Pais relapsos, filhos sem freio e microtransações

south-park-freemium

Já dizia a máxima: quando um otário e um malandro se encontram há um negócio. O problema é que no século XXI, os espertinhos precisam rebolar e bolar novos métodos para arrancar dinheiro dos incautos, digo, de seus clientes. No mundo digital isso não é diferente, e desenvolvedores de apps descobriram uma das melhores maneiras de fazer grana fácil, as microtransações e o modelo de negócios freemium.

O problema é que o pessoal abusa, e o que era para ser apenas uma forma de oferecer compras internas de forma civilizada se tornou uma máquina de fazer dinheiro sem controle, muitos apps só são minimamente utilizáveis quando o usuário abre a carteira; vários tipos de aplicativos, games em sua maioria criam inúmeras paywalls atrapalhando a diversão do jogador.

No caso dos jogos o formato se justifica, já que os títulos são construídos em torno da mecânica de recompensas ilusórias, que escalam rapidamente de forma a impedir o progresso daqueles que não pagam. É o experimento da Caixa de Skinner, a ação gera uma recompensa e se ela for satisfatória, aumenta as chances de ser tomada de novo pela cobaia/jogador, que acaba condicionado a gastar cada vez mais. Em suma, ele fica viciado.

Convém sempre recomendar aquele episódio de South Park para quem quer saber mais.

No geral ninguém gosta de microtransações: nem os reguladores, que tentam puxar o tapete das desenvolvedoras e das lojas digitais (que não podem mais dizer que os apps são grátis e são obrigadas destacar a presença de in-app purchases), sejam os pais, que vira e mexe se vêem às voltas com as contas absurdas causadas pelas compras de seus filhos. Aqui entretanto cabe apontar que na maioria das vezes a culpa é deles mesmos, por não colocarem freios em seus rebentos ou de vacilarem feio, deixando dados de cartões de crédito salvos em suas contas nos smartphones e tablets.

Tempos atrás a Apple se recusou a ressarcir um preju de US$ 5 mil que um garoto de 13 anos desmiolado deu ao pai, dizendo que “as compras eram finais” e não foram feitas por alguém que não sabia onde estava se metendo, diferente do que aconteceu com outro pivete de 5 anos na Inglaterra. Mais recentemente a maçã foi benevolente novamente ao ressarcir mais de 4 mil libras que um guri de 7 anos gastou em apps, o que o pai chamou de “milagre de Natal”. Não meu filho, é business. Uma ação do tipo no Natal passou uma imagem de boazinha para a Apple, que vale mais do que esse troco de pinga.

Já a Microsoft não dá moleza. Lance Perkins, morador de Ontario, Canadá descobriu estarrecido que o filho de 17 anos (note, outro aborrescente) gastou quase 8 mil dólares canadenses (mais ou menos US$ 5,3 mil) em microtransações em FIFA 16 para Xbox One, no que ele disse ter dado o cartão ao filho para uso “em caso de emergências”, como fazer compras para abastecer a lojinha da família.

Bom, nota-se que ele tinha uma “emergência gamer” para resolver. O resultado foi a conta absurda do cartão, o pai alega que o moleque não sabia onde estava se metendo (mentira) e a Microsoft, ao ser contatada respondeu de modo bem elegante:

Os pais têm acesso a inúmeras plataformas e serviços que disponibilizamos para prevenir compras não aprovadas.”

Ou seja, não vão devolver um centavo se quer. Se fode aí, ninguém mandou ser um pai incompetente.

E isso não é exclusivo de quem não pode pagar: até Kanye West andou chilicando com os gastos excessivos que sua filha andou fazendo em apps, disse que microtransações deviam ser banidas, etc etc etc… sem obviamente lembrar que sua digníssima esposa possui um game recheado de vendas in-app que claro, faz muito dinheiro.

Fonte: CBC.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Vivi para ver “Se fode aí” aparecer num texto do Meio Bit. Sinal dos tempos

    • Doomed

      Double points: o texto é do Gogoni.

      • Theuer

        Sim, HIT COMBO!

    • jonscravit

      se fud*u achando que não ia ler “se fod* ai” aqui no site

    • Goodtimes

      Ué, não aparece toda a hora nos textos do Cardoso?

      • Não. Pode ir lá checar.

      • Não, o que aparece são links irresistíveis … que resultam em extremo arrependimento de uso … 😀

    • Quem diria que o cavaleiro banco feminista Gogoni fala palavrão!

  • Kagarro

    Está muito fácil gastar. Nem precisa mais de dinheiro… joga o número do cartão de crédito e sai clicando sem parar em comprar. Depois vem a dor de cabeça. E os mercenários cada vez mais tentando pegar as grana dos desmiolados.

  • Bruno do Acre – (Etevaldo)

    Sinceramente eu nunca fui mto fã dessa sites de tecnologia (louzamodo, tecnada etc…) mas aqui os textos são legais…xD

    • Well Dias

      Comparar MeioBit com esses aí é pedir pra ser banido. 😛

      • Tejobr

        Assinei o Meiobit no Flipboard e ele sugeriu esses dois aí como semelhantes. kkkk

      • Bruno do Acre – (Etevaldo)

        Malz ae kkkkk nao comparei não llkk

    • G1zmodo e TrecoImundo?

      • Bruno do Acre – (Etevaldo)

        Mas o melhor eh o desordem da seryedade

        • kleber peters

          Sem dúvida… e o iceweasel da antarctica também é bom.

          • Bruno do Acre – (Etevaldo)

            Ah sim …la eh menor mas eh legal…raposao rules

    • O Tecnoblog também é muito bom!

    • Adriano Garcez

      Acho que você falou do Tech-imundo, pois o Tecnoblog é excelente!
      E Gizmodo ainda manda bem de vez em quando.

      • Bruno do Acre – (Etevaldo)

        Opa Adriano, sim foi do tecplaneta msm que falei…no giz comecei a ler o comentários e acabei me tornando isso rsrsesds

  • Flávio Simões

    Tipo, me ajudem a entender o que pode custar tanto no FIFA16. Existem itens extras (uniformes, times, unicórnios) a serem comprados totalizando essa fortuna? Ou vc paga para jogar online? Meu, mais de 5 mil Obamas é muita grana.
    Me recordo que o remake do Dead or Alive V tinha inacreditáveis 129 itens virtuais extras para vender e calculei porcamente que se comprasse tudo iria chegar perto dos mil reais. Mas eram itens, personagens e roupas. Não vejo o que pode ser no Fifa16

    • Bruno Costa

      No FIFA você pode comprar jogadores pars usar no modo online (não são todos disponíveis) e eles vêm em pacotes estilo de figurinha, não dá pra saber quais são e podem vir repetidos, lendários e etc. Se você só comprar pacotes que vêm jogadores dourados pode gastar muita grana tentando tirar um jogador específico ou pra uma posição específica

    • Pedro

      Além de que várias vantagens momentâneas (algum boost de habilidade que duram algumas partidas) e os famigerados contratos de jogador também estão à venda.

    • Theuer

      Me fiz a mesma pergunta, e como não sei ME responder :), estou lendo as respostas agora.

    • Matheus Mauro

      Ultimate Team

      Dá pra conseguir pegar jogadores lendários ou os picas atuais com moedas virtuais, mas que nenhum ser humano jamais vai conseguir juntar a quantidade jajajaja

      aí você pode comprar tais moedas com grana real, encher a carteira de FIFA coins e ser feliz montando um ataque com Pelé, Messi e Shevchenko.

  • Lucas Timm

    Eu já viciei num jogo e gastei uns 400 reais há algum tempo.
    Quando paguei a fatura imediatamente apaguei o jogo. Never again.

    Mas aí eu conheço uma pessoa que gastou 7 mil dilmas jogando Candy Crush (sério), e os meus 400 reais nem pareceram tão ruins, por que o jogo era tri legal.

    • Saporra deste jogo tá parecendo penteadeira de dama que presta serviços sexuais. Cheio de propaganda de outros jogos. Cada vez mais o mapa fica sobreposto.

      PS: Nunca comprei, nem comprarei microtransações. Isto é para fracos. Ex-Jogadores de fliperama entenderão.

      • Marombert Einstein

        Eu também nunca gastei zilhões de microtransações fichas em fliper, gente fraca essa…

    • Natan Facchin

      hahaha que jogo era? :O

      • Lucas Timm

        AirTycoon.
        5 trumps aqui, 7 trumps ali, 3 trumps acolá. Afinal são “só” 5 dólares, né? Vai ver no fim do mês com taxa de câmbio plus taxes quanto dá. :p

    • Daniel

      Eu já devo ter gastado quase 400 em um jogo, mas foi de 2005 a 2013+- juntando todas Premium time….

      • Lui Spin

        Tibia?

        Já gastei uns 300 num mês naqueles servidores piratas, Hero Server, para comprar itens especiais.

        • Daniel

          Foi sim, eu gostava muito do global, nunca gostei muito de OT, afinal brasileiro gosta de sofrer kkk. Hoje em dia não jogo mais, a única coisa que talvez faria voltar é uma tradução oficial em PT-BR… mas acho que a Cip fali ou lança algo novo antes de fazer isso…

          • Lui Spin

            Eu também sempre preferi o Global. OT foi só aquela diversão bem zueira antes de parar totalmente. As vezes entro para fazer umas hunts.

            Verdade. A CIP pecou muito nesse quesito. Lembro-me que o maior cliente da empresa eram os brasileiros (contando free e PA ou PT), e em PA éramos os terceiros maiores. Se traduzisse poderia ter uma sobrevida maior no país. Mas eles são mesquinhos demais para se importar.

  • Well Dias

    Conheci um caso de um garoto de 13 anos que gastou cerca de R$ 1800 na conta de telefone depois que recebeu de presente seu primeiro celular. O maldito se cadastrou em um jogo que mandava SMS para ele responder e ganhar itens do jogo a custo de R$ 5 por transação.
    A mãe só faltou enfartar e o pai pensou seriamente em jogar ele do 12o andar.

    • Thiago

      Dar uma conta pós paga para uma criança… Tem que ser bastante “corajoso” mesmo

      • Luiz

        Coragem = falta de inteligencia

        • Lui Spin

          Falta de inteligência = Burrice

          • Daniel

            Burrice = 13 e confirma! kkkkkkkkk

        • Thiago

          Por isso as aspas rs

      • Well Dias

        Se lembro bem, era parte de um desses planos família que é possível limitar o total de minutos de ligação, a merda é que a operadora (os pais não se deram conta) não limitava SMS, muito menos transações proveniente disto.

        • Thiago

          Nossa… Aí realmente não há o que se fazer… Foi praticamente uma armadilha…

  • Jaca Paladium

    Rä ! já tive o mesmo problema com a Microsoft ! meu querido filho sabe-se lá como…comprou há alguns anos um game de 200 reais. a MSFT não queria devolver a grana nem fudendo. Pra minha sorte, minha conta do Xbox tava vinculada ao PayPal. Então acionei disputa dizendo que não reconhecia a transação…e a MSFT levou um belo CHUPA !

    • Thiago

      “Sabe-se lá como”… Nesses horas ninguém sabe, né?

      Por essas e outras que aqui no Brasil não dá mais para associar o paypal ao Xbox.

      Brasil, país dos espertos.

      • Jaca Paladium

        Exatamente…”sabe-se lá como”…não sei, não faço idéia e se a compra tivesse sido legítima eu teria pago com certeza até mesmo pq 200 reais nunca me fez falta. E tanto é que o jogo não era desejado por ninguém em casa e foi apagado. Então antes de julgar e falar bosta procure entender melhor os fatos, MOLEKE. Fora isso, no Brasil existe algo interessante chamada 49a lei do CDC: 7 dias de arrependimento em compras online – da qual eu poderia perfeitamente ter feito valer. alguma dúvida, criança que procura tentar julgar e corrigir os outros na Internet para ganhar auto-confiança ?? Não ? obrigado !

        • Thiago

          “…meu querido filho sabe-se lá como…comprou”
          Ué… Você não disse que não fazia idéia?

          Julgar? Você se julgou o espertão usando o paypal dizendo não reconhecer a compra que seu filho fez.

          “200 reais nunca me fez falta”
          Fez sim, senão não teria se dado o trabalho de correr pro paypal.

          “Moleke/criança”
          Obrigado pelo elogio! Aparento ser mais novo mesmo!

          “julgar e corrigir os outros na Internet para ganhar auto-confiança”
          Esse nem vou comentar, porque neste caso já chegamos ao ponto de analfabetismo funcional… Para te ajudar, siga o link para entender:
          https://pt.wikipedia.org/wiki/Analfabetismo_funcional

          • Jaca Paladium

            é burrão ! o titular da conta do PayPal e da MSFT sou eu ! Logo, é imperativo que a compra necessariamente tenha que ser reconhecida por mim. e quanto aos 200…não me faz falta mesmo ! Se vc tivesse neurônio entenderia que : 200 reais não é o suficiente para eu ter que trapassear. Te enxerga, bebê
            E quanto ao link: enfia no teu rabinho juvenil.

          • Thiago

            HAHAHAHAHAHAH
            Continua me divertindo que eu adoro briga em comentários!

            Foi para você que esse post foi feito, óh pai relapso!

            R$200 não te faz falta mas foi lá chorar no paypal! HAHAHAHAHA
            (até me surpreende um ançião saber que existe Paypal…)

            “…não é o suficiente para eu ter que trapacear” <= te ajudei corrigindo aqui hein!
            Foi o suficiente sim, e, além disso, você ainda confessa que trapaceia por dinheiro, melhor parar que está feio!

          • Jaca Paladium

            O único aqui que ganha mesada do papai é vc, baby. Faz sentido vc querr levar vantagem por 200 conto 😉 não eu.

          • Thiago

            Nah… A educação que me foi dada em casa fez com que eu nem imaginasse usar a ferramenta de disputa do paypal para essa finalidade 😉

            Mas que bom que sua artimanha deu certo e conseguiu seus R$200 de volta! CHUPA MS! 😀

          • Jaca Paladium

            tá, tchau

          • Daniel

            kkkkkkkkkkk, pelamor….Apaga o “baby” aí porque fica parecendo coisa de bicha despeitada…

          • Daniel

            Não entendi Jaca Paladium? Já faziam mais de 7 dias que o jogo foi adquirido?

          • Jaca Paladium

            De acordo com o CDC#49, em qualquer compra online vc pode usufruir o direito de arrependimento em até 7 dias. No meu caso, tentei cancelar a compra em 30 minutos após a compra.

          • Daniel

            Estranho, porque dá pra cancelar pelo site neste período direto na store da MS! Abrir disputa no Paypal serve quando vc. não recebeu o produto ou quando veio com defeito! Até mesmo por uma compra que vc. ou seu filho não realizou.

          • Jaca Paladium

            Isso foi há uns…4 ou 5 anos. Espero mesmo que tenham mudado, pois isso sempre existiu no Google Play. Disputas no PP também serve quando se tem compras não-autorizadas. Tanto que o PP deu ganho de causa pra mim.

          • Leonardo

            Mas isso também vale para mídias digitais?

          • Jaca Paladium

            Qualquer tipo de compras não presenciais, incluindo serviços

  • Cocainum

    Eu saúdo os jogadores incautos que gastam seu dinheiro com microtransações para que as produtoras possam fazer cada vez mais comerciais com a Kate Upton.

  • Saul Goodman

    Saudades da página 2…

    • HomeroGamer-BanidodoMB

      Se fode ai…

      • Saul Goodman

        Me fodi só por alguns minutos, logo encontrei a solução, então, vá tomar no meio do seu… brincadeira!

    • kkkkkkkkkkkkkkkk

      RIP “page 2”

    • Eduardo WB

      Pois é. Mandei uma mensagem pelo formulário de contato relatando o problema e nada. Paginação é pavê mesmo.

      • MacTantan

        Uma solução foi postada, dias atrás, Sr. EWB, por um comentarista: role a página principal; lá embaixo, acione o mês desejado no formulário “arquivos”. E seje filis!
        Ps. Perdoe a mancada, coleguinha que minha memória volátil apagou. Toma meu like atrasado e não computado …

      • Saul Goodman

        Me deram a dica de navegar por meio dos ARQUIVOS (opção à direita em qualquer post), selecionando o mês atual ou anteriores. O mínimo que o Meiobit deveria fazer seria deixar essa orientação visível. Se bem que já é constrangedor o suficiente um site de tecnologia não conseguir dominar o próprio sistema de paginação, e nem é a primeira vez que eles passam um longo período com esse problema.

    • Bruno Aveiro

      Uso o Feedly e consigo ver todas as matérias navegando por lá.
      O único problema do RSS do MeioBit é que ele só vai mostrar no Feedly amanhã os posts de hoje (e com isso fico atrasado 1 dia).
      Já passei esse bug pro Ronaldo, Nick, Laguna e Cardoso (assim como tantos outros já os avisaram), mas parece que esse bug é mais treta de ser resolvido.

      • Adriano Garcez

        Ah, então é por isso que sempre acho que as notícias chegam aqui atrasadas! kkkk

        EDIT: sem contar que não estou conseguindo guardar nada no Pocket, assim como acontece com o Tecnoblog.

      • O ruim é que não aparece os comments também…

  • RôShrek

    Meu filho vive me enchendo pra comprar um tal de FIFA coins. Eu fiquei tão paranóico achando que ele poderia fazer uma merda dessa que botei a conta do moleque com tanta trava que ele não estava conseguindo jogar online e eu achando que a porcaria do Xone tava com defeito. Coisas da vida.

    • Luiz

      Mas estes “console” tem defeito, funcionam só com dinheiro, sinto falta de quando voce podia comprar o jogo completo e jogar para sempre sem pagar mais nada…

      • RôShrek

        Cara, eu sou meio advogado do cramunhão nessa seara. Óbvio, como um cara com praticamente quatro décadas alternando em metade acordado e metade dormindo, eu tenho satisfação com os jogos antigos e seus modelos enxutos. Mas acho que nos tempos atuais, com a complexidade de cada game, com o nível de detalhamento e enredos cinematográficos, não tem como achar que o melhor modelo é o antigo. O que eu acredito é que o modelo de DLC, microtransações e modelos freemiun, não tenha encontrado ainda seu modus operandi ideal, tanto que ainda vemos muitas desenvolvedoras testando modelos (da minha parte acho que no DLC o modelo da FROM é que o mais me agrada, acho que a CDPR também segue um bom caminho e o modelo freemium de Warframe também é uma opção bem digna). No mais é o bom e velho esquema: se não concorda com um modelo, não o alimente. É a única maneira de ajudarmos a definir os modelos ideais. Mas achar que as coisas voltarão a ser como no passado acho que é pura nostalgia. Vale a pena entender o tempo atual e se envolver na maneira como podemos ajudar a moldar isso.

        • Jaffy

          O modos operandis ideal é tipo Witcher 3, Diablo 3, Mario Kart 8.

          Entregar experiências completas e quando oferecer conteúdo extra, que seja em um preço coerente com o que é oferecido e, o mais importante, que seja opcional.

        • Luiz

          Engraçado voce citar o modelo cinematográficos, os filmes precisam ser “testados” antes de entregar, não dá para fazer DLC direto no cinema e alterar enquanto a pessoa assiste. Claro que um jogo AAA supera em complexidade bem mais do que a produção de um filme de alto nivel, mas isto não deveria ser desculpa para entregar jogo incompleto e com defeitos, mas como não dá para viver de nostalgia, o melhor é esperar sair pelo menos 2 DLCs de “correções”, mais ou menos como o Windows que só prestava depois do “SP1”.

      • Jaffy

        Tipo os jogos de Wii e Wii U?

        • Luiz

          exato

      • Eduardo WB

        Engraçado que mesmo que a Nintendo seja foco de haters, ela é que no final das contas possuí títulos completos ainda. E equipe de debuggers. Hoje em dia, no modelo DLC, as outras não estão nem aí se o jogo não está completo. Ou cria DLC ou tem as famosas atualizações antes de jogar.

  • Pedro Henrique

    O que nos podemos aprender com isso? Nunca deixe um melequento perto de sua conta, caso você tenha um cartão de crédito associado.

  • Jorge Dondeo

    Como é aquele palavra em alemão, que expressa o sentimento de felicidade ao ver alguém se fudendo?

    • Henrik Chaves

      Schadenfreud

      • Jorge Dondeo

        Isso mesmo! Obrigado!

  • Allan Lopes

    Eu parei na Kate Upton…

  • Paulo Aguirra

    A raiva que vocês sentem de jornalismo de tecnologia vagabundo é a que eu senti quando vocês resolveram falar de ética de carros inteligentes, e agora com essa citação torta do skinner (arrancou isso do Mr. Nobobdy?).

  • T.G. Cid

    Mais diálogo e orientações e menos mimos e moleza para essas pobres “criancinhas” e acidentes como esses não aconteceriam. É uma geração de monstrengos criados-pela-vovó que não conhecem limites nem o significado da palavra “não”.

    Dá nisso. Se fode aí mesmo, brother.

    • Daniel

      Sou obrigado a concordar! Muitos pais estão cagando na educação dos filhos e tornam eles umas “franguinhas” mimadas!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis