ad

Morre aos 55 anos Satoru Iwata, presidente da Nintendo

satoru-iwata-001

O mundo dos games sofreu uma perda inestimável neste fim de semana. Através de um comunicado oficial a Nintendo informou que seu presidente e CEO Satoru Iwata veio a falecer no último sábado (11/07) em decorrência de um tumor no ducto biliar. Ele tinha apenas 55 anos e estava no comando da casa do Mario desde 2002.

Iwata descobriu o tumor em 2014, ao que ele se referiu como “sorte” por ter sido diagnosticado nos estágios iniciais. Ele passou por uma cirurgia e se ausentou da E3 do ano passado e até onde se sabia o executivo vinha se recuperando bem, entretanto ele estava ciente que um tumor do tipo que ele desenvolveu, provavelmente maligno geralmente é de difícil tratamento. Neste ano ele novamente se ausentou da feira de games, porém oficialmente Iwata “se concentraria em outras áreas que requeriam sua presença no Japão”. Agora fica evidente que não foi o caso.

Nascido em Sapporo, Hokkaido a 6 de dezembro de 1959, Iwata se interessou pelos videogames, mais precisamente pelo desenvolvimento destes ainda muito jovem, tendo criado alguns jogos para calculadoras eletrônicas enquanto ainda estava no colegial. Formado em em ciência da computação pelo Instituto de Tecnologia de Tóquio (que conta entre seus graduados com dois ex-primeiros-ministros, Yukio Hatoyama e Naoto Kan), ele entrou em 1982 para a HAL Laboratory (estúdio para o qual ele já trabalhava como freelancer enquanto estudava) e se tornou um de seus principais programadores/desenvolvedores, assumindo o cargo de coordenador de software em 1983.

A HAL Laboratory é uma third party com fortes laços com a Nintendo; é dela títulos famosos como as séries Kirby, Mother (EarthBound) e Super Smash Bros. Em 1993 ele assumiu o cargo de CEO e ajudou a salvar o estúdio da falência. Iwata costumava dizer — com muito bom humor — que ele era um faz-tudo na HAL:

Às vezes as pessoas me perguntam sobre o que eu fazia na HAL. A resposta é que eu era programador, engenheiro, designer e fazia o marketing dos games. E também pedia comida e ajudava na limpeza. Foi uma época muito divertida.

Em 2000 Iwata se tornou o líder da divisão de planejamento corporativo da Nintendo e finalmente, tomou as rédeas da companhia em maio de 2002 após o afastamento de Hiroshi Yamauchi. Sua nomeação para o cargo foi uma surpresa, já que desde sua fundação em 1889 a Nintendo foi uma empresa estritamente familiar. Entretanto, a competência de Iwata à frente da HAL foi um ponto importante que favoreceu sua escolha.

satoru-iwata-ds

2004: Iwata apresenta o Nintendo DS

À frente da Nintendo Iwata introduziu no mercado dois produtos campeões de vendas: o Nintendo DS, que consolidou a hegemonia eterna da companhia japonesa no mercado de consoles portáteis e o Wii, que foi uma revolução entre os dispositivos para a sala de estar e vendeu como água, mesmo entre aqueles que nunca foram ligados a games. Ambos foram responsáveis por colocar a Nintendo um passo à frente da Sony e Microsoft na transição da sexta para a sétima geração, mesmo com um hardware nitidamente inferior (um dos legados do mago Gunpei Yokoi: “desenvolvimento lateral com tecnologia já existente”; aproveitar o que já existe e funciona, adaptar e reintroduzir com nova roupagem e abordagem).

Porém, nos últimos anos Iwata foi duramente alvejado pelo corpo de investidores e acionistas da Nintendo que exigiam que a companhia se modernizasse, a fim de acompanhar os avanços de suas rivais. Um dos principais motivos para brigas foi a insistência durante um bom tempo em não entrar no mercado mobile, preferindo manter suas valiosas franquias atadas a seus consoles. Mas como o dinheiro andou minguando, o Wii U não mostrou a que veio e mesmo o 3DS vem perdendo gás (na verdade o mercado de portáteis como um todo) o executivo cedeu, mas também anunciou o projeto de um novo console, o misterioso NX. Outro motivo de briga foi a recusa em demitir funcionários para cortar gastos, se bem que isso vem mais da filosofia japonesa do que qualquer outra coisa. Ao invés disso Iwata e Shigeru Miyamoto reduziram seus próprios salários.

Muitas das declarações de Iwata e decisões da Nintendo durante sua gestão também desagradaram os fãs da Nintendo ao longo dos anos, desde manter a política da trava de região (que pode ser revista numa futura geração) a comprar briga com YouTubers, ou proibir o lançamento do livro que contaria a história da localização ocidental de EarthBound.

No geral entretanto Iwata foi uma figura simpática aos fãs da Nintendo e de games, em geral, de fato chegando a ser folclórica tal qual o próprio Miyamoto e o presidente e COO da Nintendo of America Reggie Fils-Aimé. Claro, isso vem do fato de que a empresa se comporta desde sempre como uma companhia que produz entretenimento para a família, mas Iwata se via de forma diferente; enquanto Fils-Aimé é um executivo de carreira Iwata se identificava mais com Miyamoto, já que antes de tudo ambos são gamers:

No meu cartão de visitas sou descrito como presidente corporativo; na minha mente sou um desenvolvedor; mas no meu coração, eu sou um gamer.”

Iwata também fazia questão de manter contato com os gamers, fosse através do Iwata Asks ou dos Nintendo Directs. Isso ajudou a consolidar sua imagem de executivo boa-gente, que incorporou o espírito lúdico da Nintendo. Afinal são poucos que se deixam mostrar em situações embaraçosas apenas pelo bem de uma piada:

iwata-banana

iwata-miyamoto-fils-aime-muppets


PlanetNintendo.it // Nintendo 3DS – Iwata, Miyamoto & Reggie Trailer

Enfim, a perda de Iwata será sentida não só pela Nintendo, mas por todos os fãs da empresa e pelos gamers em geral já que ele era uma das mais carismáticas figuras da indústria.

Domo arigatou gozaimasu Iwata-san. Sayonara.

Fonte: Nintendo.

Relacionados: , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Minatonami

    era só assoprar e ninguém precisava ficar escrevendo esses textos gigantes

    • Alpha Delta Victor

      Quando escreve pouco reclama; quando escreve muito reclama. Assim fica difícil. Isso aqui é um blog e o cara precisa escrever. Se você não deseja ler, basta não entrar em um blog.

    • Eu não entendi: o presidente da Nintendo faleceu, tal acontecimento merece texto. Boa parte de outros blogs só se limitaram a traduzir o comunicado de imprensa da Nintendo ontem, pra garantir o furo de qualquer jeito. 😉

      • Eu também não entendi.

        • Continue a nadar, Dori!

          • A pronúncia é DorÍ, ok? Não é igual do desenho 😉

          • Me obrigue, Dori Caymmi!

          • Papel Aluminio

            Se fosse Dorí, teria acento >_>

          • A pronúncia do meu é “Laguná”, não possui acento mas o povo insiste em me chamar “Lagúna”. Prefiro mesmo que me chamem de Emanuel logo.

          • Papel Aluminio

            Só se for em outra língua essa pronúncia, pq se fosse em brasileiro, teria que ter o acento tb…

          • Ricardo Soares de Oliveira

            Olha que na vida real tão te chamando de “Manuér” ou só “Manué” mesmo heim?!?

            (Nem entro na contração do “Mané” pq aí já é procurar briga! kkkkkkkk)

          • Cássio Amaral

            Tá OK, tio LagunÁ!

          • Papel Aluminio

            Doritos

      • Minatonami

        nintendo, assoprar, voltar a funcionar….
        Nada?

        • Tá, agora entendi a piada. Só não achei muito engraçado a segunda parte.

          Podia ter trocado o “ninguém precisava ficar escrevendo esses textos gigantes” por algo que não parecesse desqualificar o texto.

          BTW, deixa pra lá. 😛

          • Renan Drech Catelan

            não foi da intenção do jovem gafanhoto, acredite. Ele só foi infeliz na escolha das palavras.
            O caso é que se ele fosse “assoprado” ou usassem um “cogumelo” o iwata voltaria a vida, sem que o texto em si fosse necessário e uma vida poupada.

            Digo isso por que eu sou expert em fazer comentários desnecessários. não passei na fila do semancol antes de nascer :/

        • Theuer

          Do inferno ao céu em uma explicação. 🙂

    • Rodrigo MR

      você tentou ser engraçado?

  • Atos Ferreira Machado

    Ronaldo, só uma pequena correção: no final do quinto parágrafo, logo acima da figura do Iwata com um DS na mão, você diz “Entretanto, a competência de Yamauchi à frente da HAL foi um ponto importante que favoreceu sua escolha.”.

  • chadefita

    Agora a MS abocanha a Big N.

    RIP Iwata.

    • Isso ia ser um tremendo de um plot twist, hein?!

      • chadefita

        Iria ser duca se isso acontecesse, a mão da Sony chega a tremer.

      • Maycon Cruz

        Outro Plot Twist: Reggie se tornaria o novo presidente da Nintendo e faria a empresa ir a todo vapor.

        “My Nintendo is Ready.”

        • Reggie já é presidente da Nintendo, da Nintendo of America.

    • Cristiano Viana Alves

      E que competência você acha que a Microsoft tem pra isso?

      • chadefita

        A questão não é competência, a questão é bala na agulha. Nintendo tá ruim já faz um tempo e na MS o que mais tem é grana.

        • Nintendo ruim com quase 10 bilhões de dólares em caixa, no azul. Ok.

          E não, a Nintendo não vai se vender à Microsoft. 😉

          • chadefita

            10 bi? Não é nada. Se ela tiver que montar um novo console e colocar no mercado isso ai some do dia pra noite só com P&D. A queda de um cargo de alta patente abala todo mundo e pode crer que já tem gente aqui no ocidente feliz com a notícia (Empresário não tem coração, o que importa é o lucro).

            Em menos de 10 anos a Big N pode ser adquirida por outra empresa.

          • Leandro Ramiro

            Mals mano, falou merda. A Sony fez isso no vermelho.

          • Exato: o PS4 do jeito que é, foi fruto de uma Sony preparada sim mas desesperada por lucros. Em vez de fazer uma central multimídia como o XBO, a Sony preferiu fazer do PS4 somente um console, sem muitas firulas.

            A Sony está com enormes prejuízos e seu único sucesso tem sido o PS4, além dos sensores de câmera pra celular.

          • Leandro Ramiro

            Acho que a Microsoft preferiu fazer uma central multimídia pois, as chances de perdas são menores. Se for analisar o mercado de jogos, os portáteis (ou o portátil né pq o vita nasceu mortus) estão morrendo, e os consoles não trouxeram uma “grande inovação” nesse salto de geração.
            A atitude da Microsoft foi, meio Nintendo wii meio Xbox com umas firulas a mais… pensando na marca Windows.

            Realmente, os sensores de câmera da Sony estão em tudo quanto é aparelho e com mérito.

          • Diego Marco Trindade

            A Microsoft quis fazer um console pensando na internet das coisas, acabando com o mosaico de software em tudo em casa.

            A competência da Nintendo é fazer coisas que divertam a todos, de crianças a idosos, com os títulos que variam do Wii Sports a Xenoblade e Pokemon. Pena que o Wii U não deu certo, mas como a empresa tem ciclos, espero que a BigN volte com tudo com o NX.

          • Ivan

            enquanto os consoles da nintendo forem apenas jogos da nintendo não vai pra frente.

          • Renan Drech Catelan

            laguna, não vale um artigo sobre a sony, envolvendo lucros e dividendos gerais? tipo a parte que faz equipamentos médicos, tecnologia militar, entretenimento, essas coisas? 🙂

          • Mario Porfírio Souza

            Ao invés de fazer um console que vende tres vezes menos, preferiu fazer um console que é um sucesso, ótima estratégia para quem tá no vermelho, muito bem pensada.

          • chadefita

            Fazer no vermelho qualquer uma faz, o problema é sair do vermelho ou você acha que os acionistas ficam lá vendo o dinheiro deles queimar?

          • Leandro Ramiro

            Ainda não saiu do vermelho… Na verdade a Sony ta prostituindo suas divisões. E é uma empresa japonesa, os valores são diferentes do ocidente. Claro que acionistas choram, mas o ps4 foi uma boa tacada da Sony.
            Cara, Sony é bem mais que o ps4…ou foi.

          • Ivan

            no azul mas tomou preju durante 4 anos, só voltou ao azul vendendo brinquedos, amiibo, pq console não ta dando lucro ainda mais com o wii u.

    • Rondinelly Lima

      Facinho isso, basta mandar nosso indiano favorito “Nadella”. Essa missão é fichinha para ele.

      • O Satya Nadella anda cortando custos: uma aquisição errada agora poria tudo a perder. Por mais que os fãs da Microsoft queiram, os acionistas não aprovariam.

        • Rondinelly Lima

          Será que a mesma estratégia usada na aquisição da NOKIA, não seria uma boa para a MS??? Bota um cara lá dentro para “facilitar” a aquisição, e o restante da Historia já conhecemos.

          • A Microsoft teria que arranjar um executivo japonês bem competente pra isso. 😉

          • Ricardo Soares de Oliveira

            E bem vendido – coisa que, apesar de tudo, é um pouquinho mais difícil de se encontrar no Japão, mesmo nos dias de hoje!

  • João Lucas dos Santos

    🙁

    Att,

  • Sayonara, Iwata-sensei

  • Satoru Iwata produziu o melhor jogo do melhor videogame que já existiu: Kirby’s Dream Course do SNES. Fará muita falta como desenvolvedor.

    E, como fala o presente texto, veio dele a melhor fase comercial da Nintendo, com os estrondosos sucessos DS e Wii. Espero que a Nintendo volte a ser o que era em tal época., mas o mercado atual tá complicado.

    • “Fará muita falta como desenvolvedor.”
      Não fará, simplesmente porque há muitos anos ele não era desenvolvedor.

      • Epic Mac Fadden

        Agora começa a treta interna?

        • hhahahahahah aqui a parte legal é que a gente pode discordar numa boa =)

    • Epic Mac Fadden

      E o Earthbound?

      • A série Mother na verdade foi criada por Shigesato Itoi. =)

        • Epic Mac Fadden

          Então, foi o que o Ronaldo falou, ele era desenvolvedor….

      • Iwata foi essencial no desenvolvimento de Mother 2, ou EarthBound. Ele era o principal programador e resolveu uma série de problemas, a HAL costumava dizer que o game passou pelo inferno e quase não saiu.

        Itoi criou a série, mas EarthBound só saiu por causa do Iwata.

  • Deni Carson de Souza

    Agora começam as danças de acasalamento nos bastidores. Sony, MS, Apple (talvez), Google (com o android), querendo um chamego com a viúva rica (BigN)…

    • Sony foi o marido anterior que traiu a Nintendo em plena lua de mel, não rola.

      Microsoft é o cara que ofereceu dinheiro para a Nintendo ser dona de casa, mas esta por orgulho e independência recusou e fez bem, dado o sucesso do DS e Wii anos depois.

      Apple e Nintendo parecem seguir algumas poucas filosofias semelhantes, mas nunca tiveram nada uma com a outra.

      Resta o Google, mesmo.

      • Lucas Vieira

        “Sony foi o marido anterior que traiu a Nintendo em plena lua de mel, não rola.”
        Isso é tão passível de interpretação de texto…

        • Bom, o SNES PlayStation foi o filho delas, de uma parceria que foi de 1988 a 1993. O Super Nintendo tinha chip Sony.

          O negócio só deu errado porque além de um acordo pré-nupcial que garantiria lucro só pra Sony, esta preferiu criar o filho sozinho, fazendo-o esquecer a mãe. 😛

          • Lucas Vieira

            Mas justamente porque a Sony foi chutada pela Nintendo ué. [minha interpretação]

          • Ah, foi mal. 🙂 😀

          • Leandro Ramiro

            É uma puta novela isso ai, boatos que a Sony queria vender o SNES Playstation engolindo a Nintendo. Tipo aquela namorada que você não quer mostrar pros amigos.

          • FeripeHatsune

            A gente não pode esquecer do dote que a Sony queria em cada jogo e a Nintendo não iria pagar jamais.

          • Mario Porfírio Souza

            Ela resolveu cria o filho sozinho porque a Nintendo desisitiu do acordo e traiu a Sony e o mercado japônes tentando fechar o acordo com uma empresa holandesa que no caso era a Philips, a Nintendo ainda tentou barrar o lançamento do Playstation, mas fracassou.

      • Concordo, se fosse restar para alguma, é Google com Android equipando o próximo console. Mas a filosofia da Nintendo é bem na linha da Apple.

        Espero que ela não se junte com ninguém.

      • Deni Carson de Souza

        Sim, mas quantas voltam com seus ex? Quantas se sujeitam a serem meras donas de casa? Resposta: Tudo depende de quão ruim está a situação! Só não peleia quem ta morto…

        • Se bem que no caso é a Sony quem precisa da Nintendo hoje. A Nintendo continua no azul, enquanto a Sony precisa sair do vermelho. 😉

          • Mario Porfírio Souza

            Mas uma caminha para o azul, já a outra para o vermelho. Mas, seria uma ótima aliança, os gamers agradecem.

      • Marcelo Eiras

        Apple acho que não entra mais neste mercado desde o epic fail do Pippin

      • Mario Porfírio Souza

        O cara mal morreu e vcs já estão dividindo a herança do cara. A nintendo é muito maior que uma pessoa. A apple manda lembranças.

      • Mario Porfírio Souza

        Na verdade quem traiu foi a Nintendo e não a Sony. Nintendo não aceitou os termos com a Sony e ao invés de negociar fechou um acordo com a Phlips para lançar um console que nunca saiu do papel.

  • Maycon Cruz

    Uma perda inestimável… Espero que o Iwata-sensei visite o Mushroom Kingdom durante sua viagem.

    Please understand.

  • Lucas Vieira

    Pessoalmente estou totalmente neutro em relação a essa notícia. Eu não o conhecia, não sabia quem ele era, o que gostava, etc. Apenas o vi em vídeos. Enfim, deve ser triste pra quem for fã fervoroso da Nintendo [ou pra quem conhecia o cara de perto] mas da minha parte eu apenas desejo boa sorte para que eles encontrem um bom CEO agora que possa tocar a Nintendo e oferecer concorrência [parceria com a Valve talvez? Porque não? rsrsrsrs].

    • Renan Drech Catelan

      Ele era carismático, entregou o DS e o wii pro mundo. que outra empesa deste porte entrega a imagem de seus executivos como pessoas amigáveis e divertidas?

      E não, sua master race não é bem vinda aqui.

      • Lucas Vieira

        “Ele era carismático”

        Hum, bom ponto, mas acho que isso não basta, sei lá, ele ainda parecia para mim como um cara distante, o executivo preocupado em fazer valer a sua empresa. Palmas pra ele por conseguir se vender como alguém com personalidade, isso com certeza o coloca entre um dos melhores acredito, mas pra mim não é algo digno de nota.

        PS: “E não, sua master race não é bem vinda aqui.” Algo irrelevante mas só pra deixar claro: esse comentário de fanboyzinho de meia-tigela me deixou com tanto nojo que vou passar o resto do dia sem jogar nada em console/PC nenhum.

        • Renan Drech Catelan

          meça suas palavras parça 🙂 se você tem uma nvidia no seu pc não chame os outros de fanboy.
          ninguém mandou misturar console com pc 🙂

          • Lucas Vieira

            1- eu não tenho nvidea no meu pc, nem amd.

            2- eu apenas fiz uma pequena brincadeira, se foi engraçada ou não é outra discussão, mas eu não estava criticando ninguém.

      • Mario Porfírio Souza

        Caraca o cara só citou uma parceria com a Valve, é pecado falar isso, não vi nada de fanboy nisso, o pessoal exagera.

    • Que fã fervoroso nada ! Não precisa nada disso….

      Qualquer pessoa que curte jogos eletrônicos esta triste… Ele fez história desde os computadores MSX e Commodore….

      O cara tinha tudo, era técnico, era criativo, era gestor… grande perda para o mundo do VG.

      • Lucas Vieira

        Bom, eu gosto de jogos mas como eu disse eu não conhecia o cara então não estou nem um pouco triste nem entendo o sentimento do pessoal. No mais, olhando objetivamente, não nego suas conquistas, pelo contrário, até hoje aplaudo a Nintendo pelo DS e Wii [apesar de eu criticar muito estes, mas eles também tem suas vantagens], mas recentemente ele não tinha chamado muito a atenção no mercado [WiiU] então por isso também fico neutro quanto à sua ultima sentença.

        • Jogo coisas produzidas por ele desde minha infância nos computadores 8 bits, não tem como não ficar triste, igual sinto a perda de um escritor de livros que curto, um artista que admiro, pintor, ator, um inventor, seja o que for que se destaque, eu sou daqueles que se pega nos detalhes de quem fez, acompanha o trabalho, e fica sentido com a perda.

          O Wii U não é uma obra de arte dele, não deu certo, mas impossível alguém ser brilhante e revolucionário em tudo que fez na vida. Não vai ser esse projeto que vai me fazer ficar indiferente e esquecer o resto. Basta um feito brilhante para alguém ser admirável, no caso dele são dezenas.

          • Lucas Vieira

            Hum, entendo agora, é algo mais saudosista então. No meu caso eu só cheguei a jogar alguns [na verdade muitos, mas provavelmente menos que o povo que tinha] jogos das “gerações 16/32/64 bits” então não sou apegado a essa época.

          • Ricardo Soares de Oliveira

            Cara, como eu respondi ao Zanac lá no tecno, não chega nem a ser questão de saudosismo ou fanboyzismo: um cara morrer aos 55 é uma pusta perda, independente se era um gênio (que ainda teria anos e anos de genialidade) ou uma toupeira (que teria anos e anos² pra corrigir os próprios erros).

            Nem um jaum da iskina merecia isso. Lembrando ainda que a espectativa de vida daquelas bandas tá beirando os 100 anos – foi uma vida interrompida literalmente pela metade!

          • Lucas Vieira

            Sim, sim, concordo plenamente que é algo trágico, mas como eu disse eu não conhecia o cara então eu não tenho nada a sentir por ele. Pessoas morrem todos os dias mas eu não tenho como me importar com elas se eu não as conheço.

  • Mestre !!!!!!!!!!

    Década de perdas incalculáveis, Jobs nos computadores e Iwata nos videogames.

    Fica minha profunda admiração pelo Iwata, por tudo que ele fez da HAL Laboratory e da Nintendo.

    Nas imagens, ROLLER BALL da minha infância no MSX, tinha em cartucho, olha o crédito dele na produção.

    GÊNIO !!! R.I.P.

    • alexandre de carlis

      Tanto MC aí pra morre, políticos (Dilma tá escutando) morre alguém que só fez vem. RIP mr Iwata.

    • Mario Porfírio Souza

      Sim ambos irão fazer falta no mundo, Iwata pelo seu carisma e Jobs pela sua colaboração tecnológica para o mundo, porque como pessoa Jobs era um babaca.

      • Acho que no palco o Jobs arrasava, mais que Iwata, sabia vender uma ideia como ninguém, me parece que Jobs ganha neste tipo de carisma, já em colaboração tecnológica ambos souberam identificar e apostar em tendências certas, ambos surpreendem e revolucionaram várias vezes.

        Já o pessoal, acho que bethoven, Picasso, Chaplin, tinha um monte de FDP, e deixaram obras primas, admiramos pelas suas obras e não pelos seu caráter.

        Senão só João Paulo 2, papa Bento e madre Teresa seriam ídolos.:)

  • Satoru Iwata, da Nintendo para a eternidade https://twitter.com/namgoreng/status/620425040706703360

  • Titio morreu? (ಥ_ಥ)

    • Porquêêêêêêêêê …. Me leva junto ….
      ~le joga-se no caixão … === ᕕ(ರ▃ರ)ᕗ

    • Papel Aluminio

      Chola

  • NãopodesêêêêêÊ … (ಥ_ಥ)

  • FeripeHatsune

    Faltou o um cogumelo verde pra ele!
    Sempre o respeitei, pelo seu trabalho e sua contribuição a industria dos games, criando moda!
    Descanse em paz seu velho teimoso.

  • Marcelo Eiras

    A HAL laboratory produziu various jogos para MSX, como Eggerland Mistery, Rollerball, Inspecteur Z, Mr. Ninja, Hole in One, Mr. Chin, Gall Force entre outros. Possivelmente feitos com participação do próprio Iwata.

  • Ivan

    quem sabe agora a nintendo tenha as mudanças necessarias para sobreviver no mundo dos consoles de mesa.

  • Christiano Nascimento Amorim

    “No geral entretanto Iwata foi uma figura simpática aos fãs da Nintendo e de games, em geral,”

    Geral demais!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis