Passaralho na Microsoft: diminuindo foco no hardware mobile, 7.800 funcionários são demitidos

Laguna_MSFT_Nokia_Nadella_Elop

Satya Nadella e Stephen Elop, antigo casal 20 da Microsoft (crédito: Ars Technica)

Microsoft acaba de anunciar que pretender fazer uma reestruturação na área de dispositivos móveis. Traduzindo: ela pretende demitir mais 7.800 funcionários (representam 6% dos atuais 118 mil empregados) e a maioria deles virá da divisão que trabalhava com celulares.

Quando adquiriu a divisão mobile da Nokia por US$ 7,2 bilhões; a Microsoft absorveu 30 mil funcionários. Infelizmente a empresa tem cortado diversos custos desde então e foi demitindo vários deles: pouco menos de um ano depois da aquisição, 12.500 foram procurar emprego em outro lugar.

Satya Nadella, atual CEO, pretende reestruturar a empresa de forma a ter um menor foco no hardware mobile próprio.

Estamos mudando nossa estratégia: em vez de desenvolvermos apenas o negócio de smartphones, queremos também oferecer um belo ecossistema Windows muito além do hardware próprio.
·  
No curto prazo teremos um portfólio mais enxuto e efetivo de aparelhos enquanto reinventaremos a longo prazo o segmento móvel.” — Satya Nadella, no comunicado dirigido aos funcionários

A Microsoft anunciou que o custo de aquisição dos ativos da Nokia Devices and Services (NDS) foi de 7,6 bilhões de dólares; fora os encargos de reestruturação, mais US$ 850 milhões. Infelizmente, o Windows Phone ainda não conseguiu resgatar todo esse custo. Muito pelo contrário: cada celular vendido pela Microsoft (smartphone ou não)prejuízo médio de 12 centavos de dólar.

O tio Laguna espera que os smartphones topo de linha da linha Windows 10 Mobile obtenham sucesso. Só acho um pouco difícil reverter este quadro no curto prazo:

PREVISÃO 2015 DA PARTICIPAÇÃO DE MERCADO DOS SISTEMAS MÓVEIS
Previsão →
Plataforma ↓
Vendas em 2015 (em milhões de unid) Participação de mercado (prevista para 2015) Crescimento anual
Android 1.149,3 79,4% 8,5%
iOS 237,0 16,4% 23,0%
Windows Phone 46,8 3,2% 34,1%
Outros 14,2 1,0% 3,9%
TOTAL: 1.447,3 100,0% 11,3%

·  
Segundo a IDC, a previsão é a de que o Windows Phone permaneça num distante terceiro lugar este ano. E a previsão para 2019 é igualmente pessimista para a divisão mobile da Microsoft. Provavelmente mais demissões virão, infelizmente.

Fonte: The Verge.

Leia também:

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Emanuel Laguna

O “tio Laguna” nasceu no Siará em meio à Fortaleza de 1984. Sempre gostou de brincar de médico com os aparelhos eletrônicos e entender como um hardware dedicado a jogos funciona, mas pretende formar-se como Engenheiro Eletricista qualquer dia. Antes apaixonado pelos processadores gráficos desktop, vê nos smartphones, tablets e outras geringonças mobile o futuro da computação.

Compartilhar
  • Augusto Linhares

    M$ apenas limpando os restos deixados pela Nokia
    W10 irá ownar absurdamente

    • Hugo Vinícius

      Tomara! No desktop, tá foda de usar o Windows 8.1, depois que passei a mexer no Windows 10 Build 10162.

  • Eduardo Rigler

    O último que sair apaga a luz!

    • Guilhermo

      Eu sei o que você fez aqui.

  • o Passaralho da Nokia continua voando a todo vapor …

    • Christian Oliveira

      Deve ser complicado competir no mercado de baixo valor, concorrendo com todos os demais fabricando na China.

  • Provavelmente vão imitar a Apple e terceirizar a produção.

    • mas não terão elfos e duendes na linha de produção …

    • Anderson Oliveira

      Do crescimento é facil, se você tem 1 e passa pra 2, você cresceu 100%; se você tem 100 e passa para 105 você cresceu 5%…rsrs

      Só o crescimento anual do Android é duas vezes maior que a base da Microsoft. Então no final a MS ta crescendo mas perdendo mercado…

      • jonscravit

        34,1% de crescimento sobre 3,2% da por volta de 1,3%
        isso sim é um super crescimento hehe
        muita gente comprou lumia com windows e desistiu
        não tem pou, não tem youtube na loja para baixar e monte de coisas basicas no android
        MS tentando derrubar o android e IOS que estão consolidados
        o android é aberto e se pode fazer de tudo nele
        não tem como MS impor seu sistema fechado e derrubar um sistema onde se fazem de tudo

    • OverlordBR

      A Apple está apostando tanto em crescimento que já mandou encomendar a produção de 85 a 90 milhões de iPhones “6S” para o final deste ano…

    • The Courier

      para fanboy a empresa ficar mudando de foco toda a semana é sinal de sucesso….

  • Christian Oliveira

    MS uma dica:

    Brasil, fabrique no Brasil, motivos?

    Moeda local fraca;
    Incentivos fiscais;
    Geograficamente bem posicionado em CALA;
    Acordos de comércio local;
    Mão de obra ;
    Fabricas estabelecidas;
    Tendencia de afrouxamento em leis trabalhistas;
    Tendencia de afrouxamento em leis de maio ambiente;
    Operação local da própria MS bem estabelecida;
    Mercado de classe C grande em grandes lojas de varejo;
    Mercado de venda on line aquecido;

    Ou vá para a China, um pouco tristes, mas compraremos mesmo assim.

    • Eddie Xavier

      Investir no brasil pra que?
      Pra ser tratada como satã e aturar uma das piores mão de obra do mundo todo?
      Empresa que investe no brasil hoje em dia só pode ser louca… Muito melhor investir em países como paraguai.

      • Empresas não são preocupadas em ser tratadas como satã contanto que consigam lucro, vide o caso do lucro brasil em que temos os carros mais caros do mundo, e mesmo com diminuição nas vendas nem pensam em diminuir os preços. Empresas realmente grandes quando vem para o brasil são recebidas de tapete vermelho, ganham isenção de impostos, ganham terreno para montagem da fabrica. Mas realmente lidar com a burocracia brasileira e uma coisa que não é pra qualquer um, devemos ter o sistema tributário mais confuso do planeta.

        • Alex Oliveira

          Na verdade, o sistema tributário é mto bem arquitetado e organizado. O que fode o role é a burocracia e o excesso de tributos. Poucos países do mundo conseguem trabalhar com tributações municipais, estaduais e federais de forma distinta como acontece aqui.

          • Zaaboo

            Como empresário, eu diria que nem a gente consegue trabalhar… Haja vista que volta e meia rola uma divergência entre contadores e que muitas vezes vai da interpretação da lei.

            Mas faz parte. Gente inteligente fica rica em qualquer lugar. Pena não ser o meu caso, hahaha…

          • Alex Oliveira

            É, exatamente. O negócio é bem feito, mas se complica demais, se atrasa e burocratiza muito o que deveria ser simples.

          • O caso de ficar rico tem dois lados, ou a pessoa se mata de trabalhar, deixando de viver a sua vida, apenas com o foco de ganhar dinheiro, ou ela tem bastante dinheiro para investir, e logicamente faz boas escolhas de investimento. Em países como o brasil que o risco é mais alto o lucro também é maior. Quando se chega para montar um negocio em um país de primeiro mundo já existem empresas confiaveis com 300 anos de mercado com clientes satisfeitos, e mais difícil conseguir mercado, claro que não é impossível, mas geralmente segue-se a regra de mercado, quando maior o risco de perder todo dinheiro, maior o provável lucro.

          • Aqui cada um quer pegar um pouco pra si dos impostos e não aceita receber simplesmente repasses por que não confia que outro orgão vai faze-lo. O certo é que um produto pagasse um unico imposto uma vez e não recebesse imposto quando é materia prima, depois quando é industrializado, depois quando é levado para o varejo, depois para o atacado… pra mim mesmo que isso seja esquematizado, para alguém que vem de um sistema mais simples, entender toda essa burocracia deve ser muito complicado.

          • Rodrigo

            Isso vai de nosso sistema tributário que se concentra muito nos tributos sobre o consumo, ao contrário de países desenvolvidos cujo percentual de arrecadação de tributos sobre o consumo fica em torno de 25~30% da arrecadação total, aqui no Brasil chega a quase 45%. Nos países desenvolvidos os tributos sobre renda, propriedade, contribuições sociais e outros chegam a compor 70~75% da arrecadação (EUA, Reino Unido, Alemanha, França e Canadá). Nestes países, só os tributos sobre a renda compõem cerca de 45% da arrecadação total. No Brasil os tributos sobre a renda compõem cerca de 20% da arrecadação.

            Concentrar-se nos tributos sobre o consumo gera duas coisas: tributação excessiva sobre produtos e desigualdade social/má distribuição de renda, na medida em que pessoas de faixas de renda diferentes pagam a mesma quantidade monetária de tributos – e quanto menor a renda, maior o peso dos tributos.

            O problema é que a reforma tributária que muitos querem é a diminuição dos tributos sobre o consumo, mas sem contrapartida, o que vai diminuir a arrecadação.

          • Realmente a tributação sobre a renda ao invés da produção é muito melhor, mas nesse caso quem tem mais renda paga mais impostos, e justamente a classe politica/judiciario são as pessoas com mais renda no país e políticos nunca votam nada que os desfavoreça.

          • Hugo Vinícius

            Mas o que mais pega contra o imposto sobre a renda é a sonegação. Se bem que o rastreamento dessas informações no Brasil anda cada vez mais integrado e, assim, dificultando cada vez mais a sonegação.

          • Se tem um orgão realmente competente no governo é a receita federal, pra eles a verba não atrasa, não falta dinheiro nem profissionais qualificados para ter certeza da arrecadação do imposto de renda. Conheço gente que trabalha lá, no setor de informatica, e o planejamento é sempre bem feito, seguindo as melhores praticas internacionais. Infelizmente temos um estado muito eficiente para arrecadar os impostos e muito ineficiente na hora de gastar.

          • Christian Oliveira

            Geralmente os municípios querem 0,5% e isenção do iptu.
            O federal tem aplicado isenção do ipi e demais.
            Já o estado, principalmente o de São Paulo, jamais abre mão dos 18%, além de ter chegado a loucura de cobrarem no estado de origem e de destino.

      • Christian Oliveira

        Diga oi para minha pequena coleção de iPhones da linha “s”.

        IPhone 3GS, 4s e 5s, todos eles Indústria Brasileira.

        Não estou com eles na mão agora mas soma-se MotoX 2013 e Samsung Galaxy S4 mini.

        Isso só para falar dos modelos que eu possuo.

        São 3 players loucos contra vc.

        • Alex Oliveira

          Sindrome detected!

        • Eddie Xavier

          E fabricar aqui muda em que as funções de seus celulares?

          • Christian Oliveira

            Nas funções nada.
            Não é esse o foco de se fabricar algo aqui ou na China.
            E te devolvo a pergunta:
            O que muda algo ser fabricado por um funcionário CLT, ou por um presidiário?

          • Eddie Xavier

            muda que um precisa para reduzir a pena e fazer algo util e o outro vai falar mal do patrão e faltar quando bem entender pra ir no churrasquinho na laje.

          • Christian Oliveira

            Ou sair mais cedo para praticar crimes mais rápido e o outro ter algum direito assegurado.

            Mas como eu não concordo nem com a sua nem com a minha, por não agregarem nada num debate.

            Prefiro acreditar no raciocínio de business que é de diminuir o custo de produção, aumentar a margem de lucro para o fabricante e oportunidade de novos negócios para toda a cadeia produtiva, seja qual ela for., mas que seja aqui.

        • Luiz

          “Industria Banâneeira” = montar a carcaça e embalar para o centro de vendas.

    • Diego Marco Trindade

      Acho que a melhor vantagem, se não a única, é evitar os pesadíssimos impostos sobre importação. O Brasil não tem livre comércio com ninguém, o Mercosul não funciona, infraestrutura pobre, sistema tributário complexo e pesado, burocracia. Se eu não fosse brasileiro, acho que só viria aqui para férias, e olhe lá.

      • Christian Oliveira

        Algumas montadoras de carro, fabricantes de eletrônicos, redes de varejo e ecomerce, europeias e americanas, fabricantes de sucos podem até concordar em partes com você, mas eles não largam do osso, por um motivo bem simples: é possível criar um modelo de negócio rentável, mesmo com todas essas maluquices.

  • The Courier

    nossa…. MS adora dar um nabo na bunda de quem adota as ideias que eles lançam…

    quem comprou o xocotone no lançamento com kitreco achando que ira ter uma central multimidia por controle de voz e jogos usando o acessorio: Toma pirocada na bunda, abandonamos tudo

    quem comprou Lumia: vamos diminuir o foco em hardware mobile e lançar todas as nossas APPs para android e IOS.

    MS nos ultimos 5 anos so sobrevive de monopolio de windows e office, pq se dependesse dos outros produtos dela…

  • Sobre essa reestruturação, recomendo análise do Daniel Rubino. É um tanto otimista, mas a única que se diferencia dos apocalipses, tipo o do GizModo.

    http :// www. windowscentral. com/ microsofts- restructuring- their- phone- business- was- necessary

    • Juro que tentei me afastar de previsões apocalípticas mas não deu. :/

      Essa aqui foi uma das mais cruéis. Aliás, o próprio The Verge meio que já jogou a toalha no WP.

      • Cortana

        O The Verge já jogou a toalha na Microsoft inteira.
        Não dou a mínima para o que publicam lá.

      • Eddie Xavier

        Eu acho mais facil a microsoft jogar a toalha no xbox que no mercado mobile. Acho que ela deveria focar em criar um Windows X86 Phone edition. Que não permita instalacao deaplicativos fora da loja. Assim teriam milhares de linha de codigos prontas e que so teriam que readequar seu design.

        • Cortana

          Realmente o Windows mobile não será abandonado, pois é crucial para o futuro.
          Quanto ao código x86, o trabalho é mínimo para compilar o sistema para ARM.
          O importante é que ela está remodelando o sistema para ser adequado à qualquer plataforma.
          O Xbox é algo que considero desnecessário, ela deveria levar todo o software do Xbox para dentro do Windows 10 e fortalecer ainda mais o seu SO. Na verdade, esse deve ser o plano, e já o está executando lentamente.

          • Eddie Xavier

            Acho que ele não sera abandonado. Mas esta na hora de jogar mais pesado né? Interface datada, limitações que não deixam o software ter acesso direto ao hardware, loja com organização de dar medo e etc… x86 seria bom pois permitiria se portar a biblioteca de decadas sem trabalho.
            Com o crescimento do mercado de games no PC eu hoje atrevo a dizer que o xbox é um desperdício de energia. Se a microsoft investir em jogos exclusivos pra Windows e vender na propria live é bem capaz de ter mais lucro que com o xbox.
            Esses movimentos recentes corroboram para essa teoria de fim do xbox eu não acredito em um novo console da microsoft depois do xone.

          • Hugo Vinícius

            Eddie, o que mais dificulta no port de aplicativos não é a arquitetura do processador, é a mudança das APIs. Não acho que alguém quererá usar um aplicativo Win32 comum num celular. Aliás, nem sei se o Win32 terá suporte a funcionalidades específicas de celulares e tablets.

          • Eddie Xavier

            No caso de apps é mais facil portar mesmo. Mas jogos por exemplo faria uma puta diferença.

        • Lucas Vieira

          Acho meio difícil a MS acabar com o Xbox tão de repente, ele ainda é uma marca muito forte nos EUA e aqui no Brasil [ou seja, nas Américas em geral]. O ideal mesmo seria ela ou mata-lo aos poucos, transformando o atual XBone num PC [fazendo o W10 dele ser mais aberto por exemplo], mas infelizmente é claro isso e praticamente impossível.

          • Eddie Xavier

            Mas é exatamente isso que estou falando. Vai ir migrando e compartilhando o conteúdo com o windows 10 e depois de alguns anos adeus Xbox. Ou seja só la pra 2018/2019 mesmo pq do jeito que as coisas estão indo tanto o Xbox quanto o Ps não vão conseguir competir com o poder do PC.

            Sobre a marca ser forte. Bem isso nunca foi problema pra nenhuma empresa… Uma marca forte que te gera um gasto e custo operacional gigante só gera o caos.

          • Lucas Vieira

            Bom, mas é aí que tá, os únicos apps que o Xbox receberá serão os da app store e não há garantias de que ela será um sucesso, infelizmente (e a MS não parece muito interessada aparentemente).
            E quanto ao PS, bom se desse lado o Xbox é forte, o PS é no mundo inteiro. Teria que ter um baque muito grande pra tirar a Sony, acho.

  • Natan Facchin

    Sobre a restruturação: MS quer lucro, investidores não estão acreditando na MS e pelo jeito nem ela tá acreditando nela mesma – não se faz essa quantidade de demissões “por nada ta tudo tranquilo”.
    Resumo dos últimos 5 anos de MS mobile: fanboys dizendo que esse ano é o ano do WP, MS cresceu 200% esse ano, MS continua com 3% de marketshare, agora com a versão wp.getVersion()+1 tem a wp.getNewFeature() e vai emplacar o sistema.
    Eu gosto do 8.1, mas ainda vejo muitos problemas com ele que não vejo nos outros: apps ruins ou ausentes, Google Now me dá mais informações úteis que a Cortana, navegador ruim, notificações mal implementadas, o mail ainda é bem limitado. 🙁
    Falta inovação além das Live Tiles. Últimas fichas eu aposto nos apps universais [sem desenvolvedores não adianta]. 🙁

    • Gustavo Fernandes

      Investidores não acreditam nela mesmo não, por isso desde que o Nadella assumiu quase dobrou o valor das ações né?

    • silvioricardo

      Eu não gostava da Guide Lines de Design dos apps do WP 8.1 que perdia
      muito espaço na tela, mas o Windows 10 aproxima muito do visto nos
      outros SO mobile e é bem agradável aos olhos, principalmente as
      possibilidades de configurações e mudanças na loja; vale ressaltar a
      vantagem de facilitar portar o código do iOS/Android com poucas
      alterações.

      A maioria das reestruturações da MS vem dando muito certo, principalmente no mercado mobile com aplicações saindo para todas as plataformas, no mercado corporativo com o Azure que é o mais completo atualmente – deixei de usar o último serviço que tinha na AWS por conta da facilidade de escala, entre outros detalhes técnicos – e por fim provavelmente com o Windows 10.

  • Luiz

    “Ano do WP” = “Ano do WP” + 1

    • Ano do WP=(Ano do Linux + 1)

      • Cássio Amaral

        “Ano do Grafeno” = Ano do Linux + 1

  • Lucas Macedo

    acredito que já era windows phone, tanto a nível de hardware quanto software

    o Satya vai manter um minimo da equipe pra tocar em frente a atualização pro win10 e depois de um tempo fechar de vez esse departamento. A MS chegou atrasada nesse mercado e pelo visto nem seus bilhões e uma nokia conseguiram recuperar o tempo perdido

    • jairo

      A MS não chegou atrasada neste segmento , os WM6.0 e 6.5 que o digam , não teve foi competência , os OSs mobile da MS são ruins , eternos betas.

    • Eddie Xavier

      Ninguem sai de um mercado que a cada ano cresce. Não existe a menor chance da MS sair do mobile.

    • Cortana

      “Mobile first, cloud first”.
      Tendo em vista que o dispositivo mobile mais importante hoje seja o smartphone, não existe a menor possibilidade dela o abandonar.

  • Gustavo Fernandes

    MAndando o pessoal o chão de fábrica embora provavelmente, até porque não tem logica fabricar algo que os chinas fazem de olhos fechados e mais barato.

    Outra, acho interessante essa divisão entre Android/IOS/WP.

    Sendo que Android tem 3000 fabricantes.

    LG e SONY em alguns mercados se não a maioria vendem menos que nokia/MS.
    “A Samsung ficou na segunda posição com 18% das novas ativações, enquanto a Microsoft, controladora da Nokia, respondeu por apenas 5,8%. Sony e LG registraram 1,6% e 1,4%, respectivamente, das vendas, mas as asiáticas Xiaomi, Huawei e HTC não chegaram a 1% cada. Segundo a Flurry, o Natal não é a data que os asiáticos mais trocam presentes, o que pode ter refletido no baixo desempenho das fabricantes locais.”

    Mas pessoal fala como que quem fabricasse Android nadasse em dinheiro.
    A MS deve ser a empresa que mais lucra com Android(patentes) depis da Samsung, isso pq a samsung deve ter uns 30% ou mais do mercado.

    Na boa, em tecnologia, fazer previsão em algo para daqui a 5 anos chega a ser ridiculo. Ainda mais Smartphone. A MS pode fazer um cel revolucionário e cair no gosto. Eles não vendiam nenhum console, hoje o Xbox vende milhões, pode dar prejuizo, mas mantem todo um ecosistema. É muito mais complicado que apenas numeros em uma divisão.

  • rbsouto

    Você investiria o seu dinheiro numa app para Windows Phone antes de Android ou iOS?

    Foi o que eu perguntei para um gerente de uma empresa que faz apps mobile. A resposta dele foi: cê é louco?

    • Quando falamos especificamente em jogos, iOS vem em primeiro lugar e Android em segundo. Só aí vão considerar um port para outra plataforma, como o Windows Phone.

  • Nathan

    Acredito que a Microsoft poderia fazer que nem a Xiaomi, vender tudo ela mesma, assim ele poderia reduzir muito o preço de seus smarthphones a ponto de sair ganhando em cada venda pois sites “atravessadores” costumam colocar uma margem de lucro lá encima… Os WPs são celular bons, claro, com alguns vícios dependendo do modelo, mas que com certeza agradaria o público se fosse ainda mais barato.

  • Marcos Andrade

    Só porque eu tô afim de abandonar o robozinho pra comprar um celular com janelas…
    E agora, vou pro Lumia 640 ou fico mais um pouco no lento e travado Moto G 1?

    • Eu pessoalmente prefiro o Windows Phone ao Android, mas é questão de gosto mesmo.

      • Marcos Andrade

        Eu também tenho preferido (experimentei alguns, mas não por muito tempo).
        Só não sei como ele vai ficar depois da atualização para o 10.
        O Moto G era até legalzinho antes do Lollipop

        • Hugo Vinícius

          Foi justamente o Lollipop no meu Moto X 2013 que está me fazendo ir para o Windows Phone, claro, depois de ver que se paga 4 mil reais num iPhone… Tá louco.

          • Marcos Andrade

            Pois é. Só não sei se pego um 640 ou se espero a chegada do W10 pra comprar outro

      • Bruno

        Eu não vejo isso. O layout da tela inicial dele é realmente lindo, mas de resto ele peca muito.
        A MS devia ser mais esperta e PAGAR para as empresas portarem apps para sua plataforma.

  • glhp

    Eu uso wp e não tenho do que reclamar. Sempre fui de comprar celulares mid-end, entre 700 e 1000 pq para mim nunca precisei mais do que isso. Era sempre android, até eu perceber que nessa faixa a diferença de desempenho de celulares com android e wp é absurda. Sem contar a câmera que até longa exposição tem. Fica todo mundo brigando por marca, por feature, mas o importante é ter o que você de fato precisa, e neste quesito até o momento meu lumia 830 me atende perfeitamente.

    • Diego Marco Trindade

      Não sei os números, mas a quantidade de software disponível para WP é bem baixa, o que talvez explique a baixa penetração de mercado. Claro que a qualidade importa muito mais que a quantidade (IOS que o diga). Mas por enquanto, e por algum tempo ainda, o Android ainda vai ser o que melhor se adequa a 80% da população.

    • Marcos Andrade

      Tô quase na mesma situação. Sempre fiquei pelos mid-end.
      E os mid-end com WP são muito superiores em desempenho aos Androids.
      Já decidi comprar um Lumia, mas ainda não decidi qual nem quando.

    • Hugo Vinícius

      Acho que vou para um Windows Phone na próxima troca. O que eu estava querendo era um Lumia 640 XL, mas quando vi que é só 1 GB de RAM, brochei.

      Vi que no Mercado Livre o Lumia 930 está de 1100 ou 1200 reais, não me lembro. Não acompanho muito sobre a plataforma, mas é bem provável que o Lumia 930 será atualizado para o Windows 10 Mobile, né?

      • Marcos Andrade

        Segundo a MS, todos os que forem WP8.1 vão pro W10M.
        Eu quase comprei o 640, porque achei o XL exageradamente grande e com a mesma resolução da tela (a vantagem é “só” a câmera com lente Zeiss e 13MP). Também achei ruim só ter 1GB, mas, pelo que vi em vários reviews e outros usuários, é mais que suficiente pra um Lumia.

      • Roberto Cézar

        Tô com um 640 XL, e digo: é um ótimo smartphone. No começo achei meio grande, mas me acostumei no primeiro dia mesmo, foi só a primeira pegada que achei estranha. O 1GB de Ram dele é suficiente pra fazer tudo no WP

      • Fica de olho nas promoções que o 930 baixa constantemente a 999 e as vezes 890 como quando comprei no Submarino no boleto.

        PS: 1GB pra WP é muito mais que suficiente, acredite. Na verdade já com 512MB o sistema em si roda folgado, só alguns jogos que não instalam. Com 1GB você instala e roda tudo tranquilamente, te garanto isso.

        • Hugo Vinícius

          Caramba! Vou ficar de olho no preço do Lumia 930! Valeu pela dica!

  • Rogerio

    Totalmente sem fundamento esse clima fúnebre para com a MS mobile ou seja lá o nome da divisão. Eles estão fazendo ajustes, e muito necessários, pelo que se vê no número de demissões. Não vão mais fabricar mais os devices? Absolutamente normal. O Google não fabrica. A Apple terceiriza (Ohhh! A Apple não fabrica mais celulares, corrão!). A MS não está saindo do mercado mobile, pelo contrário, está chegando agora.

  • Diferentemente de fanboys, a empresa visa lucro.
    Não teve dó no passado de descontinuar produtos que não íam bem, que o diga o Windows RT.
    A julgar pelos numeros que o Laguna mostrou, a MS encerrou 3/4 de sua força mobile. Se produzia pouco barulho antes, que dizer depois desse corte. O WP estará em 2º plano daqui pra frente, provavelmente lançarão um WP Elite concentrando-se em poucos modelos e se o WinX não fizer nada para mudar isso será um produto facilmente descontinuado. Veja que o WinX tá estruturalmente montado como ou vai ou racha, permitindo apps portados de Android e iOS.

    Todos os serviços rodam até então em Android e iOS, tem até uma UI para Android… então não é o fim, apenas o foco em serviços e não em hardware.

    • Na verdade acho que foram 2/3: temos 20 mil desempregados e a Nokia Mobile tinha 30 mil.

    • Lucas Vieira

      O que pessoalmente eu acho uma pena. A MS é praticamente a única que faz aparelhos de entrada com desempenho decente. Se o WP morrer vai ser muito foda ter que gastar mais de R$500 pra poder ter um celular usável™.

  • É a velha filosofia americana, de projetar mas não construir. Eles podem continuar projetando hardware e software, só não tem porque manter funcionário de chão de fábrica quando pode terceirizar a fabricação com uma Flextronics da vida.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis