Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Proven Land, o jogo de ficção cientifica com um mundo gerado proceduralmente

Por em 18 de março de 2014
emComputadores relacionados  
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Antonio Menezes

    Cinco episódios? Pqp. Já fiquei frustrado com o Broken Age ser dois episódios. Quero jogar um jogo e terminar a história sem ter que aguardar por mais episódios.

  • Antonio Menezes

    Cinco episódios? Pqp. Já fiquei frustrado com o Broken Age ser dois episódios. Quero jogar um jogo e terminar a história sem ter que aguardar por mais episódios.

  • http://www.erepublik.com/br/referrer/SimoHayhaII Rodolfo “DT” Diniz

    Curto muito a ideia! Vou experimentar!

  • http://www.erepublik.com/br/referrer/SimoHayhaII Rodolfo “DT” Diniz

    Curto muito a ideia! Vou experimentar!

  • Edmilson_Junior

    Vou testar, quero ver como o conceito funciona em um ambiente graficamente mais complexo e com uma IA interessante, principalmente no quesito de alterações feitas no ambiente, tenho instinto de tatu e sempre preferi cavar minhas casas, normalmente no paredão de uma montanha, me sinto mais seguro contra creepers e outras criaturas assim, como a IA interpretaria esta casa? Que essencialmente seria uma porta e no máximo uma Janela frontal, o resto dentro da terra. Provavelmente só jogarei depois de 3 capítulos lançados, quero uma experiência mais completa e sem tantas limitações. Parabéns aos desenvolvedores.

  • Edmilson_Junior

    Vou testar, quero ver como o conceito funciona em um ambiente graficamente mais complexo e com uma IA interessante, principalmente no quesito de alterações feitas no ambiente, tenho instinto de tatu e sempre preferi cavar minhas casas, normalmente no paredão de uma montanha, me sinto mais seguro contra creepers e outras criaturas assim, como a IA interpretaria esta casa? Que essencialmente seria uma porta e no máximo uma Janela frontal, o resto dentro da terra. Provavelmente só jogarei depois de 3 capítulos lançados, quero uma experiência mais completa e sem tantas limitações. Parabéns aos desenvolvedores.

  • Joao Pedro Cavalcante

    Muito interessante, a fala dele, que lembra que o pai queria que ele tomasse conta da fazenda, me lembra um pouco o Astronauta do Mauricio de Souza. Em uma Graphic Novel recente ele passa por algo parecido. Vou testar com certeza.