A última: a palavra “Pixels” tem copyright

pixels

Parece que não passaremos uma semana sem ver mais uma maluquice da indústria do copyright. Tudo bem que estúdios em geral odeiam que usuários pirateiem seu conteúdo, mas uma coisa é proteger produção própria, e outra bem diferente é alegar propriedade sobre algo tão banal quanto… uma palavra.

Pois é. A Entura International, empresa antipirataria ligada à Columbia Pictures distribuiu uma série de takedowns no site Vimeo, retirando do ar inúmeros vídeos por terem um título similar à bomba de Adam Sandler.

Sites como o YouTube, Vimeo e similares recebem notificações de escritórios de patentes e estúdios, todos ligados à DMCA na ordem de centenas, todas as semanas. A maioria das reclamações tem fundamento, pedindo para retirar do ar vídeos que utilizem músicas, imagens ou vídeos de suas criações sem autorização. Algumas companhias, como a Nintendo preferem deixar os vídeos no ar, mas revertem os ganhos para si. Outros não são tão misericordiosos e exterminam o vídeo sem dó.

A Entura, trabalhando para a Columbia Pictures, entretanto foi “um pouquinho” além: ela enviou para o site Vimeo uma requisição no que à primeira vista parece ser um esforço para coibir a pirataria de Pixels. Só que a nota requisita a derrubada de vídeos não por causa do conteúdo, mas pelo nome dos vídeos. É isso aí: a Columbia está clamando para si a criação da palavra agora com o lançamento do filme. Não dá para dizer outra coisa além disso.

A ordem de takedown, aceita pelo Vimeo derrubou vídeos que estavam no ar desde muito antes do lançamento da película, como Pantone Pixels, um projeto independente publicado em 2011. Outro deletado foi o trailer Pixels de 2010, criação da One More Production e que foi devidamente sugado por Sandler para criar o filme (ele foi posteriormente restaurado).

Agora, a cereja do bolo. Leia a íntegra da requisição da Entura:

“Pixels”, “Pantone Pixels”, “Pixels”, “Pixels – HD Trailer”, “Detuned Pixels – Choco”, “Pixels — Life Buoy”, “Pixels: Redeye @ Kettering”, “Pixels Festival 2015”, “Love Pixels — VJLoops”, “Pixels Official Trailer (2015) – Adam Sandler, Peter Dinklage”

Sim, a empresa é tão idiota que exigiu a remoção do trailer do próprio filme que deveria proteger.

Os moderadores do Vimeo, bem como os donos dos vídeos estão fulos e com razão. Por enquanto eles continuam fora do ar, mas é o tipo de movimento idiota que faz o pessoal ficar ainda mais fulo com a indústria dos direitos autorais. Não se sabe se o YouTube recebeu ou não notificação similar (eu diria que sim, mas o pessoal do Google é mais esperto que os copyright trolls).

Fonte: TorrentFreak.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Ué. O próprio Meio Bit tomou na cabeça por causa dos “bits” que usava para qualificar os comentaristas e passou a usar Tibs por causa disso. E sobre direitos autorais, bem, eu já peguei vídeo do NOAA, disponibilizado no site deles com creative commons liberadão e tomei fçlag, porque ele pertencia à National Geographic. Mandei ofício esclarecendo isso, com screenshot e link do site do NOAA e o Google defecou e se locomoveu.

    Curiosamente, tem uma pá de filmes completos no YouTube

  • Ué. O próprio Meio Bit tomou na cabeça por causa dos “bits” que usava para qualificar os comentaristas e passou a usar Tibs por causa disso. E sobre direitos autorais, bem, eu já peguei vídeo do NOAA, disponibilizado no site deles com creative commons liberadão e tomei fçlag, porque ele pertencia à National Geographic. Mandei ofício esclarecendo isso, com screenshot e link do site do NOAA e o Google defecou e se locomoveu.

    Curiosamente, tem uma pá de filmes completos no YouTube

    • Luiz

      Esta é a merda, os algoritimos removem automatizadamente conforme o pedido e não existe jeito de se inocentar. Por isso que odeio esta industria, voce é errado até que prove o contrario, só que não dá para provar o contrario (não tem nenhum humano para ouvir e ir lá liberar devolta, simplesmente é impossivel), simplesmente uma vez removido para sempre está, a não ser que seja enviado em outra conta.

      • o negocio de algorítimo é tão desgraçado que exclui a necessidade de denuncia, já tive uns dois vídeos com conteúdo da Fox que foram sumariamente banidos no exato segundo que eu upei (uns vídeos de X-Men e Arquivo X) tipo…. poxa, não era nada completo, tinha edições minhas pra virar uma coisa “diferente”.. poderia se argumentar que os meus vídeos estavam no campo da “paródia” ou “homenagem”, mas mesmo assim, simplesmente por conter cenas da mídia assegurada pelo sistema, já era bloqueado, o que é uma completa idiotice, prq exclui dos fãs até o direito de fazer vídeos falando sobre aquilo, quer dizer que um vídeo informativo sobre “Os Simpsons” que usa imagens ou trechos curtos do desenho já merece ser excluídos ou barrados, como de fato até já vi acontecer? como se define a “porcentagem” de conteúdo que pode ser postada no vídeo sem ser tratada como “pirataria”? é impossível, isso só poderia ser feito por pessoas, e não maquinas… e acho que alguém que faz vídeos de “homenagem” usando meio minuto do programa/filme, jamais deveria ser tratado do mesmo jeito que alguém que.. sei lá, posta Dias de um Futuro Esquecido completo

        • Como o algoritmo barra um clip que tem alguns segundos de um filme, mesmo que seja para divulgar o mesmo, mas não pega filmes inteiros? Isso não faz sentido, mas quem disse que essas coisas precisavam fazer sentido?

          • Wallacy

            Tem um lance que se você enviar como não listado geralmente o algoritmo deixa passar um monte de coisas, dai depois de um tempo você pode colocar como publico de novo.

    • rbsouto

      O que apareceu muito no Youtube são audiobooks completos.

      • Essa é nova pra mim! o.O

        • rbsouto

          Eu achei por acaso. Acabei de digitar audiobooks e retornou:
          Aproximadamente 2.150.000 resultados

        • felipelsp

          Pois eh.. YouTube nao e apenas pra videos u.u

    • Pois é, o lance é que BITS como medida de pontuação para bonificação é que foi “patenteada”. Não a palavra em si. Era uma questão de contexto, pelo que entendi. O lance da Columbia aí é que é muito surreal

    • Pois é, o lance é que BITS como medida de pontuação para bonificação é que foi “patenteada”. Não a palavra em si. Era uma questão de contexto, pelo que entendi. O lance da Columbia aí é que é muito surreal

    • rbsouto

      Putz, você é dos antigos! O Marcellus ganhou uns cabelos brancos por causa disso.

    • rbsouto

      Putz, você é dos antigos! O Marcellus ganhou uns cabelos brancos por causa disso.

  • iPhone da Gradiente feelings!

    • Caipiroto, o Capeta Caipira

      Não foi a Apple que uma vez “patenteou” o retângulo com cantos arredondados?

  • Cocainum

    Em seguida, eles deveriam solicitar a retirada de todo material que trata de telas de celulares, tablets, monitores, TVs, etc, incluindo diversos manuais técnicos que tratam da resolução em pixe… Ops! Desculpa Columbia Pictures, foi por pouco.

  • Cocainum

    Em seguida, eles deveriam solicitar a retirada de todo material que trata de telas de celulares, tablets, monitores, TVs, etc, incluindo diversos manuais técnicos que tratam da resolução em pixe… Ops! Desculpa Columbia Pictures, foi por pouco.

  • Cocainum

    Em seguida, eles deveriam solicitar a retirada de todo material que trata de telas de celulares, tablets, monitores, TVs, etc, incluindo diversos manuais técnicos que tratam da resolução em pixe… Ops! Desculpa Columbia Pictures, foi por pouco.

  • Atrollando Natuacara

    Só falta essa industria de copyright dizer que tem copyright em ‘1’ e ‘0’ …

  • Atrollando Natuacara

    Só falta essa industria de copyright dizer que tem copyright em ‘1’ e ‘0’ …

  • chadefita

    Não assisti esse filme, porém esse “disse-me-disse” todo tá mais com cara de estratégia, esse filme tá sendo um fiasco, quanto mais ficar na boca do povo mais nego vai lá ver, aquele com o james franco, the interview, mesma coisa só enrolação pro povo ir ver o que tem mesmo, depois de pago o dinheiro já não volta mais.

  • Jorge Dondeo

    Eu queria sabe que é que compra a uma ideia idiota de filmes igual a essa.

    • E queria saber é quem compra a idéia idiota de impor copyright a um termo/palavra de uso tão comum …
      E ao requerer direitos sobre tal nome/expressão e se queimar mais que o novo Toch… iphone usando carregadores genéricos.

  • Um total desrespeito ao propósito das patentes. Trademark é pra proteger um nome dentro de um contexto, não em todos os contextos possíveis e imagináveis.

  • Um total desrespeito ao propósito das patentes. Trademark é pra proteger um nome dentro de um contexto, não em todos os contextos possíveis e imagináveis.

  • Um total desrespeito ao propósito das patentes. Trademark é pra proteger um nome dentro de um contexto, não em todos os contextos possíveis e imagináveis.

    • William Mendes

      O sistema de patentes é um total desrespeito à liberdade humana!

      • Do jeito que é hoje… talvez. Faz sentido você tentar proteger uma propriedade intelectual pra que uns não se aproveitem dos esforços dos outros. O problema é a maneira como isso está sendo feito, os poderes dados as organizações responsáveis por executar as regras, os furos nas regras em sí, etc. O conceito de propriedade intelectual é bacana, a forma como este conceito é aplicado é totalmente problemática.

      • Do jeito que é hoje… talvez. Faz sentido você tentar proteger uma propriedade intelectual pra que uns não se aproveitem dos esforços dos outros. O problema é a maneira como isso está sendo feito, os poderes dados as organizações responsáveis por executar as regras, os furos nas regras em sí, etc. O conceito de propriedade intelectual é bacana, a forma como este conceito é aplicado é totalmente problemática.

      • Do jeito que é hoje… talvez. Faz sentido você tentar proteger uma propriedade intelectual pra que uns não se aproveitem dos esforços dos outros. O problema é a maneira como isso está sendo feito, os poderes dados as organizações responsáveis por executar as regras, os furos nas regras em sí, etc. O conceito de propriedade intelectual é bacana, a forma como este conceito é aplicado é totalmente problemática.

  • Luiz

    Estava bom mesmo é se ocorresse igual com a Sony Pictures.

  • Isso me lembra a tradução/nomeação porca de nomes de filme no Brasil na Banânia, onde Hangover que seria Ressaca virou Se beber não case, por que Hot Tub Time Machine já tinha pego a porca nomeação de A Ressaca anteriormente. Além de diversos casos de filems que tiveram que por nomes diferentes até no original por alguém ter usado anteriormente.

    Copyright meuzovo. Beira o ridículo isso com Pixels.

    • Cocainum

      Um dos meus preferidos é “O Massacre da Serra Elétrica”. Haja fio de extensão, hehehe.

      • Deveria ser “O Massacre da Motosserra Elétrica”.

      • Deveria ser “O Massacre da Motosserra Elétrica”.

        • O Massacre da Motosserra Elétrica Wireless… XD

          • O Ash nunca teve esse tipo de problema.
            Aliás, VIU O TRAILER?

        • Bruno Aveiro

          Em Portugal é O Massacre no Texas.

        • Bruno Aveiro

          Em Portugal é O Massacre no Texas.

      • Ou uma mochila com uma bateria de carro… pra época… XD

      • Gustavo Andrade

        Pra mim, nenhum supera O Náufrago (Cast Away), pois não há naufrágio! O povo nem assistiu o filme para traduzir o nome! O cara sofre um acidente AÉREO!

        • Nilton Pedrett Neto

          há alguns anos saiu uma reportagem na Piauí sobre isso… vc tem razão, os estúdios que cuidam da localização do conteúdo, em geral, não recebem o filme… só os textos. Aí da em bizarrices como : “the best men” (os padrinhos) virar “os homens bons”.

        • O que importa é que naquele lugar inóspito sem mulheres, o Wilson conseguiu manter sua dignidade intacta…

      • Alexandre Souza

        Na epoca ainda nao existia serra eletrica a bateria? Eu tenho uma Bosch e ja é antigona….

        • Cocainum

          O primeiro filme é de 1974. Basta assistir para ver que é uma motosserra.

        • Cocainum

          O primeiro filme é de 1974. Basta assistir para ver que é uma motosserra.

      • Theuer

        Nunca antes na história desse país eu tinha feito essa ligação sobre a serra ser elétrica!
        Obrigado. 🙂

    • Manoel Guedes

      A Million Ways to Die in the West
      Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola

      Além de ficar sem sentido ficou parecendo titulo de filme pOrn

      • Comediante

        A primeira vez que vi esta tradução pensei: É uma piada! Só pode ser uma piada!

      • Neste caso, a própria distribuidora falou que fez a troca por achar a palavra “morrer” muito pesada para um titulo. Mas piada de cunho sexual pode, ta valendo.

      • Neste caso, a própria distribuidora falou que fez a troca por achar a palavra “morrer” muito pesada para um titulo. Mas piada de cunho sexual pode, ta valendo.

      • Theuer

        Épico!

    • Guilherme Estória

      Você pode dizer que foi esse o motivo da mudança, mas aposto que mudariam mesmo se ressaca estivesse disponível. Simplesmente diriam que “A Ressaca” não chama público; Se beber não case é o tipo de título que as distribuidoras adoram.

  • Nil Obermüller Schaupp

    O mundo está cheio de Gollums protegendo seu precioso que no final nem é tão precioso assim.

  • Vagner Da Silva

    Já estou prevendo alguem ganhando milhões processando a empresa… Seria como se Microsoft quizesse retirar janelas das casas porque registrou a marca.

  • Pixels, pixels, pixels, pixels, pixels, pixels, pixels, pixels, pixels, pixels.
    DMCA, cadê você?

    • eu vim aqui só pra te verrr…. não, pera …
      Esperando que você crie um blog com nome Pixels…

      • Podia fazer como o site do Pudim. No caso, o site do Pixel seria um fundo branco com um único pixel preto

      • Podia fazer como o site do Pudim. No caso, o site do Pixel seria um fundo branco com um único pixel preto

  • Bruno Strik

    Vou solicitar patente da palavra Copyright.

  • Clonex8

    Vou registrar meu nome, vai que alguém faça um registro e eu seja proibido de usa-lo….

  • Oliver Wilson

    É por isso que se dependesse dessas criaturas que comandam o cinema atual, a internet já tinha sido fechada, alias nem teria sido inventada. . mas pra nossa sorte…

  • Lelo

    Pessoal, a expressão “Em seguida” eu registrei o uso ok, quem esta usando essa expressão minha conta: 32154 AG 562 Caixa.
    Vocês estão sujeitos às penalidades da lei de copyright.

    • radiobrasil

      Dilma registrou “Mandioca” kkk

  • Lelo

    “Isso me lembra” e “Não pode sê” também estão com marca registrada.

    • Hugo A. G. V. Rosa

      “Não pode ser” está liberada?!
      Poderiamos registrar todos os erros de português que o povo usa na internet.
      Imaginem o povo tendo que pagar por errar, isso os incentivaria a escrever corretamente.

      • o pobrema é que esse mesmo povo que compra DêVêDê em frente ao shopping a Déiz reaus, do filme que está em cartaz, não vai se importar muito … XD

      • Lelo

        Somente registrei “Não pode sê” e agora pouco “Num podi sê” essa “Não pode ser” esta livre porque é mais raro ver kkk

  • Hugo A. G. V. Rosa

    Será que o Jovem Nerd vai ter problemas com a Amazing Pixels?

    • Lynn Penny

      Mais cela n’est pas une bonne idee. Si vous n’avez pas l’intelligence de parlez en Anglais vous toute etes très stupide. Très amusante!

  • Quero ver a quando fizerem a versão alternativa, “This is Not PIXELS”, onde provavelmente haverão japinhas sem tarja de censura…

  • Quero ver a quando fizerem a versão alternativa, “This is Not PIXELS”, onde provavelmente haverão japinhas sem tarja de censura…

  • Já vi isso antes. Lembram da Bethesda processando uma desenvolvedora aí por usar o nome Scrolls num projeto, e a dona do Candy Crush querendo que ninguém mais use as palavras Candy e/ou Saga? Sem noção!

    • Ahh, sim: outra que surtou aí foi a EDGE, processando e EA por conta do nome do jogo… Mirror’s Edge!!!

  • Luciano

    Mais uma do jurídico “Vai que cola”.

  • Luciano

    Mais uma do jurídico “Vai que cola”.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis