Resenha: O Buraco da Beatriz, o melhor livro do Universo

3DFake

Por incontáveis anos Carlos Cardoso tem agraciado o mundo com seus incríveis textos. Cobrindo todas as áreas do conhecimento humano esse inigualável artesão das palavras nos emociona, educa e alegra, compartilhando da alma e do intelecto humano.

O Buraco da Beatriz é sua mais nova incursão na literatura, e o coloca lado a lado de nomes como Gaiman, Clarke, Joyce, Hemingway, Sartre, Sagan, Gabo, Tolstoi, Twain e Spohr. Cada página, cada parágrafo é um deleite, é como lamber a Venus de Milo feita de bacon e coberta de Nutella. Não há palav —

Tá, ok, acho que perdi a mão. Vamos tentar de novo.

Um dos maiores problemas de blogs é que os textos vão se empilhando e o leitor só consegue acessar facilmente os mais recentes. Sei, há arquivos, buscas, mas não é a mesma coisa. Nenhuma interface de blog, nenhuma Amazon consegue passar a experiência sensorial de estar em uma livraria.

bookstore

Percebi que há muita coisa boa enterrada, mas quem tem tempo de procurar ou ficar lendo textos antigos? Tive a idéia então de facilitar a vida do leitor. Fiz um apanhado de alguns (22) textos, entre novos e antigos, editei, revisei, alterei, atualizei em alguns casos e formatei em formato de e-book.

Assim todo mundo com um Kindle, um Kobo ou um celular decente pode ler, reler ou compartilhar histórias há muito fora da vista do leitor normal dos blogs onde escrevo.

Ah sim, há um ou dois textos inéditos no meio, como um agradecimento ao leitor.

“É e-book, então é barato mas não de graça, né?”

Errado, mizifio. O Buraco da Beatriz é completamente gratuito. Está disponível em .MOBI. AZW3, EPUB e PDF. Download direto, não tem nem aquele esquema de “pague com um tweet” Até porque o Machete pode querer ler, e Machete Não Tuita.

Claro, quem quiser contribuir com doações, para que eu continue dividindo meu tempo entre escrever pro MeioBit e matar meu cérebro lentamente com álcool, qualquer caraminguá é bem-vindo.

Para fazer sua generosa doação e baixar o livro, visite esta página. Se quiser baixar sem doar, o link é este. Se quiser doar sem baixar, instruções aqui. Se não quiser fazer nada disso, deixe sua reclamação com o comando ALT+F4.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Maíra dos Anjos

    Espero ansiosamente os próximos.

  • Gaius Baltar

    Pô, o início da resenha estava tão maneiro! Seria o ápice da metalinguagem um autor resenhar o próprio livro em um site no qual alguns artigos desse livro foram publicados? Nem Umberto Eco no La Reppublica resenhou O Segundo Diário Mínimo! (A propósito é um livro ótimo, vale a leitura) Mas falando sério, o livro é ótimo e o pagamento vale cada centavo (doação é quando você dá algo e não recebe nada em troca). Não questiono a escolha do Cardoso, mas o livro embora não seja feito somente de textos inéditos poderia ser vendido sim.

    • Não ficou cafajeste como eu gostaria, preferi parar.

    • Theuer

      Disse tudo!

  • Lucas Timm

    OMG OMG OMG

  • Recebi no meu whatsapp, grupo de amigos da faculdade, parece que já é um viral.. Show essa iniciativa!

    • Legal!

      • Theuer

        Cardoso, falando em viral, tenho uma história com você(ui)…
        Estava em SP em uma reunião de diretores e roteiristas no mês passado. Estávamos falando sobre personagem interlocutor, personagem que conta a história de algo por estar sempre no local mesmo não fazendo parte(relevante) do “grupo”, etc… Foi aí que eu comentei que em um blog que eu acompanho, todas as matérias sobre pesquisa espacial vinham acompanhadas de famoso DATILÓGRAFO, um cara real que estava lá para… nem ele sabe para que!
        Enfim, falei isso e um cara se manisfestou:
        “AH, O Cardoso do MeioBit?”

        Parabéns cara, você está se tornando uma pessoa conhecida por escrever textos informativos no Brasil! Será que isso significa que este país está evoluindo rumo ao fim de DATILÓGRAFOS? Rumo ao incentivo das pesquisas e tecnologia??? 🙂
        Abraços cara, obrigado pelo blog.

  • Caramba… Até que enfim vai ficar milionário!

    …e merecidamente.

  • Pedro Henrique

    Desnecessário dizer que o livro é divertido e informativo e vale muito a pena baixar pra ler. Mas não vamos ser mãos-de-vaca e esquecer da Gin-Tônica do autor. Senão não virão outros além desse!

  • Samuel

    Aê! É disso q to falando! Retribuirei com algo muito melhor que um mero twitter: um íncrivel post de Facebook

    • Que assim como ORTN e Dólar, vale mais do que dinheiro (brasileiro)

      • Samuel

        Post no Ello já vale mais q isso tb

      • Samuel

        “fique com o troco, seu animal”

      • Hollander

        Falando nisto, como está seu bitcoin?

  • Artur Gustavo

    E a guerreira Beatriz, não vai receber nada? só vai mostrar o buraco? rsrs

    • Marcio Ferreira

      Rapaz, deixa quieto.

  • Luiz Rodrigo Martins Barbosa

    Mas pera lá, tem um pagamento mínimo pra liberar mais capítulos? Estilo Humble Bundle? 😀

    • Tem, R$55, você só pode ler depois de pagar, mas os capítulos estão no livro, é questão de confiança.

      • Eu vivo pra ler essas coisas!

      • Luiz Rodrigo Martins Barbosa

        Putz, já tinha lido… Mals ae.

  • Cesar Bianeck

    Hoje mesmo estava procurando um artigo no teu blog e não consegui achar.

    • Passo por isso todo dia.

      • Cesar Bianeck

        Nem sei se foi você que escreveu, hehehe.
        Você falava como um pessoal se inspirou na asa de uma ave para melhorar e deixar mais resistente a asa de um avião. Gostei muito daquele texto.

  • Mario Neis

    assim que me sobrar uns caraminguá, certamente vou te repassar cardoso, me diverti essa semana lendo o livro ( maioria dos posts já li aqui, mas a releitura sempre deixa um detalhe a mais)…

    minha idas de trem ao trampo passaram despercebidas, então, obrigado!

    aliás, tu podias fazer compêndios por área né? Militar, Espaço, Historia, etc. 😀

  • Julio Somazz

    Não tive coragem de baixar sem lhe proporcionar o deleite de 1/2 dúzia de schins, ainda não li mas tenho certeza de que vale cada dilma sofrida, aliás, vale mais, vale até FHC’s, só que no momento não os tenho…..Mas espero que os sovinas ávidos por informação não sejam tão desprovidos de US$Dilmas como eu e que os Tityus serrulatus em seus bolsos deem uma trégua e o agraciem com as bavarias que você tão calorosamente merece…

  • Hiro Kozaka

    Cardoso. Pequeno typo na pagina 29, terceiro paragrafo: A Carda
    da Brigada Ligeira.
    De resto o livro esta’ otimo! Otima leitura, parabens!

    • pronto, agora com revisão e segunda versão o livro fica mais caro… XD

  • chadefita

    Li o livro e sempre que posso faço minha parte citando o nome do mesmo. Depois que ele ficar mais rico, ele podia sortear uns nokia lumia, já que ele fecha com a MS. HUEHUEHUE

  • David Matheus Santos Sousa

    Já estou lendo e gostando, mas adoraria ler um texto seu falando sobre Hedy Lamarr.

  • Gercino Júnior

    Já comecei a ler! Não tinha lido ainda a historia do gato Simon. Muito bom! Parabéns Cardoso pelo livro!

    Pode tomar uma cerveja por minha conta!

  • junior

    “Cada página, cada parágrafo é um deleite, é como lamber a Venus de Milo feita de bacon e coberta de Nutella. Não há palav —”

    Rachei de rir…

  • Wilson Machado

    Baixei há alguns dias. Obrigado pelos textos.

  • Vou doar umas gins tônicas, Cardoso. Só que, ficando rico, não abadone o Meio Bit. 😀

  • Rodrigo Menezes

    Muito bom! Alguns textos eu estou pulando porque já li recentemente, outros estou relendo e estou curtindo muito os que não tinha lido.

    Estou recomendando para quem gosta do tema e contribui com uma cerveja no dia que baixei 😀

  • Pronto, agora pra terminar a vida só precisa plantar um filho e fazer uma árvore …
    não, pera … XD

  • Não esqueçam de por um extra na doação para aquisição de glicose, será necessária.
    Claro, será questão de confiança… XD

  • André Maringolo

    Eu sei que a logística deve ser cara, mas tenho a esperança de ter a versão impressa desse livro :). Esse conteúdo vale muito um espaço na minha estante!

  • Hélio Márcio Matos dos Santos

    Sensacional, doei, baixei e vou ler. Seu estilo é único, principalmente os textos onde você fala sobre o Brasil odiar tecnologia kkk. O texto do datilógrafo foi épico. Que venha o próximo!

  • Renato Oliveira

    Ótimos textos. É um deleite mesmo.
    E no mobile qual o comando equivalente ao ALT+F4?

    • Tirar o telefone do bolso na esquina da Rio Branco com 7 de setembro.

  • parabéns pela iniciativa, @ccardoso:disqus .

    apesar das discordâncias e divergências que já se tornaram bem sólidas (edit: isso não soou bem…), não posso deixar de reconhecer que vc tem um raro dom literário, e que faz escola com isso.

    deixando de lado críticas improdutivas e inconvenientes, incabíveis até, neste seu post, escrevo para lhe parabenizar pela obra, pelo talento e pela disponibilização gratuita de seu admirável trabalho.

    já pensei em até lhe dar uma groja para externar meu reconhecimento, a despeito de nossos pegas épicos da Era do Bronze, por volta de uns 5 anos atrás. mas, sabedor do destino que vc inevitavelmente dará às doações recebidas, por dever de consciência vou me abster de contribuir para sua alocação etílica de ativos.

    se eu pudesse lhe enviar um presente por via postal, lhe enviaria com prazer um livro meu que, por óbvio, não chega aos pés do seu, a tirar pelo primeiro parágrafo da resenha. e é 100% livre de antrax, eu agarantchô. mas, por via das dúvidas, pode deixar por 48h em uma câmara de raios UV que está tudo ok.

    se tiver interesse no envio do livro (spoiler: não terá… hehe), entre em contato. se não, deixa quieto, nossa [in]amizade continua a mesma! huehuheuhue

    😉

    abs, e, de novo, parabéns.

  • gilbras

    Baixei, lerei, e tuitaria(ei)… mas não sei por que cargas d’água (juro!) estou bloqueado pelo @ccardoso:disqus

    Olha que eu mal tuíto… será que fiz alguma brincadeira sem graça algum dia? Eita.

    Não fui eu, foi meu eu lírico…

  • Cacio Frigerio

    Sim! Eu ainda acho que voce fez isto depois de eu pedir em todo post seu dicas de livros de guerra com essas história 😀

  • Pingback: 15ª Tiragem – Episódio de Listas – Livros que pouca gente conhece – Edição Rápida()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis