Califórnia não quer carrinho sem volante do Google nas ruas

google-car

Eu consigo entender a proposta do carro autônomo do Google com uma solução muito específica para casos isolados, e não como a alternativa futura de nosso trânsito. A ideia de um veículo sem volante e pedais soa assustadora para muita gente (e é), pois imagine uma situação de acidente em que o algoritmo de Mountain View não possa responder a tempo. Ele sequer tem autonomia para isso, por ser muito lerdo.

Eu imagino esse veículo como uma opção por exemplo para quem não sabe ou não pode dirigir, mas precisa de deslocar para lugares como hospitais. Idosos, por exemplo. Você entra, manda o carro ir até o ponto x e ele faz tudo sozinho. O grande problema é que ao remover o controle do motorista (ou melhor, passageiro), em situação de emergência a única coisa que ele pode fazer é sair do carro, se der tempo. E quem possui mobilidade reduzida? Dá para confiar sua segurança inteiramente à prudência dos outros e remover da equação sua capacidade de reagir?

Google Self-Driving Car Project — A First Drive

O Google fez lobby para que o carro fosse aprovado no estado de Nevada, efetivamente escrevendo as leis que discorrem sobre carros autônomos, já que o Departamento de Veículos Motorizados (DMV) do estado contou com a empresa como consultora. Já na Califórnia as coisas não foram tão simples assim. O DMV de lá proibiu qualquer veículo que não possua volantes ou pedais de circular em suas ruas. Portanto, o Google terá que utilizar ruas privadas para testar o carro no estado.

As regras do DMV da Califórnia são categóricas: o carro deve permitir que o motorista tome o controle físico imediato do veículo quando for necessário, o que significa que ele precisa ter controles manuais. O Google então se viu num dilema: ignorar a Califórnia ou adaptar o carrinho? Como alguém dentro de Mountain View tem conhecimento de gerenciamento de crises, a empresa optou por introduzir um modelo “comum” de seu carro autônomo, com volante e pedais. Assim, ele passa a ser um carro como todos os outros, que permite ser controlado quando for preciso.

O Google diz que está tomando todos os cuidados possíveis para que seu carro seja seguro, mas como pode se ver, os reguladores são mais cuidadosos, para não dizer mais sensatos.

Fonte: WSJ.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Andre Lehmann

    Sério mesmo que vocês confiam mais em um humano ao volante do que um algoritmo?

    • Nil Obermüller Schaupp

      O que brasileiro mais gosta depois de uma bunda ?

      • Xultz

        Outra bunda.

    • Paulo Sípoli

      O texto esta claro, em situações críticas, quando o SW não puder interagir de forma precisa e algo de inusitado precise ser feito, o controle pode, e deve, se tomado por um humano. Ex.: Para não causar um acidente que a consequencia seja descarrilhar um trem cheio de passageiros você precisa atropelar uma pessoa. O carrinho do Google não irá atropelar… mas o humano pode tomar para si a responsabilidade de salvar 400 vidas matando uma. Ok, é um exemplo extremo, mas é um exemplo, milhares deles podem ser citados.

    • Jean Franco

      Parece que esse é um assunto que gera controvérsias faz um tempo no setor de aviação.
      Enquanto a Airbus deixa o controle exclusivamente na mão dos algoritmos, a Boeing permite que o piloto controle o avião em caso de emergência, pelo menos foi o que eu entendi nessa reportagem de 2009:

      foxnews. com/story/2009/06/12/is-flight-447-fly-by-wire-aircraft-technology-safe/

      • Andre Nunes

        Eu adoro quando lembram a decisão da Airbus. Procura no youtube o vídeo do voo de demonstração do Airbus A320 em 26/06/1988. Basicamente o piloto faria um rasante a pista e continuaria o voo em seguida. O Airbus simplesmente não atendeu o comando de aumento de potência do piloto. Resultado: 3 mortos.

        • Domingos Tavares

          E isso se repetiu há alguns anos. Resultado: 150 mortes.

    • OverlordBR

      Não confio em nenhum dos 2 (mas eu sou chato mesmo).

    • Daniel

      Se o humano for eu, confio…

    • Leooo

      Sério mesmo que você acha que o transito depende de uma “pessoa” só?

    • Joelson Ferreira

      eu confio mais em mim que um algoritmo, queria ver um algoritmo desviar de uma vaca que entrou correndo na estrada…e depois recuperar o controle após a guinada….acho interessante o autonomo para engarrafamentos, etc…imagina ir para o trabalho tirando uma sonequinha….mas acho que ainda demora alguns anos para termos um bom sistema de direção autônoma.

    • O problema não é o algoritmo (mesmo sabendo que quem fez ele foi um humano e humanos erram).

      O problema é a precisão dos sensores.

      • tiago

        ai eu concordo, acho q esses sensores funcionam, mas ainda não são ideal, talvez o sistema tango somado com sensores de ultrasom, e um cerebro artifical primarios resolvam o problema

    • Cacio Frigerio

      Se for eu pilotando MIL VEZES….

  • Chicken Little

    Não sei pra que esse salto do Google. Muito mais sensato colocar carros com voltante e pedais nas ruas. Depois que todos se acostumam com a ideia, tira….. Essa proposta ai só falta ter telas/monitores no lugar das janelas

  • Xultz

    Vai chegar um dia que as pessoas se lembrarão do tempo que precisavam dirigir com as mãos e pés, e vão dar muitas risadas…

  • Thiago

    Respeito sua opinião, mas achei a avaliação extremamente retrógrada. Me lembrou quando inventaram um robô para fazer operações médicas e todos falaram que era um absurdo colocar uma máquina para operar pessoas, sem as qualidades de um médico e blábláblá

    Quando todos tivermos carros inteligentes, não haverá a necessidade de ação de urgência por parte humana, afinal, o fator humano é quem normalmente gera a urgência no trânsito.

    • O fator humano é quem geralmente cria a urgência? Vamos ver: Um cachorro na rua? Um buraco? Ou uma interferência que não venha do trânsito de carros em si: um pedestre sem noção, obstáculos variados.

      AH, e se o carro fica louco e você não tem opção de controle, comofas? Fica como pilotos de Airbus, que veem a porra toda cair e não podem fazer nada?

      • Thiago

        Por isso que eu falei mais para o futuro… Com todos os carros e trens etc interligados, o sistema terá plena condição de mexer as peças no tabuleiro para evitar ou reduzir ao mínimo o acidente. Vamos pensar numa rede de carros e um deles avalia que precisa sair da faixa em que se encontra para ir para a do lado. Todos os carros envolvidos naquele instante automaticamente atualizando suas rotas/velocidades e tal…

        O meu ponto de vista, aqui, é justamente não ser averso às evoluções, ou você realmente acha que se todos os aviões não tivessem piloto automático, os céus seriam mais seguros?

        • Eu acredito que se todos os aviões tivessem piloto automático e possibilidade de o piloto fazer um bypass no sistema, os céus seriam mais seguros (vide Boeing).

    • tiago

      kkk Já não é a primeira vez que o Ronaldo é contra algo e depois ele tem que se retratar, rsrsrs

  • José Guilherme

    Ronaldo,

    E se houverem pesquisas que:

    1) Comprovem que ocorrem menos acidentes com carros autônomos do que manuais (conduzidos por humanos), mesmo em situações de risco (tráfego intenso, alta velocidade, BR de mão dupla, etc)? Esses testes podem ser feitos inclusive sem condutores.
    2) Comprovem que carros autônomos são mais seguros contra furtos?
    3) Comprovem que carros autônomos consomem menos energia/combustível?
    4) Comprovem que carros autônomos são ecologicamente corretos?

    Ainda assim você acha que é uma má ideia adotar carros autônomos? Acho que se aplicaria o mesmo princípio do avião. Viajamos na maior parte do tempo em piloto automático, sem qualquer interferência do piloto. Eu não sei em que ponto está a automação desses carros desenvolvidos, mas acho que temos que dar um voto de confiança à ciência.

  • Edelmar Schneider

    “A ideia de um veículo sem volante e pedais soa assustadora para muita gente”

    Presumo que voce tem fontes para essa afirmacao, tem? Eu duvido muito que existam pessoas assustadas com essa ideia … mas vai saber neh

  • “carrinho sem volante” hahahhahaahah

  • tiago

    Eu acho que apesar de ja ser funcional é uma tecnologia bem crua, não acho que aquele giroscópio no alto do carro seja interessante, apenas uma excelente gambiarra.

    Mas as empresas automobilísticas estão a muito anos tirando a parte humana do processo de dirigir (vide cambio automático,, sistemas de estacionamento autônomo).

    Meu vizinho é caminhoneiro, segundo ele só não é possível deixar o caminhão dirigir sozinho o tempo todo por que ele ainda não é lá de muita confiança, mas metade da viagem ele utiliza copiloto automático. Com isso reduziu e muito as despesas de manutenção dos caminhões da empresa dele alem de reduzir o consumo de combustível, já que como o cambio é automático não tem como andar com a marcha errada, alem do sistema do caminhão só autorizar o translado se cumprir as manutenções necessárias.

    O próximo passo é tirar o motorista rsrsrs

  • Antonio Azevedo

    Duvido muito que exista uma emergência que não possa ser cuidada por um algoritmo melhor do que um humano.
    Cachorro na rua? Pedestre sem noção ou suicida? Caiu um meteoro? Prefiro o algoritmo do que o reflexo (melhor dizer, a hesitação) humano.

  • Edmilson_Junior

    Eu optaria pelo modelo com volante. Confio no carro para me levar de um ponto a outro mas vou preferir sair e estacionar manualmente pois ainda existem muitas situações em que o sistema autônomo não estaria preparado. Exemplo: O mercado que vou deve-se entrar em uma via privada dele, fazer a curva, pegar o ticket e estacionar onde achar mais conveniente, imagine o algoritmo tendo de decidir onde estacionar em um estacionamento vazio, muitas escolhas, mais perto da entrada? Da porta? Meio do caminho, local coberto e etc.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis