessoal chama de PÉ-DE-BOI (eu o chamo de Beterraba, pela cor roxa dele), que chegou à maioridade neste ano (agora o bicho já pode até andar sozinho, está “de maior”, toma essa Stark). Ele custou 11 mil e já se pagou há muito tempo, seu eu tivesse comprado um carro pelo design, nunca que teria durado tanto tempo.

          • Caipiroto, o Capeta Caipira 😈

            Trabalhei num desses uma época, e pretendo comprar um pra trabalhar agora que abri minha empresa. Rodava com ele numas estradas rurais de fazer inveja a qualquer trilha de pastor de cabras, e o bichinho nunca me deixou na mão.

          • Lucas Timm

            É o bom e velho “chola mais”. No entanto, o Uno substituiu o fusca com o carro mais durável do Brasil.
            Nunca vi carro aguentar tanta paulada sem desmontar…

          • Jean

            Meu pai sempre foi relaxado com carros. Durante uns 10 anos teve um Mille Eletrônic, ano 94. Usou até desmanchar. Pensa num carro ferrado, fodido, lascado e que continuava andando? Nunca vi um carro tão fudido continuar andando como aquele carrinho. Sério, pra você ter uma idéia, fumava tanto que tinha que completar oleo praticamente toda semana. Detalhe: Oleo usado que eu tirava da minha moto. “Pra que vou comprar oleo novo se vai queimar?” dizia ele. Suspensão já não existia. Porta você tinha que segurar nas curvas para não abrir. Agua você tinha que andar com duas garrafas. Ia sair tinha que completar. Uma vez estourou o tubo que fica embaixo do reservatório de agua. Eu coloquei uma fita de alta fusão para segurar uns tempos….ficou lá até o carro ir para o ferro velho.
            Ou seja, carro para cupim de ferro nenhum botar defeito. Pelo menos os com motor Fiasa, o Fire eu já não sei.

          • Marombert Einstein

            Eu cuido bem do meu, quase tudo original, foi meu primeiro carro, vou ver se fico mais doze e ponho num clube para obter a placa preta…

          • Jean

            Placa preta, meu sonho quando tinha meu Del Rey. Um dia eu chego lá, mas agora de diplomata.

          • Lui Spin

            Já vivi essa situação de ter que andar com duas garrafas de 2 litros de água no carro.

            Bons tempos. kkk

          • Gilberto da Silva

            desculpe Gauss, vou discordar um pouco de vc, na UFSC as salas de aula do CCE têm uma coluna a 80% da porta. Inexplicável estruturalmente.

          • gbitte

            Existe sim esses arquitetos e o Niemeyer era um desses, quem realmente projetou Brasília foi o urbanista, quem fez aquela igreja que junta com a da populha dever ser a maior relação preço feiúra de todas as igrejas do Brasil foi o nie amigo da cubanada.

          • Taitaro

            Fui num casamento nessa igreja da Pampulha. A acústica é uma m.

        • Hugo Vinícius

          Tipo eu fazendo páginas web: tudo quadrado. Funciona, mas é tudo quadrado.

          • alvaro lordelo

            botstrap 🙂

          • Hugo Vinícius

            Reconheço que o web design não é o meu forte, mas valeu aí pela dica do bootstrap!

          • Mirai Densetsu

            Até descobrir a propriedade border-radius do CSS3.

          • Hugo Vinícius

            Eu conheço ela, uso ela às vezes, inclusive. Mas também é só isso, hehe.

          • Jean

            Não esquece do gradient no background….

            Falando sério, eu sei programar, mas sou um merda em design. Tudo o que eu faço é com o bootstrap, fica “mais do mesmo” mas não fica carnaval. Já fiz cada serviço que dava até vergonha de mostrar. Funcional, código limpo, mas o visual….
            E olha que já tentei aprender, mas é questão de mal gosto mesmo hehe Tipo, “bota um radius ai, ai engrossa a borda e tasca um cinza, grandient azul no background….olha, que bosta é essa que eu fiz?” ahaha

          • Sei como se sente! =[
            Bem vindo a meu mundo… rs

          • Mirai Densetsu

            Sei como é. Atualmente estou de boa, já que trabalho com designers. Ou seja, eles entram com o leiaute e eu com o código funcionando. Mas nos meus tempos de freela, era desse jeito mesmo. Eu tive de aprender uma coisa ou duas sobre design.

            Ainda não faço sites espetaculares, mas feios eles não são.

          • Lui Spin

            Eu sou assim também. Tão assim, e num mundo tão preocupado com beleza e design em detrimento de rapidez e funcionalidade, que acabei desistindo da área.

            Pessoas como nós não conseguem enxergar vantagem nenhuma em perca de funcionalidade, por causa de algo mais agradável aos olhos.

            Ou então não conseguimos fazer as duas coisas ao mesmo tempo. kk

        • Hannah Werlang Becker

          Na verdade o A-10 foi desenvolvido em torno do poderoso canhão GAU de 30 mm… uma maquina devastadora e o habitáculo do piloto foi colocado dentro de “banheira” de titânio para evitar que ele fosse atingido durante os ataques ar-solo por armas anti-aéreas! então o A-10 é um tanque de guerra voador!

        • Que bobagem. O engenheiro tem tanto senso de estética quanto um arquiteto. A estética mora não na disciplina que se cursou, mas no profissional. Se assim não fosse somente fotógrafos profissionais tirariam belas fotografias e somente belas e inspiradas poesias teriam por autoria conhecidos profetas e não sairiam, seriam forjadas por gente comum inspiradas pela emoção.

        • Taitaro

          Te apresento a Biblioteca Municipal Gov. Leonel de Moura Brizola. Uma caixa suspensa, no melhor estilo MASP. Autoria do Niemeyer. Uma caixa que custou muito por causa da assinatura, e não do projeto em si. E o nome dos engenheiros que suaram pra fazer essa bosta funcionar, alguém sabe?

      • Edilson Jr Pinto

        Oscar Niemeyer é engenheiro e teve especialização em arquitetura. Ele é o mix dos dois mundos.

    • Lui Spin

      Perfeito.

  • Ratão do Banhado

    E, em um futuro próximo, serão os únicos a sobrar para combater a Skynet. Entendedores entenderão…

    • André K

      Sempre dará para ressuscitar alguns A1 Skyraider

    • Edilson Jr Pinto

      E com essa você venceu todos com esse toque de mestre! #euri

  • Privatiza tudo!

    Lindo demais! Deixa os terroristas em pequenos pedaços.

    • É um moedor de terroristas

    • Jean

      Cara, eu fico imaginando o regaço que um projétil desse tamanho, com essa velocidade, faz no corpo do sujeito. Sério, se pegar na barriga rasga o sujeito no meio. 7,62 do FAL já faz um estrago, imagina isso ai.

      • Coronel Campbell

        Eu acho, que simplesmente liquefaz o sujeito.

      • Mirai Densetsu

        E vai sobrar alguma coisa depois que um humano for alvejado por isso?

        • Jean

          Cara, essa munição é ignorante demais. Olha o tamanho daquilo em relação a mão do sujeito. Tudo bem, foi feita pensando em combater blindados…
          Se eu fosse soldado inimigo, teria 10 tipos de medo só de saber que estariam usando esse avião ai. Não deve ser a coisa mais precisa do mundo, mas se acertar…

        • aqui (http://www. issoebizarro. com/blog/acidentes-tragedias/tiro-de-barret-50/) imagens do que uma .50 (12.7×99mm NATO) faz a uma pessoa. imagina uma 30mm.

    • Marcelo Mosczynski

      Pelo que sei há tratados q dizem q não pode usar em alvos humanos

      • Islan Oliveira

        Entre existir tratados e eles serem respeitados sempre há uma linha tênue…

      • Jorge Dondeo

        Mas eles não atiram em humanos, atiram em tanques, ninguém mandou os bestas ficarem la dentro.

    • Zalla

      E a manobrabilidade é impressionante, com asas longas, voa em “baixa” velocidade e faz curvas incriveis para diminuir o tempo entre “passadas” um grande problema de aviões rápidos

  • Cardoso, quando sai o Buraco da Beatriz 2: o império contra-ataca?

    • Segundo meu cronograma termino em 4 dias.

      • Luiz Claudio Eudes Corrêa

        Então nada de dobrar a meta e só lançar após meses de atraso custando o dobro do anterior!

        • Se o dobro do anterior for adicionar um velho barreiro, espero que ele usufrua depois de salvar o texto feito. 😛

      • Ok, no aguardo!

  • Lisa

    Que tradução mal feita hein! O autor da matéria e os proprietários do site deviam ter VERGONHA de copiar matérias prontas e ainda MAIS VERGONHA de nem traduzir direito!

    • Marombert Einstein

      You let the cat out of the bag – agora prove.

    • Prove

    • PROVE!

    • ahahhaha OBVIOUS TROLL IS OBVIOUS!

    • Zalla

      o dia que o CC traduzir uma matéria podescrê que ele foi abduzido…

      retiro o status de amigo do facebook.ehhehe…

      Não vai mais lá em casa onde tem uma geladeira cheia de coca-cola pros nerds….

  • Feio? Amigo, o A-10 é considerado um dos aviões mais bacanas pela maioria das pessoas QUE ENTENDEM do assunto.

    • Onde que BACANA é sinônimo de bonito?

      • Moço, você não se deu ao trabalho nem de ir no dicionário? HAHAHAHAHAHAHAHA

        Que coisa feia.

      • Zalla

        bom..eu acho ele bonito…é meio que um jipão…bruto…

      • Se for a Luciana dizendo que tu é um cara BACANA, vai ficar tão bobo que até vai achar que ela te chamou de bonito. 😀

  • Josias Brepohl

    O A10 é um avião incrivelmente simples. De acordo com documentários: “feito para voar”. Isto é, este avião não tem frescura. Pode perder boa parte das asas e continuar voando. Foi feito para aguentar tiros do solo, na sua função de interdição. É capaz de carregar toneladas de munição: mísseis, bombas, além das balas de sua metralhadora. Os projéteis de urânio empobrecido aquecem a alta temperatura no impacto e derretem a blindagem dos tanques, queimando tudo o que estiver dentro deles. Praticamente não tem onde se esconder quando um avião desses aparece. Gosto da máquina e da sua eficiência, mas se os norte americanos se voltarem contra nós, não vamos ter muito o que fazer contra armas desse tipo.

  • Hannah Werlang Becker

    Olá! …vemos todo o poder do A-10 Warthog no filme dos TRANSFORMES 4 quando ele combate um robot escorpião gigante numa vila do deserto! …é ali que podemos ver o que ele é capaz com o seu canhão de 30mm…devastador para qualquer coisa mecanica neste mundo!

    • Zalla

      e não se esqueça do A-130

    • Thiago Bachi Rehbein

      Foi no primeiro Transformers e não no 4…

  • João

    Enfrentar países que não tem força aérea é fácil moleza. Iraque, Afeganistão, Líbia só foi passeio para o A-10. Quero ver enfrentar os russos, os chineses…kkkk

  • Drailton Lima de Andrade

    Desde o F-4 Phantom até o F/A-18 são máquinas afrente do seu tempo. Isso sem dizer os MIGs, Sukhoys e Yaks da vida que apenas sofrem algumas atualizações. Ainda não entendo porque o F-14 saiu de serviço…

    O F-22 é realmente um azarão, pois foi descontinuado antes de entrar em serviço todas as unidades encomendadas.

    • Zalla

      o F4 phantom era uma droga, fizeram um avião sem canhões, dependendo exclusivamente de seus mísseis que falhavam o tempo todo..

      • Drailton Lima de Andrade

        Isso depois foi corrigido kra, ainda quando o caça estava em serviço na marinha americana.

  • Drailton Lima de Andrade

    O F-35 eh outro “elefante branco” que só existe gracas a aparência, igualzinho o F-22 que nem entrou em serviço direito e já foi descontinuado devido seu preço exorbitante de fabricação e manutenção…

  • Gustavo Segamarchi

    Não achei o avião feio como estão falando, não !

  • Gabriel Arruda

    Esse avião é demais.Ele apareceu no Exterminador 4.

  • RoadV8Runner

    Que texto horrível! Além de erros de português, tem pseudo-piadas de extremo mau gosto e sem a menor graça. Me arrependi amargamente de ter iniciado a leitura…

    • Marcelo Mosczynski

      Acho q vc vai encontrar textos mais alinhados com seus interesses aqui
      http://esportes.r7.com/blogs/luisa-parente/

      • Jorge Dondeo

        Essa galera é paga pra isso. Não notou que se movem em bando? Da uma geral nos comentários.

  • Arni Sondahl

    Quando vem pro warthunder?

  • Clovis Lee Mo

    Na realidade, o A-10 está mais que obsoleto. Ele foi projetado para a época da guerra fria para atacar blindados (tanques & transportes de pessoal).
    Na guerra assimétrica atual, os EUA ainda não conseguiram destruir nem um único blindado seja dos taliban, ISIS ou qualquer outro “insurgente”. Talvez porque ninguém viu algum destes blindados.
    Outros probleminhas: a linha de produção do A-10 foi encerrada no fim dos anos 90, não existe mais. Não se fabrica mais peças de reposição.
    Os A-10 existentes já ultrapassaram o limite de vida útil da estrutura do avião.
    Para mantê-los voando é como manter aquele carro antigo que já tem 300.000 km e não existem mais peças de reposição.
    O A-10 deixou saudades mas ;e melhor destiná-lo ao museu.

  • jairo

    O A10 está sendo um belo e respeitado sucessor do século 21 do stuka.

  • Jorge Dondeo

    Cara eu acho esse avião lindo. Shame on you Cardoso!

  • Felipe A.G. de Souza

    E não vamos nos esquecer o quão bom esse avião foi pra esmurrar um robô alien gigante.

    Isso e um Hércules com canhão.

  • Rogerio

    Meiobit cancela em definitivo a paginação do site.

  • Qual era a arma soviética anti-A10?

  • Fernando de Sousa

    #A-10 #ThunderBoltII #TheBest

  • Darkness

    clica no play do ultimo video e o cerebro substitui automaticamente a fala por “oh my god they killed Achmed”

  • Car’s Fan

    Na verdade é uma máquina polivalente ultra poderosa, robusta e extremamente versátil… Enchem tanto os novos aviões de parafernálias e esquecem da essência que permeia esse tipo de equipamento: robustez e confiabilidade com o máximo de simplicidade e eficiência…
    Os quatro exemplos disso são
    F-15
    F-18 super Hornet (embarcado na Marinha – US Navy);
    A-10
    Sea Harrier

  • Luiz Carlos Silva

    A humaninade é uma Torre de Babel sem esperança mesmo. Quantas ofensas inúteis e gratuitas vejo aqui por causa de uma matéria sobre um avião lá dos EUA. Só Jesus descendo aqui.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis